A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Santos acerta com o atacante colombiano Renteria, ex-Internacional

Renteria, de 26 anos, é o último reforço do Santos na temporada. A 10 dias do encerramento do prazo para inscrição de jogadores para o Campeonato Brasileiro, os dirigentes acertaram nesta terça-feira os últimos detalhes para levar por empréstimo para a Vila Belmiro o atacante pedido por Muricy Ramalho há mais de três meses. O colombiano deve fazer os exames médicos nesta quarta e, se for aprovado, assinará contrato até julho do próximo ano.
Alto (1,86m) e bom cabeceador, Renteria trabalhou com Muricy Ramalho no Internacional, de Porto Alegre, em 2005. O seu último clube foi o Cruz Azul, do México. Ele poderá atuar pelo Santos, mesmo chegando após o fechamento da janela de transferências internacionais, porque está registrado pelo Caxias-RS.
O interesse por Renteria vem desde o último dia 18 de maio, quando o Santos empatou por 1 a 1 com o Once Caldas, da Colômbia, no Pacaembu. Após o encerramento do jogo, Tata, auxiliar de Muricy Ramalho, foi conversar com o atacante no meio do campo e anotou o número do seu telefone. Mas ele já estava comprometido com os mexicanos. Com a sua contratação pelo Cruz Azul, os santistas tiveram que procurar outro atacante e conseguiram a liberação de Borges, do Grêmio, e o empréstimo gratuito de Alan Kardec.
Renteria fez sucesso no Internacional por comemorar seus gols com o chapéu do saci, símbolo do clube, e com uma dança típica da Colômbia. Atuando pelo Once Caldas, ele foi o principal algoz do Cruzeiro na eliminação da Copa Libertadores da América, em Minas Gerais. Ao tentar pegar a bola que tinha saído pela lateral nos minutos finais do jogo, Renteria foi agredido com uma cotovelada pelo técnico Cuca, transtornado com o vexame do seu time.

De volta

Ibson participou dos treinos com bola, nesta terça, no CT Rei Pelé, e deve ser uma das novidades do Santos no clássico contra o Corinthians, no domingo, no Pacaembu. Danilo e Adriano, que cumpriram suspensão diante do Cruzeiro, também voltam.

Recuperação

Arouca e Pará correram em volta dos campos nesta terça, mas dificilmente estarão em condições de retornar ao time no domingo. O volante está fora desde o jogo contra o Fluminense (24/8) em razão de lesão de grau dois no músculo posterior da coxa esquerda. Pará está recuperado de lesão no ligamento colateral medial do joelho esquerdo e passa por recondicionamento físico, mas também deve continuar fora.

Nenhum comentário: