ABI - Associação Brasileira de Imprensa

ABI - Associação Brasileira de Imprensa
Liberdade de Expressão e Ética

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

O procurador chefe da procuradoria fiscal de Caraguatatuba pratica atos de atentar contra idosa.

O procurador chefe da procuradoria fiscal de Caraguatatuba pratica atos de atentar contra idosa.

O procurador chefe da procuradoria fiscal de Caraguatatuba, ao transitar pela Avenida Cuiabá no bairro indaiá, juntamente com um meliante desconhecido, praticou ato que deixou uma idosa em choque, tendo em vista sua conduta inescrupulosa, parecendo mais uma pessoa desequilibrada.
Senhores munícipes, este canal de comunicação virtual, foi criado com a intenção de trazer à população da cidade de Caraguatatuba e região informações sobre o que de fato se passa no município.
É mais uma notícia que nós estamos trazendo para nossos seguidores, como noticia esta que envolve o procurador chefe da procuradoria fiscal de Caraguatatuba, mesmo porque, o que se trata neste canal de comunicação não é segredo de justiça, porém pode ser dada sim a notícia quando qualquer pessoa que pratique ato adverso a legalidade possa ser responsabilizado, mesmo porque a pessoa a qual estamos tratando é servidor público, porém recebe da fazenda pública, e deveria prestar com eficácia o serviço.
Temos que há meses atrás o Dr. Dorival de Paula júnior esteve na Avenida Cuiabá, com um meliante que abordou na rua, pagando para ele o valor de R$50,00 (cinqüenta reais), com a intenção de parar na residência da Sra. Idosa, e fazer a entrega de um pacote, que não se sabia o que era.
O procurador, passando vagarosamente em frente à casa da idosa, juntamente com o meliante no interior do seu veiculo CRV HONDA, parou logo na esquina, e mandou que o meliante fosse até a casa da idosa para entregar o pacote sem nenhuma identificação.
A senhora, disse para o meliante que não iria receber nada, e que fosse embora.
O meliante se dirigiu ao veículo do procurador Dorival de Paula Junior, o qual ao adentrar o veículo, este saiu em alta velocidade para não ser reconhecido.

No mesmo instante o neto da senhora, notou que havia algo de errado e foi na captura do veículo para identificar quem estava naquele veículo.

Pois o neto da senhora idosa na posse de sua motocicleta conseguiu pegar o meliante, e identificou, o qual disse que foi até o local a pedido do procurador Dorival de Paula Junior, onde estava portando um pacote sem identificação.


Em seguida o neto da senhora seguiu o veículo e se deparou com o condutor do veículo que era o próprio procurador da prefeitura Dorival de Paula Junior.

Na seqüência o neto da idosa, após efetivar a captura, ligou para seu pai José Luís das Neves, e disse que o veículo CRV HONDA de cor prata, foi até a casa da idosa, fazer a entrega de um pacote sem identificação.

Após receber a ligação e passado a placa do veículo, José Luís das Neves logo levantou as placas, e já sabia quem era a pessoa que havia praticado aquele ato que deixou a idosa amedrontada.
José Luís das Neves estava no interior do fórum da comarca, e lá abordou o procurador, e questionou qual foi o motivo que ele deixou a idosa em choque na sua residência.
Pois o procurador na sala dos oficiais de justiça chorou muito e pediu perdão, além de ligar para a senhora idosa pedindo desculpa que não era nada daquilo e que deu tudo errado.
O procurador estava naquele momento com o pacote, de cor parda com um volume expressivo.
Não sabia José Luís das Neves o que teria naquele pacote, pois após questionar o procurador, foi dito que no pacote teria vários processos que comprometeria os outros colegas da prefeitura, e que não era somente ele que fazia coisas erradas.

José Luís das Neves, disse que não queria saber do caso, e que se continuasse agindo assim que o procurador poderia ser denunciado na prefeitura e na delegacia de polícia.

Ocorre que o procurador insistiu que José Luís das Neves pegasse o pacote com os processos da prefeitura, e pediu para que José Luís das Neves denunciasse todos os seus colegas de trabalho.
Nós, estamos levando o caso a frente da corregedoria e da ouvidoria municipal, com também estamos levando o caso ao ministério público estadual, pela conduta ilícita do servidor público e procurador, para que este responda administrativamente, civilmente, e penalmente pela atitude que deixou uma idosa em choque, podendo ter causado um dano muito maior a saúde da idosa, caso este venha a ser condenado.

Após a surra para Velasquez, Cigano é suspenso por tempo indeterminado

A surra que levou de Cain Velasquez, no último sábado (19), em Houston (EUA), custou ao brasileiro Junior Cigano uma suspensão médica por tempo indeterminado, imposta pela Comissão Atlética do Texas.
Cigano foi castigado durante os cinco rounds do UFC 166 e acabou sofrendo o nocaute técnico na última parcial. Presidente do UFC, Dana White chegou a declarar que o combate poderia ter sido interrompido no terceiro round, devido aos danos sofridos pelo brasileiro.
Junior foi ao hospital após a luta e vai precisar de um laudo de um otorrinolaringologista para ser liberado para retornar aos treinamentos. Enquanto não tiver o aval de um médico, o brasileiro está proibido de realizar qualquer atividade física.
Além de Cigano, Cain Velasquez também recebeu suspensão médica e só poderá retornar aos treinamentos em 18 de abril, por suspeita de uma fratura na mandíbula.
Outros atletas que também foram suspensos por tempo indeterminado, a exemplo de Junior Cigano, foram: Shawn Jordan, que foi nocauteado por Gabriel Napão, e Tim Boetsch, que precisará de um laudo de um oftalmologista, já que foi atingido no olho, durante a vitória sobre C.B.Dollaway.

Cain nocauteou o brasileiro no round final - Esther Lin/MMA Fighting

Delegacia Virtual do Estado de São Paulo

Delegacia Virtual do Estado do Rio de Janeiro