Linguiça - Moreira Artesanal

Linguiça - Moreira Artesanal

Cabeça's Barbearia

Cabeça's Barbearia
Av. Pres. Castelo Branco, Sumaré /anexo ao posto Shell, Caraguatatuba, (12) 99616-7705

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Caros amigos,

A apenas 48 horas do dia da eleição, nossa comunidade respondeu ao que foi, provavelmente, a maior pesquisa eleitoral já feita a respeito das prioridades para o próximo presidente. Os resultados são muito animadores: 
  • Número 1: Educação: Tornar a educação a prioridade número 1 do Brasil, começando pelo treinamento adequado e aumento salarial dos professores da rede pública
  • Número 2: Saúde Pública: Distribuir a força de trabalho de médicos nas regiões mais precárias do Brasil, garantindo pelo menos 1 médico para cada mil habitantes, como recomendado pela Organização Mundial da Saúde
  • Número 3: Combate à Corrupção: Proibir dinheiro de empresas privadas no financiamento de campanhas eleitorais
  • Número 4: Energia Limpa & Mudanças Climáticas: Transformar o Brasil em um país com energia 100% limpa até 2050 e liderar o debate global para combater as mudanças climáticas
  • Número 5: Amazônia e Florestas: Zerar o desmatamento até 2030
  • Número 6: Democracia: Criar o melhor modelo de participação pública online já visto e trazer cidadãos para participar diretamente das decisões do Congresso
Todas essas políticas são viáveis e podem se tornar realidade. Juntas, elas formam uma plataforma contundente de mudança para quem quer que assuma o Palácio do Planalto. O Blog do Guilherme Araújo entregou os resultados para as equipes da Presidente Dilma e do candidato Aécio Neves, e agora estamos transformando os resultados em um Manifesto Aberto para o Futuro Presidente, que vamos divulgar para toda imprensa. 

Quando formos às urnas eletrônicas daqui a dois dias, podemos afirmar, com segurança, uma coisa: em uma corrida eleitoral tão apertada quanto esta, nossa comunidade de mais de 5 milhões de brasileiros vai ter um papel fundamental na eleição do próximo presidente do nosso querido país. 

Por isso, antes de votar, dêem uma olhada na tabela abaixo para conhecer a visão que cada candidato tem sobre os seis temas prioritários para a nossa comunidade. Nossa pesquisa não é uma lista de desejos, mas um manual para aprofundar e fortalecer a democracia com a qual todos sonhamos. E, quem quer que seja nosso candidato no domingo, vamos nos lembrar que democracia não se trata apenas do dia das eleições, mas do esforço desta comunidade em trabalhar junto para exigir e garantir as mudanças que criarão o Brasil que todos merecemos. 

Com esperança, 

Guilherme Araújo e toda a equipe do Blog do Guilherme Araújo 



Proposta
Dilma Rousseff (PT)
Aécio Neves (PSDB)
Educação: (96%)
Afirmou que dará "salários adequados" aos professores e melhor formação e irá universalizar a educação infantil de 4 a 5 anos até 2016Quer melhorar salários com aumento do repasse da União ao Fundeb. Fará a implantação gradual da escola de tempo integral
Saúde Pública: (88%)
Expansão do programa Mais Médicos e Ampliação da rede de Unidades de Pronto Atendimento (UPAs)Continuará com o Mais Médicos, mas estabelecerá novas regras para o programa e ampliará a rede pública com 500 clínicas especializadas
Combate à Corrupção: (76%)
Defende o fim do financiamento empresarial de campanha e propõe aprovar uma lei que transforme a corrupção em crime e que puna com rigor os agentes públicos que enriquecem sem justificativa ou não demonstram a origem dos seus ganhosDefende que o financiamento privado de campanha deva ser limitado. Para reprimir a corrupção, o candidato propõe fazer a capacitação de agentes públicos
Energia Limpa & Mudanças Climáticas: (58%)
Manterá a geração com base em hidrelétricas e termelétricas e fontes alternativas. Diz que o país se “engajará fortemente nas negociações climáticas internacionais que terão lugar em 2015Defende planejamento com previsibilidade e matriz energética sustentável. Promete levar o Brasil à transição para uma economia de baixo carbono
Amazônia e Florestas: (56%)
Afirma que deve fortalecer o combate do desmatamento, em especial na AmazôniaDefende a revisão do atual modelo de licenciamento ambiental para torná-lo mais simples e eficaz
Democracia: (49%)
Propõe convocar um plebiscito para definir mudanças e promete maior espaço para a participação do cidadão.Promete ampliar os canais de diálogo com o cidadão

Vem bomba por ai, vamos lotar a Câmara Municipal de Caraguatatuba

Ordem do Dia Discussão e Votação Única:
  
VETO PARCIAL AO PROJETO DE LEI Nº 56/14 do ÓRGÃO EXECUTIVO: Altera o nível de vencimentos do cargo de Agente Comunitária da Saúde.

Obs: Atenção AGENTE DE SAÚDE COMUNITÁRIO o senhor prefeito vetou parcialmente o projeto de lei que altera o nível de vencimentos do cargo de Agente Comunitária da Saúde.
Eu avisei que depois das eleições muitas coisas iam mudar e ai esta a prova, agora eu quero qual o vereador que vai ter peito de defender os interesses dos senhores Agente Comunitária da Saúde de Caraguatatuba.

Agora esta na hora dos AGENTE DE SAÚDE COMUNITÁRIO lotar a Câmara Municipal de Caraguatatuba e exigir o que é de direito

PROJETO DE LEI Nº 49/14 - ÓRGÃO EXECUTIVO: Institui o Programa Municipal de Regularização Fundiária no âmbito do Município de Caraguatatuba e dá outras providências correlatas.


PROJETO DE LEI Nº 66/14 - ÓRGÃO EXECUTIVO: Altera o parágrafo único, do artigo 5º e artigo 8º da Lei Municipal nº 2129, de 20 de dezembro de 2013, que dispõe sobre a regulamentação das edificações irregulares no município de Caraguatatuba de acordo com os artigos 228 e 229 da Lei Complementar nº 42.

Escândalo na Sabesp: vaza áudio em que diretores admitem estelionato eleitoral

O blogue teve acesso a um áudio vazado de uma reunião da diretoria da Sabesp em que  a presidenta da empresa, Dilma Pena, admite que a população deveria ter sido comunicada da crise hídrica, para que economizasse água. Porém, segundo ela, seus “superiores”  não permitiram. Em outras palavras, o governador Geraldo Alckmin não foi honesto com a população para não prejudicar sua candidatura à reeleição.
“A gente tem que seguir orientação…A orientação não tem sido essa, mas é um erro. Tenho consciência absoluta e falo para pessoas com quem converso sobre esse tema, mesmo meus superiores, acho um erro essa administração da comunicação dos funcionários da Sabesp, que são responsáveis por manter o abastecimento, com os clientes”, afirmou Dilma Pena.
A presidenta da Sabesp, durante todo o áudio, faz questão de demonstrar que estaria em desacordo com o que os “superiores” estão fazendo. “A Sabesp tem estado muito pouco na mídia, acho que é um erro. Nós tínhamos que estar na mídia, com os superintendes locais, nas rádios comunitárias, Paulo [Massato] falando, eu falando, o Marcel falando, todos falando, com um tema repetido, um monopólio: ‘Cidadão, economize água’.”
Também participou da reunião o diretor metropolitano da Sabesp, Paulo Massato, que causou polêmica quando disse, no último dia 25 de maio, na Câmara Municipal de São Paulo, que ia “distribuir água de canequinha em São Paulo.
Massato é mais alarmista e prevê o pior, caso não chova. “Essa é uma agonia, uma preocupação. Alguém brincou aqui, mas é uma brincadeira séria. Vamos dar férias [inaudível]. Saiam de São Paulo, porque aqui não tem água, não vai ter água pra banho, pra limpeza da casa, quem puder compra garrafa, água mineral. Quem não puder, vai tomar banho na casa da mãe lá em Santos, Ubatuba, Águas de São Pedro, sei lá, aqui não vai ter.”
Com as declarações de Dilma Pena, cai por terra todo o discurso do governador Geraldo Alckmin (PSDB), que sempre afirmou não haver racionamento e nem motivo para tanto. Fica absolutamente claro que o tucano não foi honesto com a população para não se prejudicar nas urnas, alienando os paulistas que lhe confiaram o voto da tragédia que provavelmente vão  viver.
Segue o áudio com a fala de Dilma Pena:
Áudio de Paulo Massato:

Celebridades apostam em óleos vegetais para higiene bucal

Celebridades apostam em óleos vegetais para higiene bucal

Já pensou em usar óleo vegetal para auxiliar na saúde bucal? A prática caseira é bem popular entre celebridades hollywoodianas como Gwyneth Paltrow e Shailene Woodley, e apresenta bons resultados a longo prazo, segundo o vice-presidente da Associação Brasileira de Ayurveda (ABRA), Erick Schulz. 
“Em uma semana você ainda não consegue sentir a diferença, porque esse tipo de terapia exige periodicidade. Mas fazer o bochecho com óleo depois da escovação ajuda a manter a assepsia da boca e combater alguma patologia que a pessoa possa ter.” A ABRA é um espaço que se dedicada a preservação, desenvolvimento, disseminação, divulgação e estudos da medicina tradicional indiana.
Os óleos mais usados são os de coco, de gergelim, de oliva e o de girassol mas, conforme Schulz, o uso de cada um deles depende do que o paciente apresenta e o que ele pretende com o tratamento. “Cada ser humano é único, por isso, fazemos o uso dessas substâncias conforme sua individualidade. A princípio, todos podem ser adeptos dessa terapia, mas sempre recomendo passar por um especialista antes.” Ele afirma ainda que o óleo de coco ajuda a diminuir a temperatura da boca e, por isso, é bom para aqueles que apresentam algum tipo de inflamação na região. O de oliva e de gergelim têm características parecidas: aumentam a umidade da boca e são indicados para quem tem gengiva retraída e boca seca.
Aos que estiverem interessados em experimentar a técnica, o procedimento é bem simples e basta realizá-lo uma vez por dia. “Uma colher de sopa de óleo para fazer bochecho até a mandíbula começar a doer ou quando os olhos começarem, levemente, a lacrimejar (cerca de 15 minutos). Depois disso, você pode enxaguar a boca com água ou não. Isso pode ser feito antes ou depois da escovação, não importa, mas indico após, porque a ação do óleo será mais eficaz”, diz o vice-presidente da ABRA.
Combate à cárie: Para Luiz Octávio Benatti Jr., membro da American Academy of Implant Dentistry, o uso de óleo de coco pode auxiliar no combate à cárie, mas ele lembra que a doença é multifatorial. “O uso dessa substância pode ser uma tentativa de prevenção, mas não vai combater a cárie, porque ela tem origem macrobiota e também nos hábitos das pessoas. Podemos usar como complemento, mas não como substituto da escovação mecânica.” Ele ressalta que pessoas com pouca produção de saliva (elemento que auxilia na higiene da boca) poderiam utilizar óleo do coco, por exemplo, para complementar essa função, mas observa que faltam pesquisas aprofundadas sobre o tema.

Tratamento promete corrigir pela boca até a coluna cervical

Tratamento promete corrigir pela boca até a coluna cervical

Desde postura corporal até ronco e apneia - a biorreprogramação bucal promete resolver problemas indiretamente por meio de tratamentos na boca. O método é derivado da Biocibernética Bucal e parte do princípio que a arcada dentária influencia o equilíbrio do corpo. Cada dente carregaria, ainda, informações sobre a personalidade do paciente.
Rogério Pavan, cirurgião-dentista e autor do livro “Biocibernética bucal - em busca da saúde perfeita” afirma que, se for preciso, pode vislumbrar a arcada do paciente recebendo uma foto da coluna, sem que ele lhe mostre a cabeça. Ou o contrário: adivinhar a postura corporal pela análise da boca. “Há uma relação direta entre os fatores. Posso dizer que o índice de acerto seria de 80% a 90%”.
Para explicar a relação, Pavan cita a analogia de alguém carregando uma “sacola pesada”. Se uma pessoa levar a sacola com a mão direita, o corpo pende para a esquerda. “Do mesmo jeito, se a arcada estiver maior na direita, a cabeça irá pender para a esquerda. A coluna vai acabar ficando em ‘S’ (escoliose)”, argumenta. 
O mesmo valeria para quando a arcada está para frente ou para trás - causando os transtornos de lordose e cifose. Ao equilibrar a arcada do paciente, a coluna iria se corrigir naturalmente. A arcada em tamanho adequado também estabeleceria um fluxo respiratório ideal. Assim, o tratamento de ronco e apneia seguiria o mesmo princípio. 
De acordo com Pavan, os tratamentos derivados da Biocibernética Bucal têm melhores resultados em crianças e adolescentes, período em que a arcada ainda está se desenvolvendo e se pode estimular o crescimento. Para adultos, desenvolveu “dispositivos de compensação” próprios, como o DARAA (Dispositivo Antirronco e Antiapneia) e o Polis (Placas Oclusivas Lisas), que prometem correção de espaço na boca independentemente da idade.
Além da relação com a respiração e com os tipos de curvaturas da coluna, a Biocibernética Bucal defende que cada dente humano tenha relação com sistemas do corpo, traços de personalidade e comportamentos masculinos e femininos em ambientes afetivos e sociais. Pessoas tímidas teriam, assim, os incisivos laterais sempre levemente recuados.
De acordo com Rogério Pavan, a relação se construiu por meio de estudos quantitativos, em que se diagnosticava a boca dos pacientes e se traçava o perfil dos entrevistados. “Se descobriu que as relações não eram ao acaso”, defende.
Já que cada dente corresponde a um conjunto de fatores, as extrações, para a Biocibernética Bucal, são procedimentos “atrasados” e “equivocados”. A retirada de qualquer dente, portanto, desequilibra o corpo. Rinite, apneia, ronco, dores de cabeça e resfriados são distúrbios que os defensores do método atribuem em parte ao procedimento de extração.

Abelhas contra a cárie?

Abelhas contra a cárie?

O mesmo elemento que é sinônimo de proteção para as abelhas pode virar aliado dos humanos contra a cárie. Assim como o própolis impede a entrada de umidade, vento e luz na colmeia, ele pode combater alguns causadores da doença dental. A resina coletada pelo inseto já é bastante usada por suas propriedades antimicrobianas e anti-inflamatórias para tratar infecções de garganta. Contudo, os benefícios para a saúde bucal ainda não eram conhecidos até uma recente pesquisa brasileira.
O estudo investigou 78 amostras de própolis orgânica, aquela que tem origem em vegetações preservadas, e encontrou propriedades antioxidantes e antimicrobianas. O estudo utilizou resinas do sul do Paraná e norte de Santa Catarina, em diferentes apiários. Os pesquisadores quiseram identificar quais os compostos químicos que estavam presentes nessa resina e a sua funcionalidade para a saúde humana. “Identificamos que esse própolis age contra micro-organismos causadores da placa dental, assim ele poderá controlar principalmente a cárie”, explica o professor de Farmacologia, Anestesiologia e Terapêutica da Faculdade de Odontologia de Piracicaba, da Universidade Estadual de Campinas, Pedro Rosalen, que participou da pesquisa. Ele afirma que a composição química da própolis orgânica traz mais benefícios para a saúde porque não tem traços de metais ou outras substâncias derivadas da poluição e dos inseticidas.
Segundo Rosalen, atualmente estão sendo realizados estudos pré-clínicos, em que o própolis comum é utilizado em bochechos duas vezes ao dia, e os resultados têm sido muito positivos. No entanto, ele afirma que ainda não há previsão de começar os mesmos testes com o própolis orgânico, mas que a expectativa é que o resultado seja igual ou superior. Se comprovado seus benefícios, o própolis orgânico pode ser utilizado em pastas de dente e enxaguantes bucais de uso doméstico. 
O estudo foi conduzido pelo engenheiro agrônomo Severino Matias de Alencar e, além de Rosalen, também participaram a doutoranda Ana Paula Tiveron e a pós-doutoranda Luciana Ferracini, o professor do Departamento de Farmácia Universidade Federal de Alfena (Unifal), Masaharu Ikegaki, e pelo pós-doutorando do Instituto de Ciências Biomédicas da USP, Bruno Bueno Silva.

Vendidos por ambulantes, aparelhos falsos causam prejuízos aos dentes

Vendidos por ambulantes, aparelhos falsos causam prejuízos aos dentes

Colocado muitas vezes pelo próprio ambulante - que não usa luvas - com um secador de cabelo, cola adesiva instantânea - vendida nos mercados -, fios de arame que muitas vezes saem do bolso do vendedor, sem nenhum tipo de esterilização, os aparelhos falsos fazem sucesso entre jovens e adolescentes. Nas redes sociais, eles exibem sorrisos metálicos com borrachas coloridas e parecem desconhecer os riscos que correm.
“Eles (ambulantes) não têm o equipamento necessário, o que representa graves riscos à saúde”, afirma o secretário-geral do Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CROSP) Marco Antonio Manfredini. As populares “borrachinhas” apreendidas com ambulantes são de marcas comerciais comuns no mercado. Os fios que são utilizados pelos compradores compram dos ambulantes são mais grossos do que os utilizados habitualmente, segundo o secretário-geral. “Eles são vendidos sem ter embalagem, o que fica difícil rastrear”, afirma, Manfredini, que acredita haver contrabando das mercadorias apreendidas.
Atualmente, há uma luta da categoria para que se normatize a comercialização desses materiais, permitindo que só profissionais registrados tenham acesso aos produtos. Segundo o executivo do CROSP, a popularização do acesso a esse tipo de produtos começou, na prática, no segundo semestre de 2013. “Portais de compra coletiva começaram a vender para a população em geral”, afirma.
Segundo Manfredini, houve queixas de venda e colocação de aparelhos por ambulantes na capital paulista e na grande São Paulo. Há denúncias também do mesmo fenômeno em Brasília. A preocupação do conselho é alertar a população. “Como essa atividade virou uma certa ‘moda’ pode parecer que não traz problemas para saúde, mas nós estamos identificando várias pessoas que têm problemas bucais”, diz.
Riscos
Segundo o especialista em ortodontia e ortopedia facial Pedro Benatti, entre os riscos que os jovens correm ao utilizar aparelhos falsos e sem a recomendação de um profissional estão a reabsorção das raízes dos dentes devido a movimentações excessivas e mal controladas e reabsorções do osso que podem provocar mobilidade dos dentes e até mesmo a perda deles, além de acúmulo de placa bacteriana devido ao posicionamento errado das peças do aparelho, ocasionando inflamação da gengiva e sangramentos. Sem o acompanhamento de um especialista, quem usa esse tipo de aparelho falso, pode ainda ter cáries, dores de cabeça e desencaixe dos dentes.
Benatti ressalta que, além destes riscos, estes aparelhos provavelmente não têm registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), ou seja, são materiais de procedência incerta com especificações impróprias que podem gerar movimentos incorretos dos dentes.  De acordo com ele, devido ao uso de um cimento e cola impróprios, pode haver infiltração por baixo da peça, provocando cárie nos dentes. Por fim, existe o risco de fratura do esmalte do dente na hora da remoção do aparelho devido ao uso de colas e materiais não biocompatíveis.

Suspeita de osteoporose pode aparecer no consultório do dentista

Suspeita de osteoporose pode aparecer no consultório do dentista
Imagine ir ao consultório odontológico e descobrir que seus ossos não vão bem. Ainda que a situação não seja comum, o dentista pode ser o primeiro a levantar a suspeita de osteoporose em seu paciente o que acontece a partir de exames de raio-x, como as radiografias panorâmicas. A doença afeta todos os ossos do corpo, e a boca não está livre dos sintomas. 
A osteoporose, que é a redução da resistência óssea e consequente aumento do risco de fraturas, pode afetar ossos da maxila (parte superior da boca) e da mandíbula (inferior). De acordo com Sérgio Spezzia, professor da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e especialista em saúde da mulher no climatério pela USP, a doença influencia na conduta do dentista em certos procedimentos odontológicos, como os implantes dentários. Nesse caso, a fixação do material pode ficar comprometida. Além disso, a osteoporose não tratada pode causar alterações nos tecidos de sustentação dos dentes, que podem até cair.
 “É vantajoso que se execute o diagnóstico da doença precocemente, para evitar danos ou sequelas em longo prazo, e o cirurgião dentista pode ajudar nesses termos”, observa Spezzia. Ainda assim, o professor ressalta que o paciente deve confirmar o diagnóstico em consulta ao médico, geralmente a partir do exame de densitometria óssea.
Para quem já sabe que convive com a osteoporose, é importante relatar o fato ao dentista. O tratamento médico por drogas chamadas bifosfonatos associado a procedimentos como extrações e implantes dentários, enxertos ósseos e outras cirurgias, aumenta o risco de osteonecrose - perda de irrigação sanguínea ao osso, causando a morte do tecido.   
Grupo de risco é formado, principalmente, por mulheres acima de 40 anos: Mulheres na fase do climatério – idade de transição do período fértil para o não fértil, em torno de 40 anos – são as pessoas mais propensas a apresentar osteoporose. Isso acontece por causa da redução hormonal, principalmente do estrogênio, que é responsável pela regulação da absorção do cálcio. Para esse grupo, Spezzia recomenda ainda mais cuidado com a saúde bucal, antes e depois dos 40 anos.

 “O importante é que deve haver conscientização da população feminina nas fases mais precoces de suas vidas”, afirma. Alterações decorrentes da osteoporose se tornam ainda mais graves caso o paciente já apresente problemas bucais, causando uma “somatória desfavorável”, defende o professor. 
A prevenção odontológica é feita através de escovação adequada e uso do fio dental e de antissépticos bucais corretamente. Além disso, é recomendado acompanhamento de um dentista, para remoção de placa bacteriana e, eventualmente, tártaro da superfície dos dentes.
Já a osteoporose pode ser evitada com exercícios físicos regulares, exposição à luz solar por 15 minutos por dia e ingestão mínima de cálcio (1200 mg por dia) e vitaminas, sobretudo a D. O cálcio pode ser encontrado no leite, em iogurtes e na sardinha, por exemplo. A vitamina D, além dos laticínios, também está em verduras.   
Números: Cerca de 50% das mulheres e 20% dos homens com idade igual ou superior a 50 anos sofrerão fratura devido à osteoporose ao longo da vida, conforme o Ministério da Saúde (MS). Além disso, a população brasileira propensa a desenvolver osteoporose aumentou de 7,5 milhões em 1980 para 15 milhões em 2000. Segundo dados do MS, foram internados 90 mil idosos por fraturas em 2013.

Saiba quando é preciso procurar um dentista com urgência

Saiba quando é preciso procurar um dentista com urgência

Pacientes comuns costumam ir ao dentista em média duas vezes por ano, enquanto aqueles que utilizam aparelho ortodôntico ou precisam de cuidados especiais marcam consultas com mais frequência. Há alguns casos, contudo, em que a ida ao dentista é inadiável. Professor do Departamento de Odontologia Social e Preventiva da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Minas Gerais, Flávio de Freitas Mattos conta em quais as situações a procura por um dentista é caso de emergência. 
Abscessos dentoalveolares: Este tipo de abscesso geralmente é formado por uma cárie não tratada que atinge a polpa do dente e evolui até a formação de um foco de infecção. A dor intensa na mandíbula e, em estágio avançado, o pus que sai do local levam o paciente a procurar o dentista com urgência. Mattos destaca a importância de tratar o abscesso para evitar que a infecção se espalhe e cause outras complicações. O tratamento consiste em drenar a infecção através do canal do dente afetado ou dos tecidos moles intra ou extra-orais. Pode ser indicado o uso de antibióticos para prevenir a disseminação do pus e ajudar o organismo a se recuperar.
Abscessos periodontais: Resultam de infecções nos tecidos de sustentação dos dentes, chamados periodontais. Os principais sintomas ficam evidentes na gengiva: inchaço, vermelhidão e formação de pus. Com a evolução do problema pode haver a sensação de que o dente cresceu saindo do osso. “Quando isso ocorre ele fica dolorido. Pode haver febre e formação de gânglios inchados abaixo da boca e no pescoço”, explica Mattos. Nesse caso, o cirurgião-dentista pode prescrever antibióticos e fazer a limpeza dos locais afetados através de raspagens.
Alveolite: Ao extrair um dente é necessário ficar atento ao surgimento da alveolite. Geralmente, ela acontece no segundo ou terceiro dia após o procedimento, devido à infecção do alveólo, que é a porção do osso em que estava o dente extraído. O paciente sente dor intensa e latejante, que não é controlada pelos analgésicos. Além disso, o mau hálito e a falta de coágulo para cobrir o alvéolo são sinais importantes da alveolite. O cirurgião-dentista deve fazer a limpeza do local afetado e aplicar medicação para reverter o quadro.
Gengivoestomatite herpética aguda: Comum na infância, a gengivoestomatite herpética aguda é a primeira manifestação do vírus herpes simples. A doença forma feridas extensas e doloridas na língua, lábios e bochechas. A criança pode ter febre, dor de cabeça e perda do apetite. Como a alimentação fica difícil, é aconselhado que a criança coma somente alimentos pastosos ou líquidos. A infecção dura entre sete e 10 dias, e o cirurgião-dentista pode ajudar prescrevendo antitérmicos e orientando a higienização da boca para evitar outras infecções.
Luxação da articulação temporomandibular: “Isso ocorre quando a pessoa faz um movimento muito amplo ou prolongado de abertura da boca”, explica Mattos. O indivíduo fica impossibilitado de fechá-la e é necessário procurar um cirurgião-dentista com urgência. Ele fará manobras de movimentação da mandíbula que recolocarão a articulação na posição correta.
Fratura dentária: Quando há deslocamento, quebra parcial ou perda total dos dentes (no caso de um acidente, por exemplo), deve-se procurar o cirurgião-dentista imediatamente levando, se possível, os fragmentos dentários. Quando um dente permanente sai totalmente da boca, o paciente pode pegar ele pela coroa, sem tocar na raiz, e reposicioná-lo na boca. Depois, deve procurar imediatamente o dentista. Caso não consiga colocar o dente no lugar, é preciso mantê-lo em um recipiente com soro fisiológico, leite ou saliva e levá-lo ao cirurgião-dentista. Se houver sangramento, o paciente ou alguém próximo pode estancar usando gaze, toalha, lenço ou gelo. 
Celulite facial: Mattos explica que essa doença é frequente e se desenvolve por uma cárie não tratada que atinge a polpa do dente e, em vez de formar o abscesso dentário, espalha-se por todos os tecidos moles vizinhos à área afetada. A infeção se propaga de maneira ampla, causando febre, inchaço e vermelhidão no rosto. O cirurgião-dentista terá de encontrar o foco original da infeção e drená-lo, além de prescrever antibióticos e antitérmicos.

Impressoras 3D ganham espaço nos consultórios de dentistas

Impressoras 3D ganham espaço nos consultórios de dentistas
As impressoras 3D estão se tornando uma ferramenta importante para os dentistas. A tecnologia é utilizada para construir planos cirúrgicos, modelos de próteses, coroas e pontes  com maior velocidade e precisão. Os moldes são produzidos a partir do escaneamento da estrutura bucal dos pacientes e apresentam riqueza de detalhes superior aos construídos em gesso. Outra vantagem é o armazenamento digital das informações. 
Há pouco mais de um ano, o implantodontista Adriano Abreu comprou uma impressora de três dimensões. Em seu consultório, o processo de construção dos modelos ortodônticos é quase todo informatizado. A boca do paciente é escaneada com um aparelho projetado especificamente para o uso odontológico. O procedimento, conhecido como varredura intraoral, gera uma imagem 3D da anatomia bucal. Depois, o arquivo produzido é lido por um programa que projeta o material a ser impresso. A precisão é o que mais chama a atenção de Adriano. “Quando se diminui a utilização da mão humana, a margem de erro também é reduzida.” 
Segundo David Romanelli, consultor de uma empresa que vende as impressoras no Brasil, o principal uso é para a produção de guias cirúrgicos. A precisão e riqueza de detalhes dos modelos criados auxilia no planejamento das operações odontológicas. Com eles, os dentistas conseguem localizar com mais eficiência os pontos de incisão, tornando as cirurgias mais rápidas e menos dolorosas para os pacientes. Muitos profissionais compram apenas o scanner, outros utilizam aparelhos de tomografia para fazer a projeção das estruturas da boca do paciente. Em ambos os casos, os profissionais terceirizam a impressão. 
A agilidade na produção também impressiona Abreu. “Mudou muito a rotina de trabalho.” Os moldes ficam prontos em até 3 horas, enquanto a espera por um molde de gesso pode chegar a três dias. Além do tempo maior e do risco de falha humana, os modelos tradicionais são mais frágeis e difíceis de manusear, segundo o dentista. 
A possibilidade de armazenar as informações digitalmente é outra vantagem. Alguns dentistas chegam a escanear moldes antigos para guardar os dados de forma virtual e não se preocupar com o espaço físico. Abreu vê uma tendência de que a tecnologia se torne cada vez mais presente nos consultórios. No entanto, percebe um entrave no custo de compra dos equipamentos - os mais baratos são vendidos por cerca de R$ 6 mil.

Botox trata bruxismo e sorriso gengival

Botox trata bruxismo e sorriso gengival
A mesma substância usada para fins estéticos tem sido aliada dos dentistas para uma série de tratamentos odontológicos. Comercialmente conhecida por Botox e outras marcas, a proteína ou toxina botulínica trata bruxismo em adultos e crianças, hipertrofia do músculo masseter, sorriso gengival e dores orofaciais. A substância é liberada pelo Conselho Federal de Odontologia desde 2011 e também é utilizada para facilitar a colocação de implantes.
O dentista Guilad Weil ressalta o fato de quase não haver contraindicações. “É muito raro o caso de alguém ter alergia, eu nunca conheci.” Weil utiliza a proteína botulínica no tratamento de bruxismo há três anos. Ele explica que a aplicação não impede os pacientes de continuar rangendo os dentes, mas diminui a força do movimento, minimizando os danos. O produto é injetado nos músculos masseter e temporal, responsáveis por fechar e apertar a mandíbula. Segundo o dentista, a toxina alivia a força com que a pessoa cerra a boca e range os dentes, apresentando resultados em duas ou três semanas, tendo uma duração de cinco meses. Por isso, para manter o tratamento, são necessárias aplicações periódicas, com custos que variam entre R$ 1.300 e R$ 2 mil.
Em casos de bruxismo infantil, Weil comenta que o produto é uma das poucas maneiras eficazes de tratamento, já que o uso de placas de mordidas é prejudicado pela troca dos dentes de leite e pelo crescimento da mandíbula. Adultos com bruxismo diurno também encontram na toxina uma alternativa ao uso das placas tradicionais.
A proteína também é utilizada para tratar a hipertrofia do masseter. Weil explica que a hiperatividade do músculo pode deixá-lo com um aspecto saliente. “É a mesma lógica de qualquer outro músculo. Se você treina o bíceps, ele fica maior. Quando deixa de treinar, ele diminui. A proteína botulínica reduz a atividade do masseter.” A repetição dos movimentos também é responsável por dores de cabeça ou na face. As chamadas dores orofaciais são minimizadas com a aplicação do produto em pontos que produzem os movimentos.
Outro uso da proteína é para implantes. Os pacientes recebem a aplicação uma semana antes das cirurgias. Segundo Weil, a medida visa diminuir a pressão de fechamento da boca e permitir a melhor integração dos implantes à mandíbula ou ao maxilar. O dentista explica que também utiliza a substância em tratamentos de sorriso gengival, quando o lábio superior sobe demais. A toxina diminui a força do músculo, mostrando menos a gengiva.

6 alimentos termogênicos que ajudam a emagrecer

6 alimentos termogênicos que aceleram a perda de peso: Por MEILI JATENEBem, eu não sei você, mas eu decidi abrir uma guerra declarada contra a gordura localizada depois de adquirir cinco quilos nas férias. Voltei achando, como das outras vezes, que engordar um quilinho aqui e outro ali seria fácil de perdê-los depois. Infelizmente a resposta é não, não é nada fácil. E, claro, você que tem mais de 50 anos deve saber que na menopausa, com as bruscas alterações hormonais, o nosso metabolismo [reações químicas] fica muito mais lento. Além disso, há um maior acúmulo de gordura na região da barriga. Por isso, é muito importante saber o que se deve comer para garantir as qualidades física e emocional do organismo.E vamos combinar, melhor do que comer algum alimento que não engorde é ingerir aqueles que aceleram a perda de peso. Estamos falando dos chamados "alimentos termogênicos", que ajudam a emagrecer porque aceleram o metabolismo (oba!). "Ao comer esses tipos de alimentos, gastamos mais energia e, consequentemente, ocorre a queima da gordura armazenada", comenta a nutricionista Cinthya Maggi (nossa parceira do 5.zero).Apesar de todos os benefícios, os alimentos termogênicos devem ser consumidos com moderação no caso de portadores de doenças cardíacas ou que tenham distúrbios na tireoide. E atenção, as contraindicações dos alimentos termogênicos, como o café e o chá verde, são principalmente para pessoas com pressão alta e problemas cardíacos, pois esses alimentos aceleram o metabolismo aumentando a pressão.Então, antes de qualquer coisa procure sempre consultar o seu médico para saber se o seu organismo está preparado para que você possa ingerir esses alimentos. E compreenda que os termogênicos ajudam a emagrecer, mas não são milagrosos, ok? Justamente por isso é fundamental aliar o consumo dos alimentos termogênicos a uma dieta equilibrada, pobre em gorduras saturadas e açúcares simples. E jamais deixe de lado as atividades físicas!Preparados? Vamos lá... coragem para combater essas gordurinhas indesejadas e curtir um verão sem medo de ser feliz. Para te inspirar, preparamos uma lista com alguns dos principais alimentos para ajudar você a "acelerar o seu metabolismo".CLIQUE NAS IMAGENS ACIMA PARA CONHECER CADA UM DOS TERMOGÊNICOS!*Meili Jatene Lima é uma mulher bem resolvida de 50 e poucos anos que consegue enxergar e curtir as vantagens de envelhecer hoje, autora do Blog 5.zero www.cincopontozero.com.br* Siga o Tempo de Mulher nas redes sociais:Facebook: facebook.com/tempodemulherTwitter: @tempodemulherInstagram: instagram.com/tempodemulheroficial* Curta a FANPAGE da Ana Paula Padrão: facebook.com/anapaulapadrao

Bem, eu não sei você, mas eu decidi abrir uma guerra declarada contra a gordura localizada depois de adquirir cinco quilos nas férias. Voltei achando, como das outras vezes, que engordar um quilinho aqui e outro ali seria fácil de perdê-los depois. Infelizmente a resposta é não, não é nada fácil. E, claro, você que tem mais de 50 anos deve saber que na menopausa, com as bruscas alterações hormonais, o nosso metabolismo [reações químicas] fica muito mais lento. Além disso, há um maior acúmulo de gordura na região da barriga. Por isso, é muito importante saber o que se deve comer para garantir as qualidades física e emocional do organismo.
E vamos combinar, melhor do que comer algum alimento que não engorde é ingerir aqueles que aceleram a perda de peso. Estamos falando dos chamados "alimentos termogênicos", que ajudam a emagrecer porque aceleram o metabolismo (oba!). "Ao comer esses tipos de alimentos, gastamos mais energia e, consequentemente, ocorre a queima da gordura armazenada", comenta a nutricionista Cinthya Maggi (nossa parceira do 5.zero).
Apesar de todos os benefícios, os alimentos termogênicos devem ser consumidos com moderação no caso de portadores de doenças cardíacas ou que tenham distúrbios na tireoide. E atenção, as contraindicações dos alimentos termogênicos, como o café e o chá verde, são principalmente para pessoas com pressão alta e problemas cardíacos, pois esses alimentos aceleram o metabolismo aumentando a pressão.
Então, antes de qualquer coisa procure sempre consultar o seu médico para saber se o seu organismo está preparado para que você possa ingerir esses alimentos. E compreenda que os termogênicos ajudam a emagrecer, mas não são milagrosos, ok? Justamente por isso é fundamental aliar o consumo dos alimentos termogênicos a uma dieta equilibrada, pobre em gorduras saturadas e açúcares simples. E jamais deixe de lado as atividades físicas!
Preparados? Vamos lá... coragem para combater essas gordurinhas indesejadas e curtir um verão sem medo de ser feliz. Para te inspirar, preparamos uma lista com alguns dos principais alimentos para ajudar você a "acelerar o seu metabolismo". Clique nas imagens acima para conhecer cada um dos termogênicos!

Conheça os benefícios do arroz e saiba como ele pode ser aliado da dieta

Conheça os benefícios do arroz e saiba como ele pode ser aliado da dieta: Saiba mais sobre os benefícios do arroz para o organismo

Ao optar por dietas mais restritivas, muita gente começa a enxergar o arroz como um vilão. Apesar de diversos especialistas não aconselharem a eliminação dos carboidratos do cardápio, esta prática ainda é comum. "Excluí-los das refeições não é a melhor estratégia, por que há um comprometimento de massa magra. A ausência de carboidratos na dieta implica na retirada de glicose presente na forma de glicogênio no músculo. Uma dieta equilibrada será o melhor caminho", explica a nutricionista funcional Andrea Santa Rosa.
Para corroborar, uma recente pesquisa feita pelo Baylor College of Medicine, no Texas, afirmou que quem come uma porção de arroz diariamente tem menos gordura e mais minerais no organismo, incluindo potássio, ferro e magnésio. De acordo com Andrea, o alimento, em sua versão integral, é fonte de vitaminas do complexo B, além de ser fonte de fibras que auxiliam no trânsito intestinal. "Ele ainda pode ser substituído por outras fontes de carboidratos de baixo índice glicêmico, como batata doce, quinua, aipim e inhame", conta.
Outro mito que costuma-se ouvir em tempos de reeducação alimentar é que a duplinha arroz + feijão engorda. No entanto, segundo a especialista, é um casamento perfeito. "Os dois se completam como fonte de proteínas. Os aminoácidos que o arroz possui não estão presentes no feijão e vice versa", explica.
O que é o que é?
Você sabe as diferenças entre os tipos de arroz? Andrea Santa Rosa explica: "devido o processo de refinamento, o arroz branco é ausente em fibras, vitaminas e minerais, além de ser fonte de um carboidrato de alto índice glicêmico. Assim, fica favorável o aumento de inflamação de nossas células. Já a versão integral é rica em vitaminas e minerais, apesar de ser mais calórica", explica. "O arroz negro desempenha ação antioxidante, o que reduz riscos de câncer e o envelhecimento precoce das células do nosso organismo. Enquanto o vermelho é conhecido por ser fonte de zinco".
Na hora de escolher qual consumir, a nutricionista funcional indica o rodízio entre os tipos mais ricos "para variarmos os benefícios presentes neles. Além disso, a quantidade ideal varia muito de um indivíduo por outro. Mas, em média, indico 30g a 50g".

Polliana Aleixo deixa de ser reconhecida nas ruas após perder 10 kg: 'Duvidam'

Polliana Aleixo comemora a perda de peso significativa, conquistada durante e depois a novela "Em Família", mas conta que sentiu uma certa desconfiança do público nas ruas. Em entrevista ao jornal "Extra" desta segunda-feira (20), a atriz, que emagreceu dez quilos, diz que alguns fãs que a acompanharam na trama na Globo não a reconhece.
Polliana Aleixo deixa de ser reconhecida nas ruas após perder 10 kg: 'Duvidam': Polliana Aleixo perdeu 10 quilos após fim de 'Em Família'
Polliana Aleixo deixa de ser reconhecida nas ruas após perder 10 kg: 'Duvidam'

"As pessoas duvidam de que eu seja a mesma pessoa! Agora, estou com 50kg, antes pesava 60kg. O vídeo engorda uns 4kg, e a diferença é visível", diz ela, que vai se manter em foco para não mudar os hábitos alimentares.
"A partir do momento em que busquei uma mudança na alimentação e nos hábitos, o corpo respondeu positivamente. Por eu ser jovem, acho que o metabolismo ajudou. Eu tinha uma meta a alcançar e precisava ser objetiva. Passei a comer de três em três horas, somente coisas saudáveis", explica.
Quem ajudou a cumprir a meta foi o médico Marcio Tannure e a nutricionista Priscila Antunes, com ajuda da chef Luciana Barreto, responsável por elaborar pratos saudáveis e de acordo com o que é permitido no cardápio.
"Não tomo refrigerantes desde 12 anos, nunca gostei de fast food, evito frituras e massas e sempre gostei de salada! Se essa mudança se tornar um hábito, naturalmente o organismo rejeita as porcarias. Descobri que podemos comer de forma saudável sem perder o sabor dos alimentos", conta.
Satisfeita com o corpo, Polliana vibrou com o resultado da reeducação alimentar. "Agora me sinto mais confortável para tirar fotos, estou animada para ir à academia, com prazer de me cuidar mais", disse ela, ao jornal "O Globo".

Alho diminui sintomas da TPM e pode ajudar a emagrecer


O alho é famoso pelo seu cheiro forte e também por deixar mau hálito. Entretanto, muitas pessoas desconhecem os benefícios desse alimento para a saúde. 
Este alimento contém substâncias capazes de estimular o sistema imunológico e ainda prevenir doenças cardiovasculares. O alho contém selênio e germânio. 
O selênio tem ação antioxidante, que evita o envelhecimento celular e o germânio, segundo estudos recentes, leva oxigênio para os tecidos e também tem propriedades contra o câncer. 
O alho também tem em sua composição algumas vitaminas: A, B1, B2, C e minerais como cálcio, enxofre, iodo, magnésio, selênio, sódio e zinco.Boa parte dos estudos sobre o alho mostra os benefícios para a saúde cardiovascular.  
O princípio ativo do alho chamado de alicina que é responsável pelo odor desagradável desse alimento. O alho fresco fornece aliina ? um aminoácido sulfurado que se transforma em alicina após ação da alinase (enzima). Como ele contém compostos sulfurosos, ajuda na desintoxicação promovida pelo fígado que contribui para a eliminação de substâncias que não causam mais nenhum efeito no organismo. 
O alho também é benéfico para os sintomas da tensão pré-menstrual, pois alivia os sintomas como dor de cabeça, dor na região lombar e nas mamas. Isso porque o seu consumo correto auxilia na eliminação de substâncias que não servem mais para o organismo. 
Se o alho for consumido na quantidade certa ele ajuda a dilatar os vasos, facilitando a circulação. Além dos seus benéficos para a saúde, o alho também faz parte da lista de medicamentos naturais para amenizar a gripe e acelerar a recuperação do organismo. Isso porque ele contém alicina na sua composição que é considerado um antimicrobiano. E também é rico em vitaminas A, C e E.O chá de alho, por exemplo, consegue hidratar o corpo e aliviar o mal-estar provocado pela gripe. 
Para se beneficiar do alho, é recomendado uma colher de sopa de alho picado em uma xicarada de água. Ferva a água por cinco minutos. Depois deixe esfriar e coe. O indicado é tomar uma xícara do chá três vezes ao dia. 
Embora não existam estudos científicos que comprovem a eficácia de chás no combate à gripe, o chá de alho também ajuda a fortalecer o sistema imunológico, o que pode proporcionar uma cura mais rápida da gripe. 
O alho contribuir para a perda de peso?
O alho pode auxiliar no emagrecimento por também ser considerado um alimento termogênico, que ajudam o metabolismo a trabalhar durante o processo digestivo. 
Quem deseja emagrecer acaba apostando também nas cápsulas de alhos que são pílulas compostas por óleo de alho concentrado. Elas possuem um valor nutricional muito rico em vitaminas, minerais e aminoácidos. 
O consumo das cápsulas pode favorecer para a redução do colesterol, glicose sanguínea, combate bactérias, regulador da tireoide, protege o coração e previne a arteriosclerose. 
O óleo de alho pode ser contraindicado para gestantes, lactantes e crianças. O ideal é não fazer o consumo sem orientação médica e também em grandes quantidades. É preciso ter cautela em relação ao seu consumo, pois ele pode causar queda de pressão. 
Alho negro
O alho negro tem casca dourada e dentes escuros, o que pode levar muitas pessoas a acharem que ele está queimado ou apodrecido. De origem coreana, o alho negro foi desenvolvido a partir do alho fresco que é submetido a um processamento de envelhecimento, elevada a alta temperatura, sendo controlado por um período de 30 a 40 dias. 
Esse tipo de alho é antioxidante e ajuda prevenir os danos dos radicais livres no corpo. Lembrando que o alho negro possui o dobro de antioxidantes comparado ao alho comum. 
O seu consumo é benéfico para a saúde, pois ele ajuda na redução do colesterol, prevenção de câncer, evita o desenvolvimento de doenças associadas à aterosclerose. 
O alho negro possui uma textura e um sabor muito diferente do alho comum. Além disso, ele tem um sabor mais suave. Apesar de sofrer esse processo de maturação, o alho negro contém as mesmas propriedades do alho comum, ou seja, ele é bactericida, antiviral, hipotensor e antioxidante. Ele pode ser consumido em diversas preparações e pode até ser substituído pelo alho comum em algumas receitas. 
A melhor forma de consumir o alho para aproveitar suas propriedades é triturar, amassar ou picar o alho e deixar 10 minutos em repouso antes do preparo. Esse é o tempo para permitir a ação da aliinase - processo que converte a aliina em alicina. Mas, atenção, o alho cozido perde suas propriedades, por isso, sempre consuma o alho in natura. Escolha cabeças de alho redondas e cheias - evite aquelas com dentes soltos, moles ou murchos. A parte exterior deve estar intacta e sem manchas. Procure comprar a quantia suficiente para uma semana, e não mais do que isso. 
Conserve o alho sem a casca por três dias na geladeira e com casca sempre fora da geladeira. O ideal é consumir três dentes de alho por dia para obter seus benefícios. 

Ingrid Guimarães faz aula de ballet fitness junto com a filha, Clara, no Rio

Ingrid Guimarães não perde a chance de fazer programas e curtir a companhia desua única filha,Clara, de 5 anos. Nesta segunda-feira (20), por exemplo, a atriz levou a menina como sua acompanhante em uma aula experimental de ballet fitness no estúdio de dança Espaço Vibre, em Ipanema, na Zona Sul do Rio de Janeiro.
Vestida de bailarina, com direito a tutu rosa e faixa no cabelo, Clara - filha de Ingrid com o publicitário Renê Machado - chamou a atenção no meio das alunas já adultas. Disciplinada, ela usou a barra de exercícios e foi devidamente fotografada pela orgulhosa mãe.
Ingrid Guimarães faz aula de ballet fitness junto com a filha, Clara, no Rio: Ingrid Guimarães leva a filha Clara para participar da aula de ballet fitness no 'Espaço Vibre', em Ipanema, na Zona Sul do Rio de Janeiro, na segunda-feira, 20 de outubro de 2014
Ingrid Guimarães faz aula de ballet fitness junto com a filha, Clara, no Rio

Comandada pela bailarina Betina Dantas, a aula também contou a presença de Yasmin Brunet, Cinthia Howlet e Julia Lund. O balé fitness é uma junção da dança clássica com exercícios de ginástica que tem por finalidade proporcionar, a quem pratica a modalidade, mais força e tônus muscular.
Em recente entrevista à revista "Quem", Ingrid falou sobre o desejo de dar um irmão para Clara: "Tenho vontade de ter outro filho, sim. Sempre quis ser mãe e queria curtir bem a Clara, aproveitar essa sua fase. Mas já estou com 41 e não dá muito para ficar esperando. Cada vez que vou à ginecologista ela fala: 'E aí, bora?' O óvulo tem data de validade, o que é uma grande sacanagem com a mulher".
De férias da TV desde que participou da novela "Sangue Bom", Ingrid finaliza as filmagens do filme "Loucas para Casar", que protagoniza ao lado de Tatá Werneck, Fabiana Karla e Suzana Pires . Recentemente, a atriz e o ator Márcio Garcia, inclusive, foram flagrados vestidos de noivos em cima de uma ponte na Ilha do Fundão, na Zona Norte do Rio de Janeiro, para filmar cenas do longa.
O filme que tem roteiro de Marcelo Saback e direção de Roberto Santucci, conta a história de três mulheres que se encontram numa ponte prestes a cometerem suicídio, depois de serem abandonadas no altar pelo mesmo homem, no caso . Ingrid vive Malu, uma solteirona, de 40 anos, corretora de imóveis.

Estudo sugere que cigarro causa mais câncer em mulheres

Mesmo mulheres que fumam menos que homens têm mais chances de ter câncer no intestino.: Estudo sugere que cigarro causa mais câncer em mulheres

Um estudo divulgado na publicação especializada “Cancer Epidemiology Biomarkers & Prevention” sugere que mulheres fumantes têm mais chances de ter câncer do que homens também fumantes. Os pesquisadores, da Universidade de Tromso, na Noruega, analisaram 600 mil registros médicos e concluíram que a incidência de câncer no intestino é duas vezes maior em mulheres.
As mulheres fumantes têm 19% mais chances de ter a doença do que as não fumantes e entre os homens esse número é 9%. Durante o período em que a pesquisa foi realizada, 4mil pacientes apresentaram câncer no intestino.
Segundo os cientistas, essa é a primeira pesquisa que mostra que mesmo mulheres que fumam menos que os homens têm mais chances de desenvolver a doença. Para eles, isso se dá porque as mulheres seriam mais suscetíveis aos efeitos do cigarro no organismo. Porém, eles ressaltam que no estudo não foi levado em consideração fatores como o estilo de vida do paciente, hábitos alimentares e o consumo de álcool.
O estudo também mostrou que os riscos de câncer de intestino são ainda maiores em mulheres que começaram a fumar ainda na adolescência ou aquela que fumaram durante muitos anos da vida. Segundo outro estudo realizado anteriormente, mulheres que pararam de fumar antes de completar 30 anos diminuíram quase que completamente os riscos de uma morte prematura por doenças causadas pelo fumo.
Fumar pode causar 14 tipos de câncer, além de doenças pulmonares e cardíacas. Quem parar de fumar sente os efeitos em poucas semanas: depois de três semanas sem cigarro, a respiração já fica mais fácil e a circulação do sangue melhora. Após um ano longe da nicotina o risco de infarto é reduzido pela metade.

Delegacia Virtual do Estado de São Paulo

Delegacia Virtual do Estado do Rio de Janeiro