A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

quarta-feira, 8 de maio de 2013

Que duvida cruel!!!!!


O consultor de negócios e políticas Guilherme Araújo avisa que Dr. Marcelo Ugatti já esta deixando claro que é PRÉ-CANDIDATO a prefeito de Caraguatatuba nas próximas eleições. 

Não é por acaso que este senhor esta fazendo uma pós-graduação em gerência de cidades. 

Agora basta sabem em qual partido o Dr. Marcelo Ugatti será PRÉ-CANDIDATO!!! 

Aguardem que alguém vai chorar nesta disputa ambiciosa. 

Se hoje são mais de R$ 440 milhões imaginem daqui a quatro anos de quanto será este orçamento anual.


Casal Sem Vergonha

O QUE ACONTECE QUANDO UMA MULHER ACEITA SUBIR NUM PALCO DE BAILE FUNK!


Sinceramente, sinto saudade de quando funk falava da situação política e social do país, de quando a mulher era valorizada e chamada de princesa e rainha (sim, antes de serem as "novinhas", era conhecidas por esses nomes), eu não gosto de funk, mas tem quem goste, e eu respeito. Mas a a partir do momento que você vai no youtube, procurar um vídeo pra fazer uma matéria sobre o tema, e se depara com 90% do conteúdo só de putaria, você pensa "POR%$ FU$@# COM O FUTURO DO PAÍS!" e deixo pra vocês, um pequeno vestígio do que eu encontrei por lá:


Ele vai vir pedir voto aqui novamente daqui dois anos




O deputado estadual Hélio Nishimoto (PSDB) teve alguns votos em Caraguatatuba e pelo jeito não quer perder os votos que teve, mas eu quero ressaltar que o deputado estadual Hélio Nishimoto (PSDB) não deve ter conhecimento real da situação da saúde de Caraguatatuba para estar querendo que o hospital Stela Mares venha se tornar um hospital regional.
Sr. Hélio Nishimoto eu quero te pedir para que o senhor saia da condição de deputado estadual que esta e coloque-se na condição de ser humano e venha ver de perto o que esta acontecendo em Caraguatatuba antes de sair comentando o que o senhor não sabe. Caso o senhor não saiba, o governador fez inúmeras promessas em Caraguatatuba na época da campanha prometendo que o hospital regional seria construído em Caraguatatuba. Pelo jeito esta foi apenas uma promessa de campanha sem credibilidade. Alguns dos vereadores de Caraguatatuba fizeram uma moção de repudio quanto a esta promessa, será que o senhor esta sabendo disso? Venha em Caraguatatuba fazer uma visita sem que seja para pedir votos Sr. Hélio Nishimoto - deputado estadual - (PSDB).

veja o comentário em que este senhor fez no facebook:

O deputado Estadual Hélio Nishimoto (PSDB) afirmou que irá 

propor ao governador Geraldo Alckmin (PSDB) que o Estado 

compre o Hospital Stella Maris, em Caraguatatuba, para que 

ele sirva de sede para o Hospital Regional do Litoral Norte

unidade já garantida pelo governo, mas ainda sem local 

definido.

“Enquanto não faz o hospital regional, que se faça do Stella 

Maris um hospital pra atender aquela região”, disse o 

deputado. Os prefeitos de São Sebastião, Ubatuba e Ilhabela 

defendem que a unidade seja construída em São Sebastião.


Estes conteúdo foi extraido deste endereço: 



Shopping popular ocupará lugar da Feira da Madrugada


O secretário municipal de Coordenação das Subprefeituras, Chico Macena, afirmou nesta quarta-feira, 8, que até o fim do ano, a Prefeitura de São Paulo espera licitar a contrução de um shopping popular no local hoje ocupado pela Feira da Madrugada, no Brás, na região central da capital paulista.Atualmente, a gestão Fernando Haddad (PT) está elaborando o projeto arquitetônico do centro de compras.
O processo de saída dos comerciantes da Feira da Madrugada está previsto para começar às 16h desta quarta-feira, quando a feira fechar."Vamos respeitar os cadastros da União e as liminares na Justiça", disse Macena. O terreno pertencia ao governo federal, mas, segundo o secretário, já foi repassado à Prefeitura. Agora, o município aguarda a regularização das matrículas dos feirantes. De acordo com Macena, o shopping será inaugurado ainda durante a gestão Haddad, que termina no fim de 2016.

Pastor é preso acusado de estuprar fiéis de sua igreja


O pastor evangélico Marcos Pereira da Silva, líder da igreja Assembleia de Deus dos Últimos Dias, foi preso pela Polícia Civil do Rio por volta das 22h de terça-feira (7), na Rodovia Presidente Dutra, na altura de São João de Meriti, na Baixada Fluminense. Contra ele, havia dois mandados de prisão preventiva pelo crime de estupro. As denúncias foram feitas por fiéis de sua igreja, cuja sede fica em São João de Meriti.
No momento da prisão, o pastor estava em seu carro, um Passat. Ele voltava para sua casa, um luxuoso apartamento em Copacabana, na zona sul da capital. Segundo a polícia, o imóvel está no nome da igreja e está avaliado em R$ 8 milhões. Os mandados foram decretados pelos juízes Richard Fairclough, da 1ª Vara Criminal de São João de Meriti, e Ana Helena Mota Lima, da 2ª Vara Criminal da mesma comarca, na última quinta-feira (02).
Segundo o delegado Márcio Mendonça, da Delegacia de Combate às Drogas (DCOD), as investigações começaram há pouco mais de um ano, a partir de acusações que o coordenador da ONG AfroReggae, José Júnior, fez sobre o suposto envolvimento de Marcos Pereira com tráfico de drogas e lavagem de dinheiro.
Ao longo das investigações, a polícia descobriu que o pastor teria estuprado seis fiéis, entre elas três menores de idade. Ele também realizaria orgias em seu apartamento em Copacabana. As pessoas eram chamadas para cultos, mas Pereira as forçava a participar da orgia para "serem purificadas", segundo o delegado. O policial disse ainda que o pastor costumava agir com violência, e que obrigava mulheres a fazer sexo com mulheres e homens a transar com homens. Uma das vítimas revelou que foi estuprada dos 14 aos 22 anos. Uma segunda seria uma ex-mulher do pastor, com quem foi casado até 1998.
A Polícia Civil ainda investiga o suposto envolvimento do pastor em quatro homicídios, além de tráfico de drogas, associação para o tráfico e lavagem de dinheiro. Um dos assassinatos seria de uma jovem que descobriu as orgias e teria tentado denunciá-lo. Um sobrinho de Marcos Pereira também estaria envolvido neste assassinato.O pastor não possui formação em Teologia. Por isso, será encaminhado nesta quarta-feira (08) à uma prisão comum no Complexo Penitenciário de Gericinó, na zona oeste.
Apoio de fiéis
Após a prisão do pastor, cerca de 30 fiéis da igreja de Marcos Pereira fizeram plantão em frente à sede da DCOD, no Andaraí, na zona norte. Mulheres e crianças trajavam vestidos longos, que cobrem o corpo do pescoço aos pés. O traje é comum entre fiéis da Assembleia de Deus dos Últimos Dias. Entre os fiéis, estava o ex- pagodeiro Waguinho, que é missionário da Assembleia de Deus dos Últimos Dias há nove anos. Ao sair da delegacia, Waguinho criticou a ação da polícia e as denúncias de José Júnior. O ex-pagodeiro concorreu à Prefeitura de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, nas eleições do ano passado, mas não passou para o segundo turno.
Pelo twitter, o coordenador do AfroReggae comemorou a prisão do pastor: "Quero agradecer a nova gestão da DCOD pelo excepcional trabalho nessa prisão. Dr. Marcio Mendonça num curto espaço de tempo arrebentou!".
Estranho perfil
Marcos Pereira ganhou notoriedade por conseguir convencer criminosos a pôr fim a rebeliões em presídios. Ele chegou a trabalhar junto com a ONG AfroReggae, que se dedica a recuperar moradores de favelas que tiveram envolvimento com o tráfico de drogas. A parceria terminou em fevereiro de 2012, quando José Júnior, em entrevista ao jornal "Extra", acusou o pastor de ter ordenado os ataques realizados por traficantes contra policiais do Rio, em 2006 e 2010. Pereira negou as acusações e processou Júnior por calúnia e difamação, mas o processo foi extinto pela Justiça.

Feira da Madrugada deve fechar nesta quarta


Para garantir que comerciantes da Feira da Madrugada não migrem para ruas no entorno do Pátio Pari, a Prefeitura decidiu ampliar de 119 para 250 o número de policiais da Operação Delegada na região. Foi determinado que a área, saturada com 4.572 boxes que vendem principalmente roupas, seja desocupada a partir das 16 horas desta quarta-feira, 8, para adequação a padrões de segurança anti-incêndio. A reforma deve durar 60 dias e custar cerca de R$ 4 milhões.
De acordo com o secretário da Coordenadoria das Subprefeituras, Chico Macena (PT), o reforço policial será mantido até a volta da "normalidade de funcionamento do Pátio". Em outras ocasiões, a suspensão do comércio no local foi seguida de conflitos entre policiais e comerciantes e houve migração deles para as ruas do entorno - cerca de 10 mil trabalham na feira hoje. A ordem agora é para não rechaçar manifestações.
A reforma foi anunciada no dia 30 pela Prefeitura, seguindo uma recomendação do Ministério Público. Ela se baseia em relatório de março do Corpo de Bombeiros que apontou irregularidades, como extintores vencidos, corredores estreitos e saídas de emergência bloqueadas. Segundo Macena, o sistema elétrico será removido de hoje até terça-feira. Um pregão de emergência para contratar a empresa responsável pela parte de serralheria também deve sair até essa data.
Após a reforma, os - hoje claustrofóbicos - corredores vão crescer de 1,5 m para 2,5 m. Rotas de fuga vão para 3 m. Os boxes serão padronizados - atualmente, alguns chegam a 8 metros de largura. Isso pode fazer com que o número de pontos comerciais diminua, impossibilitando que alguns comerciantes que hoje atuam no local voltem. Segundo Macena, na realocação a Prefeitura dará prioridade àqueles que estão cadastrados ou têm liminares para trabalhar - cerca de 572 boxes ficam fora dessa conta. Na manhã de ontem, em reunião com representantes das várias associações que disputam a representação dos comerciantes no Pátio Pari, no entanto, o secretário do Trabalho e Empreendedorismo, Eliseu Gabriel, prometeu que "um cara que sabidamente está na feira, mas não está cadastrado, vai voltar".
Referência
Uma média de 25 mil pessoas de várias partes do País desembarca no Pátio Pari diariamente para comprar roupas na Feirinha da Madrugada - que começa às 2h e vai até as 16h - e no Brás. A Secretaria de Comunicação da Prefeitura prepara spots em 200 rádios informando que a feira será suspensa por 60 dias. Panfletos também serão distribuídos em pedágios nas rotas para São Paulo. 

Sandy traz turnê “Sim” para São Paulo



No dia 17 de maio, a turnê “Sim”, da cantora Sandy, chega a São Paulo, no palco do HSBC. O show contará com uma mistura de sucessos da carreira solo da artista, além de alguns clássicos do repertório da dupla com Junior. “Sim” também intitula seu novo CD, que mesmo com a turnê já encaminhada desde abril, ainda está em processo de finalização. “Faltam alguns detalhes”, disse Sandy.
Ao longo das apresentações, a cantora vai revelando as novidades do novo álbum, que terá apenas músicas autorais e inéditas. Algumas das faixas já divulgadas são “Aquela dos 30″ (abaixo), “Escolho Você” e “Segredo”. 
Em breve, a filha de Xororó também voltará às telinhas como atriz. Sandy deve aparecer no 12° capítulo de “Sangue Bom”, nova novela das 19h, da Globo. “Foi uma participação pequena, mas muito gostosa. Fiz eu mesma entrevistada pela Amora (Sophie Charlotte), que é a personagem principal”, contou Sandy.

Ivete Sangalo na ONU


O Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC, na sigla em inglês) anunciou que a cantora Ivete Sangalo será a Embaixadora Nacional da Boa Vontade para o combate ao tráfico de pessoas no Brasil. A cantora será nomeada oficialmente na próxima quinta-feira (9) em Brasília, durante uma cerimônia liderada pelo diretor-executivo do UNODC, Yury Fedotov. “A artista é respeitada e bem-sucedida. Suas músicas são mundiais, além de ela ter ganho um Grammy”, disse ele.
Falando agora de música, a cantora baiana comemorará seus vinte anos de carreira com a gravação de um CD e DVD em Salvador. O registro será feito no dia 14 de dezembro, na nova Arena Fonte Nova. Segundo a artista, o mega-show será muito importante para ela. A baiana não esconde a satisfação em poder voltar a gravar em sua terra natal.
Ivete Sangalo viaja atualmente pelo Brasil com a turnê de seu último CD, “Real Fantasia”. O repertório dos shows é formado por músicas do novo álbum e outras já consagradas pelo público. Por falar em público, os próprios fãs da cantora ajudaram a escolher as canções do show, por intermédio do Twitter. Seu atual single é “Veja o Sol e a Lua”.

Em SP, mulher morre após 6 plásticas


O Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) e o 14.º Distrito Policial (Pinheiros) investigam a morte da diretora de escola Janir Tuffani, de 48 anos. Ela foi submetida a seis cirurgias plásticas no Hospital Salt Lake, em Pinheiros, zona oeste da capital, em 30 de abril e faleceu, três dias depois, na sexta-feira passada, 3.
Segundo o hospital, Janir foi operada pelo cirurgião plástico Plínio Pinheiro, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Ela pagou R$ 20 mil pela colocação de próteses de silicone, retirada de bolsas de pele da pálpebra e de gordura das costas, perna, braços e barriga. No pós-operatório, Janir reclamou de fortes dores abdominais. A equipe de médicos plantonistas constatou uma hemorragia e entrou em contato com Pinheiro. A paciente foi encaminhada à UTI da Unidade Anália Franco do Hospital São Luiz, na zona leste, onde morreu.
Em menos de três meses é o segundo caso de morte no Salt Lake. No dia 5 de fevereiro, a diarista Maria Gilessi Pereira Silva, de 41 anos, faleceu duas horas após ser operada para colocar próteses de silicone. O 14.º DP investiga as duas ocorrências e vai apurar se há ligação entre os casos. "Vamos ver se foi a mesma equipe médica que atuou nas duas operações e em que condições ocorreu a segunda morte", disse o delegado Gilmar Contrera. A sindicância do Cremesp também foi aberta nesta terça-feira, 7, e, segundo o órgão, deve durar de seis meses a 2 anos.
''Hotelaria''
O Hospital Salt Lake informou que somente o cirurgião responsável poderia comentar o caso de Janir, uma vez que a instituição apenas oferecia "hotelaria hospitalar". A assessoria de imprensa do hospital informou também que o Salt Lake foi comprado por outro grupo no dia 15 de abril, quando uma nova diretoria assumiu.
"As locações do espaço só ocorreram até o dia 30, dia em que Janir foi operada, a pedido do proprietário anterior. Agora, o espaço não fará mais hotelaria hospitalar, será um hospital geral", informou a assessoria. O médico Plínio Pinheiro foi procurado pela reportagem, por e-mail e telefone, mas não respondeu às perguntas da reportagem até as 21 horas. A assessoria do Hospital São Luiz informou que não comentará o caso a pedido dos familiares de Janir. 

Blitze da Anac proíbem 25 aviões de voar


Para tentar flagrar irregularidades na operação de jatinhos e helicópteros, a Agência Nacional da Aviação Civil (Anac) começou a fazer blitze nos aeroportos utilizados pela aviação geral no País. Na terça-feira, 7, em São Paulo, 25 dos 106 aviões fiscalizados em seis aeroportos foram impedidos de voar por alguma infração - a maioria tinha documentação vencida ou havia feito alterações na estrutura da aeronave sem homologação da Anac.
Os aeroportos onde aconteceram as blitze foram Congonhas e Campo de Marte, em São Paulo, Jundiaí, Sorocaba, Amarais e Bragança Paulista, no interior. A Anac já tinha feito operação semelhante no Rio e em Minas, onde um homem que era procurado pela polícia foi preso. Ele fazia voos panorâmicos sem autorização. "Não posso voar porque esqueci a carteira em casa. Mas, quando os caras piscarem, eu aproveito a brecha e vou embora", dizia a um interlocutor um piloto nesta terça no Campo de Marte, na zona norte da capital. Em outra situação, uma aeronave foi retida em solo porque o piloto usava uma forma de bolo para fixar o rádio no painel do avião

4 brasileiros são presos dentro de avião nos EUA


Quatro brasileiros foram algemados e presos pela polícia americana dentro de um Boeing 777-200, na pista do aeroporto de Miami, na madrugada de terça-feira, 7. Os homens protagonizaram uma briga com socos e golpes dignos de uma luta de UFC dentro do voo 995, que fazia o trajeto Miami-São Paulo.
O voo foi tumultuado. O avião decolou de Miami com destino a São Paulo às 23h50 de segunda-feira, 6, e, quando sobrevoava a ilha de Alice Town, nas Bahamas, foi obrigado a retornar para socorrer uma passageira, também brasileira, que passava mal. A mulher estava desacordada, com inchaço em um lado do rosto. Quando a aeronave estava no solo, entraram paramédicos, bombeiros e policiais para prestar atendimento à mulher.
Nesse momento, dois jovens com idade entre 20 e 25 anos reclinaram seus assentos e acabaram acertando a cabeça da passageira que estava no banco de trás, deitada no colo do marido. O homem não gostou e se levantou para tirar satisfação. Começou então uma gritaria dentro do avião. Um terceiro rapaz, que estava sentado numa poltrona mais à frente, saiu correndo pelo corredor e deu um soco no rosto do homem. Chorando, a mulher dele pediu que o rapaz parasse, mas os outros também se levantaram para bater nele.
Um deles gritava: "Você está morto! Você está morto!". O rapaz que havia saído da poltrona mais à frente deu uma gravata no homem e eles caíram no chão. Os policiais chegaram, seguraram os quatro homens e os algemaram. O rapaz que deu o primeiro soco no homem gritava: "O que eu fiz? O que eu fiz?". Os passageiros aplaudiram quando eles foram levados para fora da aeronave. As famílias dos envolvidos também saíram, levando os pertences.
Passageiros das poltronas perto da confusão tiveram de descrever o fato para os comissários de bordo e os agentes da polícia que apuravam as responsabilidades.
Segundo comissários da American Airlines, os quatro homens foram levados à cadeia e poderão ser enquadrados na lei federal que trata de segurança aeronáutica.
"Pai não ensina, a vida ensina", comentou um passageiro. "Eram mal-educados, já chegaram falando alto", resmungou uma mulher. "Eles estão acostumados a dar um jeitinho, sair sem pagar. Aqui não vai rolar isso não, estamos nos Estados Unidos", festejou outra mulher. Passageiros de outros setores passaram a ir até o fundo para conhecer o que chamavam de "cenário do UFC aeronáutico". "Foi aqui que teve a briga?", indagou um senhor.
Excesso de peso
Mas os problemas não pararam. O comandante do voo 995 informou aos passageiros que tinha notado, na aterrissagem, sinais de "excesso de peso" na aeronave e, por isso, o avião precisaria passar por um exame mecânico. Todos os passageiros tiveram de desembarcar. O voo decolou apenas às 3h20 de quarta-feira, 9, e só chegou a São Paulo às 12h35, mais de quatro horas depois do previsto. "Senhoras e senhores, bem-vindos a São Paulo. E pedimos desculpas pelo incidente lamentável desta noite", disse o comissário de bordo pelo interfone, após a aterrissagem.
A tripulação informou que a mulher que havia sido atendida emergencialmente no avião no início da tumultuada noite, que fora internada em um hospital em Miami, já estava melhor. 

Justificativa de negativa de cobertura por escrito


Entra em vigor nesta terça-feira, 7/05/2013, a Resolução Normativa nº 319, que obriga as operadoras de planos de saúde a justificarem negativas de cobertura por escrito aos beneficiários que assim solicitarem. A informação deve ser transmitida ao beneficiário solicitante em linguagem clara, indicando a cláusula contratual ou o dispositivo legal que justifiquem o motivo da negativa.
A norma foi publicada no Diário Oficial da União em 06/03/2013. Atualmente, há 47,9 milhões de beneficiários com planos de assistência médica e 18,6 milhões de beneficiários com planos exclusivamente odontológicos.
A resposta por escrito poderá ser dada por correspondência ou por meio eletrônico, conforme escolha do beneficiário do plano, no prazo máximo de 48 horas a partir do pedido. É importante observar que para obter a negativa por escrito o beneficiário deverá fazer a solicitação.
"Quando um beneficiário faz uma solicitação para exames, consultas ou cirurgias, a operadora tem prazos máximos para liberar ou negar aquele pedido, dando as pertinentes informações em caso de negativa, que agora também poderão ser solicitadas por escrito", acrescenta André Longo, diretor-presidente da ANS.
Multas previstas - Se a operadora deixar de informar por escrito os motivos da negativa de cobertura previstos em lei, sempre que solicitado pelo beneficiário, pagará multa de R$ 30 mil. A multa por negativa de cobertura indevida em casos de urgência e emergência é de R$ 100 mil.

Símbolos do Metrô vão virar suvenir Companhia autoriza venda de produtos como chaveiros, canecas, camisetas e capas de tablet


Em 15 dias, será possível comprar uma capinha para tablet com o símbolo do Metrô de São Paulo. A exemplo do que já acontece em Londres e Nova York, a marca do transporte paulistano sobre trilhos também quer virar suvenir. Um ano depois da publicação do edital para atrair empresas interessadas em explorar a marca, o primeiro contrato foi assinado e os produtos já deverão estar à venda nas próximas semanas.
Pelo acordo, a empresa SP Loves You vai comercializar capas de iPad, bolsas, nécessaire, chaveiros, prato, caneca, bandeja, capa de chuva, camisetas e guarda-chuvas, tudo com a marca do Metrô.
A linha foi desenvolvida, a pedido da empresa, pelo artista Felipe Morozini. Em um primeiro momento, os produtos serão distribuídos pela SP Loves You para lojas de museus paulistanos - que os revenderão ao público. O Metrô vai ficar com 7% do valor arrecadado. Como ainda não estão definidos os pontos de venda ao consumidor final, por enquanto só estão disponíveis os preços no atacado - a capinha para tablet custa R$ 37,25 e as camisetas saem a partir de R$ 55, por exemplo.
"Percebi que muitos turistas que vêm para São Paulo procuram produtos com um ícone da cidade para levar como suvenir. E não encontram", afirma a empresária Lucia Vigorito, proprietária da SP Loves You. "Por isso, acredito nisso. O Metrô é um símbolo de São Paulo."
A ideia da empresária é que todos as linhas sejam assinadas por algum artista ou designer paulistano. Assim, depois de Morozini, outros profissionais devem ser convidados a usar a criatividade para estampar os produtos com o símbolo do Metrô - todas as criações passam por aprovação da companhia.
Loja. O gerente de Negócios do Metrô, Aluizio Gibson, conta que a ideia é abrir uma loja na Estação Consolação para vender tanto os suvenires da companhia quanto outras lembranças da cidade.
"É um ponto importante de São Paulo, com muita concentração de turistas, e isso nos dá a esperança de que essa loja terá bastante sucesso. Grande parte dos visitantes que vêm para a cidade quer conhecer o nosso metrô", explica.
Segundo ele, o edital para contratar uma empresa para administrar a loja deverá ser lançado logo, o que permitirá que o local já esteja aberto no segundo semestre. Gibson afirma que outras duas empresas estão interessadas em também licenciar produtos com a marca do Metrô e novos contratos poderão ser assinados em breve.

Procedimentos incluídos - NO PROCESSO DE ATUALIZAÇÃO DO ROL DE PROCEDIMENTOS E EVENTOS EM SAÚDE


NOME DO PROCEDIMENTO:

1. BLOQUEIOANESTÉSICO DE PLEXOS NERVOSOS (LOMBOSSACRO, BRAQUIAL, CERVICAL) PARA TRATAMENTO DE DOR
2. ANGIOTOMOGRAFIA CORONARIANA (COMDIRETRIZ DE UTILIZAÇÃO)
3. ESOFAGORRAFIA TORÁCICA POR VIDEOTORACOSCOPIA
4. REINTERVENÇÃO SOBRE A TRANSIÇÃO ESÔFAGO GÁSTRICA POR VIDEOLAPAROSCOPIA
5. TRATAMENTO CIRÚRGICO DOMEGAESOFAGO POR VIDEOLAPAROSCOPIA
6. GASTRECTOMIA COMOU SEMVAGOTOMIA/ COMOU SEMLINFADENECTOMIA POR VIDEOLAPAROSCOPIA
7. VAGOTOMIA SUPERSELETIVA OU VAGOTOMIA GÁSTRICA PROXIMAL POR VIDEOLAPAROSCOPIA
8. LINFADENECTOMIA PÉLVICA LAPAROSCÓPICA
9. LINFADENECTOMIA RETROPERITONEAL LAPAROSCÓPICA
10. MARSUPIALIZAÇÃO LAPAROSCÓPICA DE LINFOCELE
11. CIRURGIA DE ABAIXAMENTO POR VIDEOLAPAROSCOPIA
12. COLECTOMIA COMÍLEO-RETO-ANASTOMOSE POR VIDEOLAPAROSCOPIA
13. ENTERO-ANASTOMOSE POR VIDEOLAPAROSCOPIA
14. PROCTOCOLECTOMIA POR VIDEOLAPAROSCOPIA
15. RETOSSIGMOIDECTOMIA ABDOMINAL POR VIDEOLAPAROSCOPIA
16. ABSCESSO HEPÁTICO - DRENAGEMCIRÚRGICA POR VIDEOLAPAROSCOPIA
17. COLECISTECTOMIA COMFÍSTULA BILIODIGESTIVA POR VIDEOLAPAROSCOPIA
18. COLÉDOCO OU HEPÁTICO-JEJUNOSTOMIA POR VIDEOLAPAROSCOPIA
19. COLÉDOCO-DUODENOSTOMIA POR VIDEOLAPAROSCOPIA
20. DESCONEXÃO ÁZIGOS - PORTAL COMESPLENECTOMIA POR VIDEOLAPAROSCOPIA
21. ENUCLEAÇÃO DE TUMORES PANCREÁTICOS POR VIDEOLAPAROSCOPIA
22. PSEUDOCISTO PÂNCREAS - DRENAGEMPOR VIDEOLAPAROSCOPIA
23. ESPLENECTOMIA POR VIDEOLAPAROSCOPIA
24. HERNIORRAFIA COMOU SEMRESSECÇÃO INTESTINAL POR VIDEOLAPAROSCOPIA
25. AMPUTAÇÃOABDÔMINO-PERINEAL DO RETO POR VIDEOLAPAROSCOPIA
26. COLECTOMIA COMOU SEMCOLOSTOMIA POR VIDEOLAPAROSCOPIA
27. COLECTOMIA COMILEOSTOMIA POR VIDEOLAPAROSCOPIA

ANS publica nova listagem de coberturas obrigatórias


A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publica nesta terça-feira, 02/08/2011, a Resolução Normativa 262 que atualiza o Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde, garantindo e tornando pública a cobertura assistencial mínima obrigatória. O rol constitui a referência básica para cobertura assistencial nos planos privados de assistência à saúde, contratados a partir de 1º de janeiro de 1999 e é revisado a cada dois anos.  Nesta atualização será incluída a cobertura para cerca de 60 novos procedimentos, que entrará em vigor a partir do dia 01/01/2012.
O primeiro rol de procedimentos estabelecido pela ANS foi o definido pela Resolução de Conselho de Saúde Suplementar - Consu 10/98, atualizado em 2001 pela Resolução de Diretoria Colegiada – RDC 67/2001, e novamente revisto nos anos de 2004, 2008 e 2010 pelas Resoluções Normativas 82, 167 e 211, respectivamente.
Esta revisão contou com a participação de um Grupo Técnico composto por representantes da Câmara de Saúde Suplementar, que inclui órgãos de defesa do consumidor, representantes de operadoras e de conselhos profissionais, entre outros. O objetivo do grupo é promover a discussão técnica sobre a revisão do rol.
Consulta Pública nº 40:
A Consulta Pública do Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde foi encerrada no dia 21/05/2011 após 36 dias disponível para contribuições de consumidores, operadoras, gestores, prestadores de serviços e sociedade em geral. Foram recebidas 6.522 contribuições, sendo 70% diretamente de consumidores.

infografico

rol_glossario1

ANS prorroga prazo para envio de envio de informações dos profissionais médicos

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) prorrogou o prazo para envio das informações cadastrais dos especialistas médicos pelas operadoras de planos de saúde até o dia 31 de maio de 2013. A Agência enviou ofício eletrônico para as operadoras em abril, solicitando as informações.

O objetivo do Cadastro Nacional de Especialistas é conhecer o perfil dos médicos e a distribuição da atuação médica em todo o território nacional. O cadastro está sendo elaborado em ação conjunta entre o Ministério da Saúde e a ANS. A iniciativa  é o ponto de partida para a formulação de uma política de formação de especialistas no país nos próximos dez a 15 anos. Para a elaboração deste banco de dados, serão utilizadas inicialmente informações do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES), da Comissão Nacional de Residência Médica, do Conselho Federal de Medicina (CFM), da Associação Médica Brasileira (AMB) e das operadoras de planos de saúde. 

PAT de Caraguá divulga novas vagas - Esta vagas foram colocadas ontem dia 07.05


Confira as vagas disponíveis no Posto de Atendimento ao Trabalhador de Caraguá (PAT) dessa semana. O interessado deve comparecer no posto munido dos documentos pessoais.

Eletricista de instalações de veículos automotores, Oficial de serviços gerais, Serralheiro, Motorista de ambulância, Empregado doméstico arrumador, Lavador de veículos, Empregado doméstico diarista, Mecânico diesel (exceto de veículos automotores), Motorista de caminhão, Auxiliar de estoque, Maçariqueiro, Soldador de veículos, Auxiliar de limpeza, Caseiro, Alimentador de linha de produção, Borracheiro, Encarregado de manutenção, Pedreiro, Auxiliar de pedreiro, Marceneiro de móveis, Operador de retro-escavadeira, Pedreiro, Instrutor de informática, Caseiro, Técnico em manutenção de equipamentos de informática, Costureira de peças sob encomenda, Caseiro CNPJ, Almoxarife, Vendedor pracista, Engenheiro mecânico industrial, Empregado doméstico diarista, Vigilante, Vendedor pracista, Analista de crédito (economista), Empregado doméstico arrumador, Servente de obras, Faxineiro, Instalador de painéis, Faxineiro, Repositor - em supermercados, Vendedor pracista, Garçom, Ajudante de cozinha, Agente de segurança, Lavador de carros, Oficial de serviços gerais na manutenção de edificações

O PAT está localizado na Rua Taubaté, 520, bairro Sumaré. O telefone é (12) 3882-5211.

'Bota na conta do papa' surgiu em 97 e virou hit com filme


Um grupo de PMs do Batalhão de Operações Especiais (Bope) cerca um traficante em uma favela na zona norte do Rio. O homem diz que não sabe o paradeiro de um comparsa e PMs colocam um saco de plástico em sua cabeça para forçá-lo a falar. O comandante recebe uma ligação para deixar o Turano imediatamente. Antes, o praça pergunta: "O que fazemos com ele?". E o chefe responde: "Bota na conta do papa". Segundos depois, tiros são ouvidos: o traficante é morto.
A cena do filme Tropa de Elite, de 2007, se passa no Morro do Turano, em 1997, um dos mais violentos na época. A favela fica perto da residência da Arquidiocese do Rio, onde o papa João Paulo II ficou hospedado em 1997.
Na ocasião, foi montado um forte esquema para garantir sua segurança. Favelas dominadas por traficantes foram ocupadas durante toda a estadia do pontífice. Daí a frase "Bota na conta do papa", dita pelo capitão Nascimento, protagonista do filme, para justificar a morte do bandido.
O Turano recebeu uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) em setembro de 2010.

Senhor Sergio Arnaldo Braz - secretario de serviços públicos de Caraguatatuba... As ruas do Bairro do sumaré em Caraguatatuba não é deposito de lixo...


Senhor Sergio Arnaldo Braz - secretario de serviços públicos de Caraguatatuba bom dia, o consultor de negócios e políticas Guilherme Araújo gostaria de saber quem é o responsável pela retirada do lixo deixado e quem é a empresa que tem este contrato com a prefeitura e que não esta cumprindo... As fotos foram tiradas por moradores que não sabem mas o que fazer e estes lixos estão espalhados por diversas ruas a mais de 25 dias nas ruas do bairro do Sumaré em Caraguatatuba...

Vejas as atribuições da Secretaria Municipal de Serviços Públicos: A Secretaria Municipal de Serviços Públicos tem por finalidade executar a coleta de lixo com sua destinação final, os trabalhos de capina, varrição e limpeza das vias, praias e logradouros públicos, conservar e manter os parques e jardins, promover a arborização dos logradouros públicos e a manutenção de estradas vicinais e vias urbanas. A secretaria também é responsável em regulamentar os serviços funerários existentes, administrar a frota municipal de veículos e máquinas e supervisionar a administração dos terminais rodoviários e turísticos.

Sr. Sergio Arnaldo Braz - secretário de Serviços Públicos
Contato: Celular: (12) 7815-8539 - ID 96*97311
sbraz@caraguatatuba.sp.gov.br
servicospublicos@caraguatatuba.sp.gov.br

José Sbruzzi, administrador Regional Sul
Celular (12) 7813-8902 ID 96*15455

Gilberto Santos, administrador Regional Norte
Celular: (12) 7813-8959 - ID 96*15512

Endereços:
Regional Centro - Av. Senador Feijó, 165 - Jardim Aruan
Telefone: (12) 3885-4565 / 3885-4550

Regional Norte - Rua Um A, 85, Bairro Balneário Garden Mar
Telefone: (12) 3884-3555 / 3884-4146

Regional Sul - Av. José Herculano, 7495, Bairro Porto Novo
Telefone: (12) 3887-9390 / 3887-4432 Vejas as fotos abaixo:























Justiça manda soltar o traficante Polegar, um dos mais perigosos do Rio Desembargadores do TJ-RJ entenderam que o decreto de prisão preventiva que o mantinha preso é ilegal


 Preso em 19 de outubro de 2011 no Paraguai, o traficante Alexander Mendes da Silva, o Polegar, ex-chefe do tráfico do Morro da Mangueira, zona norte do Rio, está prestes a ser solto por determinação da 5ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ). Polegar era um dos bandidos mais procurados pela polícia fluminense até ser localizado por agentes federais na cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero,enquanto comprava um carro de luxo.
"Estamos aguardando apenas a chegada a Porto Velho da carta precatória com o alvará de soltura. Alexander deve ser colocado em liberdade até esta terça-feira,23", disse a advogada Adriana Vilela, que representa Polegar. Após ser preso, ele foi transferido para a Penitenciária Federal de Porto Velho, em Rondônia, para cumprir o restante da pena de 22 anos por tráfico e associação para o tráfico. Ele estava foragido desde 2009, quando obteve a progressão para o regime aberto e não retornou mais à prisão, no Rio.
Em 21 de março deste ano, quando faltavam 2 anos e 1 mês de pena a ser cumprida, a Justiça Federal de Rondônia declarou a condenação extinta, com base no indulto natalino de 2012. Polegar, no entanto, permaneceu preso devido a um mandado de prisão preventiva, expedido em 3 de abril de 2012, num processo de homicídio que tramita no 4º Tribunal do Júri do Rio. Mas em 11 de abril deste ano, a 5ª Câmara Criminal do TJ-RJ concedeu habeas corpus a Polegar.
Os desembargadores entenderam que o decreto de prisão preventiva era ilegal, já que o crime em questão ocorreu em 2003. "Por unanimidade,concederam parcialmente a ordem por entenderem que restou caracterizada a ilegalidade do decreto prisional, decorridos quase dez anos dos
fatos, estabelecidas as medidas cautelares de comparecimento mensal ao juízo e proibição de ausentar-se da região metropolitana".
O Ministério Público do Rio vai recorrer da decisão. Berço da escola de samba Estação Primeira de Mangueira, o Morro da Mangueira era uma das favelas mais violentas da cidade. A favela, controlada por traficantes do Comando Vermelho (CV), foi ocupada pelas forças de segurança em junho de 2011, e ganhou uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) em novembro do mesmo ano.

Major pode ser punido por criticar soltura de condenados


A 7ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio decidiu, nesta terça-feira, por unanimidade, manter a liminar concedida no dia 19 de abril pelo desembargador Siro Darlan, que mandou soltar os nove condenados em primeira instância pela invasão ao Hotel Intercontinental, em São Conrado, na zona sul do Rio, em 2010. Na mesma sessão, os desembargadores decidiram oficiar o Comando da Polícia Militar, solicitando providências "em razão do comportamento desrespeitoso do major Edson Santos, chefe da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Rocinha". Após a liminar vir à tona, na semana passada, o oficial deu entrevistas dizendo que os confrontos na Rocinha aumentaram após a soltura dos condenados. Procurada pela reportagem, a PM não se manifestou.
"Naturalmente, ele (o major) fez isso empolgado pela mídia. Além disso, a entrevista dele foi mentirosa. O próprio major nos trouxe estatísticas que não mostram que houve aumento da criminalidade na Rocinha após a soltura dos condenados. No mínimo, ele jogou a população contra uma decisão judicial. Não vejo crime, mas há pelo menos um comportamento antiético por parte de um oficial da PM", declarou nesta terça o desembargador Siro Darlan.
Em janeiro deste ano, a 25ª Vara Criminal condenou os nove acusados da invasão a penas que variam de 14 a 18 anos de prisão. Na sentença, a juíza Angélica dos Santos Costa não concedeu aos condenados o direito de recorrer em liberdade. O processo contra Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem, ex-chefe do tráfico na Rocinha, foi desmembrado.
Em seu voto desta terça, Darlan escreveu que "os pacientes são pobres, negros e oriundos de comunidade pobre. Sua situação jurídica é semelhante aos réus do mensalão, que esperam em liberdade o trânsito em julgado da sentença, como determina nosso ordenamento jurídico, mas uma parte da mídia comprometida com os privilégios, aborda de forma distinta esses casos semelhantes. O que está em jogo não é a simples manutenção ou não do status libertatis de nove pessoas acusadas da prática de crimes de grande repercussão social. O que está em jogo é a manutenção e o respeito ao Estado Democrático de Direito, que garante a prevalência do devido processo legal, ou o Estado de Exceção que parte da mídia tanto enalteceu no passado e tirou proveitos pessoais".
Repercussão internacional
Na manhã de 21 de agosto de 2010, os bandidos saíam de uma festa no Vidigal e seguiam para a vizinha Rocinha, quando se depararam com policiais militares na Avenida Niemeyer. Houve troca de tiros. Parte do grupo invadiu o Intercontinental, que fica na mesma rua, e manteve 35 reféns na cozinha do hotel. Os nove criminosos se entregaram após horas de negociação com PMs do Batalhão de Operações Especiais (Bope). As imagens do confronto entre policiais e traficantes nas ruas de um dos bairros mais nobres do Rio teve repercussão internacional.
Dois dias depois, eles foram enviados para o Presídio Federal de Porto Velho, em Rondônia. Em dezembro de 2011, o desembargador Siro Darlan soltou sete deles. Em janeiro de 2012, outros dois foram libertados. O magistrado alegou que os réus estavam sofrendo constrangimento ilegal por estarem presos temporariamente por tempo seis vezes superior aos 81 dias previstos em lei. Após a condenação em primeira instância, em janeiro deste ano, quatro deles voltaram para a cadeia.

Negócios entre amigos


Em encontro de fundadores de startups, empresários de internet mantêm otimismo O Rio foi palco da segunda edição de investidores e empreendedores brasileiros. FOTO: Marcos de Paula/Estadão RIO DE JANEIRO - A segunda edição brasileira do Founders Forum foi realizada no Rio de Janeiro, em um luxuoso hotel no bairro de Santa Teresa. A seleção de convidados deu ao evento o aspecto de uma reunião entre bons amigos. Os presentes se resumiam a empreendedores brasileiros e investidores selecionados pelo anfitrião - o britânico Brent Hoberman -, todos com um interesse em comum: lucrar com a internet.
--- o Siga o 'Link' no Twitter, no Facebook, no Google+ no Tumblr e também no Instagram Quando não interagiam em dinâmicas de grupo e debates disputadíssimos sobre as vantagens de se investir no Brasil, os executivos conversavam, riam, bebiam e trocavam cartões perto da piscina.
"Reunimos um grupo pequeno porque isso torna toda a conversa muito relevante aqui. Em 30 minutos, travam-se negócios que podem ser importantíssimos para o mercado", diz Jose Marin, fundador da investidora IG Expansión e responsável por trazer o evento para o Brasil.
Entre os presentes, grandes empresas de investimento como a Redpoint e.ventures, Atomico, Valor Capital e Trindade Investimentos; e startups como Buscapé, Viajanet, Easyaula, Baby.com.br, OQVestir e Dafiti.
Ressaca. Aos risos, alguns participantes brincavam sobre a mudança de tom dos investidores em comparação com a edição de estreia, em 2012. "Ninguém tem caso de sucesso para contar mais?", brincou um. De certa maneira, o fórum reflete a situação desse mercado, que agora passa por um momento de "racionalidade" depois do período de "euforia", iniciado em 2010.
"Foi o ano da primeira onda de investimentos estrangeiros no País", lembra o investidor Everson Lopes, da Ideiasnet. "Muito investidor com dinheiro e poucas empresas para se aplicar o capital. Isso provocou o mercado. Vemos agora algo que era previsto: o retorno do montante investido. Os fundos querem realocar a verba ou vender a empresa." A Ideiasnet, desde janeiro de 2012, concluiu 13 vendas. "É um negócio cíclico", justifica.
Quem veio de fora, aprendeu que para investir no Brasil é preciso saber mais do que sobre samba e futebol. "O País é complexo. Os investidores se deram conta de que precisam estar aqui e entender como pensam os brasileiros. Aqui leva-se tempo para abrir empresas, impostos e custo de vida são altos e os negócios não são imediatos", diz Marin.
"No Brasil já há bons exemplos de startups, mas são poucos. O capital de risco aqui ainda é muito jovem e pequeno. Lá fora isso é gigante.", diz Carlos Pires, porta-voz da Atomico, investidora cirada pelo cofundador do Skype, Niklas Zennström. "O Brasil está entre as prioridades dos fundos do mundo. Em coisa de cinco anos, o Brasil, principalmente o Rio, vai se tornar uma outra coisa", acredita. "A nova grande empresa de sucesso pode surgir no Brasil e os investidores sabem disso." O engenheiro Paulo Veras se aventura na internet desde 1995, com a Tesla, empresa que criava sites sob demanda. De lá para cá, viu muitos altos e baixos e, hoje, considera que o Brasil é dono do "ecossistema perfeito" para esse mercado, mas que essa "revolução", como chama a explosão de empreendedorismo online brasileira, "está só no começo". Atualmente Veras é dono do aplicativo 99taxis, criado em agosto de 2012, e que até agora não recebeu nenhum investimento apesar de ter 100 mil usuários.
Daniel Finus é o representante da FarFetch, site inglês de venda de roupas e acessórios. Lá fora, compras de roupa online chegam a 10% do e-commerce, aqui não passa dos 2%, o que evidencia o potencial. "O Brasil é sexy, está na moda. Não diria que é uma mina de ouro, mas já é uma de cobre", brinca.

Cabral e Paes enfrentam protesto na porta de museu


Cerca de cem pessoas protestam na noite desta sexta-feira em frente ao Museu de Arte do Rio (MAR), que será inaugurado com a presença da presidente Dilma Rousseff (PT). Até as 19h, os manifestantes se dividiam em dois grupos, um em cada acesso ao museu, na praça Mauá, zona portuária do Rio, chamando a atenção de quem chegava para a cerimônia.
Um dos grupos protestava contra iniciativas da prefeitura e do governo do Estado com cartazes, máscaras e faixas de protesto, entre elas "Não à venda do Rio de Janeiro", "Revitali$ar para quem?", "Pega ladrão: fora Cabral" e "Choque mata", em alusão ao programa municipal denominado Choque de Ordem. Um manifestante exibia faixa do Movimento Partido Pirata do Brasil.
Outro grupo protestava contra o fechamento de teatros no Rio, por falta de autorização dos bombeiros, após o incêndio da boate Kiss, em Santa Maria (RS). "São 30 dias sem teatro no Rio, os artistas estão sem trabalho", gritavam os manifestantes, pedindo a reabertura das casas. Os acessos ao MAR foram cercados por guardas municipais, policiais militares e pelo Batalhão de Choque.

Papa terá encontro com menores infratores na visita ao Brasil Jovens serão escolhidos por um juiz da Vara de Infância e Adolescência; pontífice estará no País entre os dias 22 e 28 de julho, durante a Jornada Mundial da Juventude, no Rio


O papa Francisco, durante a viagem ao Rio, terá um encontro com menores infratores que estão em uma instituição de acolhimento. O arcebispo do Rio de Janeiro, d. Tempesta, presidente do Comitê Organizador Local da Jornada Mundial da Juventude, disse na manhã desta terça-feira, 7, que os jovens serão escolhidos por um juiz da Vara de Infância e Adolescência e que o magistrado também estará presente no encontro, que acontecerá no Palácio São Joaquim, na Glória, zona sul do Rio.
O papa também deverá ouvir o relato de um jovem dependente de drogas, durante a visita que fará ao hospital de São Francisco, na Usina, zona norte, onde vai inaugurar um centro de atendimentos a dependentes químicos. O pontífice também conversará com pessoas que trabalham no atendimento aos que tentam se livrar do vício.
Estão previstos pelo menos três deslocamentos do papa no papamóvel. Dois na praia de Copacabana, entre o Forte e a praça do Lido; e um entre o aeroporto Santos Dumont ou o Palácio São Joaquim até o Palácio Guanabara.

Organizadores de evento no Rio querem ampliar agenda do papa na cidade Papa Francisco participará da Jornada Mundial da Juventude em julho


Visitas a uma favela, ao Cristo Redentor e à nova ala de um hospital reservada para dependentes químicos fazem parte da proposta dos organizadores da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) para a programação do papa Francisco no Rio de Janeiro. Por causa das limitações impostas pela saúde frágil, Bento XVI, de 85 anos, teria quatro compromissos públicos e dois fechados. Aos 76 anos e bem disposto, o papa Francisco vai ampliar a agenda, mas ainda não bateu o martelo sobre nenhum programa além do que já estava definido para seu antecessor. A Jornada acontece entre os dias 23 e 28 de julho e o papa deve chegar no dia 22.
Entre as opções de comunidades que poderão ser visitadas pelo novo papa, está o Vidigal, na zona sul, que recebeu João Paulo II em 1980 ou uma das favelas dos Complexos da Penha ou do Alemão, o que permitiria também uma visita ao Santuário de Nossa Senhora da Penha, na zona norte.
"Pelo histórico do papa de viver em contato com a miséria humana, de buscar os pobres em seu ambiente, cremos que ele mesmo vai pedir, mas já estamos cogitando de ele visitar uma comunidade, pacificada ou não. Estamos estudando porque supõe uma mudança na segurança. O papa é um chefe de Estado e temos que trabalhar em conjunto com o governo do Brasil", disse d. Antonio Augusto Dias Duarte, bispo auxiliar do Rio de Janeiro e vice-presidente do Comitê Organizador Local (COL) da Jornada.
Outra atividade do pontífice deverá ser a visita ao hospital da Venerável Ordem Terceira de São Francisco, na Tijuca, onde em maio ou junho começará a funcionar a ala dedicada aos dependentes de crack, com vinte leitos. "Um dos legados da Jornada Mundial da Juventude é deixar um local de atendimento e formação de pessoas capazes de tratar o problema do crack. Vamos propor ao papa uma ida a este local. O crack foi inclusive tema da conversa do papa com a presidente Dilma. Antes da Jornada já começaremos a trabalhar com dependentes químicos", afirmou d. Antonio.
O papa Francisco deverá ficar hospedado na residência oficial da Arquidiocese do Rio, no Sumaré (zona norte), onde viveu o arcebispo emérito do Rio de Janeiro, d. Eugenio Sales, até sua morte, em julho do ano passado. O local, onde funciona um centro de estudos e formação, passa por uma reforma para receber o papa. O atual arcebispo, d. Orani Tempesta, mora no Palácio São Joaquim (zona sul), onde o papa Francisco participará de um almoço, no dia 26 de julho, com dois jovens de cada continente. O palácio também está sendo reformado.
O encontro com os jovens já fazia parte da programação de Bento XVI. Haverá dois compromissos religiosos em Copacabana (zona sul) - solenidade de acolhimento, no dia 25, e via crúcis, no dia seguinte - e outros dois em Guaratiba (zona oeste) - vigília no dia 27 e missa solene no dia 28.
A JMJ conta com 60 mil voluntários e, entre os estrangeiros, a maioria é da Argentina, terra natal do papa Francisco. De 7.500 voluntários estrangeiros, 672 são argentinos. O segundo país com mais voluntários é a Colômbia (439), seguida de México (400), Polônia (271), Peru (211) e Venezuela (195). Haverá ainda 7.500 voluntários brasileiros de fora do Rio de Janeiro e 45 mil cariocas. Todos estarão no Rio 15 dias antes do início da Jornada, para passarem por um treinamento.

Congresso de jornalismo será em outubro


A Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) abriu as inscrições (www.abraji.org.br) para o seu 8.º Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo, que será realizado de 12 a 15 de outubro na Pontifícia Universidade Católica do Rio (PUC-RJ).
Este ano, o congresso ocorre junto com outros dois eventos internacionais de jornalismo: a 8.ª Conferência Global de Jornalismo Investigativo, realizada pela Global Investigative Journalism Network, e a 5.ª Conferencia Latinoamericana de Periodismo de Investigación, do Instituto Prensa y Sociedad (Ipys).
Estão programados mais de 100 painéis, seminários e workshops, incluindo quatro blocos temáticos sobre corrupção e crime organizado, meio ambiente, esporte e jornalismo de dados. Haverá, ainda, a entrega de três prêmios: o Global Shining Light Award, o Daniel Pearl Awards for Outstanding International Investigative Reporting e o Premio Latinoamericano de Periodismo de Investigación.

Promotores da Alemanha buscam nazistas no Brasil


Na busca por guardas dos campos de concentração nazistas que teriam fugido da Alemanha após a derrota de Adolf Hitler na Segunda Guerra Mundial, promotores de justiça alemães iniciaram um rastreamento entre milhares de nomes de imigrantes daquele país que teriam desembarcado no Brasil após o ano de 1944. O objetivo da investigação é identificar se algum dos criminosos de guerra se escondeu no País nas últimas décadas.
Para o promotor que conduz a investigação, Kurt Schrimm, a chance de ainda serem encontrados criminosos de guerra que nas últimas décadas se refugiaram no Brasil é "boa". Ao Estado ele disse que a Justiça da Alemanha tem dado especial atenção ao caso.
A ofensiva foi lançada pelo Escritório Central para a Investigação dos Crimes do Nazismo, com sede na cidade de Ludwigsburg. Apuração preliminar levantou suspeita sobre 50 guardas que atuavam nos campos de concentração de Auschwitz e Birkenau, onde 1 milhão de pessoas foram assassinadas entre 1942 e 1945. Todos são acusados pelo crime de assassinato, 70 anos após o massacre. O escritório de Ludwigsburg foi criado pelo governo alemão em 1958 e já conduziu investigações contra 7.485 pessoas.
Originalmente, apenas os comandantes dos campos foram presos e julgados. Mas, em 2011, a condenação do guarda John Demjanjuk abriu um precedente. Demjanjuk foi condenado pela morte de 20 mil pessoas durante cinco anos. Seus advogados apelaram e ele morreu em março de 2012. O caso terminou sem um julgamento final, mas bastou para que a Corte de Munique usasse o caso para revelar como o guarda fez "parte de uma máquina de destruição".
A suspeita da Justiça alemã é de que muitos desses soldados simplesmente fugiram para outros países e acabaram se integrando nas sociedades locais. Um deles foi Hans Lipschis, que viveu nos EUA por 26 anos até ser deportado de volta para a Alemanha. Há duas semanas, procuradores de Stuttgart decidiram abrir um processo contra ele, ainda que tenha declarado que foi apenas um cozinheiro.
No caso do Brasil, as fichas dos imigrantes estão sendo verificadas para ver se batem com os nomes dos nazistas procurados. "Por enquanto não encontramos ninguém, mas estamos no início e estimamos que teremos milhares de fichas de alemães que chegaram ao Brasil nos anos pós-guerra", diz o promotor.
Cooperação
O acesso aos dados dos imigrantes foi autorizado pelo Itamaraty e pelo Ministério de Relações Exteriores da Alemanha. Segundo os alemães, as consultas se realizam nos arquivos diplomáticos do Brasil, em dados da Polícia Federal, do Ministério da Justiça e órgãos estaduais que nos anos 1940 e 1950 foram montados para receber imigrantes. "Cada vez que vemos um nome que possa ser parecido a um de nossa lista, temos o direito de pedir ao governo brasileiro a ficha completa sobre aquele cidadão", observou Schrimm.
A investigação abrange também outros países do Cone Sul, porém é no Brasil onde há a expectativa de melhores resultados. No Uruguai, o governo abriu seus arquivos. "Mas o obstáculo é que os passaportes de estrangeiros foram destruídos e já não temos provas." Na Argentina, os alemães encontraram resistência para realizar as investigações e os arquivos jamais foram concedidos. No Chile, a mesma investigação começou em 2003 e quatro nomes foram identificados. Mas esses nazistas já estavam mortos quando suas identidades foram reveladas.

Presidente da CNBB confirma visita do papa Francisco ao Brasil em julho Em entrevista exclusiva ao 'Estado', dom Raymundo Damasceno disse que a escolha do argentino Jorge Mario Bergoglio para o pontificado foi 'uma bela surpresa'

O presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Raymundo Damasceno, afirmou na manhã desta quinta-feira, 14, que o papa Francisco confirmou que visitará o Brasil em julho para a Jornada Mundial da Juventude.


Nem bem terminado o conclave, dom Damasceno saiu na manhã de hoje no Vaticano para comprar jornal. "Eu estava muito curioso para saber qual é a reação mundial dessa eleição", afirmou dom Raymundo com exclusividade ao 'Estado'.
"Eu tive a oportunidade de falar com Bergoglio (papa Francisco) e ele me disse ontem mesmo que vai ao Brasil", destacou o cardeal brasileiro, que participou do conclave. 
"Eu o conheço muito bem. E trabalhamos juntos em Aparecida. Foi uma grande escolha", afirmou Dom Damasceno.
O cardeal brasileiro também disse que o argentino foi ganhando votos à medida que a eleição ocorria, num pleito em que ele não era favorito.
"Bergoglio veio surgindo. E foi uma bela surpresa", completou Damasceno, que, com um saco de jornal na mão, voltou ao Vaticano.