A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

domingo, 7 de outubro de 2012

‎"Eleições 2012" - De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral saiba é permitido e o que é proibido na hora de votar.


1) O eleitor pode fazer uma manifestação individual e silenciosa de apoio ao partido e/ou candidato de sua preferência (bonés, fitas, broches, bandanas);
2) Para lembrar em quem votar, o eleitor pode levar a “cola” eleitoral, com o nome de seus candidatos escolhidos;
3) Na cabine de votação, é proibido portar aparelho de telefonia celular, máquinas fotográficas, filmadoras, equipamento de radiocomunicação ou quaisquer instrumentos que possam comprometer o sigilo do voto. Esses aparelhos devem ficar retidos com o mesário enquanto o eleitor vota;
4) Não é permitido utilizar vestuário padronizado, bandeiras, broches nem adesivos que caracterizem uma manifestação coletiva de apoio;
5) É proibida a distribuição de panfletos e santinhos; a conhecida boca de urna pode levar à prisão.
6) É proibido aos servidores da Justiça Eleitoral, aos mesários e aos escrutinadores o uso de vestuário ou objeto que contenha qualquer propaganda de partido político, de coligação ou de candidato;
7) É vedada qualquer espécie de propaganda de partidos políticos ou de seus candidatos;
8) É proibida a entrada com bebidas alcoólicas e com roupas de banho no local de votação. Shorts, bermuda e sandália são permitidos. O eleitor também pode estar descalço para votar;
9) É proibido usar alto-falantes e amplificadores de som, realizar comício ou carreata;
10) Os fiscais partidários somente podem usar crachás com nome e sigla do partido a que pertencem e é vedada a padronização do vestuário;
11) Para votar, o eleitor com deficiência ou mobilidade reduzida poderá contar com o auxílio de pessoa de sua confiança, ainda que não tenha feito o pedido antecipadamente ao juiz eleitoral;
12) Não há regra sobre a permanência de animais nos locais de votação, mas cada presidente poderá determinar a retirada do animal se houver transtornos;
13) O eleitor deficiente visual pode assinar a folha de votação, ou as cédulas oficiais, se for o caso, utilizando-se de letras do alfabeto comum ou do sistema "braille"; usar qualquer instrumento mecânico que trouxer ou lhe for fornecido pela mesa e que lhe possibilite exercer o direito de voto; utilizar-se do sistema de áudio, quando disponível;
14) A decisão sobre a venda de bebidas alcoólicas no dia da eleição é de competência da Secretaria de Segurança Pública de cada estado.

Quando o ministro Marcelo Crivella fala tá falado! É porque é excelente


Quando o ministro Marcelo Crivella fala tá falado! É porque é excelente
GUILHERME ARAÚJO 10456 Vereador! 
Vamos fazer um Rio ainda melhor, com mais justiça social, mais oportunidades para os necessitados, moradia digna para todos.

Você de Caraguatatuba - Vote Guilherme Araújo 10456 - O Vereador do Crivella!








O nosso VEREADOR! Nos ajude a divulgar!! 


Bolsa Família: barganha institucional em busca de votos?


É importante refletir, e ao fazer isso respeitar o opinante com pensamento diferente. Mesmo que eu não concorde com tudo o que o outro diz, preciso manter o respeito pelo direito dele de dizer o que pensa.

Muitos dizem que política não se discute, mas somos livres para opinar. As opiniões são diversas e estar cheio de disposição, abordar o assunto com contundência, se não extrapolamos para o lado da paixão fanática, tudo bem. A crítica sensata se expande dentro da medida certa. 

Muitos alegam que os cristãos não deveriam levantar bandeiras políticas, outros, afirmam exatamente o oposto. Eu digo que se há tanta corrupção no meio político, é porque a maioria dos políticos não são pessoas que amam a Deus de verdade. O cristão verdadeiro não se corrompe com o meio em que está, mas o transforma por ser sal e luz neste mundo.

Exercer política não é uma prática que deve ser desprezada pelo cristão. Como eleitor, deve fazer análises e usar a urna como uma arma letal contra os corruptos e um trampolim aos honestos. É preciso ser criterioso, ter critério para não esquecer que é um cristão ao expressar-se através do voto.

Os pobres recebem dinheiro do projeto Bolsa Família . Não é preciso dizer que é dever, não é favor, o governo socorrer o cidadão necessitado. Mas, será que os beneficiados tendem a pensar que o valor recebido seja uma caridade e que precisam ser gratos com o governo Dilma e demonstrar gratidão com o voto? O projeto Bolsa Família seria moeda de troca que a classe C aceita para dar o voto ao PT? Os eleitores do PT se deixam comprar pelo dinheiro que é distribuído? Seria o projeto Bolsa Família uma espécie de barganha de votos?

Fico pensando comigo naqueles eleitores que são analfabetos e semianalfabetos, se eles confundem o seu direito e o seu dever. É uma pena dizer... A maior parte dos votos de evangélicos que a presidenta Dilma Rousseff recebeu veio do norte e nordeste brasileiro. Lá, a população é mais simples, mais pobre e menos instruída; gente com pouca informação. Eles são pessoas com menos discernimento político do cenário em que vivemos - sei que não são todos nessa condição. Grande parte dos leitores da classe C não é acostumada a se informar por revistas e jornais. Eles assistem apenas TV. A maioria ainda não possui computadores em casa. Estão reféns da mídia, cujos donos são os coronéis da política – gente com o monopólio da concessão de televisão, que usa o meio de comunicação como ferramenta para fins eleitorais. Assim, recebem informações tendenciosas, meias verdades ou mentiras descaradas.

Parte dos crentes nortista e nordestino considera que os governos de Lula foram bons para as regiões do norte e nordeste do Brasil, promovendo o fim da desigualdade social e amenizando o sofrimento deles. Parece que não levam em consideração as práticas do PT que confrontam o ensino de Cristo, quanto ao casamento e aborto. Votar no PT por causa do projeto Bolsa Família, desprezando a questão do plano de Deus para a família e desprezar a questão vida uterina, é o mesmo que trocar a salvação por um prato de lentilhas.

Para escolher governantes é necessário conhecer bem quem são eles. É preciso possuir informações suficientes sobre os partidos políticos. Não se deixar induzir por notícias incompletas, sempre analisar as campanhas transmitidas no horário eleitoral. O horário eleitoral é horário de muita fantasia, quando as peças publicitárias dão brilho aos que não têm brilho próprio.

Diferente do que diversos eleitores beneficiados pelo projeto Bolsa Família acreditam, o Lula não é o dono da ideia da distribuição do benefício. Ele CRITICOU a ideia quando viu o PSDB executá-la. Mas, quando virou presidente, passou a praticá-la também. Não sou contra o socorro aos mais pobres, sou contrário a quem queira votar no PT por causa do dinheiro que recebe, e do governante que faça uso dele para angariar votos. 

Ninguém deve vender seu voto!

Sete questões que o cristão precisa pensar antes de votar nas Eleições 2010


Seja vivo e ativo, ouça e fale; envolva-se e transforme o futuro com ações inteligentes no presente.


1 - As pesquisas eleitorais não devem ser consideradas como método de escolha de candidato.

Não é porque alguém aparece em primeiro lugar que este alguém realmente está lá. Os institutos de pesquisas não perguntam para todos os eleitores brasileiros quem eles têm predileção. Então, por mais aproximadas que as amostragens estejam da verdade, sempre estarão na condição de espectro e jamais de realidade.

E, se por acaso, o intituto de pesquisa estiver certo ao apontar o candidato que está em primeiro lugar no pleito eleitoral, esta situação não deve influenciar o eleitor a votar no tal político felizardo. Vote por você mesmo, e não por influência de instituições ou terceiros.

2 - Dupla cidadania.

Se a Bíblia é a regra de fé do cristão, o conteúdo dela tem, sim, que ser considerada na hora do voto. Isso é ser coerente, não é ação contradizente.

O Estado é laico, mas a sociedade não é. Quando o cristão vota de maneira pensada, escolhendo quem tenha pensamentos alinhados com o cristianismo ele prova ser inteligente e estar de acordo com a fé que tem em Deus.

Então, usemos a urna com sabedoria, votemos em nosso favor, jamais votemos em quem é anticristão.

3 - Executivo e Legislativo.

O Congresso Nacional cria leis e o presidente sanciona ou rejeita as leis criadas. Conscientemente, como cidadão, o cristão deve votar no canditado a presidente que estiver mais alinhado com as suas ideias e fé.

No Congresso Nacional, políticos cristãos lutam para barrar leis antibíblicas. Essa oposição cristã precisa continuar nas próximas gestões, aumentar inclusive.

A Igreja de Cristo não quer o aborto e outras práticas anticristãs sancionadas. Então, não convém eleger uma pessoa ao cargo de presidente que esteja disposto a aprovar projetos de leis estranhos e contrários ao cristianismo. É preciso trocar a filosofia edonista assentada na cadeira presidencial, evitar que o próximo presidente seja alguém com a mentalidade disposta a sancionar os projetos pró-aborto, anticristãos.

Não faz sentido dizer “sigo a Cristo” e entregar o voto (dar autoridade política) para quem diz “Deus não existe”, e/ou “vamos criar leis contra a religião”.

4 - Não se deixe levar pelas propagandas fúteis do Horário Eleitoral.

Procure perceber o grau de intensidade da ação de marqueteiros políticos. Eles tentam vender ideias, deputados estaduais e federais, senadores, governadores e presidentes, igual elaboram peças publicitárias de sabão em pó ou frigideiras. A propaganda política tenta transformar gente carrancuda em sorridente. As estratégias de publicidade se parecem com "compre a assadeira X e todos os seus problemas acabaram". O consumidor compra o produto que não funciona, o fabricante não troca o produto quebrado e não devolve o dinheiro. Incrível!

5 - Vamos abortar o voto em candidatos favoráveis à legalização do aborto, PL 122/2006 e PNDH 3.

O partido do Lula contraria declaradamente a Palavra de Deus, tenta calar a voz da Igreja de Cristo com leis infames como o PL 122/2006 e o PNDH-3.

O PL 122/2006 quer criminalizar quem prega a Palavra de Deus, quer colocar na cadeia cristãos pagadores de impostos, tratá-los como bandidos pelo simples fato deles mencionarem que na Bíblia Sagrada existe a declaração que a prática homossexual é pecado.

No caso do PNDH-3, tenta legalizar o aborto e a profissão de prostituta, ensinar candomblé nas escolas e ao mesmo tempo proibir os símbolos cristãos em locais públicos.

Aborto! Eu apóio só um tipo de aborto. Quem dera todos os cristãos abortassem a ideia de votar em políticos aborteiros.

Como cristãos, não é conveniente dar aval para quem queira se eleger - viver às custas de altos salários do erário público -  e agir contra a vida humana. Portanto, não votemos , e se possível façamos campanhas contra todos os candidatos que desejam descriminalizar o aborto e quem apóie o conteúdo do PNDH-3.

6 - Crente não pode votar em crente? Pode, sim.

Os crentes em Jesus Cristo precisam escolher bem ao votar, saber escolher quem após eleito dê passos de acordo com a mentalidade cristã.

O Estado é laico, mas a sociedade não é. E dentro desta condição todo cristão precisa agir pela fé, votar apenas em quem não é contra dogmas cristãos e respeite os conceitos bíblicos.

Estamos em momento de decisão eleitoral, e para que os desejos de partidos anticristãos não se realizem é preciso que os cristãos votem conscientes, com o objetivo de afastar da vida política quem não está representando o ideal cristão.

Solicitar que o irmão vote em irmão não é uma solicitação com a finalidade de institucionalizar a religião, colocá-la no Poder. É fazer valer o que cremos enquanto cidadãos cristãos e evitar que apareçam leis contra a cristandade brasileira. Este ato é o mesmo que olhar para o amanhã e fazer com que o futuro seja o que sonhamos para nossos filhos, netos e bisnetos.

7 - O pastor e sua sugestão.

Todos os cidadãos podem e devem apoiar uma candidatura que se alinhe com seus pensamentos e ideais de vida.

Quando os pastores ensinam o rebanho sobre a responsabilidade do voto, dão apoio aos canditados alinhados com o cristianismo, eles não estão praticando a tentativa de voto de cabresto, apenas estão exercendo sua influência de liderança comunitária. É direito democrático que lhes compete. Não é crime indicar candidatos e nem fazer propaganda eleitoral. Basta seguir as regras eleitorais.

Xuxa se acaba de dançar em especial dedicado aos 40 anos do funk.


"TV Xuxa":  A apresentadora Xuxa Meneghel faz programa especial dedicado aos 40 anos do funk. Segundo informações do EGO, Xuxa deixou a vergonha de lado e se acabou de dançar ao som de MC Dolores, a apresentadora desceu até o chão, requebrou e não deixou nada a dever às frequentadoras assíduas de bailes funk

De shortinho, Sabrina Sato cai no samba no Rio


Vida de celebridade! A apresentadora do "Pânico", Sabrina Sato, tirou a sexta-feira para literalmente cai no samba. Ontem à noite a rainha de bateria da Vila Isabel exibiu boa forma usando um microshort.

Sabrina Sato

Boninho quer se aposentar do BBB, após 13ª edição.


BBB 13 pode ser a ultima produção do realitydirigida por Boninho. Em seu twitter na noite deste sábado (6), o diretor que está a frente do BBB desde 2002, falou em aposentadoria: "Estou pensando me aposentar do BBB, por isso vou fazer um bombástico! Pra marcar minha aposentadoria e deixar minha galera brilhar!" O reality show, que está previsto para retornar à grade da Globo em janeiro.

No blog da produção do Big Brother Brasil estão enquetes onde é perguntado ao público qual ex-BBB deveria voltar nessa nova edição (13ª), e ainda de acordo com o blog da produção ocorrerão dois "paredões" semanais (um iniciando aos domingos e terminando às terças, e um outro com início às quartas e término às sextas) e assim será a disputa para que osex-Brothers retornem a casa nessa edição.

Mas ainda não está claro e nem definido o numero de ex-participantes que estarão no programa de 2013. Parece que não será tão fácil retornar a casa, pois ainda é possível que, após as enquetes, os ex-Brothers escolhidos pelo público sejam trancados nas já anunciadas casas de vidro, tudo anida é um mistério. Mas o que está claro, é que o ex-BBB Bambam ainda é lembrado pelo publico, já que na escolha pela enquete realizada, ele ganhou os concorrentes.

Ronaldo Fenômeno terá que pagar quase meio milhão à Receita Federal.


Ronaldo Fenômeno terá de pagar quase meio milhão de reais à Receita Federal, informa a coluna "Radar Online", do jornalista Lauro Jardim, neste sábado(6).

De acordo com a coluna, a pendência refere-se ao pagamento do laudêmio da ilha do ex-atleta em Angra dos Reis, no estado do Rio de Janeiro. A autuação acaba de ser feita pelo Fisco na 4ª Vara de Execução Fiscal do Rio de Janeiro, diz a coluna.

"Eleições 2012": É proibida a distribuição de panfletos e santinhos.


"Eleições 2012" - De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral saiba é permitido e o que é proibido na hora de votar.


1) O eleitor pode fazer uma manifestação individual e silenciosa de apoio ao partido e/ou candidato de sua preferência (bonés, fitas, broches, bandanas);
2) Para lembrar em quem votar, o eleitor pode levar a “cola” eleitoral, com o nome de seus candidatos escolhidos;
3) Na cabine de votação, é proibido portar aparelho de telefonia celular, máquinas fotográficas, filmadoras, equipamento de radiocomunicação ou quaisquer instrumentos que possam comprometer o sigilo do voto. Esses aparelhos devem ficar retidos com o mesário enquanto o eleitor vota;
4) Não é permitido utilizar vestuário padronizado, bandeiras, broches nem adesivos que caracterizem uma manifestação coletiva de apoio;
5) É proibida a distribuição de panfletos e santinhos; a conhecida boca de urna pode levar à prisão.
6) É proibido aos servidores da Justiça Eleitoral, aos mesários e aos escrutinadores o uso de vestuário ou objeto que contenha qualquer propaganda de partido político, de coligação ou de candidato;
7) É vedada qualquer espécie de propaganda de partidos políticos ou de seus candidatos;
8) É proibida a entrada com bebidas alcoólicas e com roupas de banho no local de votação. Shorts, bermuda e sandália são permitidos. O eleitor também pode estar descalço para votar;
9) É proibido usar alto-falantes e amplificadores de som, realizar comício ou carreata;
10) Os fiscais partidários somente podem usar crachás com nome e sigla do partido a que pertencem e é vedada a padronização do vestuário;
11) Para votar, o eleitor com deficiência ou mobilidade reduzida poderá contar com o auxílio de pessoa de sua confiança, ainda que não tenha feito o pedido antecipadamente ao juiz eleitoral;
12) Não há regra sobre a permanência de animais nos locais de votação, mas cada presidente poderá determinar a retirada do animal se houver transtornos;
13) O eleitor deficiente visual pode assinar a folha de votação, ou as cédulas oficiais, se for o caso, utilizando-se de letras do alfabeto comum ou do sistema "braille"; usar qualquer instrumento mecânico que trouxer ou lhe for fornecido pela mesa e que lhe possibilite exercer o direito de voto; utilizar-se do sistema de áudio, quando disponível;
14) A decisão sobre a venda de bebidas alcoólicas no dia da eleição é de competência da Secretaria de Segurança Pública de cada estado.

O eleitor que não quer pensar, depois coloca a mão no bolso para pagar


Política com humor: João e José conversavam sobre as eleições

João - E aí José já escolheu seu candidato?

José - Eh! João, vou votar no Dedinho, o pastor disse que ele vai fazer um bom trabalho e vai ajudar a igreja. Ele até prometeu arrumar um empreguinho para alguns irmãos. 

João - Quais são as propostas desse candidato José?

José - Propostas? Projetos? Compromisso? Xiii!!! Ele não falou nada... só pediu para igreja orar e votar no candidato. 

João - José você pode até orar ... mas enquanto os irmãos estão orando é o povo que está pagando.

José - E agora? Amanhã já é a eleição.

João - Diga não ao coração e vote com  a razão, pois você é cidadão.

José - Xiii!!! O pior é que você pode está com razão.

Por: Guilherme Araújo para eleitores de Caraguatatuba