A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

quarta-feira, 5 de março de 2014

Investidores lucram 237.999.900% com venda do WhatsApp; veja mais números Pagando US$ 19 bilhões pelo serviço de mensagens online, Facebook se propõe a pagar US$ 42 por cada usuário do aplicativo; em 2013, a rede social pagou apenas US$ 6 para cada usuário do Instagram

Investidores lucram 237.999.900% com venda do WhatsApp; veja mais números

 Na noite da última quarta-feira (19), o Facebook anunciou a maior aquisição da sua história, e a maior de uma empresa de tecnologia nos últimos 10 anos: a compta do Whatsapp por US$ 16 bilhões em dinheiro e ações da companhia, além de mais US$ 3 bilhões nos próximos 4 anos. Mas os números não chamam atenção apenas por sua totalidade. Quando comparamos o tamanho do serviço de mensagens antes desse negócio, é possível ver com mais clareza os valores que Mark Zuckerberg pagou.
Até ontem, o Whatsapp tinha como única fonte de receita o valor de US$ 0,99 anuais pagos por cada usuário um ano após o primeiro uso. O único investimento feito na companhia até o momento foram US$ 8 milhões, que, segundo o TechCrunch, teriam sido feitos pelo fundo Sequoia Capital e outros investidores. Com isso, o Facebook fez um pagamento de US$ 2,38 milhões para cada dólar que tinha sido investido no Whatsapp em sua história, o que representa um lucro de 237.999.900% sobre o valor investido pela Sequoia.
Outro destaque é a quantidade paga por cada funcionário o serviço de mensagens tinha. Até a véspera, o Whatsapp possuía apenas 55 empregados, ou seja, os US$ 19 bilhões representam US$ 345,45 milhões para cada funcionário. 
Atualmente cerca de 450 milhões de pessoas utilizam o aplicativo todo mês, sendo que 1 milhão de novos usuários aderem ao Whatsapp todo dia. Para Zuckerberg, a expectativa é que o aplicativo atinja 1 bilhão de usuários. Com isso, o Facebook aceitou pagar aproximadamente US$ 42 para cada usuário do serviço de mensagens.
Para se ter uma ideia, o valor pago pelo Facebook no Whatsapp é 4,75 vezes maior do que o que a Disney pagou pela consagrada LucasFilm, empresa responsável pelas franquias de cinema Star Wars e Indiana Jones. Supera também o valor de diversas empresas brasileiras consagradas.
No ano passado, o Facebook já tinha feito uma grande aquisição - considerada a maior de sua história até aquela época - ao pagar US$ 1 bilhão pelo Instagram, valor que, na época, foi considerado elevado. Como comparação, em setembro de 2013, o Instagram possuía 150 milhões de usuários, ou seja, enquanto Zuckerberg pagou US$ 42 para cada usuário do Whatsapp, no cado do aplicativo de fotos foram apenas US$ 6,66.

Depois do WhatsApp, Facebook quer comprar fábrica de aviões não tripulados Segundo site TechCrunch, a rede social pagaria US$ 60 milhões pela empresa

Depois do WhatsApp, Facebook quer comprar fábrica de aviões não tripulados

Depois de comprar o WhatsApp por US$ 16 bilhões, o Facebook estaria de olho na Titan Aerospace, fabricante de drones movidos a energia solar, pela qual pagaria US$ 60 milhões, de acordo com informações do site TechCrunch.
Segundo a publicação, os drones (aviões não tripulados) fariam parte da estratégia de Mark Zuckerberg para alcançar lugares ainda sem acesso à internet, começando com a África. A iniciativa faria parte da Internet.org, que é uma parceria global dedicada a proporcionar acesso à internet aos dois terços do mundo ainda não conectados.
Os drones fabricados pela Titan Aerospace foram desenvolvidos para serem uma espécie de saltélite de baixo custo e mais versátil. Eles podem monitorar o tempo, tirar imagens da Terra e espalhar sinal de internet, além de ser capaz de voar por cinco dias sem aterrissar. A empresa vai começar a construir 11 mil desses aviões não tripulados, especificamente o modelo ‘Solara 60’.
A Titan Aerospace foi fundada em 2012 e tem como CEO Vern Raburn, fundador da Eclipse Aviation. Ainda de acordo com o site, a produção dos drones seria apenas para o projeto Internet.org.

Designer cria vídeo de novo iPhone 6C Aparelho teria display de 4.7 polegadas

Designer cria vídeo de novo iPhone 6C


Por muitos anos era tradição da Apple lançar um smartphone com diversas novidades. Porém, no ano passado, a empresa decidiu inovar e lançar dois dispositivos: o iPhone 5C e o iPhone 5S.
Ainda não se sabe se a Apple pretende continuar com a linha do 6C, mas o designer Joseph Farahi imaginou como seria o futuro smartphone e criou um vídeo.
De acordo com o site Fredzone, o aparelho é mais fino e tem cores mais brilhantes que o atual modelo, lembrando o Nokia Lumia. Farahi acredita que o aparelho tem display de 4.7 polegadas, grava vídeos em 120 frames por segundo e conta com o leitor de digital.

SP: procura por imóveis para locação entre universitários aumenta 40% em 2014

SP: procura por imóveis para locação entre universitários aumenta 40% em 2014

A procura de universitários por aluguel de imóveis na cidade de São Paulo aqueceu o mercado imobiliário no início deste ano. Segundo levantamento da administradora imobiliária Lello, houve um aumento de 40% dos estudantes interessados em imóveis para locação na cidade nos primeiros dois meses de 2014, ante o mesmo período do ano anterior.
Segundo a administradora, a maior parte dos estudantes vem do interior paulista, e as regiões preferidas são Consolação, Perdizes, Vila Mariana, Santa Cruz, Butantã entre outras. A imobiliária também registra aumento da procura na região do ABC.
Geralmente, os estudantes procuram unidades que fiquem próximas às principais faculdades e buscam apartamentos de 1 dormitório com valores de aluguel de até R$ 2.000 o pacote (aluguel + condomínio). “Eles buscam apartamentos mobiliados ou semimobiliados. Querem localização, conforto e segurança”, disse a diretora comercial da Lello Imóveis, Roseli Hernandes.
Ainda segundo Roseli, a alta sazonal da procura costuma ir até março. “Esperamos um aumento de 30% no fechamento de novos contratos nestes primeiro meses, como tivemos nos anos anteriores”, concluiu.

Carros que se dirigem sozinhos devem dominar o mercado até 2026, diz analista

Carros que se dirigem sozinhos devem dominar o mercado até 2026, diz analista

Os carros autônomos que as montadoras estão desenvolvendo, devem chegar ao mercado a partir de 2026, segundo o analista da Morgan Stanley, Adam Jonas. Ele ainda diz que a tecnologia de direção sem motorista fará parte de toda a frota mundial vinte anos depois.
De acordo com o site The Huffington Post, os carros autônomos gerariam uma economia de US$ 5,6 trilhões, uma vez que os veículos irão superar questões de responsabilidade e infraestrutura. Antes do ano de 2026, Jonas acredita que os carros poderão ser conduzidos de forma autônoma, porém, o motorista terá de permanecer atento caso haja uma emergência.

Estudos
Este não é o primeiro relatório que surge prevendo um futuro promissor para os carros inteligentes. No ano passado, a empresa de pesquisa de mercado Navigant Research escreveu que, em 2035, as vendas de veículos autônomos atingirá 95,4 milhões por ano, o que representa 75% de todas as comercializações de carros. Já a ABI Research acredita que metade da frota mundial será de carros autônomos em 2032.
No entanto, nem todo mundo vê a completa autonomia do veículo entrar no mercado tão rapidamente. Para a organização Victoria Transport Policy, existem alguns benefícios, como mobilidade. Porém, ainda é preciso de regulamentação, sendo que a previsão é de que os carros autônomos cheguem ao auge em 2060.

Montadoras
Para as fabricantes, o objetivo é de que a direção autônoma esteja nas ruas o mais rápido possível. A Nissan, por exemplo, está prometendo um veículo inteligente para 2020.

Comprou um carro novo no mercado? Seguro pode ser até 15% mais caro Corretoras utilizam tabela Fipe para determinar valor do seguro

Na metade do mês passado, a Volkswagen lançou o compacto Up! no Brasil. O carro foi classificado como uns dos mais seguros pela Latin NCAP e um dos mais econômicos pelo Inmetro, no entanto, os consumidores que decidiram comprar o carro logo após o lançamento se depararam com problemas na hora de contratar o um seguro para o veículo.
As corretoras de seguros utilizam a tabela de preços da Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), no entanto, os valores são atualizados somente uma vez por mês. Com isso, as seguradoras não tinham uma base de preços para usar na cotação dos planos de seguro e passaram a utilizar o valor indicado na nota fiscal da compra - o que pode impulsionar o preço do seguro em até 15%.
No caso de um Up!, com ar-condicionado, direção com assistência elétrica, rádio, farol de neblina e insulfilm, que custa R$ 36.129, o seguro para mulher com idade inferior a 25 anos, estudante, com estacionamento ou garagem para guardar o veículo e que more na zona Leste da capital paulista - a mais pobre da cidade - fica em torno de R$ 2.981,65. O valor representa 8,25% do valor do carro, sendo que a cobertura com esse valor será válida apenas por seis meses. 
No entanto, a Fipe já atualizou sua tabela e considera que o mesmo carro custa R$ 31.760, com isso, o valor do seguro tende a diminuir. Caso seja considerada a mesma porcentagem, por exemplo, o valor do seguro sai por R$ 2.620. O preço cobrado anteriormente, de R$ 2.981,65, é 13,78% superior ao novo preço.  

Comprou um carro novo no mercado? Seguro pode ser até 15% mais caro

Quatro garis são presos no Rio após ameaçar colegas

Quatro garis que aderiram à greve da categoria, iniciada no sábado, 29, no Rio de Janeiro, foram detidos nesta quarta-feira, 5, acusados de ameaçar colegas que estavam trabalhando. Um profissional foi detido em Campo Grande, na zona oeste, e três em Ipanema, na zona sul. Eles foram autuados por atentado contra a liberdade do trabalho, crime previsto pelo artigo 197 do Código Penal. Os garis seriam liberados após assinar um termo em que se comprometem a comparecer à Justiça. Em Ipanema, assustados com as ameaças feitas por colegas, os garis interromperam o trabalho de limpeza.

Dilma se reúne com Lula e equipe para discutir relação com o PMDB Encontro acontece em meio à polêmica causada pelas declarações do líder peemedebista, Eduardo Cunha, que defendeu o rompimento da aliança com o PT

A presidente Dilma Rousseff recebeu o antecessor, Luiz Inácio Lula da Silva, no Palácio da Alvorada para uma reunião com membros de sua equipe de governo e do PT, no início da noite desta quarta-feira. O assunto do encontro não foi divulgado oficialmente, mas é certo que serão discutidos a campanha eleitoral deste ano e o desgaste do governo com os partidos na base aliada, principalmente com o PMDB.
Presentes à reunião estão o presidente do Partido dos Trabalhadores, Rui Falcão; o ministro-chefe da Casa Civil da Presidência da República, Aloizio Mercadante; o ex-ministro da Secretaria de Comunicação Social Franklin Martins, o deputado estadual Edinho Silva (PT-SP); o chefe de gabinete da Presidência da República, Giles Azevedo, e o publicitário João Santana.
A reunião acontece em meio à polêmica causada por declarações do líder do PMDB na Câmara, Eduardo Cunha. Em mensagem publicada em sua conta pessoal no Twitter, o peemedebista questionou a manutenção da aliança entre PT e PMDB e atacar Rui Falcão.
Um dos principais articuladores do "blocão" dos insatisfeitos com o Palácio do Planalto, Cunha escreveu na terça-feira, 4, que o partido do qual faz parte não é respeitado pelo PT e que, desta forma, começa a achar "boa a ideia de antecipar a convenção do PMDB". "A cada dia que passo me convenço mais que temos de repensar esta aliança, porque não somos respeitados pelo PT", escreveu.
Em outra mensagem publicada em seguida, Cunha ironiza afirmando que "a bancada do PMDB na Câmara já decidiu que não indicará qualquer nome para substituir ministros. Pode ficar tudo para o Rui Falcão". Era uma reação às críticas de Falcão à postura do PMDB em relação à reforma ministerial.
Nesta quarta-feira de cinzas, entretanto, os envolvidos trataram de esfriar os ânimos. Cunha publicou mensagem no twitter afirmando que, como líder da bancada do PMDB na Câmara "minha posição será sempre a da maioria da bancada, mesmo que diferente da minha".
Falcão negou-se a comentar a polêmica. O vice-presidente nacional do PT, deputado José Guimarães (CE), também usou as redes sociais para pregar moderação. "É hora de baixar as armas e buscar o entendimento por meio do diálogo respeitoso", pediu o petista em sua conta no Twitter.
A exceção ficou por conta do presidente do PT do Rio, Washington Quaquá, que partiu para o ataque chamando Cunha de "chantagista" e "bocudo".
"Temos grande respeito por figuras como o Valdir Raupp (presidente do PMDB) e o Michel Temer (vice-presidente da República) e achamos que a aliança com o PMDB é importante para o País, mas o partido não pode ter chantagistas como o Eduardo Cunha, líder do grupo dos bocudos, com interesses que não são dos mais republicanos", disse.

Curso ENERGIA SOLAR para residências De: R$ 1.000,00 Por: R$ 400,00


Curso ENERGIA SOLAR para residências

O curso de introdução aos Sistemas de energia renovável conectados a redes de pequeno e médio porte(sistemas de iluminação para residências, Lan houses, bares, lojas, sistemas de emergência, cerca eletrificada...), Objetiva preparar alunos para atuação profissional no setor de instalações de sistemas de energia renovável (solar fotovoltaico e eólico).
O curso é teórico/prático em nosso laboratório e os participantes tem oportunidade de realizar a prática em campo em instalações reais de módulo solar e seus assessórios.
Serão apresentados aspectos técnicos/comerciais que definem a viabilidade da instalação de um sistema fotovoltaico para que o instruendo possa fazer avaliações da disponibilidade solar, a escolha certa de equipamentos e o dimensionamento correto de sistemas que atendam as necessidades dos clientes.
Durante as sessões teórico/práticas são apresentadas ferramentas, equipamentos de proteção e os métodos e normas de trabalho e métodos de trabalho neste segmento.
O Curso é dividido em 03 módulos na primeira fase:
Módulo I- Introdutório- 
- São apresentados aspectos técnicos/comercias para todas as pessoas interessadas em conhecer os tipos de sistemas FTV e suas aplicações.

Módulo II-Instaladores- 
Capacitação para instalação de sistemas fotovoltaicos conectados à rede. O curso é totalmente prático . Durante as aulas teórico/práticas são apresentadas as ferramentas, os equipamentos de proteção e os métodos e normas de trabalho.

Módulo III - Dimensionador fotovoltaico 
Objetiva capacitar alunos ao dimensionamento e vendas de sistemas de energia renovável (solares fotovoltaicos ) conectados a rede de pequeno e médio porte. capacita para atuação profissional no setor de energia renovável. 
NOTA: Será oferecido gratuitamente o módulo especial de eletricidade básica para participantes de qualquer módulo do curso. Duração 04 horas - 01 sábado. Características
Período de matrícula: imediato
Para Bolsistas: os dez primeiros inscritos em cada unidade o valor promocional para pagamento à vista é de R$400,00. O valor normal de cada módulo é de R$290,00. OBS: Só será cobrada uma única taxa de matrícula para quem desejar participar dos outros módulos.
Período de Realização do curso: 1 semana( por módulo)
Carga horária: 12 horas teórica e práticas em laboratório e 16h de treinamento prático(opcional) em campo,
Horário: Disponibilidade de horário segundas e quartas ou terças e quintas 19 às 21h ou somente aos sábados manhã 08/12h ou tarde 13/17h para as 08 horas de aulas teóricas e práticas laboratoriais, disponibilidade para o Treinamento prático em campo (no mínimo de 16 horas), que será realizado durante o curso, no período DIURNO, de 2ª-feira à 6ª-feira, entre 8:00 às 18:00 horas, no MÁXIMO de 16 horas de prática, 
Número de vagas : 09 pagantes(valor normal R$290,00 por módulo - Total R$1.000,00) + 10 bolsistas promocionais (R$100,00 por módulo - Total com desconto R$400,00) + 1 bolsista integral = 20 vagas por turma 
Faça sua inscrição
Objetivo
Formar profissional auxiliar capaz de atuar junto ao segmento de geração de energia que mais cresce no mundo.
Metodologia
O curso é organizado em módulos teóricos e práticos. As aulas teóricas são ministradas na própria escola ou nos pólos autorizados.
O Treinamento prático de campo (opcional) terá um total de 16 horas e será realizado durante o curso, no período diurno, de 2ª-feira à 6ª-feira, entre 8:00 e 18:00 horas, no MÍNIMO de 16 horas por semana.
Pré-requisitos
1º grau completo 
Idade superior a 16 anos 
Ter disponibilidade para as aulas teóricas terças e quintas ou só aos sábados e práticas laboratoriais e de campo: de 2ª a 6ª-feiras Ter disponibilidade para o Treinamento Prático DIURNO durante o curso de 2ª a 6ª - feiras de 08:00 às 18:00 horas, no máximo de 16 horas na semana 
Efetivar o pagamento da matrícula
Documentação a ser apresentada no ato da inscrição:
Cópia RG/CPF, Comprovante de Residência; 
Comprovante de escolaridade; 
Currículo;
1 foto 3/4; 
Assinatura das Normas Regimentais e contrato em 2 vias. Critérios para concessão de bolsa
O Curso de Formação de instalações de energia renovável oferecerá 1 bolsa integral por turma. Para concorrer a elas, os interessados deverão se inscrever no Programa de Avaliação Sócio-econômica da escola de profissões na ABACC: maiores informações em CRITÉRIOS PARA CONCESSÃO DE BOLSAS neste blog
OBS: Os bolsistas(integral) são isentos das mensalidades e tem as suas matrículas pagas devolvidas.
ATENÇÃO: VOCÊ DEVE SE PROGRAMAR E PLANEJAR PARA GANHAR OU NÃO ESTA BOLSA.
MATRICULE-SE JÁ

diariamente de 08 às 19hs ou sábados de 08 às 16h Escola de Profissões 
Inscrições: 
DUQUE DE CAXIAS
COLÉGIO - CURSO VISÃO - Rua Tenente José Dias, 207 - 21 2652-2950 / 98862-9617 / 98275-7441 /98589-5411
VILAR DOS TELES: 
- Avenida Comendador Teles, 2430 - 1º andar - Vilar dos Teles - São João de Meriti - RJ Tel: 21 3908-0957 / 3755-1148 /98337-4918 Tim/ 99160-4449 claro/

Parabéns a toda família Grande Rio pelo belo desfile apresentado neste carnaval..

Ainda não foi desta vez que levamos o titulo, mas não vamos desistir por isso... 

Perdemos o titulo, mas ganhamos o carinho e afeto de todos que assistiram o desfile. Valeu meu presidente Milton Peracio, Helinho e toda a maravilhosa diretoria.





A justa homenagem ao nosso eterno Airton Senna e com a nota máxima de 299,40 a Unidos da Tijuca é a campeã do carnaval do Rio de Janeiro de 2014.


Qual dos 15 (quinze) vereadores (eleitos) de Caraguatatuba tem moral para entrar na justiça contra este crime, tendo em vista que todos aprovam este projeto...

O prefeito e os vereadores de Caraguatatuba querem aterrar o manguezal que fica na PRAIA DA MOCOCA junto com a praia para construírem condomínio fechado. 
O vereador Celso Pereira (DEM), bateu no peito meses atrás dizendo que defenderia os interesses da cidade de Caraguatatuba a qualquer custo, como fica esta situação sendo o vereador Celso Pereira (DEM) líder do prefeito na Câmara Municipal de Vereadores de Caraguatatuba. È contraditório, mas é assim que os vereadores fazem política em Caraguatatuba.


Essas leis servem ou não para proteger esse manguezal e essa praia:
Código Florestal (Lei Federal nº. 4.771/65)
Lei da Mata Atlântica (Lei Federal nº. 11.428/06)
Lei de Crimes Ambientais (Lei Federal nº. 9.605/98)
Plano Nacional de Gerenciamento Costeiro (Lei Federal nº. 7.661/88)
Sobre a proteção da vegetação nativa do Bioma Mata Atlântica (Decreto Federal nº. 6.660/98)
Áreas de Relevante Interesse Ecológico (Decreto Federal nº. 89.336/84)
Sobre supressão da vegetação de Áreas de Preservação Permanente (Resolução nº. 369/06 do CONAMA)
Áreas de Preservação Permanente (Resolução nº. 303/02 do CONAMA)
Atividades em Zonas Costeiras (Resolução nº. 341/03 do CONAMA)

Nenhumas das leis acima são respeitadas em Caraguatatuba.



Lula e PT avaliam que Dilma deve ser mais 'política'

Diante do agravamento da crise com o PMDB, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva desembarcou nesta quarta-feira, 5, em Brasília e se reuniu com a presidente Dilma Rousseff, na tentativa de soldar a aliança para a campanha da reeleição. Lula e a cúpula do PT avaliam que Dilma deve ser mais "política" e não entrar em novo confronto com a ala do PMDB representada pelo líder do partido na Câmara, Eduardo Cunha (RJ). Assim, conseguiria evitar mais problemas no Congresso e na campanha.
Embora o encontro de Dilma e Lula já estivesse marcado antes de Cunha pregar o rompimento da parceria com o PT, a ofensiva do deputado causou preocupação no governo. Não foi só: o presidente do PMDB, senador Valdir Raupp (RO), disse que a situação está ficando "insustentável" e cobrou uma solução para a empacada reforma ministerial.
"Lula saberá avaliar se o PMDB quer mesmo sair de verdade da coalizão ou se quer sair para poder entrar mais", disse ao Estado um ministro do PT, sob condição de anonimato. No Palácio do Planalto, Cunha é visto como "imprevisível" e capaz não apenas de fazer bravatas como de pôr a reedição da dobradinha com o PMDB em risco.
Além de Lula, toda a coordenação da campanha petista se reuniu hoje com a presidente, no Palácio da Alvorada. Atacado por Cunha em sua página do Twitter, o presidente do PT, Rui Falcão, foi um dos primeiros a chegar. O marqueteiro João Santana, o jornalista Franklin Martins, que coordenará a comunicação do comitê, o tesoureiro Edinho Silva, o ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante, e o chefe de gabinete de Dilma, Giles Azevedo, também participaram do encontro.

Presidente do PT do Rio chama Cunha de 'chantagista'

O presidente do PT do Rio, Washington Quaquá, atacou nesta quarta-feira, 05, o líder do PMDB na Câmara, Eduardo Cunha, classificado por ele como "chantagista" e "bocudo". Na véspera, Cunha defendera o rompimento da aliança com o PT para a reeleição da presidente Dilma Rousseff.
"Temos grande respeito por figuras como o Valdir Raupp (presidente do PMDB) e o Michel Temer (vice-presidente da República) e achamos que a aliança com o PMDB é importante para o País, mas o partido não pode ter chantagistas como o Eduardo Cunha, líder do grupo dos bocudos, com interesses que não são dos mais republicanos", afirmou Quaquá.
Prefeito da cidade de Maricá (RJ), o petista disse que o presidente do PMDB no Rio, Jorge Picciani, "passou dos limites quando ofendeu o Rui Falcão (presidente nacional do PT)". Em entrevista para a rede CNT no dia 27, Picciani já havia defendido apoio do partido ao candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves. Na terça, o jornal "O Dia" informou que Falcão atribuiu a ameaça de Picciani aos pedidos de cargo feitos pelo grupo de peemedebistas ao governo federal. Em resposta, Cunha defendeu que o PMDB antecipe sua convenção e não apoie a reeleição de Dilma porque, segundo ele, a sigla "não é respeitada pelo PT".
"Estão mal-acostumados com um PT que era subserviente no Rio. Não vamos aturar essa atitude chantagista. O Picciani é uma alma penada, que já morreu politicamente no Rio", afirmou Quaquá, que rompeu com o partido no Rio e deixou o governo Sérgio Cabral (PMDB) após sete anos de aliança para lançar a candidatura do senador Lindbergh Farias (PT-RJ) na sucessão estadual. "O relacionamento do PT nacional com Cabral e o vice-governador Luiz Fernando Pezão, pré-candidato do PMDB na sucessão estadual, é muito bom. Eles não fazem parte da banda podre do PMDB", disse Quaquá, que promete fazer uma campanha "respeitosa" no Rio.
O presidente regional do PT defendeu o financiamento de R$ 4,5 milhões à escola de samba Grande Rio, que homenageou neste ano a cidade de Maricá e ficou em sexto lugar no carnaval carioca. "É puro marketing, o carnaval é o melhor retorno que poderíamos ter para a cidade, muito melhor do que publicar anúncios em jornal. Quero fazer novamente."

Nos Estados, depoimentos não revelam novidades Assim como a comissão nacional, grupos de âmbito regional têm dificuldades para apresentar fatos novos

Nos Estados, depoimentos não revelam novidades

Com 66 anos, voz pausada e notável simplicidade no modo de vestir e falar, Antonio Pires Eustáquio esteve na Assembleia Legislativa de São Paulo, na semana passada, para um depoimento. A convite da Comissão Nacional da Verdade e da Comissão Estadual Rubens Paiva, foi falar sobre o caso dos militantes de esquerda que, no início da década de 1970, ainda na ditadura, foram enterrados com nomes falsos no Cemitério Dom Bosco, no bairro de Perus, em São Paulo.
O depoimento dele foi claro, longo e até emocionado. Não acrescentou nada, porém, ao que já sabe sobre o assunto. Pires, que administrou o cemitério depois daqueles fatos e acabou contribuindo de forma decisiva para seu esclarecimento, apenas repetiu o que já disse em várias outras ocasiões. Uma delas foi perante a Comissão Parlamentar de Inquérito da Câmara Municipal, que, lá atrás, em 1990, investigou o caso.
O caso do administrador é um exemplo da dificuldade que as comissões da verdade, tanto a nacional quanto as que atuam nos Estados e municípios, enfrentam para definir suas ações.
Ainda na semana passada, na mesma atividade conjunta das comissões nacional e estadual, foram ouvidos peritos criminais sobre o caso de oito integrantes da Ação Libertadora Nacional (ALN), mortos entre 1972 e 1973, em São Paulo. O objetivo era desmontar a versão oficial, de que teriam morrido em confrontos armados. O mais provável, segundo os peritos, é que tenham sido presos, torturados e executados por agentes do Estado.
Nesse caso também não houve novidade significativa. As principais informações constam de relatórios produzidos pela Comissão Especial de Mortos e Desaparecidos, que foi criada em 1995, no governo Fernando Henrique Cardoso.
Denúncia. Outro exemplo da dificuldade para se definir o rumo e os limites das investigações sobre o período da ditadura apareceu na Comissão da Verdade da Câmara Municipal de São Paulo. Na semana passada o grupo decidiu investigar uma denúncia de que o general Amaury Kruel, que comandava o 2.º Exército na época do golpe militar de 1964, teria sido subornado. Em troca de seis maletas cheias de dólares, segundo a denúncia, o comandante teria retirado o apoio que vinha dando ao presidente João Goulart, passando a apoiar o golpe.
O que a comissão tem até agora é o depoimento do coronel reformado Erimá Pinheiro, de 89 anos. Cassado em 1964 pelo Ato Institucional n.º 1, ele diz que presenciou a entrega dos dólares ao general. No ano passado já havia dado o mesmo depoimento ao Instituto João Goulart.
É a segunda vez que a comissão de vereadores aposta num tema de repercussão nacional, deixando de lado questões locais. No ano passado investigou a causa da morte do ex-presidente Juscelino Kubitschek, ocorrida em 1976, na Rodovia Presidente Dutra, numa viagem para o Rio. Explicou-se o interesse porque a viagem havia começado em São Paulo. No caso da denúncia sobre Kruel, o encontro aconteceu em São Paulo.
Para familiares de mortos e desaparecidos, as comissões deveriam dedicar mais atenção à localização dos corpos e aos esclarecimentos das circunstâncias das mortes. Para Laura Petit, que perdeu três irmãos na Guerrilha do Araguaia, a Comissão Nacional deveria convocar mais militares.
"Não é difícil", diz ela. "Os familiares dos mortos e desaparecidos sabem os nomes dos militares envolvidos, suas promoções, condecorações e os locais onde se encontram.

Aguardem novidades, sobre NOPOTISMO

Agora que acabou as festas é na hora de iniciar os trabalhos... 

O jurídico do Blog do Guilherme Araújo esta preparando alguns 

requerimentos que serão enviado a Câmara Municipal de 

Caraguatatuba, solicitando esclarecimentos. 

Esta farra vai acabar. 

E quanto a você que me ameaçou no dia 11/02/2013 após a prestação de contas, agora é a hora do troco.



OCCAP - Organização de Combater a Corrupção na Administração Pública em todos os níveis da federação.

'PMDB deve rediscutir aliança com PT', diz Cunha

O líder do PMDB na Câmara, Eduardo Cunha, usou nesta manhã de quarta-feira, 5, sua conta no Twitter para voltar a criticar o presidente do PT, Rui Falcão, e dizer que qualquer decisão de romper a aliança com o PT deve ser tomada pela maioria do partido. O atrito surgiu porque Falcão teria dito que o PMDB da Câmara estaria insatisfeito por não ter recebido cargos na reforma ministerial.
Depois de afirmações feitas na terça, 4, quando ameaçou barrar projetos de interesse do governo, como o Marco Civil da Internet, e convocar uma convenção extraordinária do partido para uma possível retirada de apoio à reeleição de Dilma Rousseff, Cunha diminuiu o tom das ameaças. "Quando falei em repensar (o apoio a Dilma), não falei ainda em romper, e sim em rediscutir os termos dessa aliança, a qual não somos respeitados", disse. O líder ressaltou que sua posição será sempre a da maioria da bancada, mesmo que seja diferente da dele. "A minha posição partidária será sempre a da maioria do partido, expressa na convenção, o que não impede que eu tenha opinião", disse.
Cunha afirmou que a declaração feita por Rui Falcão foi inoportuna e reforçou a insatisfação com o Partido dos Trabalhadores. "A realidade dessa aliança, nos termos que estão, e debaixo de agressões, como as do presidente do PT, não atendem ao PMDB em minha opinião", escreveu.

CNBB lança Campanha da Fraternidade 2014

A Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) abriu na tarde desta quarta-feira, 5, em Brasília, a Campanha da Fraternidade 2014. Para este ano, o tema escolhido foi "Fraternidade e o Tráfico Humano". A solenidade teve a presença do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. Entre os objetivos apresentados no texto base da campanha estão a denúncia de estruturas e situações causadoras de tráfico humano, a reivindicação de políticas públicas e meios para reinserção das vítimas, além de promover ações de prevenção para o problema.
De acordo com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, o número de inquéritos policiais abertos sobre o tráfico de pessoas é muito pequeno em relação ao volume da realização desse crime, porque há uma resistência das pessoas a fazer denúncias.
Cardozo afirmou que o governo federal já tem uma série de iniciativas que envolvem todos os órgãos que têm interface com esse tema, como a Polícia Federal, a Polícia Rodoviária Federal, a Secretaria de Direitos Humanos e a Secretaria de Políticas para as Mulheres. "Agora temos essa oportunidade de termos essa situação de junção de forças com a sociedade através da Campanha da Fraternidade", disse.
Segundo o ministro, será criado um comitê conjunto que vai buscar aprimorar as políticas de Estado, receber sugestões e enraizar a atuação da sociedade sobre o tráfico de pessoas.
Na ocasião, também foi divulgada a mensagem do Papa Francisco para a Campanha da Fraternidade. Em carta aos brasileiros, o pontífice destacou que não se pode ficar impassível ao fato de seres humanos serem tratados como mercadoria. Citando a exploração de trabalhadores, as mulheres obrigadas a se prostituir e o tráfico de crianças para remoção de órgãos, o Papa pediu que os fiéis usem a consciência. "Como se pode anunciar a alegria da Páscoa sem se solidarizar com aquelas cuja liberdade aqui na terra é negada?", ponderou no documento.

Petistas põem em dúvida ameaça de rompimento de Cunha

Embora o presidente nacional do PT, Rui Falcão, tenha silenciado diante das declarações do líder do PMDB na Câmara, Eduardo Cunha (RJ), dirigentes da cúpula do partido nos bastidores não acreditam que a ameaça de rompimento será levada adiante. Na avaliação dos petistas, mesmo com o esgarçamento da relação entre o Planalto e o PMDB - que segue insatisfeito com o represamento das emendas individuais dos parlamentares e a condução da reforma ministerial -, os peemedebistas dificilmente abrirão mão de indicar o vice da candidatura à reeleição da presidente Dilma Rousseff.
O líder do PT na Câmara, Vicentinho (SP), é um dos que apostam na recomposição da base aliada e duvida das ameaças de Cunha. "Quando ele faz isso ele não quer que o (Michel) Temer seja o vice de Dilma? Não acho que ele pense isso. Não posso acreditar que um partido do governo, que tem a vice-Presidência da República, decida agora sair fora", comentou Vicentinho.
O vice-presidente nacional do PT, Alberto Cantalice, foi na mesma linha de outro vice-presidente, o deputado José Guimarães (CE), e classificou as manifestações do líder do PMDB como "mera tensão pré-eleitoral". "O PMDB é fundamental na aliança. Não se pode carnavalizar as questões políticas. Ameaças não levam a nada. O PMDB não é aventureiro", declarou. Já outro dirigente da cúpula nacional acredita que as ameaças de Cunha não passam de "chantagem". "É chantagem pura, não é para valer. Eles (peemedebistas) são especialistas nisso", concluiu o petista que preferiu não se identificar.
Mais próximo do foco de tensão, um deputado petista afirma que a crise na articulação política do PT e do Palácio do Planalto pode ser séria o suficiente para tornar a situação com o PMDB irreversível. "Posso discordar do Eduardo Cunha, mas ele tem tradição de cumprir o que fala. Ele joga duro", afirmou o petista.
Artilharia
Para evitar alimentar a polêmica, os petistas não tocaram no assunto nas redes sociais, mas os peemedebistas mantiveram a artilharia e manifestaram apoio à Cunha. "O PT nunca respeitou o PMDB. Somos só 6 minutos de propaganda eleitoral para eles. Nada mais!", escreveu o deputado Osmar Terra (PMDB-RS). "O PT gosta de falar mal do PMDB. Está fácil de resolver, não nos queira na aliança", concordou Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA).
Em resposta aos aliados, Cunha disse que apenas reagiu a uma "agressão" de Rui Falcão, que teria dito que o PMDB da Câmara estaria insatisfeito por não ter recebido cargos na reforma ministerial. "Quando falei em repensar, não falei ainda em romper e sim em rediscutir os termos dessa aliança, a qual não somos respeitados", enfatizou o líder peemedebista. "Romper ou não, convocar ou não a convenção, não cabe a mim e sim à maioria do partido", emendou. O líder disse que aguardará os "desdobramentos" do episódio e que voltará a discutir o assunto com a bancada na próxima terça-feira, 11. "Não sigo nem seguirei a minha vontade e sim a da maioria da bancada", finalizou.

TSE manda retirar site 'Eduardo Campos Presidente'

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) concedeu liminar em que determina a imediata retirada da página "Eduardo Campos Presidente" do Facebook. O ministro Admar Gonzaga atendeu a pedido do Ministério Público Eleitoral que considerou a página da rede social propaganda fora de época do pré-candidato do PSB ao Palácio do Planalto. A decisão, tomada às 23h14 da última sexta-feira, 28, ainda não foi cumprida e a página continua no ar nesta quarta-feira, 5.
No pedido, o vice-procurador-geral Eleitoral, Eugênio Aragão, argumentou que o artigo 36 da Lei das Eleições proíbe a veiculação de propaganda eleitoral anterior a 6 de julho do ano das eleições. Para ele, a página do Facebook "adequa-se perfeitamente" ao entendimento do TSE do que é considerado propaganda eleitoral antecipada.
"Isso porque, ainda que de forma indireta e disfarçada, leva ao conhecimento do eleitor a possível candidatura de Eduardo Campos, com os motivos pelos quais o beneficiário é mais apto ao exercício da função pública, e afeta o equilíbrio da disputa entre os potenciais postulantes à Presidência da República, pela discrepância de tratamento dispensado", afirmou Aragão, na representação encaminhada ao TSE.
A página, criada em 3 de novembro de 2012, tem feito um acompanhamento das atividades de Campos e enaltece sua atuação política. "E o melhor governador do Brasil será o melhor presidente para todos", diz, uma das postagens. "É Eduardo, É Eduardo, É Eduardo Presidente! Nas Escolas, nos Campos (sic), Eduardo Campos Presidente!", informa outra mensagem.
Ao conceder a liminar, Admar Gonzaga entendeu que há propaganda antecipada por meio das postagens de imagens e mensagens realizadas em perfil público no Facebook que dão conta da "futura" candidatura de Eduardo Campos à Presidência da República.
O relator ressaltou que o conteúdo da página não estava restrito apenas aos seguidores, mas disponível a qualquer internauta, ainda que não participante do grupo. "No caso do representado, () no momento das transmissões contestadas pela inicial, ele seguia 897 usuários, era seguido por 40.677 pessoas e fazia parte de 685 listas de interesse", afirmou Gonzaga

Carnaval do Rio de Janeiro: Unidos da Tijuca é a grande campeã pela quarta vez.

Depois de 17 anos sem desfilar no grupo especial, a Império da Tijuca é rebaixada no Carnaval carioca.

O enredo falou sobre a influência na cultura brasileira dos ritmos africanos trazidos pelos escravos no século 16

Apuração das escolas de samba do Rio de Janeiro

Apuração das escolas de samba do Rio de Janeiro

Escolas de SambaAlegoriasBateriaComissão
de Frente
ConjuntoEnredoEvoluçãoFantasiasHarmoniaM. Sala e P. BandeiraSamba-EnredoPenal.TOTAL
Unidos da Tijuca30,0030,0030,0030,0030,0030,0029,9030,0030,0029,500299,40
Salgueiro29,7030,0030,0029,8030,0029,9029,9030,0030,0030,000299,30
Portela29,7030,0029,8030,0029,8030,0029,9029,9029,9030,000299,00
União da Ilha29,7029,8029,7029,8030,0030,0030,0029,9029,9029,600298,40
Imperatriz29,8029,6029,9029,7030,0029,5030,0029,4030,0029,700297,60
Grande Rio30,0029,6029,8029,6029,7029,9030,0029,6029,9029,100297,20
Beija-Flor29,5030,0029,6029,7029,4029,9029,5029,9029,9029,000296,40
Mangueira29,1029,6029,6029,4029,7029,6029,9029,7029,7029,900296,20
Mocidade Independente de Padre Miguel29,4029,8029,2029,5029,3029,5029,7029,7029,9030,000296,00
Vila Isabel29,7029,9029,3029,5029,3029,6029,5029,7029,8029,600295,90
São Clemente29,3029,7029,3029,2029,4029,6029,1029,6029,8029,300294,30
Império da Tijuca28,9029,3028,9029,1029,2029,3029,0029,0029,4029,500291,60
Escola campeã
Escola rebaixada
*Escolas penalizadas na pontuação**Critério de desempate: maior pontuação por quesito, na ordem inversa à da apuração