A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

esse é o nome

Vem com a gente

Afrah Modas tem novidades e coleção novíssima....


No Senado, Lupi admite viagem em avião, mas nega ter mentido

O ministro do Trabalho, Carlos Lupi, participa na manhã desta quinta-feira, 17, da audiência pública na Comissão de Assuntos Sociais do Senado, na qual presta novas explicações sobre as denúncias de corrupção e tráfico de influência contra ele. Com uma postura contida, em contraste com o estilo irônico nas manifestações anteriores, Lupi admitiu ter viajado em um avião contratado pelo presidente da entidade Pró-Cerrado, Adair Meira. Enfatizou, porém, que não mentiu na Câmara, quando disse não ter contato Adair Meira,cuja ONG tem contratos milionários com o Ministério do Trabalho.
'Nunca neguei que o conheço, não disse isso', afirmou Lupi, que afirma ter sido mal interpretado. 'O que me foi perguntado foi sobre a relação pessoal [com Adair]', disse. O ministro admitiu ter viajado no avião King Air, durante uma agenda no Maranhão, em 2009, mas diz que a questão é saber quem pagou pelo aluguel da aeronave. 'Meu erro pode não ter sido checar com a devida apuração que devia. O senhor, que a revista acusa de ter pago a aeronave, disse que não pagou, publicamente. Quero saber do que estou sendo acusado', disse. Vídeo revelado nessa terça-feira, 15, pelo site da revista Veja, mostra o ministro com Adair, durante viagem oficial ao Maranhão, em dezembro de 2009. ?Eu viajei com o ministro num trecho, isso eu confirmo?, afirmou Meira em entrevista ao Estado.
O colega de partido do ministro, o senador Pedro Taques (PDT-MT), defendeu o afastamento de Lupi do cargo. 'Com toda lealdade, entendo que o PDT deve se afastar do ministério porque nesse momento não detém mais a confiança para permanecer', afirmou.
Acompanhe abaixo os principais momentos da audiência:
12h40 - Lupi: 'Só queria o direito de falar. A gente não pode condernar as pessoas sem prova. Não pode ter uma página inteira acusando e três linhas de defesa.' O presidente da comissão, senador Jayme Campos (DEM-MT) elogia a iniciativa do ministro de ter comparecido à audiência e encerrou a sessão.
12h32 - Lupi responde às questões da senadora Kátia Abreu (PSD-TO) sobre criações de confederações e convênios com entidades ligadas a setores da pesca. Segundo o ministro, as criações atendem à portaria federal e os convênios foram firmados de acordo com regras estabelecidas pelo Ministério da Pesca.
12h27 - Ministro discorda do senador Cristovam Buarque, que defendeu a saída do PDT do governo Dilma. 'Nossa presença do governo é afirmação da causa trabalhista.' 'Nosso papel, quanto partido, é ter a capacidade de permanentemente ser fiel à sua história. Temos um lado, o lado do trabalhador', afirmou.
12h10 - Kátia Abreu (PSD-TO), última a fazer questões, expõe números do Condefat (Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhor), que, segundo ela, indicam falhas de administração do ministério, como a ligação da pasta com entidades de fachada. Pede detalhes da prestação de contas do convênio com a ONG Pró-Cerrado. A senadora pede ainda esclarecimentos sobre o convênio firmado com uma ONG carioca e, por fim, questiona o que justificou a mudança de perfil do ministério de passar a dedicar mais recursos a ONGs e a retirar de governos estaduais e municipais. A senadora apresentou dados de que, em 2007, ONGs receberam R$ 17 milhões do ministério e, em 2010, receberam R$ 103 milhões.
11h51 - Inácio Arruda (PC do B-CE): 'Estão exigindo a sua renúncia porque o senhor é a bola da vez. O senhor tem que cair de qualquer jeito. Consideramos que não podemos aceitar esse tipo de investida. Não se trata da vossa excelência. Se trata do alvo central [a presidente Dilma]. Precisamos ter capacidade de raciocinar nesse cenário', diz o senador para quem a sucessão de denúncias tem como objetivo enfraquecer o governo da presidente Dilme ROusseff. 'O que queremos é a ajuda do PDT para democratizar a mídia no Brasil. Não queremos regular ninguém. Permitir que todos possam dizer a sua verdade. Não quero ser editado na base da covardia.'
11h42 - O senador Cristovam Buarque (PDT-DF), igual ao colega Pedro Taques, também defende a saída do PDT do governo. 'Diante dessas dúvidas que surgem [contra o ministro], temos que pensar se não é hora do PDT apear-se do governo. É sintomático que o PT não esteja aqui [na audiência pública]', afirmou. Não vejo porque estarmos dentro do governo. Deveria apear e não indicar ninguém', disse o senador, que sugeriu postura independente do partido no governo Dilma. 'Talvez seja essa uma solução. A saída nos permitiria reaglutinar a identidade que está perdida.'
11h34 - Ao senador Pedro Taques (PDT), que defendeu seu afastamento do cargo, Lupi respondeu: 'Respeito a sua opinião. Dá ao teu amigo de lutar pela verdade dele. Só quero ter a chance. Não está o cargo em função aqui. Já marquei a história. Me dê o direito de mostrar à população que o que falam não corresponde à verdade'. Nesse momento, mais três senadores farão perguntas.
11h31 - Lupi responde às questões e diz que a aeronave não foi paga, mas foi cedida. Faz toda a agenda ministerial no gabinete do ministro. Temos coordenação de agenda. Quando vou no Estado, município, também tem atividade partidária e, nesse caso, o diretório cuida [da agenda]. 'Meu cargo de confiança é da presidente. A qualquer momento qualquer um dos 37 ministros podem ser demitidos. Ao responder à senadora Marinor Brito (PSOL-PA) rebateu as críticas de usar o ministério para fins partidários: Às vezes a gente entra no carro e nem sabe quem está do seu lado dirigindo. Toda pessoa de vida pública pode estar sujeita a cumprimentar alguém fora da lei e isso ser usado contra a gente. Passei a ter mais cuidado.'
11h20 - Após o colega de partido, senador Acir Gurgacz (RO) falar e dar apoio ao ministro, o também pedetista Pedro Taques (MT) fala na audiência. 'Com toda lealdade, entendo que o PDT deve se afastar do ministério porque nesse momento não detém mais a confiança para permanecer nesse ministério. É a minha opinião.' 'Não sou jurista, agora politicamente entendo que esses fatos são graves e estão a merecer maior investigação. Com o respeito ao trabalho que o senhor exerceu, com respeito ao partido, mas politicamente não temos mais condições de exercer mais esse ministério. Não há democracia sem partido político, mas o mais importante é a defesa do patrimônico público. Tenho certeza de que vossa excelência respeita minha opinião, da mesma forma que respeito a sua, de não sair do ministério.'
11h13 - A senadora Marinor Brito (PSOL-PA) questiona se o ministro vai exonerar funcionários da pasta envolvidos nas denúncias. 'O PSOL está alinhado não para demonizar, mas para exigir moralidade', afirmou em tom exaltado.
11h06 - Senador Demóstenes Torres (DEM-GO) abre a segunda série de perguntas. O democrata lembra que o partido e o ministério já negaram o pagamento do avião usado na viagem em que teria sido acompanhado pelo dirigente da ONG Pró-Cerrado. O senador lê agora declarações do dirigente, Adair Meira, sobre a relação da entidade com o ministério e o contato que tem com Carlos Lupi. Por fim, pergunta se o ministro desconhece como são feitas as escolhas dos veículos onde ocorrem suas viagens. A senadora Marinor Brito (PSOL-PA) fará a pergunta seguinte.
10h52 - Lupi rebate a fala do senador Alvaro Dias (PSDB-PR) de que teria mentido. Segundo o ministro, ele não negou que tivesse andado em avião ligado ao presidente da ONG porque essa questão não foi formulada durante audiência na Câmara. 'A minha resposta foi dada', rebateu.
10h45 - O senador Eduardo Suplicy (PT-SP) elogia o ministro por ter reconhecido que errou. 'É natural que possa ter esquecido um nome. É importante esse esclarecimento e hoje, felizmente, a vossa excelência tem a oportunidade de esclarecer'. Após a fala dos três senadores, Carlos Lupi responderá a cada um deles.
10h33 - Alvaro Dias (PSDB-PR): Há aparelhamento visível [do PDT no Ministério do Trabalho]. Agora, a senadora Ana Amélia (PP-RS) questiona se houve uma ligação do ex-presidente Lula a Lupi e o que foi tratado na conversa. 'O senhor diz que está sendo demonizado. Quem está querendo demonizá-lo?', pergunta também. 'Como é possível fiscalizar e avaliar esses convênios [são cerca de 600]?', questiona a senadora, que defende que o modelo de gestão atual, que repassa dinheiro a ONGs, parece não funcionar adequadamente.
10h22 - Senador Álvaro Dias (PSDB-PR): 'Vossa excelência está subestimando a inteligência dos brasileiros. Ouvimos o senhor dizer taxativamente que não viajou naquele avião. E vossa excelência confirma agora que viajou. Não importa se tem relação com o senhor Adair [presidente da ONG]. O fato concreto é que vossa excelência mentiu ao afirmar que não viajou naquele avião. Não importa saber quem pagou ou não. Configura o crime de responsabilidade. A permanência da vossa excelência [no ministério] diante desse fato compromete o governo e a presidente Dilma. Se a presidente pede para a vossa excelência permanecer, ela é cúmplice desses fatos. '
10h18 - Lupi: 'Todos esses eventos foram publicitados [em referência a viagens feitas em 2009. Eu não tenho o que esconder'. O ministo concluiu sua fala e agora é aberta a sessão para perguntas. O primeiro será o senador Álvaro Dias (PSDB-PR).
10h12 - Lupi: 'O acusador nega a acusação: ele diz que não pagou o aluguel da aeronave.' Ministro lê registros da agenda cumprida por ele em dezembro de 2009, quando teria andado no avião do presidente da ONG. 'Toda essa estrutura utilizada, quando envolve agenda partidária, eu peço para o partido disponibilzar. Podem ter usado carro ou avião de quem não conhece. Meu erro pode não ter sido checar com a devida apuração que devia. O senhor, que a revista acusa de ter pago a aeronave, disse que não pagou, publicamente. Quero saber do que estou sendo acusado.' 'Quem tem que explicar o pagamento dessa aeronave, não sou seu. Eu fui de carona do Ezequiel [ex-secretario do Ministério do Trabalho Ezequiel Nascimento]. Eu não pedi a aeronave. E pela informação pública dada pelo senhor Adair, ele não pagou.'
10h02 - Lupi: 'Eu não tenho nenhuma relação [com Adair Meira]. Não sou amigo dele. Foi o que eu respondi: 'Com certeza já o encontrei'. Queria que explicasse o contexto [da resposta].' 'O que me foi perguntado foi da relação pessoal', insistiu. 'Verifiquem as prestações de contas. Verifiquem como foi feita a entrada dessa entidade no ministério.' 'Nunca neguei que eu não o conheço [Adair Meira], só que não tenho relação pessoal com ele.'
9h57 - Assim como fez na Câmara, na semana passada, Lupi lembrou que há deficiências de pessoal no Ministério do Trabalho e que não há qualquer sistema de favorecimento ao partido ao qual é filiado, PDT. Nesse momento, Lupi relê a pergunta feita a ele na Câmara sobre as relações dele com Adair Meira, presidente da entidade Pró-Cerrado, com quem teria viajado em avião particular em dezembro de 2009.
9h52 - Lupi disse que será breve para dar mais tempo aos senadores. 'Precisamos fazer um debate em que damos o amplo direito de defesa ao cidadão', afirma o ministro, que começou sua fala lembrando o papel da imprensa brasileira. Segundo ele, a imprensa não pode 'condenar' quem quer que seja.
9h46 - O presidente da Comissão de Assuntos Sociais abre a audiência pública com o ministro Carlos Lupi, que terá trinta minutos para falar. Em seguida, a sessão é aberta para os senadores fazerem perguntas.

CCJ aprova uso de dinheiro de multas de trânsito apenas em campanhas educativas e sinalização


[Foto: senador Eunício Oliveira (PMDB-CE)]
A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) aprovou nesta quarta-feira (16) projeto para garantir que os recursos das multas de trânsito sejam utilizados exclusivamente em educação para o trânsito, admitindo exceção apenas para despesas com sinalização das vias. Pelo texto (PLS 579/11), as receitas devem financiar campanhas sobre direção defensiva, cultura da paz e combate à violência no trânsito, além de mensagens para desestimular o consumo de álcool e drogas por motoristas.
A exceção para permitir despesas com sinalização das vias resultou de emenda sugerida pelo senador Romero Jucá (PMDB-RR). Designado relator da emenda, Demóstenes Torres (DEM-GO) disse que essa sugestão aperfeiçoava projeto já meritório pela iniciativa de proporcionar meios para o enfrentamento dos problemas que o país enfrenta na esfera do trânsito.
- O país detém o troféu absolutamente indesejável de campeão em acidentes, mortes e invalidez no trânsito A sinalização é também importante. Quem escreve sobre o tema diz que no Brasil inexiste sinalização - afirmou Demóstenes.
O texto, que foi examinado em caráter terminativo , segue agora diretamente para exame na Câmara dos Deputados. A matéria foi lida na semana passada, com relatório favorável do senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES). Jucá pediu vista e em seguida sugeriu a emenda, apoiada pelo próprio autor do projeto, senador Eunício Oliveira (PMDB-CE), que também preside a CCJ. O autor explicou que a modificação amplia o texto e ainda pode favorecer sanção da matéria, nos termos de entendimento firmado entre Jucá e o governo.
Desvio de função
Na justificação do projeto, Eunício observou que a aplicação dos recursos das multas em ações educativas é uma diretriz do próprio Código de Trânsito Brasileiro (CTB). No entanto, em todo o país, conforme assinalou, as receitas estão custeando pagamento com pessoal que atua na gestão e fiscalização do trânsito, tanto das unidades do Departamento de Trânsito (Detrans) quanto dos batalhões das polícias militares estaduais. Para o senador, isso é uma "distorção", pois desse modo as receitas deixam de cumprir a função de tornar o trânsito mais seguro.
Como as receitas servem para reforçar o caixa dos governos, Eunício afirma que as administrações se sentem ainda estimuladas a implantar a conhecida "indústria das multas". Além de esquemas de fiscalização mais rigorosos apenas para gerar recolhimentos, conforme o senador, essa indústria chega a recorrer a "ardis", exemplo de sucessivas alterações nos limites de velocidade das vias com o objetivo de surpreender "motoristas desavisados".

João Capiberibe entrega diploma e aguarda data da posse no Senado

[Senador eleito e diplomado João Capiberibe (PSB-Ap)     ]
Segundo candidato mais votado para senador no Amapá em 2010, João Capiberibe (PSB) apresentou nesta quarta-feira (16) à Secretaria Geral da Mesa o diploma expedido pelo Tribunal Regional Eleitoral de seu estado e a documentação necessária para sua posse no Senado. Ele ocupará a vaga deixada por Gilvam Borges (PMDB), atualmente licenciado e substituído por Geovani Borges (PMDB). A data da posse ainda não foi definida.
João Capiberibe foi eleito senador pela primeira vez em 2002, mas acabou cassado em 2005, sob acusação de compra de votos. Ele, no entanto, sempre atribuiu as denúncias a uma trama de opositores.
Capiberibe concorreu novamente ao Senado em 2010, recebendo mais de 130 mil votos, apesar de sua candidatura ter sido impugnada com base na Lei da Ficha LimpaEntenda o assunto. Depois que o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que a lei não podia ser aplicada às eleições de 2010, Capiberibe conseguiu que seu recurso fosse acatado. Ele foi diplomado pelo TRE do Amapá na última segunda-feira (14).

Senador Marcelo Crivella recebe vereadores do município de Mendes


Os vereadores Ernandes Luiz Corrêa (PR), Rubem Carlos Moura(PSB), Márcio Cardoso (DEM) e Adeli Andrade (PSC) estiveram no gabinete do senador Crivella, com a solicitação de R$ 500 mil praa serem aplicados na reforma da Estação de Tratamento de Água – ( ETA Vila Mariana) e na construção de uma rede de distribuição para os bairros da Vila Mariana, Gaudência, Santa Rosa e Paiolzinho, todos do município de Mendes.
Segundo Carlos Moura, essa emenda visa a atender antiga e justa reivindicação dos moradores dessas comunidades, que apesar de se situarem nas circunvizinhanças da ETA, absurdamente não são providas de um sistema de abastecimento, distorção a ser corrigida com a implantação da adutora.
Marcelo Crivella passou a solicitação para estudos técnicos da assessoria, afirmando: “Estamos no Congresso Nacional para atender os municípios, principalmente os mais carentes”, explicou o senador.
Os vereadores saíram satisfeitos com a atenção recebida do senador fluminense. “É um privilégio vir a Brasília e voltar para casa com o dever realizado”, finalizou o vereador, Adeli Andrade.

Senador do PDT diz que Lupi deveria se afastar do ministério

Integrante do mesmo partido do ministro do Trabalho, o senador Pedro Taques (PDT-MT) afirmou que Carlos Lupi deveria se afastar da pasta.
- Politicamente, nós do PDT não temos mais condições de exercer o ministério - declarou o senador.
Pedro Taques observou que a presunção de inocência é direito fundamental, mas observou que o aspecto político do problema tem um tempo diferente do aspecto jurídico.
- O Senado está fazendo uma avaliação política. Com todo respeito a Lupi, politicamente não temos condições de exercer esse ministério - reiterou o senador.
Já o senador Acir Gurgacz (RO), também do PDT, elogiou o trabalho de Lupi e manifestou seu apoio ao ministro.
- Sabemos de sua lisura e vontade de trabalhar - declarou Acir Gurgacz. 
Pouco antes, a senadora Marinor Brito (PSOL-PA) declarou que a presidente Dilma Rousseff vem se "desmoralizando" perante a opinião pública com a sequência de escândalos de corrupção em seu ministério "e com a sequência de defesas que ela faz dos acusados, logo seguida pela saída desses ministros".
Tanto Marinor Brito quanto o senador Demóstenes Torres (DEM-GO) questionaram Lupi sobre o recebimento de diárias do ministério quando fez viagens com fins partidários. Os dois senadores ressaltaram que, em caso positivo, o ministro terá de devolver essas diárias. Lupi respondeu que, se houve irregularidades, haverá a devolução.
Essas declarações foram feitas em audiência pública que acontece neste momento na Comissão de Assuntos Sociais do Senado (CAS), na sala 9 da Ala Alexandre Costa.

Lupi: 'não tenho que provar nada'

[ministro do Trabalho, Carlos Lupi]
"Eu não tenho que provar nada", disse o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, ao chegar ao Senado na manhã desta quinta-feira (17) para falar na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) sobre as denúncias de irregularidades na pasta que comanda. Acompanhado de assessores, ele entrou na Casa exibindo tranquilidade e dizendo que só falará com a imprensa ao final.

- O ministro perdeu a autoridade política e moral para permanecer no cargo - afirmou o líder do PSDB, Alvaro Dias (PR) que, assim como a senadora Ana Amélia (PP-RS), é autor de requerimento para Carlos Lupi vir falar no Senado. Os convites para a vinda do ministro foram aprovados na CAS nesta quarta-feira (16), com o voto desenadores governistas.
Lupi vai responder às denúncias de irregularidades na sua gestão. Uma das acusações é a de que ele teria viajado ao Maranhão, em 2009, em um avião providenciado por um diretor de organizações não governamentais que possuem contratos com esse Ministério.
Em audiência na Câmara dos Deputados na semana passada, Lupi negou conhecer Adair Meira, que chefia uma rede de ONGs conveniadas ao ministério e envolvidas em irregularidades. O ministro também negou ter feito viagem em avião alugado por Meira, conforme denúncia publicada pela revista Veja. No entanto, imagens divulgadas na terça-feira (15) mostram o ministro próximo a Meira, após desembarcar de viagem feita em um avião particular, em 2009.
Para Alvaro Dias, Lupi mentiu aos deputados, o que comprovaria crime de responsabilidade. Além disso, o senador diz haver outras denúncias contra o ministro, de pagamento de propina e de utilização irregular de diárias.
- Os fatos são gravíssimos. A mentira oficial é crime de responsabilidade, ofende o Parlamento, o povo e desmoraliza o ministro - afirmou Alvaro Dias.
Durante a reunião na CAS, o gabinete da Liderança do governo no Senado chegou a informar que o ministro se disporia a falar no Senado na próxima semana, mas o presidente da CAS, senador Jayme Campos (DEM-MT), insistiu para ouvi-lo na quinta.
- Na semana que vem, a Inês já será morta - argumentou o presidente da CAS, reproduzindo expressão popular anteriormente utilizada por Ana Amélia.
Mesmo lembrando que a escolha e a permanência de um ministro é prerrogativa da Presidência da República, Jayme Campos constatou que a manutenção de Lupi no cargo tem resultado em grande desgaste para o governo federal.
O requerimento convidando o ministro também foi assinado pelas senadoras Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) e Ana Rita (PT-ES). Do mesmo modo, Eduardo Suplicy (PT-SP) defendeu a participação do ministro na reunião na CAS, afirmando ser do próprio interesse de Lupi o esclarecimento dos fatos.

Você conhece Edu Gama?

Quem é Edu Gama?

Edu Gama é pré-candidato a prefeito, presidente do PHS em Caraguatatuba, empresario de internet e loja virtual.

Marcelo Crivella Perfume Universal

Há de Brilhar uma Luz

Condenação Aguilar‏ - Maisssssssssssssssss Umaaaaaaaaaaaaaaaaaa esse politico tambem é do PDT

SP - Poder Legislativo - Tribunal de Contas


DESPACHOS DO CONSELHEIRO RELATOR FULVIO JULIÃO BIAZZI


DESPACHOS PROFERIDOS PELO CONSELHEIRO RELATOR FULVIO JULIÃO BIAZZI

09/11/2011-Proc: TC-316/007/09. Órgão Concessor: Prefeitura Municipal de Caraguatatuba.Responsável: José Pereira de Aguilar – Prefeito à época.Advogado: Paulo Roberto Annoni Bonadies – OAB/SP 78.244 (fls. 280).Prefeito atual: Antonio Carlos da Silva. Beneficiárias: Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina – SPDM e Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP. Responsáveis: - Prof.Mário Silva Monteiro - Coordenador Geral/PSF e Prof.Dr.Flávio Faloppa - Diretor Presidente da SPDM; - Prof.Dr.Walter Manna Albertoni – Reitor da UNIFESP.Assunto: Prestação de Contas – Repasse ao Terceiro Setor.Valor total: R$ 4.554.199,17.Exercício: 2007.Instrução: UR-7 – São José dos Campos. Tratam os presentes autos da prestação de contas originárias de Subvenção, dos recursos repassados pela Prefeitura Municipal de Caraguatatuba à Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina - SPDM e à Universidade Federal de São Paulo (Complexo UNIFESP/SPDM), no valor total de R$ 4.554.199,17 (quatro milhões, quinhentos e cinquenta e quatro mil, cento e noventa e nove reais, dezessete centavos), durante o exercício de 2007.Após análise da matéria, equipe técnica da Unidade Regional de São José dos Campos elaborou o relatório de fls. 240/272 e concluiu pela irregularidade da prestação de contas apontando diversas falhas, inclusive relacionadas ao convênio celebrado em 05/12/2005.O Conselheiro Relator, à época, determinou notificações aos responsáveis, para apresentassem suas alegações, conforme despacho de fls. 273.A Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina – SPDM encaminhou suas justificativas de fls. 279/295.O Senhor José Pereira de Aguilar, por meio de sua advogada, solicitou prorrogação de prazo e após retirou cópias dos autos, porém não apresentou quaisquer documentos ou esclarecimentos.ATJ manifestou-se pela irregularidade da comprovação da aplicação dos repasses. SDG enfatizou que existem questões que merecem  especial atenção, ante a natureza das diversas e reiteradas notícias veiculadas na imprensa sobre a SPDM, assim propôs nova notificação das partes, com intuito de prestarem esclarecimentos sobre as dúvidas levantadas pela equipe de fiscalização. Aduziu que os interessados devem informar se o objeto do Convênio foi executado diretamente pela Beneficiária ou se houve subcontratação de parte ou da totalidade dos serviços, mesmo porque, de acordo com o Estatuto Social da SPDM, vigente à época do repasse, o objeto social da Entidade não abrange as atividades desempenhadas para cumprimento das metas ora conveniadas. Mencionou que em virtude do quanto divulgado acerca do elevado passivo da SPDM, inclusive perante a Previdência Social, entende que o efetivo repasse das contribuições devidas ao aludido Instituto no exercício de 2007, que possuam relação com o presente Ajuste, deve ser demonstrado nos autos, através de documentos especificamente destinados a este fim. Solicitou a juntada de cópia do extrato bancário da conta específica da Conveniada, em que era mantido o numerário oriundo do pacto firmado com a Prefeitura.No tocante às metas, observou que as partes não trouxeram nenhum documento que demonstre o comparativo entre aquelas previstas no Plano de Trabalho e as de fato realizadas, aspecto de suma importância para a análise da matéria, e, ainda, que o Parecer Conclusivo de fls.  66, o Órgão Concessor não atesta a economicidade do ajuste, o cumprimento das cláusulas pactuadas, nem a forma de avaliação das metas atingidas no exercício.Citou que a Prefeitura deve elucidar os motivos que a levaram a escolher o Complexo Unifesp/SPDM para executar o objeto conveniado e se foram analisados os Planos de Trabalho de outras Entidades e, em caso afirmativo, a razão de terem sido preteridos.Por fim, verificou que pende de justificativa a opção da Administração pelo Convênio, ao invés de Termo de Parceria ou Contrato de Gestão, que merecem prioridade, na medida em que possuem regras mais abrangentes e atuais, voltadas à garantia da execução das metas almejadas e à aferição dos resultados.Acolhendo a proposta formulada pela SDG, determino que sejam expedidas novas notificações pessoais aos responsáveis pelo Órgão Concessor e Entidade Beneficiada, acompanhadas de cópias das fls. 311/313, bem como do presente despacho, para que tomem conhecimento da matéria e do relatório de fls. 241/272 e justifiquem ou aleguem o que entenderem pertinentes.Desde logo, fica autorizado aos interessados vista e extração de cópias, que deverão ser feitas no Cartório, observadas as cautelas de estilo. Publique-se

Vídeo desmente declarações de Carlos Lupi

Justiça derruba auxílio-paletó a deputados de SP Vara da Fazenda Pública ordena que não seja pago o benefício aos 94 parlamentares para compensar 'despesas imprescindíveis ao comparecimento da sessão'

SÃO PAULO - A Justiça determinou o cancelamento liminar do auxílio-paletó, privilégio concedido pela Assembleia Legislativa de São Paulo aos 94 parlamentares. A ordem judicial derruba um tabu do Legislativo, há décadas instituído a todos os deputados, indistintamente, da base do governo e da oposição.
Seu efeito imediato será enxugar o contracheque dos deputados. Pelas regras da Casa, eles receberiam nos próximos dias um salário a mais (R$ 20.042,37), relativo à segunda parcela do benefício – a primeira é paga integralmente no início do ano, a outra em dezembro aos que compareceram a pelo menos dois terços das sessões.
O Ministério Público Estadual, autor da ação que pede o fim do auxílio-paletó, calcula em cerca de R$ 1,88 milhão a economia ao erário com o corte do auxílio, pago sob a rubrica “ajuda de custo” e destinada a “compensar despesas com transporte e outras imprescindíveis para o comparecimento à sessão ordinária ou das decorrentes da convocação extraordinária”.
A decisão que põe abaixo uma tradição do Palácio 9 de Julho foi tomada pelo juiz da 3.ª Vara da Fazenda Pública da capital, Luís Fernando Camargo de Barros Vidal. Ele impôs à Mesa da Assembleia “que não ordene ou pague a ajuda de custo discutida nos autos”. A sentença é extensiva à Fazenda Pública do Estado para que “não disponibilize sob qualquer fundamento o dinheiro do orçamento público para fazer frente às despesas respectivas”.
A ação, subscrita pelos promotores Saad Mazloum e Silvio Antonio Marques, da Promotoria do Patrimônio Público e Social, denuncia “afronta aos princípios da moralidade e da honestidade”.
Contra a tese da Assembleia de que as duas parcelas acrescidas ao holerite dos deputados têm natureza indenizatória, os promotores advertem que todos os parlamentares recebem a primeira parcela sem a comprovação de nenhum gasto e auferem a segunda apenas pelo mero registro da presença em dois terços da sessão legislativa.

Rebelo anunciou três nomes para o comando das secretarias mais importantes do ministério

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, começou a reestruturar a pasta duas semanas depois de assumir o cargo. Rebelo anunciou três nomes para o comando das secretarias mais importantes do ministério. De acordo com ele, nenhum dos indicados é filiado ao PCdoB.
A economista Paula Pini, coordenadora de projetos do Banco Mundial, será a nova secretária executiva, o diplomata Carlos Henrique Cardim chefiará a assessoria internacional, e o vice-almirante Afonso Barbosa ocupará a Secretaria Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social.
Para Rebelo, as alterações são “esperadas e naturais” após mudanças de chefia. Segundo ele, as escolhas foram feitas com base em critérios técnicos, administrativos, políticos e em experiências de vida. “São pessoas que conheço e com quem tive a oportunidade de trabalhar”.
A organização da Copa do Mundo de 2014 e das Olimpíadas de 2016 são prioridades do Ministério do Esporte. De acordo com o ministro a nova secretária executiva tem experiência de mais 20 anos com desenvolvimento e mobilidade urbana e vai ajudar a preparar o país para os dois eventos internacionais.
“A pauta é muito extensa, são 12 capitais. É preciso que a nova secretária executiva acompanhe todas as medidas relacionadas com o cumprimento do cronograma de realização, os contratos e a execução das obras. Tudo isso é desafio da nova secretária”.
Os novos secretários ainda não têm data para assumir os postos, pois estão se desligando das funções anteriores. O único que deixará o ministério é o ex-secretário nacional de Esporte, Wadson Ribeiro.
O ministro disse ainda que não teve a intenção de convidar nenhum atleta para ocupar cargos no ministério. “A relação com os esportistas é de consulta e interação permanente”. 

Japones lança monitor com tecnologia que somente cegos enxergam Monitor criado por Takanavista possui tecnologia no qual uma pessoa normal não consegue enxergar; é somente para cegos

Os japoneses colocaram no mercado um monitor, para TV e computador, com tecnologia que somente um cego consegue visualizar o que aparece na tela. Uma pessoa normal não enxerga nada no monitor. 

“É um projeto inovador a favor do deficiente visual que poderão enxergar o conteúdo do monitor para acessar a internet e assistir televisão”, disse o criador do monitor, Takanavista 

O monitor também irá servir para testar quem sofre da vista e pode está ficando cego. “Se do nada uma pessoa começar a enxergar o monitor é sinal que ta ficando cego, e deve procurar tratamento”, disse Takanavista. 

11/11/11 foi o ensaio para o fim do mundo e 12/12/12 será o fim, diz especialista Especialista confirma que 11/11/11 será ensaio para o fim do mundo que começa em 12/12/12 e termina em 21/12/12

De acordo com o especialista Renato Rabelo Rocom, o dia 11/11/11 está confirmado para que aconteça o primeiro ensaio do Fim do Mundo, que acontece dia 12/12/12. Embora informações apontem que o fim do mundo será dia 21/12, o especialista disse que a data está invertida, e que o fim mesmo começa dia 12 de dezembro. 

Ainda não se sabe o que pode acontecer em 11/11/11. Em Brasília, capital federal, a previsão é que aconteça altos índices de planejamento de desvio de dinheiro. 

O especialista, em fim do mundo, recomenda que durante o ensaio (no caso dia 11/novembro) as pessoas façam tudo em 11. Se for beijar, que seja onze vezes (e ter cuidado para não experimentar o número 12, porque seria o fim). “Em 11 do 11 de 11 faça tudo em 11 vezes, e se sair de casa com camisa de jogador de futebol, que tenha o numero 11”, recomendou o especialista. 

O especialista ainda explicou por que o mundo se acaba em 2012: 

"Existiu 01/01/01, 02/02/02, 03/03/03... 10/10/10, 11/11/11, e o último será 12/12/12, porque o 13/13/13 será impossível de acontecer, por tanto, o fim acontece em 12/12/12, é apenas uma questão de lógica", disse. 

México cria a Lei Seu Madruga para defender homens que apanham de mulheres Parlamento mexicano decidiu colocar o nome da Lei de Madruga para homenagear o personagem do seriado Chaves, vítima de agressão feminina

No Brasil existe a Lei Maria da Penha, que defende as mulheres vitimas de agressões praticadas pelos homens. No México, criaram a Lei Seu Madruga, com finalidade contrária: defender os homens que levam surra das mulheres.

Colocar o nome da Lei de Seu Madruga, foi uma decisão do parlamento mexicano, com intuito de homenagear o personagem Madruga do seriado Chaves, que apanha incansavelmente da Dona Florinda. 

A Lei foi criada porque no México, segundo informações, existem muitas “Donas Florindas” que batem nos maridos, namorados e até vizinhos. 

Parlamento mexicano decidiu colocar o nome da Lei de Madruga para homenagear o personagem do seriado Chaves, vítima de agressão feminina

Garota grávida de 2 meses tem dúvida se o pai é Justin Bieber ou Neymar Surge novo escândalo envolvendo o jogador Neymar e o cantor Justin Bieber; um dos dois é pai de um filho que uma brasileira de 24 anos aguarda

Mais um escândalo surge para afetar a bolsa de valores e chocar a sociedade brasileira. A paulista Carolina Correia Camelo Costa, 24 anos, que frequentemente faz compras em Miami, está grávida de dois meses, e tem dúvida se o pai é Neymar ou Justin Bieber. 

"Eu estava certa que o pai era Justin Bieber, mas com a renovação do contrato de Neymar com o Santos, e o salário de 3 milhões, fiquei em dúvida, acho que o filho é do Neymar", disse. 

Conversando com o repórter de G17, Carol disse que vai analisar o caso detalhadamente antes de apontar quem é o pai do seu filho: "Embora eu acredite que seja do Neymar, preciso antes pedir uma declaração de bens de Justin Bieber, para que eu possa saber o que ele tem, e só assim chegar a uma conclusão", disse.

Surge novo escândalo envolvendo o jogador Neymar e o cantor Justin Bieber; um dos dois é pai de um filho que uma brasileira de 24 anos aguarda

Menina cai no golpe de que o esperma clareia os dentes A adolescente registrou queixa contra o namorado depois que descobriu a farsa de que o esperma não clareia dentes

A estudante Rayanne Raquel Rabiosa, 19 anos, caiu no golpe de que o esperma clareia os dentes, e prestou queixa na Polícia Civil contra o namorado, responsável em enganar a jovem e aplicar o golpe. Rayanne contou ao delegado que acreditou no papo dito pelo namorado de que o sêmen fazia os dentes ficarem branquinhos, e passou a ingerir de duas a três vezes por dia, direto da fonte. 


No entanto, o tempo foi passando e Rayanne percebeu que os dentes não estavam ficando branquinhos como queria, e procurou um especialista. Foi então que a jovem foi informada da farsa e do perigo. “Engolir sêmen é perigoso porque você pode pegar doença sexualmente transmissível”, disse o especialista alertando Rayanne. 



Revoltada com o namorado, Rayanne Raquel além de ter prestado queixa na polícia, disse que vai entrar com uma ação na justiça. “Eu quero que esse golpista vá para a cadeia”, disse. 

A adolescente registrou queixa contra o namorado depois que descobriu a farsa de que o esperma não clareia dentes

Dia Nacional da Alfabetização é comemorado por centenas de políticos analfabetos Dia do Analfabetismo foi comemorado com festa particular para políticos em Brasília; Tiririca também participou do evento

Em Brasília (DF), vários políticos analfabetos se reuniram nesta segunda-feira (14) para comemorar o Dia Nacional da Alfabetização. “Estamos comemorando o avanço do Brasil na educação”, disse um parlamentar. 

O deputado Tiririca, também presente na comemoração, disse que é importante destacar o Dia Nacional da Alfabetização porque os estudantes ficam sem aulas, e conseguem emendar o feriado com o dia 15 novembro. 

Os deputados também destacaram a importância do vazamento do ENEM, que acontece anualmente. “Sem vazamento o ENEM não vira notícia”, disse um deputado que discursou durante o evento. 

Proposta para reduzir o analfabetismo: 

Um projeto de Lei de um senador, que tramita pelo Congresso, pode tornar ainda mais ágil o combate ao analfabetismo. De acordo com a proposta, a Lei alteraria o português deixando a escrita correta desde que produza o “som correto” de uma determinada palavra. 

Exemplo: 

Com a nova regra as palavras do tipo cei (sei), vossê (você), acim (assim), entre outras, serão consideradas corretas, pois produzem o mesmo som. 

“Aceitar que o errado se torne certo, é uma forma mais rápida e fácil para o Brasil corrigir o analfabetismo”, disse o Senador. 

Orkuteiros recusam usar o Facebook porque não tem o jogo do "beija ou passa" Alguns internautas preferem continuar no Orkut por causa do jogo "beija ou passa" muito famoso e usado nas comunidades da rede

Alguns usuários do Orkut não querem migrar para o Facebook porque não tem o jogo do "beija ou passa", bastante usado em quase todas as comunidades da rede social – quase falida - do Google. 


A estudante Mariana Moreira Muscosa disse que o seu maior entretenimento na internet é postar no jogo do "beija ou passa". "Fico o dia inteiro olhando quem me beija ou quem me passa, mas estou chateada porque o jogo esta acabando uma vez que as pessoas estão migrando para o facebook", disse. 

Cerca de 40 internautas enviaram e-mail para o Facebook, recomendando a criação de um espaço para jogos do tipo "beija ou passa" e semelhantes como: "pega ou não pega", "abraça ou corre" e etc. 

Dilma esclarece sobre o polemico lançamento da nota sem valor de zero real Cédula de R$ 0,00 começará a circular em janeiro de 2011; Projeto foi duramente criticado como sendo algo totalmente sem valor para o Brasil

O lançamento da cédula de R$ 0 real (zero real), previsto para janeiro de 2011, está causado polemica em todo o Brasil. O valor do dinheiro é zero, portanto não serve como crédito, e só pode ser usado para comprar produtos cujo valor seja de R$ 0,00. 

A Presidente Dilma esclareceu que, mesmo sem valor, a cédula zero servirá muito para os brasileiros, e citou alguns exemplos: “O zero real não terá valor comercial, mas terá valor psicológico, podendo ser útil para encher a carteira do brasileiro e fazer com que ele pense que tem dinheiro no bolso”, disse. 

Embora criticada por investir recursos públicos para criar um dinheiro sem valor, a presidente Dilma acredita que o real valor zero irá aquecer a economia, forçando as empresas a colocarem produtos à venda por R$ 0,00. “Com o zero real circulando no Brasil, as empresas receberão incentivo do governo para disponibilizar produtos de R$ 0,00”. 


Cédula de R$ 0,00 começará a circular em janeiro de 2011; Projeto foi duramente criticado como sendo algo totalmente sem valor para o Brasil

Menina morre ao ter orgasmo ininterrupto de 12 minutos com uma amiga Orgasmo fatal vitimou estudante de 21 anos em Belém (PA); amiga contou como tudo aconteceu e está assustada com a repercussão do caso

Um caso raro resultou na morte da estudante Bianca Bezerra Borges, 21 anos, de Belém (PA), que entrou em transe, ao ter um orgasmo prolongado por 12 minutos, e acabou indo a óbito. A jovem estava tendo uma “relação oral” com uma amiga de faculdade. O hospital que recebeu Bianca confirmou que o orgasmo ininterrupto de 12 minutos foi a causa da morte. 


“Ela segurou forte o colchão com as unhas enfincadas, abriu a boca em forma de “Ó”, e as pupilas dos olhos ficaram girando, dando voltas, como se estivessem soltas dentro dos olhos dela”, contou a amiga que estava presente durante a tragédia. 

A amiga contou também que, começou a desconfiar quando, aos 10 minutos, Bianca continuava na mesma posição, olhos revirando, e com a boca aberta gritando alto. “Aos doze minutos ela apagou, e eu corri atrás de uma ambulância”, disse a amiga. 

A pedido da família, a polícia vai investigar o caso. O delegado disse, em conversa com a reportagem de G17, que a amiga da vítima poderá responder por homicídio sem intenção de matar, se ficar comprovado, através de laudos, que ela foi a responsável em fazer a amiga sentir orgasmo por 12 minutos sem parar.

Orgasmo fatal vitimou estudante de 21 anos em Belém (PA); amiga contou como tudo aconteceu e está assustada com a repercussão do caso

Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente discute políticas públicas

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCAI), em parceria com a Prefeitura de Ilhabela, realizou nesta sua 3ª Conferência. A presidente do Fundo de Solidariedade, Lúcia Heidorn Reale Colucci representou o prefeito Toninho Colucci (PPS) na abertura do encontro na Câmara Municipal, na Vila. O tema este ano foi “Mobilizando, Implementando e Monitorando a Política e o Plano Decenal de Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes”.
A reunião contou com a presença expressiva de estudantes, que lotaram o plenário da Casa de Leis. Em seu discurso, Lúcia Colucci falou sobre a grande responsabilidade dos adolescentes que participam ativamente das discussões. “É bom ver o envolvimento dos jovens, porque se tivermos uma juventude que não conhece seus direitos e deveres, no futuro teremos uma sociedade que não respeita os direitos e deveres. Nós só podemos cobrar direitos quando praticamos os nossos deveres”, destacou a presidente do Fundo de Solidariedade. Segundo o regimento interno, a conferência tem por finalidade assegurar o cumprimento do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA); envolver e integrar a população, entidades, poder público e ministério público em ações conjuntas que tenham como objetivo o cumprimento do ECA; avaliar ações desenvolvidas e eleger delegados para a IX Conferência Regional dos Direitos da Criança e Adolescente.
O secretário da Assistência Social, Jovelino Brito, destacou o empenho do prefeito Toninho Colucci (PPS) em investir na criança e no adolescente e em oferecer o melhor para os jovens. O vereador Luiz Mário de Almeida, o Marinho, aproveitou a oportunidade para deixar uma mensagem diretamente aos adolescentes: “Vocês vão nortear nosso município em alguns anos e é importante que já estejam envolvidos agora, porque serão o nosso amanhã e precisam ser os atores principais nessas iniciativas”, ressaltou. Já o presidente da Câmara, Carlos Alberto de Oliveira Pinto, o Carlinhos, parabenizou o CMDCAI pelas ações. “Esse é um conselho que funciona de verdade, gostaria de parabenizar os conselheiros e a prefeitura que tem apoiado as ações. Quando tem coisa boa nós temos que reconhecer”, declarou.
A presidente do CMDCAI, Lilian de Oliveira, incentivou a participação dos alunos na condição de multiplicadores das informações. “Daqui surgirão várias ideias. Gostaria que vocês dessem sugestões, novas ideias, apontem falhas e, principalmente, passem pra frente as novas informações que receberem aqui”, completou.
Da reunião sairão oito delegados titulares e suplentes com idade igual ou superior a dezoito anos, observando o princípio de paridade entre o poder público e a sociedade civil organizada e quatro delegados adolescentes, suplentes para participar da IX Conferência Regional.
A secretária de Educação, Lídia Sarmento, se orgulhou da participação dos estudantes. “Temos quatro representantes de cada escola que foram escolhidos por serem envolvidos com os projetos, terem facilidade de dialogar e porque são críticos. Estamos aqui para assegurar o cumprimento do ECA no que diz respeito aos direitos, deveres e proteção da criança e do adolescente e vocês precisam participar disso”, concluiu.

Sob chuva, região registra cerca de 100 quilômetros de lentidão na saída do feriado

Os turistas do Litoral Norte voltaram a sofrer com os congestionamentos rodoviários durante o feriado de Proclamação da República. Somados todos os pontos de excesso de veículos nas quatro cidades da região, a extensão da lentidão chegou a quase 100 quilômetros no final da tarde de ontem.
Somente na ligação entre Ubatuba e Caraguá, a fila de veículos superou a marca dos 30 quilômetros. “Estava em uma casa ali no bairro do Lázaro (Ubatuba) e sinceramente achei que o trânsito não estivesse tão ruim assim. Quando foi umas 16 horas arrumamos as coisas e pretendíamos subir a serra pela Tamoios. No entanto, na hora que saí do condomínio me deparei com o trânsito literalmente parado sentido Caraguatatuba”, relatou o comerciante de São José dos Campos, Ricardo da Silva, contando mais sobre sua tentativa de voltar pra casa.
“Quando vi tudo parado há 30 quilômetros da Tamoios, peguei a Rio-Santos no sentido de Ubatuba para subir pela Oswaldo Cruz. Triste ideia. Eu vim bem só até a Praia Grande e tudo parou de novo. Cheguei a cortar por dentro do centro de Ubatuba mas quando fui acessar a Oswaldo Cruz, estava tudo parado também desde o trevo da cidade. Desisti e agora só vou depois do jantar (ontem)”, revelou o comerciante.
Neste entroncamento ubatubense, a previsão da Polícia foi de cerca de 10 quilômetros de lentidão durante a tarde de ontem. No entanto, o tráfego carregado permaneceu até o trecho de planalto da Oswaldo Cruz, formando um corredor com quase 25 quilômetros de lentidão no horário de pico da saída de Ubatuba.
Ainda de acordo com a Polícia Rodoviária Estadual, os cerca de 20 quilômetros de subida da serra da Tamoios também apresentaram tráfego carregado neste feriado da República. O congestionamento se estendeu até a região central de Caraguá, na entrada e saída do município na Rio-Santos.
Na Ilhabela, moradores informaram que a fila de espera da balsa para realizar a travessia chegou a aproximadamente 5km, passando do bairro Perequê. O mau tempo também favoreceu o atraso da travessia dos usuários e ampliou a demora para a saída do arquipélago.
A reportagem somou os volumes de congestionamentos estimados por policiais e moradores e chegou a um montante total de quase 100 quilômetros de vias congestionadas. Foram mais de 50 quilômetros no corredor Rio-Santos/Serra da Tamoios, 25 quilômetros no corredor Rio-Santos/Serra da Oswaldo Cruz, 5 quilômetros na SP-55, em Bertioga, e 5 quilômetros na fila da balsa, em Ilhabela. Além destes 85 quilômetros de lentidão nas rodovias, trechos urbanos das quatro cidades também apresentaram tráfego complicado na volta para casa do feriado prolongado, aumentando o volume de congestionamentos enfrentados por turistas e moradores do Litoral Norte.

Petrobrás anuncia descoberta de poço de petróleo em Ilhabela

Estatal divulgou, em nota oficial, a descoberta de mais petróleo na camada do pré-sal, na bacia de Santos, na costa do Litoral Norte

Beatriz Rego


A Petrobrás anunciou a descoberta de um poço de petróleo, durante perfuração de mais na área de Carioca, localizada no Bloco BM-S-9, localizado a 35 km ao sul do poço descobridor e a 293 km do Litoral Norte do estado de São Paulo, em território de projeção de Ilhabela.

A estatal confirmou a potencialidade da nova área descoberta e informou que o novo poço, informalmente conhecido como Abaré. A produtividade do poço foi comprovada com amostragem de petróleo de boa qualidade, de cerca de 28° API, por teste a cabo, em reservatórios carbonáticos a uma profundidade de cerca de 4.830m. Um teste de formação está previsto para avaliar a produtividade desses reservatórios.
Além disso, está em andamento também o teste de longa duração no poço Carioca Nordeste, que está conectado ao FPSO Dynamic Producer. Os resultados apontam potencial de produção do poço de aproximadamente 28 mil barris por dia, acima das expectativas iniciais. Atualmente o poço produz a uma vazão de 23.400 barris por dia, em função de restrições, em atendimento à determinação da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).
Além do poço pioneiro descobridor, já foram perfurados mais quatro poços e foram realizados dois testes de formação na área do Plano de Avaliação da Descoberta de Carioca. Essas atividades cumpriram os compromissos assumidos junto à ANP.
Em função dos resultados encontrados na área de Carioca, o Consórcio solicitou à ANP a postergação do encerramento do Plano de Avaliação da Descoberta e da Declaração de Comercialidade, previstos originalmente para novembro de 2011. O novo prazo será utilizado para a realização de atividades não previstas no programa original: perfuração de até três poços exploratórios e um teste de longa duração. A ANP aprovou a revisão das Atividades e do Cronograma do Plano de Avaliação da Descoberta PA-1-SPS-50 (Carioca), com a inclusão de operações adicionais, e o prazo para a Declaração de Comercialidade foi adiado para 31 de dezembro de 2013.

Benefícios para a região

O prefeito de Ilhabela Toninho Colucci, e presidente da Associação dos Municípios Produtores de Gás Natural, Petróleo, Possuidores de Gasodutos, Oleodutos, Áreas de Tancagem e Estação de Bombeamento no Estado de São Paulo (Amprogas) declarou que a descoberta do poço no território de projeção do arquipélago é muito importante para a cidade.

“Essa descoberta promoverá maiores investimentos em Ilhabela, pois nós receberemos uma compensação financeira pela produção dos barris de petróleo. Poderemos investir mais na qualidade de vida da população”.
Colucci contou que já estava a par dos estudos da Petrobras na região sobre o possível poço de petróleo. “Não tínhamos a certeza, mas a expectativa era grande para que os estudos realizados confirmassem que tínhamos esse petróleo em nosso território. Nossa região é muito fértil, acredito que possa haver mais descobertas de poços”.
Colucci acredita que o Estado de São Paulo precisa estar mais atento ao marco regulatório do petróleo. “Eu já conversei e alertei o nosso governador Geraldo Alckmin, de que ele precisa se inteirar acerca da produção do combustível no Estado. Sabemos que comparados ao Rio de Janeiro ou ao Espírito Santo, ainda somos tidos como pequenos produtores, porém a situação está mudando. Queremos ter mais dividendos nesta grande indústria do petróleo.
Alckmin precisa se envolver na defesa do marco regulatório, pois São Paulo precisa crescer muito”, finalizou o prefeito e presidente da Amprogas.

Participe da 14ª Kizomba‏

Dia da Consciência Negra é comemorado com festa e exposição em Caraguá


Dia 20 de novembro é comemorado o Dia Nacional da Consciência Negra e em Caraguá a programação está repleta de atrações. No final de semana (19 e 20), a Praça do Caiçara recebe a 14ª Kizomba e, o Polo Cultural Professora Adaly Coelho Passos, a exposição “Berço da Humanidade – África em Nós, um recorte da herança cultural africana em cada um”.

A 14ª Kizomba (termo africano para ‘Festa dos Negros’) terá culinária, música e apresentações artísticas tradicionais da cultura negra. Para Teresinha de Oliveira Marciano Costa, vice-presidente da ONG Zambô do Movimento Negro de Caraguatatuba, o evento tem a finalidade de discutir a africanidade e apresentar à população a cultura negra.

“O Kizomba tem caráter de reflexão e debate sobre consciência negra. É uma maneira de apresentar as heranças, tradições e contribuições dos escravos, além de manter viva na memória das pessoas as lutas do povo negro e a figura de Zumbi dos Palmares”, explica.

As atividades terão início no sábado (19), às 13h30, na Praça do Caiçara, com apresentações das oficinas culturais de folclore. Logo em seguida, acontece a concentração da Caminhada Zumbi dos Palmares, às 15h30, na Praça da Bíblia. O trajeto segue pelas ruas do centro e tem chegada na Praça do Caiçara, prevista para as 17h, onde haverá um ato ecumênico realizado por líderes das religiões católica, umbanda e candomblé.

Logo em seguida, às 18h, acontece a abertura da exposição “Berço da Humanidade – África em Nós, um recorte da herança cultural africana em cada um”, que reúne esculturas, fotografias, documentário e artesanato na Sala de Exposições Antonio Carelli, no Polo Cultural Professora Adaly Coelho Passos.

O público poderá apreciar as esculturas em madeira do artista plástico Valdiglei Bernardo de Jesus, da cidade de Maraú (BA) e as fotografias de afrodescendentes de Caraguá tirados pelos fotógrafos JC Curtis e Adriana Coutinho.

Também será exibido o documentário ‘Quilombos do Litoral Norte, Caçandoca e Calandoquinha’, do jornalista paulistano José Ortega e haverá exposição audiovisual e amostras de artesanato das mulheres quilombolas. A exposição segue até 17 de dezembro e pode ser visitada das 10h às 18h.

Dando continuidade às festividades do 14º Kizomba, às 19h30 será celebrada na Praça do Caiçara a Missa Inculturada Afro, que apresenta elementos típicos da cultura negra, como vestes, dança, gestos, gingado, alimentos, cantos, instrumentos.

Após a cerimônia, o artista Chocolate do Cavaco comanda a festa junto com seu grupo Aconchego. Pagode, samba e músicas de raízes negras prometem agitar o público.

Para finalizar o evento, o Kizomba segue no domingo (20) com apresentações das oficinas culturais de folclore, às 13h30 e culinária, música, dança, festejos e tradições até as 22h na Praça do Caiçara.

No dia 20 de novembro comemora-se o Dia Nacional da Consciência Negra em homenagem à morte de Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares. O Dia da Consciência Negra é marcado pela luta contra o preconceito racial e discute a conscientização da importância da cultura negra na formação do povo brasileiro.

 A exposição Berço da Humanidade – África em Nós e a 14ª Kizomba são realizações do Governo Municipal, por meio da Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba (Fundacc), com apoio da ONG Zambô Movimento Negro de Caraguatatuba.

 

Dia 19 (sábado)
13h30 – Apresentações das oficinas culturais de folclore
15h30 – Concentração para Caminhada Consciência Negra
17h – Ato ecumênico
18h - Abertura da Exposição ‘Berço da Humanidade’
19h30 – Missa Inculturada Afro
20h30 – Show musical com o Grupo Aconchego e Chocolate do Cavaco
 
Dia 20 (domingo)
13h30 – Apresentações das oficinas culturais de folclore
13h30 às 22h – Culinária, shows musicais, danças, festejos e tradições negras
 
Serviço:
Exposição Berço da Humanidade – África em Nós
De 19 de novembro a 17 de dezembro, das 10h às 18h
Sala de exposições Antonio Carelli – Polo Cultural
Entrada franca 
 
14ª Quizomba
Dias 19 e 20 (sábado e domingo), às 13h30
Praça do Caiçara
Entrada franca
 
Programação Cultural de Novembro
 
Coração Denunciador (teatro)
18 - sex  – 20 h
Auditório  Maristela de Oliveira - Fundacc
Entrada franca
 
Banda Áquarius
18 – sex- 20h30
Praça Candido Mota - Coreto
Entrada franca
 
Água Viva Coral – Festa das Nações (música)
18 –sex - 21h
Teatro Mario Covas
Entrada: 1 brinquedo novo para campanha de natal do Teatro Mario Covas
 
Festa da Associação dos Músicos
19 – sáb – 20h30
Praça Candido Mota - Coreto
Entrada franca
 
The Mamas & The Papas (música)
19 - sáb – 21h
Teatro Mario Covas
Ingressos: R$100 (inteira) e R$50 (meia-entrada)
 
Espetáculo As Noivas de Nelson (teatro)
20 - dom – 19h
Teatro Mario Covas
Entrada franca
 
Apresentações de Solistas
22 – ter -19h
Teatro Mario Covas
Entrada franca
 
Apresentações de Grupos Instrumentais
23 – qua – 19h
Teatro Mario Covas
Entrada franca
 
Música no Museu - Camerata
24 – qui - 18h
Macc – Museu de Arte e Cultura de Caraguatatuba
Entrada franca
 
Choro Elétrico
25 – sex – 20h30
Praça Candido Mota - Coreto
Entrada franca
 
Encerramento das Oficinas de Violão
25 – sex - 14h
Auditório Fundacc
Entrada franca
 
Apresentação da Banda Municipal
26 – sáb – 20h30
Praça Candido Mota – Coreto
Entrada franca
 
Encerramento das oficinas de música
27 – dom – 14h30
Teatro Mario Covas
Entrada franca