sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Após inúmeras irregularidades nos Shows de Verão da temporada 2013, Prefeitura Municipal de Caraguatatuba resolveu assumir


Após inúmeras irregularidades nos Shows de Verão da temporada 2013 de Caraguatatuba, a Prefeitura Municipal de Caraguatatuba resolveu assumir o evento e fazer o que já pra ter sido feito nos últimos anos. O consultor de negócios e políticas Guilherme Araújo e sócio diretor Blog do Guilherme Araújo vem fazendo denuncias e pedindo providencias e pelo jeito fomos ouvidos e quem saiu ganhando somos nos moradores, empresários de diversos ramos, hotéis, pousadas, restaurantes e outros.
Aproveitando a oportunidade eu quero agradecer eu quero agradecer ao Prefeito Sr. Antonio Carlos da Silva e o Secretario Municipal de Turismo Sr. Cristian Bota por entender que os eventos de Caraguá na temporada devem ser todos gratuitos e que os munícipes estão satisfeito com mas esta iniciativa e dos senhores.

Programação de shows na Praça de Eventos

A partir deste final de semana, a Praça de Eventos da Avenida da Praia recebe Shows de Verão com entrada solidária de um quilo de alimento não perecível ou um enlatado.

Entre as apresentações estão nomes como Charlie Brown Jr., Fundo de Quintal, Fernando e Fabiano, Fabrício e Gabriel, Chitãozinho e Xororó, Daniel e Tales & Wellington. 

Os shows começam a partir das 23h.

Janeiro
18 (sexta) – Charlie Brown Jr.
19 (sábado) – Fundo de Quintal
20 (domingo) – Fernando e Fabiano/Balada Nativa
24 (quinta) – Fabrício e Gabriel
25 (sexta) – Chitãozinho e Xororó
26 (sábado) – Daniel
27 (domingo) – Tales e Wellington/Balada Nativa

Horário: A partir das 23h

Caraguá promove shows musicais com entrada solidária

A partir deste final de semana, a Praça de Eventos da Avenida da Praia recebe shows de Verão com entrada solidária de um quilo de alimento não perecível ou um enlatado. Entre as apresentações estão nomes como Charlie Brown Jr., Fundo de Quintal, Fernando e Fabiano, Fabrício e Gabriel, Chitãozinho e Xororó, Daniel e Tales & Wellington. Os shows começam a partir das 23h.
Na sexta-feira (18/1/2013), sobe ao palco a banda Charlie Brown Jr. que mostra ao público canções selecionadas no repertório de 10 discos lançados em cerca de 15 anos. O último CD/DVD “Música Popular Caiçara”, lançado em 2012, marca a fase em que o grupo liderado pelo vocalista Chorão volta a ter cinco integrantes, com o retorno dos músicos Champignon (baixista) e Marcão (guitarrista) ao lado de Thiago Castanho (guitarrista) e Bruno Graveto (baterista).
Já no sábado (19), será a vez do grupo Fundo de Quintal, formado no final da década de 1970 a partir do bloco carnavalesco Cacique de Ramos, no Rio de Janeiro. Haverá clássicos como “O show tem que continuar”, “Parabéns pra você” e “Lucidez”. O grupo atualmente conta com os integrantes Bira Presidente, Ubirany, Sereno, Ademir Batera, Ronaldinho e Délcio Luiz.
A dupla de São José dos Campos, Fernando & Fabiano, promete fechar o final de semana com chave de ouro no domingo (20). Os artistas vão cantar os sucessos que agitam os bailes sertanejos da região como “Ponto Final” e “Toque do Celular”.
Os alimentos arrecadados durante os shows serão repassados para as Associações de Combate ao Câncer de Caraguá (ACCC) e de Apoio ao Desenvolvimento Humano (Acalento).
Mais shows – Na outra semana apresentam-se na Praça de Eventos os músicos Fabrício e Gabriel (24), Chitãozinho e Xororó (25), Daniel (26) e Tales & Wellignton (27).
Os shows são promovidos pelo Governo Municipal, por meio da secretaria de Turismo.
 Programação de shows na Praça de Eventos
Janeiro
18 (sexta) – Charlie Brown Jr.
19 (sábado) – Fundo de Quintal
20 (domingo) – Fernando e Fabiano/Balada Nativa
24 (quinta) – Fabrício e Gabriel
25 (sexta) – Chitãozinho e Xororó
26 (sábado) – Daniel
27 (domingo) – Tales e Wellington/Balada Nativa
Horário: A partir das 23h

casas populares em Caraguatatuba


O governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o secretário de Estado da Habitação, Sílvio Torres, assinaram na quarta-feira (16), no Palácio dos Bandeirantes, a autorização para construção de 500 moradias para Caraguá. O investimento chega a R$ 45 milhões. O prefeito de Caraguá, Antonio Carlos, participou da solenidade.

As obras dessas unidades habitacionais serão no bairro Jetuba, região norte do município. No total, o Estado liberou para Caraguá entre dezembro de 2012 e janeiro deste ano 1.220  casas – 720 para o Residencial Nova Caraguá, no bairro Travessão, e 500 para o Residencial Jetuba.

Comissão fomentará o desenvolvimento tecnológico para tornar o Brasil um grande produtor de pescado


Os ministros Marcelo Crivella, da Pesca e Aquicultura, e Marco Antonio Rauppda Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), assinaram, na manhã desta quarta-feira (16), em Brasília, uma Portaria Interministerial que instituiu Comissão Técnica, com a participação das duas pastas, para promover ações de desenvolvimento tecnológico nas áreas de pesca e aquicultura.
Embora os dois ministérios já sejam parceiros – sobretudo por meio de ações que envolvem as agências de fomento do MCTI, como o CNPq e a FINEP, e os Fundos Setoriais de Ciência e Tecnologia – a referida Comissão deverá ter papel estratégico para o setor pesqueiro e aquícola nacional. A pauta de pesquisa é extensa, e envolve melhoramento genético, cultivo e manejo, equipamentos, ração, avaliação dos estoques pesqueiros, bioeconomia, beneficiamento de pescado, conservação, transporte e comercialização.
“Apesar de contar com um litoral extenso e ser o País que possui mais água doce no mundo, ainda temos uma produção pesqueira muito abaixo de nossas potencialidades”, lembrou o ministro Raupp. O conhecimento científico, para ele, pode favorecer a “melhoria das condições de produção” e “colocar mais peixe na mesa do brasileiro”. O ministro de Ciência, Tecnologia e Inovação ressaltou  que a parceria firmada também envolve a aplicação de recursos do MCTI além das dotações do MPA, para projetos de pesquisa na área.
O ministro Crivella acredita que os novos conhecimentos devem fortalecer a cadeia produtiva do pescado. “Em 20 anos, a Embrapa desenvolveu tecnologias tropicais que tornaram o País um dos maiores produtores do mundo de carne e grãos”, lembrou, acreditando que um desenvolvimento semelhante, com o apoio do MCTI, deve acontecer com o setor de pescado. Com tecnologias melhores e mais bem adaptadas às condições e espécies brasileiras, o País poderá atender a demanda doméstica e se tornar uma plataforma de exportação de pescado, a proteína animal mais consumida no mundo.

Convênio prevê a construção de 1.904 casas populares no Vale

Convênio prevê construção de duas mil casas no Vale e litoral norte

Estado libera mais 500 unidades habitacionais para Caraguá


O governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o secretário de Estado da Habitação, Sílvio Torres, assinaram na quarta-feira (16), no Palácio dos Bandeirantes, a autorização para construção de 500 moradias para Caraguá. O investimento chega a R$ 45 milhões. O prefeito de Caraguá, Antonio Carlos, participou da solenidade.

As obras dessas unidades habitacionais serão no bairro Jetuba, região norte do município. No total, o Estado liberou para Caraguá entre dezembro de 2012 e janeiro deste ano 1.220  casas – 720 para o Residencial Nova Caraguá, no bairro Travessão, e 500 para o Residencial Jetuba.

Câmara de Caraguatatuba aprova Proposta da Lei do Piso da SME, DERROTA para os professores!!‏


Vereadores de Caraguatatuba apronta mas uma com os Professores.
Hoje, dia 17/01, período de férias dos professores, a Câmara de Caraguá aprovou, por maioria de votos, a proposta da Secretaria Municipal de Educação (SME) de implementação da manobra da Lei do Piso. Por esta proposta os professores vão trabalhar (para uma jornada de 30 horas): 20 hs relógio ( 24 aulas), 6 HTPL, 2 HTPC, e 2 aulas de ” formação” EAD. Há, portanto, uma intensificação da jornada (manobra da minutagem). É uma proposta pior que aquela do Governo do Estado, que, aliás, é do mesmo partido que governa esta cidade (PSDB).
Durante o final de 2012 e início de 2013, nós, professores, apresentamos Emendas ao Projeto de Lei baseadas na PROPOSTA que elaboramos durante o ano todo em Assembléias e Reuniões com a categoria. Para nossa surpresa vereadores do DEM e do PSD acataram e apresentaram algumas de nossas Emendas e o único verador do PT eleito este ano praticamente liderou o ataque contra os professores, votando e defendendo em falas no plenário a proposta tucana, provando mais uma vez o caráter desse que um dia quiz se tornar o “partido dos trabalhadores”.
Agora é partir pra denúncia e PROSSEGUIR NA LUTA!!
Acompanhe nossa luta também pelo BLOG:  http://professoresemluta.wordpress.com/

Vitor garante '25 minutos de intensidade' no sábado Brasileiro prometeu treinar no vestiário após a luta


Vitor Belfort e Michael Bisping se enfrentam na noite deste sábado, pelo UFC São Paulo, no ginásio do Ibirapuera. Mesmo sem valer cinturão, o combate será de cinco rounds, pois se trata da luta principal do evento. Na coletiva de imprensa desta quinta-feira, o brasileiro revelou que fez um trato com os seus companheiros de equipe, e que, independentemente da duração do combate, lutará os 25 minutos.
"Meu condicionamento físico está excelente, mas o mental está melhor ainda. Não é arrogância minha, é confiança. Não interessa o quanto vai durar esta luta, mas eu vou terminar todo o meu treinamento dentro do vestiário. Combinei com meus companheiros que se a luta terminar antes do quinto round, vou treinar o resto do tempo. Estou preparado para 25 minutos de intensidade".
A todo momento dando ênfase à confiança, o brasileiro evitou falar do futuro, e se limitou a responder apenas sobre o adversário  frustrando os jornalistas que insistiam em perguntar sobre uma possível luta contra Anderson Silva.
"Não vou falar do Anderson Estou focado no sábado. Vivo dia após dia. Estou feliz por estar aqui. Quero vencer o Michael Bisping. A próxima luta é sempre a mais importante. Não há glória sem sacrifício. Amanhã vou bater bater o peso, sábado vencer a luta, depois tirar férias com a minha família e depois pensar no próximo passo. Já espremi as uvas, sábado vou beber o vinho"
Durante a coletiva, Michael Bisping revelou que foi abordado por fãs brasileiros que afirmaram que estão torcendo por ele. Vitor Belfort disse achar normal e garantiu que o mais importante acontece dentro do octógono.
"É um esporte. As pessoas têm liberdade de escolher para quem vão torcer. Mas lá dentro será só ele e eu. Sábado vou entregar o trabalho pronto para vocês. Vou me divertir fazendo o que eu amo".
Vencedor do duelo contra Wanderlei Silva na primeira vez em que o UFC veio em São Paulo, em 1998, o carioca comentou a evolução do esporte desde aquela época.
"Estou muito feliz pelo espaço que o MMA ganhou no Brasil hoje. Agora somos o segundo esporte mais popular do país. Às vezes fico triste, pois ainda exitem pessoas que falam mal apenas para causar. Mas já conquistamos muitas coisa e eu me sinto orgulhoso por isso. Claro, algumas regras ainda precisam ser mudadas e ainda existem lutadores sendo prejudicados por juízes de mesa".
No final da coletiva, Belfort fez questão de relembrar o seu mentor, Carlson Gracie, falecido em 2006.
"Treino o Jiu-Jitsu da nova geração, com o Durinho, e o da velha escolha, com o Zé Mário. E o antigo me lembra a época do Carlson Gracie. E tê-lo entranhado dentro de mim não tem preço. O Jiu-Jitsu faz parte da minha vida. Foi onde eu comecei".
Belfort está confiante (© Foto: Bruno Ramôa)
Confira abaixo o card completo do evento (sujeito a alterações):
UFC São Paulo
19 de janeiro de 2013, em São Paulo (SP)
CARD PRINCIPAL
Vitor Belfort x Michael Bisping
Daniel Sarafian x CB Dollaway
Gabriel Napão x Ben Rothwell
Thiago Tavares x Khabib Nurmagomedov
CARD PRELIMINAR
Godofredo Pepey x Miltinho Vieira
Ronny Markes x Andrew Craig
Diego Nunes x Nik Lentz
Edson Barboza x Lucas "Mineiro" Martins
Iuri Marajó x Pedro Nobre
Ildemar Marajó x Wagner Caldeirão
C.J. Keith x Francisco Massaranduba 

Cargo de vice-prefeito de Nazaré Paulista é declarado vago Itamar Damião (PSC) está preso desde há dois meses em Pinheiros (SP). Por nove votos a um, vereadores negaram prorrogação de prazo para posse.


Itamar (Foto: Reprodução/TV Globo)
Por nove votos a um foi declarado vago o cargo de vice-prefeito  de Nazaré Paulista na noite desta quinta-feira (17) em sessão extraordinária na Câmara da cidade. Itamar Damião (PSC), eleito para o cargo, está preso em Pinheiros e queria ser empossado na cadeia - o pedido foi negado pelos vereadores.
Apenas um vereador votou a favor da posse de Damião, Robson Barbosa Machado (PSS). O legislativo conta com 11 parlamentares e o presidente da Casa, vereador Clóvis Aparecido (PT), que não vota.
A sessão extraordinária começou às 19h e terminou em 20 minutos.
Os vereadores votaram nesta quinta o pedido de suspensão de prazo para posse do vice-prefeito eleito - o prazo venceu no dia 11 de janeiro. A partir da suspensão, Itamar poderia tomar posse independentemente do prazo fixado pela Lei Orgânica do Município.

Com o cargo declarado vago, a cidade fica sem vice-prefeito na legislatura de 2013 a 2016. Apenas uma decisão judicial pode se sobrepor à decisão da Câmara.

O caso está na Justiça Federal e corre em segredo. Não há previsão para que seja expedida uma decisão.

Damião foi preso há dois meses durante uma operação da Polícia Federal acusado de chefiar um suposto esquema de espionagem. Ele está detido no Centro de Detenção Provisória de Pinheiros.
Sessão suspensa
Antes da decisão desta quinta-feira, a Câmara de Nazaré Paulista deu início à sessão extraordinária para definir a pauta na última sexta-feira (11). A sessão foi interrompida por falta de quórum.

De acordo com o presidente do legislativo, Clóvis Aparecido, dois vereadores faltaram na sessão e outros quatro teriam se ausentado durante a votação da pauta.
A continuidade da sessão foi marcada para esta quarta-feira (16) e posteriormente adiada para esta quinta-feira (17) às 19h.
O presidente da Câmara não foi localizado para comentar a decisão dos vereadores.
Vereadores de Nazaré Paulista (SP) durante a sessão extraordinária que decidiu sobre a posse do vice-prefeito, Itamar Damião Ferreira. (Foto: Karen Schmidt/TV Vanguarda)

Defesa
De acordo com o advogado de defesa do vice-prefeito, Antônio Celso Galdino Fraga, Damião ainda não foi oficialmente notificado da decisão dos vereadores.

A partir desta notificação, o defensor vai verificar os procedimentos legais cabíveis. Segundo ele,  recursos que visam a aplicação da lei que garantiria a posse do vice-prefeito.
Além disso, nesta quinta-feira, Fraga entrou com um pedido de revogação da prisão preventiva do cliente, pedindo substituição por medida cautelar - caso a Justiça avalie a necessidade. Ele pediu ainda, caso Damião seja mantido preso, uma prisão especial compatível com a condição de vice-prefeito eleito.
Investigação
Itamar Damião é acusado pela Polícia Federal (PF) de chefiar um esquema de espionagem. Membros da quadrilha supostamente comandada por ele se apresentavam como detetives particulares e negociavam informações sigilosas de autoridades. Entre as milhares de vítimas, figura o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (PSD). O grupo atuaria em São Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco, Pará, Goiás e no Distrito Federal.

De acordo com a investigação da PF, que durou quase dois anos e revelou o esquema, a quadrillha mantinha uma rede que envolvia policiais civis, militares e federais, além de funcionários públicos, empregados de empresas de telefonia e o gerente de um banco para obter informações sigilosas de forma ilegal. Depois, as informações eram vendidas.
O inquérito aponta que Damião vendia extratos bancários por R$ 30.O preço de uma escuta telefônica clandestina podia chegar a R$ 7 mil. 
A investigação mostrou ainda que, em uma das ações, Itamar pediu ao comparsa Hélio Cardoso da Silva que quebrasse o sigilo telefônico do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab.
Em um e-mail para Itamar, Hélio fala da dificuldade de conseguir os dados com o funcionário de uma operadora de telefonia. Mas o sigilo foi, de fato, quebrado."É muito perigoso por se tratar de quem é, pois são monitorados. Ele tirou, mas cobrou caro, e informou que não vai fazer mais."
A quadrilha também obteve os extratos do Imposto de Renda do senador Eduardo Braga, líder do governo no Senado, e do ex-ministro da Previdência, Carlos Eduardo Gabas. Os desembargadores Luis Fernando Salles Rossi, do Tribunal de Justiça de São Paulo, e Julio Roberto Siqueira Cardoso, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, também foram alvos.
Os criminosos venderam ainda extratos bancários e quebraram o sigilo do celular de uma emissora afiliada de uma rede de TV. A estimativa é de que tenham sido quebrados os sigilos bancário, fiscal, telefônico e de dados de mais de dez mil vítimas.

Jovem de 21 anos morre em quarto de motel em São José dos Campos Suspeita é que vítima tenha misturado remédio com álcool e drogas. Incidente ocorreu na zona sul da cidade por volta da 1h desta quarta.


Um jovem de 21 anos morreu na madrugada desta quarta-feira (16) após sofrer uma parada cardíaca em um motel no bairro Palmeiras de São José, na zona sul de São José dos Campos. O incidente ocorreu por volta da 1h da madrugada.
A suspeita da polícia é que o jovem teria misturado comprimido de estimulante sexual com bebida alcoólica e drogas. De acordo com a polícia, a vítima estava bebendo e usando drogas com uma garota e com outro casal na avenida Anchieta, no Jardim Esplanada, na zona oeste. As garotas tinham 19 e 17 anos.
Motel onde o jovem de 21 anos morreu na madrugada desta quarta-feira (16) (Foto: Reprodução)

Em seguida, de acordo com o delegado José Henrique de Paula Ramos, o grupo decidiu ir para o motel. “Um casal entrou no porta-malas do carro. Chegando lá, eles continuaram fazendo uso de bebidas e álcool até o momento que ele passou mal”, disse.
Resgate
Após o homem cair no chão do quarto, as garotas tentaram uma massagem e chamaram o Corpo de Bombeiros. Ele chegou a ser levado ao Pronto Socorro da Vila Industrial, na zona leste, mas sofreu uma parada cardíaca. Segundo o delegado, que ouviu a irmã do jovem na manhã desta quarta, a família disse que ele teria uma saúde frágil e era usuário de drogas.

Todos os envolvidos serão ouvidos ainda nesta quarta. “Quero apurar se houve tráfico de drogas. Se sim, o suspeito pode responder por tráfico e se a morte foi em decorrência da droga poderá responder ainda por homicídio culposo”, afirmou o delegado.
Motel
Procurados, os representantes do motel onde o incidente foi registrado não quiseram comentar o assunto. Disseram apenas que não sabiam que havia quatro pessoas dentro do quarto.

Delegacia Virtual do Estado de São Paulo

Delegacia Virtual do Estado do Rio de Janeiro