A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Justiça bloqueia aplicativo que daria nota ao desempenho das mulheres

Justiça bloqueia aplicativo que daria nota ao desempenho das mulheres

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais decidiu nesta quinta-feira proibir provisoriamente o acesso e a instalação do 'Tubby', um aplicativo em que homens poderiam dar notas e fazer comentários para as mulheres.
O aplicativo, que seria lançado amanhã, surgiu como 'resposta' ao sucesso alcançado nas últimas semanas no Brasil pelo 'Lulu', a plataforma que permite as mulheres qualificarem os homens, inclusive por seu desempenho na cama, de acesso restrito ao público feminino.
O 'Lulu' é vinculado ao perfil do Facebook e está disponível para aparelhos iOS e Android.
O juiz Rinaldo Kennedy Silva, Vara Especializada de Crimes Contra a Mulher de Belo Horizonte, aceitou o pedido protocolado por vários movimentos feministas para bloquear o 'Tubby' e anunciou que na segunda-feira publicará a decisão final ao respeito.
Baseado na Lei Maria da Penha, a argumentação para pedir a proibição do app é que ele configura uma 'potencial ofensa no âmbito da violência psicológica' contra as mulheres.
Na sentença o magistrado obriga as empresas relacionadas a acatar a decisão preliminar, caso contrário, serão punidas com uma multa diária de R$ 10 mil.

Ladrões que roubaram caminhão com Colbato-60 morrerão por envenenamento

Reprodução / Pindyurin Vasily

A Agência Internacional de Energia Atômica da ONU anunciou ontem que ladrões no México roubaram um caminhão que carregava material radioativo perigoso. A ONU se referiu ao material roubado como “extremamente perigoso”. O caminhão, que estava transportando substâncias radioativas de um hospital em Tijuana para um centro de eliminação de resíduos, foi roubado perto da Cidade do México.
A substância em questão foi Colbato-60, que é frequentemente usada em hospitais nos tratamentos de radioterapia e na esterilização de instrumentos. Apesar do material estar selado no momento do roubo, a Agência Internacional de Energia Atômica advertiu que poderia ser “extremamente perigoso” se os ladrões danificassem a blindagem do produto.
Embora o Cobalto-60 não possa ser usado para fazer uma arma nuclear de verdade, ele poderia ser usado para fazer uma bomba amadora que espalharia material radioativo na área em que fosse usada.
De acordo com os especialistas, é praticamente certo que os ladrões que roubaram o caminhão morram. Segundo Washington Post, o Cobalto-60 roubado foi encontrado abandonado e removido de sua embalagem protetora a cerca de 25 quilômetros de onde aconteceu o crime. Mardonio Jimenez, da Comissão de Segurança Nuclear do México explicou ao Washington Post o que vai acontecer:
“As pessoas que manusearam nesse material terão graves problemas por conta da radição. Elas vão morrer, sem dúvida.”
Agora parece provável que os ladrões não soubessem o que havia dentro do caminhão ou do invólucro que eles abriram. Infelizmente para eles, envenenamento por radiação não é a melhor forma de descobrir.

Aprovado projeto que limita velocidade de motos a 110 km/h‏

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) aprovou, nesta quarta-feira (4), projeto que prevê a instalação obrigatória de limitador de velocidade para motocicletas e motonetas, independentemente da cilindrada, para que não ultrapassem os 110 km/h. A matéria é terminativa na CCJ.
O senador Pedro Taques (PDT-MT) demonstrou sua contrariedade ao projeto (PLS 69/2007), por não acreditar que limitar a velocidade desses veículos a exatos 110 km/h altere de alguma forma o número de acidentes envolvendo motos no país. O Brasil é o segundo no ranking mundial na taxa de fatalidade em acidentes de trânsito com motocicletas, registrou.
O texto aprovado é fruto da junção do relatório do senador Eduardo Lopes (PRB-RJ) com o voto em separado do senador Antônio Carlos Rodrigues (PR-SP) apresentados aos projetos de lei do Senado (PLS) 9697 e 645/2007, que tramitavam em conjunto. Todos são de autoria do senador licenciado e atual ministro da Pesca, Marcelo Crivella.
O PLS 96/2007 prevê a obrigatoriedade da utilização de colete inflável de proteção, rejeitada por ser muito onerosa ao motociclista, apesar de inicialmente acatada pelo relator. Para Antonio Carlos Rodrigues, é inviável obrigar motociclistas a comprarem um item que não é fabricado no Brasil e que custa cerca de R$ 1.300 reais, preço de algumas das motos mais baratas. O PLS 97/2007 prevê a limitação da velocidade, e o PLS 645/2007, também rejeitado, prevê a alteração da concentração de álcool no sangue admitida para o condutor do veículo automotor.
Por ser um substitutivo, o projeto precisa passar por um turno suplementar de votação, o que significa que está aberto para emendas até a próxima reunião.Se até lá não forem apresentadas novas sugestões ou não houver recurso para análise em Plenário, ele seguirá para a Câmara dos Deputados.

Nova secretaria municipal de administração

Novidades e muitas novidades e trocas de cadeiras...

CUIDADO: COM O GOLPE DO TELEFONE. ESTE É NOVO.


Repasso pois, se não tivéssemos sido avisados pelos amigos da net, teríamos sido vítimas dessas pessoas, portanto, vamos fazer nossa parte. NOVÍSSIMO Golpe do telefone.... Diferente dos outros ...
Um sujeito pilantra, liga para sua casa e se identifica como Policial (delegado).
Alega estar recebendo ameaças por telefone e que o número registrado na bina é o seu.
Ele, então, sugere que sua linha foi clonada, e aconselha, você, a solicitar um reparo à sua operadora.
Mais tarde ele liga dizendo que novamente foi ameaçado, pergunta se você fez uma solicitação de reparo à sua operadora.
Em caso afirmativo (se vc fez uma reclamação à operadora), você está lascado, porque no dia seguinte, ele estará na sua casa com uniforme e crachá da firma operadora ..
Daí em diante, você será presa fácil para ele, que entrará em sua casa sem esforço algum (assalto, sequestro, estupro)...
Se receber essa ligação, não solicite o reparo e dê queixa imediatamente a Polícia.
Se ele voltar a ligar, diga que já comunicou a policia e que fez um BO (boletim de ocorrência)
Repasse a todos os seus contatos, URGENTE e comuniquem também familiares, seus vizinhos e todos que não tiveram acesso a este e-mail.