A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

Cabeça's Barbearia

Cabeça's Barbearia
Av. Pres. Castelo Branco, Sumaré /anexo ao posto Shell, Caraguatatuba, (12) 99616-7705

segunda-feira, 27 de abril de 2015

Informação SINDSERV

Conforme compromisso assumido com os sindicalizados de informar de forma mais transparente possível as ações que estão sendo realizadas pela Diretoria Provisória, comunicamos que estamos realizando reuniões com o assessor jurídico procurando informações e orientações a respeito das ações que envolvam direto ou indiretamente o SINDSERV. 
Informamos também que já estamos solicitando ao assessor jurídico do Sindicato e da Federação dos Sindicatos dos Servidores Públicos do Estado de São Paulo, na qual somos filiados, providencias jurídicas em resposta ao Memo nº 25/2015 da SECAD, que está sendo enviado a todos os filiados do SINDSERV.

Parabéns a diretoria provisória da SINDSERV por tornar público o que é de direitos dos associados.  Informação com transparência é sinal de gestão pública de qualidade. 

Cadê o dinheiro que dizem que esta sobrando?





Choque de gestão é assim que se faz...  Rua Antonio Pereira García, bairro Praia das Palmeiras / Caraguatatuba

A coisa esta feia

Escola Antônia Ribeiro no bairro Jardim Califórnia. Esgoto sendo lançado na rua. 
Será que a prefeitura não tem equipe de manutenção ou no jogo de empurra a culpa é da Sabesp?
Até quando as crianças vão conviver com o mal cheiro e risco de contrair doenças? 
Essa é a educação de qualidade do município?





Fonte: https://www.facebook.com/eduardo.campos.98284/posts/973106832707737

Seguindo o Coração e não a Razão!

É fácil julgar e dizer que esta errado, o difícil é você não julgar e dizer, vamos tentar e refazer, porque o que você fez e errado e não pode se repetir novamente. 
Muitas vezes escutei minha mãe falando isso para mim, porque não falar e tentar ajudar a pessoa? Porque apenas julga-la? 
Você nunca deixou sua razão falar mais alto? 
Nunca se pegou julgando alguém mesmo em pensamentos? 
Eu já, por isso hoje digo que nunca devemos agir com a razão e sim com o coração pois o que achava-mos que não poderia-mos mudar, acabamos fazendo diferença. Não sou santo, sou um ser humano igual a todos pecador, mais sei quando estou errado e zelo para que os outros não caiam no mesmo erro que eu. 
Fui impulsivo, explosivo, zangado, mais hoje sei ser e fazer a diferença. 
Não me envergonho do fiz, dos meus problemas, todos tem problemas, mais sei que, se cada um fazer, o que faz se sentir melhor, é porque usou o coração e não e razão. 
Temos tanto o que aprender uns com os outros porque não se dar a oportunidade? 
O coração as vezes fala alto, é quando a os nossos sentimentos ficam confusos, é quando deixamos nosso coração fazer tudo o que nos faz sentir bem, as vezes a razão faz com que mago-amos alguém, as vezes alguém tão próximo que se frustra e se cala diante de nós fazendo com que a pessoa não tenha voz para dizer que você esta errado, mais nem sempre e assim, as vezes a pessoa fala e não se cala e você ainda agindo com a razão pensa que a pessoa esta errada e acaba fazendo de uma simples conversa uma briga, na qual pode fazer mal a você e principalmente a pessoa que não estava errada, a pessoa que apenas tentou corrigir seu erro, por isso falo que temos que saber ouvir, e se não quer ouvir não fale com a razão porque você ira magoar alguém. 
Eu ainda tenho minhas quedas ainda deixo com que minha razão fale alto, mas eu me policio muito porque não gosto de magoar ninguém, e não quero ser magoado. Então... 
Aja com o coração, e não deixe que sua razão o faça magoar alguém.

Edir Macedo sobre contratação de Xuxa: “Se é bom para a Record é bom para mim”

<p>Em entrevista ao “Conexão Repórter”, do SBT, no último domingo (26), Edir Macedo comentou sobre a ida de Xuxa Meneghel para a Rede Record recentemente.</p><p>O fundador da Igreja Universal do Reino de Deus disse que a emissora “tem vida própria”, porém, afirmou que foi consultado sobre a decisão.</p><p>“Fui perguntado se havia alguma objeção [à contratação da Xuxa]. Eu disse 'não'. Se é bom para a Record, é bom pra mim. Nossa filosofia é dar liberdade às pessoas em quem nós confiamos.”</p><p>Dentre diversos assuntos polêmicos, o bispo também respondeu às perguntas relacionadas à acusação de que a sua igreja privilegia a arrecadação de dinheiro.</p><p>“Só os estúpidos pensam em teologia da miséria”, respondeu, defendendo a “teologia da prosperidade''.</p><p>Roberto Cabrini, apresentador da atração, questionou Macedo a respeito do episódio em que foi preso, acusado de charlatanismo, em 1992.</p><p>O religioso, por sua vez, colocou a culpa do ocorrido na Igreja Católica e na Rede Globo. “Acredito que eu seja o inimigo número um da Igreja Católica. A Igreja Universal é que nem omelete. Quanto mais se bate, mais ela cresce'', rebateu.</p><p>Quando questionado a respeito do famoso episódio do “chute na santa”, protagonizado por um pastor da Universal, em 1995, o bispo, explicou: “Foi um chute no estômago, para não dizer num lugar mais baixo. Foi a pior coisa que aconteceu dentro do trabalho da Igreja Universal. Porque não é o nosso estilo agredir a religião dos outros. Se exigimos respeito à nossa crença, temos que respeitar as outras crenças”.</p><p><strong>Vida pessoal</strong></p><p>Embora tenha tido diversas perguntas vetadas por Silvio Santos, Cabrini não perdeu a oportunidade de questionar o bispo a respeito de sua iniciação sexual, aos 16 anos de idade.</p><p>“Foi num bordel, ali na zona. E nós fomos lá aprender o que era o sexo''. Foi bom?, questionou o repórter. “Eu não transferiria essa experiência para os meus filhos. Naquela época, foi bom'', respondeu. </p><p>Sobre ter tido muitas namoradas, Macedo não negou. “Sim, tivemos muitos casos amorosos [risos]'', disse.</p><p><strong>“Ou dá ou desce”</strong></p><p>O dono da Rede Record ainda respondeu aos questionamentos sobre o polêmico vídeo, exibido até pela Globo, em 1992, no qual o bispo apareceu ensinando como os pastores da Universal devem convencer os fiéis a arrecadar dinheiro para a igreja. “Ou dá ou desce”, disse Edir, no vídeo.</p><p>“Não me arrependo. Eu falei aquilo que pensava e penso. E vou continuar pensando. Se você dá, você recebe. Se você não dá, você não recebe. Sou uma máquina de ganhar almas”, frisou.</p><p><strong>Amizade de Silvio Santos </strong></p><p>Por fim, Cabrini quis saber do entrevistado se ele se comparava a Silvio Santos, como um grande comunicador.</p><p>“Não tenho o sorriso, a gargalhada, o jeito do Silvio Santos. Ele é um excelente comunicador. E eu tenho a minha fé. Só sei passar fé.''</p><p>Antes de a entrevista ir ao ar, Silvio Santos encerrou seu programa mais cedo, fazendo elogios ao trabalho religioso de Macedo. O Homem do Baú, inclusive, classificou a entrevista do bispo como “uma homenagem'' a ele, que “levou tanta gente que estava no mau caminho para o bom caminho''. </p><p><strong><a href="http://www.facebook.com/pages/Famosidades/129946850420592">Opine em nosso Facebook!</a></strong></p>

Em entrevista ao “Conexão Repórter”, do SBT, no último domingo (26), Edir Macedo comentou sobre a ida de Xuxa Meneghel para a Rede Record recentemente.
O fundador da Igreja Universal do Reino de Deus disse que a emissora “tem vida própria”, porém, afirmou que foi consultado sobre a decisão.
“Fui perguntado se havia alguma objeção [à contratação da Xuxa]. Eu disse 'não'. Se é bom para a Record, é bom pra mim. Nossa filosofia é dar liberdade às pessoas em quem nós confiamos.”
Dentre diversos assuntos polêmicos, o bispo também respondeu às perguntas relacionadas à acusação de que a sua igreja privilegia a arrecadação de dinheiro.
“Só os estúpidos pensam em teologia da miséria”, respondeu, defendendo a “teologia da prosperidade''.
Roberto Cabrini, apresentador da atração, questionou Macedo a respeito do episódio em que foi preso, acusado de charlatanismo, em 1992.
O religioso, por sua vez, colocou a culpa do ocorrido na Igreja Católica e na Rede Globo. “Acredito que eu seja o inimigo número um da Igreja Católica. A Igreja Universal é que nem omelete. Quanto mais se bate, mais ela cresce'', rebateu.
Quando questionado a respeito do famoso episódio do “chute na santa”, protagonizado por um pastor da Universal, em 1995, o bispo, explicou: “Foi um chute no estômago, para não dizer num lugar mais baixo. Foi a pior coisa que aconteceu dentro do trabalho da Igreja Universal. Porque não é o nosso estilo agredir a religião dos outros. Se exigimos respeito à nossa crença, temos que respeitar as outras crenças”.
Vida pessoal
Embora tenha tido diversas perguntas vetadas por Silvio Santos, Cabrini não perdeu a oportunidade de questionar o bispo a respeito de sua iniciação sexual, aos 16 anos de idade.
“Foi num bordel, ali na zona. E nós fomos lá aprender o que era o sexo''. Foi bom?, questionou o repórter. “Eu não transferiria essa experiência para os meus filhos. Naquela época, foi bom'', respondeu.
Sobre ter tido muitas namoradas, Macedo não negou. “Sim, tivemos muitos casos amorosos [risos]'', disse.
“Ou dá ou desce”
O dono da Rede Record ainda respondeu aos questionamentos sobre o polêmico vídeo, exibido até pela Globo, em 1992, no qual o bispo apareceu ensinando como os pastores da Universal devem convencer os fiéis a arrecadar dinheiro para a igreja. “Ou dá ou desce”, disse Edir, no vídeo.
“Não me arrependo. Eu falei aquilo que pensava e penso. E vou continuar pensando. Se você dá, você recebe. Se você não dá, você não recebe. Sou uma máquina de ganhar almas”, frisou.
Amizade de Silvio Santos
Por fim, Cabrini quis saber do entrevistado se ele se comparava a Silvio Santos, como um grande comunicador.
“Não tenho o sorriso, a gargalhada, o jeito do Silvio Santos. Ele é um excelente comunicador. E eu tenho a minha fé. Só sei passar fé.''
Antes de a entrevista ir ao ar, Silvio Santos encerrou seu programa mais cedo, fazendo elogios ao trabalho religioso de Macedo. O Homem do Baú, inclusive, classificou a entrevista do bispo como “uma homenagem'' a ele, que “levou tanta gente que estava no mau caminho para o bom caminho''.

Ai sim


 

Minicurso sobre lavagem de dinheiro em Taubaté Evento acontece nos dias 28 e 29 de abril

O “Minicurso lavagem de dinheiro e sua investigação criminal” acontece no município de Taubaté, nos dias 28 e 29 de abril, Auditório da Irmandade de Misericórdia da cidade. O curso é destinado aos agentes políticos (membros), agentes administrativos (servidores) e estagiários do Ministério Público.
O expositor do curso será o promotor de justiça Arthur Pinto de Lemos Júnior, mestre em Ciências Jurídico-Criminais pela Universidade de Coimbra (Portugal).
Os principais temas tratados são: conceito de lavagem de valores e compreensão do fenômeno, tipos Penais, elemento subjetivo – aplicação do dolo eventual – a “cegueira deliberada”, relacionamento entre o crime antecedente e a lavagem de dinheiro.
Também serão abordados os seguintes assuntos: a prova na investigação criminal da lavagem de capitais, o crime de lavagem de dinheiro e a responsabilidade do advogado do investigado/réu. Haverá, ainda, estudo de casos concretos.
As inscrições serão realizadas enquanto houver disponibilidade de vagas clicando aqui ou pelo formulário on-line, disponível no site do CEAF/ESMP (www.esmp.mpsp.mp.br), no link eventos. Será conferido certificado aos que comparecerem ao evento (emissão em 60 dias).
O curso é uma realização do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional/Escola Superior Do Ministério Público De São Paulo (CEAF/ESMP), do 8º Núcleo Regional – Vale do Paraíba e do Grupo de Atuação Especial de Repressão à Formação de Cartel e à Lavagem de Dinheiro e de Recuperação de Ativos (GEDEC).

Informações complementares
Minicurso lavagem de dinheiro e sua investigação criminal
1° dia: 28 de abril, das 19h às 22h (terça-feira).
2° dia: 29 de abril, das 9h às 12h30 (quarta-feira).
Local: Auditório da Irmandade de Misericórdia de Taubaté situado na Rua Portugal, nº 169, Jardim das Nações, Taubaté/SP.

O que é Escola Superior do Ministério Público de São Paulo

O CEAF-ESMP, como órgão auxiliar responsável pelo aprimoramento funcional e cultural dos membros do Ministério Público de São Paulo, de seus auxiliares e servidores, é o espaço privilegiado de formação e capacitação dos quadros técnicos e dirigentes, de elaboração e difusão da nova teoria do Ministério Público e de discussão e fomento de novas práticas. Cabe também à Escola Superior do Ministério Público estreitar os laços entre a instituição e a sociedade e gerar e disseminar conhecimento acerca de temas de interesse coletivo.

Desde a constituinte de 1988, o regime democrático brasileiro completa já vinte e seis anos e encerra seu ciclo de consolidação. A nova fase, marcada pelo auge das reivindicações da sociedade, mais crítica e ávida por seus direitos, demanda ao Ministério Público uma atualização funcional: de consolidador da democracia, o MP é convocado ao papel de agente político. Coloca-se a necessidade de reflexão e transformação.

Cabe ao CEAF-ESMP direcionar as atividades de ensino, pesquisa aplicada e extensão para a configuração de um novo paradigma institucional e de uma teoria correspondente, que propicie, na formação e capacitação de seus membros e servidores e na sociedade:
  • desenvolvimento da capacidade crítica, de reflexão e de projeção;
  • qualificação em termos técnicos e ético-políticos (formação profissionalizante e humanista);
  • interdisciplinaridade e transdisciplinaridade;
  • difusão dos valores democráticos;
  • a capacitação dos agentes sociais para o exercício dos direitos de cidadania;
  • uma postura reflexiva (a exigir o conhecimento prévio da problemática sobre a qual a Instituição deve atuar); proativa (referente às intervenções antecipatórias de situações de crise); resolutiva (relativa à busca de maior efetividade, seja em soluções diretas para os casos que chegam ao seu conhecimento, seja na melhoria da qualidade do trabalho de intervenção processual - produção de provas e de teses jurídicas);
  • aproximação dos membros, técnicos e servidores do Ministério Público com a sociedade, incluindo a criação de mecanismos que possibilitem diálogo e interação permanentes com as organizações e movimentos sociais;
  • aproximação com a juventude acadêmica, na perspectiva da preparação dos futuros quadros institucionais.

Além disso, propiciar ao MP:
  • elaboração da nova teoria de Ministério Público;
  • inovação nos processos de formação e capacitação de seus quadros (membros e servidores);
  • auxilio na consolidação dos planos político e estrutural a partir da promoção de uma atualização cultural;
  • colaboração para a democratização do processo de elaboração do Plano Geral de Atuação do Ministério Público, com a ampla participação dos membros da Instituição, da sociedade civil e da comunidade científica.

FAAP promove curso de extensão em Direitos Fundamentais

Instituição concedeu 8 bolsas de estudo para os agentes políticos do MPSP

A Faculdade de Direito da Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) vai promover o curso de extensão em Direitos Fundamentais: conceito, eficácia e perspectivas. O curso começa em 18 de maio e termina em 19 de outubro. As inscrições estão abertas.
A instituição de ensino disponibilizou oito bolsas de estudo de 50% para os agentes políticos (membros) do MPSP.
O curso será ministrado pelo ministro Antonio Cezar Peluso com carga hora total de 30 horas, sendo dez aulas com 3 horas cada. As aulas ocorrerão sempre nas segundas-feiras (quinzenais), das 9h às 12h15.
As aulas são destinadas aos graduados e graduandos em Ciências Jurídicas. Serão abordados temas de caráter constitucional, especificamente sobre os Direitos Fundamentais, além de estudo da teoria dos Direitos Fundamentais, atrelando-o a jurisprudência contemporânea do STF, bem como às suas perspectivas.
O objetivo é desenvolver o estudo do tema inserido na Constituição Federal, exclusivamente sob a ótica dos Direitos Fundamentais, levando ao conhecimento dos operadores do Direito esse que é um dos mais importantes temas constitucionais voltados para a área humana.

Informações complementares
Curso de extensão em Direitos Fundamentais: conceito, eficácia e perspectivas.
Local: Auditório 2 (prédio 3, térreo). FAAP Pós-Graduação | Campus São Paulo – Sede situada na Rua Alagoas, 903 - Higienópolis - São Paulo/SP.
Calendário das aulas: 18/05/2015, 01/06/2015, 15/06/2015, 03/08/2015, 17/08/2015, 31/08/2015, 14/09/2015, 28/09/2015, 05/10/2015 e 19/10/2015.
Obs: poderão ocorrer alterações de datas, excepcionalmente.

O papel da mulher na política Evento é aberto ao público e ocorre dia 28/4

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) as mulheres são maioria do eleitorado no Brasil. Elas representam 52,13% de um total de 142,8 milhões de eleitores. No entanto, se levarmos em conta a eleição de 2014, o perfil dos postulantes aos cargos eletivos eram majoritariamente masculinos. Eles representam um total de 70,03%.
Para ampliar a discussão do tema, o Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional/Escola Superior do Ministério Público (CEAF-ESMP) e o MCCE (Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral) promovem o III Encontro sobre reforma política que abordará o tema “O papel da mulher na política”. O evento ocorre no dia 28 de abril, às 19h, na sede do CEAF/ESMP. O encontro é aberto ao público, não há necessidade inscrição prévia.
O evento faz parte de um ciclo de debates com quatro encontros que começou em fevereiro. Nesse terceiro encontro, haverá palestra de Beatriz Rodrigues Sanchez, pesquisadora do Núcleo de Pesquisa em Políticas Públicas da Universidade de São Paulo (NUPP’s), mestranda em Ciência Política pela Universidade de São Paulo.
Também haverá exposição de Carmen Cecilia de Souza Amaral, membro da Coordenação do MCCE e da Pastoral Fé e Política da Arquidiocese de São Paulo.
A debatedora do evento será Denny Angelo da Silva de Caroli, promotora de justiça assessora da Subprocuradoria-Geral de Assuntos Institucionais (matéria eleitoral).
O próximo encontro do ciclo de debates ocorre na última terça-feira do mês de maio (26/05) sobre o tema "Plebiscito, Referendo e Iniciativa Popular de Lei".

Informações complementares
III Encontro Reforma Política em Debate: democratizando a democracia “O papel da mulher na política”.
Data: 28 de abril de 2015 (terça-feira).
Horário: das 19h às 22h.
Local: Auditório do CEAF/ESMP. Rua Treze de Maio, n° 1255/1259, Bela Vista, São Paulo. Próximo ao metrô Brigadeiro


Câmara realiza extraordinária nesta segunda-feira‏

Acontece nesta segunda-feira, 27 de abril, às 16h, a primeira sessão extraordinária de 2015 com a votação de dois projetos do Órgão Executivo.
A primeira propositura a ser votada é o projeto de lei nº 016/15, que autoriza o Executivo a alienar, por doação, à Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo (CDHU), os imóveis que especifica e dá outras providências.
Os Vereadores também discutirão o projeto de lei nº 018/15, que cria o cargo de agende de apoio escolar e dá outras providências. Se aprovados, os projetos vão para o Prefeito Municipal promulgar.
Na terça-feira, 19h30, será realizada a 13ª sessão ordinária do ano, com a sessão especial de julgamento das contas da Prefeitura Municipal de Caraguatatuba, relativas a 2007, cujo responsável era o Sr. José Pereira de Aguilar.

A escritora Sylvia Jane Crivella será palestrante da Conferencia de Mulheres - "Mulheres que edificam", na Igreja Batista Monte Horebe da Barra da Tijuca‏



Prezadas,
Boa tarde,
A escritora Sylvia Jane Crivella foi convidada para ser a palestrante
que vai fechar com chave de ouro 
 
Conferencia de Mulheres - "Mulheres que edificam", na Igreja Batista Monte Horebe, na Barra da Tijuca, no dia 9 de maio, às 17 h.
Depois do evento será servido um delicioso chá, onde Sylvia estará autografando o seu livro "O Desafio de Criar Filhos". 

Valor do convite: 30 reais

Se você quiser adquirir um convite ligue para
 Carmen Lúcia
: (21) 98408-1809
 (maiores informações no convite em anexo)

Atenciosamente,
Eliana Ovalle






E agora?

PAUTA DA 13ª SESSÃO ORDINÁRIA
DIA 28 DE ABRIL DE 2015 - TERÇA-FEIRA – 19h30
SESSÃO ESPECIAL DE JULGAMENTO
 
ORDEM DO DIA:
DISCUSSÃO E VOTAÇÃO ÚNICA:

Julgamento das Contas da Prefeitura Municipal de Caraguatatuba relativas a 2007, cujo responsável é o Sr. José Pereira de Aguilar.
O Egrégio Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, através do Parecer TC 002420/026/07, em 17 de novembro de 2009 emitiu parecer desfavorável.

Porque será que a rede globo esta escondendo esta situação lamentável.

Depois fica dando lição de moral e cidadania no programa. Lixo demais. O cantor Arlindo cruz foi pego no morro da serrinha no rio muito loco de cocaína em seu veículo.
O cantor e compositor Arlindo Cruz foi detido saindo da serrinha. 
Artista do programa esquenta da Regina Casé da Rede Globo, preso por policiais do Rio de Janeiro.



Ex-Corinthians e Santos é detido acusado de tentar furtar caixa eletrônico

O ex-jogador Piá, 41 anos, está detido no Distrito Policial de Americana acusado de tentar furtar um caixa eletrônico na cidade interiorana. É a segunda vez no ano que Piá é levado à polícia pelo mesmo motivo. Em 23 de janeiro ele foi detido acusado de integrar grupo com a finalidade de furtar máquinas em Campinas.
Piá foi detido por tentar furtar caixa eletrônico em Americana, interior paulista
Blog do Guilherme Araújo entrou em contato com funcionários do DP onde Piá está detido. A polícia de Americana está fazendo a perícia na tarde deste sábado na área do caixa eletrônico. 
Ex-jogador da Ponte Preta, Corinthians, Santos, entre outros clubes, Piá teria dispositivos utilizados para "pescar" envelopes dentro de caixas eletrônicos.
Policiais foram acionados na manhã deste sábado após atitude suspeita de Piá, que estaria preparando equipamentos para efetuar o furto. 
Piá já tinha passado por um escândalo policial em 1999, quando foi acusado de coautoria do assassinato de um mecânico em Limeira, no interior de São Paulo. Na época, o então jogador da Ponte Preta foi tido pela Polícia Civil como o mandante do crime.

O ex-jogador teria dado a ordem para que o outro acusado pela morte do mecânico pegasse a arma em seu carro e fizesse o disparo. O atleta foi absolvido em julgamento anos depois. Também já teve passagem por não pagar pensão alimentícia ao filho.

Piá negou participação em roubo de caixa eletrônico em janeiro
Em janeiro, o ex-jogador ficou 20 dias detido acusado de furtar caixa eletrônico. Na ocasião, a PM encontrou objetos dentro do carro usados para destruir máquinas. Ao Blog do Guilherme Araújo, Piá disse na época que houve mal entendido.
Segundo Piá, os alicates, lâminas e outros apetrechos estavam em seu carro porque uma outra pessoa lá os esqueceu, e ele e sua mulher acabaram tendo que responder pelo crime.

"Minha esposa foi na casa de uma amiga que o marido tinha falecido há uns dois meses. E ela deixou uma sacola no carro que eu não vi o que tinha dentro. Quando os policiais me pararam numa blitz, eu nem sabia o que tinha dentro dela", falou o ex-jogador ao Blog do Guilherme Araújo, em 14 de fevereiro.

O ex-jogador não explicou o porquê da amiga de sua mulher ter esse tipo de material e nem porque ficou em seu carro. Só tentou reiterar sua inocência. "Nem no banco eu fui. Usaram de uma pessoa pública, não tem filmagem nenhuma no banco que indique nada", prosseguiu.

Sem medo de morrer. O que pensam os usuários de anabolizantes


Fernando Sardinha é tão forte que faz um segurança de balada parecer pequeno. Normal, ele é o fisiculturista mais vitorioso do Brasil e passou dos 70 títulos nacionais e internacionais. Cirano Bueno não é atleta, nem tem este nível de músculos, mas é grande porque frequenta a academia com uma assiduidade religiosa. Além do gosto por puxar ferro, eles usam anabolizantes. Sem medo.

Ambos acreditam que a ingestão destas substâncias não prejudica a saúde ou que pode provocar a morte. Como tantos outros, a dupla confia que exames periódicos e tratamentos depois dos períodos de consumo de esteroides conseguem contornar os efeitos colaterais.

Batem de frente com a Medicina, que condena os anabolizantes e elenca uma série de danos ao organismo, incluindo câncer, problemas cardíacos, renais, impotência e calvície (leia mais abaixo). E a principal ameaça, pode matar, como aconteceu recentemente com Tainá Barbosa, 24 anos, em Fortaleza.

Duas paradas cardíacas provocaram a morte da estudante de direito em 14 de março e os esteroides foram apontados como causa. Situações de pessoas perdendo braços ou outros membros também são relatadas na imprensa com certa frequência.

Estas histórias não desencorajam os usuários de anabolizantes que consideram estes casos consequência da falta de informação. Eles não negam que as substâncias podem prejudicar o organismo ou matar, mas justificam que a diferença entre o remédio e o veneno é a dose aplicada. O fisiculturista Fernando Sardinha ressalta ainda que o produto utilizado quando há complicações à saúde quase nunca é um esteroide.

"Isso chama-se ADE, vitamina A, vitamina D e vitamina E. Um óleo viscoso que é usado para colocar essas vitaminas em alta quantidade em equinos, suínos e bovinos. Não que existe vitamina para equinos, suínos e bovinos, é uma só, tudo igual (a de humanos). Os caras colocam esse óleo viscoso que é bem grosso dentro dos músculos para ficar com um inchaço. Aí este óleo vai tomando conta e necrosa."

Sardinha defende que é possível usar anabolizantes sem prejudicar a saúde, mas pondera que é necessário a supervisão médica. "Todo mundo que fizer acompanhamento com endocrinologista pode fazer uso seguro porque o endocrinologista estuda para isso, só para hormônio. Para saber o que pode e o que não pode tomar".

O empresário Cirano Bueno diz que depois dos chamados ciclos, período entre oito e 12 semanas em que se usam anabolizantes, é feito um TPC (tratamento pós-ciclo). Ele serve para evitar que o excesso de testosterona no corpo prejudique o organismo. Mas Sardinha questiona o uso destas substâncias para fins estéticos.

A diferença de abordagem ocorre porque existem perfis distintos nos usuários de esteroides: os atletas profissionais que contam com uma equipe completa com nutricionista e médicos; pessoas que buscam orientação com educadores físicos ou atletas experientes e podem ou não frequentar um médico; e os que utilizam sem informação alguma. Na visão dos usuários de anabolizantes, notícias de perda de membros e até mesmo morte quase sempre se relacionam com integrantes do último grupo.

No meio termo entre a falta de informação e o profissionalismo há pessoas como o empresário Cirano Bueno. Ele conta que começou neste mundo usando um remédio para cavalo. "Meu primeiro ciclo eu fiz na doida, com anabolizantes de uso veterinário. Tudo o que você imaginar de efeito colateral deu. Espinha, queda de cabelo, impotência." A namorada da época ficou preocupada, mas a situação foi passageira.

Os problemas não desencorajaram, mas antes de nova tentativa Cirano consultou um nutricionista para mudar a alimentação. O empresário tinha 43% de gordura corporal e queria perder peso. A montagem do segundo ciclo ficou a cargo de um coach, como são chamados os profissionais com experiência em educação física ou musculação que ensinam a usar esteroides.

Cirano disse que 'secou' e bateu 11% de gordura. "Se não funcionasse, ninguém usava", resume. Mesmo assim, ele não toma todos os anabolizantes possíveis. Evita estanozolol por entender que a substância prejudica o coração e ele tem histórico de problemas cardíacos na família.

FÁCIL DE COMPRAR

Encontrar os esteroides não é difícil. Há páginas de internet com telefones para pedidos por WhatsApp, perfis no Facebook e farmácias. Por se tratar de medicamento, é necessário receita médica, mas isto não é um obstáculo. Ocorre que a maioria recorre a vendedores conhecidos, conta Cirano.

Ele explica que estes fornecedores vão até o Paraguai com uma mochila e trazem R$ 1 mil em anabolizantes. O contato pessoal é preferido porque trata-se de um mercado sem regulação e a quantidade de falsificações é grande. "No Brasil hoje ser esperto é ser honesto. Quem é honesto se destaca", diz Cirano.

Um vendedor conversou por Facebook com o Blog do Guilherme Araújo e falou que as características deste mercado paralelo estão mudando. Antes vinha tudo do Paraguai, mas os chineses começam a se inserir. Os preços variam bastante, conforme Cirano. Um ciclo feijão com arroz sai por R$ 300 ao mês, enquanto um atleta de ponta pode gastar R$ 15 mil em quatro meses.

Aprender a aplicar as injeções pode ser resolvido em vídeos no You Tube e outros tantos dão dicas sobre ciclos. Mas os usuários de anabolizantes refutam que seus músculos são apenas resultado de bombas no organismo. Ressaltam que são anos de treinamento e seguindo uma dieta restrita de sete refeições diárias sem gordura ruim ou açúcar. A dobradinha cigarro e álcool é proibida, e balada não combina com desempenho físico.

Sem falar que é preciso fazer muita força para desenvolver os músculos. Sardinha relata sua rotina para mostrar a renúncia e disciplina que um atleta tem. "Ninguém estava comigo agora pouco quando eu tive de fazer uma refeição de batata doce com frango, que eu não gosto. Eu como porque precisa. Ninguém estava lá dividindo a comida magra comigo. Quando eu vou treinar, quando sai a bola dos zóio para fora de tanta intensidade ninguém vai chegar para mim e falar: 'do caralho hein! Você treina muito mesmo com todos os problemas da tua vida'."

MÉDICOS ABOMINAM

A linha de pensamento dos usuários de anabolizantes é refutada pela Medicina, que considera o uso de esteroides para ganhar músculos perigoso. "Corte do efeito (colateral) é história", afirma Roberto Navarro Sousa Nilo, nutrólogo e clínico geral. Ele diz que não existe nível seguro e que as pessoas que utilizam as substâncias podem ter problemas de saúde.

Câncer, problemas cardíacos, insuficiência renal e hepática são algumas das possibilidade diz Dimitri Homar, presidente da Regional-Brasilia da Sociedade Brasileira de Nutrologia. Ele acrescenta que mulheres podem sofrer crescimento de pelos no rosto, aumento de clitóris e engrossamento da voz, este último um dano irreversível. Os homens podem ter aumento das mamas.

O alerta é bem conhecido, mas não significa que seja respeitado. Homar conta que em seu consultório aparecem vários casos de pessoas na faixa dos 30 anos com problemas nos rins e fígado. A situação existe porque não são poucos casos de homens com índice de testosterona em 2 mil quando o máximo é mil. A situação é semelhante com mulheres. Já houve registro de 400 quando o limite é 75. "Não justifica para ganhar massa muscular ou condicionamento físico usar estas substâncias".

O raciocínio de que é possível controlar os efeitos colaterais de anabolizantes é consequência de uma vulgarização de conhecimentos da Medicina por parte de educadores físicos e nutricionistas, opina o nutrólogo e clínico geral Roberto Navarro Sousa Nilo. Ele se refere a pesquisas que começaram nos Estados Unidos na década de 1980 sobre gestão do envelhecimento.

A lógica era fazer reposição hormonal em casos de queda acentuada que prejudicava a qualidade de vida do paciente conforme a idade avançava. Na visão do médico, esta atuação foi exacerbada e frequentadores de academia estariam usando a técnica para ministrar doses além dos níveis normais para a idade.

Ele conta que alguns colegas de profissão usaram este raciocínio para vender a ideia de que existe um nível seguro e que levaria as pessoas a rejuvenescer. "Quando é médico falando eu fico triste, finge que tá ajudando falando que é seguro". Homar conta que também é comum pessoas trazerem produtos de Miami e nos banheiros de academia dizerem que está funcionando e passar para os amigos. Os danos são mensurados somente no consultório médico.

Ex-jogador Axel doa carro para Igreja e ganha 416 multas e dívida de IPVA

Os ex-jogador do Santos e do São Paulo Axel, que treinou equipes de base da seleção brasileira e atualmente é treinador do Jabaquara, da cidade de Santos (SP), está com um problema na Justiça gerado por um ato de fé. Ele foi parar na lista ativa de devedores do Estado de São Paulo por causa de um veículo que doou à Igreja Mundial Graça e Paz, do apóstolo Paulo Moura, no ano de 2002.
De lá para cá, o IPVA do automóvel nunca mais foi pago, o carro tomou 416 multas, todas computadas na carteira de habilitação de Axel. O caso foi parar na Justiça, que tomou uma decisão em primeira instância que não agradou a Axel nem à Igreja, tanto que as duas partes informam que irão recorrer da decisão.
O jogador briga na Justiça para não herdar pela falta de pagamento do imposto
O caso se desenrolou assim: Axel era frequentador da Igreja Missão Mundial Graça e Paz. No ano de 2002, ele ofertou um veículo de sua propriedade, um Mitsubishi Pajero à Igreja. Doou o veículo, assinou documento de doação e entregou-o ao senhor Paulo Sergio de Moura, fundador da Igreja. Quanto a isso tudo, ninguém discorda.
O problema é que Axel deixou de ir ao Detran para efetuar a transferência legal de propriedade do veículo. Durante os meses seguintes à doação, conforme narram as duas partes, o apóstolo Paulo utilizou o veículo, mas fato é que nem Axel nem a Igreja ou seus membros foram ao Detran trocar o carro de dono. 
O tempo passou e a Igreja transferiu a posse (mas não a propriedade, que continuava sendo de Axel) para uma outra pessoa, um professor que mora na Bahia. Quando chegou o ano de 2009, Axel recebeu a triste surpresa. Um oficial de Justiça bateu em sua porta e lhe disse que seu nome constava na lista da Dívida Ativa da Fazenda de São Paulo, em virtude da falta de pagamento do IPVA de um veículo Pajero de sua propriedade, e que também constavam nada menos do 416 multas em seu nome, tomadas pelo mesmo veículo. 
Axel, então, resolveu ir à Justiça. Entrou com um processo contra a Igreja, contra o apóstolo Paulo e contra a Fazenda do Estado de São Paulo. Queria que as dívidas de IPVA e das multas, bem como os pontos na carteira, não recaíssem sobre ele, e sim sobre a Igreja ou sobre a terceira pessoa que recebeu o carro do apóstolo.
A Fazenda de São Paulo apresentou sua versão: alegou que não consta dos autos a documentação que comprove a transferência do veículo, então a responsabilidade dos tributos (e das multas) recai sobre o proprietário legal, uma vez que não cumpriu a legislação. Pede a improcedência da ação (fls.94/97).
O apóstolo Paulo Sergio de Moura e a Igreja Missão Mundial Graça e Paz também apresentaram sua contestação: sustentaram que não estão na posse do veículo, não deram origem à multas impostas e que o veículo foi transferido a uma terceira pessoa, que mora no Estado da Bahia. Pediram que a ação judicial de Axel seja julgada improcedente e que ela seja obrigado a arcar com os custos de advogado que a Igreja teve em virtude do processo.
A Justiça, então, tomou sua decisão, publicada na última quinta-feira (23), que assim pode ser resumida: quanto aos impostos devidos, não há como ser diferente: a lei determina que aquele que vende ou doa um veículo deve informar ao Detran a transferência de sua propriedade. Axel não seguiu a lei. deve, portanto, arcar com a dívida de IPVA, muito embora, ressalte o juiz, pode acionar judicionalmente a pessoa que atualmente está com o carro para que ele arque com parte do custo. 
Outro pedido do ex-jogador foi para finalmente realizar a transferência da titularidade do veículo perante os registros do Detran. O juiz ponderou que Axel informou  que doou o veículo para a Igreja Missão Mundial Graça e Paz, "na pessoa do réu Paulo Moura, o qual chegou a utilizar o veículo por um período". Os réus também certificaram a doação.
Assim, restou demonstrado que Axel já não era mais o possuidor do veículo na data das multas, portanto não pode "ser responsabilidade pela prática das infrações de trânsito, pois satisfatoriamente demonstrado que não foi o responsável pela execução dos ilícitos", afirma a sentença judicial. Assim, o juiz determinou que sejam anulados os pontos na carteira de Axel, e que ele não seja obrigado a pagar as multas. Quanto ao pedido da Igreja de que Axel pague seus custos com advogados, foi negado pelo juiz.
Neste domingo o Blog do Guilherme Araújo, procurou Axel e o apóstolo Paulo. O ex-jogador falou por meio de sua advogada. Disse que irá recorrer da sentença porque ainda entender não ser justo ter que arcar com o pagamento do IPVA do veículo pelo período que não o utilizou. Fez questão de declarar que não gostaria de ver o caso exposto na mídia porque não tem a menor intenção de expor negativamente o nome da igreja, do apóstolo Paulo ou da religião cristã evangélica.
O apóstolo Paulo também não conversou com a reportagem do portal. Por meio de nota enviada pela assessoria da Igreja Mundial Graça e Paz, afirmou: "O Axel tinha feito a doação do veículo, na época ele deixou de comunicar o  Detran, conforme determina o Código de Trânsito Brasileiro. Atualmente, o veículo não está mais sob a posse da Igreja, motivo pelo qual a Igreja recorrerá da decisão".

Delegacia Virtual do Estado de São Paulo

Delegacia Virtual do Estado do Rio de Janeiro