A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Que venha "2012"

Afrah Modas tem novidades para você mulher e homem

Caraguá 40 Graús Um Show de Verão

Roupa Zentai: nova prática fetichista surgiu no Japão

Roupa ZentaiVocê já ouviu falar da roupa Zentai? Produzida no Japão, a roupa promete ser a nova forma de brincar com o seu parceiro nas horas mais quentes. Trata-se de um macacão feito com nylon e elastano que cobre o corpo todo, podendo ser colorido e ter as mais variadas estampas.
A novidade surgiu como uma manifestação artística e sexual nos teatros do Japão (um país conservador). No entanto, se para alguns é altamente sexy, para outros a roupa não passa de uma segunda-pele estranha.
O nome vem do jargão japonês zenshin taitsu, que significa “o corpo como um todo”. Usado como objeto erótico para apimentar a relação, a roupa se deve à sensação de se estar sem ela e, ao mesmo tempo, totalmente coberto por ela.
Além disso, existe a sensação de liberdade, pois a identidade da pessoa fica literalmente coberta pela roupa. Para isso, os parceiros devem descobrir outras formas de excitação e somente com uma certeza: que não se chegará aos “finalmentes” tãaao cedo.
O que acham de usar uma dessas para brincar de “A pele que habito” e seduzir seu gato?

Massagem para relaxar e esquentar o clima

Muito conhecida como forma de amenizar o estresse e o cansaço, a massagem também pode ser usada para tornar o sexo ainda mais envolvente, para sair da rotina na cama ou para aumentar as deliciosas preliminares. A sexóloga Patrícia Cardoso ensina quais são os tipos de massagem para relaxar e esquentar o clima.
“Embora a massagem relaxante e a reflexologia sejam bem interessantes para os momentos a dois, a Tailandesa, sem dúvida, vai proporcionar o casamento perfeito entre relaxamento e erotismo”, enfatiza Patrícia. Para isso, ela considera que usar a criatividade e trazer novas sugestões através do jogo erótico são opções para tornar aquela noite inesquecível.
Reflexologia
A técnica da reflexologia promove o reequilíbrio e a oxigenação do organismo estimulando determinados pontos dos pés. “Basta massagear, friccionar e pressionar um dos pés do parceiro, enquanto ele estiver deitado de bruços. Alterne, depois, para o outro pé”, aconselha a sexóloga.
Massagem relaxante
Essa massagem ajuda a combater o estresse, promovendo uma incrível sensação de bem-estar. A dica é tocar suavemente todo o corpo usando óleo para massagem. “Para despertar o parceiro, massageie as costas com uma toalha aquecida e termine com vários beijinhos”, lembra Patrícia. Capriche nas costas e ao longo da coluna, começando da nuca ao cóccix.
Massagem sensual
Nesse tipo de massagem, também conhecida como Massagem Tailandesa, deve ser feito movimentos circulares e suaves ao longo de todo o corpo. Mas você deverá estimular as zonas erógenas. A Massagem Sensual é uma forma criativa de dar mais atenção às preliminares. Você pode, inclusive, usar os seios para acariciar as costas de seu parceiro.
Óleos e acessórios afrodisíacos
Para incrementar sua massagem, aposte nos óleos aromatizados a base de canela, ylang-ylang, sândalo e almíscar, que são considerados afrodisíacos. “Outra opção é o K-Y Sensual Massage 2 em 1 Hot, da Johnson & Johnson, o primeiro lubrificante íntimo que também é gel para massagem e esquenta suavemente em contato com a pele”, lembra a sexóloga.
Vale contar com a ajuda de acessórios de textura suave, como lenços de seda, plumas e luvas de cetim, que podem percorrer o corpo de seu parceiro de maneira suave e provocante.
Pontos especias do corpo
Na mulher, os pontos que podem ser estimulados são os seios, púbis e as coxas. No homem, o pênis (massageando da base em direção à glande), a bolsa escrotal e os mamilos é a chave do prazer.
De modo geral, os ombros, o pescoço, as costas, a nuca, as axilas, as coxas, a verilha, os pés, as nadegas e o períneo são locais altamente sensíveis ao toque. Segundo a sexóloga, a dica é apostar nas carícias e sugerir que o gato faça o mesmo.

É possível combater a TPM!

É possível combater a TPM!

Quem sofre de tensão pré-menstrual sabe como ela é desagradável e, ao mesmo tempo, difícil de lidar. É nessa época do mês que a gente fica inchada, o nosso humor fica instável e, para muitas mulheres, bate aquela vontade doida de comer doces, principalmente chocolates. Ninguém inventou ainda uma maneira de acabar com a TPM de forma milagrosa, mas vários estudos já indicaram pequenos gestos que, em conjunto, são capazes de amenizar os sintomas – e fazer da nossa vida nesse período mais feliz.
Uma dica importante é você praticar exercícios físicos. Use e abuse da esteira, bicicleta e outras opções de atividades aeróbicas. Não gosta de academia ou de ficar suando feio louca? Não tem desculpa: saiba que exercícios de relaxamento, como ioga e meditação, também ajudam a aliviar os sintomas, já que aumentam a oxigenação no cérebro e ajudam a equilibrar a serotonina.
Alimentos ricos em Ômega 3 (como salmão, trutas, soja, linhaça e nozes) e Ômega 6 (óleo de milho, de algodão e de girassol e carnes em geral) ajudam a regular as variações de hormônios e a irritabilidade (aquela vontade de chorar loucamente ou de brigar com o seu namorado, só porque você quebrou a unha, sabe?). Mas, para fazerem efeito, devem ser consumidos durante o mês todo, como explica a nutricionista funcional Mariana Duro, da clínica Villa Vita: “Alguns alimentos Ômega 6 atuam inclusive como anti-inflamatórios, e além deles, gengibre, açafrão e goiaba vermelha. Mas devem ser consumidos com frequência, ao longo do mês, para que o efeito desejado aconteça. De forma equilibrada, eles ajudam a controlar inclusive a cólica menstrual”, diz a especialista.
Muitas mulheres também recorrem à homeopatia, uma forma mais natural para amenizar os transtornos desse período. Neste caso, o ideal é consultar um homeopata, que vai indicar a melhor combinação de compostos para as suas necessidades. Ainda quando pensamos em maneiras naturais de tratar a TPM, você pode incluir chás no seu dia a dia, pois eles ajudam a combater a retenção de líquidos. As dicas são o chá de camomila com hortelã, o de salsa ou o de hibiscos e cavalinha.
Outra recomendação muito importante é em relação à alimentação. Ingerir mais frutas, verduras e legumes na TPM é importante porque esses alimentos são ricos em fibras e em água. Eles ajudam nosso intestino a funcionar melhor e aí, como consequência, diminui nossa sensação de inchaço. Com a mesma intenção, é importante reduzir o consumo de sódio, porque ele faz o corpo reter muito líquido.
E sobre a nossa necessidade de comer doces no período (quem nunca disse “eu preciso de um chocolate!!!” que atire a primeira pedra!), um alerta: doces em geral vão saciar a depressão e a ansiedade apenas momentaneamente, porque liberam serotonina. Para ajudar a combater esses sentimentos, anote a dica da nutricionista Mariana: “Prefira a banana, o chocolate amargo (ricos no aminoácido triptofano), o abacate e os cereais integrais (fontes de magnésio), além de feijões, lentilha e o grão de bico (por possuírem complexo B). É uma maneira saudável de evitar o stress da TPM e os quilos na balança com o passar do tempo”, recomenda.

Afrah Modas tem novidades para você mulher e homem

Como combater a celulite

Como combater a celulite

Ninguém está a salvo dos furinhos indesejados… a tão temida celulite! A pele fica com uma aparência ondulada por causa da inflamação da gordura que está armazenada logo abaixo da camada superficial. Ela pode ser causada por vários fatores (hereditariedade, alteração de hormônios, falta de exercícios, fumo e má alimentação) e, infelizmente por enquanto, não tem cura. Mas, com algumas mudanças de hábitos e as novidades em tratamentos, você pode melhorar em muito o aspecto da pele e, de quebra, ter uma vida mais saudável.
Alimentação
- Experimente cortar alimentos que favorecem o acúmulo de gordura, principalmente nas regiões do bumbum e coxas: doces e gorduras (como frituras, salgadinhos, maionese…).
- Aproveite também para aumentar o consumo diário de água. Um truque é andar com uma garrafa grande (ou squeeze) na mochila, encher de manhã e monitorar para beber tudo até o fim do dia.
- Os chás verde e vermelho ajudam o corpo a eliminar impurezas e não acumular líquido, por isso também são bons aliados para amenizar os efeitos da celulite na pele. Só lembre-se de tomá-los ao natural ou com adoçante, nada de açúcar.
Cremes 
Outra medida que melhora o aspecto da pele é o uso de cremes hiperemiantes, aqueles que ativam a circulação sanguínea durante a aplicação. Eles deixam a pele um pouco vermelha e causam um aumento de temperatura (a sensação de queimação leve). Há diversas marcas no mercado que oferecem esse tipo de produto, que, além de trabalhar na quebra de gordura, também hidrata. Só que deve ser usado conforme recomendado na bula, não adianta passar uma vez por mês e querer resultado, né?
Tratamentos estéticos
Entre as novidades de tratamentos contra celulite estão os equipamentos que combinam radiofrequência (que esquenta a pele), endermoterapia (movimentos de sucção) e laser. A Beauty House, em São Paulo, oferece esse tipo de tratamento com o Power Shape, como explica Luciana Nemr, diretora da clínica: “cada uma destas tecnologias tem regulagem própria, o que permite ao profissional ligar, desligar, aumentar ou diminuir cada canal isoladamente, de acordo com a necessidade da cliente”. Em geral, as sessões demoram 30 minutos e para se ter um bom desempenho é aconselhável 6 sessões, uma por semana, que custam a partir de R$ 330,00 cada.
Com sistema semelhante de ação à celulite e à gordura localizada, a Onodera oferece a partir de outubro o Onosculpt, que utiliza ultrassom, correntes biodinâmicas e endermologia (usadas juntas ou separadamente, dependendo do estado da pele). A terapia, que ativa o sistema circulatório e realiza uma micromassagem ultrassônica, deve ter um mínimo de 15 sessões, realizadas de 1 a 2 vezes por semana.
Garanta os resultados!
O importante para se conseguir uma mudança visível da pele é tratar o problema dos furinhos de forma conjunta e com muita disciplina. É o que explica a dermatologista Monica Adoni: “tem que beber muita água, fazer exercício e ter uma boa alimentação. Tem que fazer tudo junto, e só isso já ajuda em muito. Se puder complementar com a boa e velha drenagem linfática, melhor. E se conseguir fazer tratamento com aparelho, o resultado tende a ser melhor ainda”.

Como tratar alergia a cosméticos e maquiagens


Cosméticos e maquiagens podem provocar reações alérgicas quando a pele apresenta intolerância a alguma substância do produto. Além disso, as maquiagens são de fácil contaminação, o que aumenta a chance de surgir coceiras, inchaço, vermelhidão e pinicação.

O que fazer quando as reações aparecem?
A primeira coisa a fazer é suspender o uso do produto, como aconselha a farmacêutica bioquímica e cosmetóloga Joyce Rodrigues. “Pode-se fazer limpeza e compressas com soro fisiológico ou água boricada”. Quando são reações leves, a farmacêutica garante que as reações tendem a desaparecer em dois ou três dias. Já nos casos mais severos, deve-se procurar um médico.

Cuidados necessários
Na maioria dos casos, “não tem como saber se a utilização de determinado produto irá ou não surtir reação alérgica”, lembra a farmacêutica. Mas alguns cuidados podem ser tomados para reduzir os riscos:
• Se já possui tendência a reações alérgicas, opte sempre por produtos hipoalergênicos;
• Armazene as maquiagens em local apropriado, longe de contaminações;
• Evite emprestar a maquiagem para outras pessoas, o mesmo serve para o uso dos produtos alheios;
• Não utilize maquiagem todos os dias, pois algumas reações surgem com a frequência do uso;
• Mantenha a pele limpa, isto é,  sem produtos, sempre que possível.

Produtos antialérgicos
Os produtos hipoalergênicos são formulados visando diminuir os agentes que podem causar irritações, como conservantes, corantes e fragrâncias. Esses produtos também podem causar reações alérgicas, mas a sua utilização minimiza os riscos de intolerância.

Como não cometer nenhuma gafe no sexo

Seja na primeira noite ou não, todo mundo gosta de causar uma boa impressão entre os lençóis. Mas para alcançar essa sintonia, vale agir de maneira equilibrada e evitar as gafes. Como? Siga as dicas abaixo:
Como não cometer nenhuma gafe no sexo

Ranking das gafes
Um fora clássico e imperdoável é trocar o nome da pessoa durante a transa.
Por mais que queira levar numa boa, a parceira jamais deve rir se o homem falhar na hora H.
“Não é legal a mulher ser afoita demais, querendo mostrar que é boa de cama e fazer de uma vez só o que ela acha que agrada o homem”, explica a ginecologista e terapeuta sexual Glene Rodrigues.
Usar uma lingerie inadequada pode comprometer a noite. Evite os modelos grandes ou pequenos demais, as calcinhas velhas ou furadas e as versões muito ousadas para uma primeira vez.
Fazer joguinhos picantes demais ou um strip-tease logo de cara pode assustar o par.
Um desencontro comum depois do sexo ocorre quando os homens querem dormir e as mulheres, conversar.

Primeira noite
O segredo para não errar na primeira vez com o parceiro é imitar os seus gestos. “Não se preocupe, pois ninguém tem a obrigação de ser perfeito. A sintonia se adquire com o tempo e a confiança”, garante Glene.

Ops, escapou!
Ninguém está livre de enfrentar algum desencontro durante o sexo como câimbras, cabeçadas, barulhos estranhos e até gases. O que fazer? “Se for muito perceptível, peça desculpa e siga em frente; se foi algo sutil, finja que não aconteceu nada”, esclarece Glene, lembrando que essas coisas também devem ser encaradas com bom humor.

A camisinha
Que ela é indispensável, todo mundo sabe, o complicado para muitas mulheres é encontrar uma maneira de dizer isso ao parceiro. “Logo que decidem ir para o motel, pergunte se ele tem preservativo e deixe claro que só terá a relação se estiverem protegidos”, ressalta Glene.

Cem homens e uma certeza: sexo é sinônimo de prazer e autoconhecimento

Sexo é sinônimo de prazer e autoconhecimento
A história começou com a meta de ficar com cem homens em um ano. Era um momento de mudanças pessoais intensas e Letícia Fernandes quis compartilhar isso com a blogosfera. Mas na vida, nem sempre as coisas são como a gente espera. E de relatos sobre suas aventuras sexuais, Letícia passou a receber e-mails carregados de agressividade quando um portal fez o desserviço de compará-la à ex-garota de programa Bruna Surfistinha, que ficou famosa depois de relatar seu trabalho em um livro, que virou filme.
Não parou por aí. A jornalista, que escreve com naturalidade, clareza e, acima de tudo, honestidade, viu uma outra Letícia dar entrevista a uma rádio, se passando por ela e, pior, usando o site verdadeiro de forma errada. Recebeu então outra enxurrada de e-mails e comentários, desta vez com propostas equivocadas e grosserias.
Depois de tanto alarde, Letícia, que continua no anonimato para preservar tanto a si própria quanto aos homens com quem se relaciona, pensou algumas vezes em desistir do blog. Mas, como ela mesma escreve, a polêmica toda não a abateu: “Eu não mudei o que penso sobre sexo. Aliás, até tive mais certeza do que quero e espero neste campo da minha vida”.
Numa sociedade que insiste em transformar mulher em objeto quando a questão é sexo, é de se admirar a coragem com que Letícia trata do assunto. Você pode até não aceitar o que ela faz, é um direito seu. Mas se ler o blog, irá concordar que ela, além da ousadia de se expor, trata com muito respeito quem discorda dela (claro, quando a coisa é feita de maneira civilizada, porque a dobradinha intolerância e falta de educação não dá para aturar mesmo).
E funciona assim: ela fala tão abertamente das descobertas que faz sobre si própria, que acaba atraindo comentários de muita gente que desabafa nos comentários, contando sobre relacionamentos, frustrações e até segredos. Por isso, nós conversamos com ela para saber o que as pessoas escrevem – e o que Letícia acha de tudo o que lê.

Como são os comentários que você recebe?
Recebo muitos comentários bacanas, de pessoas que já passaram pelo que eu conto ou dizendo que melhoraram a vida sexual depois do blog. Por outro lado, há muitos xingamentos e pragas (do tipo “morra de Aids”). É horroroso.

Tem muita mulher que escreve para desabafar, contar coisas que rolam com o namorado ou reclamar do próprio corpo?
Mulheres e homens. Eles costumam escrever e-mails, enquanto elas falam mais abertamente nos comentários, mesmo que sob anonimato.

Para você, é importante que a mulher se masturbe? Como você acha que os homens enxergam isso (a masturbação feminina)?
É evidente que é importante. Curiosamente acabei de ler o trecho do livro do [José Angelo] Gaiarsa que fala a respeito. Somos criados para ver a masturbação como uma coisa suja, com um quê de pecado. É um tal de “tira a mão daí”… Como ele diz, nosso corpo é fonte inesgotável de prazer, e a masturbação ajuda-nos a descobrir o próprio corpo. Mesmo depois desta descoberta, vale continuar fazendo. Afinal, é uma delícia!!! Não vejo muito os homens comentando sobre a masturbação feminina. Mas eu me masturbo na frente de alguns parceiros e eles acham ótimo.

Com base no que as pessoas escrevem nos comentários do seu blog, o que você acha que é fundamental para ter uma boa transa?
Carinho e não ter pressa. Grande parte dos homens usa as preliminares (dedo frenético e lambidas ridículas) apenas para deixar a mulher “no clima”. Mas não é assim. Nós não precisamos do orgasmo (como um momento único). Nós podemos ter prazer durante horas, podemos ter orgasmos múltiplos. Mas para isso é preciso que deixemos a ansiedade de lado e simplesmente nos curtamos.

O que você costuma ver na internet que tem a ver com o que você escreve? (dicas de blogs, sites, perfis no twitter…). E offline?
Eu gosto de ler blogs feministas  e mais humanistas, que lutam pela igualdade de gênero e pela cidadania. No Twitter, acho que vale a pena seguir a @reginanavarro, que tem ideias muito bacanas sobre relacionamentos. Indico também um dos livros dela, A cama na Varanda. Estou lendo agora o Sexo, do José Angelo Gaiarsa, que traz muitas informações sobre sexualidade. Sugiro procurar no YouTube vídeos destes especialistas (Regina e Gaiarsa).

Como está a sua contagem? Vai cumprir a meta inicial do blog? 
A meta nunca foi importante. Era apenas uma brincadeira e eu sempre mantive a coisa assim. Não falo mais sobre números. Posso dizer que tenho uma vida sexual muito bacana, cheia de carinho e respeito. Com um ou com cem homens.

500 perguntas sobre sexo

mulher e homem na cama

Os homens se preocupam com o tamanho do pênis e nós, mulheres, sempre queremos a fórmula mágica para chegar ao orgasmo, não é mesmo? Se você quer realmente tirar todas as dúvidas de sexo, no livro 500 perguntas sobre sexo – Respostas para as principais dúvidas de homens e mulheres (Editora Objetiva), de Laura Muller e Nélson Vitiello, você encontra de tudo.
A jornalista e o ginecologista agruparam as perguntas por temas: masturbação, sexo oral e anal, penetração vaginal, desejo e freqüência sexual, orgasmo e prazer, ousadias e fantasias sexuais, homossexualidade, doenças sexualmente transmissíveis, gravidez e contracepção e, por último, dúvidas masculinas. Confira um pedacinho do que você vai encontrar nas páginas do livro, divulgado pela editora:

Masturbação: “Quem quer sentir mais prazer na cama precisa perder a inibição de se masturbar. Essa é a maneira mais fácil de conhecer o próprio corpo e de descobrir áreas em que o toque é deliciosamente excitante”.

Sexo oral: “A opinião é quase unânime: sexo oral é o máximo. Agrada homens e mulheres. A língua e a boca têm a temperatura e a umidade ideais para tornar a carícia muito mais excitante. Só não pode ter preconceito…”.

Sexo anal: “Os homens simplesmente adoram. Vivem pedindo à parceira. E ela? Vive recusando. Afinal, sexo anal é bom ou ruim? Se for feito com uma certa técnica, há quem garanta que seja extremamente prazeroso”.

Penetração vaginal: “Para muitas pessoas, sexo só é sexo se houver penetração. Não importa se fizeram sexo oral, masturbação ou outro tipo de carícias eróticas. Toda essa valorização do contato do pênis na vagina acaba surtindo altas doses de ansiedade, o que não faz bem. O segredo para ser mais gostoso? Relaxar”.

Desejo e freqüência sexual: “Só três vezes na semana ou todo o dia? Apenas no final de semana? No fundo, não há regra. Depende de você. Mas uma coisa é certa: o desejo só vem se você se empenhar para estimulá-lo”.

Orgasmo e prazer: “Chegar ao orgasmo é uma delícia. Mas ninguém precisa se torturar só porque tem dificuldade de consegui-lo. Há técnicas para resolver esse problema e para incrementar ainda mais o prazer. Funcionam. É só experimentar…”.

Ousadias e fantasias: “Ter fantasias todo mundo pode, o que quiser. Se dá ou não para colocar todas em prática, é uma outra história. Há ousadias e ousadias. Algumas podem ser perfeitamente incluídas no repertório sexual, sendo apenas um ingrediente a mais para o prazer. Outras… Melhor deixar só na imaginação”.

Homossexualidade e bissexualidade: “Será que ele é? Será que eu sou? Essas dúvidas incomodam grande parte das mulheres e dos homens. E se você for? Será que há mesmo algum problema?”.

Doenças sexualmente transmissíveis: “Em mim não pega. Grande parte das pessoas que se vê, de repente, com uma doença sexualmente transmissível, pensava exatamente dessa maneira. Não há saída: é preciso usar camisinha. Quem não usa, corre, sim, o risco de se contaminar”.

Gravidez e anti-concepção: “A vida sexual na gravidez se complica, sim, mas não é por isso que precisa ser deixada de lado. Pelo contrário: quem a mantém ativa vive um período muito mais feliz. Para quem está no outro extremo — não quer engravidar — uma boa notícia: há métodos cada vez mais avançados. Com certeza um deles cairá como uma luva para você”.

As 100 principais dúvidas masculinas: “Tamanho do pênis, ereção do pênis, ejaculação do pênis. As principais dúvidas dos homens giram em torno dele, o pênis, tão importante no universo masculino que ganha até nome próprio. Baixar esse nível de ansiedade e preocupação é o segredo para uma vida sexual mais feliz”.

Maquiagem para o Réveillon 2012 por Alice Salazar

E agora!!!

Afrah Modas tem novidades para você mulher e homem

E agora!!!

Vamos que vamos meu povo 2012 esta chegando!!!

Que venha "2012"

Venha com a gente!!!!

Aposte nas tranças para as festas de fim de ano

Tranças, cachos e volume são os penteados para as festas de fim de ano

Para arrasar nas festas, a hair stylist Meire Carriel, do Lo Studio Panamby, garante que os penteados mais charmosos incluem o estilo natural e despojado dos cachos, que voltam à estação com todo o seu poder.
As tranças soltinhas ou embutidas também ganham espaço nas comemorações para deixar o visual elegante e com muito estilo. Na hora de preparar o penteado, Meire recomenda que seja feito um baby liss nas madeixas, para proporcionar um pouco mais de volume.
Para variar o tradicional, as tranças laterais dão um toque feminino ao look. Você também pode apostar nas tranças embutidas laterais e ainda optar por deixar uma parte do cabelo solto, trançando apenas os fios do topo da cabeça até a altura da orelha. Veja o passo a passo feito pelo hair stylist Cassiano Assmann:

Tutorial de trança embutida lateral
1. Divida a parte frontal, separando uma mecha do resto do cabelo;
2. Divida a mecha em três partes iguais e comece a trançar normalmente;
3. Mais ou menos no segundo ou terceiro gomo da trança, vá puxando novas mechas das laterais e acoplando junto com a mesma, ou seja, trançando junto com parte da mecha que já está feita;
4. Quando terminar toda a parte da cabeça, finalize a trança normalmente e, arremate com um elástico para segurar o penteado.
Deixe os fios mais soltos na hora de trançar e aposte nos acessórios, como as headbands. Se preferir um visual mais elegante, acrescente presilhas de strass nos gomos do penteado.
Meire também destaca os penteados molhados feitos com gel ou mousse e cachos naturais. “Acrescentar acessórios como flores ou faixas largas dão um charme a mais” afirma a hair stylist.

Como evitar gafes nas festas de fim de ano


Fim de ano significa festas pra todo gosto. E quem não gosta de comemorar? Reunir os colegas, fazer amigo secreto, tomar uns drinques… o momento é de descontração, mas alguns cuidados não podem ser esquecidos se você quiser manter a imagem intacta na empresa ou onde estiver. A consultora de imagem pessoal e corporativa Marcele Goes e Doris Azevedo, consultora de etiqueta dão as dicas para ajudar as pessoas a se saírem bem nas tradicionais comemorações de fim de ano.

Amigo secreto da empresa, da família, da faculdade…
Você adooora trocar presentes, mas está economizando para gastar naquela viagem maravilhosa que vai fazer nas férias? Então a dica é não aceitar todos os convites para amigo secreto que aparecer, mas participar de pelo menos um convite em cada círculo de convívio: trabalho, família e amigos. Em seguida, ao estipular o valor do presente, é interessante propor ao organizador da brincadeira que uma lista de sugestões seja preenchida, para minimizar decepções futuras. Caso essa lista não seja feita pela pessoa que você tirou, evite objetos de uso muito pessoal, como perfumes e roupa íntima, e opte sempre por lojas que permitam a troca, se necessária. Vale a pena procurar aquela pessoa que é próxima para pedir algumas dicas, em off, assim aumentam as chances de dar algo legal.

O que vestir na festa de Natal ou Réveillon?
Elegância é a palavra de ordem! “Em geral, o tipo de traje nas festas de final de ano variam bastante de acordo com o local e o estilo da celebração”, conta a Marcele. Claro que não vale um vestido preto de paetês para um churrasco na chácara da família. O bom senso vale super na hora de escolher o que vestir. “Vestidos são ótimas opções e resolvem o look por inteiro, além de serem elegantes, femininos e confortáveis”, aconselha. Decotes, fendas, barriga de fora e roupas muito justas… tudo bem que aquele gato do escritório que você está paquerando vai estar lá, mas as festas também são uma oportunidade para conhecer pessoas de outros setores e fazer networking, portanto, a roupa estar bem vestida interfere na impressão que você passa, apenas evite chamar muito a atenção.
Para o Réveillon, o branco impera e pode ser acompanhado dos tons metalizados, como prata, ouro e champanhe, que estão super em alta. Um detalhe importante a ser observado é a cor da lingerie, lembra a consultora de imagem. “Algumas mulheres gostam de usar cores para trazer sorte, mas é importante lembrar que a roupa branca marca bastante e tem transparência.” Por isso, a lingerie cor da pele acaba sendo a mais discreta.

Beber ou não beber, eis a questão?
Festa é pra se divertir, mas toda moderação é bem-vinda quando você está entre pessoas que não tem uma relação muito íntima. A consultora de etiqueta Doris Azevedo aconselha: menos é mais! “Beber menos, falar menos e comer menos é, no mínimo, mais seguro”, afirma. Se você não está acostumada a beber, o cuidado deve ser redobrado. Lembre-se que a ressaca moral pode ser pior que aquela baita dor de cabeça no dia seguinte. Para as festas da empresa, não se esqueça: você ainda está num ambiente de trabalho. De acordo com uma pesquisa feita pela empresa Caron Treatment Centers, dos Estados Unidos, cerca de 28% dos profissionais que responderam à pesquisa informaram que viram um de seus colegas dirigir bêbado depois de saírem da festa de fim de ano da empresa.

Fofocas a parte…
Você está doida pra contar aquele bapho que ficou sabendo do seu chefe para as amigas? A consultora Doris explica que é totalmente desaconselhável fazer isso no ambiente de confraternização da empresa. “Fofocas são expressamente proibidas durante as festas e deveriam ser punidas com prisão!”, brinca a especialista. E nada de lavar roupa suja na hora da festa, falar de problemas ou doenças. Isso pode ser muito comum também nas reuniões com a família. Rixas, ciúme e briguinhas, quem nunca teve? Se você brigou com o gato justamente no dia e não consegue esconder isso de todos, converse com ele e até proponha um acordo, pois a cara feia deve ficar em casa mesmo.

Como Levar um Fora sem Surtar

Como Levar um Fora sem Surtar

No livro Quando termina é porque acabou – juntando os caquinhos e dandoa volta por cima (Editora Rocco), os autores americanos Greg Behrendt & Amira Ruotola-Behrendt ensinam de maneira bem–humorada como picar o telefone do ex em pedacinhos e não cair na tentação de ligar. Seguem sugestões para quando aquela vontade de telefonar…

1. Vá ao cinema assistir a um filme que ele nunca assistiria com você.
2. Olhe vitrines (não de lojas de celular)
3. Leve seu cachorro para passear ou vá ao canil e salve um animalzinho de estimação do corredor da morte, se não tiver um.
4. Ligue para sua avó. Agora é o momento perfeito para começar a campanha para subir na lista do testamento dela
5. Ponha um dos seus CDs preferidos para tocar e dance pela casa só de calcinha.
6.Vá ao mercado e compre ingredientes para preparar seu prato favorito para o jantar.
7. Delete o número dele no seu celular. Vamos lá, trate de viver o futuro.
8. Ei, poderosa, nós já demos algumas ideias. Agora invente sua própria lista.

Que venha "2012"

Guia prático de como se portar pós-primeira-ficada

mulher falando ao celular

Depois de uma noite maravilhosa com o gato tão sonhado, é normal bater uma insegurança sobre como agir. Sim, porque vocês tiveram momentos deliciosos juntos que nem de longe a sua ideia é espantar o rapaz. Ao contrário, você quer mais que ele ligue logo para convidar para sair. Mas, enquanto isso não acontece, como você deve proceder para mostrar que está sim, interessada, sem que pareça ser uma ficante-grudenta?
  • Tenha calma. Não adianta acordar suspirando corações e já ficar ansiosa por uma ligação. Mais importante ainda: não ligue você para ele logo pela manhã seguinte. Isso pode acuar o rapaz e afastá-lo.
  • Não adicione o gato nas redes sociais. Você até pode fuçar no Twitter e Facebook dele logo no dia seguinte (a gente não aguenta, né?), mas daí a já ir convidando para ser amigo, há uma boa diferença. De repente ele pode achar que você quer invadir a privacidade dele.
  • Ainda sobre mídias digitais, não fique escrevendo abertamente sobre o que rolou no primeiro encontro no seu Twitter ou Face. O mundo é pequeno e vai que vocês têm algum amigo em comum que leia, ou mesmo ele, que pode, sim, dar uma espiada… Mesmo que tenha sido maravilhoso, espere um segundo momento para dizer isso para ele.
  • Aliás, nada de declarações melosas no dia seguinte. A não ser que vocês já sejam amigos de longa data (às vezes acontece do nosso amigo se revelar uma grande paixão, né?), o garoto pode achar estranho um “te adoro” depois da primeira ficada. “Eu te amo”, então, esquece.
  • Hoje em dia anda uma moda de sms a cobrar… acho que a gente nem precisa dizer que esse tipo de mensagem é um passo para você nunca mais ver o rapaz, né? (aliás, esse tipo de mensagem, só para sua mãe ou uma amiga muito chegada, vamos ter bom senso!).
Entenda: não é que você não pode demonstrar que gostou do encontro e tem que ficar na torre do castelo esperando o moço chegar de cavalo branco. Você também pode tomar a atitude, mas com cautela.
  • Ser blasé demais também não é legal. Se ele mandar um sms para você, não precisa ignorar. Aí o gato pode achar que você não está nem aí e desaparecer também.
  • Escreva mensagens cifradas no seu Twitter ou Facebook. Aí sim, você pode escrever algo bacana, que deixe o rapaz todo se achando, mas sem se expor totalmente. Algo que, se ele (ou algum amigo) ler, vai ficar instigado, sem saber se é para ele ou não (e que se for, ele vai gostar).
  • O gato é do trabalho ou da faculdade e você vai vê-lo no dia seguinte? Então, além de sair de casa com aquela roupa que você adora (e vai deixar você se sentindo segura), tente provocar um encontro ‘casual’ entre vocês, só para dizer um oi (seja esperta: dê um sorriso daqueles que só você é capaz e saia de cena, para ele ficar com gosto de quero mais).
  • Que tal pensar em algo que ele tenha dito e fazer um agrado? Se ele disse que adora chocolate branco, deixe um bombom na mesa/mochila dele. Mas isso, só se você sentir que rolou um clima muito bom entre vocês, do contrário, ele vai achar você grudenta.
  • Não precisa colocar uma banda com alto falante para anunciar onde você estará no próximo fim de semana, mas que tal dar a dica para um amigo dele? Se ele estiver interessado (como a gente espera que esteja) vai poder encontrar com você, mesmo que tenha ficado tímido para ligar no dia seguinte.
Enfim, você pode sim tomar a iniciativa no dia seguinte (ou nos dias que seguirem) se gostou de sair com o gato, mas com cuidado: a linha que separa a atitude de ser uma gata descolada ou uma menina grudenta é muito fina. Siga os seus sentimentos mais sinceros na hora de agir e, caso se decepcione (sim, isso pode acontecer), não tenha medo de partir para outra!

Afrah Modas tem novidades para você mulher e homem

A DR de cada signo

casal discutindo

O clima esquenta entre vocês dois. Um grita daqui, o outro dali e as coisas pioram, ao invés de se resolver. Calma! Saiba como conduzir uma DR com o seu gato de acordo com o signo dele.

Áries
Esse gato é teimoso e não gosta de achar que perdeu a razão! Durante uma discussão com ele, não tente identificar um culpado e jamais fale com todas as palavras que a culpa é dele. Não fale que ele não sabe fazer ou que não é capaz de resolver algo.

Touro
Apreciador das coisas boas da vida, não julgue os interesses desse gato meras futilidades durante uma DR. Jamais revele uma verdade bombástica a ele no calor da discussão, caso contrário, ele vai se sentir traído.

Gêmeos
Esse homem gosta de liberdade! Por isso, jamais faça cobranças durante uma DR e nunca mostre-se dependente do relacionamento. Não aproveite a situação para reclamar da sua vida, geminianos têm horror a lamentações.

Câncer
Sentimental, esse gato se magoa com facilidade. Jamais grite com ele ou não dê atenção ao que ele falar. Apegado ao lar, nunca critique a família dele enquanto discutem.

Leão
Vaidoso, esse felino não gosta de se sentir menosprezado. Jamais jogue os defeitos dele no meio de uma DR ou critique algum projeto dele. Nunca chame-o de mandão.

Virgem
Esse gato não gosta de instabilidade. Durante uma DR, nunca dê a entender que o relacionamento de vocês não é algo importante. Ouça as críticas que ele tem a fazer e só depois fale o que tem a dizer.
 Libra
Romântico, esse gato pira quando uma mulher despreza seus sentimentos. Jamais diga que ele não é importante para você em uma discussão.

Escorpião
É preciso falar as coisas com jeitinho para esse gato, caso contrário ele irá tomar medidas drásticas. O pior é que ele pode demorar a esquecer tudo o que foi dito um ao outro durante uma DR. Pense bem antes de falar.

Sagitário
Sagitarianos não gostam de se sentirem presos. Jamais cobre mais presença desse gato, critique os amigos dele ou faça cenas de ciúme durante uma discussão.

Capricórnio
Não force a barra durante uma DR e não deixe-o falando sozinho. Esse gato não gosta de dramas e exageros e detesta de pensar que perdeu o controle da situação. Seja prática, fale o que tem a falar sem rodeios.

Aquário
Durante uma discussão, não apele para o passado dele, ele tem horror a isso. O que passou ou o que ele fez lá atrás, fica lá. Para fisgar a atenção dele, mostre-se segura enquanto fala.

Peixes
Sentimental, esse gato não suporta brigas intensas e longas. Não grite e nem fale palavrões para não piorar a situação. Nunca se mostre insensível e desatenciosa durante uma DR.

Dicas de cada signo para arrasar na cama

Explore o perfil do seu signo e descubra o que os astros revelam para apimentar o lance!

Cada signo tem a sua forma de esquentar a relação e você pode descobrir formas incríveis de usar a combinação astral para tornar o lance ainda mais inesquecível. Se joga nas dicas e divirta-se!

Dicas de cada signo para arrasar na cama
O perfil de cada signo na cama

Áries (21/3 a 20/4)
Na cama você adora usar a imaginação e conta com uma ousadia de tirar o fôlego! Leve seu affair para um lugar supertranquilo e deixe sua originalidade falar mais alto: o resultado será uma noite inesquecível!

Touro (21/4 a 20/5)
Sua pegada romântica atrai qualquer gato, mas como você não dá mole, precisa se sentir megasegura nos momentos de intimidade. Aposte em um quarto de hotel pra lá de phyno e crie um clima aconchegante com velas e aromas. Assim você vai surpreender a si mesma!

Gêmeos (21/5 a 20/6)
Locais inusitados é com você mesma! Para garantir momentos deliciosos, solte a imaginação, fique super à vontade e peça ao rapaz para sussurrar frases picantes ao pé do seu ouvido. Isso vai te levar à loucura!

Câncer (21/6 a 21/7)
Paixão e romance é contigo, garota! Um lance perfeito merece um lugar romântico + música apaixonada + um bom vinho. Assim você vai revelar seus desejos e curtir uma noite in love!

Leão (22/7 a 22/8)
Aposte na sua sensualidade! Vale gritos, gemidos e sussurros para soltar a fera que existe em você. Para ter a noite dos seu sonhos, momentos de intimidade recheados de erotismo é a sua fórmula.

Virgem (23/8 a 22/9)
Para rolar uma transa legal, você precisa estar segura do que quer primeiro. Então, crie um clima de intimidade e prazer para liberar seus desejos. Prepare um local arrumadinho e cheiroso, à luz de velas, e tudo vai ser perfeito!

Libra (23/9 a 22/10)
Seu interesse e paixão tornam qualquer noite inesquecível. No sexo, você valoriza as preliminares e cuida para que exista muita sintonia com o rapaz. Que tal investir num jogo erótico para apimentar o prazer antes do clímax?

Escorpião (23/10 a 21/11)
Com um pique de dar inveja, você não deixa o sexo cair na rotina! Para que o cara te acompanhe nas suas fantasias, aposte na sua ousadia e deixe a sensualidade rolar! Que tal ir a um lugar misterioso?

Sagitário (22/11 a 21/12)
A sua criatividade pode levar a relação a pegar fogo, sagitarian! Você adora inventar e disposição para novas aventuras é o que não falta! Para manter o pique com o seu affair, aposte em objetos eróticos, posições diferentes e use a criatividade.

Capricórnio (22/12 a 20/1)
Você fica superexcitada na medida em que tem confiança no rapaz. Para ter mais segurança e garantir que a transa ocorra de forma inesquecível, vá a um lugar bem tranquilo e demonstre toda sua paixão.

Aquário (21/1 a 19/2)
Prazer e sintonia podem te leva às alturas. Pra você, não há limites durante o sexo e adooora criar novas situações e posições para aproveitar a intimidade. Um clima descontraído é tudo para ter uma noite per-fei-ta.

Peixes (20/2 a 20/3)
Quando rola amor, dedicação e romantismo, o sexo é inesquecível. Você vai querer fazer de tudo para agradar o rapaz, mas vá com calma e lembre-se de você também! Sintonia é a palavra de ordem.

Tudo sobre depilação: truques e produtos para cada tipo de pele

Tudo sobre depilaçãoAssunto frequente na vida de grande parte das brasileiras – e de alguns brasileiros também –, a depilação não é mais uma questão apenas de vaidade, mas de higiene e conforto.
Porém, antes de sair se depilando com o primeiro método que oferecerem, é preciso levar em consideração os diferentes tipos de pele, cor, quantidade de pelos e nível de sensibilidade. Confira os processos mais conhecidos e descubra qual é o melhor para manter sua pele lisa e suave.

Lâmina
Método mais popular e acessível, corta apenas a parte superficial do pelo e, por isso, dura entre 2 e 3 dias.
- Pontos positivos: é o jeito mais rápido, prático e barato de se depilar. A lâmina pode ser levada para qualquer lugar, não precisa de energia para funcionar e não causa dor.
- Pontos negativos: pode causar alergias e irritações. A duração da depilação é curta.
Aparelho elétrico
Existem dois tipos de aparelho para depilar. O primeiro é parecido com um barbeador e elimina os
pelos com uma lâmina, por isso crescem rápido novamente. O segundo possui um mecanismo que retira os pelos pela raiz. Este dura em média 20 dias.
- Pontos positivos: rápido, prático e agride menos a pele que a lâmina.
- Pontos negativos: tem um custo inicial caro e é doloroso, por isso, não são indicados para regiões como a virilha e axilas. Não deve ser usado em peles lesionadas, irritadas ou que foram expostas ao sol.
Creme depilatório
Ao aplicar sobre a região a ser depilada, o creme destrói a queratina dos pelos. Depois é só retirar com uma espátula ou esponja. Dura de 3 a 5 dias.
- Pontos positivos: indolor, fácil de aplicar, pode ser utilizado em casa e agride menos a pele que a lâmina.
- Pontos negativos: a duração da depilação é pequena, pode causar alergia, possui cheiro forte e cada embalagem serve para poucas aplicações.
Cera quente
Um dos métodos mais utilizados, principalmente nos salões de beleza. A cera é esquentada em um aparelho e, em seguida, aplicada na região desejada. Pode ser retirada tanto com um tecido falso como com a própria cera, dependendo do tipo. “Na cera quente, o calor faz com que os poros se dilatem e os pelos possam ser retirados com maior facilidade. Usando-se repetidamente a depilação com cera, os pelos ficam mais fracos”, acrescenta o esteticista Marc Todesco. Também pode conter em sua composição substâncias hidratantes e relaxantes, como alga, mel, entre outros. Dura entre 20 e 30 dias.
- Pontos positivos: possui um preço mais acessível se comparado à depilação a laser ou com linha, é menos dolorosa que a cera fria e diminui os pelos gradativamente.
- Pontos negativos: os pelos precisam estar longos, pode queimar a pele ou escurecê-la se a temperatura estiver muito quente, encravar os pelos e causar foliculite (inflamações nas saídas dos pelos que parecem espinhas). Deve ser evitada por quem possui vasos dilatados.
Cera fria
Espalha-se a cera sobre papel celofane e coloca-se na área desejada. As folhas são utilizadas repetidamente, até que não seja mais eficiente para continuar retirando os pelos. Dura entre 20 e 30 dias.
- Pontos positivos: possui um preço mais acessível em comparação com processos definitivos ou depilação com linha, é higiênica, pode ser utilizada em casa e é recomendada para quem possui sensibilidade ao calor e vasos dilatados.
- Pontos negativos: mais demorada e dolorosa, resseca a pele, necessita de pelos longos para sua aplicação, pode provocar foliculite e pelos encravados.
Depilação com linha
Conhecida também como depilação egípcia ou iraquiana, esse antigo método oriental está começando a ganhar espaço no Brasil. Utilizando uma linha de algodão, seda ou mesmo poliéster, esse processo retira os pelos um a um. É ideal para locais como a sobrancelha e o buço, mas também pode ser utilizado em outras regiões como axila, perna e virilha. Dura cerca de um mês.
- Pontos positivos: é higiênico, não possui substâncias químicas, portanto não tem contraindicação, deixa a pele lisa, evita alergias e vermelhidão.
- Pontos negativos: é um processo demorado e não é tão barato quanto a cera.
Laser
A aplicação do laser gera uma energia captada pela melanina (pigmento presente no pelo), que destrói a estrutura (folículo piloso) geradora de novos fios. “O tratamento tem entre 8 a 10 sessões, com no mínimo 15 dias de intervalo. Após obtenção do resultado desejado, deve ser feita manutenção uma vez por ano”, explica Marc. É indicado para pessoas com pele clara e fios pretos.
- Pontos positivos: eliminam aproximadamente 80% dos pelos de maneira definitiva e pode ser aplicado na maior parte do corpo (exceto sobrancelha).
- Pontos negativos: é o método mais caro, doloroso, não pode ser feito em peles de tons escuros, nem pode sofrer exposição ao sol durante o tratamento.
Fotodepilação
Feita com Luz Pulsada Intensa (IPL), esse tratamento age quase da mesma maneira que o laser. A diferença é que o folículo é destruído de forma gradual. “A fotodepilação é muito menos dolorida e agride menos a pele do que a depilação a laser, por usar uma luz mais suave”, afirma Marc. Além disso, um dos tipos de sistema IPL, chamado Quantum, está programado para qualquer tom de pele, incluindo o negro.
- Pontos positivos: pode ser aplicado em todas as regiões do corpo, a dor não é muito intensa e remove definitivamente até 95% dos pelos tratados.
- Pontos negativos: é caro e não pode ocorrer exposição ao sol durante o tratamento.

Dicas para cuidar da pele no verão

mulher passando protetor solar

Jorge Ben já dizia “Moro, num país tropical…”, e justamente por isso é preciso redobrar a atenção dedicada à nossa pele durante o verão, para evitar manchas indesejáveis e o envelhecimento precoce. A primeira recomendação para quem quer se expor ao sol é usar protetor solar. E não é passar pela manhã e esquecer. Tem que passar 30 minutos antes da exposição e repassar a cada duas horas. O produto tem que ter no mínimo fator de proteção 30 e proteger contra os raios UVA (que causam o envelhecimento) e UVB (causadores do câncer de pele).
 
Entre as novidades estão protetores solares que oferecem, além de proteção, ação antienvelhecimento e até coloração (que funciona como uma base). Todos são válidos, desde que você não se esqueça de repassar ao longo do dia.
 
Para evitar manchas no rosto e colo, alguns dermatologistas indicam uma pílula à base de betacaroteno, que prepara a pele para a exposição solar, a Innóvev. “Ela não acelera o bronzeamento, como algumas pessoas supõem, mas ajuda a proteger a pele, principalmente para quem tem tendência à mancha”, explica a dermatologista Mônica Adoni.

Outra medida importante é suspender o uso de ácidos pelo menos dez dias antes da exposição ao sol, para não manchar a pele. Se tiver feito um peeling superficial, o ideal é esperar no mínimo 15 dias.
 
Durante a exposição ao sol, é importante respeitar os horários permitidos, antes das 10h e após as 16h, para não ficar diante de raios muito fortes. Outra opção é usar bonés com tecidos de proteção contra raios ultravioletas ou chapéus de aba larga.
 
Já no pós-sol, é preciso sempre lavar o rosto com um sabonete apropriado para o seu tipo de pele e hidratá-la. “Mesmo tomando todos os cuidados necessários, se aparecer algum tipo de mancha, suspenda a exposição ao sol e procure um dermatologista”, alerta Mônica.

Cuidados íntimos para o verão

Os cuidados íntimos da mulher precisam ser redobrados quando chega a época mais quente do ano e aumenta a proliferação de fungos e bactérias. A transpiração somada à pouca absorção dos tecidos sintéticos de lingeries e biquínis podem dar origem à diversas doenças na região genital, como a candidíase e o pano branco.
“Infelizmente os fungos e algumas bacterias precisam do calor e secreções corporais para crescerem”, relata Anderson Zei, dermatologista do Portal Minha Vida. “Todos os fungos ditos superficiais podem ser transmitidos por meio de roupas intimas. O mais comum é a Candida albicans causadora da candidíase, também conhecida como ‘sapinho’”, alerta.

Cuidados com a saúde íntima
O dermatologista recomenda uma boa lavada na região íntima após aquele dia na praia ou piscina. “A higienização pode evitar a transmissão, assim como seguir regras básicas de higiene como, por exemplo, não compartilhar biquínis e lingeries”.
Tecidos de algodão são os mais indicados para as calcinhas, podendo ser substituído por outros tecidos que promovam sempre uma boa absorção da transpiração, como o dry fith. Em geral, os biquínis e maiôs são feitos de tecidos sintéticos, como a lycra.  Estes acumulam mais bactérias e fungos e também demoram para secar.
Para evitar problemas, Anderson aconselha evitar o uso contínuo da mesma roupa de banho e ter sempre uma segunda opção para alternar durante os dias que estiver na praia.  ”Deve-se redobrar cuidados para uma boa lavagem, enxágue e secagem da roupa”, enfatiza.
Além disso, quem está acostumada a lavar a calcinha ou biquíni durante o banho, não se esqueça de enxaguar bem e deixar para secar em ambientes com boa ventilação.

Alergia ao tecido sintético
De acordo com o dermatologista, não há tecido impróprio para o uso desde que seguidas as orientações acima, mas algumas pessoas podem ter reação alérgica ao tecido sintético associado à transpiração. “A única prevenção é evitar o contato com o alergênico, no caso o tecido”, afirma Anderson, e em situações especiais o uso pode ser suspendido por um curto período de tempo.

Opções contra o desconforto da transpiração
Usar desodorantes íntimos é uma sugestão para reduzir os incômodos da transpiração e prevenir o aparecimento de fungos e bactérias, mas não deve ser aplicado perto de áreas orificiais, como vagina, uretra e anus.  O produto só pode ser usado na região pubiana, e nunca sobre mucosas. O único problema é que ele pode, sim, causar alergia em pessoas mais sensíveis.
O absorvente extrafino também pode ser usado como protetor diário, caso traga mais conforto contra a umidade íntima. No entanto, o dermatologista aponta para os cuidados com a higiene e troca constante. “Em casos especiais a paciente pode ter um aumento de corrimentos vaginais (leucorreia) por ‘abafar’ a região”, lembra Anderson. “Isto não é o mais comum, mas pode acontecer”. A contra indicação é dada apenas a mulheres com alergia de contato, dermatites ou irritação ao perfume.

Dicas e cuidados com a sua lingerie

Frágeis e delicadas, as lingeries merecem uma atenção especial na hora de lavar, secar e guardar. O resultado dos bons cuidados é a maior durabilidade da peça e proteção contra fungos e bactérias. Para tirar todas as dúvidas sobre como cuidar de calcinhas e sutiãs, a estilista de lingeries Adriana Toci nos dá as orientações:
Para lavar: sabão neutro e água morna
Evite colocar na máquina, o ideal é lavar as peças a mão e jamais misturar as coloridas com brancas. Utilize sabão neutro e certifique-se de que a calcinha foi muito bem lavada. Qualquer resíduo pode provocar o surgimento de doenças causadas por fungos e bactérias.
Já existe no mercado produtos especializados para lavar lingerie, como o Lave-Lingerie ou o Higi Calcinha, com fórmulas que não agridem os tecidos e tem o pH neutro. Adriana enfatiza que a maioria das peças contém elastano, e este tipo de fios é facilmente desgastada com o uso do sabão e de amaciantes.
A água usada na lavagem pode ser morna, mas deve estar numa temperatura que mais se aproxime da fria. “A água quente pode prejudicar as peças a longo prazo. Além disso, o calor também predispõe à formação de fungos”, afirma a estilista.
Se você costuma lavar na máquina, existem saquinhos especiais para colocar a lingerie sem espuma e ainda é possível encontrar em lojas de utensílios domésticos umas bolas plásticas rígidas, que servem para acomodar sutiãs espumados na lavadora. “Eles evitam o desgaste das peças ‘roçando’ na lavagem”, diz Adriana.
Calcinhas com manchas podem ser deixadas de molho com água e uma boa quantidade do sabão neutro ou específico para lavar lingeries. A estilista aconselha a lavar o mais rápido possível e não deixar de molho por mais de uma hora.

Para secar: longe do sol, mas em local arejado
Se você prefere lavar a lingerie durante o banho, é importante lembrar de colocar para secá-la em um local com bastante ventilação. “O banheiro, principalmente o box, não é suficientemente arejado para evitar fungos na hora de secar”, diz Adriana, que aconselha que a secagem deve ser longe do chuveiro.
No entanto, sempre à sombra. “O sol pode causar desgastes dos tecidos e esmaecer as cores”, afirma a estilista. As máquinas de secar também podem causar danos aos tecidos, principalmente aos atuais, que levam fios de elastano em sua composição.
Torcer, nem pensar! Isso pode deformar as peças, principalmente no caso de sutiãs espumados. É aconselhável tirar o excesso de água com uma leve torcidinha e, para agilizar, enrole a peça numa toalha e comprima. Os bojos em espuma também podem ser secos com a toalha, mas sem amassá-los.
Existem prendedores que também são mais indicados para a lingerie. “O cuidado seria para não deformar o tecido, rompendo o fio elastano e deixando à mostra aquelas pontinhas branquinhas que seriam este elastano”, aconselha Adriana. Passar as peças com ferro somente se elas forem feitas com 100% de algodão.

Para guardar com carinho
Como toda peça que vale ouro, as lingeries não fogem à regra e o ideal é ter uma gaveta só para elas. Procure separar por cores e estilos. Além disso, a estilista aconselha a usar um odorizador de calcinhas, para conservá-las cheirosas e impecáveis. Outra dica é colocar sachês perfumados na gaveta ou chumacinhos de algodão embebidos em perfume. Neste caso, apenas tome cuidado para não manchar as peças.
Sutiãs com bojo devem ser guardados abertos, de maneira que fiquem empilhados um por cima do outro, para ocupar menos espaço. “Nunca vire o bojo ao contrário, para dentro, porque corre o risco de danificar a espuma e perder o sutiã. É aconselhável ainda não colocar nada pesado sobre o sutiã”, enfatiza a estilista.
Lavar e guardar suas peças íntimas com carinho ajuda na preservação delas, afinal, ninguém quer sair por aí com lingeries malcuidadas, não é mesmo? Conta pra gente como você faz para conservar as suas!

Any Any lança linha de calcinhas da sorte para o fim de ano

calcinhas da sorte
A marca de lingeries Any Any se prepara para as festas de fim de ano apostando na tradição: a loja lançou uma linha especial de calcinhas, ideais para presentear no Natal e Reveillon, e comemorar a chegada do novo ano com charme e muito estilo.
As peças estão disponíveis nas cores branca, amarela, rosa e vermelha, para as mulheres que gostam de seguir a tradição e passar o Ano Novo com calcinha nova. Além disso, as lingeries ganham mensagens de otimismo, que revelam a simbologia de cada cor. Todas as calcinhas acompanham uma bolsinha super feminina e delicada como embalagem, além de uma tag com o significado da cor escolhida.
Além de lindas e sensuais, as calcinhas da sorte são confeccionadas com a microfibra New Confort (92% poliamida e 8% de elastano), garantia de conforto. Todas no modelo biquíni, vestem do tamanho P ao GG. As calcinhas vão ser vendidas em todas as lojas da rede Any Any a partir de novembro, e vão custar R$ 46,00 cada.
Qual vai ser a cor da virada para 2012?

Louis Vuitton lança linha de camisinhas

camisinha LV
Você é fashionista até na hora do sexo e acha a cama também é espaço para a moda? Então o último lançamento da Louis Vuitton é ideal. A marca francesa de roupas e artigos de luxo acabou de lançar no mercado uma linha de preservativos masculinos, com o famoso logotipo (da marca) na embalagem e no látex.
Cada camisinha custa cerca de U$68, ou seja, R$122. Com esse precinho, o preservativo da LV pode até virar um presente de Natal (muito fashion), né?

Guilherme Araújo dá dicas de Check-list do que não pode faltar na sua mala de viagem

O que não pode faltar na sua mala de viagem

Vai viajar nesse fim de ano? 
Veja a quantidade de peças necessárias para uma viagem de 15 dias à praia, segundo Guilherme Araújo e depois confira como escolher peças que combinem entre si.

Roupas
1 calça preta
1 calça jeans ou de sarja
1 calça cáqui
1 calça de moletom, viscoelastano ou malha
2 vestidos (preto e colorido)
2 shorts, um de alfaiataria e um de sarja
2 saias
1 jaqueta ou cardigan
4 ou 5 camisetas
2 regatas
1 blusa de jérsei ou viscoelastano
2 ou 3 biquínis
2 camisolas ou pijama
1 robe
3 pares de meias
1 par de sandália de salto baixo
1 par de sandália de salto alto
1 par de mocassins
1 par de chinelos
4 calcinhas
4 sutiãs
Acessórios
1 canga
2 saídas de praia
1 bolsa de palha ou tecido grande colorida floral
1 bolsa para o dia-a-dia em cor neutra ou colorida
1 carteira pequena para noite
2 cintos (preto e couro natural)
1 chapéu, brincos grandes e coloridos, colares compridos, pulseiras largas, faixas ou lenços para cabelo e óculos de sol.