A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

domingo, 13 de novembro de 2011

Caraguá 40º Graus - estou indo pra lá agora, vamos que vamos.....


Hoje tem Mc. Catra

Conheça os resultado da pesquisa realizada através do Blog do Guilherme Araújo

"Na sua opinião o que os vereadores de Caraguatatuba deveriam fazer"?

Legislar e fiscalizar os seviços públicos e os atos do executivo - 6803

Concordar com todos os atos do prefeito - 2971

Parar de ficar trocando os nomes das ruas - 335

Ir mas vezes na Câmara Municipal de Caraguatatuba - 3126

Para de serem omissos - 4103



Inicio da pesquisa 09.07.2011 á 11.11.2011

Isso vem mostrar que os eleitores estão buscando mas informações e sabendo escolher o que é melhor para Caraguatatuba.

Conheça os resultado da pesquisa realizada através do Blog do Guilherme Araújo

"Você esta satisfeito com o atual prefeito de Caraguatatuba"?

Sim - 3529
Não - 5641
Tanto faz - 2085



Inicio da pesquisa 09.07.2011 á 11.11.2011

Isso vem mostrar que os eleitores estão buscando mas informações e sabendo escolher o que é melhor para Caraguatatuba.

Conheça os resultado da pesquisa realizada através do Blog do Guilherme Araújo

"Que tipo de gestão você votaria nas próximas eleições"?

Atual gestão - 4128 votos
Antiga gestão - 1873 votos
Frente SupraPartidaria - 6539 votos

Inicio da pesquisa 09.07.2011 á 09.09.2011

Isso vem mostrar que os eleitores estão buscando mas informações e sabendo escolher o que é melhor para Caraguatatuba.

Luiz de Paula Amorim, o Peixe, foi preso quando tentavam escapar da Rocinha escoltado por três policiais civis e dois policiais militares

Casas de traficantes na Rocinha têm conforto e luxo  - 2 (Wilton Júnior AE)

asas de traficantes na Rocinha têm conforto e luxo

Casas de traficantes na Rocinha têm conforto e luxo  - 1 (Wilton Júnior AE)

Policiais do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar (Bope) encontraram as casas dos traficantes Nem e Peixe na Favela da Rocinha

Secretaria divulga balanço do 1º dia de operação no RJ

As polícias Civil e Militar prenderam quatro suspeitos e apreenderam 15 fuzis neste domingo, 13, o primeiro dia da Operação Choque de Paz, nas favelas da Rocinha, Vidigal e Chácara do Céu, na zona sul do Rio de Janeiro.
Também foram apreendidas 20 pistolas, uma submetralhadora, duas espingardas, 20 rojões, três granadas, mais 15 mil munição para armas de calibres diversos, 61 bombas artesanais e dois rádios transmissores. Os policiais encontraram 112 quilos de maconha, além de 60 quilos de pasta base de cocaína. Setenta e cinco motos e um automóvel Toyota Hilux foram recuperados. Duas centrais clandestinas de TV a cabo foram fechadas. O balanço sobre divulgado nesta tarde é sobre as apreensões realizadas entre a manhã e às 18 horas.
Os agentes partiram iniciaram a retomada das comunidades de Rocinha, Vidigal e Chácara do Céu às 4 horas. Dezoito blindados dos Fuzileiros Navais, seis blindados 'Caveirão', além de helicópteros blindados e um helicóptero observador que transmite imagens em tempo real através de uma câmera térmica - foram deslocados para permitir um acesso mais seguro das tropas às comunidades. Por volta das 6hs da manhã as forças de pacificação reassumiram o controle de todo o complexo da Rocinha, sem que um único tiro fosse disparado.
A Operação Choque de Paz foi precedida por outras ações antes da ocupação deflagradas ao longo de duas semanas. Nesse período, as polícias Militar, Civil, Federal e Rodoviária Federal 37 pessoas foram presas - entre eles 1 policial militar e 3 policiais civis - e 7 menores apreendidos. Entre os detidos, estão os líderes de facções Antônio Francisco Bomfim Lopes, o 'Nem'; Anderson Rosa Mendonça, o 'Coelho'; Varquia Garcia dos Santos, o 'Carré'; e Sandro Luis de Paula Amorim, o 'Peixe'. Oito suspeitos morreram em trocas de tiros com os agentes.
Grande quantidade de drogas foi capturada pela Polícia Militar nessas operações, totalizando 3.086 sacolés de cocaína, 1.519 pedras de crack, 355 papelotes de cocaína e 537 trouxinhas de maconha. Dois automóveis e oito motos também foram apreendidos, além de 46 armas, 10 granadas e 32 artefatos caseiros.

Pescadores podem ganhar fábrica de gelo e caminhão frigorífico

A convite do vereador PH, o superintendente da Pesca no Estado, Antonio Carlos Diniz, veio a São Sebastião, na última quinta-feira (10/11), se reunir com a comunidade pesqueira do bairro do São Francisco. O encontro serviu, basicamente, para que os pescadores apresentassem suas reivindicações. Duas delas estão próximas de serem atendidas.
Diniz assumiu o compromisso, em nome do Ministério da Pesca, de doar um caminhão frigorífico para o município. O veículo seria utilizado no transporte do pescado para comercialização nos entrepostos da capital paulista.
Segundo explica o diretor da Colônia de Pesca de São Sebastião, Julio César Serpa, o consumo interno não absorve toda a produção. “Ficamos nas mãos de atravessadores que cobram frete caríssimo e nem sempre estão disponíveis para realizar a viagem”, comenta Serpa.
Para que a doação seja concretizada, basta apenas que a Prefeitura encaminhe a documentação necessária, cedendo um motorista e se responsabilizando pela manutenção do veículo.
Diniz aproveitou também para manifestar o interesse do Ministério em instalar uma fábrica de gelo no município, com capacidade para produzir até sete toneladas por dia. Segundo informou representantes do Departamento de Pesca da Prefeitura, uma área já foi desapropriada com esta finalidade, faltando apenas o aval da Cetesb.
A estrutura permitiria aos pescadores baratearem as despesas. Hoje, o gelo utilizado para conservação do pescado no bairro do São Francisco vem de Ubatuba.
O assunto será levado ao plenário da Câmara na próxima sessão. Por meio de requerimento, PH pede agilidade nas providências a serem tomadas pela Prefeitura para que o Ministério da Pesca possa atender ambas as reivindicações.
“No mês passado, fui recebido pelo ministro em Brasília onde tivemos a oportunidade, junto com a Colônia, de relatar as dificuldades da comunidade pesqueira de São Sebastião. Agora, o superintendente no Estado aceitou nosso convite e nos deixou confiante de que a categoria será contemplada com estas melhorias”, avalia PH.
A reunião no bairro do São Francisco foi acompanhada também por representantes das colônias de Caraguatatuba, Ubatuba e Ilhabela. Após o término, PH levou o superintendente para conhecer a cooperativa de Pesca e a área destinada para a fábrica de gelo.

Todos querem ser rei

O jogo do Brasil contra o Gabão, em um horroroso gramado, um pântano, foi um desrespeito ao futebol brasileiro. Uma vergonha. Foi bom para a CBF, que faturou muito, e para o presidente do Gabão, que se divertiu com o poder.

Romário roeu o roto

Romário roeu a roupa, a fatiota e a hipocrisia de dois dos reis rotos da cartolagem no mundo e no país --o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, e o presidente da CBF e do COL, Ricardo Teixeira.

Feijão com arroz e inflação

O governo Dilma vai entrar em seu segundo ano com um problema para o qual as soluções são esdrúxulas ou incompatíveis entre si.

Ricky Martin fecha turnê mundial em sua terra natal, Porto Rico

O cantor porto-riquenho Ricky Martin terminou neste sábado em sua terra natal a turnê mundial "Música + Alma + Sexo", após oito árduos meses e ao redor de cem apresentações na América Latina, Europa e América do Norte.


O show, realizado no Coliseo de Puerto Rico José M. Agrelot de San Juan, começou da mesma maneira que Martin fez com sua turnê, com a apresentação de um vídeo do artista se livrando de correntes, como um exemplo de liberdade.


Martin, de 39 anos, começou seu repertório com "Será, será", que faz parte de seu último disco, que tem o mesmo nome da turnê.


"Sem medo Porto Rico, é preciso viver", foram as primeiras palavras de Martin ao terminar sua primeira música, para continuar com "Dime si me quieres", um de seus primeiros sucessos em carreira solo depois de fazer parte do grupo juvenil Menudo na década de 80.


O próximo compromisso de Martin será iniciar os ensaios de seu papel do revolucionário argentino Ernesto "Che" Guevara para a obra musical "Evita", que começará a ser apresentada a partir de janeiro so ano que vem em Nova York.

Henderson vence "esquenta" para combate de Cigano e lutará pelo cinturão dos leves

O card preliminar do UFC on FOX, evento que teve como luta principal o campeão Cain Velásquez sendo desafiado por Júnior Cigano, terminou com um duelo intenso. Na luta entre os cabeludos Ben Henderson e Clay Guida, o primeiro levou a melhor e, de quebra, ganhou a chance de lutar pelo cinturão dos pesos leves do Ultimate.
Tanto Guida, ex-campeão do Strikeforce, quanto Henderson, que já deteve título do WEC, vinham de séries de vitórias. O combate foi o melhor da noite nas preliminares, mesmo com Henderson dominando todos os rounds.
"Foi muito difícil, ele é um cara esquisito, cheio de energia, mas consegui a vitória", disse Ben, que já chamou para a luta o campeão dos leves Frankie Edgar. "Frankie, temos um encontro. Vamos lá!."
Frankie Edgar venceu Gray Maynard em outubro, no UFC 136, mantendo o seu cinturão. A organização do Ultimate já havia anunciado como próximo rival o vencedor da luta deste sábado em Anaheim.
Durante toda a disputa, Henderson conseguiu se manter no controle, apesar de algumas ameaças de Guida. O ex-campeão do Strikeforce conseguiu algumas tentativas de estrangulamento e alguns golpes certeiros, mas também foi balançado pelo oponente, mostrando sua habitual garra para se manter de pé até o final.
No restante da noite, o card preliminar teve um início frio, com três lutas sendo encerradas por pontos até o primeiro nocaute, de Robert Peralta sobre Mackens Semerzier. O curioso é que os lutadores bateram cabeças, e Semerzier levou a pior, não conseguindo se recuperar e forçando o árbitro a encerrar o combate mais cedo.
Duas belas finalizações vieram com Dustin Poirier e Ricardo Lamas, sendo o último em um katagatame que não deu escapatória para Cub Swanson.
Veja os resultados da noite
Leves: Ben Henderson (EUA) vence Clay Guida (EUA), por pontos
Penas: Dustin Poirier (EUA) vence Pablo Garza (EUA), por finalização no 2º round
Penas: Ricardo Lamas (EUA) vence Cub Swanson (EUA), por finalização no 2º round
Meio-médios: DaMarques Johnson (EUA) vence Clay Harvison (EUA), por nocaute técnico no 1º round
Galos: Darren Uyenoyama (EUA) vence Norifumi Yamamoto (JAP), por pontos
Penas: Robert Peralta (MEX) vence Mackens Semerzier (EUA), por nocaute técnico no 3º round
Galos: Alex Caceres (EUA) vence Cole Escovedo (EUA), por pontos
Meio-médios: Mike Pierce (EUA) vence Paul Bradley (EUA), por pontos
Meio-pesados: Aaron Rosa (EUA) vence Matt Lucas (EUA), por pontos

Afrah Modas tem novidades e coleção novíssima....






Cigano nocauteia em 1min, fatura cinturão e dá show na festa de 'maioridade' do UFC

Júnior Cigano teve na madrugada deste domingo seu desafio mais difícil, mas precisou de apenas um minuto para provar seu valor. O catarinense conquistou o cinturão dos pesos pesados do UFC, em Anaheim, com um nocaute em apenas um minuto de luta. Contra o campeão da categoria, o norte-americano Cain Velásquez, o brasileiro acertou um cruzado de direita e levou ao chão seu rival, não dando chances ao dono da casa de reagir. Foi o encerramento do UFC on FOX, a estreia do evento nas TVs abertas dos EUA e na Rede Globo no Brasil, e aniversário da primeira edição, há exatos 18 anos.

O lutador brasileiro inicou o combate sofrendo com os chutes de Velásquez, que na primeira tentativa tentou derrubar Cigano, como era esperado. Mas o catarinense escapou e, mantendo a luta em pé, não demorou a dar um soco certeiro, na lateral da cabeça de Velásquez. Bastou partir para cima de Velásquez, já no chão, e "martelar" o campeão, forçando o encerramento do combate a 1min04s do primeiro assalto.
Foto 15 de 33 - Júnior Cigano tenta acertar Cain Velásquez na vitória por nocaute que o levou ao cinturão dos pesados do UFC; brasileiro nocauteou em apenas um minuto e venceu o então campeão do Ultimate, quebrando sua invencibilidade AP Photo/Jason Redmond
"Não tenho palavras para descrever. Foi o cara mais difícil que já enfrentei. Quero agradecer meu time, minha equipe e família. Tem muita gente boa perto de mim. Muito obrigado", agradeceu Cigano, que ainda no octógono se emocionou e caiu nas lágrimas após a vitória.
Com a vitória deste domingo, Cigano é o segundo campeão dos pesos pesados pelo Brasil dentro do UFC desde a criação das categorias de peso atuais. Ele igualou um de seus maiores mestres no MMA, Rodrigo Minotauro, que já deteve o cinturão interino do UFC, em 2008. O baiano foi um dos grandes apoiadores na carreira de Cigano, desde o início em Salvador.
Além disso, Júnior Cigano se junta a outros dois brasileiro campeões do UFC: Anderson Silva, detentor do cinturão dos pesos médios, e José Aldo, o melhor peso pena do evento.
Júnior Cigano teve uma ascensão meteórica no MMA. Há apenas seis anos, o catarinense de Caçador era garçom na cidade de Salvador. Após iniciar no jiu-jítsu, ele foi encaminhado ao professor de boxe Luis Dórea - mestre de Popó - e acabou se achando nas artes marciais mistas.
Antes desta noite, ele realizou 14 lutas, com apenas uma derrota. Desde a entrada no UFC, haviam sido sete vitórias. Entre eles, nomes fortes como Fabrício Werdum, Roy Nelson e Cro Cop, até bater Shane Carwin no UFC 131 e ganhar a chance de disputar o cinturão de Velásquez.
O norte-americano, lutando com torcida a favor em Anaheim por sua origem mexicana, fez sua primeira defesa de cinturão, após vencer Brock Lesnar, em outubro de 2010. Ele chegou ao UFC on FOX invicto, com nove vitórias, mas enfrentando dúvidas, por se recuperar de uma cirurgia no ombro. Não foi a técnica ou a parte física que definiram, mas o golpe fulminante do oponente brasileiro
UFC entra na maioridade e celebra chegada ao “mainstream”
A programação deste sábado foi especial para o UFC, e não só pelo aniversário de 18 anos da organização criada pelo brasileiro Rorion Gracie. O detalhe fundamental foi a entrada do Ultimate na TV aberta dos Estados Unidos, por meio da FOX, uma das grandes emissoras do país. Este combate pelo cinturão foi apenas um “aperitivo”, já que o contrato entre as partes valem apenas a partir de janeiro. No Brasil o mesmo aconteceu, com a entrada da Rede Globo, que escalou seu narrador mais importante para a transmissão, Galvão Bueno - Vitor Belfort foi o comentarista.
O UFC foi uma invenção de Rorion Gracie, um lutador de jiu-jítsu que queria provar que a sua arte marcial poderia vencer as outras lutas. Assim, ele criou uma competição que tinha a intenção de confrontar nomes de diversos estilos. A primeira edição aconteceu em 12 de novembro de 1993, em Denver, e Royce - irmão de Rorion - venceu três rivais na mesma noite para ficar com o título.
Por anos, o esporte ainda conhecido como vale-tudo sofreu para romper as barreiras do preconceito e chegar ao grande público. O estabelecimento de regras, limite de tempo e até a mudança de nome da modalidade para MMA, sigla para artes marciais mistas, foram fundamentais na jornada.
Um fator importante foi a venda da organização na virada do milênio. O UFC era avaliado em US$ 2 milhões nesta época e depois da compra pelos irmãos Fertitta, colocando Dana White como presidente, o valor já chega a US$ 2 bilhões, com o sucesso do evento liderada por estrelas como Anderson Silva, Georges St-Pierre e, mais recentemente, Jon Jones.

Afrah Modas tem novidades e coleção novíssima....





Beleza natural

Brasil tem um novo CAMPEÃO

Afrah Modas tem novidades e coleção novíssima....