A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

quinta-feira, 11 de julho de 2019

Por que a Bolsa caiu após a aprovação da Previdência em 1º turno

Câmara aprova reforma da Previdência em 1º turno.principal índice da bolsa fechou no vermelho no dia seguinte à aprovação da reforma da Previdência em 1º turno na Câmara, quebrando uma rara sequência de 5 dias de alta. Não deveria ser o contrário? Para analistas do mercado, a ressaca já era esperada. Mesmo com uma perspectiva positiva para o longo prazo, uma combinação de fatores explica essa quebra de euforia das últimas semanas.
Ibovespa fechou em baixa de 0,63% nesta quinta-feira (11), aos 105.146 pontos, afundado principalmente por ações do setor bancário (Banco do Brasil, Itaú e Bradesco). Já o dólar cedeu 0,19%, a R$ 3,7515 reais, acompanhando a baixa para a moeda no exterior. Foi a menor cotação desde 27 de fevereiro.

“Sobe no boato, cai no fato”

A explicação mais óbvia para a queda do Ibovespa é o famoso “sobe no boato, cai no fato”, diz o especialista em ações da Levante Investimentos, Eduardo Guimarães. No último mês, o Ibovespa acumulou valorização em torno de 8% ancorado por expectativas de que a reforma seria mesmo aprovada. No ano, o indicador subiu quase 20% na véspera.
No movimento de ajuste, os investidores aproveitam para vender seus papéis após um período de forte valorização dos ativos – seguindo a recomendação de comprar na baixa e vender na alta. “É um saudável e esperado momento de realização de lucros”, diz Guimarães.
À agência Reuters, o gestor de portfólio Guilherme Foureaux, sócio na Paineiras Investimentos, lembrou que não se pode esquecer que a bolsa subiu de 95 mil para 105 mil em poucos dias.
A correção tende a ser breve, especialmente diante da perspectiva de que a reforma, assim que aprovada de forma definitiva, deve facilitar o início de um ciclo de recuperação econômica e reequilíbrio das contas públicas, principal vetor para atrair investimentos estrangeiros.
O assessor de investimentos da Improve, Luiz Mariano de Rosa, acredita que a partir de agora os investidores começam a ficar mais seletivos com os papéis, avaliando com mais atenção quais deles estão caros ou baratos. “Tudo o que aconteceu de bom até agora na bolsa já está no preço”, diz.

Risco de desidratação assusta

Outro motivo para a cautela é o fato de que os parlamentares ficaram de apreciar 20 destaques do texto-base da reforma que tratam de condições especiais para policiais e mulheres. A depender do resultado, as mudanças poderiam desfigurar parte da proposta e reduzir a economia prevista para os próximos 10 anos em cerca de R$ 300 bilhões, podendo jogar um balde de água fria no mercado.
“A vantagem por muitos votos no placar do texto base foi importante, mas a desidratação da reforma através dos destaques ainda é possível, resultado de insatisfações com o Planalto, que ainda não teria atendido às promessas que fez aos deputados”, escreveram analistas da XP em relatório.

Projeções otimistas até o fim do ano

Se as projeções de analistas e gestores de recursos se confirmarem, a Bolsa brasileira encerrará 2019 em um ciclo bastante virtuoso, atingindo patamares inéditos. Apesar da correção vista hoje, o mercado vê um potencial de forte alta para os próximos meses e ao longo de 2020.
Em relatório enviado nesta manhã, o Bank of America Merrill Lynch reforçou que projeta o Ibovespa a 120 mil pontos no final do ano. O banco destacou que a aprovação da reforma previdenciária ainda em 2019 poderia desencadear um ‘re-rating’ do Ibovespa, enquanto o corte nos juros neste ano continuaria a transferir fluxo de recurso para ações.
A equipe da XP vê potencial um pouco mais modesto, de 115 mil pontos até o final do ano e 140 mil até o final de 2020. “Existe incerteza ainda quanto ao calendário [do restante da reforma], mas os riscos estão sendo cada vez mais mitigados, e vemos este momento como transformacional para o país”.
O Bradesco BBI revisou o preço-alvo do índice de 116 mil para 122 mil pontos até o final do ano, um “upgrade” de 15% em relação ao nível atual. “Nossa base agora prevê a implementação de uma forte medida fiscal, com o prêmio de risco em 1 ano convergindo para a média histórica”, escreveram analistas a clientes.

Navio do JP Morgan foi apreendido com 18 toneladas de cocaína nos EUA

EUA: a embarcação havia saído do Chile e seu destino era a Europa
Um navio de carga apreendido por autoridades norte-americanas em junho, com 18 toneladas de cocaína, era controlado pelo banco JP Morgan Chase. A embarcação estava ancorada perto do porto de Filadélfia, na Pensilvânia, Estados Unidos e foi detida pelas autoridades de alfândega.

Bolsonaro afirma que pode indicar filho para embaixada nos EUA

O presidente Jair Bolsonaro afirmou, nesta quinta-feira, 11, que decidiu convidar um de seus filhos, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), para assumir a Embaixada do Brasil nos Estados Unidos. A decisão, segundo o presidente, depende apenas do “sim” de Eduardo, que estuda a possibilidade de ter que renunciar ao mandato parlamentar para assumir a função de embaixador.

“Imagina o filho do Macri (Maurício Macri, presidente da Argentina) aqui (no Brasil) como embaixador da Argentina. Teria tratamento diferenciado. Está no meu radar, sim, e, no meu entender, poderia ser uma pessoa adequada e daria conta em Washington”, declarou Bolsonaro aos jornalistas em uma entrevista coletiva concedida ao final da solenidade de posse do novo diretor-geral da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Alexandre Ramagem.

TV Senado ao vivo - CCJ: audiência com o jornalista Glenn Greenwald - 11...

Desgovernou o trem....

Alguém conhece a empresa J A Soluções que está prestando serviços para a prefeitura através do serviço de CALL CENTER para a ouvidoria?

1. Quem são os sócios?
2. Qual o capital social desta empresa?
3. Qual o valor do contrato com a prefeitura de Caraguatatuba?
4. Quais as empresas que participaram da licitação para a prestação deste serviço?

Espero que o secretário municipal de administração senhor Pedro Ivo de Sousa Tau possa responder ou que alguém habilitado se pronuncie.

O mais interessante que a antiga empresa que prestava serviço para a ouvidoria não teve o contrato renovado por contenção de despesas e agora a prefeitura contrata uma empresa por um valor acima...

#PodeIssoArnaldo?

#DesgovernouTudo

#PraCegoVer