A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

quinta-feira, 7 de junho de 2012

Movimento de pescadores tradicionais lança movimento por criação de territórios exclusivos para pesca artesanal

Brasília - Pescadores artesanais de várias partes do país deram início, hoje (5), em Brasília (DF), à campanha Território Pesqueiro: Biodiversidade, Cultura e Soberania Alimentar do Povo Brasileiro.

Organizada pelo Movimento dos Pescadores e Pescadoras Artesanais do Brasil (MPPB), a iniciativa visa recolher, até 2015, 1,3 milhão de assinaturas favoráveis à aprovação, pelo Congresso Nacional, de uma lei de iniciativa popular que reconheça e garanta o direito das comunidades pesqueiras tradicionais sobre os territórios onde vivem e de onde retiram seu sustento.

O movimento espera que, com a aprovação de uma lei específica, os territórios tradicionais pesqueiros passem a ser vistos como patrimônio cultural material e imaterial, estando, portanto, sujeitos à proteção especial contra especulação imobiliária e instalação de grandes projetos econômicos que limitem ou interfiram nas atividades já desenvolvidas por pescadores artesanais.

Segundo o texto do projeto, ao qual a Agência Brasil teve acesso, com a eventual aprovação da lei, os integrantes das comunidades tradicionais teriam garantido o acesso e o usufruto preferencial aos recursos naturais de toda a extensão de terra ou de corpos d´água onde vivam e trabalhem, assim como daqueles que sirvam de abrigo para espécies marítimas ou em que haja recursos necessários à preservação do modo de vida característico dos pescadores artesanais.

Ainda de acordo com o projeto elaborado pelo movimento, caberia às próprias pessoas se identificarem como integrantes de uma comunidade de pescadores tradicionais. Feito isso, os profissionais seriam inscritos por meio de um mecanismo denominado Cadastro Geral das Comunidades Tradicionais Pesqueiras, cuja criação também está prevista no projeto de lei popular, que, conforme propõe o movimento, ficaria sob a responsabilidade do Ministério da Cultura.

Entre vários outras coisas, o projeto ainda estabelece que os territórios tradicionais sejam reconhecidos como áreas de preservação e de relevante interesse social, cultural e ambiental, cabendo ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) retirar os ocupantes que não façam parte da comunidade pesqueira. A exemplo do que já ocorre com reservas indígenas e quilombos, também caberia ao Poder Público, quando necessário, desapropriar, por interesse social, imóveis urbanos e rurais.

Presente ao lançamento da campanha, o ministro da Pesca, Marcelo Crivella, disse à Agência Brasil que algumas das propostas contidas no projeto de lei elaborado pelo movimento podem ser colocadas em prática.

"Acho que podemos chegar a um acordo. É possível mantermos os direitos dos pescadores tradicionais, sem paralisar o Brasil. [A criação de] Territórios, por exemplo, eu acho que poderia ser o primeiro artigo de uma lei de compensação. O que não pode ocorrer é que grandes empreendimentos compensem quem não precisa, enquanto o pescador artesanal é prejudicado", disse o ministro, assegurando que sua prioridade à frente do ministério é dar maior atenção à pesca artesanal. O segmento responde por cerca de 70% do pescado consumido no país e por 45% da produção total.

"É o pescador artesanal quem está realmente precisando que o ministério, por meio de políticas públicas, atenda suas necessidades", disse o ministro pouco antes de deixar o Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade. Desde ontem (4), cerca de 2 mil pessoas de várias partes do país se reúnem no local, dormindo em barracas de camping ou sobre colchões, em meio a faixas de protesto contra grandes empreendimentos de aquicultura, construção de barragens e hidrelétricas, descarte de resíduos industriais em rios, falta de assistência técnica para pescadores, artigos do Código Florestal, entre outras reivindicações.

"O ministro foi humilde quando tomou posse [no cargo] e disse que não sabia colocar uma minhoca no anzol. Pois estamos aqui para ensinar ele a trabalhar de acordo e fortalecer a pesca artesanal brasileira. Não queremos ser obrigados a mudar de profissão. Queremos ser ouvidos e opinar sobre o que vai ser feito com as áreas pesqueiras do país. Quem for aquicultor, que seja, mas que não venham destruir a pesca artesanal dizendo que não há mais peixes nos rios e no mar", disse a pernambucana Maria das Neves dos Santos, a Maria das Águas, uma das lideranças do movimento.

Pescador há 58 anos, o baiano Geraldo Dias de Souza, mencionou a construção da barragem de Sobradinho, na Bahia, durante a década de 1970, como exemplo dos efeitos de alguns projetos para as comunidades tradicionais.

"Fomos enganados. Disseram que iam nos dar terras, casas, garantir a sustentabilidade dos agricultores e pescadores, mas nunca mais conseguimos recuperar o que tínhamos. Antigamente, com pouca linha, nós pegávamos bastante peixe. Hoje, com muito mais linha, não conseguimos nem uma parte daquela mesma quantidade de pescado", disse Souza.

Dos cerca de 970 mil profissionais de pesca licenciados até setembro de 2011, 957 mil são autônomos, ou seja, não têm vínculos empregatícios com empresas ou donos de embarcações, podendo ser classificados como artesanais. Já a pesca industrial, caracterizada pelo uso de embarcações de médio e grande porte e pela relação empregatícia entre armadores e trabalhadores, envolve 40 mil profissionais somente no setor de captura.

Cordialmente,
Rede Crivella

Região tem poucas reservas para o feriado, mas movimento pode surpreender

De acordo com o Sindicato de Hoteis e Pousadas do Litoral Norte, o número de reservas turísticas para o feriado de Corpus Christi ainda é baixo. Segundo o integrante da entidade, José Carlos de Souza, a tendência é de que a visitação turística nesta data não seja realmente tão intensa.
“Pela consulta que fizemos a maioria dos estabelecimentos está com pouca reserva para o feriado, com exceção daqueles que conseguiram algum grupo. Mas essa situação não foge muito das nossas perspectivas, pois essa é uma época sem tanto calor e que já começamos a sofrer com a concorrência da temporada de inverno nas cidades de montanha”, ressalta José Carlos, acrescentando que, apesar das poucas reservas, o feriado de Corpus Christi pode surpreender.
“Na verdade, nesse período a visitação no litoral acaba ocorrendo de última hora. O pessoal fica aguardando uma previsão de tempo mais precisa com relação aos dias de folga, afinal, se não estiver previsto muito frio, alguns podem até desistir das montanhas. Além disso, eles sabem que os hotéis não estão lotados nas praias e acabam deixando para decidir a estadia quando já estão por aqui”, explica o representante do Sindicato de Hotéis e Pousadas do Litoral Norte.
No último feriado prolongado (1º de maio) a movimentação turística da região já apresentou tendência de redução na comparação com as folgas anteriores. O tempo mais chuvoso a partir de abril também colaborou para a queda no número de turistas.
A presidente da Associação de Pousadas e Hotéis de Caraguatatuba, Francis Ferreira Silva, disse que a expectativa é boa quanto ao feriado prolongado de Corpus Christi.
“Até o começo da semana era uma ocupação de 50% nos 23 estabelecimentos da cidade. Se tiver sol, podemos ter um feriado muito bom”.
Francis destacou o trabalho realizado em parceria com Sabesp do Litoral Norte em relação ao atendimento dos associados da entidade.
“Há uns quatro anos registrávamos problemas de desabastecimento de água em épocas de feriados e alta temporada. Definimos uma ação conjunta e essa parceria surtiu um efeito extremamente positivo. Não temos mais registros de falta de água”, salienta.
Francis observou os investimentos feitos pela Sabesp em relação ao abastecimento de água e também ao esgoto.
“Não temos registros de problemas com água. E os investimentos em esgoto têm ocorrido de forma sistemática, o que dá boa qualidade de balneabilidade em nossas praias. Turista vem quando tem sol e praias limpas”, explica.
E o que era uma preocupação, se tornou tranquilidade.

Construtora inicia fundação do Hospital da Costa Sul e neste mês primeira laje será erguida

Nesta semana, a Administração de São Sebastiao iniciou a concretagem da fundação do Hospital da Costa Sul do município, localizado em Boiçucanga. De acordo com a empresa responsável pela obra, a CDG Construtora Ltda, serão utilizados 285 m³ de concreto nos blocos e baldrames e 101 m³ nas paredes e no reservatório. Logo em seguida, a firma começará a erguer o prédio e o engenheiro responsável, Aylton Assumpção, acredita que o serviço chegue até a primeira laje neste mês.
Recentemente, os armadores, carpinteiros e ajudantes trabalharam na confecção de 1.646 m² de baldrames, 279 m² de blocos e 780 m² de cortinas, além do reservatório e paredes do subsolo. A empresa cravou no terreno 305 estacas, sendo uma parte de concreto e outra metálica.
Para a construção do prédio, serão necessários aproximadamente 180 mil quilos de aço, os quais estão no canteiro de obras. Até o momento, mais de 30 mil quilos foram usados no empreendimento.
Orçada em pouco mais de R$ 12 milhões, a estrutura do equipamento hospitalar terá 4.780 m² de área construída, sendo 606 m² de pavimento inferior, 1.862 m² para o térreo, 1.975 m² de pavimento superior e 335 m² de ático.
Dentre as instalações do hospital estão: 65 leitos, UTI Neonatal, salas de parto, berçário, consultórios de atendimento médico, pronto atendimento, salas cirúrgicas, UTI para até sete leitos, entre outras. A obra está situada na avenida Walkir Vergani, próxima ao Pronto Atendimento de Boiçucanga, o qual será desativado quando a empresa concluir os trabalhos do investimento idealizado pela atual gestão.

Pouco mais de 120 mil veículos devem descer para feriado prolongado

Teve início a meio-noite de hoje a “Operação Corpus Christi” nas rodovias estaduais e federais que cortam ou dão acesso para as cidades do Litoral Norte. A estimativa das polícias rodoviárias é que pouco mais de 120 mil carros devem seguir para a região. Mesmo assim, um intenso sistema de fiscalização foi montado para evitar motoristas em alta velocidade e mesmo alcoolizado.
O comandante interino da 3ª Companhia da Polícia Rodoviária, em Taubaté, tenente Milton Luis da Silva Farias adverte que os horários com maior fluxo previstos são das 16h às 24 horas de hoje e das 7h às 16h de amanhã. Por isso, a orientação é que quem for viajar, procure fazer antes ou após este período.
Ainda conforme a polícia, na rodovia Rio-Santos (SP-55) os motoristas poderão contar com apoio do policiamento rodoviário na Base Operacional do Policiamento Rodoviário situada no Km 83+200m, além de viaturas distribuídas ao longo do trecho. A grande movimentação de pedestres (banhistas) e ciclistas ao longo de todo o trecho da rodovia demanda cautela por parte do motorista.
Na Rodovia dos Tamoios (SP-99), está proibido o tráfego de caminhões das 18h às 24h de hoje e 8h às 12h de amanhã e sexta-feira, no sentido litoral; e no domingo, no retorno, das 15h às 23h no sentido Vale do Paraíba.
Pela Rodovia Oswaldo Cruz (SP-125), que liga Taubaté a Ubatuba no trecho de serra (entre os km 79 ao 85) a orientação é que o motorista desça com o veículo engrenado em 1ª ou no máximo em 2ª marcha, para não ocorrer o risco de ausência de freios. Nesta via também há restrições quanto ao trânsito de caminhões e ônibus no trecho de serra.
Conforme o comandante, nas rodovias do Vale do Paraíba, Serra da Mantiqueira, Litoral Norte e Carvalho Pinto serão empregados cerca de 200 policiais militares rodoviários e 50 viaturas, incluindo motocicletas. Serão utilizados radares fotográficos que permitem mobilidade na fiscalização, além de etilômetros convencionais e passivos.
O tema da campanha educativa da operação neste ano é “Álcool e direção não combinam”. Material informativo e brindes serão distribuídos nas bases operacionais do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) das principais rodovias que dão acesso ao litoral. A intenção é aproveitar o feriado, período em que as estradas ficam mais movimentadas, para conscientizar os motoristas. Além disso, a fim de reduzir o número de acidentes e vítimas, a Polícia Militar Rodoviária terá atenção especial à fiscalização do consumo de bebidas alcoólicas.

Balsa


A Dersa - Desenvolvimento Rodoviário S/A prevê aumento médio de 3% no tráfego de veículos nas Travessias Litorâneas nos feriados de Corpus Christi, entre hoje e domingo, em comparação com o mesmo período do ano passado, onde são esperados mais de 130 mil veículos.

Desse total, a expectativa é que 15.500 veículos passem pela travessia São Sebastião/Ilhabela, onde cinco balsas operarão no sistema bate-volta. Para evitar transtornos, a Dersa orienta para que os usuários desse sistema evitem os horários entre 10h e 13h e 17h às 20h, quando o tempo de espera de embarque tende a ser maior devido à concentração de veículos na entrada e saída da ilha, respectivamente.

São Sebastião, Ilhabela e Caraguá recebem mais de R$ 13 mi do Governo do Estado para obras de infraestrutura

Representantes das cidades de São Sebastião, Ilhabela e Caraguatatuba assinaram esta semana convênio com o governo do Estado para o recebimento de verbas que chegam a mais de R$ 13 milhões. Esses recursos devem ser usados em obras de infraestrutura, em especial, calçamento e pavimento de vias.
A maior verba é destinada para Caraguá e vem de recursos do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias (Dade), órgão da Secretaria de Turismo. O município vai receber mais de R$ 6,8 milhões para fazer a pavimentação, guias e sarjetas em diversas ruas do bairro Pontal Santa Marina. Há anos a comunidade solicita pavimentação das vias que são tomadas por crateras.
O município de São Sebastião será contemplado com mais de R$ 6,3 milhões que serão aplicados na revitalização de ruas de interesse turístico. Na última segunda-feira o prefeito Ernane Primazzi esteve na sede do Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, onde foi assinar o convênio com o Dade. Segundo ele, as obras deste novo convênio serão iniciadas no final de julho. Mais seis ruas do Centro Histórico receberão troca de piso, calçadas, acessibilidade, além da instalação subterrânea de toda a rede elétrica.
As vias contempladas neste convênio são Capitão Luiz Soares, trecho entre a Antônio Januário do Nascimento e João Batista Fernandes; Duque de Caxias; Expedicionário Brasileiro, trecho entre a Cândido Mota e Capitão Izidoro Feliciano da Silva; Almirante Nogueira e General Osório.
Para o prefeito Ernane, as verbas destinadas ao desenvolvimento do turismo na cidade representam a preocupação da atual administração com a preservação patrimonial e cultural da cidade.
Em Ilhabela, um recurso de R$ 120 mil será liberado pela Secretaria Estadual de Planejamento para a pavimentação da Via Panorâmica, uma rua que fica entre o bairro do Itaquanduba e o Morro da Cruz. Conforme o prefeito Toninho Colucci, a verba foi indicação da deputada do PV, Regina Gonçalves e a licitação já está aberta, com previsão de começar a obra entre julho e agosto deste ano.

Carolina Portaluppi pede dois apartamentos ao pai para não posar nua.



(Crédito da foto - Jornal Extra/Ensaio fotográfico de Carolina Portaluppi) 
Fiquei sabendo - A modelo Carolina Portaluppi, de 18 anos, filha do ex-jogador Renato Gaúcho, revelou que dribla com elegância a desconfiança do pai desde que iniciou a carreira de modelo. Depois que o ex-jogador declarou que cobre proposta de qualquer revista para não ver a filha nua, a jovem revela na série "Filhas campeãs", da "Quarta Extra", que não irá aliviar o ex-jogador da "dívida": "Vou cobrar. Quero dois apartamentos. Um na Zona Sul e outro em Nova York".
(Crédito da foto - Jornal Extra/Ensaio fotográfico de Carolina Portaluppi) 

Menino de 2 anos acorda e pede água durante seu próprio velório em Belém.

Sem explicação? Segundo informações da coluna "cotidiano", da Folha On-line, uma criança de dois anos acordou, sentou no caixão e bebeu um copo de água durante seu próprio velório no sábado (2), em Belém, segundo parentes e pessoas presentes no local. Depois disso, o menino Kelvys Simão dos Santos foi levado para o hospital, mas chegou morto.

A Polícia Civil do Pará investiga se houve erro médico na declaração da "primeira morte", mas, na ilha de Cotijuba, em que o fato ocorreu, há quem diga que foi um milagre ou algo sobrenatural. Havia cerca de 50 pessoas no velório.

Kelvys foi internado em um hospital estadual com febre e falta de ar na sexta-feira (1). À noite, o hospital constatou a morte da criança. A declaração de óbito aponta como causa da morte insuficiência respiratória, broncopneumonia e desidratação.

As cavidades de seu corpo foram tamponadas e Kelvys foi colocado em um "lençol de cadáver", que é uma espécie de saco plástico, para depois ser levado à funerária.
Segundo o hospital, ele passou cerca de três horas sem poder respirar. A família, porém, diz que retirou os algodões de suas narinas e boca e abriu o saco plástico.

Durante o velório, segundo a pastora Maria Raimunda Batista, ele "estava se mexendo o tempo todo".

O pai do menino, o agricultor Antônio dos Santos, diz que por volta das 14h as pessoas presentes começaram a fazer massagem cardíaca no menino, até que ele cuspiu restos de algodão que haviam sido colocados em sua boca.

Logo depois, diz, o menino sentou no caixão e disse "Pai, água".
"O povo entrou em pânico, a avó dele desmaiou. O pai e a mãe dele ficaram muito felizes", disse a pastora. O menino foi levado ao hospital imediatamente, segundo o pai, mas já chegou morto.

Vídeo registra últimos momentos do executivo Marcos Kitano Matsunaga.


Imagens de câmeras de segurança do prédio onde moravam Marcos Kitano Matsunaga, 42, e sua mulher, Elize Ramos Kitano Matsunaga, 38, registraram os momentos anteriores ao assassinato do empresário. 

Divulgadas pela polícia civil, as imagens mostram o casal no elevador, com a filha; depois, Marcos sozinho, levando uma embalagem de pizza; e ao final Elize, deixando o prédio, por outro elevador, carregando três malas. Ela confessou, nesta quarta-feira (6), que matou o marido com uma pistola e depois esquartejou o corpo da vítima, sem ajuda de ninguém.

Elize diz que usou uma faca de 30 cm para cortar o corpo de 'Marcos Kitano Matsunaga' em pedaços.

Polícia Civil afirmou que Elize Matsunaga confirmou a versão dada no depoimento em que confessou ter matado o próprio marido. Segundo o delegado, Mauro Dias, as informações serão confrontadas com outras provas. — Agora vai ser confrontado com outras provas que a gente tem e a gente vai saber a verdade real.

Os peritos da Polícia Civil usaram um boneco do tamanho de um adulto para simular o corpo da vítima. Vestígios de sangue foram colhidos nos locais indicados por Elize e o material será encaminhado ao Instituto de Criminalística para exames de DNA. 

Ricardo Salada, um dos peritos que acompanhou Elize durante a simulação disse que ela se manteve calma durante todo o tempo e não se incomodou em dar detalhes sobre o crime. Ela teria se emocionado apenas quando falou da filha do casal.

O esquartejamento - Elize Matsunaga mostrou à polícia a sala onde teria dado um tiro na cabeça do marido por volta das 20h do dia 19 de maio, após uma discussão. Em seguida, ela indicou o trajeto por onde o arrastou até o quarto de hóspedes, uma distância de cerca de 15 m. O instrumento usado para cortar o corpo em pedaços, cerca de 10 horas depois, foi uma faca de cerâmica com lâmina de 30 centímetros.

A mulher também mostrou o trajeto que fez com as três malas usadas para guardar as partes do corpo do empresário. Uma nova reconstituição do crime deverá acontecer em Cotia, onde os restos mortais foram espalhados. Elize também deverá participar desse trabalho, que ainda não tem data para acontecer.

Leite Elegê - ICCE indica que o "lote CDV 19:46" pode causar mal à saúde.

Divulgação - lote CDV 19:46
"Leite Elegê impróprio para o consumo" - Segundo informações do jornal "O DIA", a Defensoria Pública do Estado pediu à Justiça que obrigue a Brasil Foods, fabricante do leite Elegê, a anunciar nos meios de comunicação que pelo menos um lote do produto está impróprio para o consumo. Conforme O laudo do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) indicou que o lote CDV 19:46 pode causar mal à saúde. 

A Defensoria pediu a análise após receber denúncias de que o leite teria provocado queimação na garganta de consumidores. “A Elegê tem obrigação de comunicar na televisão e nos jornais de grande circulação que o produto está alterado e impróprio para o consumo. Eles evitam tomar essa providência porque temem que o anúncio traga prejuízos à marca. Mas está no Código do Consumidor”, afirmou o defensor público Fábio Schwartz. Na ação civil pública, o defensor pediu ainda o recolhimento imediato das caixas do produto do lote postas à venda. Apesar do problema, o produto tinha embalagens sem deformidade e estava dentro da data de validade.

 “O gosto de ferro era muito forte. E o mais grave é que telefonei para a Elegê, mas a empresa se negou a dizer o que houve. Estou preocupada porque não sei o que tinha na caixa” afirmou a microempresária Maura Dantas, 67. Na ação foi pedido ainda que sejam apresentados laudos de laboratórios independentes atestando a propriedade de todos os lotes de leite comercializados pela empresa no varejo. Foi pedida ainda fixação de multa de R$ 1 milhão por danos morais coletivos, valor a ser revertido ao Fundo Nacional de Defesa do Consumidor. A Defensoria apura denúncias de outros lotes de leite com possíveis problemas. 

Nota da empresa - A Brasil Foods afirma que não foi notificada oficialmente e voltou a afirmar que testes indicaram que o leite não fazia mal.

Regis Danese: ciclo de orações e jejum para pedir cura da filha com leucemia.



(Foto: reprodução internet - Brenda Danese)

Mundo Gospel - O cantor e compositor Regis Danese passa por um momento muito difícil. Sua filha, Brenda, de 3 anos, está internada em estado grave na UTI de um hospital em Belo Horizonte (MG), por conta de uma leucemia. 
Regis usou o Twitter para comunicar que a família iniciará um jejum para pedir a cura da menina. “Vamos começar amanhã um jejum de Daniel pela vida da Brenda, 21 dias só de água, legumes, verduras”.
Segundo Danese depois da última quimioterapia, a menina teve complicações e começou a vomitar sangue sem parar e foi internada na UTI. “É grave, Deus é maior”, escreveu Regis no Twitter, nesta segunda-feira (4). Ainda pelo microblog, o cantor cogitou a possibilidade de levar Brenda para a capital paulista: “Estamos pensando transferi-la para o Sírio Libanês”.

Sexo a três foi causa de morte e família da vitima é indenizada pelo cardiologista.


Se essa moda pega... Uma família ganha na justiça US$ 3 milhões em indenização devido ataque cardíaco de um homem durante um ménage à trois - sexo à três, e quem diria, é o cardiologista do morto, que vai ter de pagar. O argumento utilizado, foi de que o médico não avisou sobre a necessidade do homem evitar atividade física.


William Martinez, 31 anos, casado e pai de dois filhos, teve relações sexuais com uma amiga e uma outra mulher, que segundo relatos, não era sua esposa. Ele morreu em março de 2009 devido à "emoção" do ato. Uma semana antes, Martinez visitou um cardiologista em Lawrenceville, Geórgia (EUA), reclamando de dores no peito e do braço amortecido. Ele deveria retornar para alguns exames na semana seguinte, mas a oportunidade da orgia surgiu um dia antes da data marcada para a bateria de exames, e ele acabou morrendo durante o sexo.



Os advogados da família de Martinez apresentaram um processo de negligência médica, argumentando que seu cardiologista não deu a recomendação para que o homem não realizasse atividades físicas intensas antes do exames. A pressão arterial elevada, assim como o risco de entupimento das artérias, iria colocá-lo em risco.



A indenização requerida foi de US$ 5 milhões, mas os jurados diminuíram o valor para US$ 3 milhões, ao entender que Martinez era 40% responsável por sua morte. Os advogados do cardiologista Sreenivasulu Gangasani disseram que iriam recorrer da sentença.

Loira rica procura homem fiel para compromisso sério.

Luana (37 anos), loira, inteligente, independente e financeiramente realizada, procura homem fiel para compromisso sério. Esse foi o anúncio que chamou a atenção de Peterson (35 anos) um jovem moreno,  esbelto, como dizem por aí - saradão! 

Peterson era estudante e gostava de navegar na internet. De seu pequeno e apertado quarto podia viajar pelo mundo e conhecer novas pessoas. Claro que na internet buscava preencher a solidão que invadia aquele recinto vazio.   

Certa ocasião enquanto se preparava para uma prova. Seus  olhos se desviaram rapidamente até a coluna direita da página que navegava parando naquele banner luminoso - que fazia a propaganda de Luana.  

Peterson ficou curioso.  Resolveu conhecê-la. 

Analisando seu perfil, no site de relacionamento , ele descobriu que Luana tinha acabado um relacionamento com um empresário após descobrir a traição. E nesse curto período ela ficou deprimida. Sofreu, mas aprendeu. E assim resolveu começar uma nova vida. 

Depois de alguns dias se comunicando só através do MSN, resolveu marcar um encontro num local público. Escolheram a praça de alimentação de um shopping muito movimentado. Peterson chegou meia hora antes do combinado e sentou-se no banco em frente a uma lanchonete muito conhecida, mas não no local que combinou com Luana. Quinze minutos após ela chegou, mas algo diferente aconteceu. Luana não era bonita exteriormente.

Peterson ficou frustado, pois esperava uma modelo. (Não pediu fotos dela). Mas quando viu que não era quem esperava --não agiu como cavalheiro, não teve dignidade. Fez de conta que não sabia de nada e deixou Luana sentada esperando por um encontro que não aconteceu.

Peterson saiu sem olhar para trás. Luana ainda ficou esperando por uma hora, pois pensava na possibilidade de ter acontecido algum imprevisto. Ainda bem que ela não descobriu o real motivo do encontro não ter acontecido -- essa é verdade.  

Viviane Araújo diz que Nicole Bahls é uma "p(...)ta" que dá mole para todo mundo.



(Ela dá mole para todo mundo...)

Notícias de "A Fazenda 5" -  Nicole Bahls e Viviane Araújo já se estranharam na sede.  No começo da madrugada desta quarta-feira (6) que as duas já bateram boca.
Nicole, que ao votar em Viviane na noite desta terça-feira (5) disse que não tinha afinidade com ela, soltou o verbo contra a atriz. —  Não vem se fazer de vítima, de boazinha porque você não é. Quem te conhece sabe.
Já Viviane preferiu não responder para a confinada, porém detonou Nicole para Gretchen— Ela é uma p(...)ta, uma pi(...)nha,  ela dá mole para todo mundo, ela ficou inventando que o meu marido dava em cima dela e eu fui checar e não tinha nada disso.

Ministério da Saúde vai distribuir mais de 2 milhões de preservativos femininos.

Fique por dentro - Até o fim da semana, o Ministério da Saúde vai distribuir 2,2 milhões de preservativos femininos para os estados e o Distrito Federal. É o primeiro lote, do total de 20 milhões de unidades que serão distribuídas este ano.
Terão prioridade as profissionais do sexo, mulheres que convivem com doenças sexualmente transmissíveis, usuárias de drogas e pessoas atendidas pelo sistema prisional. Essa camisinha também pode ser uma opção para mulheres que tenham dificuldade de negociar o uso do preservativo masculino com o parceiro.
De acordo com o secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa, com a camisinha feminina, a mulher passa a decidir sobre o uso do preservativo, não deixando a escolha apenas com o homem. “É uma estratégia que faz parte da política brasileira de ampliar as opções de proteção às doenças sexualmente transmissíveis”.
Desde 1997, quando a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou a comercialização da camisinha feminina no Brasil, o Ministério da Saúde distribuiu cerca de 16 milhões de unidades em todo o país. A  meta para este ano é 25% maior do que o total já adquirido pela pasta.
A distribuição de preservativos masculinos atingiu a marca de 493 milhões de unidades no ano passado, 45% a mais do que em 2010.

Sexo a três foi causa de morte e família da vitima é indenizada pelo cardiologista.



Se essa moda pega... Uma família ganha na justiça US$ 3 milhões em indenização devido ataque cardíaco de um homem durante um ménage à trois - sexo à três, e quem diria, é o cardiologista do morto, que vai ter de pagar. O argumento utilizado, foi de que o médico não avisou sobre a necessidade do homem evitar atividade física.


William Martinez, 31 anos, casado e pai de dois filhos, teve relações sexuais com uma amiga e uma outra mulher, que segundo relatos, não era sua esposa. Ele morreu em março de 2009 devido à "emoção" do ato. Uma semana antes, Martinez visitou um cardiologista em Lawrenceville, Geórgia (EUA), reclamando de dores no peito e do braço amortecido. Ele deveria retornar para alguns exames na semana seguinte, mas a oportunidade da orgia surgiu um dia antes da data marcada para a bateria de exames, e ele acabou morrendo durante o sexo.



Os advogados da família de Martinez apresentaram um processo de negligência médica, argumentando que seu cardiologista não deu a recomendação para que o homem não realizasse atividades físicas intensas antes do exames. A pressão arterial elevada, assim como o risco de entupimento das artérias, iria colocá-lo em risco.



A indenização requerida foi de US$ 5 milhões, mas os jurados diminuíram o valor para US$ 3 milhões, ao entender que Martinez era 40% responsável por sua morte. Os advogados do cardiologista Sreenivasulu Gangasani disseram que iriam recorrer da sentença.

MM é expulso da Polícia Militar no Rio de Janeiro.

Segundo informações divulgadas pelo jornal "O Dia" nesta quarta-feira (6), o cabo Márcio Roberto Cunha Travessa Soares, o MM, marido da cantora de funk Yani de Simone, a Mulher Filé, foi expulso da Polícia Militar. De acordo com a assessoria da PM, ele e o cabo Alessandro Gomes de Souza não fazem mais parte da corporaçãopor causa da acusação de envolvimento na agressão a Rorion de Moraes, em dezembro do ano passado. 
Mulher Filé e o marido | Foto: Reprodução Internet
A decisão foi publicada no boletim da PM nesta terça-feira. Segundo o boletim, os acusados adotaram conduta incompatível com suas condições de policiais militares. 

MM é um dos denunciados pelo Ministério Público acusado de envolvimento na agressão a Rorion. O PM foi preso no último domingo após se envolver em uma confusão em um posto de gasolina, em Vicente de Carvalho, na Zona Norte. Ele estava com R$ 11.650,00 mil escondidos na cueca no momento da prisão. Marcio Roberto disse que dinheiro seria de um cachê da Mulher Filé. A funkeira retornou à delegacia, comprovou a origem do dinheiro e recuperou a quantia.