A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

NÃO doe para o Criança Esperança...


AJUDE:

APAE UBATUBA - Rua Manoel da Cruz Barbosa, 228 - Bairro: Sumaré - Ubatuba
(12) 3832-5351
(12) 3833-1809
http://www.apaeubatuba.com.br/contact.aspx

LAR VICENTINO- Rua Minas Gerais, 402 - Ubatuba/ SP - 11680-000
Telefone: (12) 3832-1532

Para doações:
Lar Vicentino de Ubatuba
CGC. 045.086.170/0001-79
Banco: HSBC - 399 - AGÊNCIA: 01203
CONTA CORRENTE: 02514-880
http://www.voluntariosdeubatuba.com.br/page1.aspx

Aluno joga casca de banana em professora e é condenado a pagar R$ 10 mil de indenização no interior de SP

Oi? Beyoncé gasta mais de R$ 5 mil em frango frito Compra foi feita após um show na Inglaterra

FAMOSIDADES

Após o show no V Festival, na Inglaterra, Beyoncé resolveu fazer um agrado para sua equipe e esbanjou nada menos que 1444 libras (cerca de R$ 5,4 mil). E isso tudo em frango frito em uma rede de fast-food!
A cantora fez um pedido generoso com 48 frangos inteiros, 58 asas de apimentadas, 48 porções de batatas, 24 tubos de salada de repolho, 24 porções de arroz temperado e 12 hambúrgueres de vegetais.
Pelo Twitter, um funcionário do restaurante divulgou a imagem da nota fiscal da popstar. “Cozinhando asas para Beyoncé enquanto ela está no V Festival”, afirmou.

Após alta hospitalar, Netinho se recupera em spa Cantor ficou três meses no Hospital Sirio-Libanês

Menos de 12 horas após ter alta do Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, Netinho deu entrada em um spa na capital paulista. O cantor ficará alguns dias no local para dar prosseguimento ao processo de reabilitação.
"Ele está cumprindo as atividades de fisioterapia e fonoaudiologia", informou Cris Freire, irmã e assessora de imprensa do baiano.
Netinho teve alta hospitalar na madrugada desta quarta-feira (21) após passar três meses internado por conta de um problema no abdômen.
"O paciente encontra-se em bom estado geral e com orientações para acompanhamento médico ambulatorial e trabalho de reabilitação motora", informou o último boletim médico do músico. 
Antes de sua transferência para a capital paulista, o cantor passou cerca de vinte dias no Hospital Aliança, em Salvador, tratando de um tumor benigno no fígado.
Desde então, foi submetido a diversos procedimentos cirúrgicos, incluindo a retirada de um coágulo no cérebro.

FAMOSIDADES

Deborah Secco diz que está procurando um parceiro para engravidar Atriz relembrou tempos de Rainha de Bateria no Esquenta

FAMOSIDADES

Solteira há menos de um mês, Deborah Secco está procurando um parceiro para formar uma família e engravidar. Durante gravação do "Esquenta!", a atriz contou que está louca para ser mãe.
"Eu tenho muita vontade. Acho que é um dos meus maiores sonhos, desde menina, ter uma família, uma casa com crianças", disse durante papo com Regina Casé. 
O cantor Mumuzinho não perdeu a piada e se candidatou ao cargo. "Qualquer coisa eu estou aí", brincou.
Deborah rebateu: "Eu ia falar que no momento eu estou esperando isso, esperando candidatos".
Meses após se separar do ex-jogador Roger Flores, a estrela engatou um romance com o cantor gospel Allysson Castro. O namoro durou apenas três meses. 
Rumores dão conta que o forte desejo de ser mãe foi responsável pelo fim do relacionamento.

Após ser agredido por seguranças de Sasha, fotógrafo é afastado do trabalho Profissional apanhou após clicar a herdeira de Xuxa

O fotógrafo Gladyston Rodrigues foi afastado do trabalho depois de ter sido agredido por seguranças de Sasha Meneghel, na última semana em Belo Horizonte, Minas Gerais.

O funcionário do jornal "Estado de Minas" ficará 10 dias de licença por conta de seus ferimentos, que incluem a suspeita de fratura em uma das vértebras.

A cena polêmica aconteceu enquanto o profissional trabalhava na cobertura de um campeonato de vôlei, que contou com a presença da filha de Xuxa - ela é atleta do Flamengo, um dos times participantes -, segundo o blog da jornalista Fabíola Reipert.

Rodrigues disse que fazia fotos das atletas na quadra, quando foi abordado por seguranças, que ordenaram que ele apagasse o material. Como não acatou a solicitação, apanhou dos agentes e teve seu equipamento danificado.

O caso foi registrado em uma delegacia de polícia e o inquérito encaminhado para o Juizado Criminal Especial. 

FAMOSIDADES

Investigado por suposta prática de estelionato, Belo nega crime

 Após a Polícia Civil do Piauí informar que poderia pedir a prisão do cantor Belo por suposto crime de estelionato, o artista resolveu se manifestar publicamente.
Através de um comunicado enviado à imprensa nesta quarta-feira (21), Belo lamentou a repercussão do caso, admitindo, exclusivamente, que existiu um desacordo comercial.
O marido de Gracyanne Barbosa afirmou que jamais esteve envolvido diretamente em qualquer negociação envolvendo a contratação da empresa aérea para deslocamento, não tendo, inclusive, repassado nenhum cheque em seu nome.
Na última terça-feira (20), sete pessoas foram denunciadas por possível prática criminosa contra a empresa Poty, de táxi aéreo, em Teresina. Entre os denunciados está o cantor Belo, nome artístico de Marcelo Pires Vieira.
De acordo com a denúncia, foram sustados três cheques usados para pagar uma viagem do artista até Recife (PE) no valor de R$ 87 mil.
Ainda no comunicado, a assessoria confirmou que realmente o cantor se deslocou em aeronaves da empresa, mas que é do conhecimento dele que o pagamento do percurso está sendo realizado, sob a égide de uma confissão de dívida.

Sem tempo! Belo e Gracyanne Barbosa adiam filho para 2014 - 1 (© AgNews)

Confira programação – 3ª semana de Vacinação Antirrábica

Segunda (19) - Indaiá

- Ao lado do Poupatempo – das 8h às 12h

- Ao lado da escola Colônia – das 13h30 às 17h

- Próximo ao quiosque 32 e 33 – das 8h às 12h

- Diretoria Regional de Ensino – Antiga Sudelpa – das 13h30 às 17h

Terça (20) - Tinga

CONVITE -entrega de mais uma casa do Projeto Cimento Social.‏

Convite
Prezado companheiro (a) GUILHERME AARAÚJO
Convidamos você para participar conosco desse ato de solidariedade e confraternização pela entrega de mais uma casa do Projeto Cimento Social.
A concretização de sonhos é possível quando há união de forças e parcerias, estabelecidas com base numa visão de coletividade e resgate da cidadania.
O sonho de dar um pouco mais de dignidade a essas famílias que sofrem vítimas da injustiça social e do abandono, tem se tornado realidade pelo esforço e dedicação daqueles que, sem tréguas, abraçaram essa nobre causa.
Contamos com sua presença.
DATA: 24/08/2013, sábado
HORÁRIO: 10h.
ENDEREÇO: Rua da Bica, 26 – Gamboa – Rio de Janeiro
Referência: Ir pela Ladeira do Barroso, saltar na estação do teleférico e seguir em frente, pela direita.
MORADORA BENEFICIADA: Alcilene Dantas (Dona Lene), 52 anos, nascida e criada no Morro da Providência, portadora de necessidade especial, com atrofia na perna esquerda, conseqüência de equívoco na aplicação de uma vacina, quando criança. A despeito de sua limitação, lava e passa roupas para fora, como forma de sustento e ajuda a cuidar dos quatro netos enquanto as filhas trabalham.

VEREADOR JAIR PIRES NA RÁDIO INTEGRAÇÃO FM

Na próxima quarta-feira (21) o vereador Jair Pires será entrevistado na Rádio Integração FM! Sintonize e faça sua pergunta!



Haddad aceita PMs de cidades vizinhas para ampliar Operação Delegada Em encontro hoje pela manhã com o secretário de Segurança do Estado, Fernando Grella, o prefeito Fernando Haddad...

Em encontro hoje pela manhã com o secretário de Segurança do Estado, Fernando Grella, o prefeito Fernando Haddad (PT) aceitou viabilizar a Operação Delegada à noite com PMs das outras 38 cidades da Região Metropolitana que quiserem fazer o 'bico' da Prefeitura de São Paulo. Hoje só os policiais da capital podem participar do convênio para atuar na cidade - eles recebem, em média, adicional mensal de R$ 1.800 por 40 horas.
O acordo ocorre quatro dias após a gestão Haddad excluir como meta do governo a extensão da patrulha dos PMs na Operação Delegada nos bairros da periferia. O prefeito admitiu que havia resistência de soldados da capital em aderirem ao programa nos bairros - hoje os 1.853 policiais militares do convênio ficam principalmente na região central, em ruas comerciais com grande circulação de pessoas.
Em março, logo após Estado e Prefeitura assinarem convênio para estender a Operação Delegada para o período noturno, a maior parte dos soldados da corporação que atuavam no centro e seriam transferidos para os bairros desistiu de participar do 'bico'. O efetivo pago pela Prefeitura, que era até abril de 3.458 homens, foi reduzido pela metade.
"O secretário foi muito gentil conosco, e acredita-se que, com a possibilidade de soldados de outras cidades participarem do convênio, vai se resolver o problema", disse o prefeito à reportagem do Estado hoje à tarde, por volta das 15 horas, logo após reunião com o presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Alceu Navarro.
A oferta do Estado foi feita porque hoje existe solicitações de vários batalhões de cidades vizinhas como Guarulhos, Osasco, Itapevi, Santo André e São Bernardo que queriam ter a possibilidade de participar da Operação Delegada na capital.
Haddad disse que a intenção é mudar o perfil da Operação Delegada, focada nos últimos quatro anos no combate ao comércio informal. "Com metade do efetivo nós conseguimos aumentar o número de apreensões de produtos ilegais. Então precisamos deslocar esse contingente para outras funções."

Amil compra hospital que podia ir para o SUS O Hospital Santa Marina, no Jabaquara, zona sul de São Paulo, foi arrematado ontem pela Amil, por R$ 55 milhões...

O Hospital Santa Marina, no Jabaquara, zona sul de São Paulo, foi arrematado ontem pela Amil, por R$ 55 milhões. Fechada desde 2011, a unidade está nos planos da gestão Fernando Haddad (PT), que pretende transformá-la em hospital público. A Prefeitura publicou o decreto de utilidade pública do imóvel ontem e agora vai tentar um acordo amigável com a Amil. Haddad disse acreditar na "sensibilidade da empresa".

Recurso judicial impede MP de obter dados da Suíça Promotores públicos de São Paulo da força-tarefa montada para investigar os contratos do Metrô e da CPTM disseram...

Promotores públicos de São Paulo da força-tarefa montada para investigar os contratos do Metrô e da CPTM disseram ontem que um recurso judicial deve atrasar o acesso a uma investigação, conduzida na Suíça, que também revela pagamento de propina a autoridades paulistas, desta vez feita pela multinacional Alstom. Segundo o MPE, esse recurso foi aceito no último dia 24. Os promotores não revelaram o autor do instrumento judicial. Apesar de a investigação desse caso ser mais antiga, de 1997, os promotores esperam que as informações possam ajudá-los nas investigações reabertas por causa da delação feita pela Siemens.

Justiça aceita ação e ex-presidente da CPTM vira réu por improbidade Ministério Público pede devolução de R$ 23,9 mi por danos ao erário; ex-diretores da estatal também são processados

A Justiça de São Paulo recebeu ação de improbidade administrativa contra o ex-presidente da Companhia Paulista de Trens Metropolitano (CPTM) Sérgio Avelleda, ex-diretores da empresa pública e o consórcio formado pela Spa Engenharia e Tejofran por supostas irregularidades no contrato de manutenção de linhas. A ação foi proposta em outubro de 2012 pelo Ministério Público Estadual que pediu o ressarcimento de R$ 23,9 milhões por danos ao erário.
A Tejofran é uma das 20 empresas investigadas pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e por promotores de São Paulo por formação de cartel no setor, denunciado pela Siemens. Em decisão do último dia 13, o juiz da 11.ª Vara da Fazenda Pública de São Paulo, Paulo Baccarat Filho, considerou que no contrato há indícios de eventual violação a regras da Lei de Licitações.
O processo foi resultado de inquérito civil promovido pelo promotor do Patrimônio Público e Social da Capital, Marcelo Camargo Milani, em 2011. A conclusão da Promotoria foi de que havia irregularidades no contrato de prestação de serviços de manutenção das vias da CPTM.
O Ministério Público sustenta que o edital da licitação, celebrado em 2008, apresentou regras muito restritivas. Segundo o promotor, 73 empresas consultaram o edital e somente seis participaram da disputa. Dessas, apenas três interessados teriam se habilitado para a concorrência, entre elas o Consórcio Manfer, composto pela Spa e a Tejofran. Os outros três consórcios descartados sequer teriam os valores de oferta abertos.
O contrato foi firmado com o valor de R$ 10,7 milhões. Entre as cláusulas restritivas levantadas pelo Ministério Público estariam a exigência elevada de qualificação técnica para o serviço, o capital ou patrimônio líquido mínimo de R$ 1,6 milhão e prestação de caução no valor de 44 meses e não pelos doze meses do contrato. Segundo a promotoria, um parecer do Tribunal de Contas do Estado considerou irregular o contrato em 15 de setembro 2011. O caso, de acordo com assessoria do TCE, ainda está em fase de recurso dentro do tribunal.
Sérgio Avelleda presidiu a CPTM de 2007 a 2010, durante a gestão do ex-governador José Serra (PSDB). Em janeiro 2011, ele assumiu a presidência do Metrô até abril de 2012. Ele chegou a ser afastado do comando do Metrô por 15 dias, após uma liminar em outra ação de improbidade administrativa relativa a um suposto cartel na Linha-5 Lilás.
Defesa. Em nota, o advogado Luiz Eduardo Menezes Serra Netto, que representa Avelleda e o ex-diretor da CPTM, Mário Fioratti, diz que as acusações não procedem. Segundo ele, ambos assumiram os cargos na CPTM em 12 de agosto de 2008, antes da publicação do edital, de 15 de setembro de 2007. Segundo ele, "não houve nenhuma exigência ilegal ou restritiva" e "dez licitantes participaram do certame, sós ou em consórcio".
A defesa afirma ainda que "o vencedor apresentou proposta substancialmente menor que a do segundo colocado". Segundo o advogado, o próprio MPE teria dito que não houve dano ao erário e que o contrato foi devidamente cumprido.
A assessoria da empresa Tejofran argumenta que "o MP não questiona a execução do contrato, cumprido rigorosamente, nem demonstra o enriquecimento ilícito das empresas, até porque inexiste". Diz ainda que "o processo teve caráter fortemente competitivo e o contrato cumprido com qualidade técnica e vantagem econômica para o Estado". A Spa Engenharia foi procurada, mas não respondeu aos questionamentos da reportagem.
O ex-diretor da CPTM, Sérgio Luiz Gonçalves Pereira, citado na ação, não foi encontrado. Seu advogado, Guilherme San Juan Araujo, afirmou que ele irá se manifestar somente no processo.

Pastor é preso suspeito de estuprar criança no Rio

Cantor gospel é preso suspeito de estuprar a própria filha no Rio

O cantor conhecido como Marcelinho Terra foi preso por policiais da delegacia de Xerém (61ª DP) na baixada. O homem é suspeito de estuprar a própria filha durante encontros no Rio e em São Paulo.

PM é afastado após usar gás contra jornalistas Um policial militar do Batalhão de Choque do Rio foi afastado das funções, depois de discutir e atacar com gás...

Um policial militar do Batalhão de Choque do Rio foi afastado das funções, depois de discutir e atacar com gás pimenta os jornalistas que acompanhavam um protesto na Rua do Catete, na zona sul da cidade, anteontem à noite. A conduta foi registrada em filmagens e divulgada pela internet. Ao lado de outros policiais, o PM tentava impedir a imprensa de acompanhar a revista de um grupo de manifestantes.