A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

domingo, 2 de junho de 2013

Claudia Raia publica foto de biquíni e exibe corpão aos 46 anos

Claudia Raia publica foto de biquíni e exibe corpão aos 46 anos - 1 (© Reprodução, Instagram)

Claudia Raia não tem motivos para esconder seu corpo. Aos 46 anos, a atriz mantém uma silhueta de dar inveja em qualquer mulher de 20. Na tarde deste sábado (1), ela publicou uma foto em sua conta do Instagram, na qual aparece de biquíni na praia posando ao lado do estilista Valdemar Iódice, pai de Alexadre Iódice e sogro de Adriane Galisteu. "Na Baleia, delícia de encontro com Valdemar Iódice", escreveu a atriz.
Claudia tem utilizado a rede social para compartilhar registros de momentos de sua vida pessoal. Nesta semana, a atriz postou uma foto fazendo natação com sua filhota, Sophia, de 10 anos. Logo em seguida, ela publicou uma outra foto caracterizada de Lívia Marini, sua personagem em "Salve Jorge", e assumiu estar sentindo saudades da vilã.
Ao se despedir da novela, Claudia mudou o visual. A atriz cortou e escureceu as madeixas com o hair stylist Wanderley Nunes. É claro que o resultado também foi compartilhado na internet. Atualmente, a global curte férias com os filhos Enzo, de 16 anos, e Sophia, de 10, e com o namorado, Jarbas Homem de Mello.

Claudia Raia publica foto de biquíni e exibe corpão aos 46 anos - 1 (© Reprodução, Instagram)


Camila Pitanga e Nathalia Dill processam revista 'Playboy' por danos morais

As atrizes Camila Pitanga e Nathalia Dill entraram com uma ação de danos morais contra a revista "Playboy". Segundo informações do colunista Ancelmo Gois, do jornal "O Globo", neste sábado (1º), Camila e Nathalia ficaram revoltadas depois que a revista reproduziu sem autorização, na edição de dezembro de 2012, cenas de filmes em que as atrizes estão sem roupa.
No mesmo ano, as duas atrizes da TV Globo foram convidadas para fazer um ensaio para a revista, mas negaram o convite. Afastada das telinhas desde o fim da novela "Lado a Lado", em março, Pitanga renovou o visual ao colorir os fios com a cor ruivo acobreado. Já Dill, está fora do ar desde "Avenida Brasil", mas retorna como a vilã da próxima novela das seis, "Joia Rara".
Quem aceitou o convite para posar para a revista masculina foi Antonia Fontenelle, viúva do diretor Marcos Paulo. A atriz fechou contrato para estampar a capa da edição de julho da publicação. Aos 40 anos, Antonia ainda mantém a boa forma de antigamente.
Fato curioso é que o ator e diretor global sempre fazia piada com o fato de ter namorado cinco capas da revista: Flávia Alessandra, Vera Fischer, Marina Mantega, Lúcia Veríssimo e Cibele Dorsa.
Outra atriz famosa que já é certa na capa da revista é Nanda Costa. A protagonista de "Salve Jorge" vai estrelar a edição de aniversário da publicação, em agosto. O valor acordado entre Nanda e a revista é um mistério, já que em entrevista recente ao Purepeople, Thales Guaracy, o diretor da revista, negou o cachê de R$ 3 milhões para a artista, dizendo que "a 'Playboy' não está envolvida em nenhuma transação da ordem de 3 milhões de reais".

Camila Pitanga e Nathalia Dill processam revista 'Playboy' por danos morais - 1 (© AGNews)

Jogadores do Santos dizem que demissão de Muricy foi "uma surpresa"

Apesar do mau momento que o Santos vive após a derrota na final do Paulista para o Corinthians e a falta de vitórias nas duas primeiras rodadas do Brasileirão, os jogadores da equipe paulista não esperavam a saída do técnico Muricy Ramalho.
Neste sábado, após o empate por 1 a 1 com o Grêmio, na Vila Belmiro, o volante Arouca, por exemplo, declarou que foi pego de surpresa pela demissão do comandante, que estava à frente do Santos desde 2011.
"Todos nós ficamos surpresos. Mas não coisas do futebol. Vida que segue. Vamos fazer de tudo para a equipe melhorar", afirmou o jogador.
Outro que disse que não esperava a troca no comando foi o experiente lateral Léo. "Não esperava. Fui pego de surpresa. Mas sabemos que futebol é assim. Temos que trabalhar. A vida segue", disse o camisa 3.
Sem Muricy, coube a Claudinei Oliveira, que comandou o time sub-20 do Santos no título da Copa São Paulo, assumir o cargo. Na sexta-feira, ele deu um rápido treinamento no CT Rei Pelé e pouco pode fazer para o duelo contra os gaúchos, pela terceira rodada do Brasileirão.
Mesmo assim, o estreante promoveu mudanças. Patito Rodriguez, que havia sido titular na derrota para o Botafogo, não ficou nem no banco de reservas contra o Grêmio. Neílton, jovem de 19 anos, atuou como titular ao lado de William José. Foi do centroavante, aliás, o gol de pênalti que garantiu o empate ao Santos neste sábado.

OAB critica tentativa da Fifa para barrar juizados nos estádios


O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Marcus Vinícius Furtado, criticou nesta quinta-feira (30) a tentativa da Fifa de barrar a instalação de juizados especiais para julgar casos envolvendo brigas de torcedores dentro dos estádios brasileiros, que serão utilizados na Copa das Confederações, a partir do próximo dia 15 de junho.

"A Fifa deve respeitar a autonomia do Brasil e as normasdo Estatuto do Torcedor, especialmente no tema da presença dos juizados especiais nos estádios onde haverá a disputa da Copa das Confederações e posteriormente do mundial de 2014", afirmou.

Segundo Marcus Vinicius, os juizados serão essenciais para a superação de eventuais conflitos envolvendo os torcedores durante os jogos das duas competições. "A presença dos juizados nos estádios de futebol impede que ocorra a impunidade daqueles que vão aos jogos para criar confusão e não para torcer por suas respectivas seleções", disse o presidente nacional da OAB.

A briga entre a Fifa e o Judiciário chegou ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e deverá ter uma solução nos próximos dias. Segundo os relatos, na última reunião que teve no CNJ, a entidade máxima do futebol chegou a oferecer barracas no lado de fora das instalações para atender a demanda. A proposta revoltou integrantes da Justiça envolvidos na organização, pois todas as arenas do torneio têm espaços destinados para os juizados.

A posição da Fifa conflita com o Estatuto do Torcedor, uma vez que os juizados especiais dentro dos estádios estão previstos em lei. Os órgãos funcionam durante as partidas para solucionar rapidamente casos de delitos de menor gravidade com aplicação de penas sem privação de liberdade, prestação de serviços comunitários ou pagamento de multas. Em ocorrências mais graves, a pessoa deixa o estádio denunciado e o processo corre nas varas comuns.