terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Começa julgamento de PMs acusados da morte de juíza


Com meia hora de atraso, começou por volta das 8h30m desta terça-feira o julgamento de três policiais militares acusados de envolvimento na morte da juíza Patricia Lourival Acioli, em agosto de 2011. Os cabos Jefferson de Araújo Miranda e Jovanis Falcão, além do soldado Júnior Cezar de Medeiros estão sendo julgados pelo 3º Tribunal do Júri de Niterói, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro.
Antes da escolha do corpo de jurados, o juiz Peterson Barroso Simão, que preside o júri, pediu aos presentes um minuto de silêncio em homenagem às vítimas da tragédia de Santa Maria, no Rio Grande do Sul.
A previsão é que o julgamento dure três dias. Foram arroladas 19 testemunhas, sendo oito da acusação. Familiares da magistrada e dos réus acompanham a audiência.
O primeiro dos 11 PMs acusados de envolvimento no crime foi condenado a 21 anos de prisão em 5 de dezembro do ano passado. Réu confesso, o cabo Sérgio Costa Júnior foi condenado pelos crimes de formação de quadrilha e homicídio qualificado (motivo torpe, mediante emboscada e para assegurar impunidade de outro crime). As penas iniciais somavam 33 anos e seis meses de prisão (29 por homicídio e 4 anos e seis meses por formação de quadrilha).
Por confessar o crime e delatar comparsas, a pena foi reduzida para 18 anos pelo homicídio e 3 por formação de quadrilha. O juiz Peterson Barroso Simão também condenou Costa Júnior à perda do cargo de policial e determinou que ele cumpra pena em cela individual, que o Estado adote as medidas necessárias para garantir a sua vida e que as armas do crime sejam destruídas pelo Exército.
Durante seu julgamento, Costa Júnior deu detalhes do motivo, do planejamento e da prática do assassinato. Segundo ele, o que determinou o crime foi a decretação, por Patricia, da prisão de seis PMs do Batalhão de São Gonçalo - ele inclusive - no processo que investigava a morte de Diego Beliene, de 18 anos.
Outros dois PMs desse Batalhão já estavam presos. O crime ocorreu em 3 de junho de 2011 em uma favela de São Gonçalo. Inicialmente, o caso foi registrado na 74ª Delegacia de Polícia (Alcântara) como auto de resistência (morte de suspeito em confronto com a polícia), mas, após investigações, Patricia concluiu que o rapaz havia sido executado.
A magistrada foi assassinada com 21 tiros na noite de 11 de agosto de 2011, enquanto chegava em casa, em Niterói. Ela era titular da 4ª Vara Criminal de São Gonçalo, cidade vizinha a Niterói.
Os outros sete PMs acusados de participação na morte da juíza são Cláudio Luiz Silva de Oliveira, Daniel Santos Benitez Lopez, Charles Azevedo Tavares, Alex Ribeiro Pereira, Carlos Adílio Maciel Santos, Sammy dos Santos Quintanilha e Handerson Lents Henriques da Silva. Todos aguardam julgamento presos. O tenente-coronel Cláudio de Oliveira era o comandante do Batalhão de São Gonçalo na época da morte da juíza. Ele é acusado de ser o mandante do crime.

Crystal Renn virou frentista

Provocante: Crystal Renn de Agent Provocateur!

Ela já foi ícone do plus size, emagreceu e continuou famosa em editoriais da “Vogue”passarelas de Paris. E é Crystal Renn que assume o cargo de garota-propaganda damarca de lingerie Agent Provocateur na campanha de primavera-verão 2013, com cliques do editor-chefe da “Purple” Olivier Zahm. O próprio Olivier já é dado a um clima mais fetichista e sexual em suas fotos – a marca, pra quem não sabe, é como uma espécie de prima mais safada da Victoria’s Secret. Zahm conta pro “WWD” que o cenário de posto de gasolina foi uma ideia dele: “Queria que as garotas Agent Provocateur escapassem da cidade e do boudoir e fossem pra uma aventura. O posto é um fetiche, um lugar pra se divertir e esticar as pernas depois de horas dirigindo, um local onde você pode acidentalmente conhecer um homem estranho e bonito”. Confira o resultado na galeria!

Fim do mistério! Xuxa está namorando o ator Junno Andrade

Jon Bon Jovi esnoba American Idol e X Factor - 1 (© Reprodução)


Acabou o mistério em torno do novo namorado de Xuxa! Junno Andrade, o Santiago de “Salve Jorge”, conquistou a “Rainha dos Baixinhos”.
Sucesso como cantor nos anos 80, o artista foi discreto sobre o relacionamento. “Eu não quero falar sobre isso agora. Eu estou entrando em um voo, estou no aeroporto, não é o momento de falar sobre isso. Muito obrigado pela sua atenção, mas não quero falar”, falou à revista Quem”.
Junno e Xuxa teria começado o namoro após a participação dele no programa “TV Xuxa”, em dezembro.

Xiii... Belo recebe ordem de despejo e terá que deixar casa onde mora

Jon Bon Jovi esnoba American Idol e X Factor - 1 (© Reprodução)


Por essa, o cantor Belo não esperava. O artista, que é casado com Gracyanne Barbosa, recebeu uma ordem de despejo da casa onde mora, no Condomínio Novo Leblon, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro.
Segundo informações do jornal 'Extra', o cantor tem 30 dias para deixar a propriedade, e não é só com a propriedade dele que os atrasos de pagamento vem acontecendo.
Dona Terezinha, mãe de Belo, informou que ele não vem pagando o aluguel dela e que só paga quando é acionado na Justiça.
E a crise financeira na vida do casal não para por aí. Apesar de Belo faturar alto com uma extensa agenda de shows, ele vem atrasando salários dos músicos.
Alguns de seus funcionários teriam, inclusive, participado de uma audiência no Ministério Público, referente ao processo trabalhista que movem contra o artista. 

É muito bom ser vereador (a) em Caraguatatuba.


Isso que é mordomia sem limites, enquanto o trabalhador tem apenas 30 dias de férias de descanso os nobres vereadores de Caraguatatuba fazem a farra por ai e a cidade fica sem ter o órgão fiscalizador que é a nossa casa de leis. 

Alguns motivos porque é bom ser vereador (a) em Caraguatatuba:

1º A passagem aumentou e ninguem fala nada;

2º As ruas estão todas cheias de buracos e eles não estão na cidade para ver isso e fiscalizar;

3º O bairro do Olaria esta com surto de DENGUE e pelo jeito ele tb não sabem. (Segundo fontes já temos registrados mas de 05 casos de Dengue só neste bairro).

4º A Santa Casa de Misericordia vai deixar de atender as emergencias e não tem uma comissão de saúde no municipio para fiscalizar. Segundo fontes a UPA será inaugurada no dia 16/02 e começa os atendimento no dia 18.02.

O governo de são paulo não dá tregua nas cobranças


Enquanto em alguns países desenvolvidos os donos de veículos mais antigos pagam mais, na maioria dos estados do Brasil os carros mais velhos são isentos do Imposto sobre a Propriedade de Veículo Automotor (IPVA), cuja alíquota varia de 0,5% a 4% do valor venal do veículo. 

Como é o estado que decide quem será beneficiado, a isenção varia de 10 a 25 anos da data de fabricação. Na Paraíba, por exemplo, os carros com data de fabricação acima de 15 anos estão isentos do pagamento de IPVA.

 Confira a tabela abaixo com a isenção em cada estado

Acre 10 anos da data de fabricação 
Alagoas 20 anos da data de fabricação 
Amapá 15 anos da data de fabricação 
Amazonas 15 anos da data de fabricação 
Bahia 15 anos da data de fabricação 
Ceará 15 anos da data de fabricação 
Distrito Federal 15 anos da data de fabricação 
Espírito Santo 15 anos da data de fabricação 
Goiás 10 anos da data de fabricação 
Maranhão 15 anos da data de fabricação 
Mato Grosso do Sul 15 anos da data de fabricação 
Mato Grosso 15 anos da data de fabricação 
Minas Gerais a redução é progressiva de acordo com o ano do veículo 
Pará 15 anos da data de fabricação 
Paraíba 15 anos da data de fabricação 
Paraná 20 anos da data de fabricação 
Pernambuco a redução é progressiva de acordo com o ano do veículo 
Piauí 15 anos da data de fabricação 
Rio de Janeiro 15 anos da data de fabricação 
Rio Grande do Norte 10 anos da data de fabricação 
Rio Grande do Sul 20 anos da data de fabricação 
Rondônia 15 anos da data de fabricação 
Roraima 10 anos da data de fabricação 
Santa Catarina veículos fabricados até 1985 
São Paulo 20 anos da data de fabricação 
Sergipe 15 anos da data de fabricação 
Tocantins 15 anos da data de fabricação 

O que é o sucesso

O que é a vida, antes do vereador Lelau (PT) ser eleito, ela fazia parte da minhas redes socias como facebook e o Blog do Guilherme Araújo. Agora depois de eleito o nobre vereador simplemente me deletou.... 

Coisas da vida... Coisa feia né vereador Lelau (PT)... 

O que mudou? não esqueça que vc esta vereador e uqe os amigos serão sempre amigos..... 

Fica a dica...

Secretário de Segurança de Duque de Caxias, Cel. Mário Sérgio critica duramente a exposição de policiais fardados dançando funk em programa da Rede Globo


mario sergioDesculpem-me, mas… Pombas! Essa nossa “segunda pele” não pode ser trajada em momentos em que se balança a bunda publicamente para exibição do erótico-vulgar que caracteriza o funk!!
“Quero deixar patenteada minha repulsa em ver Policiais Militares fardados submetidos a situações ridículas no programa Esquenta, da TV Globo.”
Não sei exatamente quando adotei como espécie de diretriz de vida a máxima do general Patton “não se aconselhem com receios”.
Desde que conheci o aforismo, em 1977, quando cursava o Núcleo de Preparação de Oficiais da Reserva, na Infantaria, passei a invocá-lo nos meus momentos mais difíceis, de decisão grave, e mantive essa ideia-força norteando minha existência, mesmo quando o inconsciente dominava sem que eu me apercebesse.
É fato que isso nunca me tornou um legionário intrépido, um gladiador destemido ou um viking aterrador do “outro”, mas me fez superar os medos comuns à minha humanitude, propiciando-me o domínio das emoções e dos nervos.
Foi essa consciência do “possível”,mesmo diante do terrível, que me alavancou, quando tudo que eu tinha eram amarras e âncoras convidando-me à segurança do imobilismo.
Os dois anos e dois meses que fiquei à frente do Comando da Polícia Militar foi um tempo de lembrar-me, quase diariamente, de Patton e sua máxima.
Suas tropas foram vitoriosas na 2ª Guerra não se aconselhando com receios, e eu poderia me deparar ao longo do comando com um desafio semelhante ao que o general atravessara em dado momento, por isso me mantinha atento.
Pensava em alguma grande batalha, em derrotar tanques inimigos?
Não, claro que não, embora nem estivéssemos tão longe de uma estética de guerra, com os fuzis fazendo parte em ambos os lados – crime e lei – na cena diária carioca.
O maior desafio de Patton enfrentara havia sido, todavia, um imbróglio político, quando esbravejara e expulsara soldados “com estafa emocional” em um hospital de campanha, sendo exonerado do seu posto de combate por pressão do senado americano e da mídia.
Depois de uma carreira consolidada, construída sobre valores morais e éticos da universalidade militar, Patton descobria que não bastava ser o melhor soldado, mas deveria submeter-se a alguns vexames, vez por outra, impostos por seus próprios compatriotas, (políticos, jornalistas, intelectuais etc.), se quisesse continuar a arriscar-se para combater os Alemães e os outros inimigos do Eixo.
Foi isso que temi muito mais do que os desafios da guerra de aço e fogo que algumas vezes venci, entre muitas toneladas de medo e alguns relâmpagos de coragem.
Ficava lembrando-me que não permiti em 2006 (não obstante toda pressão contrária) que o Afroreggae fosse bater tambor no terraço do BOPE, que comandava, confirmando a decisão do meu antecessor, coronel Príncipe, em não facultar a instrumentalização da Unidade de forma vexatória.
Óbvio que eu não estava fechando as portas ao diálogo, à conciliação e à concórdia entre representantes de culturas diferentes, como o BOPE e o AfroReggae. O que eu, Tenente Coronel impetuoso não aceitava, não aceitaria, e entregaria o Comando se tentassem me obrigar, seria a ironia, o deboche, o escárnio do diferente que tantas vezes nos atacou, nos desqualificou e rotulou por assassinos de inocentes. Eu não os aceitaria rebolando com bumbos e latas em nosso terraço, pisando moralmente em nossas cabeças.
Lembro-me que até sugeri em resposta à professora Silvia Ramos, entusiasta do encontro e pessoa que respeito, algumas outras estratégias para que o BOPE e o AfroReggae se conhecessem além dos etnocentrismos produtores de preconceitos; mas coisa bem protocolar, tipo seminário; todo mundo de calça comprida e camisa de manga, o que não foi aceito.
Eu não gostava do AfroReggae (não gosto até hoje!). Mas não tinha o direito de por minhas idiossincrasias à frente de um processo “civilizatório”, como nossos “diferentes” acreditavam estar promovendo, e estava disposto a ceder alguma coisa desde que as nossas crenças, valores e cultura legítima não fossem violadas.
Eu não demorei a ver o AfroReggae se contorcendo no pátio do QG da PM naquele ano de 2006, diante de uma tropa estupefata.
Fazia parte da estratégia política do governo à época, e visava “humanizar” a imagem de um determinado candidato ao legislativo.
Vivi o receio ao longo do meu Comando Geral da PM de ter que submeter minha tropa ao constrangimento dos interesses políticos disfarçados em simulacros de “humanização”, “pedagogia da diferença” e outras dessas ideias-força apresentadas sutilmente com luzes concentradas para fazer cegar. Agradecendo a Deus mesmo pelos momentos difíceis que me fez passar, saí do Comando sem ter experimentado aquele que se fizera o maior dos meus pesadelos.
Eu hoje assisti a PM submetida a uma situação desnecessariamente constrangedora, e, em nada, absolutamente nada esclarecedora do processo que vivencia de entranhamento social nas favelas, áreas onde atuou apenas repressivamente por décadas, mas onde agora proporciona benefícios e agrega saberes através da pacificação.
E para não ser acusado de não estar sendo claro, quero deixar patenteada minha repulsa em ver Policiais Militares fardados submetidos a situações ridículas no programa Esquenta, da TV Globo.
Por favor, respeito à farda!
Ela é universal em seu conceito e exige protocolos formais para seu uso!
Vesti-la exige formalidades e decoro próprios! Estar fardado requer compostura adequada à liturgia da carreira militar! Não importa se coronel ou soldado, todos, absolutamente todos devem reconhecer-lhe a sacralidade!
Se aqueles companheiros de profissão estivessem ali voluntariamente e em trajes civis, embora anunciados PMs, entenderíamos a decisão pessoal de adesão à cultura funk.
O problema não está no gosto individual e não pretendo aqui uma crítica às pulsões e subjetividades do outro, isso que lhes orienta as escolhas. Minha crítica é a submissão da imagem da Corporação em benefício da própria imagem.
Desculpem-me, mas… Pombas! Essa nossa “segunda pele” não pode ser trajada em momentos em que se balança a bunda publicamente para exibição do erótico-vulgar que caracteriza o funk!!
Isso é esculhambação!
Decência!
Funk é uma expressão cultural da favela e deve ser respeitado no gosto de cada um?
Que seja! Quem está dizendo o contrário?!
Eu acho uma droga, mas e isso é subjetivo.
Todavia, o gestual agressivo nascido e consolidado nos “bailes de embate” da década de oitenta é fato real ainda hoje; a sexualidade promíscua está na semiótica de suas danças e o culto do ilegal e do marginal à sociedade são as marcas mais expressivas de sua identidade!
Compreendem o que eu quero dizer?? Dá para enfiar a PM fardada nisso!!!
Reitero que não gosto do AfroReggae e nem do funk, e deixo claro até para permitir que me acusem do que quiserem. Eu passei mais de dois anos temendo o pesadelo da banalização das propostas sociológicas e antropológicas excêntricas de socialização com o diferente, com o outro em oposição à PM onde entrássemos de súcubos, e sempre tive a impressão que nossos antagonistas faziam um cerco para atacar a qualquer momento.
Alguém manobrou, alguém cochilou e alguém se beneficiou. Só a PM se emprenhou.
São manobras sutis, assim tão sutis, que acabam por fortalecer o imaginário popular da estatura da criatura-criadora, vista pela sombra.
Por isso, pelo menos para que não soframos tanto quando vierem os vexames, como aqueles a que “sobreviveu” Patton, convêm não esquecermos o Profeta Nazareno que nos recomenda: “Sede mansos como os cordeiros, porém prudentes como as serpentes”.
O viajante aproveitador do caminho construído pelos outros, deve, no mínimo, respeitar a distância que a natureza impõe para a sobrevivência de todos.
Nada melhor do que mostrar os dentes quando nos confundirem com minhocas dançarinas.
Por Coronel Mario Sérgio

Anderson Silva rechaça possibilidade de revanche com Vitor Belfort Spider acha que duelo com o inglês Michael Bisping seria mais interessante no momento


Anderson Silva não acha que Belfort mereça revanche imediata (© Jessica Portasio)
Anderson Silva não acha que Belfort mereça revanche imediata
Com suas incríveis habilidades, Anderson Silva já limpou sua categoria e sofre com a falta de adversários a altura para uma disputa de cinturão. Um dos oponentes mais cogitados é Vitor Belfort, que vem de recente vitória por nocaute sobre Michael Bisping no UFC São Paulo.
Porém, mesmo com o belo nocaute do lutador carioca, Spider não cogita fazer uma revanche com o compatriota.
“A luta contra o Belfort já aconteceu, a gente já lutou, e eu não tenho pretensão nenhuma de lutar contra quem eu supostamente já tenha derrotado. Mas luta é luta, a gente tá aí para lutar, mas eu não tenho essa pretensão , e não acho que mesmo que o Vitor ganhe (a luta contra Bisping, no UFC SP) ele mereça uma chance de lutar pelo título de novo, pelo menos não agora”, disse Spider à Ag. Fight.
Para o campeão, uma luta com Bisping seria mais interessante do que uma revanche com Belfort.
“Eu acho que é uma luta legal porque o Bisping é inglês, e eu tive uma época em que eu lutei na Inglaterra e conquistei um título mundial na Inglaterra, que era do Cage Rage. O Bisping também lutou nesse evento, então eu acho que seria uma luta legal para ser feita na Inglaterra, eu acho que é uma luta que tem bastante apelo justamente por isso”, afirmou o lutador.
Uma das opções mais atraentes para Anderson seria uma superluta contra o campeão dos meio-médios, Georges St-Pierre. De acordo com Spider, o combate seria a realização de um antigo pedido dos fãs.
“Eu acho que seria uma luta muito bem vista pelos fãs, porque há muitos anos, antes de surgir o Jon Jones e antes de o Vitor voltar para o UFC, as pessoas clamavam por essa luta, entre eu e o Georges St-Pierre. Mas isso não depende de mim, isso depende de outros fatores e de negociações também, tanto do empresário do Georges St-Pierre quanto do meu empresário com o Dana White para que isso aconteça”, completou o campeão.

O que esta acontecendo ou aconteceu na Câmara Municipal de Caraguatatuba

Senhor presidente e vereador Neto Bota (PSDB) e os demais vereadores (a) Aurimar Mansano, Baduca Filho, Celso Pereira, Tato Aguilar, Julio Alves, Loro Castilho, Pedro Ivo, Vilma, Lobinho, Nenzão, Carlinhos da Farmácia, Lelau, China e Ceará da Adega pedimos que os senhores apurasse esta situação. Atenção senhores (a) conselheiros (a) da Caraguá-Prev e funcionários da Câmara Municipal de Caraguatatuba, esta acontecendo algo estranho que deve ser investigado com rigor esta situação... Alguém sabe me dizer qual o motivo que a Câmara Municipal de Caraguatatuba deixou de recolher o Caraguá-Previ e atrasou o recolhimento dias efetuando o repasse somente depois de ser citado pela Caraguá-Prev?


O Blog do Guilherme Araújo esta acusando ninguem, apenas pede esclarecoimentos e se coloca aberto para quaisquer esclarecimentos desta casa de leis e envolvidos.

'Gurizada Fandangueira': contrabaixista fala sobre dificuldade de sair da 'boate Kiss'.


Tragédia da Boate Kiss em Santa Maria (RS) - O contrabaixista da banda'Gurizada Fandangueira', Giovani Kegler, de 35 anos, é um sobrevivente, ele conseguiu sair da casa noturna durante o incêndio na madrugada do último domingo, 27, e contou à imprensa que escapou por uma saída lateral. "Quando senti o cheiro de fumaça e ouvi o pessoal gritando, só deu tempo de desplugar o aparelho. Quando eu me dei conta, o teto já estava pegando fogo. Consegui sair por uma saída lateral"  afirmou o músico.

O músico, que é novo na banda,  relatou que  não sabe há quanto tempo a"Gurizada Fandangueira" usa os fogos de artifício nos shows. Ele disse ainda que os efeitos pirotécnicos nunca tinham apresentado problemas: "Os fogos são colocados no chão, entre o público e os músicos. Sempre usamos de forma tranquila. É difícil dizer o que deu errado."

Muito abalado com a tragédia, Giovani disse que o fogo se alastrou muito rapidamente no local e foi difícil sair da boate Kiss.  "Se fosse uma saída normal, não haveria problemas. Mas num caso como esse, com todos saindo em correria, foi complicado. A ficha ainda não caiu. Foi uma coisa que não precisava ter acontecido. Parece que foi mentira, coisa de filme, pela velocidade com que tudo aconteceu. Eu estava olhando para um lado e estava tudo bem. Quando olhei para o outro lado, já tinha todo aquele fogo tomando conta da boate,"  recordou.

A banda "Gurizada Fandangueira" perdeu um integrante, Danilo Jaques, sanfoneiro, que não conseguiu sair da boate e morreu no incêndio. Estima-se que havia 1.200 pessoas na boate Kiss, informação não oficial.

Enterros das vítimas de Santa Maria estão sendo providenciados, diz prefeito.


Mãe se despede do filho em Santa Maria 

Da Agência Brasil - Quase todos os corpos de vítimas do incêndio que não eram de Santa Maria já foram levados para suas cidades natal, segundo o prefeito da cidade, Cezar Schirmer. Ele acompanha a liberação dos corpos levados para o ginásio da cidade, onde foram identificados. Segundo o prefeito, os enterros de metade das vítimas – formada por pessoas de Santa Maria – já estão sendo providenciados.

“Esse trabalho de organização e identificação dos corpos é muito traumático e acaba sendo lento demais”, disse ele. Ainda sem informações atualizadas sobre o estado das pessoas feridas, Schirmer garantiu que as famílias das vítimas continuam sendo atendidas por psicólogos, psiquiatras e assistentes sociais, convocados pela prefeitura e pela Universidade Federal de Santa Maria. O prefeito também destacou o trabalho de voluntários que estão contribuindo com os atendimentos.

Emocionado, Schirmer lamentou o incidente e explicou que desde que foi notificado está acompanhando pessoalmente todos os procedimentos. “É ruim para todos nós”, resumiu. Segundo ele, desde o primeiro momento a prefeitura mobilizou todos os esforços para socorrer os sobreviventes. “Não faltaram leitos hospitalares, remédios ou médicos”, garantiu ele.

Segundo o prefeito, a quantidade de medicamentos e o número de profissionais, além dos estoques de sangue e pele, são suficientes no momento para os atendimentos feitos na cidade, onde a maior parte dos feridos está hospitalizada. “Os queimados que precisaram de um tratamento diferenciado foram levados para Porto Alegre, onde há uma unidade especializada.”

Elton John e David Furnish mostram o filho recém-nascido pela 1ª vez.




Ao lado de seu companheiro David FurnishElton John mostra pela primeira vez o filho recém-nascidoElijah Joseph Daniel Furnish-John, a foto estampa a revista “Hello”
Elton John e David Furnish são pais de um outro menino, Zachary Jackson Levon, de 2 anos.
Em entrevista à revista "Hello", o cantor disse que não sabia se seria capaz de amar outro filho como ama o primogênito. "Mas eu aprendi que a capacidade de amar de um pai é infinita. Quando outra criança nasce, a nossa profundidade do amor só cresce mais, por isso foi muito emocionante”.
De acordo com a publicação, Elijah nasceu às 18h40 do dia 11 de janeiro, através da mesma barriga de aluguel que deu à luz Zachary, cuja identidade continua sendo mantida em segredo. "Ela é uma mulher maravilhosa e amorosa, que amamos como uma irmã", contou Elton.
“Temos uma ligação muita estreita com ela e ficamos em contato constante durante toda a gravidez para ficarmos atualizados, ver os exames e compartilhar todos os pequenos detalhes que fazem dos nove meses tão emocionante. Ela nos deu dois presentes surpreendentes e nós, por sua vez, temos o dever de cuidar dela e sermos protetores de seu anonimato”, completou.

Dorival Júnior acredita em evolução do Flamengo.


Os Rubro-negros fizeram apenas três jogos e mesmo assim já é notória a evolução física, técnica e tática do time dentro de campo. A vitória por 1 a 0 sobre o Volta Redonda, em Moça Bonita, com gol de Hernane, aos 48 do segundo tempo, deixou claro que a equipe do técnico Dorival Júnior está no caminho certo.

"A equipe vem evoluindo, vem apresentando coisas muito boas. Espero que a chegada de mais elementos deixe o time mais forte. É uma sequência de trabalho, considero dentro do que estava previsto, é uma equipe jovem, estamos tentando ter uma equipe dentro da competição, quanto mais um elenco. A garotada fez por merecer o resultado. Seria uma situação negativa se a vitória não acontecesse, pelo volume, pelas jogadas criadas. As deficiências são naturais, temos de trabalhar, aguardando o melhor momento dos jogadores. Essa luta é uma constante, vai fazer que cheguemos ao melhor", analisou Dorival júnior.

Sobre o jogo, o treinador do Flamengo acredita que os erros cometidos durante a partida são compreensíveis, uma vez que o gramado de Moça Bonita e o estilo de jogo do Volta Redonda atrapalham um pouco o espetáculo.

"Não existe uma queda de produção. É uma equipe se defendendo, bem postada, e uma atacando. É natural que erros de passes aconteçam, campo pesado, não estamos no melhor do aspecto físico. Quem cria se desgasta mais do que quem marca. Isso tem que ser analisado", avisou.

Próximo jogo será o clássico contra o Vasco da Gama.

Justin Bieber traiu Selena Gomez com estudante de enfermagem, diz revista.


Revista diz que Justin Bieber transou com uma estudante de enfermagem

De acordo com a revista "Star", o ídolo teen traiu Selena Gomez com a estudante e esse seria o motivo do relacionamento ter terminado.

Bieber se reuniu com o rapper Lil Twist e a estudante Milyn Jenson, de 22 anos, em um hotel de Beverly Hills, onde fumaram maconha e beberam demais. Uma pessoa próxima ao astro teen declarou que os dois jovens começaram a se aproximar demais devido aos efeitos da erva, situação que os fez voltar ao hotel para ter um encontro mais próximo. "Justin a surpreendeu dizendo 'quero saber qual é seu sabor' e começou a beijá-la na bochecha, na orelha, no pescoço e no corpo todo. Então tirou a roupa e teve relações com ela", assegura um informante ao tablóide.

Ainda de acordo com a publicação, foi só Selena Gomez saber desse deslize, que desta vez não deu chance ao namorado.

Polícia não encontra imagens do circuito interno de câmeras da Boate Kiss.


Mais de 100 enterros de vítimas do incêndio na Boate Kiss estão previstos para hoje (28) no Cemitério Ecumênico Municipal de Santa Maria. Por todos os lados, o adeus é marcado por revolta e comoção dos parentes e amigos. As histórias são quase sempre de jovens na faixa de 20 anos e estudantes da universidade federal e tinham ido se divertir na casa noturna mais badalada da cidade.

O incêndio que provocou a morte de 231 pessoas ocorreu durante uma festa promovida por acadêmicos de seis cursos da universidade. Santa Maria fica na região central do Rio Grande do Sul.

Polícia procura quarta pessoa com prisão decretada em Santa Maria

A Polícia Civil já ouviu 20 pessoas envolvidas no incêndio da Boate Kiss, que deixou ao menos 231 mortos. A prisão temporária de quatro pessoas foi decretada, e três já estão presas. A quarta pessoa ainda não foi encontrada e pode se apresentar ainda hoje (28). A polícia continua as buscas. Os nomes dos presos não serão divulgados pela polícia. As prisões têm prazo de cinco dias, prorrogáveis por mais cinco.

De acordo com o delegado da Polícia Civil, Sandro Meinerz, as imagens do circuito interno de câmeras, que poderiam auxiliar nas investigações, não foram encontradas. Nos depoimentos prestados, os proprietários disseram que o sistema já não estava funcionando antes do incêndio.

“A gente acha que efetivamente já estava estragado, até porque, em um determinado momento, ele poderia ser muito proveitoso aos próprios proprietários. As imagens internas poderiam eximir um pouco a responsabilidade dos proprietários e aí poderiam provar que talvez tenha sido o pessoal da banda que deu início ao incêndio”, disse.

De acordo com o delegado, as imagens poderiam auxiliar as investigações, pois trariam informações sobre o que ocorreu depois do início do incêndio e o comportamento das pessoas. “Para nós [os vídeos] seriam importantes. As pessoas correram para onde, tiveram obstáculo onde, qual foi a dificuldade a ser transposta naquele momento?” indagou.

Meinerz ressaltou ainda que é provável que a boate não estivesse superlotada no momento da tragédia. “As pessoas frequentadoras do local dizem que costumeiramente havia muito mais gente do que nesse dia [sábado]. Aparentemente não tinha superlotação no dia.”

Indenizações para as famílias das vítimas

Os parentes dos mortos e dos feridos no incêndio da Boate Kiss, que deixou ao menos 231 mortos em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, podem esperar mais de dez anos para receber indenização dos responsáveis pela tragédia. Segundo o professor de direito civil da Universidade de Brasília, Frederico Viegas, este tipo de processo é complexo e só deve ser concluído quando chegar ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), última instância a qual os envolvidos podem recorrer.

“Fatalmente vai terminar no STJ porque as pessoas vão recorrer [das decisões judiciais]. É um caso extremamente complexo que envolve muitos responsáveis”, explicou. O professor acredita que até a solução dos processos, os responsáveis podem tentar fazer acordos com os parentes das vítimas.

Em casos recentes no Brasil, como as grandes tragédias aéreas, as famílias ainda negociam na Justiça a responsabilidade pelas mortes, o valor e a forma de pagamento das indenizações. Para Frederico Viegas, o ideal é que os parentes das vítimas da Boate Kiss se unam em associações como as que foram formadas no caso dos acidentes envolvendo as empresas TAM e Gol.

Crea-RS defende legislação federal para tornar obrigatória fiscalização em locais de grandes aglomerações.

A tragédia ocorrida neste fim de semana na boate Kiss, em Santa Maria (RS), precisa servir de ponto de partida para a criação de uma legislação nacional que defina algumas regras para o funcionamento de empreendimentos desse tipo. Em especial para tornar obrigatória, por meio de lei federal, a fiscalização periódica das instalações. A proposta foi defendida hoje (28) pelo presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio Grande do Sul (Crea-RS), Luiz Alcides Capoani.

Papa Bento XVI envia mensagem às famílias de Santa Maria.

Em telegrama enviado ao arcebispo de Santa Maria, dom Hélio Adelar Rubert, opapa Bento XVI expressou pesar pela tragédia: “Consternado pela trágica morte de centenas de jovens em um incêndio em Santa Maria, o Sumo Pontífice pede a Vossa Excelência que transmita às famílias das vítimas suas condolências e sua participação na dor de todos os enlutados”, diz a mensagem, assinada pelo secretário de Estado do Vaticano, cardeal Tarcisio Bertone.

Angelis é apontada como favorita ao prêmio de R$1 milhão da "Fazenda de Verão".




Notícias da Fazenda de Verão  - Nesta segunda, 28, durante o almoço os peões relembraram algumas Roças. E na ocasião Victor assumiu um possível favoritismo de Angelis para disputar a grande final. Hoje os participantes enfrentarão a última eliminação do programa antes da grande final e um dos três roceiros da vez dará adeus ao sonho de conquistar o tão almejado prêmio de R$ 1 milhão.





Tem atores de "Salve Jorge" reclamando de aparecer pouco na novela, diz colunista.


A coluna do Léo Dias, do jornal carioca "O Dia", diz que nos bastidores da novela ‘Salve Jorge’, as reclamações dos atores por estarem aparecendo pouco são constantes. 
("Gloria Perez vai fazer algumas mudanças previstas na sinopse original"  
Ainda segundo a publicação, alguns levam na brincadeira e criaram um ranking para levantarem quantos capítulos ficaram fora do ar. A liderança é de Cristiana Oliveira, que ficou 20 capítulos sem aparecer. Ela foi seguida de Anderson MüllerNarjara Turetta e por aí vai. Stenio Garcia é outro que figura no ranking. Com tantas folgas, o intérprete de Arturo aproveitou para fazer uma viagem de 20 dias à Itália durante as festas de fim de ano. Mas a virada vai chegar. A partir do capítulo 100, Gloria Perez vai fazer algumas mudanças previstas na sinopse original e todos terão seu lugar ao sol. “A história é a história da sinopse. Apenas entra numa nova fase, que, aliás, já foi gravada antes da estreia, na Turquia. Os atores recebem a sinopse e são informados do tamanho dos papéis para aceitar ou não”, justifica a novelista.

Depois da 'Boate Kiss', vereadores vão rever legislação de funcionamento de boates em Campos, RJ.


Após a tragédia ocorrida na "Boate Kiss", em Santa MariaRio Grande do Sul, a Câmara Municipal de Campos dos Goytacazes criou, nesta segunda-feira (28), mas um Grupo de Trabalho (GT) extraordinário. Desta vez, o objetivo é analisar e rever a legislação e fiscalização municipal relacionada à segurança, à prevenção de incêndios e ao funcionamento de estabelecimentos comerciais, boates e casas noturnas de Campos. A informação foi divulgada pelo Dr. Paulo Hirano, líder da bancada de apoio ao  governo da prefeita Rosinha Garotinho na Casa de Leis.

Segundo, o  Dr. Paulo Hirano a primeira reunião do GT acontecerá nesta terça-feira (29), às 16h, na sala da presidência. “Além disso, nesta quarta-feira (30), daremos início às atividades de fiscalização, quando começaremos a visitar alguns estabelecimentos para verificar se as normas estão sendo cumpridas”, disse Dr. Paulo Hirano, destacando, ainda, que a nova medida será publicada no Diário Oficial do município ainda esta semana.

O Grupo vai contar com a participação dos seguintes vereadores: Dr. Paulo Hirano, Fábio Ribeiro, Alexandre Tadeu, Gil Vianna, Alonsimar e Genásio. O coordenador de Segurança e Ordem Pública, coronel Alcemir Pascoutto, e o secretário de Defesa Civil, Henrique Oliveira, também farão parte da equipe, representando o poder Executivo.

"Tragédia na Boate Kiss": 75 pacientes ainda correm risco de morte.


As autoridades de saúde do Rio Grande do Sul e do governo federal estão especialmente preocupadas com os 75 pacientes vítimas do incêndio em Santa Maria que permanecem em estado crítico de saúde, com risco de morte. Somente na cidade onde ocorreu a tragédia com 231 mortos, existe 83 pacientes internados, sendo 33 em estado grave..

Os pacientes em estado mais crítico são, em geral, os que estão intoxicados gravemente com a fumaça do incêndio ou sofreram queimaduras intensas. Para este último caso, o Ministério da Saúde pediu ajuda a profissionais de hospitais de referência no Rio de Janeiro e do Paraná, além do Hospital Albert Einstein, de São Paulo.

Segundo o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, os 75 casos gravíssimos incluem pacientes que precisam de diálise permanente, medicação para manter a pressão sanguínea e ventilação mecânica, por exemplo. Em dois casos, a situação é tão crítica que as pessoas não puderam ser transferidas de Santa Maria para Porto Alegre, porque não suportariam a viagem.

O número de pacientes graves, no entanto, vem sendo reduzido e alguns já deixaram a UTI. Apesar disso, novos casos críticos ainda podem surgir. Segundo o ministro, 30 pacientes procuraram ontem (28) a Unidade de Pronto Atendimento 24 horas de Santa Maria porque apresentaram sintomas como tosse e falta de ar. 

“Depois da data do incêndio, mesmo pessoas que inicialmente não tiveram nenhum sintoma, começaram a aparecer com sinais de tosse, falta de ar e começaram a evoluir para o que nós chamamos de uma pneumonite química”, explicou.

Hoje, no entanto, apenas duas pessoas apresentaram os sintomas da intoxicação pela fumaça do incêndio. Entretanto, o ministro alerta que os casos de pneumonite podem se agravar rapidamente e levar o paciente à morte se não forem tratados. Por isso, pede que qualquer pessoa que esteve na boate no momento do acidente e inalou a fumaça procure uma unidade de atendimento, se vier a se sentir mal.

De acordo com Padilha, exames de raio X não são suficientes para atestar a intoxicação e o paciente deve ser examinado clinicamente por um médico.

Apesar de Santa Maria ter 30 leitos de UTI, os casos graves estão sendo levados aos poucos para Porto Alegre (RS). A intenção do comitê de gerenciamento de crise formado pelo ministro e pelos secretários de Saúde do estado e do município é deixar esses leitos vagos para casos de pneumonite que vierem a exigir respiração artificial.

Fato de as vítimas do incêndio da Boate Kiss serem jovens é um ponto a favor da recuperação.


O fato de as vítimas do incêndio da Boate Kiss, em Santa Maria (RS), que estão internadas serem jovens é um ponto a favor da recuperação. É o que explica o médico José Mário Teles, presidente da Associação de Medicina Intensiva Brasileira. Apesar de não poder dizer que eles estão fora de perigo, o médico diz que se eles tiverem todo o tratamento necessário, têm boas chances de melhora.
Teles diz que muitos dos pacientes em estado grave não apresentam queimaduras no corpo. “Eles não têm área queimada, tiveram lesão pela fumaça quente, ou seja, têm um fator de risco para o aumento de mortalidade, que é a lesão inalatória. Recebendo tratamento adequado eles têm uma chance muito grande de se recuperar”, diz Teles, acrescentando que os quadros mais frequentes são de insuficiência respiratória, mal funcionamento dos pulmões por queimadura e inchaço.

O especialista diz que o Rio Grande do Sul é um dos três estados com maior qualificação, capacitação e melhor formação de profissionais de unidades de tratamento intensivo (UTI), é também um dos estados que mais têm leitos de UTI, e assim, tem suportado a demanda causada pelo incêndio.

Apesar disso, Teles alerta que o Brasil não está preparado para o atendimento repentino de muitas vítimas. “Eu acho que não existe no Brasil uma cultura de planejamento de atendimento de muitas vítimas, com mais de 15, 20 pessoas, porque a maioria dos hospitais, seja na rede pública seja na privada, já têm sua capacidade ultrapassada”. Ele acrescenta que é necessário que qualquer hospital esteja preparado para receber repentinamente uma grande quantidade de pacientes, como de acidentes de ônibus ou desmoronamentos.

Para Teles é importante ter planejamento para o atendimento de múltiplas vitimas, saber como aumentar em algumas horas a capacidade de atendimento de doentes graves, como preparar os hospitais, as unidades de terapia intensiva, como proceder a triagem das vítimas e alocar os recursos disponíveis. O médico ressalta que, com a chegada de grandes eventos ao país, como a Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016, é imprescindível o treinamento dos profissionais para acidentes de grandes proporções.

Entenda o porquê Aslan deve ser o próximo eliminado do "BBB13".


Observando os indicados para disputar o 3º paredão, da 13ª edição do Big Brother Brasil, tudo levar a crer que o Aslan será o próximo eliminado, embora o Marcello não seja um bom jogador.

Marcello só entrou no BBB por ter chamado a atenção das mulheres no período que esteve confinado na "Casa de Vidro", fora isso o carioca é totalmente apagado no reality. Mas deve continuar por que Aslan, que entrou no BBB assumindo que é gay, não conseguiu mostrar nada de diferente para chamar a atenção do público.

artista plástico caiu na rotina, sua presença na casa hoje não soma e nem diminui. Aslan também cometeu um grande erro -- bateu de frente com Marocasem necessidade. E talvez, por isso, tenha perdido a chance de continuar no reality. 

Sendo assim, Marcello deve continuar, por enquanto. 

Victor Aviz foi o eliminado na última Roça da "Fazenda de Verão".


Na madrugada desta terça-feira (29), o apresentador Rodrigo Faro revelou o eliminado da Fazenda de Verão. E o peão que saiu do reality foi Vitor Hugo Aviz. 

Antes do resultado os peões tiveram que responder a pergunta feita pelo apresentador Rodrigo Faro. Ele quis saber com quem eles gostariam de disputar a "Final da Fazenda de Verão", já que dois ficarão para disputar ao lado de Thyago o prêmio de R$ 1 milhão.


A peoa Angelis respondeu primeiro: "Eu queria ir com o Victor para ficar só eu de mulher.". Depois foi a peoa Ísis: "Eu queria ir com o Victor também. Estamos unidos há muito tempo aqui.". Por último foi o peão  Victor: "Eu queria ir com a Ísis. Ela é minha irmã aqui dentro do jogo."

Mas a primeira votada para continuar no reality da TV Record foi a peoa Isis, que logo voltou a sede para se juntar ao Thyago e juntos esperaram a chegada do próximo competidor que foi a peoa Angelis. 

Agora é esperar chegar quarta-feira (30), para o publico brasileiro que acompanha a Fazenda de Verão decidir quem vencerá o reality.

Angelis, Isis e Thyago disputam o prêmio de R$1 milhão da "Fazenda de Verão".




"Fazenda de Verão" - Na madrugada desta terça-feira (29), Angelis Borges, assessora de imprensa,  vibrou muito com o resultado da Roça. "Eu estou na final.  É muito boa a sensação de voltar da Roça. Eu vou sair daqui com a cabeça e o psicológico muito melhor. Me descobri outra mulher."

Thyago Gesta, ficou sozinho no quarto da sede após o fim do programa ao vivo, o empresário deu um soco na cama e mandou uma mensagem para o amigo."Não foi esse o combinado, irmão." Em seguida, o finalista foi para perto de sua cama e pensou em voz alta ao olhar as fotografias dos seus pais e amigos."Agora é a hora, mãe e pai. Vamos ganhar esse R$ 1 milhão."

Ísis Gomes desabafou: "Isso é para calar a boca de quem disse aqui que eu era em cima do muro e fraca. Lá fora as pessoas viram quem é a Ísis de verdade."

E agora? Quem leva R$1 milhão da Record? Angelis, Isis ou Thyago?

Delegacia Virtual do Estado de São Paulo

Delegacia Virtual do Estado do Rio de Janeiro