A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Vagas disponíveis de emprego na Padaria Sumaré em Caraguatatuba:

Vagas disponíveis para: 
Cozinheiro, salgadeiro, balconista, Doceiro, chapeiro, copeiro, confeiteiro, padeiro, ajudante de padeiro, faxineiro e motoboy

Padaria Sumaré
Av. Presidente Castelo Branco esquina com Rua: Aparecida do Norte.



Por segurança, Neto Bota consegue lombo faixa‏

Na última semana, a prefeitura de Caraguatatuba, por meio da Ditran, instalou uma lombo faixa para travessia elevada de pedestres na rodovia SP – 055. A realização desse serviço se deu após solicitação do vereador José Mendes de Souza Neto (Neto Bota).
 Preocupado com a segurança de todos aqueles que trafegam pela via, o parlamentar, atual Presidente da Câmara, há tempos vinha fazendo essa reivindicação. A lombo faixa foi colocada em uma das entradas do bairro do Tinga.
 “Aquele ponto da rodovia é muito utilizado por famílias, crianças e adolescentes. São muitos alunos que precisam atravessar a pista, colocando a vida em risco, devido milhares de carros que passam pelo local em alta velocidade. Agora, tanto moradores, estudantes e turistas terão mais tranquilidade para trafegar por ali”, falou Neto Bota, que agradeceu a sensibilidade da prefeitura em entender o problema.
 “A segurança do ser humano deve estar em primeiro lugar. Não podemos fechar os olhos para essa necessidade. Fico muito contente pela conquista e agradeço o prefeito Antonio Carlos e o secretário da Ditran, Amandes, por entenderem nossa reivindicação e o quanto era preciso essa lombo faixa naquele local”, disse.
 Ainda naquela região, Neto Bota elaborou um ofício para encaminhar ao comando da polícia militar, para que tenha uma atenção maior com as pessoas que andam pelo local.
 Segundo o vereador, muitos foram assaltados nos últimos dias naquele trecho da via. São muito alunos do IF (Instituto Federal) entre outros que esperam o ônibus naquelas imediações.
 “Temos que olhar pela segurança desses jovens, dos professores e de todos aqueles que passam por ali. Devemos tomar essa precaução e espero que olhem com bastante carinho mais essa reivindicação que fizemos”, comentou Neto Bota.

Crivella garante que aquicultura é o pré-sal da produção de pescados‏



Ministro abriu 
​dia 30
, em Brasília, seminário destinado à atração de investimentos para o setor

O ministro da Pesca e da Aquicultura, Marcelo Crivella, defendeu, em Brasília, a viabilidade econômica e ambiental da aquicultura (cultivo de pescados). Durante Seminário organizado para atrair investidores brasileiros e estrangeiros para o setor, no Centro de Convenções Brasil 21, ele comparou a atividade ao pré-sal, levando em conta as demais alternativas de produção de proteínas e grãos e garantiu que a “Reforma Aquária” – uso das águas da União para o cultivo de pescados – é viável no Brasil.

“É viável porque as águas são da União e o governo está oferecendo ao setor 0,5% do espelho d´água para a produção de pescado. E de um hectare de tanque-rede podemos obter 100 toneladas de pescado ao ano”, destacou. “A aquicultura está para o Brasil assim com está o pré-sal para a produção do petróleo: há uma grande fronteira para ser desbravada e um grande potencial disponível”, assegurou.

Crivella demonstrou aos futuros investidores do setor a importância do negócio para o mundo, lembrando que 60% da proteína animal produzida atualmente é pescado e que o crescimento populacional demanda cada vez mais e mais cultivo. Ele acrescentou, também, que em termos mundiais, a tilápia é o peixe mais cultivado e mais presente nas criações por todo o globo. “A Tilápia é o peixe mais produzido no mundo e é aqui no Brasil que temos as melhores condições para cria-la”, destacou.

O ministro admitiu, por outro lado, que o aumento do cultivo trará desafios tecnológicos e sanitários, mas disse, em seguida, que o País está pronto para enfrentá-los, por meio do Renaqua – a rede de laboratórios e universidades criada pelo governo federal para pesquisar e contribuir com a sanidade e desenvolvimento do setor.

Para mobilizar ainda mais os empresários em torno da aquicultura, Crivella também informou que o governo e o Ministério da Pesca trabalharam, nos últimos dois anos, para superar exatamente os três maiores gargalos indicados pelo setor para o crescimento da produção: impostos, financiamento e licenciamento. “Desde que assumimos a presidenta Dilma já garantiu a desoneração do pescado, que foi incluído na cesta básica, a criação do Plano Safra, que dispõe de R$ 4,1 bilhões para o setor e, mais recentemente, a simplificação do licenciamento ambiental, com a unificação das licenças e a centralização do licenciamento no Ibama”, complementou.

O Seminário Aquicultura – Um investimento Sustentável, termina no final dia de hoje, apresentando cases de sucesso na aquicultura, vantagens competitivas do setor  e oportunidades de investimento e financiamento.

Brincadeira com o nosso dinheiro

Nos munícipes pagamos nossos impostos e estes impostos são revertido em pagamento de salario para este vereador que tem perde tempo para fazer um requerimento deste... 
O vereador Julio Alves assim como os demais recebe mensalmente mais de R$ 5.000,00 de salario para fiscalizar e legislar e veja o que este vereador vem fazendo...
Requerimento Nº 144/13 - Ver Júlio Cezar Alves - Requer informações do Tem Jaime Nataniel Dielh, responsável pela 7ª Delegacia de Serviço Militar em São José dos Campos - SP, sobre possível reunião para tratar de alistamento militar e do tempo pós dispensa do serviço militar.
Esta na hora da comissão de ética da Câmara Municipal de Caraguatatuba agir.
Eu quero ver este vereador solicitar requerimento sobre:
Medicamentos que vem faltando;
Médicos que fazem plantão em casa;
As prestações de contas que estão atrasadas na Câmara Municipal de Caraguatatuba;
Quem são os verdadeiros proprietário da empresa SOL;
Solicitar informações se os funcionários da empresa SOL estão recebendo seus salários, e salubridade em dia
Solicitar informações porque a prefeitura ainda não fez um BO na delegacia sobre os crimes cometidos por esta empresa no município;
Segundo informações do TSE e portal da transparência da prefeitura municipal de Caraguatatuba, o vereador Julio Alves ter seu nome envolvido em vendas para a prefeitura.
veja a declaração de bens apresentada no TSE e no portal da prefeitura municipal de Caraguatatuba e comprove.

Declaração de Bens TSE:

Veja a relação das vendas conforme consta no portal da transparência da Prefeitura Municipal da Estância Balneária de Caraguatatuba no ano de 2012.

Veja a relação das vendas conforme consta no portal da transparência da Prefeitura Municipal da Estância Balneária de Caraguatatuba no ano de 2013.

Secretaria de serviços públicos R$ 4.348,10;
Material para manutenção de bens imóveis R$ 3.637,10;
Material de pintura R$ 3.637,10;
Material de expediente R$ 711,00;
Acessórios utilizados em escritórios/escolas R$ 669,00;
Tinta acrílica R$ 669,00;
Materiais utilizados em escritórios R$ 42,00;
Fita crepe 25mm x 50m R$ 42,00 ;

Secretaria de assistência social R$ 3.951,80;
(vazio) R$ 1.419,40;
Chefia de gabinete R$ 1.136,90;
Ensino fundamental e suplência R$ 721,50;
Secretaria de esportes e recreação R$ 349,50;
Secretaria da fazenda R$ 153,00;
Secretaria de obras publicas R$ 129,00;
Administração do cemitério R$ 109,00;


Diante desta situação começou um clamor popular por esclarecimentos; Após algumas denuncias através das mídias sociais o vereador Julio Cezar Alves retirou o seu nome do contrato social da empresa (ALVES TOP TINTAS LTDA - ME - CNPJ: 13.670.592/0001-09 - Inscrição Estadual: 254.065.947.114), mas segundo as informações do portal da transparência da Prefeitura Municipal de Caraguatatuba as vendas já haviam sido feitas conforme consta no portal da transparência da Prefeitura Municipal da Estância Balneária de Caraguatatuba.