A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Sheherazade treme na base após entrevista de Lula

sbt
 Quem esperava um Lula acuado na entrevista que concedeu ao jornalista Kennedy Alencar nesta quinta-feira no SBT, deve ter tomado um susto.
Sereno e bem-humorado, o ex-presidente articulou bem as palavras, mostrou – com convicção flagrante – indignação com as acusações que lhe são feitas e, de quebra, lembrou fatos que o distinto público não está acostumado a ver.
sbt 2

A dupla de apresentadores do Jornal do SBT (Sheherazade e um outro de quem ninguém lembra o nome), no intervalo entre a primeira e a segunda partes da entrevista, ainda tentaram prejudicá-lo.
A dupla destacou que Lula “Diz que não tem medo de ser preso”, como se sua prisão fosse iminente. Na verdade, tratava-se de resposta do ex-presidente a alusão do entrevistador a declaração do seu ex-chefe de gabinente, Gilberto Carvalho, de que pretendem “prendê-lo” para impedir que se candidate em 2018.
Lula fez o que melhor sabe, mostrou emoção e indignação diante da enormidade de tal hipótese. Mas melhor ainda foi a tranquilidade que demonstrou ante a artilharia do entrevistador.
sbt 1

Perguntado pelo entrevistador se poderia ser candidato em 2018 só para barrar a volta da “oposição” ao poder, matou a pau ao responder que só será candidato se tudo que construiu em seu governo estiver em risco.
Se Lula nunca tivesse governado o país, essa fala não teria tanto sentido. Mas com o recall que sua imagem no vídeo provocou – lembrança de como as pessoas melhoraram de vida durante seus dois mandatos -, a frase tem uma significação imensa para o público do SBT, compost, majoritariamente, pelas classes C e D.
Perguntado se não teria que saber de tudo que se passava em seu governo, recorreu às metáforas que o tornaram o presidente mais bem avaliado da história brasileira em um final de mandato: “Quantas vezes, Kennedy, você não sabe nem o que os seus filhos estão fazendo dentro da sua casa”.
Perfeito. Esse tipo de metáfora fala mais ao homem da multidão do que qualquer discurso empolado.
Perguntado sobre o volume de casos de corrupção no Brasil que vêm sendo revelado, lembrou que tudo isso só está vindo a público porque hoje, ao contrário do que acontecia antes, tudo é investigado, doa a quem doer.
Por fim, confrontado com declarações desairosas do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso sobre si, vale mais traduzir o que ele deixou transparecer na resposta do que suas palavras literais. Em síntese, disse ao público que FHC o ataca porque tem inveja de ele ter terminado seu mandato com 80% de aprovação enquanto que o tucano terminou seu governo ao rés do chão.
Qualquer um poderia ter dado as respostas que Lula deu. Todos os que acompanham política sabiam o que seria perguntado e o que ele responderia. O importante, porém, não é o que foi dito pelo ex-presidente, mas a forma como foi dito e por quem foi dito.
Ainda que a direita midiática ache que é possível simplesmente fazer sumir da cabeça das pessoas o que representaram os oito anos de governo Lula para a esmagadora maioria dos brasileiros, isso é impossível. A povo pode ter memória curta, mas não é retardado.
Ao fim da entrevista, ressurge a dupla de apresentadores. Ambos lívidos, desconcertados, vendo que o Lula que tinham acabado de ouvir definitivamente não era o que esperavam.
A cara de abatimento de Sheherazade, ao anunciar as notícias do próximo bloco do telejornal após o fim da entrevista de Lula, disse tudo.

Fabiana Karla cogita se tornar vegetariana e descarta botox: "Medo de agulha"

Humorista afirmou que se sente melhor atualmente do que quando tinha 17 anos

Fabiana Karla se tornou outra pessoa após participar do "Medida Certa", quadro do "Fantástico", da Globo. Após perder 10kg no programa e mais 2kg após o projeto, a atriz afirma que sua próxima meta é se tornar vegetariana. A humorista já riscou de seu cardápio frango e carne vermelha.
"Mais para frente quero cortar o peixe, mas estou eliminando aos poucos, sem ser radical. De certa forma, esta restrição alimentar é por compaixão, além de ser um novo estilo de vida".
Fabiana disse ainda que aprendeu a gostar de fazer exercícios graças ao empenho de Márcio Atalla, personal trainer do dominical. "Mantenho os hábitos que aprendi e sou muito feliz por isso. Dou um jeito de fazer 30 minutos todo dia, mesmo quando está corrido", afirmou.
Supervaidosa, a comediante é adepta de vários procedimentos estéticos para cuidar do corpo, mas descarta fazer qualquer tipo de cirurgia plástica, até mesmo botox.
"Tenho medo de agulha e preciso das minhas expressões para atuar. Pode ser que futuramente ache necessário, mas no momento não acredito que seja preciso e não tenho vontade. Por enquanto, vou deixar as mudanças para os cabelos", explicou.
Mais nova integrante do time das quarentonas, a morena afirmar estar vivendo a melhor fase de sua vida: "Me fez ficar mais feliz e achar que tenho muito a celebrar. São 40 anos muito bem vividos e, por isso, quis comemorar. E acho que entrei com o pé direito: loira e sem comer carne, mudança total. Me sinto melhor hoje do que quando tinha 17 anos, pois hoje tenho maturidade para lidar com a vida. Quarenta é só o começo".

Zilu Godoi desabafa: 'Eu e meus filhos não temos nada contra namorada do Zezé'

Zilu Godoi fez um desabafo em seu Instagram nesta quinta-feira, 5 de outubro de 2015: 'Eu e meus filhos não temos nada contra a namorada do Zezé. Vamos parar com acusações'

Ex-mulher do sertanejo publicou, em seu Instagram, um pedido para que os seguidores parem de falar sobre sua família: 'Vamos ser felizes e deixar que todos também sejam'
Depois de Zezé Di Camargo negar um climão entre suas filhas e sua namorada, Graciele Lacerda , foi a vez de Zilu Godoi, ex-mulher do cantor, se pronunciar a respeito do suposto mal-estar. Mesmo depois de ter dito que deixaria as redes sociais em agosto deste ano porque queria paz em sua vida pessoal, Zilu fez um desabafo em seu Instagram na madrugada desta quinta-feira (5), pedindo que seus seguidores parassem de postar comentários ofensivos sobre Zezé e Graciele.
"Só peço que todos parem de alimentar essas pessoas do mal, falando coisas sobre minha família, sobre o Zezé e a namorada dele. Todos estão tentando ficar em harmonia, mas quanto mais vocês entram aqui e deixam seus desabafos, isso só dá chance de a imprensa marrom, mídia do mal, criar situações que dê vantagens a eles. Para mim e para as pessoas que amo só traz aborrecimentos", iniciou ela, negando ainda que Wanessa tenha proibido a presença de Graciele em um leilão e que Camilla tenha feito o mesmo em um evento da Imperatriz.
"Eu e meus filhos não temos nada contra a namorada do Zezé. Vamos parar com essa coisa de acusações, dizendo que estamos colocando exigências contra ela, essa de dizer que não vamos onde ela estiver, não existe mais, acabou! Ela é a namorada do pai dos meus filhos e eles respeitam isso, então parem com esses comentários, ninguém vai deixar que a mídia crie mentiras. Nem eu nem meus filhos estamos fazendo essas exigências. Estamos todos juntos, somos uma família e queremos paz para que cada um seja feliz com suas escolhas, sem mais comentários. Só peço mais respeito. Quem está aqui, no meu Instagram, sei que está porque gosta da família e me respeita. Publiquei isso porque isso já deu, vamos ser felizes e deixar que todos também sejam!", finalizou Zilu.
No Carnaval 2016, Zezé Di Camargo e Luciano serão homenageados pela escola de samba Imperatriz Leopoldinense. Graciele Lacerda foi confirmada no mesmo carro alegórico que a dupla: ela virá no andar de baixo do sexto carro junto com a família da dupla: Dona Helena e Seu Francisco, pais de Zezé e Luciano, além dos irmãos Lucielle, Emanoel, Marlene, Wellington e Walter. Alguns amigos da dupla também devem desfilar neste carro. Já Zilu Godoi, virá no quinto carro ao lado dos filhos Wanessa, Camilla e Igor.

Real Madrid aceita proposta de R$ 580 milhões do PSG por Cristiano Ronaldo, segundo jornal britânico

O futuro de Cristiano Ronaldo pode ser longe do Santiago Bernabéu. Ao menos é isso que garante o Daily Express, da Inglaterra. segundo fontes britânico afirmam que o Real Madrid aceitou uma proposta de 100 milhões de libras (cerca de R$ 580 milhões) para que o craque português se transfira para o Paris Saint-Germain em janeiro de 2016.


A publicação revela que o camisa 7 dos Blancos foi visto conversando com o técnico Laurent Blanc e Nasser Al Khelaifi, presidente do PSG, após a partida dessa terça-feira, na capital espanhola, pela quarta rodada da fase de grupos da Champions League, vencida pelo time da casa por 1 a 0. Florentino Pérez, mandatário do clube madridista, inclusive, já teria aprovado a transferência do jogador.
A ratificação do negócio poderia frustrar os planos do Manchester United, clube que sonha em contar novamente com o craque português em seu elenco. Ele esteve em Old Trafford entre 2003 e 2009, quando se transferiu para o Santiago Bernabéu.
A possível mudança do astro luso para o futebol francês pode acarretar na negociação de Zlatan Ibrahimovic para outro clube, já que o setor ofensivo ficaria com muitas opções caras, casos de Ángel Di María e Cavani. O Milan e outros clubes da Major League Soccer (MLS) tencionam a chegada do sueco.

Atrizes iranianas tiram véu e são banidas do país


As mulheres contestam cada vez mais as imposições religiosas das autoridades.
Sadaf Taherian e Chakameh Chamanmah são actrizes iranianas que além da nacionalidade e da profissão têm outra coisa em comum: ambas foram obrigadas a deixar o seu país e estão impedidas de voltar. O motivo? Colocaram nas redes sociais fotos sem o obrigatório véu usado pelas mulheres no Irã, o hijab. Um crime para as autoridades xiitas.
As duas atrizes foram acusadas de serem "imorais" pelo governo iraniano.
Sadaf Taherian refugiou-se no Dubai e admitiu que publicou a foto num gesto de protesto e está bastante “surpresa” com o grau de perseguição de que tem sido vítima. Apesar de todas as críticas, a atriz garante que não se arrepende do que fez.
“Tirei o hijab por amor à minha carreira e por exigência dos filmes. Mas quero viver num lugar onde seja feliz, de maneira que me façam feliz”, disse Taherian em entrevista. A atriz tornou-se conhecida há dois anos com a participação no filme “Hich Koja Hich Kas” (“Ninguém em Parte Alguma”).
“Não esperava esta atitude do povo do Irã, da minha própria cultura, ouvir tantos insultos”, disse Taherian a programa “Tablet”, entrevistada pela jornalista e ativista iraniana Masih Alinejad. “Só posso sentir pena por esta reação, não tenho mais nada a dizer”, acrescentou a atriz, depois de admitir que estava “nervosa e preocupada sobre a maneira como as pessoas iriam reagir às suas fotos”.
A atriz garante que publicou as fotos sem lenço no Facebook e no Instagram “em protesto contra a rigidez das leis em vigor no Irão, que obrigam as mulheres a cobrir a cabeça”.
Também Masih Alinejad, que entrevistou Sadaf, foi castigada pelo governo iraniano por lançar uma campanha contra o uso do hijab. “Mais cedo ou mais tarde, aqueles que não acreditam no uso obrigatório do hijab, que têm vidas múltiplas ou escondidas, verão as suas vidas privadas tornar-se repentinamente públicas. E mais cedo ou mais tarde chegará o dia em que as escolhas pessoais das mulheres serão um direito e não irão enraivecer a sociedade.”, disse Alinejad.
Poucos dias depois foi a vez de Chakameh Chamanmah seguir o exemplo e publicar uma foto sem véu.
A atriz, que reside atualmente nos Estados Unidos, não comentou o assunto mas alguns familiares garantiram que Chamanmah “escolheu as roupas de acordo com a cultura social do país para o qual emigrou”. E também ela foi alvo de comentários ofensivos e machistas.
Mas não são as únicas. O Instagram é uma das redes sociais favoritas dos jovens iranianos e há fotos bem desinibidas e até provocadoras. Entre os utilizadores está a filha do vice-ministro iraniano. Mas o fato de terem contas pessoais a que só um número restrito de pessoas tem acesso não lhes permite um contato tão alargado com o público. E, claro, ser filha de um ministro dar-lhe-á certamente algum tipo de regalias.
O Ministério da Cultura e Orientação Islâmico, responsável pelas autorizações de livros, filmes, peças teatrais e meios de comunicação social reagiu ao caso. “Do ponto de vista do ministério, essas duas atrizes já não são consideradas artistas e já não têm autorização para continuar a atuar”, disse o porta-voz do ministério, Hasein Noushabadi.
A prova disso é que o nome de Chamanmah já foi retirado dos créditos da série televisiva “Baran-e-man”, que ainda é exibida no canal 3 da televisão iraniana. Como se pode ver, são duras as consequências para quem não respeita as leis religiosas e morais iranianas.
Costumes
Em 2013, Hassan Rouhani, considerado um moderado, assumiu o poder no Irão, substituindo Mahmoud Ahmadinejad. Apesar da expectativa inicial, o Irã mantém leis muito conservadoras, em especial no que diz respeito aos direitos das mulheres. Mas as regras também se estendem aos homens. No país as mulheres são obrigadas a cobrir os cabelos em público. Não podem usar saias acima dos joelhos e os rapazes apenas podem usar bermudas em casa. As festas são proibidas e por isso só acontecem em casa com as portas e as janelas bem fechadas para que nada se perceba lá fora.
Namorar? Só online. As carícias são proibidas em público e por isso os casais trocam mensagens pela internet. Não é por acaso que o Irã é a terceira maior população mundial a utilizar o Orkut.
Um ano depois da revolução de 1979, que instituiu a República Islâmica, a legislação obrigou a que as mulheres em território iraniano, independentemente da nacionalidade ou da religião, escondessem o cabelo e os contornos físicos em público. O véu islâmico, o hijab, é um símbolo do regime instaurado pelo aiatola Khomeini e é um campo de luta entre feministas e conservadores.
No ano passado, milhares de mulheres iranianas juntaram-se numa campanha online, através do Facebook, para defender maiores liberdades sociais. Na rede social foram divulgadas fotos em que as mulheres apareciam com a cabeça destapada, sem o obrigatório véu islâmico. A página Stealthy Freedoms of Iranian Women (Liberdades Ocultas das Mulheres Iranianas) tem como objetivo suscitar o debate sobre se as mulheres devem ter o direito de escolher se querem usar o hijab. Atualmente a página já não está disponível na rede.

Papa está perdendo luta para 'moralizar' finanças do Vaticano, dizem dois novos livros

Dois livros publicados nesta quinta-feira na Itália afirmam que o papa Francisco está perdendo a batalha para moralizar as finanças do Vaticano.
Via Crúcis, do jornalista italiano Gianluigi Nuzzi, eAvareza, do também jornalista Emiliano Fittipaldi, mostram que o pontífice enfrenta imensa resistência nos altos escalões da Igreja Católica para implementar sua filosofia de mais frugalidade e austeridade nos gastos.
Os dois autores fazem alegações - às quais a Associated Press e o The New York Timestiveram acesso - que sugerem um péssimo gerenciamento financeiro na Santa Sé, com direito a suspeitas sobre algumas operações.

Aluguéis

Suas informações teriam como base documentos secretos obtidos juntos a alguns círculos do Vaticano. No fim de semana, o monsenhor Lucio Angel Vallejo Balda e a leiga Francesca Chaouqui, que trabalhava no departamento de relações públicas do Vaticano, foram presos sob a acusação de terem furtado material de uma comissão instaurada pelo papa em 2013, poucos meses após sua eleição como sumo pontífice, para apurar os gastos da igreja.
Epa: Nuzzi (à esquerda) e Fittipaldi dizem que burocracia do Vaticano "trava" reformas do papa
Uma das alegações mais graves feita por Via Crúcis é o destino do dinheiro do dízimo arrecadado em paróquias ao redor do mundo. Segundo Nuzzi, de cada 10 euros que chegam à sede da Igreja Católica, seis são consumidos com as despesas operacionais do Vaticano.
O escritor diz ainda ter obtido provas de um esquema de vendas de canonizações e beatificações pela Igreja, sob o qual meio milhão de euros poderia fazer com que algumas santificações ligadas a doações mais substanciais "furassem a fila".
Outra alegação de Nuzzi é de que o portfólio de imóveis do Vaticano valeria 2,7 bilhões de euros, valor sete vezes maior que o declarado nas contas da Santa Sé.
Fittipaldi faz alegações ainda mais graves: em Avareza, ele relata um suposto episódio em que 200 mil euros teriam sido desviados do orçamento de um hospital infantil mantido pela Igreja para custear uma reforma no apartamento do cardeal italiano Tarcisio Bertone, que de 2007 a 2014 foi uma espécie de vice-papa e uma das figuras mais poderosas da fé católica.
Em entrevista ao jornal Corriere della Sera, o cardeal chamou a acusação de "calúnia" e "uma vergonha".
As acusações, se confirmadas, podem revelar um quadro preocupante: Francisco não estaria conseguindo fazer com que muitos de seus colegas religiosos adotem sua rotina de frugalidade. Desde que assumiu, o papa tem feito da austeridade algo próximo da obsessão, a ponto de ter aberto mão dos luxuosos apartamentos papais, por exemplo.
Nuzzi afirma no livro que Francisco teria sido avisado do tamanho do problema quando se tornou papa: em junho de 2013, cinco auditores internacionais teriam alertado o pontífice para o que consideraram uma "completa falta de transparência" na contabilidade da Santa Sé.
Em sua avaliação, os custos estariam foram de controle. E um dos exemplos disso é a alegação de que ainda existe uma conta em nome do papa João Paulo 1º, morto em 1978, com fundos da ordem de 120 mil euros. Ele alega também que os aluguéis cobrados de sacerdotes têm preços muito menores que os do mercado, com alguns empregados por vezes morando de graça.
AFP: Denúncias de corrupção no Vaticano teriam influenciado decisão de Bento 16 (à direita) de renunciar ao papado
Nuzzi também diz ter informações de que o fundo de pensão do Vaticano tem um rombo de cerca de 800 milhões de euros.

'Burocracia poderosa'

"Francisco lota praças, mas não é muito popular entre alguns religiosos em altas posições. Eles atrasam as reformas que o papa quer fazer. A burocracia no Vaticano é poderosa e capaz de bloquear mudanças", disse o jornalista à BBC.
Segundo o livro de Nuzzi, a resistência se fez presente até no repasse de informações para a comissão instaurada por Francisco para apurar os gastos.
Fittipaldi também acusa o Vaticano de ter desviado mais de 400 mil euros em doações em 2013 para cobrir rombos nos gastos do Vaticano.
"A Igreja Católica ainda está muito distante de servir os pobres, como o papa quer", explica Fittipaldi. "Escrevi sobre uma igreja muito rica e que gerencia seus recursos de uma maneira bem ambígua. O papa tem por trás dele uma igreja que não quer renunciar a seu poder econômico."
AFP: Nos tempos de cardeal, Francisco abriu mão de viajar de primeira classe
Em um comunicado oficial, o Vaticano se limitou a dizer que "publicações dessa natureza não ajudam de maneira alguma a estabelecer a verdade e que apenas geram confusão e conclusões parciais".
A publicação dos livros é um novo round de uma polêmica iniciada em 2012, quando Nuzzi lançou obra com base em informações supostamente repassadas pelo mordomo do então papa Bento 16 e fez denúncias de corrupção e fraudes em operações do Vaticano. A repercussão, segundo vaticanistas, teria contribuído para a decisão do alemão de renunciar ao papado, em dezembro de 2012.

‘Não temo ser preso’, diz Lula... Com o dinheiro que ele conseguiu até o mas otario quer bancar uma cadeia

É muita cara de pau deste senhor que atende pelo vulgo hoje nome de Lula da uma entrevista como esta... 
O pior é ver o clamor de pessoas pedindo para este senhor voltara presidencia nas proximas eleições.
Ao negar relação ilícitas com qualquer empresário, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta quinta-feira que não teme ser preso. O petista ainda declarou que, no período em que governou o país, nunca foi avisado que havia corruptos na Petrobras.
Não temo ser preso porque eu duvido que tenha alguém neste país, do pior inimigo meu ao melhor amigo meu, qualquer empresário pequeno ou grande, que diga que um dia teve conversa ilícita comigo, disse o ex-presidente, em entrevista coletiva.
Lula ainda acrescentou que tem a “consciência tranquila” e que as acusações contra ele e pessoas próximas são um “problema político”. Criticou também as informações divulgadas sobre as investigações.
Todas as instituições, que são fortes e poderosas, têm que ter muita responsabilidade. É preciso cuidar para não criar uma imagem negativa de uma pessoa. Estamos vivendo a república da suspeição. Eu não preciso de prova.
Ao ser indagado, se assim como havia declarado na época do escândalo do mensalão (em 2005), também não sabia do escândalo de corrupção na Petrobras, Lula respondeu:
Eu não fui alertado pela gloriosa imprensa brasileira, não fui alertado pela Polícia Federal, não fui alertado pela Receita Federal ou pelo Ministério Público. Sou o presidente que mais visitou a Petrobras. Nunca ninguém me disse que tinha algum corrupto. Essa coisa você só descobre quando a quadrilha cai ou quando alguém denuncia. Quantas coisas acontecem dentro da sua casa com seus filhos que você não sabe? Questionou o ex-presidente.
Ao ser questionado se o pecuarista José Carlos Bumlai, possa ter utilizado o seu nome para facilitar negócios, Lula respondeu:
Se ele teve situação indevida, vai ficar provado.
O petista também se queixou das informações que circulam na internet sobre o enriquecimento de seu filho Fábio Luis Lula da Silva, o Lulinha.
Na internet ele tem avião, ele tem a Torre Eiffel, ele tem a Casa Branca, tem todos os bois da Friboi.
Também criticou os delatores da Operação Lava-Jato.
Nem tudo que o delator fala tem veracidade. É preciso que a gente não dê voto de confiança a um bandido e um voto de desconfiança a um inocente.
Lula ainda foi perguntado sobre os ataques do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), que o acusou de apelar ao “toma lá, dá cá” quando estava no poder.
O Fernando Henrique Cardoso toda vez que ele tiver que falar de corrupção ele tem que lembrar da (aprovação da emenda da) reeleição de 1997.
Para o ex-presidente petista, Fernando Henrique tem um “problema de soberba”.
O Fernando Henrique sofre com meu sucesso.
Lula também disse que se estivesse no governo seguiria um caminho diferente do escolhido pela presidente Dilma Rousseff, que optou pela criação de imposto, com a volta da CPMF, para tirar o país da crise.
Eu faria crédito.
Na entrevista, Lula também disse que se estivesse no governo seguiria um caminho diferente do escolhido pela presidente Dilma Rousseff, que optou pela criação de imposto, com a volta da CPMF, para tirar o país da crise.
Eu faria crédito, primeiro na cadeira produtiva, com as grandes empresas sendo avalistas das pequenas da cadeia dela. Eu aumentaria o crédito consignado da industria privada. Abriria crédito para governadores e prefeitos que têm capacidade de endividamento, disse o ex-presidente.
Para o petista, o governo de Dilma errou ao exagerar na desoneração de setores da economia.
Talvez o governo tenha descoberto que já desonerou tanto, quando já tinha passado do limite. Não deveria fazer tanta desonerações.

Substituta de Joelma na Calypso rebate críticas de fãs na web: 'Tenham educação'

Thábata Mendes responde aos comentários feitos em seu perfil no Instagram: 'Espero conquistar meu espaço. Luz para vocês'
A entrada de Thábata Mendes na Calypso vem dividindo a opinião dos fãs da banda e causando um climão no Instagram da moça, que assume o posto de vocalista no dia 1º de janeiro, quando Joelma seguirá carreira solo. Na noite desta terça-feira (3), Thábata recebeu críticas de alguns fãs incondicionais da ex-mulher de Chimbinha e que não aceitam sua saída da Calypso.

"É isso mesmo? Essa demônia cantando e dançando Calypso?", comentou uma internauta. "Nunca será melhor que Joelma, ela é insubstituível", escreveu outra. Mas Thábata, que tem fama de ser uma pessoa tranquila e caseira, não deixou os comentários passarem despercebidos. "Realmente não espero substituir ninguém, espero conquistar meu espaço fazendo o que mais gosto de fazer que é cantar e levar alegria às pessoas. Entendo seu sentimento de fã. Mas tenham educação ao menos. O mundo clama por energia positiva. Luz pra vocês", escreveu ela.

No entanto, houve quem defendesse e elogiasse a cantora no mesmo post. "'Parabéns, que voz linda!", "Canta demais" e "Muito linda" foram alguns dos comentários de apoio que ela recebeu.

Chimbinha rasga elogios à Thábata Mendes: 'Bagagem muito grande'

Thábata Mendes foi anunciada oficialmente como nova vocalista da Banda Calypso, em coletiva de imprensa, na manhã do último sábado (31), em Belém, no Pará, ao lado de Chimbinha. "Estou tendo muita visibilidade. Até então eu era anônima e esse anônima está se acabando e só tenho a agradecer a Deus, primeiramente, e Chimbinha. Sinto uma energia muito positiva", vibrou a artista.

Durante o bate papo com a imprensa, o guitarrista lembrou que ele e Thábata se conhecem há algum tempo e um amigo dele chegou a produzir um disco da cantora. "Eu sempre acreditei no trabalho da Thábata. É uma artista pronta. Uma artista que vem com bagagem muito grande", elogiou o ex-marido de Joelma.

Chimbinha ainda negou que o conjunto vá mudar de nome para XCalypso e prometeu renovar a banda. "A Thábata tem um estilo de cantar. Eu quero reinventar a banda Calypso. Vai ser um estilo mais jovem", disse ele, que admitiu ter traído a ex-mulher em entrevista ao "Fantástico".

Zezé Di Camargo reduz cachê de Luciano e irmãos passam a se evitar, diz jornal

Cantor não aceita receber 40% do faturamento da dupla e pouco tem falado com o pai de Wanessa nos bastidores
Luciano Camargo tem evitado falar com Zezé Di Camargo nos bastidores dos shows da dupla. De acordo com a coluna "Retratos da Vida", do jornal "Extra", nesta quarta-feira (4), o cantor não gostou de ter seu cachê reduzido por exigência do irmão mais velho. Zezé estaria ainda enfrentando uma crise no namoro com Graciele Lacerda, após uma briga por causa das filhas dele.
Segundo a publicação, o compositor de "É o Amor" determinou que passaria a receber 60% do faturamento da dupla. Já Luciano ficaria com com 40%. Por enquanto, o tio de Wanessa adotou uma postura discreta em relação a nova divisão de ganhos. Durante show em Curitiba, no Paraná, em 2011, Luciano anunciou o fim da dupla, mas acabou repensando sua decisão.
Namorada de Zezé exclui conta no Instagram
No final de semana, o ex-marido de Zilu Godoi usou a conta da dupla com o irmão na rede social para explicar os motivos que levaram Graciele a deletar seu perfil no Instagram. "Resolvemos tirar o Instagram da Gra (Graciele) do ar, pra preservar nossa relação. Foi uma decisão dela", iniciou o sertanejo. "Quero pedir desculpa as pessoas que prometi também, voltar com o meu porque não vai acontecer isso!", acrescentou o cantor, que surgiu em clima de romance com a capixaba em foto, após os boatos de crise no namoro.
"Esse mundo de ofensas, mentiras e fofocas virtuais, estavam machucando muito a gente. As mentiras que saem sobre a gente é de uma crueldade absurda. Vou ficar sempre aqui no (Instagram) da dupla, atendendo quem gosta da gente. Vamos repetir a mesma frase, que usei várias vezes: somos muito reais, para esse mundo virtual!! Mas não esqueçam: amamos vocês. Zezé e Graci", desabafou o pai de Camilla Camargo.
Filhas do músico vetam namorada do pai em eventos
Por dois dias seguidos, Graciele teria sido barrada pelas filhas de Zezé em eventos. Por isso, a modelo alegou que por ser sua namorada, exige respeito das herdeiras do sertanejo. Primeiro, Wanessa teria barrado a jornalista em um leilão realizado em São Paulo, fato negado pelo cantor.
No dia seguinte, no Rio de Janeiro, Camilla teria impedido que Graciele participasse da apresentação das fantasias da Imperatriz Leopoldinense para o próximo Carnaval - que terá Zezé e Luciano como enredo.

Chimbinha desabafa sobre Joelma, da Banda Calypso: 'Acho que nunca a conheci'

Chimbinha desabafou em relação a ex-mulher, Joelma, durante entrevista ao 'TV Fama' desta terça-feira, 3 de novembro de 2015: 'Pensei que conhecia, mas depois de tudo isso eu falo que nunca a conheci'

'Era para gente ter resolvido ali dentro do nosso quarto', acrescentou o guitarrista em relação ao fim do casamento
Chimbinha voltou a desabafar sobre sua polêmica separação de Joelma, que acabou virando caso de polícia. "Acho que nunca conheci ela. Pensei que conhecia, mas depois de tudo isso eu falo que nunca conheci", disse se referindo à ex-mulher em entrevista ao programa "TV Fama", da RedeTV!, nesta terça-feira (3).
"Nunca esperei que isso ia acontecer. Até hoje estou surpreso com tudo isso", acrescentou Cledivan de Almeida Farias. Para o instrumentista, os motivos do fim do casamento de quase 18 anos não deveriam ter se tornado algo público. "O divórcio foi em maio. Era para gente ter resolvido ali dentro do nosso quarto. Queria que isso tivesse ficado aqui dentro de casa", afirmou Chimbinha.
No programa, o ex-marido de Joelma lembrou que ainda está proibido de se aproximar da cantora. "Existe o processo de medida protetiva. Eu não posso chegar perto dela e nem de algumas pessoas", dsse sem citar nomes. Em depoimento à polícia, a vocalista da Banda Calypso afirmou temer por sua integridade física.
'Um dos piores momentos da minha vida', sobre show em Teresina
Chimbinha lembrou também a saia-justa enfrentada por ele durante apresentação na capital do Piauí. Na ocasião, Joelma se recusou a dançar ao lado do ex-marido. "Em um primeiro momento, foi maravilhoso porque estava um mês fora dos palcos. E o povo estava gritando o meu nome. Mas depois vi que ela fez aquilo porque eu estava no palco. E para preservar a integridade dela e dos músicos, achei melhor sair. O povo pagou para ver o show e não briga de marido e mulher. Foi um dos piores momentos que passei na minha vida", relatou Cledivan.
O músico voltou a falar das acusações de assédio sexual feitas por Natália Sarraff, filha da cantora. "Ninguém tem prova de nada. Fui muito bonzinho deixando acontecer, mas agora tomei as medidas judiciais para isso. Nunca imaginei que isso ia acontecer que ela ia inventar. Sempre tratei os filhos dela como filhos. Mas ela vai ter que provar agora na Justiça", assegurou o guitarrista.

Dançarina revelou medo do ex em mensagem enviada à família

Ana Carolina foi encontrada morta na manhã de quarta.

A família de Ana Carolina de Souza Vieira, ex-dançarina do Aviões do Forró que foi estrangulada, temida que o ex-namorado pudesse fazer algum mal à ela. O Blog do Guilherme Araújo teve acesso a mensagens compartilhadas pelos familiares através do Whatsapp.
Em uma das mensagens, uma das tias da vítima pede que Ana Carolina tivesse cuidado ao sair do prédio. Ela tranquilizou a família, revelando que havia proibido Anderson Rodrigues Leitão, de 27 anos, do prédio.
Ana Carolina foi encontrada morta na manhã desta quarta-feira (4). Anderson confessou que a matou na noite de segunda-feira (2) e permaneceu dois dias com o corpo da vítima.
A reportagem do site conversou com uma amiga de infância da dançarina, que contou que Ana Carolina disse diversas vezes que recebeu ameaças feitas pelo ex-namorado. "Conversei com ela pela última vez no domingo (1º), mas agora não sei se era ela que estava respondendo ou ele. Mandei mensagem para ela hoje [quarta-feira] e a mensagem foi visualizada, só que ela já estava morta", disse a amiga, que preferiu não ser identificada.
Margarida Ferreira, tia da vítima, confirmou que "Ele já tinha feito várias ameaças, isso ela contou por mensagem. Ela falou que não queria mais ele. Ela veio embora para São Paulo e ele veio atrás para matar".

Equipe do Google acha 11 falhas graves de segurança no Galaxy S6 Edge

<p>Em apenas uma semana de pesquisa, a equipe tentou achar falhas de segurança.</p>

A equipe de segurança Project Zero, do Google, recentemente decidiu analisar o Galaxy S6 Edge, da Samsung, e os resultados são bem esquisitos: acharam 11 problemas de segurança graves no aparelho e no software de personalização da companhia.
Em um post, a equipe detalhou as descobertas e informou que a motivação em fazer o estudo foi apenas para pesquisa. “As fabricantes são importantes para a pesquisa da segurança do Android, pois elas adicionam códigos ao Android em todos os níveis de privilégio do sistema”, informa o post, “e são elas que decidem a frequência de atualização de segurança, fornecidas por essas companhias às operadoras.”
Em apenas uma semana de pesquisa, a equipe tentou achar falhas de segurança que poderiam fazê-los acessar contatos, fotos, localização, outras informações pessoas e a possibilidade de resetar um dispositivo remotamente. Ao todo, foram descobertas 11 vulnerabilidades. Os erros foram encontrados no cliente de e-mail da Samsung e no aplicativo de galeria de fotos, sugerindo que bloatwares instalados pelas fabricantes podem ser não só chatos, mas perigosos.
Felizmente, a maior falha de segurança já foi corrigida pela Samsung, e alguns outros bugs pequenos serão corrigidos em um update que a companha vai liberar este mês. No entanto, isso serve como um lembrete de como o software implantado por essas fabricantes pode conter falhas, e o fato de o Google não ter controle sobre isso continua uma preocupação real para a gigante de software. Apesar da equipe da empresa ter resolvido um monte de problemas do Galaxy S6 Edge, não há como eles atingirem os milhares de outros dispositivos Androids inseguros que estão no mercado.

Bill Gates diz que sistema de energia está quebrado e está doando US$ 2 bi para consertá-lo


Doenças contagiosas como poliomielite e malaria podem não existir em 15 anos, pois o fundador da Microsoft criou uma fundação para erradicar esses problemas. Agora, Bill Gates está voltando sua atenção para o problema global de crise energética, que ele considera que pode ser consertado com um melhor trabalho de pesquisa e desenvolvimento. E, sim, ele já está investindo uma boa grana nisso.
Em uma entrevista ao The Atlantic, Gates fala com James Bennet sobre dar US$ 2 bilhões para acelerar a inovação que reduzirá as mudanças climáticas. Embora a conferencia climática de Paris já esteja chegando (será de 30 de novembro a 11 de dezembro), será difícil fazer com que algum país cumpram seus compromissos por alternativas verdes, e o mercado não tem o incentivo financeiro o suficiente para desenvolver formas de gerar energia sem carbono rápido o suficiente. Para ele, o mundo precisa de investimento privado para que algo seja feito e que o governos dos Estados Unidos se comprometa com a causa. E sim, existe um precedente parecido na área de saúde pública:
Enquanto não há algo parecido no setor de energia como há no de tecnologia, Gates diz que a história mostra que resultados científicos podem ser atingidos rapidamente quando são feitos alertas — veja o exemplo do Projeto Manhattan, onde a inovação ocorreu rapidamente, pois os países estavam numa briga sobre quem fazia a bomba atômica mais poderosa. Se ao menos a gente conseguisse aplicar esse mesmo esforço para destruição em outras coisas…
Gates também tem ideias interessantes sobre energia eólica e soluções fotovoltaicas. Eu recomendo bastante ler a matéria e ver o video inteiro da The Atlantic, pois me fez ter esperança. A Fundação Bill e Melinda Gates não só tem um excelente histórico para ajudar causas humanitárias, mas também muitos amigos influentes. Espero que mais filantropos sigam a iniciativa deles.

Lei de Crivella: Estudantes de baixa renda têm prioridade em caso de empate

Entra em vigor hoje (05), a Lei (13.184/15) de autoria do senador Marcelo Crivella, que dispõe sobre a matrícula do estudante de baixa renda familiar nas instituições públicas de ensino superior. Em caso de empate nos processos seletivos, o estudante que comprovar renda inferior a 10 (dez) salários mínimos terá prioridade em igualdade de condições de acesso.

“Não trata a lei, absolutamente, de discriminar o estudante 'rico' ou de privilegiar o estudante 'pobre'. Aprovado, como todos os demais, nos exames vestibulares ou tendo as mesmas qualificações de acesso, este, apenas por princípio isonômico de tratar igualmente os desiguais, teria prioridade de matrícula se, comprovadamente, a sua renda familiar o impossibilita de cursar uma universidade paga”, destaca Crivella.


Lula concedeu passaporte diplomático a “Rose” - Ex-assessora de Lula viajou para pelo menos 23 países com o ex-presidente.

A Presidência da República concedeu um passaporte que prevê tratamento especial a Rosemary Nóvoa de Noronha em viagens internacionais para acompanhar Luiz Inácio Lula da Silva, então titular do Palácio do Planalto.
Entre 2007 e 2010, ela viajou com o então presidente para 23 países, em virtude de pelo menos 30 eventos – de posses de presidentes a encontros de chefes de Estado.
Rose, como é conhecida, ex-chefe do escritório regional da Presidência em São Paulo, foi indiciada na semana passada na Operação Porto Seguro da Polícia Federal.
Ela é acusada de fazer parte de uma organização infiltrada no governo para obtenção de pareceres técnicos fraudulentos. No sábado, Rose foi exonerada do cargo de confiança que ocupava.
Em janeiro de 2007, a pedido da Presidência, o Ministério das Relações Exteriores concedeu a ela um passaporte diplomático, conhecido como “superpassaporte”. Caracterizado pela capa vermelha, ele é destinado a poucas autoridades.
O documento, emitido sem custo para o titular, permite acesso a fila de entrada separada nos aeroportos e torna dispensável o visto nos países que o exigem. O tratamento tende a ser menos rígido.
(…)
HISTÓRICO
Em janeiro de 2010, a Folha revelou que filhos e netos de Lula haviam recebido, a pedido do ex-presidente, passaportes diplomáticos, também “por interesse do país”.
As reportagens geraram uma ação do Ministério Público Federal para cassar os documentos. Quatro filhos os devolveram e outro o teve cancelado pela Justiça.
O Itamaraty resolveu alterar as regras de emissão 19 dias após a primeira reportagem: agora, só com “solicitação formal fundamentada” e com a divulgação no “Diário Oficial da União”.
Entre 2006 a 2010, durante o segundo mandato de Lula, o Ministério das Relações Exteriores concedeu 328 passaportes diplomáticos por “interesse do país”.

Família Lula tem 30 dias para devolver os passaportes diplomáticos



O Ministério Público Federal do Distrito Federal considerou irregulares os passaportes diplomáticos concedidos a sete parentes do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
A Procuradoria quer saber se Ministério das Relações Exteriores recolheu os passaportes ou se eles foram devolvidos. Caso isso não tenha acontecido, o Ministério Público deu prazo de 30 dias para entrar na Justiça.
Em janeiro, revelou que os filhos de Lula Marcos Cláudio, 39, e Luís Cláudio, 25, receberam o superpassaporte a pedido do ex-presidente.
Outros três filhos e três netos de Lula também receberam o benefício. No entanto, o passaporte da filha de Lula, Lurian Cordeiro da Silva, não está mais válido.
No período de 2006 a 2010, 328 passaportes diplomáticos foram concedidos sob a alegação de “interesse do país”.
Segundo o Ministério Público, apenas os passaportes dados aos parentes de Lula foram considerados irregulares. Os outros foram avaliados como regulares pela Procuradoria.
“As justificativas apresentadas para os passaportes são razoáveis”, afirma o procurador Paulo Roberto Galvão.
O procurador recebeu a lista do Ministério das Relações Exteriores no dia 3 de março. No dia 23 de março, o STJ (Superior Tribunal de Justiça), em decisão liminar (provisória), negou acesso à lista. O jornal recorreu.
Dois ofícios foram encaminhados ao Itamaraty. Não houve resposta.
De acordo com o Itamaraty, 22 superpassaportes foram dados a líderes religiosos, entre 2006 e 2010. O benefício foi justificado por simetria ao tratamento concedido aos cardeais do Vaticano.
O decreto 5.978/2006, que regulamenta a emissão de passaportes diplomáticos, prevê a concessão do documento a presidentes, vices, ministros, parlamentares, chefes de missões diplomáticas, ministros de tribunais superiores e ex-presidentes.
A norma também cita os dependentes de autoridades, mas os filhos do ex-presidente Lula não se enquadravam nesta categoria por serem maiores de 24 anos.
(…)”
Íntegra da matéria aqui.
Comentário
Cumpre lembrar ao Itamaraty que, independentemente das afinidades e crenças de uns e outros, os “cardeais do Vaticano” têm passaporte diplomático porque o Vaticano é um estado independente, e eles o representam. E que certos “líderes religiosos” brasileiros, por mais aliados que sejam do governo de turno, não deveriam ter nenhum privilégio aduaneiro em suas viagens internacionais – muito pelo contrário.
Já que 321 dos 328 passaportes especiais emitidos nesse período sob a mesma alegação foram avaliados como “regulares” pelo MP, por que o Ministério das Relações Exteriores não divulga a lista voluntariamente agora?
PS: Imaginávamos que, depois da reação indignada de Marcos Lula, os passaportes de toda a família já tivessem sido devolvidos. Quem sabe agora alguém informará a ele o endereço para devolução do passaporte que recebeu…