Linguiça - Moreira Artesanal

Linguiça - Moreira Artesanal

Cabeça's Barbearia

Cabeça's Barbearia
Av. Pres. Castelo Branco, Sumaré /anexo ao posto Shell, Caraguatatuba, (12) 99616-7705

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Paris/Atentados: França ataca reduto do autoproclamado Estado Islâmico na Síria

ERIC FEFERBERG/POOL/AFP/POOL

Aviões franceses largaram hoje 20 bombas no reduto do autoproclamado Estado Islâmico em Raqa, no leste da Síria, destruindo um posto de comando e um campo de treino, anunciou o ministro da Defesa francês.
“O primeiro objetivo destruído era utilizado pelo DAESH (sigla árabe do autoproclamado Estado Islâmico) como posto de comando, centro de recrutamento jihadista e depósito de armas e munições. O segundo objetivo era um campo de treino terrorista”, refere o ministro num comunicado.

Bethe Correia comemora derrota de Ronda: "O mundo gira"

Bethe posta mensagem comemorando derrota de Ronda Rousey - Reprodução/Instagram

Bethe posta mensagem comemorando derrota de Ronda Rousey - Reprodução/Instagram
As reações do mundo do MMA ao nocaute aplicado por Holly Holm em Ronda Rousey foram imediatas. E uma das principais envolvidas com a (agora) ex-campeã feminina dos galos (61 kg) é a brasileira Bethe Correia, última atleta a perder para a americana em agosto deste ano.
Através do seu Instagram, a paraíbana postou uma imagem com uma legenda que mostra como ela ainda sente muito remorso de Ronda Rousey. Bethe comemorou a vitória de Holly Holm e parabenizou a nova dona do cinturão.
"O mundo gira! E hoje estou muito feliz! Estratégia perfeita! Parabéns Holly", escreveu a brasileira na legenda da foto.
Holly Holm dominou Ronda durante todo o primeiro round e no segundo assalto veio o grande momento. Com uma sequência de golpes que abalaram a ex-judoca, a nova campeã acertou um chute alto de canhota que foi certeiro para o fim do combate. Abalada, Ronda sequer deu entrevista após o fim da luta dentro do octógono.
A derrota de Ronda Rousey na luta principal do UFC 193 chocou o mundo. O evento, realizado em um estádio de futebol na Austrália, mais parecia uma festa montada para celebrar a popularidade (e os dólares gerados) da campeã, que já fazia planos para quando retornaria ao octógono (provavelmente contra Cris 'Cyborg'). No entanto, ninguém avisou Holly Holm disso - Reprodução/ site UFC

Após ser nocauteada, Ronda deve ter que passar por cirurgia plástica

Ronda Rousey pode ter que passar por cirurgia no lábio

Os ferimentos que Ronda Rousey sofreu diante de Holly Holm não foram tão simples assim como Dana White havia dito. Segundo informações diretas da Austrália, a agora ex-campeã deve ter que passar por uma cirurgia plástica no nariz e no lábio para corrigir as lesões que sofreu. Ela passou a noite no hospital em Melbourne.
O staff de Ronda ainda não confirmou a cirurgia, mas a informação já circula em vários veículos dos Estados Unidos. A própria norte-americana pôde confirmar a plástica.
Ronda, ao menos, teria escapado de ter uma concussão. Os problemas mais graves seriam por conta de um corte profundo no lábio e um nariz ‘amassado'.
A expectativa é que Rousey deva ser suspensa por um tempo considerável pelos médicos do UFC nesta segunda-feira.
Rousey acabou ‘apagada' no fim do primeiro minuto do segundo round. Holly Holm a acertou com um belo soco e com um chute no rosto logo na sequência.

Sam Smith fala sobre mico diante de corte inglesa

landscape-music-sam-smith-in-the-lonely-hour-drowning-shadows-edition-artwork

O cantor Sam Smith foi o convidado do The Tonight Show, talk show comandado por Jimmy Fallon, desta quarta-feira (11/11). Sempre simpático e de bom humor, o cantor teve um papo bem descontraído com o apresentador e contou alguns casos engraçados.
Um deles foi quando Smith relatou o seu encontro com a família Real da Inglaterra. “Meu problema é que assisto muito Abbey Downtown (série de TV britânica). Aí você pega algumas instruções. Lá eles dizem que você tem que se curvar com um braço na costas”, contou ele sobre o embaraço. E é claro que Fallon prontamente sacou uma foto do cantor fazendo a pose diante do Príncipe William.
Sem título
Smith também falou sério sobre o seu próximo “ano sabático”. Ele espera poder compor mais músicas (e talvez dedica-las a um novo namorado).
“Toda a minha música é insanamente pessoal e eu preciso me afastar de tudo, namorar um pouco e ver a minha família… para que, assim, eu possa me inspirar a escrever mais músicas”, diz Smith.

Ex de Naldo defende filho após tragédia em festa: "Pablo ficou arrasado"

Pablo Jorge, filho do cantor Naldo, esteve em uma festa na zona norte do Rio de Janeiro, na madrugada da última segunda-feira dia 7/11, e acabou sendo acusado de envolvimento na morte de Matheus Jean Castro, de 17 anos. Mãe do rapaz, Branka Silva defendeu o herdeiro e afirmou que o adolescente faleceu em decorrência de uma overdose.

Filho de Naldo é acusado de se envolver em morte de jovem no RJ; assessoria nega

"O Pablo ficou arrasado porque nasceu e se criou lá, gosta muito de lá. Os amigos de infância de escola todos moram lá. Infelizmente, existem muitas pessoas ignorantes e que não perdem uma oportunidade para sair julgando sem saber o que aconteceu. Não teve boletim porque os pais sabem que o rapaz morreu de overdose. Aí não quiseram fazer nada", fazendo menção ao fato de nenhum boletim de ocorrência ter sido registrado na polícia.
Através de sua assessoria, Pablo confirmou que discutiu com o garoto, negou tê-lo agredido fisicamente e garantiu não ter relação com a morte do jovem.
"O que sabemos é que o rapaz estava sob o efeito de drogas e, por isso, acabou brigando com um monte de gente. Parece que ele caiu, sim, mas a causa da morte foi overdose. Uma das últimas pessoas com quem ele brigou realmente foi o Pablo, mas eles tiveram só um bate-boca. O empresário de Pablo estava presente e disse que não houve agressão física."
Mensagens nas redes sociais davam conta de que Pablo havia iniciado a briga e que as agressões causaram a morte de Matheus. "Teu filho matou um menor aqui na favela. Quero ver a mídia mostrar isso", publicou um internauta na página de Naldo no Instagram. "Cobre do seu filho o que ele fez na nossa comunidade. Matou sem defesa nenhum um grande garoto. Deu um soco no moleque e quando viu em óbito, pegou o carro e fugiu", acusou outro.
A publicação teve acesso a um áudio enviado por Pablo Jorge a um amigo. Na gravação, ele explica que foi xingado pelo jovem que perdeu a vida e bastante provocado. "Na hora deu a maior vontade de acertar um soco na cara dele, mas eu não encostei, eu não encostei. Já falei mil vezes, pode ficar dizendo o que for, mas eu não encostei nele. Quero que o capeta me leve hoje se eu encostei nele", garantiu.

Dado Dolabella não quer filhos perto de Luana Piovani: '300 km de distância'

Dado Dolabella e Luana Pioviani voltaram a trocar farpas nas redes sociais por conta da agressão sofrida pela atriz há quase 10 anos. Sempre polêmica, a atriz disse que um dia contará aos filhos do ator que foi agredida

Atriz declarou em entrevista que um dia contará aos filhos do ex-namorado agressão sofrida em 2008
Dado Dolabella e Luana Piovani voltam a protagonizar mais um barraco após a polêmica separação. Depois de comparar os paparazzi com ladrões e estar sujeita a enfrentar um processo, a atriz polemizou novamente ao relembrar o término com Dado, afirmando que um dia contará aos filhos do ator que foi agredida. Questionado por uma fã, o artista resolveu se pronunciar.
"Dado, Luana Piovani disse que seus filhos irão saber que você a agrediu. Como você se sente?", perguntou uma pessoa. "Vou falar pra eles ficarem a 300 km de distância dela", retrucou o músico.
Atualmente Dado Dolabella, de 35 anos, é casado com a produtora musical Juliana Wolter, com quem teve a pequena Ana Flor. O ator também é pai de João Valentim e Eduardo . Luana é mãe de Dom e dos gêmeos Liz e Bem, frutos do relacionamento com o surfista Pedro Scooby.
Ainda nas redes sociais, Dado Dolabella já havia alfinetado a ex por conta de discussão sobre feminismo. "Me arrependi há dez anos e carreguei essa culpa bastante tempo... E hoje sei como as pessoas (principalmente a que me acusa de agressão) não enxergam além do próprio mundo... Por isso, essa culpa caiu. Quem planta ventania colhe tempestade", escreveu sobre a atriz, que já admitiu ter pago R$15 mil para não ser presa com maconha.
Em 2013 Dado foi condenado a pagar uma indenização de R$ 40 mil à camareira Esmeralda, por tê-la agredido em 2008. Na época, Esmeralda tentou evitar uma briga do ator com sua então namorada, Luana Piovani.
A confusão entre os atores aconteceu durante uma festa, após a estreia da peça "Pássaro da Noite", protagonizada pela atriz. Esmeralda teve o braço imobilizado após ter sido empurrada por Dado. Por conta do processo, ele também foi enquadrado na Lei Maria da Penha.

Holm revela que chorou várias vezes durante preparação para luta contra Ronda

A derrota de Ronda Rousey na luta principal do UFC 193 chocou o mundo. O evento, realizado em um estádio de futebol na Austrália, mais parecia uma festa montada para celebrar a popularidade (e os dólares gerados) da campeã, que já fazia planos para quando retornaria ao octógono (provavelmente contra Cris 'Cyborg'). No entanto, ninguém avisou Holly Holm disso - Reprodução/ site UFC

Holly Holm chocou o mundo ao nocautear Ronda Rousey na luta principal do UFC Austrália e quebrar a banca. Maior zebra da história do evento, a boxeadora deu show e atropelou a então campeã ainda no segundo assalto e afivelou mais um cinturão à sua coleção, que já contava com prêmios em três categorias diferentes no pugilismo. No entanto, mesmo com a aparente calma, nem tudo são flores na vida da veterana.
Ao mesmo tempo em que se acostumou a vencer e a trilhar caminho de sucesso no esporte, Holm também ficou exposta ao excesso de pressão e ansiedade gerados pela grande repercussão do combate. Afinal, enfrentar a tão temida Ronda Rousey não seria um desafio fácil. Tanto é que, durante coletiva após o combate, Holm revelou chegou a chorar por diversas vezes durante a preparação para o confronto.
"Acho que esses são os melhores momentos, os momentos pelos quais nos vivemos. Os momentos mais assustadores. Essa luta difícil para mim, mentalmente. Não poderia dizer quantas vezes chorei na academia antes da luta. É muita coisa para lidar, mas esse tipo de luta lhe dá uma derrota devastadora, mas a vitória é a mais doce vitória", narrou ainda em estado de êxtase após a conquista.
O choro relatado teria sido nada mais do que uma reação instantânea a todo o envolvimento emocional e físico com o combate que se aproximava. E como estopim, bastava um treino ruim para que os questionamentos dela própria aflorassem a fragilidade da experiente atleta.
"Ela é uma das atletas mais dominantes. Tiveram dias em que fui à academia e não treinei bem. Sentei no meu carro e chorei. 'Quer saber? Se eu lutar desse jeito não sairei com a vitória. Então vou voltar de noite e melhorar algumas coisas'", narrou enquanto quase deixava a emoção transcorrer na frente dos jornalistas presentes na cidade de Melbourne, na Austrália, palco do show de número 193 da organização.
Questionada sobre ter recebido a oportunidade em meio à um turbilhão de polêmicas que incluíram sua inexperiência no MMA (apenas nove combates), o cancelamento do combate principal do show (que seria em um primeiro momento Lawler x Condit) e a troca da rival de Ronda (que enfrentaria inicialmente Miesha Tate), Holm foi direta ao ponto.
"É desconfortável as vezes. Sei que muita gente achou que era cedo. Eu não esperava o telefonema para essa luta agora, mas se você não pega as oportunidades à sua frente, como você pode querer algo mais? Quando apareceu a chance eu disse: 'Ok, vamos nessa'", garantiu.

Repórter da Record sofre AVC e é socorrida por cinegrafista

Jornalista ficou internada na UTI mas passa bem

Uma das principais repórteres do “Cidade Alerta”, da Record, Leniza Krauss sofreu um AVC quando gravava uma matéria para o programa, na última quarta-feira (11) e foi socorrida pelo cinegrafista que a acompanhava, conhecido como Gringo.
No momento em que a profissional passou mal, o rapaz rapidamente a pegou no colo, colocou dentro do carro da reportagem e a levou rapidamente a um hospital.
"Depois que ela foi atendida, os médicos chamaram o cinegrafista e falaram que ele salvou a vida dela", contou um profissional da atração, que pediu para não ser identificado, ao “Notícias da TV”.
A moça passou dois dias internada na UTI do hospital São Camilo do Ipiranga, na zona sul de São Paulo mas já passa bem.

Ministros do Supremo avaliam que Cunha perdeu condição de comandar a Câmara

 Ministros do Supremo Tribunal Federal avaliam que as contradições entre a defesa apresentada pelo deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) sobre as acusações contra ele e as investigações da Procuradoria-Geral da República fragilizaram ainda mais as condições para a permanência dele no cargo de presidente da Câmara.
Em conversas reservadas, conforme apuração do Estado, ao menos cinco dos 11 ministros do Supremo consideram que Cunha “caiu em desgraça” e que sua presença no comando da Câmara “atrapalha a agenda do País”, provocando uma espécie de “nó político”, sem uma solução à vista.
Presidente da Câmara, Cunha concedeu uma série de entrevistas para se defender de acusações sobre existência de contas no exterior.
Cunha: Presidente da Câmara, Cunha concedeu uma série de entrevistas para se defender de acusações sobre existência de contas no exterior
Por ora, a maioria da Corte considera “drástico demais” um eventual afastamento de Cunha do comando da Câmara e duvida que o Ministério Público Federal formalize tal pedido tão cedo. “Esse assunto tem de ser resolvido politicamente pelo Congresso”, disse um ministro do STF. Outro integrante do Supremo ressaltou que os ministros não querem ser acusados mais uma vez de “judicializar a política”. “Nós temos de nos manifestar nos autos do processo. Por enquanto, só conhecemos a defesa pela imprensa”, afirmou.
Porém, como Cunha insiste em permanecer no cargo e tem manobrado para evitar o avanço de um processo contra ele no Conselho de Ética, é quase inevitável que o Supremo Tribunal Federal seja instado a intervir.
Para investigadores que atuam no caso, foi “desastrosa” a estratégia do presidente da Câmara em expor sua defesa por meio de uma série de entrevistas a veículos de comunicação. Oficialmente, a Procuradoria-Geral da República não se manifesta. Nos bastidores, porém, fontes da investigação comemoraram a exposição voluntária de Cunha. Isso permitiu, segundo essa avaliação, que ele próprio fosse contraditado por documentos da Suíça que já são públicos.
No Planalto, interlocutores da presidente Dilma Rousseff também consideraram equivocada a estratégia de Cunha. “O problema é que ele não sabe jogar na defensiva. E a estratégia de conceder entrevistas obteve muito mais ônus que bônus”, disse um auxiliar de Dilma. “O governo tem de deixar que a Câmara resolva sozinha.”
Há cerca de dez dias, Cunha concedeu uma série de entrevistas para rebater a acusação de que seria proprietário de quatro contas no exterior – ao menos uma delas teria sido irrigada com dinheiro do esquema de corrupção na Petrobrás.
Decoro. Cunha sempre negou ter contas no exterior. Em março, ele chegou a prestar um depoimento à CPI da Petrobrás em que ressaltou essa negativa. O material do Ministério Público suíço deu subsídios ao PSOL e à Rede para pedirem a cassação de Cunha por quebra de decoro parlamentar.
Na série de entrevistas que concedeu, o presidente da Câmara insistiu que não mentiu, pois as referidas contas apresentadas no inquérito são “trustes” – uma espécie de fundo do qual ele seria apenas beneficiário dos recursos e não o controlador do dinheiro.
Contradições. Na quarta-feira, o Estado mostrou que Eduardo Cunha forneceu o nome de sua mãe como contrassenha a ser usada como consulta ao banco suíço Julius Baer. Para investigadores, o uso de informações pessoais reforça a tese de que ele teria vínculo direto com as contas. A informação consta na documentação apresentada pelo Ministério Público suíço.
Nos papéis, também constam extratos que comprovariam duas movimentações financeiras no ano passado, desmentindo o presidente da Câmara, que negou ter movimentado o dinheiro. Um outro documento indica ainda que, apesar de não ser proprietário da contas, Cunha era dono da procuração para operá-las.
A avaliação geral é de que Cunha mais perdeu do que ganhou com a estratégia de antecipar sua defesa na imprensa. Na semana passada, o PSDB – que vinha mantendo uma aliança com Cunha nos bastidores – anunciou que os dois integrantes do partido no Conselho de Ética vão votar a favor da cassação.
O presidente nacional da sigla, o senador Aécio Neves (MG), afirmou que o posicionamento no Conselho deverá ser repetido no plenário. Lideranças do DEM e do PPS já adiantaram que vão adotar o mesmo caminho que os tucanos. A semana difícil para Cunha só foi amenizada pela divulgação de uma nota de apoio assinada por partidos governistas.

A nossa luta é por um Hospital Veterinário aqui na cidade de Caraguatatuba e eu conto com a ajuda de tds..


Delegacia Virtual do Estado de São Paulo

Delegacia Virtual do Estado do Rio de Janeiro