A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Câmara mantém veto e aprova projetos em sessão extraordinária

Foi realizada na noite da última terça-feira, na Câmara Municipal de Caraguatatuba, a 04ª sessão extraordinária de 2015. Todos os projetos da pauta foram aprovados e o veto ao projeto de lei 053/15, que autoriza a prefeitura a fornecer conexão de internet wi-fi gratuitamente em praças públicas foi mantido.
A propositura é de autoria do Vereador Wenceslau de Souza Neto (Lelau). A proposta foi vetada por ser inconstitucional, já que se trata de lei de iniciativa exclusiva do Poder Executivo.
O Vereador Celso Pereira teve aprovado seu projeto de lei 062/15, que denomina de “Wilson Schimidt Cardoso” o prédio público que abriga o Centro Comunitário do Pegorelly, localizado no conjunto habitacional do bairro.
A Mesa da Câmara apresentou e teve a aprovação de três proposituras. O projeto de lei 061/15, que dispõe sobre a revisão anual dos subsídios do Prefeito, Vice-Prefeito e Secretários Municipais; O projeto de resolução 015/15, que dispõe sobre a revisão anual dos Servidores da Câmara Municipal; e o projeto de resolução 016/15, que atualiza os subsídios dos Vereadores, nos termos do artigo 37, X, da Constituição Federal, que dispõe sobre o reajuste anual de salários.

PREFEITO PRESTA CONTAS DE 2015

Antonio Carlos fez balanço da gestão e apresentou os investimentos nas áreas sociais

Em cumprimento à Lei Orgânica Municipal, a 42ª sessão da Câmara de Caraguá, na noite da última terça-feira (15), recebeu o prefeito Antonio Carlos e o vice Antonio Carlos Junior para a Prestação de Contas de 2015, do Governo Municipal. Em aproximadamente uma hora de sessão, o plenário acompanhou a apresentação do vídeo de prestação de contas e, em seguida, o discurso do prefeito.

Antonio Carlos disse que a cidade tem crescido muito ao longo dos últimos anos e que em 2015 não foi diferente. Somente no Social são 9 mil atendimentos, sendo 6 mil referenciados e 2 mil cestas básicas são entregues às famílias por mês.

Na área de infraestrutura, foram citados os novos prédios e as áreas adquiridos pela Prefeitura de Caraguá e que se transformaram em complexos educacionais, unidades de saúde e locais para o desenvolvimento das políticas públicas do município. Houve investimento superior a R$ 24 milhões nestes locais e que, agora, são patrimônio dos cidadãos de Caraguatatuba.

DESENVOLVIMENTO – O prefeito comentou que, mesmo no ano em que tanto se falou de crise econômica brasileira, Caraguá continua no ritmo certo de crescimento, com obras em andamento, pagamentos dos funcionários em dia e R$ 147 milhões de saldo no orçamento. “Aprovamos também a lei que incentiva a construção civil no município, para atrair novos investidores e gerar empregos”, comentou.

Ele também disse que a frota municipal está renovada e conta com aproximadamente 350 veículos, entre caminhões, máquinas, carros, vans e motos.

INAUGURAÇÃO – Antonio Carlos destacou que em janeiro de 2016 será inaugurado o Centro Integrado de Atenção à Pessoa com Deficiência e ao Idoso (CIAPI), no Jardim Jaqueira. O local reunirá os serviços de Centro de Convivência e Centro Dia para atender Pessoas com Deficiência e Idosos.

Secretaria de Comunicação Social





Prefeito Municipal presta contas na última sessão do ano

Na noite da última terça-feira, o Prefeito Municipal, Antonio Carlos da Silva, esteve na Câmara Municipal de Caraguatatuba para a sessão de prestação de contas e esclarecimentos sobre a administração do município em 2015.
A visita do Chefe do Executivo ao Poder Legislativo se dá em respeito ao inciso VII, art. 49 da Lei Orgânica Municipal, sempre na última sessão ordinária do ano.
No início foi passado um vídeo com imagens de obras e benfeitorias feitas em Caraguá em sua administração. Em seguida o Prefeito Antonio Carlos falou aos Vereadores e a população sobre os trabalhos realizados em 2015 e o que projeta para o próximo ano.


Câmara marca sessão extraordinária nesta sexta-feira

Será realizada às 16h desta sexta-feira, 18 de dezembro, na Câmara Municipal de Caraguatatuba, a 05ª sessão extraordinária do ano. Na pauta, dois projetos de lei do Poder Executivo.
A primeira propositura que será votada é o projeto de lei 063/15, que autoriza o Poder Executivo a celebrar convênios, termos aditivos ou retificações com o governo do Estado de São Paulo, por intermédio da Casa Civil / Unidade de Relacionamento com municípios – URM.
Em seguida será discutido o projeto de lei 064/15, que dispõe sobre a obrigatoriedade de recuperação de vias, passeios e logradouros públicos danificados por abertura de vala por concessionários de serviços públicos e dá outras providências.
Na justificativa, o Executivo ressalta que não é de hoje que Caraguatatuba sofre com as constantes intervenções realizadas pelas concessionárias, permissionárias e contratadas de serviços públicos, danificando os logradouros públicos, passeios, calçadas e asfaltos, não os recompondo com a mesma qualidade ou característica original.
O projeto foi criado para que o problema seja resolvido, deixando de causar prejuízos a prefeitura, já que invariavelmente é preciso complementar o reparo das vias para só depois acionar a empresa responsável mediante ação judicial. A presente lei dispõe sobre as obrigações técnicas a serem cumpridas, sobre risco de penalidades.
Assessor de Imprensa

Caso Bomba Nas Redes: Traição Ainda É Tabu E Tema Cercado Por Mitos

Estar em um relacionamento de fato é um risco calculado e ser traído ou trair demonstra uma série de coisas que tem que ser observadas no relacionamento.

Traição: todo mundo dá opinião e faz comentários, mas quando é sobre a vida alheia, né?

A infidelidade provoca dor em ambas as partes a pessoas traída se sente inferiorizada com se tivesse perdido algo e a traidora se arrepende pois é algo que não tem como voltar atras. O primeiro momento é o mais duro pois costuma ser de raiva 

fabiola

No caso ocorrido está semana entre Léo e Fabíola é possível que a parte traída de o perdão?
Não é possível saber somente o  tempo para a estabelecer novamente a confiança. A pessoa que traiu vai ter que lidar com perguntas e pulga atrás da orelha do parceiro e no caso de Fabíola com toda a internet brasileira que acompanha o caso.