A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

terça-feira, 3 de setembro de 2013

Informações sobre o projeto minha casa minha vida

Secretária: Maria Cláudia Menezes Pires

Secretária Adjunta: Sophia Esteves Ferreira Neto

habitacao@caraguatatuba.sp.gov.br

Endereço: Av. Bahia, nº 845 - Bairro: Indaiá - CEP: 11665-071 
(No mesmo prédio da Secretaria de Assistência Social).

Tel.: (12) 3885-1600

Voto aberto: SIM!!!


PEC 349/01, que prevê o voto aberto em todas as sessões legislativas do País, daqui a pouco será votada aqui na Câmara. 

Este é o momento desde parlamento provar que está sintonizado com os anseios da população. Chega de máscaras! 

Voto aberto: SIM!!!

Ópera com entrada franca é destaque no Teatro Mario Covas

O programa “Ópera Curta”, realizado por meio da Secretaria de Estado da Cultura, promove a circulação de peças de teatro musical, baseadas em óperas famosas no Estado de São Paulo

O Teatro Mario Covas, em Caraguatatuba, apresenta na próxima terça-feira (10/9), às 20h, o espetáculo “La Bohème – A Ópera contada e cantada” com entrada franca.

Inspirada na novela “Scènes de la vie de bohème”, de Henri Murger, a ópera composta por Giacomo Puccini, é a base do espetáculo “La Bohème”, que integra o programa “Ópera Curta”.

A ópera de Puccini é uma criação de transição entre o período romântico e o realismo no gênero. O espetáculo narra a história de artistas e pessoas comuns que conviviam em estado de penúria, na Paris do final do século XIX. A obra apresenta as relações afetivas em permanente conflito, motivadas pelos ciúmes, inseguranças e pobreza de um grupo.

“Na nossa versão de La Bohème buscamos acentuar os aspectos musicais e dramatúrgicos da ópera sem perder a essência da obra, introduzindo e comentando a natureza dos personagens e a profundidade de suas relações” comenta Cleber Papa, diretor, cenógrafo e autor dos textos da peça.

Programa Ópera Curta

“Ópera Curta” é um programa realizado por meio da Secretaria de Estado da Cultura, que promove a circulação de peças de teatro musical, baseados em óperas famosas nas cidades do Estado de São Paulo, em parceria com as Prefeituras Municipais.  Criado por Cleber Papa e Rosana Caramaschi, sob a direção musical do maestro Luís Gustavo Petri, o programa baseia-se também na literatura de origem, no contexto histórico e na sua relação com o pensamento contemporâneo, possuindo uma dramaturgia própria que inclui partes consideradas imprescindíveis das óperas convencionais.


Os espetáculos são produzidos com a participação de cantores, bailarinos, atores e músicos com ampla experiência profissional, utilizando recursos de cenografia, figurinos, projeção de legendas e efeitos especiais.


Do ponto de vista musical, são criadas transposições das composições originais para formações de câmara, seja para trios, quartetos ou quintetos de cordas, por exemplo. Desta forma assegura-se um projeto original, de qualidade musical e cênica. Classificação 14 anos.

O Teatro Mario Covas está localizado na Av. Goiás, nº 187, no Indaiá. Mais informações: (12) 3897.5661 ou www.fundacc.com.br.

Serviço:
Espetáculo “La Bohème – A ópera contada e cantada”
Programa Ópera Curta - Dia 10/9 – terça-feira – às 20:00hs.
Local: Teatro Mario Covas - Classificação: 14 anos
ENTRADA FRANCA

Conheça a biografia de alguns dos vereadores da Câmara Municipal da Rstancia Balnearia de Caraguatatuba


Vereador  e atual Presidente da Câmara Municipal da Estancia Balnearia de Caraguatatuba - José Mendes de Souza NetoDe família caiçara, Neto Bota, como é conhecido, se elegeu vereador pela primeira vez em 2008, com 1.816 votos. Em 2012 conquistou 1984 votos, sendo o vereador mais votado do Litoral Norte. Atual presidente da Câmara, o parlamentar, antes de entrar na política, se formou em Educação Física e fez trabalhos sociais por cinco anos, com crianças carentes na área de esporte. Em seguida, fez uma Pós Graduação em Fisiologia do Exercício. Neto Bota também é formado em Pedagogia.


Vereador Agostinho Lobo de OliveiraTrabalhando em seu quinto mandato, o parlamentar se elegeu pela primeira vez em 1996, quando teve 509 votos. Na eleição seguinte, em 2000, conquistou 1.057. Em 2004, chegou à marca de 1.360 votos. 1.215 votos foi o que precisou o vereador em 2008 para se eleger. Na última obteve 1071 votos. Antes de entrar na carreira política, Agostinho Lobo de Oliveira, que chegou em Caraguatatuba no ano de 1972, trabalhou como servente de pedreiro, virando pedreiro seis meses depois. Logo se tornou comerciante, ramo que exerceu por mais de duas décadas.


Vereador Aurimar MansanoFormado em Direito na Universidade Brás Cubas, em Mogi das Cruzes, Aurimar trabalhou como Advogado antes de ser Delegado de Polícia. Logo, entrou na vida pública, em 1992, quando ficou como suplente na Câmara dos Vereadores. Eleito pela primeira vez em 1996, com 488 votos, o parlamentar seguiu na carreira política. No ano de 2000, contou com 1.061 votos. Em 2004 atingiu a marca de 2.411, em 2008 teve 2.442 e em 2012 contou com 1.904 votos.


Vereador Celso PereiraFilho e neto de caiçara, Celso Pereira chegou a Caraguá com 1 mês de vida. De família tradicional do Massaguaçu e Tabatinga, trabalhou boa parte da juventude como pescador. Logo, se tornou comerciante, dono de um trailer na praia da Cocanha. Em seguida, partiu para o ramo de terraplenagem, trabalhando com seu próprio caminhão. Na última eleição conseguiu 1.478 votos, se elegendo vereador pela quinta vez consecutiva. No primeiro mandato, de 1997 a 2000, entrou com 365. Em 2000 conquistou 1.152 votos, em 2004 teve 1.369 e em 2008 contou com 1.607 votos. De 1999 até o final de 2000, Celso Pereira foi o presidente da Câmara



Vereador Cristian Alves de GodoyCaiçara, Baduca Filho, como é conhecido, foi por 12 anos Assessor Parlamentar de seu pai, Baduca, já falecido. Formado em Direito na UNIP e pós-graduado no Curso Êxito, em Direito Público, o vereador se elegeu pela primeira vez em 2004, com 1.625 votos. O segundo mandato foi conquistado em 2008, quando teve 2.140 votos. Em 2012 conseguiu 1.739 votos.


Vereador Elizeu Onofre da SilvaDesde 2001 em Caraguatatuba, quando abriu sua adega, Elizeu Onofre da Silva é natural de Crateus, no Ceará. Casado, pai de dois filhos, já trabalhou como assessor de vereador na Câmara Municipal. Em 2012, foi eleito com 423 votos.


Vereador Francisco Carlos MarcelinoVereador em seu terceiro mandato obteve na última eleição 816 votos. Em 1992, na sua primeira eleição, Carlinhos da Farmácia se elegeu com 746 votos. Na sua segunda eleição, em 2004, teve 1.153. Em 2001, atuou como Secretário de Esportes, quando ajudou a trazer pela primeira vez para Caraguatatuba os Jogos Regionais, anos depois. Oficial de farmácia, por formação, atua até os dias de hoje no ramo.


Vereador Julio Cezar AlvesNascido em Caraguatatuba em 07 de julho de 1986, Júlio Cezar Alves é filho de uma família tradicional da cidade. Estudante, está cursando a faculdade de Direito. Já atuou como secretário do Bispo Dom Antonio Carlos Altieri, foi diretor vice-presidente da Cáritas Diocesana e membro do comitê de ética da Faculdade Módulo. Foi eleito pela primeira vez em 2012, como 1.193 votos. Júlio Alves atua como Presidente da Comissão de Constituição Justiça e Redação. Em 2008 teve 665 e conquistou a posição de suplente.

Na tarde desta sexta-feira, 23 de agosto, o Presidente da Câmara de Caraguatatuba recebeu em seu gabinete o Presidente da Associação dos Moradores do bairro Jaridm Britânia, Luiz Penna.

A visita foi com o intuito de esclarecimentos em relação a instalação do aquário municipal no bairro. Penna disse que a comunidade não é contra, mas que precisa de maior esclarecimento para que o local receba essa obra que fomentará o turismo na região.

Algumas reivindicações feitas pelo Presidente da Associação por meio de ofício ao Poder Executivo foi levado a Neto Bota, que já solicitou proposituras para atender as necessidades do Jardim Britânia.

“São pedidos totalmente coerentes que olhamos com muito carinho e vamos lutar junto a Prefeitura para tentar levar essas melhorias para o bairro, que está crescendo e tende a crescer ainda mais com o aquário municipal.

Nos dias 30 de agosto e 02 de setembro haverão audiências públicas para debater o assunto do aquário municipal. Penna aproveitou para pedir a reunião no Jardim Britânia. Neto Bota analisará o caso. “Estamos vendo essa possibilidade, mas preciso ver o entendimento do jurídico da Câmara e da prefeitura”, comentou.

O representante do Jardim Britânia elogiou a postura do Presidente da Câmara a frente do Legislativo. “O Neto é uma excelente pessoa. Pela vivência que tenho, deposito muita fé na juventude, e ele tem mostrado pelo que acompanho muita coerência perante a lei, com redução de gastos com a elaboração de seus projetos”, diz.

Neto Bota agradeceu a visita e abriu as portas para que novos Presidentes de bairro levem suas reivindicações para um trabalho em conjunto com a Câmara. “Parabéns ao Luiz Penna pelo trabalho que vem fazendo, fiquei muito feliz com a visita e aguardo novos representantes das comunidades de nossa cidade, que são cidadãos exemplares. É muito importante essa integração, nos ajuda a exercer o trabalho e com certeza podemos ser uma voz forte em busca de soluções em suas reivindicações”, finalizou.

Aconteceu vira noticia

A Câmara Municipal de Caraguatatuba marcou para os dias 30 de agosto (sexta-feira) e 02 de setembro (segunda-feira) as audiências públicas que visam explanação de dois projetos. Todos os munícipes estão convidados para participar.

Ambas as propostas serão discutidas nos dois dias. A partir das 15h, se realizará o debate do projeto de lei a emenda à LOM (Lei Orgânica Municipal), de autoria do Poder Executivo, que dá nova redação ao artigo 174, que trata da usina de compostagem e reciclagem do lixo, ou outras formas de aproveitamento dos resíduos sólidos de outros municípios.

Em seguida, às 16h, a discussão será sobre o projeto de lei 43/13, do Executivo, que autoriza a contratar empresa para construir, administrar, operar e manter o aquário de Caraguatatuba.

O Presidente do Legislativo, José Mendes de Souza Neto (Neto Bota), pediu a população que participe das audiências. “É muito importante contar com a presença dos munícipes, para que de forma democrática e civilizada, possamos buscar as melhores decisões para Caraguá. A porta da Câmara está aberta ao povo”, convidou