ABI - Associação Brasileira de Imprensa

ABI - Associação Brasileira de Imprensa
Liberdade de Expressão e Ética

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Vamos que vamos


è verdade, alguem duvida?

A verdadeira amizade é aquela que nos permite falar, ao amigo, de todos os seus defeitos e de todas as nossas qualidades.

Cuidado com as micoses no verão

O Verão é a estação mais quente do ano, o que propicia a realização de atividades de lazer na beira da piscina e na praia. A temperatura agradável também pode aumentar a disposição para ir à academia, entretanto, é preciso ficar atento ao utilizar vestiários públicos, sentar diretamente na areia e circular descalço para não facilitar o contágio por fungos ou outros micróbios, que se aproveitam do calor e umidade para...

Afrah Modas tem novidades para você mulher e homem


Boa tarde meu Rio de Janeiro

Consumidores brasileiros devem gastar mais de R$ 122 bilhões em dezembro

Os gastos dos brasileiros em dezembro deste ano devem somar R$ 122,39 bilhões. O montante é R$ 28,5 bilhões maior do que a média dos outros meses.
De acordo com estimativa divulgada pela Fecomercio (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo) nesta quarta-feira (7), o aumento dos gastos mensais dos consumidores brasileiros no último mês do ano se deve à entrada do 13º salário. O recurso adicional injetou R$ 83 bilhões a mais no bolso dos brasileiros.
Dinheiro extra
O levantamento também revela que cada família brasileira deverá gastar neste mês R$ 494 a mais do que gastou nos outros meses do ano.
Segundo o levantamento, um terço do valor empregado ao salário adicional, cerca de R$ 28 bilhões, deve ser destinado ao pagamento de dívidas.
Um segunda parte do montante deverá ser utilizada pelos brasileiros para pagar a viagem de férias e para honrar com os compromissos de começo de ano, como matrículas escolares e impostos residenciais e veiculares. Já a parte restante será reservada para o consumo.

Casa própria: comprador deve se preparar para gastos com escritura e impostos

Quem está prestes a comprar a casa própria deve ter consciência de que o valor do imóvel não será o único gasto previsto na negociação. Assim, segundo informa a Primar Administradora de Bens, o comprador deve estar preparado para arcar com as despesas relacionadas à escritura, a taxas e impostos.
No geral, de acordo com o responsável pelo departamento comercial e de locações da Primar, Carlos Samuel Silva Freitas, quem está pensando em adquirir a casa própria deve reservar pelo menos o equivalente a 5% do valor do imóvel para o pagamento de gastos extras.
“O comprador deve reservar pelo menos 5% do valor de compra para cobrir estes gastos extras. Ou seja, se o imóvel for vendido pelo valor de R$ 200 mil, o comprador gastará cerca de R$ 10 mil para quitar todos os tributos cobrados”, observa Freitas.
Taxas e impostos
Dentre as taxas e os impostos cobrados de quem está comprando um imóvel, estão os seguintes:
  • ITBI (Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis por Ato Oneroso “Inter Vivos”): cobrado pela prefeitura do município no qual o imóvel urbano está localizado, equivalente a 2,5% do bem;
  •  Taxa para escritura do imóvel: cobrada para que o documento oficial possa ser elaborado. O pagamento do valor desta taxa varia conforme o valor venal do bem;
  •  Taxa para registro da escritura do imóvel: paga para que o documento de registro tenha validade jurídica integral. Valor é o mesmo cobrado na elaboração do registro;
  •  Laudêmio da Marinha: cobrado pelo governo federal de imóveis localizados na faixa litorânea, a até 80 metros do mar, sendo que algumas prefeituras exigem o recolhimento do laudêmio municipal.

Ações da GOL lideram ganhos do Ibovespa depois de acordo com Delta Airlines

Após fechar um acordo com a Delta Airlines para vender R$ 100 milhões em novas ações preferenciais à aérea, representados por ADRs (American Depositary Receipts), os papéis da GOL (GOLL4) se apresentam descolados do Ibovespa, liderando os ganhos do índice nesta quarta-feira (7). Por volta das 16h02 (horário de Brasília), os ativos GOLL4 subiam 5,95%, cotados a R$ 15,85, enquanto o benchmark recuava 0,75%.
A operação com a norte-americana deve integrar as linhas das duas empresas e permitir que clientes da GOL se utilizem de todos os voos da Delta, e vice-versa. Além disso, o repasse de duas aeronaves B767s vai reduzir os custos na companhia em aproximadamente R$ 50 milhões, e a associação vai permitir otimizar as conexões realizadas entre viagens das duas.
A malha aérea da Delta Airlines cobre, principalmente, rotas na Europa e nas Américas, apesar de também operar fortemente pela Ásia. Na África há menos voos, mas a companhia permanece como a maior do mundo em termos de passageiro transportado por quilômetro.
Entenda o processo
Essa venda de participação para a aérea norte-americana - que representa 3% da GOL - vai passar por uma nova emissão de papéis PN que aumentará em até R$ 280 milhões o capital social da brasileira, caso os minoritários desejem fazer uso de seus direitos de subscrição atualmente em posse.
A compradora, no entanto, não poderá assumir o controle desse valor durante 12 meses, e também não será permitido a ela aumentar o montante sem autorização prévia do acionista majoritário da companhia. Uma cadeira no conselho da GOL será reservado, caso pelo menos 50% da aquisição seja mantida.
Ações não estão atraentes, diz Credit Suisse
Apesar da pecepção positiva do mercado para o anúncio, a equipe de análise do Credit Suisse acredita que as ações da GOL não estão em um ponto atrativo neste momento, já que elas estão sendo atualmente negociadas acima do preço-alvo calculado para o banco ao final de 12 meses (R$ 15,00).
O time de analistas do Credit, liderado por Luiz Otavio Campos, mostra em suas projeções que a empresa é negociada a um múltiplo EV/Ebitdar (relação entre valor de mercado e geração de caixa menos leasing) de 8,0x em 2012, maior do que o de seus pares. "Nesse cenário, vemos qualquer força para o papel como uma oportunidade potencial de operação na ponta vendedora”, afirmam os analistas.

Conheça o perfil dos participantes das festas de final de ano das empresas

Para alguns profissionais, as palavras “Festa de Final” podem soar como músicas aos ouvidos, mas, para outros, elas podem causar arrepios. Isso porque, dentro de uma empresa, existem aqueles que não veem a hora de começar a comemoração e aqueles que esperam ansiosamente pelo momento de determinar.
O mestre em Administração de Empresas, professor da Universidade Mackenzie e professor tutor da FGV-RJ, Marcos Morita, explica que estes eventos são difíceis de agradar a todos. Segundo ele, as reclamações mais comuns são que as festas são longe demais, muito cedo, muito tarde, cafonas, chique demais, servem comida ruim ou pouca variedade, entre outras.
Perfil dos participantes
Pensando nos tipos que frequentam as festas de confraternização, o especialista apontou alguns perfis. Veja abaixo se você se identifica com algum:
Papa-léguas
: avessos a este tipo de comemoração, resolvem dar uma passadinha com receio dos comentários de chefes e colegas de trabalho. Têm na ponta da língua desculpas como "tenho outra festa ou estava trabalhando até agora". Como o pássaro homônimo, costumam sair com a mesma velocidade que chegaram aos ambientes.
Viciados em trabalho
: não esquecem seus afazeres, nem mesmo enquanto comem ou bebem. Costumam se aproveitar do clima informal para resolver problemas ou cobrar pendências, entre um copo de uísque ou bolinho de queijo. Por esta razão, costumam ser vistos sozinhos, passeando entre as mesas e rodas de conversa.
Bem-vindos
: em toda a empresa há aquele sujeito boa-praça e comprometido, o qual costuma resolver os problemas de todas as áreas. Bem recebido em todos os grupos, costuma aguardar com ansiedade a festa de confraternização, sugerindo, ajudando e participando ativamente em sua organização.
Bajuladores
: o mais famoso e antigo dos grupos é também o mais estratégico, identificando seus alvos com precisão milimétrica. Podem ser vistos ao lado ou ao redor das rodas de diretores, superintendentes ou vice–presidentes. Comparados aos paparazzi, adoram uma foto ou bajulação.
Soltinhos
: gostam de aproveitar a festa, exagerando muitas vezes na dose, literalmente. Com mais álcool e menos juízo, costumam criar situações hilárias ou embaraçosas, as quais servem para compor o mural de fotos ou as lendas que povoam todas as empresas. A situação piora quando decidem enfrentar a lei seca.

Valorização do real faz Rio ser a 2ª cidade mais cara para estrangeiros na América

A valorização do real frente a muitas das principais moedas fez com que o Rio de Janeiro assumisse a segunda colocação entre as cidades mais caras das Américas para estrangeiros, ficando atrás apenas de Caracas, na Venezuela, segundo revela levantamento sobre custo de vida realizado pela ECA International.
De acordo com o estudo, em três anos, a capital carioca avançou 119 posições no ranking global, saindo do 141º lugar, em 2008, para o 22º este ano.
Ainda no que diz respeito às cidades do continente americano, além do Rio e de Caracas (13ª colocada mundialmente), nesta edição da pesquisa houve destaque para Buenos Aires, na Argentina, que por conta da inflação excessiva foi o local que mais subiu no ranking global, saltando 68 posições em um ano, até o 95º lugar.
Considerando as 50 cidades mais caras para que uma empresa possa manter um estrangeiro, outros dois municípios brasileiros aparecem na lista: São Paulo, na 29ª colocação, e Brasília, em 33º lugar.
As mais caras
Dentre as cidades mais caras do ranking estão Tóquio, no Japão, que, pela segunda vez consecutiva,  figura no primeiro lugar, e Oslo, na Noruega, que ocupa a segunda colocação.
Em seguida está Genebra, na Suíça. Abaixo é possível observar os dez primeiros lugares do ranking e a posição que ocupavam em 2010 e na tabela seguinte conhecer as cinco mais caras das Américas e sua posção global.
Para calcular o custo de vida para os estrangeiros, a ECA considera a inflação e avalia o comportamento de bens e taxas de câmbio, que podem impactar, entre outras coisas, os preços de pacotes.

Pelo direito dos deficientes, representante procura ajuda da Câmara


O Presidente da Câmara de Caraguatatuba Wilson Agnaldo Gobetti recebeu na última terça-feira o estudante de direito Dario Garcia Rodrigues, que procurou o Legislativo para pedir ajuda e apresentar ideias a favor de melhores condições de vida aos deficientes físicos.

Com 27 anos, Dario tem como objetivo a inclusão social dos deficientes. Sua luta começou há quatro anos, após a sua reabilitação. Segundo ele, durante o tratamento ele aprendeu o que podia fazer dentro de suas limitações e o que é de direito.

“Nós temos o apoio da legislação, o que falta é vontade política para realizar, pensar num tudo, na cidadania. Queremos o desenvolvimento social, mas que seja um desenvolvimento para todos, não pode excluir o deficiente”, disse o estudante, tetraplégico há sete anos.

Dario recebeu o apoio por parte do Presidente da Câmara, que também comentou sobre o projeto feito de acessibilidade na Casa de Leis da cidade.

“Foi muito importante à vinda do Dario. É um rapaz jovem, lutador, que quer apenas o que é de direito. Falei para ele que pode contar com a gente, seremos sem dúvida nenhuma um parceiro nessa luta pela inclusão dos deficientes. A Câmara, que está num prédio arcaico conta com um projeto pronto de acessibilidade. Possivelmente no ano que vem poderemos receber cadeirantes e outros portadores de necessidades especiais com uma estrutura adequada”, revelou Gobetti.

O estudante frisou durante o encontro que os deficientes têm capacidade para alcançar o sucesso como qualquer outro profissional. “Podemos mostrar que temos capacidade, precisamos de estrutura e ter condição igual para desenvolver nosso trabalho”, afirmou.

O Presidente do Legislativo recebeu de Dario o projeto “Transporte porta a porta para as com deficiência”. O documento estabelece normas que asseguram o pleno exercício dos direitos individuais e sociais das pessoas portadoras de deficiências e sua efetiva integração social.

“Fico feliz pela iniciativa e força de vontade do Dario. Pessoas como ele merecem todo nosso respeito e dedicação. Ele podia vir aqui ficar apenas reclamando, mas não, veio com ideias, sugestões. Espero que outras autoridades olhem por essas pessoas e tenham vontade política de ajudar”, finalizou Gobetti.

Covardia

Após inúmeras ligações que eu recebi, eu resolvi pagar a quantia de R$ 1.000,00 para quem der uma prova de quem arranhou o meu carro. "Prometo síngilo" e pago na hora a quem me der uma prova. 12.97989179 - Guilherme Araújo

Estamos de olho

Olho vivo! 
Vigilância Sanitária Municipal iniciou a “Ação Especial de Natal”, com o objetivo, fiscalizar o comercio de alimentos natalinos. Inspeção busca assegurar qualidade de produtos vendidos durante o período de festas tais como panetones, bacalhau, bolos e cestas natalinas.
A Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil recomenda que o consumidor fique atento a irregularidades encontradas. Denúncias devem ser feitas ao setor de reclamação da Vigilância Sanitária. 
Proteja sua saúde e seu bolso...

REQUERIMENTO 187/2011 - Autor Vereador Omar Kazon

Existem médicos especialistas, prestando serviços nas Unidades Básicas de Saúde do Município?
Quais especialidades são atendidas?
Quantos médicos prestam serviços profissionais em cada UBS?
Esses profissionais atendem ao Programa Saúde da Família?

REQUERIMENTO 335/2011 - Autor Vereador Omar Kazon

Qual a possibilidade de realizar o serviço de perenização na Avenida Capitão Delfino Macedo, Centro.

REQUERIMENTO 73/2011

Quando será realizada a complementação do recapeamento asfáltico na Rua José Pedro de Oliveira Barbosa, bairro Olaria.

Edu Gama - Presidente do PHS em Caraguatatuba

Crivella avisa que não há acordo sobre projeto que criminaliza homofobia

 

Não há acordo para a votação, prevista para a próxima quinta-feira (8) na Comissão de Direitos Humanos (CDH), do projeto de lei da Câmara (PLC 122/06) que criminaliza a homofobia. O senador Marcelo Crivella (PR-RJ), disse que prefere a derrubada do texto e a elaboração de uma nova proposta.
- A senadora Marta Suplicy disse que havia construído um acordo. Nós gostaríamos de terminar com o projeto e construir um novo texto, mas ela insistiu com emendas, que melhoraram o texto, mas não há acordo. Se for para colocar em votação, nós votaremos contra.

41ª. SESSÃO ORDINÁRIA DE 06 DE DEZEMBRO DE 2011

ORDEM DO DIA
DISCUSSÃO E VOTAÇÃO EM 1º TURNO:
PROJETO DE LEI Nº 113/2011 – EXECUTIVO – Estima a Receita e fixa a Despesa do município de Caraguatatuba para o exercício de 2012. (APROVADO)

04ª. SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DE 09 DE SETEMBRO DE 2011 – 16h

ORDEM DO DIA
DISCUSSÃO E VOTAÇÃO ÚNICA:
PROJETO DE LEI Nº 112/2010 – EXECUTIVO – Autoriza o Poder Executivo a receber, em doação antecipada, imóvel que especifica e dá outras providências.

PROJETO DE LEI Nº 119/2011 – EXECUTIVO – Cria a Secretaria Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência e do Idoso, e dá outras providências.

PROJETO DE LEI Nº 120/2011 – EXECUTIVO – Altera o nível de vencimento de determinados cargos, enquadrados na Lei 1.484/07.

PROJETO DE LEI Nº 121/2011 – EXECUTIVO – Dispõe sobre a revisão geral anual dos vencimentos dos Servidores Públicos Municipais, da Administração Direta e Indireta e aumento do vale alimentação e dá outras providências.

Bombeiros capturam sucuri em empresa e jararaca em shopping

Bombeiros capturam sucuri em empresa e jararaca em shopping - 1 (Divulgação)
O Corpo de Bombeiros capturou uma cobra sucuri de 6 metros na zona rural do município de Cezarina, em Goiás. Ninguém se feriu

Delegacia Virtual do Estado de São Paulo

Delegacia Virtual do Estado do Rio de Janeiro