ABI - Associação Brasileira de Imprensa

ABI - Associação Brasileira de Imprensa
Liberdade de Expressão e Ética

quarta-feira, 20 de março de 2013

Redação

Estudante coloca receita de Miojo em redação do ENEM e obtém 560 pontos. No meio do texto sobre movimentos migratórios escreveu: “Para não ficar muito cansativo, vou agora ensinar a fazer um belo miojo, ferva a água ...”

Segundo o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), o texto “não fugiu do tema, nem teve a intensão de anular a redação, pois não feriu os direitos humanos e não usou palavras ofensivas”

URGENTE: Morre o cantor Emílio Santiago. Mais informações em instantes.


Eduardo Lopes volta a destacar decisão do STF que suspende Lei dos Royalties


Da Redação
Em discurso no Plenário na noite desta terça-feira (19), o senador Eduardo Lopes (PRB-RJ) voltou a destacar a decisão liminar do Supremo Tribunal Federal (STF) que suspendeu parte da nova Lei dos Royalties.
A ministra Cármen Lúcia deferiu, na segunda-feira (18), liminar em ação ajuizada pelo estado do Rio de Janeiro, que questionou a constitucionalidade das novas regras de repartição dos royalties e sua aplicação aos contratos vigentes, o que havia sido vetado pela presidente Dilma Rousseff, mas acabou confirmado depois de longa polêmica no Congresso. Segundo o senador, a derrubada dos vetos foi um desrespeito às regras jurídicas e políticas.
- Os royalties são um direito adquirido pelos estados produtores de petróleo – argumentou.
Citando estudos econômicos, Eduardo Lopes alertou para os possíveis prejuízos do Rio de Janeiro, no caso de manutenção da Lei dos Royalties. Ele disse que a derrubada dos vetos foi uma burla à Constituição e pediu bom senso para encontrar uma saída sobre a distribuição dos recursos para os estados e para os municípios.
O senador aproveitou o discurso para manifestar solidariedade à cidade de Petrópolis (RJ), onde a chuva já provocou a morte de quase 30 pessoas. Ele ainda destacou a aprovação, em primeiro turno, da PEC 66/2012, conhecida como PEC das Domésticas, que ocorreu mais cedo no Plenário. O senador afirmou que a aprovação da matéria é histórica e faz justiça aos empregados domésticos.
Agência Senado
(Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)
 Fonte:Dorleni Dornelles
Assessoria de Comunicação/Imprensa
Senador Eduardo Lopes(PRB-RJ)
Senado Federal 

Premio


Ontem a noite, num jantar oferecido pela Revista Quem, recebi das mãos do mestre e amigo Gilberto Braga, o Prêmio Quem de Melhor Diretor de Teatro 2012, indicado por três críticos e escolhido pelo voto popular.
Venho aqui agradecer à toda nossa equipe de "O Expresso do Pôr do Sol' e à todos que me deram esse prêmio, que votaram em mim, na minha estréia! Ganhamos equipe!! Beijos Maria Adelaide Amaral, Nelsinho, Gui, Cacá, Maristane, Caetano, Namatame, Duda, Valquiria, Sergião, Tucarena, aos assistentes, colaboradores e à minha querida equipe da FASS, vocês vieram comigo, que privilégio!!
Obrigado Nextel e a todos os nossos parceiros!!
Obrigado Revista Quem!!
Brincadeira boa!! Muito orgulho desse projeto.
Minha gratidão à esse público sempre presente, um honra servi-los com meu prato principal!!
Um beijo carinhoso!
Fabio Assunção


Kaká é o brasileiro mais rico do futebol Lista do Goal.com tem três brasileiros no top 10 e ainda contempla Neymar

Lista do Goal.com tem três brasileiros no top 10 e ainda contempla Neymar (© Reuters)


Três brasileiros integram a lista dos jogadores mais ricos do planeta, publicada pelo site Goal.com. Kaká, Ronaldinho Gaúcho e Rivaldo são os atletas em atividade do país no top 10.
Para chegar à conclusão foram levados em conta fatores como salários, duração dos contratos, bônus, patrocinadores, propriedades e ainda outros negócios particulares ao longo da carreira.
Se pensarmos no top 50 dos mais ricos, o número de brasileiros é ampliado para cinco, já que Robinho e Neymar se juntam aos outros três craques.

Fundação Procon-SP orienta os consumidores sobre os problemas com o suco AdeS


A Fundação Procon-SP esclarece que o consumidor que tem a nota fiscal da compra dos sucos AdeS que estão entre os produtos contaminados com material de limpeza pode trocá-lo ou ser ressarcido no local da compra. Caso não tenha a nota fiscal, o consumidor deve entrar em contato com a Unilever Brasil, para garantir os seus direitos.
No último dia 14 de março, a Unilever informou que detectou um problema de qualidade em cerca de 96 unidades do produto AdeS Maçã 1,5l,lote com as iniciais AGB 25, fabricado em 25/2/13 e validade até 22/12/13. Os sucos haviam sido distribuídos nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná e estariam inapropriados para consumo.
O conteúdo da embalagem foi alterado devido a uma falha no processo de higienização, que resultou em contaminação com solução de limpeza. O consumo do produto nessas condições pode causar queimaduras.
Segundo o Procon-SP, a empresa deverá apresentar os esclarecimentos que se fizerem necessários, conforme determina o Código de Defesa do Consumidor, inclusive com informações claras e precisas sobre os riscos para o consumidor.
Por determinação da Anvisa, o Diário Oficial da União publicou a determinação de suspensão da fabricação, distribuição, comercialização e consumo, em todo o território nacional, de todos os lotes dos produtos Alimento com Soja, marca AdeS, fabricados pela linha de produção TBA3G da empresa Unilever Brasil Industrial Ltda, CNPJ 01.615.814/0045-14, localizada na Av. Prefeito Olavo Gomes, 3701 - Pouso Alegre/MG , por suspeita de não atender às exigências legais e regulamentares desta Agência.
Para que o consumidor tenha a certeza de que o produto está na relação da ANVISA, os dados como endereço e lote, devem constar na própria embalagem.
Lista de suspensão da Anvisa
Abacaxi 1L
Cereais com mel 1L
Chá verde com tangerina 1L
Chá verde com limão 1L
Chocolate clássico 1L
Chocolate com coco 1L
Frapê de coco 1L
Laranja 1L
Maçã 1L
Manga 1L
Maracujá 1L
Melão 1L
Morango 1L
Original 1L
Pêssego 1L
Shake Morango 1L
Uva 1L
Vitamina banana 1L
Zero Frapê de Coco 1L
Zero Laranja 1L
Zero Maçã 1L
Zero Original 1L
Zero Pêssego 1L
Zero Vitamina Banana 1L
Zero Uva 1L
Laranja 1L Embalagem promocional (Leve 1L pague 900ml - Grátis 100ml)
Uva 1L Embalagem promocional (Leve 1L pague 900ml
Maçã 1L Embalagem promocional (Leve 1L pague 900ml
Maçã 1,5L
Uva 1,5L
Laranja 1,5L
Original 1,5L

Adolescente diz que queimou boca ao consumir suco Ades Ele alega que não chegou a engolir o produto, mas mesmo assim sofreu vários ferimentos no interior da boca


A Polícia Civil de Ribeirão Preto (SP) apura um caso de lesão contra um adolescente de 17 anos que diz ter queimado a boca ao consumir o suco Ades. Ele alega que não chegou a engolir o produto, mas mesmo assim sofreu vários ferimentos no interior da boca. A família constituiu uma advogada que acompanha o caso, registrado há dez dias, mas que somente agora foi divulgado. Amostras do produto foram recolhidas pelo Instituto de Criminalística para exames.
A Unilever disse que não comenta caso a caso e que o problema limita-se às 96 unidades produzidas em Pouso Alegre. Reitera, ainda, que já identificou a causa do problema de qualidade e implementou as medidas corretivas correspondentes. De acordo com a empresa, foram retiradas do mercado todas as unidades produzidas na linha TBA3G, que seria a única a apresentar risco.
Funcionários da Vigilância Sanitária Estadual de Minas Gerais e da Municipal de Pouso Alegre estiveram na segunda-feira na fábrica da Unilever em Pouso Alegre fiscalizando a linha de produção dos sucos de soja Ades. A fiscalização ocorreu após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinar a suspensão da fabricação, distribuição, comercialização e consumo, em todo o território nacional, de todos os lotes com a inicial AG dos produtos Ades produzidos no local.
Os fiscais passaram o dia vistoriando todo o sistema de trabalho no local, mas o resultado da fiscalização ainda não foi divulgado. Segundo a Anvisa, a punição aos produtos se deve "por suspeita de não atenderem às exigências legais e regulamentares" do órgão. A Unilever disse, em nota, que a linha de produção que foi suspensa é apenas uma das 11 de fabricação do Ades.
A Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça convocou a Unilever a comparecer em audiência que será realizada na tarde de terça com a presença da Anvisa.
A Fundação Procon-SP esclarece, em nota, que o consumidor que possui a nota fiscal da compra dos sucos Ades contaminados com material de limpeza pode trocar o produto ou ser ressarcido no local da compra. Caso não tenha a nota fiscal, o consumidor deve entrar em contato com a Unilever.

Candidato escreve receita de Miojo em redação do Enem e tira 560 Em outro caso, dissertações que apresentaram erros graves de grafia obtiveram nota máxima


O Enem 2012 já passou, mas não sem causar polêmica. Na última edição do exame, um candidato escreveu na redação como preparar um macarrão instantâneo no meio do texto, que deveria atender ao tema "Movimento imigratório para o Brasil no século 21". O estudante recebeu a nota 560, de um total de 1.000 pontos. As informações são do jornal O Globo desta terça-feira, 19.
Nos dois primeiros parágrafos, o vestibulando até chega a tratar de imigração ilegal no País. No trecho seguinte, no entanto, o candidato se atém à receita do Miojo.
Ele escreveu: "Para não ficar muito cansativo, vou agora ensinar a fazer um belo miojo, ferva trezentos ml's de água em uma panela, quando estiver fervendo, coloque o miojo, espere cozinhar por três minutos, retire o miojo do fogão, misture bem e sirva" (sic). No parágrafo final, o aluno retorna ao tema proposto como se nada tivesse ocorrido. Das 24 linhas escritas, 4 são dedicadas à receita.
De acordo com o Ministério da Educação (MEC), a presença da receita foi detectada pelos corretores e considerada "inoportuna" e "inadequada", o que lhe provocou uma "forte penalização".
O ministério afirma que as competências mais prejudicadas foram as de número 3 e 5, que, entre outras coisas, mediam o poder que o candidato detinha para selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista e também elaborar uma proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos e considerando a diversidade sociocultural. Cada uma das cinco competências avaliadas pelo MEC possui a pontuação máxima de 200 pontos. Nas citadas, o candidato obteve 100 e 40 pontos, respectivamente.
O MEC diz ainda que, em sua totalidade, o candidato não fugiu ao tema e não feriu os direitos humanos. Segundo a pasta, é preciso considerar que a análise de texto é feita sobre o todo, com foco no conjunto do texto, e não em cada uma de suas partes.
Para Rogério Chociay, professor aposentado do Departamento de Letras da Unesp e especialista em redação de vestibular, a análise do conjunto foi justamente o que faltou para que o texto fosse mais penalizado. "No momento em que o estudante opta por inserir a receita no meio do seu texto, ele quebra o processo argumentativo e o princípio da dissertação e não configura um texto como um todo", diz. Segundo o professor, se o mesmo ocorresse nos vestibulares das principais universidades públicas no País, o aluno teria seu texto severamente punido ou então reprovado.
Nota mil
Redações com nota máxima e erros de português também foram reveladas pelo O Globo na edição de ontem. Os textos apresentavam erros de grafia, como "rasoável" (em vez de razoável), "enchergar" (em vez de enxergar) e "trousse" (no lugar de trouxe). Várias textos apresentavam ainda graves problemas de concordância verbal, acentuação e pontuação, segundo o jornal.
Sobre os critérios de correção, o MEC esclarece que é preciso considerar que "a análise de texto é feita como um todo e que eventuais erros de grafia não significam que o aluno não domine os padrões da língua". De acordo com o ministério, uma redação pode ter a pontuação máxima mesmo apresentando erros em cada competência avaliada. "A tolerância deve-se à consideração, e isto é relevante do ponto de vista pedagógico, de ser o participante do Enem, por definição, um egresso do ensino médio, ainda em processo de letramento na transição para o nível superior."
Segundo Chociay, os erros encontrados nos textos que alcaçaram a pontuação máxima evidenciam o pricipal problema do Enem: o seu "gigantismo". Para o professor, a abrangência da avaliação esbarra na questão do treinamento dos corretores. "Os membros da banca corretora têm de ser 100% competentes no que se refere ao domínio da língua portuguesa. Quando se fala da correção de milhões de redações, isso é algo difícil de se garantir."
Para o professor, no entanto, caso os corretores acreditassem que os erros não prejudicavam a integridade dos textos, caberia a eles ao menos apontar as falhas e fazer o comentário. Isso, no entanto, não ocorreu.

Sobrinho-neto de Michel Temer é assassinato em Tietê Segundo a Polícia Civil, empresário foi baleado quando voltava do trabalho para casa


Um sobrinho-neto do vice-presidente da República Michel Temer foi assassinado com um tiro numa possível tentativa de assalto, na tarde desta terça-feira, 19, em Tietê, região de Sorocaba. De acordo com a Polícia Civil, o empresário Antônio Romano Tamer Schincariol, de 34 anos, seguia de carro de casa do trabalho para casa, quando foi baleado, no bairro Bela Vista, próximo do centro da cidade. O carro perdeu o controle, subiu na calçada e atingiu um veículo que estava estacionado. O tiro atingiu a vítima na altura da axila.
Schincariol foi socorrido ainda com vida por uma viatura de resgate do Corpo de Bombeiros e levado à Santa Casa, mas não resistiu. Testemunhas ouviram o barulho do disparo e viram o carro desgovernado na rua Eugênio Dal Coleto, mas ninguém chegou a ver o autor do disparo. A polícia isolou a área para a perícia, mas até o início da noite não havia pista do criminoso. A polícia também investiga a hipótese de crime encomendado. Schincariol fazia a locação de máquinas de terraplenagem. Ele era neto de Tamer Miguel Temer, irmão mais velho de Michel Temer. A assessoria do vice-presidente confirmou o parentesco.

48 famílias estão em perigo em morro de São Sebastião


A Defesa Civil de São Sebastião (SP) está em alerta devido à movimentação de um morro localizado na Vila Esquimó, em Juqueí, região sul da cidade. No local, considerado área de risco, residem 48 famílias. Na madrugada desta terça-feira houve um deslizamento de terra que atingiu uma das casas. A parede do quarto onde três adolescentes dormiam foi atingida. Ninguém se feriu.
Segundo a moradora Márcia da Silva, 32, que reside há seis anos no local, era madrugada quando a terra cedeu e atingiu o cômodo da casa. "Levamos um susto e retiramos as meninas imediatamente". Segundo ela, choveu a noite inteira. Apesar do deslizamento, a família permanece no local. "A Defesa Civil deixou a gente ficar, só interditaram o quarto, porque está com rachadura".
Segundo Carlos Eduardo Santos, chefe da Defesa Civil, o morro "andou" 43 centímetros. "Há uma fenda de 43 centímetros que está recebendo toda a água da chuva e isso nos preocupa, pois não sabemos onde ela está sendo represada". Segundo o órgão, anualmente são feitas medições no morro para monitorar suas condições. Moradores relatam que constantemente sentem o morro "se mexer". "A parede da minha casa está toda rachada. O morro sempre se mexe, treme tudo", disse a moradora Cecília dos Santos Araújo, 52, que saiu do Ceará para residir no local.
O Morro do Esquimó fica às margens da Rodovia Rio-Santos, em Juqueí. Da pista é possível ver conglomerados de barracos que há alguns anos estavam exclusivamente nas encostas da Serra do Mar. Atualmente algumas das habitações precárias invadiram o outro lado da pista, sentido praia, e disputam espaço com condomínios de luxo. Com elas, emaranhados de fios surgem de postes de madeira improvisados para abastecer os núcleos habitacionais da Vila Esquimó e da Vila Progresso, em Juqueí.
Calamidade pública
São Sebastião continua em estado de calamidade pública, decretado pelo prefeito Ernane Primazzi (PSC), que foi cassado pela Justiça na última sexta-feira, após ser acusado por compra de votos durante a campanha. Por conta da calamidade, o juiz eleitoral Guilherme Kirschner decidiu mantê-lo no cargo, até o julgamento do mérito, para não prejudicar a cidade com a alternância de poder.

Vamos se divertir um pouco

E agora Prefeito









Observe este trabalhador!!! Ele esta trabalhando sem e p i








            Virtude

            O consultor de negócios e políticas Guilherme Araujo quer parabenizar a atual diretora da Câmara Municipal de Caraguatatuba pela habilidade que tem conduzido o setor administrativo e pela humildade que mostrado ao procurar os funcionários, mas antigos para buscar esclarecimento.

            Parabéns senhora diretora da Câmara Municipal de Caraguatatuba e saiba que humildade não é mérito é uma virtude que poucas pessoas quando estão no poder tem.

            Isso é falta do que fazer - Vereador de Caraguatatuba quer mudar o nome da Câmara Municipal de Caraguatatuba para "PALACIO ZEZINHO ...."


            Depois vão ficar de cara feia e falar que o O consultor de negócios e políticas Guilherme Araujo esta contra, mas isso é uma piada.... kkkkkk

            Falta do que fazer é uma droga mesmo, chegou ao meu conhecimento que um nobre vereador de Caraguatatuba quer mudar o nome da Câmara Municipal de Caraguatatuba para “PALACIO ZEZINHO .....”.

            Se for para brincar com coisas seria eu quero sugerir que este nobre vereador tenha mas respeito aos eleitores e que busque mas conhecimento de suas atribuições porque ele esta ganhando para representar o povo, legislar, fiscalizar, respeitar os seus eleitores e não para ficar indicando nomes de funcionários que estão vivos para substituir o nome da Câmara Municipal de Caraguatatuba.

            kkkkk essa é das boas

            Me Ajudem A Ajudar Essa Menina!


            Por Favor Compartilhem Até Chegar Ao Luciano Huck. 

            Tenho a Certeza De Que Irá Chegar Até Ele. 

            Compartilhem , Não Finja Que Não Esta vendo. 

            Compartilhem Por Favor. Ela É De Nova Iguaçu.

            Taller Gastronomia Caraguatatuba.

            Strogonoff de frango, acompanhado de arroz branco e batata palha por apenas R$12,00. 
            Taller Gastronomia - Tel: 12 38833644
            Rua Av. Arthur Costa Filho 937, no Caragua Praia Shopping - Piso Superior

            Horário de Funcionamento:
            - segunda à quinta das 11:30 às 21:00 hrs,
            - sexta e sábado das 11:30 às 22:00 hrs e aos
            - domingos das 12:00 às 21:00 hrs.


            Desejamos todo o sucesso

            Mulheres agredidas ganham o 'botão do pânico'


            No Espírito Santo, mulheres que já foram agredidas vão receber o 'Botão do Pânico', um dispositivo que aciona a polícia.

            Desapropriações em Caraguatatuba estão sendo FEITAS NO MIUDINHO...

            Não e para nos ajudar e sim para que eles não nos paguem o valor de mercado...
            Se todos ficarem calados vai ser pior...
            Por que é isso que eles querem...
            Vão pagar qualquer valor a baixo do valor real do que o terreno vale...

            Delegacia Virtual do Estado de São Paulo

            Delegacia Virtual do Estado do Rio de Janeiro