quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Cerca de 90 semáforos ainda não estão funcionando em SP

SÃO PAULO - Cerca de 90 semáforos ainda apresentavam problemas na manhã desta quinta-feira, 27, de um total de 600 equipamentos que registraram falhas por conta das chuvas dos últimos dias, segundo boletim da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).
De acordo com o relatório, os equipamentos estão apagados ou apresentam o amarelo intermitente, em importantes vias da cidade, como Avenidas Celso Garcia, Aricanduva, do Estado, Brigadeiro Luís Antônio, Santo Amaro e Interlagos.
Desde a última sexta-feira, por conta das fortes chuvas e do grande número de raios que caíram sobre a cidade, aproximadamente 600 semáforos apresentaram falhas, segundo a CET. Cerca de 80% desses equipamentos já foram consertados e até o fim da tarde de ontem 97% dos semáforos da cidade estavam operando normalmente.
Segundo a CET, equipes de manutenção semafórica próprias e de empresas contratadas continuam os trabalhos de reparos, mas ainda não há previsão para o término dos serviços.
A capital paulista conta com 6.072 cruzamentos semaforizados, segundo a CET, que registra em um mês sem chuva, em média, 43 ocorrências com semáforos quebrados por dia. Em meses de chuva, esse número aumenta, como em janeiro de 2010 quando foram registradas 2.667 ocorrências (média de 86 ocorrências por dia, ou seja, o dobro).
Congestionamento. A capital paulista registrava, às 12 horas, 64 quilômetros de lentidão, bem acima da média para o período, segundo a CET. As vias com maiores trechos de lentidão eram a Marginal do Tietê, nos dois sentidos, sentido Centro da Radial Leste e sentido marginal da Avenida Salim Farah Maluf.

Militares são acusados de roubar casa de traficante no Complexo do Alemão

RIO - A Seção de Comunicação Social da Força de Pacificação informou nesta quinta-feira, 27, que concluiu a sindicância aberta para apurar uma denúncia de que um tenente e dois militares teriam roubado dois aparelhos de ar condicionado e uma chopeira, na casa abandonada de um traficante, no Complexo do Alemão, na zona norte do Rio. A investigação apontou que há indícios que o tenente e os dois praças são culpados.
Um Inquérito Policial Militar (IPM) foi instaurado e será concluído em 40 dias. O inquérito pode resultar na expulsão dos militares da instituição. O tenente possui dois anos de atividade como oficial, enquanto os dois praças possuem dois anos e três anos e meio de tempo de serviço.
Em nota, o Exército informa que 'é uma instituição com rígidas normas de conduta e culto aos mais nobres valores morais' e ressalta que o fato de o oficial ter sido denunciado pelo pelotão que comandava 'é uma demonstração clara do integral respeito à legalidade'.
Os militares envolvidos permanecem afastados das atividades da Força de Pacificação e prosseguem cumprindo o expediente em seus quartéis de origem, uma vez que a fase investigativa ainda não se encerrou.

STF nega pedido de Capiberibe para tomar posse

O ex-senador João Capiberibe (PSB-AP) fracassou na tentativa de obter uma autorização judicial para tomar posse no Senado. O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cezar Peluso, recusou um pedido do político que foi considerado ficha suja pela Justiça Eleitoral e, mesmo assim, quer assumir uma cadeira de senador.
Na decisão, Peluso reclamou do fato de o STF estar desfalcado de um integrante desde agosto, quando o ministro Eros Grau teve de se aposentar. De acordo com o presidente do Supremo, o tribunal está impossibilitado de fixar uma orientação definitiva sobre a aplicabilidade da Lei da Ficha Limpa às eleições de 2010.
Para tentar convencer Peluso a conceder uma liminar garantindo a posse, Capiberibe argumentou que os mandatos dos senadores começarão no próximo dia 1º. A Justiça Eleitoral recusou-se a conceder o registro da candidatura do político porque ele foi condenado num processo no qual foi acusado de compra de votos na eleição de 2002. Mas os argumentos não convenceram o presidente do STF. Peluso baseou-se em súmulas do Supremo que impedem a Corte de analisar pedidos de liminar quando o caso ainda tem pendências no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
O presidente do STF também concluiu que não era o caso de conceder liminar porque Capiberibe não corre o risco de sofrer um dano irreversível por esperar por uma decisão da Justiça. Ele observou que o mandato de senador tem duração de oito anos.
Ao lembrar que o STF está desfalcado, Peluso disse que era um 'fato notório' o empate ocorrido durante os julgamentos de recursos movidos pelos ex-senadores Joaquim Roriz e Jader Barbalho, também barrados pela Lei da Ficha Limpa. No caso de Barbalho, diante do empate o tribunal optou por manter a decisão contestada pelo político, contrária à candidatura.
O STF é composto por 11 ministros. Mas desde agosto, com a saída de Eros Grau, está apenas com 10. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva optou por deixar a escolha do novo integrante da Corte para sua sucessora, a presidente Dilma Rousseff. Passado quase um mês de seu governo, Dilma ainda não indicou o nome do novo ministro. Entidades representativas de advogados reclamaram hoje da demora. O STF volta a funcionar normalmente no próximo dia 1º.

Em Santa Catarina, número de cidades em emergência chega a 63

SÃO PAULO - A chuva que atinge Santa Catarina desde a última semana, já deixou 63 cidades em situação de emergência no Estado. Segundo o relatório divulgado pela Defesa Civil às 13h desta quinta-feira, 27, 71 municípios já foram afetados pelas tempestades. A cidade de Mirim Doce, no Vale do Itajaí, decretou situação de calamidade pública no último dia 19. Mais de 900 mil pessoas foram afetadas pelas chuvas. Em todo o Estado, 24.034 pessoas estão desalojadas e ocupam a casa de parentes ou amigos. Outras 1.926 pessoas estão desabrigadas e ocupam abrigos públicos.
Santa Catarina já registra cinco mortes em decorrência das chuvas, de acordo com a Defesa Civil. Três mortes ocorreram em Florianópolis, uma em Jaraguá do Sul e outra em Massaranduba.

Minas agora estuda lei para acabar com pensões

BELO HORIZONTE - Diante da repercussão negativa, o governo de Minas estuda encaminhar à Assembleia Legislativa um projeto de lei que acabe com as pensões vitalícias pagas a ex-governadores e herdeiros no Estado. A concessão do benefício entrou na mira do Ministério Público, que instaurou inquérito civil e pretende ajuizar uma ação para anular os atos que autorizaram os pagamentos.
A intenção do Executivo é se adiantar a uma eventual manifestação do Ministério Público e tomar a iniciativa de, 'no limite de sua competência', propor a revisão da norma prevista na lei 1.654, de 1957, que instituiu os pagamentos, durante o governo de Bias Fortes.
Depois de ser reticente na divulgação dos beneficiários e do valor pago - com o argumento de que, por lei, os gastos com salários de pensionistas só podem ser divulgados com autorização do beneficiado -, o governo mineiro passou a confirmar nesta semana que no Estado quatro ex-governadores e uma viúva recebem pensões vitalícias, o que representa um custo R$ 47.250 por mês para os cofres públicos.
A avaliação no Palácio Tiradentes é que a versão mineira para as chamadas aposentadorias vitalícias ganhou repercussão maior e contornos de 'caixa preta' por um equívoco na interpretação da legislação e de comunicação.
O assunto causou constrangimentos aos ex-governadores e aos senadores eleitos Aécio Neves (PSDB) e Itamar Franco (PPS), que, na semana passada, pediram ao governo que divulgasse nota esclarecendo que eles não requereram e não recebem a pensão. O deputado eleito Newton Cardoso (PMDB) também diz que não pediu o benefício.
O governo alega agora que está impedido por uma lei estadual apenas de divulgar o valor dos vencimentos de cada um dos beneficiários. Mas a lei é clara: os ex-governadores têm direito a salário integral, que atualmente é de R$ 10,5 mil. As viúvas e filhos têm direito a 50%. Filhos podem receber até os 18 anos e filhas têm direito a pensão vitalícia caso sejam viúvas ou solteiras e não tenham rendimentos.
Meio termo
Na quarta-feira, o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, provocou os Executivos estaduais ao lembrar que eles podem se antecipar ao Supremo Tribunal Federal e acabar com as leis que concedem as pensões para ex-governadores. No Palácio Tiradentes fala-se também em um 'meio-termo', que não confronte direitos adquiridos. Por isso, uma hipótese aventada é a de que uma proposta de lei barre apenas a concessão de novos benefícios.
Em licença para uma viagem particular, o governador Antonio Anastasia (PSDB) volta ao trabalho no dia 2 de fevereiro. Nada deve ser decidido até lá.
A Promotoria de Defesa do Patrimônio Público instaurou inquérito na segunda-feira e encaminhou requerimento de informações à Secretaria de Planejamento e Gestão. O promotor João Medeiros não pretende questionar os pagamentos já realizados, argumentando que, a princípio, os beneficiários não agiram com 'má-fé'.
O argumento do Ministério Público é que a lei 1.654, que criou o benefício, não foi 'recepcionada' pela Constituição e fere os princípios previstos no artigo 37, de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência na administração pública direta e indireta.

Conselho de 'estatal fantasma' já faz até reunião

BRASÍLIA - O governo de Dilma Rousseff convive com uma novidade na burocracia oficial: a estatal fantasma. A empresa aguarda a nomeação de um presidente e é mais uma peça no quebra-cabeça do loteamento do segundo escalão. Seu conselho administrativo se reuniu na terça-feira, mas no meio jurídico há controvérsia sobre sua existência ou não.
Trata-se da Empresa Brasileira do Legado Esportivo Brasil 2016, que tem por objetivo elaborar estudos técnicos sobre as obras destinadas à realização da Olimpíada de 2016. Ela foi criada em maio do ano passado pela Medida Provisória 488, que perdeu a eficácia em setembro do ano passado por não ter sido votada no prazo. Isso, no entender de juristas, faz com que não tenha mais base legal para existir, pois toda estatal tem de ser criada por lei.
'Se a estatal foi criada por uma MP que caducou por não ter sido objeto de crivo pelo Congresso Nacional, tem irregularidade no cenário', afirmou o ministro Marco Aurélio de Mello, do Supremo Tribunal Federal. Ele explicou que o governo não deveria ter criado a estatal por MP, justamente para evitar esse tipo de situação. 'Não se pode ter um contrato precário e efêmero na criação de uma empresa', disse. 'É um instrumental impróprio.' A mesma opinião foi dada por outros dois advogados, que pediram para não ser identificados.
Decreto
Esse não é, porém, o entendimento do governo. O Ministério do Esporte, ao qual a estatal é subordinada, informou que ela continua existindo porque atos tomados na vigência de uma MP não podem ser desfeitos. Enquanto a MP 488 vigorou, foi editado decreto criando a estatal.
A pasta informou ainda que falta a indicação de um presidente, definição aguardada desde o final do ano passado. Após a indicação, a empresa poderá começar a operar. A sede será no Rio. Segundo o ministério, os conselheiros não estão recebendo pagamento pelas reuniões, como é usual nos conselhos das estatais.
A Advocacia-Geral da União (AGU), que tem integrante no conselho da estatal, informou que o funcionamento da Brasil 2016 é regular. Ela diz que, se a MP não for aprovada no prazo e o Congresso não regular o vácuo, 'as relações jurídicas constituídas e decorrentes de atos praticados durante a vigência conservar-se-ão por ela regidas'.

SP aprova licença ambiental para ampliação de Viracopos

SÃO PAULO - O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), anunciou nesta quinta-feira, 27, que o Conselho Estadual do Meio Ambiente (Consema), da Secretaria do Meio Ambiente, aprovou nesta manhã, por unanimidade, a licença ambiental prévia para a construção da segunda pista e do segundo terminal de passageiros do Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP).
De acordo com Alckmin, com a aprovação da licença, acabam as obrigações do governo paulista em relação às obras, que ficam a cargo da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero).
O governador, porém, afirmou que o Estado de São Paulo continuará dando apoio logístico à União em Viracopos, sem detalhar como isso será feito.
Alckmin deu a informação após a apresentação da candidatura de São Paulo para receber o Centro de Mídia Internacional da Copa de 2014, em solenidade na sede da Prefeitura de São Paulo.
De acordo com a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), Viracopos recebeu 3,3 milhões de passageiros em 2009. Em 2010, a movimentação foi 63% maior, atingindo 5,4 milhões de passageiros.

Alckmin ajuda, e serristas rechaçam moção pró-Guerra

Aliados do ex-governador José Serra entraram em campo nesta quinta-feira, 27, para tentar neutralizar a moção provada por parlamentares tucanos que defendia a reeleição de Sérgio Guerra à presidência do PSDB. Numa ação articulada com serristas, o governador Geraldo Alckmin veio a público negar que apoiasse a manobra.
Logo pela manhã, Alckmin afirmou que apoiará Serra caso ele decida se candidatar à presidência do partido. 'Nem sei se o Serra quer ser o presidente do partido, mas, se ele quiser, terá o meu integral apoio', afirmou. Segundo aliados, Serra gostaria de presidir o PSDB. O candidato derrotado ao Planalto, no entanto, não manifestou internamente o desejo de ocupar o cargo.
O documento defendendo a recondução de Guerra, assinado por 54 parlamentares tucanos na quarta-feira, foi visto por serristas como uma articulação dos aliados do ex-governador Aécio Neves. Militantes ligados a ele recolheram as assinaturas. Alckmin também foi acusado de ter apoiado a articulação.
Aécio, que pretende disputar a Presidência em 2014, é entusiasta da manutenção de Guerra na presidência, como forma de evitar que Serra ocupe o cargo, no qual poderia articular a sua própria candidatura para 2014.
'Sérgio Guerra tentou criar um fato consumado e se desqualificou como presidente do partido. O papel dele é buscar a unidade para a luta externa. E não usar uma reunião de bancada para divisão interna', afirmou o deputado Jutahy Júnior (BA), aliado de Serra. 'O documento é inócuo. Quem vai decidir o novo presidente serão os convencionais.'
'A lista foi uma forma infeliz de buscar a presidência do partido. Mas a convenção de maio é que decidirá sobre a presidência', disse o ex-governador Aberto Goldman. 'Além da lista não ter sido debatida internamente, acredito no bom entendimento entre Serra e Alckmin', afirmou o deputado Vaz de Lima, o único paulista que não assinou a lista.
Alckmin e Serra conversaram anteontem. Cogitou-se a divulgação de uma nota negando envolvimento do governador no apoio a Guerra, redigida pelo jornalista Márcio Aith, que atuou na comunicação da campanha de Serra e hoje trabalha com Alckmin no Bandeirantes.
Guerra avisou Alckmin da iniciativa antes da reunião da bancada, mas o governador não deu nenhuma orientação para os deputados paulistas, apesar de ter dito ao senador que achava muito cedo tratar daquele assunto.
'Não houve uma operação contra nem a favor de ninguém, muito menos contra Serra. Todos reconhecemos seu tamanho e sua importância política, sobretudo eu, que dediquei minha energia e até minha saúde na coordenação da campanha presidencial', disse Guerra.
Divisão
Apesar das declarações do governador, aliados de Alckmin estão divididos sobre o futuro da presidência do PSDB.Uma ala avalia que o melhor é defender a eleição de Serra para o cargo e intensificar laços políticos com ele. Assim o projeto eleitoral de Alckmin e Serra sairia fortalecido, numa dobradinha Presidência/governo paulista, que poderia ser encabeçada por qualquer um dos dois em 2014.
Para outro grupo, Serra na presidência do PSDB ficaria muito fortalecido, fazendo um contraponto ao poder de Alckmin em São Paulo. Citam que o governador defende para a presidência estadual do PSDB o Pedro Tobias. Mas que aliados de Serra querem Aloysio Nunes Ferreira.
'Será precipitado qualquer movimento para desautorizar a bancada. Sou Serra, mas quero Guerra na presidência', disse o deputado Eduardo Gomes (TO). Os mineiros tentaram desvincular a articulação de Aécio. 'Não há razão para que um prejudique o outro no momento em que nos é exigido uma união familiar', amenizou o novo líder da minoria na Câmara, Paulo Abi-Ackel, aliado de Aécio. 'Os mineiros respeitam Serra e reconhecem a importância do seu papel como representante dO PSDB', reforçou.

Filha de ex-ministro é presa acusada de envolvimento na morte dos pais

SÃO PAULO - A Polícia Civil do Distrito Federal, com apoio de policiais da Polinter, no Rio, prendeu na manhã desta quinta-feira, 27, a arquiteta Adriana Vilella, acusada de envolvimento na morte de seus pais, o ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), José Guilherme Villela, e Maria Carvalho Mendes Villela, além da empregada da família, Francisca Nascimento da Silva, em 2009.
Segundo a Polícia, a prisão ocorreu no bairro de Ipanema por cumprimento de decisão judicial. De acordo com o Tribunal de Justiça, o mandado de prisão foi expedido pelo juiz do Tribunal de Justiça do Distrito Federal, Fábio Francisco Esteves, na última terça-feira, 25, e concedido no mesmo dia.
Adriana foi levada para a Polinter e deve ser transferida para Brasília. José, Maria e Francisca foram assassinados com 73 facadas em 28 de agosto de 2009 no apartamento onde moravam, situado numa quadra nobre de Brasília.

Visita de Obama é reconhecimento a 'status internacional' do Brasil, diz governo dos EUA

Visita de Obama é reconhecimento a 'status internacional' do Brasil, diz governo dos EUA
Viagem de Obama à América do Sul incluirá idas ao Chile e a El Salvador

O porta-voz do Conselho de Segurança Nacional dos Estados Unidos, Mike Hammer, disse nesta quinta-feira que a visita que o presidente americano, Barack Obama, fará ao Brasil em março é um reconhecimento ao status internacional conquistado pelo país.
'A viagem é parte de nosso engajamento com o nosso próprio hemisfério', disse Hammer, em uma coletiva de imprensa em Washington para abordar as prioridades de política internacional do governo americano.
'É também um reconhecimento do importante status e contribuição internacional do Brasil', afirmou.
A viagem é a primeira de Obama à América do Sul, e incluirá também visitas ao Chile e a El Salvador. Segundo Hammer, ainda não há data definida para a viagem, mas ela deverá ocorrer na segunda metade de março.
'Estamos trabalhando com os governos desses países para finalizar os detalhes', afirmou.
Áreas de interesse
Obama anunciou a viagem na terça-feira em seu discurso sobre o Estado da União, ao afirmar que servirá para 'forjar novas alianças para o progresso das Américas'.
No Brasil, o presidente americano de verá se reunir com a presidente Dilma Rousseff para tratar de áreas de interesse conjunto. Dilma tinha uma viagem planejada aos Estados Unidos em março, mas, diante da mudança de agenda, a visita acabou cancelada.
O porta-voz americano disse que Dilma já manifestou interesse em ampliar a parceria com os Estados Unidos e que o governo americano espera 'embarcar no que, acreditamos, pode ser um esforço cooperativo muito frutífero para os dois países'.
'Acreditamos que há muitos interesses comuns com o Brasil nos quais poderemos trabalhar juntos, e esse será o propósito desta viagem', disse. 'A relação com o Brasil é uma relação importante que queremos desenvolver e ampliar.'
Entre as áreas de interesse comum, Hammer cita energia limpa, crescimento global e os esforços de assistência ao Haiti.
Lula
Esperava-se uma visita de Obama ao Brasil desde o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mas a viagem acabou sendo adiada várias vezes, em meio a um certo esfriamento das relações bilaterais devido a divergências sobre vários temas nos últimos dois anos.
No ano passado, as divergências foram acentuadas pela aproximação de Lula com o presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad. O Brasil não apoiou a aplicação de uma nova rodada de sanções da ONU contra o programa nuclear iraniano, aprovada pelo Conselho de Segurança em junho.
O Brasil tentou evitar as sanções e chegou a obter um acordo com o governo iraniano, ao lado da Turquia, para buscar uma solução por meio do diálogo. No entanto, os Estados Unidos rejeitaram o acordo, o que provocou irritação no governo brasileiro.
Hammer evitou, porém, falar sobre um suposto distanciamento entre os dois países durante o governo Lula.
'Não quero comparar o que poderia ter sido, ou deveria ter sido', disse. 'Queremos aproveitar essa oportunidade para continuar uma parceria forte. Nós já tínhamos uma relação boa e sólida com o presidente Lula em seu governo.'
BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Novos governadores levantam fichas de antecessores por autopreservação

BRASÍLIA - A troca de poder em oito Estados desencadeou a busca por sinais de má gestão e excesso de gastos dos derrotados para municiar ou imunizar politicamente os novos governadores.
Na Paraíba, ao constatar que herdou um Estado com R$ 1,3 bilhão em dívidas e comprometimento de 57% da receita do Executivo com as despesas de pessoal, o governador Ricardo Coutinho (PSB) fez chegar à presidente Dilma Rousseff um pedido de compreensão com quem assumiu o governo há menos de um mês - quase um pedido de clemência com o aliado.
Ele não quer ser o primeiro governador da nova safra a sofrer uma intervenção do governo federal por descumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Sabe que hoje Dilma Rousseff poderá reter o repasse do Fundo de Participação dos Estados (FPE) e de verbas de convênios do governo federal com a Paraíba.
Coutinho acha que em seis meses a situação mudará, porque fez um corte de custeio de 30% e impediu aumentos salariais para si, o vice e os secretários. Espera, pelo menos, chegar ao máximo de comprometimento de 46,55% da receita com a folha de pagamentos, o que é o limite prudencial estabelecido pela LRF.
Outros sete governadores que estavam na oposição venceram o pleito e assumiram o governo de seus Estados em situação um pouco melhor, porque não foram ultrapassados os limite da irresponsabilidade fiscal como a Paraíba, mas ainda assim periclitante. Quase todos tomaram uma mesma atitude: fazer auditorias nas contas deixadas por seus antecessores.
Alguns, como o tucano Marconi Perillo, de Goiás, encomendaram radiografias que buscam comprometer seus adversários com gastos estranhos. No levantamento feito por Perillo, consta que o ex-governador Alcides Rodrigues (PP) comprou R$ 1,38 milhão em bebidas alcoólicas durante seu mandato. E que, durante os últimos quatro anos e nove meses de governo, ele teria contratado 684 voos para locais onde tem fazendas (leia matéria abaixo).
As auditorias revelam suspeitas de irregularidades e má gestão ou completo desconhecimento da realidade do Estado.
No Amapá, o governador Camilo Capiberibe (PSB) encontrou uma dívida de R$ 1,7 bilhão e o comprometimento de R$ 205 milhões com gastos somente em janeiro. Mas a arrecadação total prevista do Estado no mês é de R$ 167 milhões.
Significa que somente no primeiro mês de governo Capiberibe terá de administrar um acréscimo de R$ 38 milhões na dívida do Estado. A melhor saída que ele encontrou foi suspender temporariamente os pagamentos referentes ao exercício de 2010 e fazer auditorias na esperança de forçar a baixa no valor dos contratos.
Caos
Em Brasília, onde a crise política e administrativa imperou nos últimos 14 meses, levando à prisão do governador José Roberto Arruda (DEM) e cassação de seu mandato, o governador Agnelo Queiroz (PT) encontrou o caos, com R$ 600 milhões de créditos a serem pagos em janeiro.
Havia ainda falta de prestação de contas em convênios e inscrição de órgãos do governo na dívida ativa da União, no Cadastro Único de Convênio do Tesouro Nacional e com pendências na Receita e no INSS.
Agnelo contingenciou R$ 1,5 bilhão do orçamento e demitiu 10 mil dos 20 mil conveniados, o que poderá resultar numa economia anual de R$ 40 milhões. Isso, no entanto, não resolverá nada. Terá de apertar a máquina de fiscalização e dar incentivos à economia local, para que ela possa crescer, fazendo a arrecadação subir, disse a secretária de Imprensa do governo, Samantha Sallum.
No Pará, o governador tucano Simão Jatene encontrou à sua espera uma dívida de R$ 700 milhões e a máquina pública inchada com a nomeação de cargos de confiança em excesso. Havia ainda uma armadilha deixada pela antecessora Ana Júlia Carepa (PT). Ela enviara à Assembleia Legislativa projeto de lei concedendo aumento para o funcionalismo e gratificação para as polícias militar e civil. Jatene mandou retirar os projetos e determinou a auditoria nas contas do governo anterior.
No Tocantins, onde o ex-governador Carlos Gaguim (PMDB) nem chegou a passar a faixa para o sucessor, Siqueira Campos (PSDB) - ele a entregou para um cinegrafista e foi embora -, a situação encontrada também é muito grave, de acordo com o atual governo.
Além de R$ 220 milhões em dívidas, havia um excedente de 15,6 mil funcionários comissionados no governo. Todos foram demitidos. E, como já é comum nestes casos, Siqueira Campos abriu auditoria nas contas do ex-governador.

Chega a 841 número de mortos por chuvas na região serrana do Rio

RIO - O número de mortos por causa das chuvas na região serrana fluminense já chega a 841, segundo informações da Polícia Civil e da prefeitura de Teresópolis. O município com maior número de mortes é Nova Friburgo, que tem 404 mortos, segundo a Polícia Civil fluminense.
Ainda de acordo com a Polícia Civil, há 67 mortos em Petrópolis, 21 em Sumidouro, quatro em São José do Vale do Rio Preto e um em Bom Jardim.
Já em Teresópolis, segundo a assessoria de imprensa da prefeitura, 344 pessoas morreram por causa das chuvas.

Do lixão para a noite de gala de Hollywood

Eleito pelo artista plástico Vik Muniz 'embaixador de Gramacho', Tião Santos, de 32 anos, uma vida inteira chafurdada no lixo despejado naquele que é o maior aterro sanitário da América Latina, promete: se Lixo Extraordinário - o filme que coestrela com o artista e seus companheiros catadores - ganhar o Oscar de melhor documentário, 'vai ser o maior mico de todos os Oscars'. Maior até do que o do diretor italiano Roberto Benigni quando venceu A Vida é Bela.
'Sou emotivo. Vou dar um grito, acompanhado de choro. Tenho certeza que vamos ganhar', justifica Santos, presidente da Associação de Catadores de Material Reciclável de Jardim Gramacho, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.
Gregário, articulado e engajado até o último dreadlock, leitor de Nietzsche, Maquiavel e Dan Brown, o futuro sociólogo (ainda vai terminar o Ensino Médio, mas já pensa na universidade), parece um líder natural, aos olhos de quem o observa em ação.
Na última terça-feira, depois de dar oito entrevistas, motivadas pelo anúncio da indicação do filme dos diretores João Jardim, Karen Harley e Lucy Walker (esta, inglesa) ao maior prêmio do cinema, e de posar para o Estado sobre uma montanha de plástico já separado, o presidente da associação conduziu uma assembleia com cerca de cem catadores.
No galpão da entidade, num calor inimaginável, enxugava o suor da testa com a camiseta enquanto tentava conscientizar a plateia sobre a importância da união da categoria. Fundamental neste momento de desativação do aterro, que torna iminente a perda de trabalho para 2,5 mil pessoas, diretamente, e 7 mil, indiretamente (os comerciantes das redondezas), nas contas dos próprios. Consegue-se chegar a R$ 1,2 mil mensais, segundo contam.
'Lá fora, a coleta se deu pela questão ambiental; aqui, foi pela exclusão social', diz Santos, com a experiência de quem já observou de perto o sistema alemão, espanhol e sul-coreano - viajou graças à circulação do filme, premiado nos festivais de Berlim e Sundance.
'O governo acha que somos uma cambada de idiotas. Não pode fechar e acabou', diz Santos. 'Precisamos de uma proposta. São famílias inteiras, com taxa de natalidade de quatro, cinco filhos, e senhoras que trabalharam a vida toda e precisam de uma aposentadoria', explica o catador.
Origem. As filmagens foram há três anos. A ideia de Vik, artista conhecido pela utilização de materiais não convencionais em suas obras, era montar uma série de quadros a partir de objetos coletados no aterro, usando os catadores como assistentes e filmando todo o processo. 'O que mais me impressionou foi a determinação, o empreendedorismo deles. Não quero endeusar ninguém, mas eles conseguem isso mesmo em um ambiente inóspito daqueles', conta o diretor João Jardim.
Ninguém ali imaginava que chegaria tão longe. 'Antes a gente não tinha voz; agora, estamos falando para o mundo todo', orgulha-se José Carlos Lopes, o Zumbi, catador desde criança.
'Nós inventamos uma profissão. É insalubre, mas é melhor do que passar fome. Quando anunciam que vão fechar uma fábrica da Volkswagen, todo mundo se mexe. Se é aqui, ninguém fala nada', lamenta Glória Santos, irmã de Tião. Desde que ele ganhou fama, por conta da parceria com Vik - cujo resultado foi visto também na abertura da recém finalizada novela Passione -, ela faz as vezes de sua assessora de imprensa.
É Glória quem adverte, logo na chegada da reportagem, repetindo a frase-chave do irmão: 'Não somos catadores de lixo, e sim de material reciclável. Quem cata lixo é visto como lixo.' Os dois há anos já não estão no aterro - ficaram na parte administrativa da associação.
O sonho agora é que a Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb), da capital fluminense, de onde chegam milhares de toneladas de dejetos diariamente, leve a cabo os fundos prometidos para amparar os futuros desempregados.

Documentário mostra como restos se transformam em arte

Documentário mostra como restos se transformam em arte
"Catador Tião refaz a cena do quadro 'A Morte de Marat', de Jacques-Louis David"

Os bastidores do documentário Lixo Extraordinário, que estreia nesta sexta-feira, 21, certamente inspirariam outro filme. A ideia central era mostrar como o artista plástico Vik Muniz transforma lixo em arte. Assim, a partir de material recolhido no Jardim Gramacho, maior aterro sanitário da América Latina localizado na periferia de Duque de Caxias, Rio de Janeiro, Muniz compôs imagens estilizadas, como as que inspiraram a abertura da novela Passione.
'Foi um processo com muitas voltas e cada um praticamente trabalhou independente do outro', conta João Jardim, que assina a direção do documentário com a inglesa Lucy Walker e a brasileira Karen Harley. As diferentes visões contribuem para o documentário - inicialmente escultor, Vik Muniz logo se interessou pela fotografia. Não uma mera reprodução, mas um trabalho que incorpora materiais improváveis (diamantes, açúcar, cordas, calda de chocolate). O resultado conquistou prêmios e lhe trouxe fama mundial.
Foi o suficiente para despertar a atenção do inglês Angus Aynsley, rico produtor e colecionador de arte, que se dispôs a bancar um documentário sobre o processo de trabalho de Muniz. Interessado em utilizar o lixo, o artista decidiu acompanhar a rotina dos catadores de materiais recicláveis de Jardim Gramacho. 'Isso foi em 2007, quando a Lucy assumiu o projeto', relembra João Jardim.
Com a demora nas filmagens, Lucy Walker deixou o projeto, assumido por Jardim. 'Minha ideia era acompanhar a pesquisa do Vik em Gramacho', conta. O artista plástico decidiu sugerir a alguns catadores que posassem para as fotos, o que implicaria uma mudança em suas vidas. Surgiu, assim, um time de personagens cativantes, carregados de dignidade.
Como Tião, carismático presidente da Associação de Catadores do Aterro Metropolitano de Jardim Gramacho. Ele lidera também as sessões de fotos no lixão, reproduzindo a cena de A Morte de Marat, quadro pintado em 1793 por Jacques-Louis David. 'A chance de uma nova vida surge como libertadora para eles', conta Jardim, que filmou as cenas no lixão. Karen Harley rodou o que faltava e Lucy Walker, que retomou o projeto, deu o toque final. Premiado em Sundance, o filme espera agora uma indicação para o Oscar.
Catadores recuperam autoestima
Lixo Extraordinário aponta para diversos caminhos, mas não perde o fio da meada, que se concentra no trabalho de Vik Muniz. Em um primeiro momento, revela-se um documentário sobre seu processo criativo. Quando Muniz resolve filmar em uma área pobre, ele relembra seu passado e o filme parece encaminhar para a biografia. Finalmente, surgem os catadores escolhidos como personagens que, por conta de sua rica história, acabam ganhando uma relevância que ombreia com o próprio trabalho do artista.
'A coisa bonita sobre o lixo é que ele é negativo, é algo que você não usa mais, é o que você não quer ver', diz Muniz. 'Então, se você é um artista visual, o lixo se torna um material muito interessante para se trabalhar, porque ele é o mais não visual dos materiais. Você está trabalhando com algo que você normalmente tenta esconder.'
Além do reconhecimento internacional (uma das obras foi leiloada em Londres), Vik consegue um retorno mais importante: a mudança na vida dos catadores que aceitam fazer seus próprios retratos. Como Isis, a jovem que terminou no lixão depois da desilusão por perder um filho. A foto faz com que ela recupere a autoestima e desista de voltar a colher lixo.

'Eclipse' e 'Sex and the City 2' concorrem ao Framboesa de Ouro

'Eclipse' e 'Sex and the City 2' concorrem ao Framboesa de Ouro
"Robert Pattinson e Taylor Lautner 'disputam' prêmio"
A Saga Crepúsculo: Eclipse foi o recordista em indicações ao prêmio Framboesa de Ouro, que elege os piores filmes do ano. Os protagonistas Robert Pattinson, Kristen Stewart e Taylor Lautner estão entre os candidatos a pior atuação. A produção está citada em nove categorias, assim como O Último Mestre do Ar.
Sex and the City 2 recebeu sete indicações, incluindo pior elenco e pior diretor. Ainda concorrem ao prêmio de pior do ano Os Vampiros Que Se Mordam e Caçador de Recompensa .
Robert Pattinson foi indicado duas vezes: por Eclipse e Lembranças. O astro britânico disputa o prêmio com Taylor Lautner, também por dois lançamentos: Eclipse e Idas e Vindas do Amor. Completam a lista masculina Jack Black (As Viagens de Gulliver), Gerard Butler (Caçador de Recompensa) e Ashton Kutcher (Par Perfeito e Idas e Vindas do Amor).
Kristen Stewart disputa com Jennifer Aniston (Caçador de Recompensa e Coincidências do Amor), Miley Cyrus (A Última Música), Megan Fox (Jonah Hex - Caçador de Recompensas) e as quatro atrizes de Sex and the City 2 (Sarah Jessica Parker, Kim Cattrall, Kristin Davis e Cynthia Nixon).
O anti-Oscar não poupa nem atrizes consagradas. Na lista de coadjuvantes estão Liza Minnelli (Sex and the City 2), Cher (Burlesque) e Barbra Streisand (Entrando Numa Fria Maior Ainda com a Família).
Este ano, o prêmio ainda vem com uma nova categoria: 'Pior uso de 3D'. Figuram a lista Como Cães e Gatos 2, Fúria de Titãs, O Último Mestre do Ar, O Quebra-Nozes 3D e Jogos Mortais: O Final.
No ano passado, Sandra Bullock foi a ganhadora da categoria pior atriz por Maluca Paixão e roubou a cena durante a premiação. Um dia depois levou a estatueta de melhor atriz por Um Sonho Possível.
A 31ª edição do Framboesa de Ouro acontece em 26 de fevereiro, na véspera do Oscar.
Veja a lista completa:
Pior filme
Caçador de Recompensa
A Saga Crepúsculo: Eclipse
O Último Mestre do Ar
Sex and the City 2
Os Vampiros Que Se Mordam
Pior ator
Robert Pattinson (A Saga Crepúsculo: Eclipse e Lembranças)
Taylor Lautner (A Saga Crepúsculo: Eclipse e Idas e Vindas do Amor)
Jack Black (As Viagens de Gulliver)
Gerard Butler (Caçador de Recompensa)
Ashton Kutcher (Par Perfeito e Idas e Vindas do Amor)
Pior atriz
Kristen Stewart (A Saga Crepúsculo: Eclipse)
Jennifer Aniston (Caçador de Recompensa e Coincidências do Amor)
Miley Cyrus (A Última Música)
Megan Fox (Jonah Hex - Caçador de Recompensas)
Sarah Jessica Parker, Kim Cattrall, Kristin Davis e Cynthia Nixon (Sex and the City 2)
Pior ator coadjuvante
Billy Ray Cyrus (Missão Quase Impossível)
George Lopez (Marmaduke, Missão Quase Impossível e Idas e Vindas do Amor)
Dev Patel (O Último Mestre do Ar)
Jackson Rathbone (O Último Mestre do Ar e A Saga Crepúsculo: Eclipse)
Rob Schneider (Gente Grande)
Pior atriz coadjuvante
Jessica Alba (The Killer Inside Me, Entrando Numa Fria Maior Ainda com a Família, Machete e Idas e Vindas do Amor)
Cher (Burlesque)
Liza Minnelli (Sex and the City 2)
Nicola Peltz (O Último Mestre do Ar)
Barbra Streisand (Entrando Numa Fria Maior Ainda com a Família)
Pior uso de 3D
Como Cães e Gatos 2
Fúria de Titãs
O Último Mestre do Ar
O Quebra-Nozes 3D
Jogos Mortais: O Final
Pior casal em cena/ pior elenco
Jennifer Aniston e Gerard Butler, em Caçador de Recompensa
Josh Brolin e Megan Fox, em Jonah Hex - Caçador de Recompensas
Elenco inteiro de A Saga Crepúsculo: Eclipse
Elenco inteiro de Sex and the City 2
Elenco inteiro de O Último Mestre do Ar
Pior diretor
Sylvester Stallone (Os Mercenários)
Jason Friedberg e Aaron Seltzer (Os Vampiros Que Se Mordam)
Michael Patrick King (Sex and the City 2)
M. Night Shyamalan (O Último Mestre do Ar)
David Slade (A Saga Crepúsculo: Eclipse)
Pior roteiro
O Último Mestre do Ar
Entrando Numa Fria Maior Ainda com a Família
Sex and the City 2
A Saga Crepúsculo: Eclipse
Os Vampiros Que Se Mordam
Pior sequência ou remake
Fúria de Titãs
O Último Mestre do Ar
Sex and the City 2
A Saga Crepúsculo: Eclipse

Lady Gaga lançará perfume com essência de sangue e sêmen

Após escolher atores transexuais para participar do novo clipe, gravado em Nova York no último fim de semana, Lady Gaga voltou a surpreender. Segundo o site Fashionista.com, a cantora pretende lançar um perfume que lembre o cheiro de sangue e sêmen.
Ainda sem nome definido, a fragrância nada usual só estará disponível no mercado em meados de 2012. O perfume deverá ser produzido pela Coty.
Antes do perfume Lady Gaga lançará o novo disco, Born This Way. O álbum chega às lojas em maio. Em 13 de fevereiro, a cantora apresentará pela primeira vez o single que dá nome ao disco, em performance na cerimônia de entrega do Grammy Awards, em Los Angeles (EUA).

Dilma anuncia 8 mil casas para desabrigados da Região Serrana

Dilma anuncia 8 mil casas para desabrigados da Região Serrana

Protetor solar antibrilho, já usou?‏

Protetor solar antibrilho, já usou?
O que uma mulher com pele oleosa mais precisa durante o verão brasileiro ? Um bom protetor solar que não piore a situação da oleosidade.
Pois é a promessa deste protetor solar da Adcos que eu ganhei. Além de não piorar a situação ele ainda controla o oleosidade e tem ação antiglicante.

O Filtro Solar fluid 40 da Adcos é indicado para peles oleosas e acneicas.
Sobre o produto…
    “Loção fluida, ideal para peles oleosas ou acneicas: tem formulação oil free, sílicas antibrilho absorvedoras da oleosidade. É hipoalergênico, não comedogênico, resistente à água, sem perfume, textura ultra-seca e protege o DNA celular através da Tecnologia Pró-Defense.
    A Tecnologia Pró-Defense, exclusiva da ADCOS, confere proteção ao DNA celular, ao colágeno por sua ação antiglicante e às membranas celulares contra a ação dos radicais livres, prevenindo o stress oxidativo e o envelhecimento precoce. As novas apresentações possuem essa tecnologia e a Dra Ada Mota destaca: “São os primeiros fotoprotetores antiglicantes do Brasil”. Ela esclarece que a glicação é a modificação da estrutura das proteínas causada pela reação com a glicose. “As moléculas de açúcares transportados pelo sangue aderem às fibras dérmicas de colágeno e elastina, resultando no enrijecimento das fibras. A pele perde gradualmente a elasticidade e a tonicidade, resultando nas rugas. A carcinina, o principal ativo da Tecnologia Pró-Defense, é capaz de proteger o colágeno, mantendo a firmeza e densidade da pele”, explica a diretora.
    Os fotoprotetores da ADCOS foram desenvolvidos de acordo com os mais rígidos padrões de exigência dermatológica, e oferece os principais atributos necessários para a prescrição dos fotoprotetores: são resistentes à água, hipoalergênicos, não comedogênicos, sem fragrância, dermatologicamente testados e têm fotoestabilidade comprovada.”

Além deste, a marca possui a versão FILTRO SOLAR FPS 40 FLUID TONALIZANTE
    “Loção fluida pode ser usado em todos os tipos de pele: apresenta textura muito leve e oil free, contendo sílicas antibrilho que promovem efeito mate e ação soft focus pelo efeito óptico difusor da luz. É hipoalergênico, não comedogênico, resistente à água, sem perfume, protege o DNA celular através da Tecnologia Pró-Defense e protege a pele contra a luz visível. Disponível nas tonalidades: Ivory, Peach, Beige e Bronze.

O que achei…
    Como o nomes já diz ele é um fluido,  tem a textura quase líquida. Muito fácil de espalhar, só tem que tomar cuidado para não escorrer da mão quando está aplicando.
A cor branca do produto some imediatamente logo que espalhado. Deixa a pele super sequinha e nem parece que passei protetor. Ele realmente ajuda a controlar a oleosidade. Não sei se com muuuito calor ele segura bem mas estou usando ele nestes dias de calor e ele aguenta o tranco sem deixar a pele oleosa.
E adorei o fato dele ter ação antiglicante que é perfeito para proteger a pele do sol e contra o envelhecimento da pele. Eu realmente amei o produto, estou usando direto e  fiquei doida para testar a versão tonalizante.
Materia Completa: Clique aqui


Índios de Boraceia, S. Sebastião, tentam barrar a fome‏


Cadê a FUNAI

Bebida com cachaça vira "grife" e leva o nome de Ilhabela

Foi lançado no último fim de semana um coquetel que leva o nome da cidade. Com isso, os idealizadores pretendem contribuir para divulgar o turismo.

Bebida é feita à base de cachaça
 











Ilhabela – Quem pensa em Ilhabela logo lembra de suas deslumbrantes paisagens, praias com águas cristalinas e esportes ligados ao mar, como a vela oceânica, que por sinal, dá o título à charmosa cidade de “Capital da Vela”. Agora o arquipélago tem mais um chamariz que deixará os visitantes, literalmente, com água na boca. Foi lançado no último fim de semana um coquetel que leva o nome da cidade. Com isso, os idealizadores pretendem contribuir para divulgar o turismo da badalada Ilhabela.
O “Coquetel Ilhabela” foi idealizado por meio de uma parceria do Núcleo Gastronômico da Associação Comercial e da prefeitura, por meio da Secretaria de Turismo e Fomento.
A iniciativa tem apoio da Associação de Bartenders do Litoral, que fez a apresentação do drink no último sábado, 11, e da Sagatiba, marca conhecida de cachaça e que é comercializada em vários países europeus.
O Coquetel Ilhabela
 
























 Nomes de peso também contribuíram para a idealização do produto, como a Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes), Sebrae (Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e o Ministério do Turismo.
De acordo com a Prefeitura de Ilhabela, o objetivo do ministério é aumentar a competitividade dos destinos turísticos por meio da gastronomia local. A ideia foi elaborar uma bebida com o nome do arquipélago que estará presente nos cardápios dos principais bares e restaurantes da cidade.
O coquetel é feito à base de hortelã, curaçao blue, cachaça sagatiba, soda limonada e groselha. Será servido com uma miniatura de remo caiçara - desenvolvido por artesão local - que ficará de brinde para o cliente colecionar. Posteriormente, a receita e o modo de preparo serão mostrados em vídeo na internet, para que o “Coquetel Ilhabela” possa ser feito qualquer lugar do mundo, sendo assim mais um fator de divulgação da cidade.

Prefeito de Ilhabela é eleito presidente de associação das estâncias paulistas

O prefeito de Ilhabela, Antonio Colucci
 






















São Paulo – O prefeito de Ilhabela, Luiz Antonio Colucci (PPS), foi eleito na tarde de hoje, 26, em São Paulo, o novo presidente da Aprecesp (Associação das Prefeituras de Cidades Estância do Estado de São Paulo). A eleição, realizada na Assembleia Legislativa, se deu por aclamação, já que concorreu com chapa única. A entidade representa todos os 67 municípios classificados como estâncias.
O atual presidente, Herculano Passos Junior, prefeito de Itú, foi eleito o vice-presidente. Nos dias que antecederam a votação, Colucci pregou o discurso de continuidade ao trabalho que já vinha sendo feito na entidade. “Vamos buscar recursos para as cidades estância e fortalecer a luta pelo desenvolvimento do turismo”, disse o prefeito ilhabelense. Ele destacou que seu município “tem no turismo sua principal indústria”.
Indutora do turismo
Ilhabela foi categorizada pelo Ministério do Turismo como um dos 65 municípios indutores do turismo no país, sendo a única do Estado de São Paulo a receber este título, com exceção da cidade de São Paulo, pois todas as capitais receberam o título automaticamente. A cidade, em tese, é a que possui know how para passar aos outros municípios turísticos.
Quando a cidade recebeu a categorização, uma de suas funções é justamente auxiliar como indutora do turismo no Brasil. Agora, tendo seu prefeito como presidente de uma entidade ligada especificamente ao turismo, terá as ferramentas necessárias para difundir o setor no Estado de São Paulo. “Queremos levar à Aprecesp a experiência do nosso arquipélago, cidade indutora de turismo também para a Copa de 2014”, destacou Colucci.
A diretoria conta ainda com a prefeita de São Luiz do Paraitinga, Ana Lúcia Bilard Sicherle (1ª secretária); prefeito de Santa Rita do Passa Quatro, Agenor Mauro Zorzi (2º secretário); prefeito de Avaré, Rogério Barchetti Urrêa (1º tesoureiro) e o prefeito de Mongaguá, Paulo Wiazowski Filho (2º tesoureiro).
O conselho fiscal proposto na chapa única é composto pelos seguintes prefeitos: Antonio Márcio (Aparecida), José Mauro Dademo Orlandini (Bertioga), Francisco Rodrigues (Piraju), Franscisco Pereira (Poá), Antonio Carlos Favaleça (Santa Fé do Sul) e Eduardo Speranza (São Pedro).

Organizadores cancelam show de Daniel e Guilherme & Santiago no Mega Verão Caraguá

Os organizadores do Mega Verão Caraguá anunciaram na noite de hoje, 26, o cancelamento dos shows do cantor Daniel e da dupla Guilherme & Santiago. Em nota oficial, a organização afirmou que a produção teria decidido cancelar as apresentações, previstas para este fim de semana, “para se unir na luta solidária em busca de ajuda para as vítimas” da tragédia que assolou a região serrana do Estado do Rio de Janeiro.
As apresentações serão transformadas em uma “Mega Ação Pró Rio”. Segundo a nota, “o público terá a oportunidade de participar de uma grande ação solidária e estender a mão para milhares de pessoas que estão passando por inúmeras necessidades. Diversas atrações artísticas estarão à disposição do público nos dias da operação Pró Rio”.
Moradores e turistas que estiverem em Caraguatatuba poderão auxiliar as vítimas, já que a entrada será apenas a doação de material de higiene pessoal, produtos de limpeza, alimentos não perecíveis ou leite.
Segundo os organizadores, as pessoas que já adquiriram ingressos para os shows poderão utilizá-los na entrada de uma das apresentações de fim de semana (sábado ou domingo). Outra opção é a retirada do valor pago, diretamente na bilheteria do evento, localizado na Avenida da Praia, em Caraguatatuba. Aqueles que preferirem também poderão destinar o valor que pagaram pelo ingresso para as vítimas no Rio.

A produção do Mega Verão Caraguá diz contar com a “compreensão dos espectadores sobre essas alterações e aguarda o apoio de todos nesse ato de solidariedade”. Os donativos arrecadados pela Mega Ação Pró Rio serão entregues pela produção do evento às regiões que necessitam do auxilio. Informações sobre a devolução estão disponíveis no site www.megaveraocaragua.com.br.

Devolução dos ingressos

De acordo com a organização, em relação ao cancelamento das apresentações de Guilherme & Santiago e Daniel no Mega Verão Caraguá, a produção do evento informou que os ingressos comprados para os dias 27 e 28 também serão válidos para os shows dos dias 29 e 30 de janeiro, quando se apresentarão Michel Teló e Maria Cecília & Rodolfo, respectivamente.
 
Ainda segundo a organização, o valor pago será restituído, conforme valor impresso no ingresso comprado. O bilhete deverá ser apresentado na bilheteria Mega Verão Caraguá no ato da troca. A devolução do dinheiro será realizada nos dias 27, 28, 29 e 30 de janeiro, no período das 12 às 22h.

Ainda segundo a organização do evento, as pessoas que não retirar ou trocar seus ingressos no prazo estarão automaticamente contribuindo para a “Mega Ação Pró Rio”, uma vez que o dinheiro não retirado pelo espectador será enviado diretamente para a conta bancária de ajuda às vítimas da região serrana do Rio de Janeiro.

CARAGUÁ PAINTBALL... A aventura continua!!!‏

Estou lhe enviando mais informações sobre o Caraguá Paintball, e os valores sofrerão um reajuste em 15 de dezembro de 2010, devido ao aumento dos itens relacionados ao Paintball:

- Kit por pessoa: R$ 25,00 (manhã e tarde, até as 18hs) / 1 hora de jogo
- Kit por pessoa: R$ 30,00 (noite, a partir das 18hs) / 1 hora de jogo
- Recargas Adicionais: R$ 9,00 (50 bolinhas) e R$ 15,00 (100 bol.)
- Aluguel do Macacão (opcional): R$ 10,00 (P/M/G/GG)

OBS.: Pedimos para os jogadores chegarem ao estabelecimento do Paintball, uns 20 a 30 minutos antes do horário do jogo, para preenchimento dos formulários, a divisão dos times e outras explicações necessárias.
TRABALHAMOS COM AGENDA, PORTANTO, PARA GARANTIR O MELHOR DIA E HORÁRIO É NECESSÁRIO O AGENDAMENTO E A CONFIRMAÇÃO PRECISA DO DIA E HORÁRIO DA PARTIDA.
UM FORTE ABRAÇO!

ANDRÉIA (Depto. Comercial)
TEL COMERCIAL: 3884-6105
CEL: 9748-4527
End: Av. Maestro Heitor de Carvalho, 446 - Massaguaçu
Ponto de Ref.: Rua da Praça do Condomínio Garden Mar, após o Trevo do Segundo BR.

PROGRAMAÇÃO MEGA VERAO PRÓ RIO.‏

Prezados colegas da imprensa, segue abaixo a grade de programação da Mega Ação Pró Rio, que acontece hoje e amanhã, dia 28, no espaço do Mega Verão Caraguá.

Mega Verão Caraguá promove ação Pró Rio hoje e amanhã

Por motivo de força maior, os shows de Guilherme & Santiago e Daniel, que estavam na grade de programação foram cancelados, e darão espaço a uma Mega Ação Pró Rio. As apresentações seriam realizadas, respectivamente, nos dias 27 e 28 de janeiro.
Em virtude dos recentes acontecimentos na Região Serrana do Rio de Janeiro, a produção do Mega Verão Caraguá decidiu se unir na luta solidária em busca de ajuda para as vítimas dessa tragédia.
Nestas datas, o público terá a oportunidade de participar de uma grande ação solidária e estender a mão para milhares de pessoas que estão passando por inúmeras necessidades. Diversas atrações artísticas e culturais estarão à disposição do público nos dias da operação Pró Rio.
Moradores e turistas que estiverem em Caraguatatuba poderão se divertir com a programação e, ao mesmo tempo, ajudar na iniciativa, uma vez que a entrada será apenas a doação de um dos seguintes itens: material de higiene pessoal, produtos de limpeza, alimentos não perecíveis ou leite.
Informamos que as pessoas que já adquiriram ingressos para um dos shows que não serão realizados poderão utilizá-los na entrada de uma das apresentações do final de semana (sábado ou domingo). Outra opção é a retirada do valor pago, diretamente na bilheteria do evento, localizado na Avenida da Praia, em Caraguatatuba. Aqueles que quiserem, também poderão destinar o valor que pagaram pelo ingresso para as vítimas da catástrofe ocorrida no estado do Rio de Janeiro.
A produção do Mega Verão Caraguá conta com a compreensão dos espectadores sobre essas alterações e aguarda o apoio de todos nesse ato de solidariedade. Os donativos arrecadados pela Mega Ação Pró Rio serão entregues pela produção do evento às regiões que necessitam do auxilio nesse momento. Mais informações sobre a devolução estão disponíveis no site www.megaveraocaragua.com.br.
Devolução dos ingressos de Guilherme & Santiago e Daniel

Em relação ao cancelamento das apresentações de Guilherme & Santiago e Daniel no Mega Verão Caraguá, a produção do evento informa aos espectadores que já haviam adquirido ingressos para os referidos shows:
- Os ingressos comprados para os dias 27 e 28 também serão válidos para os shows dos dias 29 e 30 de janeiro de Michel Teló e Maria Cecília e Rodolfo;
- O valor pago pelas pessoas será restituído, conforme valor impresso no ingresso comprado. O bilhete deverá ser apresentado na bilheteria Mega Verão Caraguá no ato da troca;
- A devolução do dinheiro será realizada nos dias 27, 28, 29 e 30 de janeiro, no período das 12 às 22h.
- As pessoas que não vierem retirar ou trocar seus ingressos no prazo acima descrito, estarão automaticamente contribuindo para a Mega Ação Pró Rio, uma vez que o dinheiro não retirado pelo espectador será enviado diretamente para a conta bancária de ajuda às vítimas da Região Serrana do Rio de Janeiro.
PROGRAMAÇÃO MEGA VERÃO PRO RIO

Hoje 27/01 -
QUINTA
 
FIVE (POP ROCK)
 
DEIXA COMIGO (PAGODE)
 
ANDRÉ MARQUES E VINICIOS (SERTANEJO)
 
ACONCHEGO CARAGUÁ (SAMBA)

E MUITO MAIS 
SEXTA 28/01 - SEXTA
 
MARACATÚ
 
BANDA PIER (BANDA SHOW)
 
LEANDRO ZAMBIANCHI (POP ROCK)
 
METRÓPOLE (ROCK)
 
DINHO E LUCAS (SERTANEJO)
 
MARA AMARAL

E OUTRAS ATRAÇÕES

Nota oficial Mega Verão Caraguá


Leia com atenção e repassem aos nossos amigos

Em virtude dos recentes acontecimentos na Região Serrana do Rio de Janeiro, a produção do Mega Verão Caraguá decidiu se unir na luta solidária em busca de ajuda para as vítimas dessa tragédia.

Por conta disso, os shows de Guilherme & Santiago e Daniel, que estavam na grade de programação, foram cancelados para dar espaço a uma Mega Ação Pró Rio. As apresentações seriam realizadas, respectivamente, nos dias 27 e 28 de janeiro.

Nestas datas, o público terá a oportunidade de participar de uma grande ação solidária e estender a mão para milhares de pessoas que estão passando por inúmeras necessidades. Diversas atrações artísticas estarão à disposição do público nos dias da operação Pró Rio.

Moradores e turistas que estiverem em Caraguatatuba poderão se divertir com a programação e, ao mesmo tempo, ajudar na iniciativa, uma vez que a entrada será apenas a doação de um dos seguintes itens: material de higiene pessoal, produtos de limpeza, alimentos não perecíveis ou leite.

Informamos que as pessoas que já adquiriram ingressos para um dos shows que não serão realizados poderão utilizá-los na entrada de uma das apresentações do final de semana (sábado ou domingo). Outra opção é a retirada do valor pago, diretamente na bilheteria do evento, localizado na Avenida da Praia, em Caraguatatuba. Aqueles que quiserem, também poderão destinar o valor que pagaram pelo ingresso para as vítimas da catástrofe ocorrida no estado do Rio de Janeiro.

A produção do Mega Verão Caraguá conta com a compreensão dos espectadores sobre essas alterações e aguarda o apoio de todos nesse ato de solidariedade. Os donativos arrecadados pela Mega Ação Pró Rio serão entregues pela produção do evento às regiões que necessitam do auxilio nesse momento. Mais informações sobre a devolução estão disponíveis no site www.megaveraocaragua.com.br

Devolução dos ingressos de Guilherme & Santiago e Daniel
Em relação ao cancelamento das apresentações de Guilherme & Santiago e Daniel no Mega Verão Caraguá, a produção do evento informa aos espectadores que já haviam adquirido ingressos para os referidos shows:

- Os ingressos comprados para os dias 27 e 28 também serão válidos para os shows dos dias 29 e 30 de janeiro;

- O valor pago pelas pessoas será restituído, conforme valor impresso no ingresso comprado. O bilhete deverá ser apresentado na bilheteria Mega Verão Caraguá no ato da troca;

- A devolução do dinheiro será realizada nos dias 27, 28, 29 e 30 de janeiro, no período das 12 às 22h.

- As pessoas que não vierem retirar ou trocar seus ingressos no prazo acima descrito, estarão automaticamente contribuindo para a Mega Ação Pró Rio, uma vez que o dinheiro não retirado pelo espectador será enviado diretamente para a conta bancária de ajuda às vítimas da Região Serrana do Rio de Janeiro.

Vc perdeu o melhor da brincadeira ...

hoje alem de muitas musicas e brincadeiras com certeza a alegria no Mega Verão Caraguá não faltou....

Kaçamba

Faz muitas brincadeiras com o publico presente no Mega Verão Caraguá

Kaçamba

Ensina dança com musica nova...

Kaçamba

Chega com força total e já cantando a dança da bicicletinha....

Tchakabum

Mulheres e meninas de Caragua rebolam ao som da banda Tchakabum

Tchakabum

Homens de Caragua rebolam ao som da banda Tchakabum

Kaçamba

Esse banda faz a diversão de tds............

Tchakabum abre a noite

Tchakabum faz muitas bricadeiras com meninas e meninos e tds se divertem ao som baiano... e muita dança.........

Mega Verão Caraguá

Hoje Lucia Abadia mostrou que pode fazer a diferença....

Delegacia Virtual do Estado de São Paulo

Delegacia Virtual do Estado do Rio de Janeiro