Linguiça - Moreira Artesanal

Linguiça - Moreira Artesanal

Cabeça's Barbearia

Cabeça's Barbearia
Av. Pres. Castelo Branco, Sumaré /anexo ao posto Shell, Caraguatatuba, (12) 99616-7705

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

E agora José?

02 (dois) candidatos e nenhuma proposta... 
Aconteceu o imaginável, a polarização de dois partidos sem propostas...


PROGRAMA VIVI É A FESTA (Retrospectiva) NET CIDADE - Prog 01

Estatuto de Desarmamento completa nove anos e só tirou as armas da população




O Estatuto do Desarmamento completa nove anos nesta quinta sem muitos efeitos práticos, uma vez que o número de homicídios é cada vez maior no Brasil. O cidadão de bem ficou desarmado, mas os bandidos estão com armas cada vez mais modernas.

Segundo a Polícia Federal, Minas Gerais tem hoje a menor taxa de pessoas com porte de arma no país. Enquanto a média nacional é de quase dois portes de arma a cada 100 mil pessoas, a taxa mineira é de 0,26. Já o Distrito Federal tem a maior taxa do Brasil, sete vezes maior que a média nacional.

Com o Estatuto do Desarmamento, apenas alguns tipos específicos de profissionais podem andar armados fora de casa ou do trabalho. Portar armas sem autorização é crime inafiançável, prevê pena de dois a quatro anos de reclusão e multa. O porte é necessário uma vez que somente o registro não é aceito.

Enquanto isto, o especialista em segurança pública e presidente do Movimento Viva Brasil, Bene Barbosa, vê o Brasil retroceder nos últimos nove anos sobre o comércio de armas e munição. Segundo o especialista, o referendo de 2005 não é respeitado no Brasil. Na época, 63,94% dos brasileiros rejeitaram a proibição da venda de armas.

Para o especialista, existe uma forte pressão sobre Polícia Federal para que ela negue as autorizações de compra. “O cidadão passa por todo trâmite legal, mas quando vai efetivar a compra não consegue essa autorização do governo para adquirir a arma de fogo. Ou seja, é um desrespeito total ao voto popular”, disse.

Bene diz que uma mudança necessária é acabar com o poder que o governo tem de negar a autorização sem nenhuma justificativa. 

Povo fala

A Itatiaia foi às ruas ouvir a opinião da população sobre o tema. A maioria dos entrevistados quer o cumprimento do que foi decidido no referendo. “O outro lado, dos marginais, não foi desarmado. Então o cidadão ficou sem defesa. Não é que o cidadão de bem tenha que ter arma, mas a polícia deveria ter um controle maior sobre o armamento junto aos marginais”, disse o engenheiro Ricardo. 

“Quem sai no prejuízo sempre é a sociedade. A gente não pode andar armado, mas os bandidos continuam andando armados”, opinou o vigia João Batista de Souza.

Ouça a reportagem completa com Jacqueline Moura

OUÇA O(S) AUDIO(S) DESTA NOTÍCIA:

Estatuto de Desarmamento completa nove anos e só tirou as armas da população

Titulo de Cidadão


Acontece nesta sexta-feira, 17 de outubro, a partir das 19h30, na Câmara Municipal, a sessão solene de entrega do título de cidadão caraguatatubense ao Sr. José Ferreira de Jesus, pelos relevantes serviços prestados ao município de Caraguatatuba.



A homenagem concedida pelo Poder Legislativo se dá por meio do Decreto Legislativo de número 259, de 19 de setembro de 2014, de autoria da vereadora Vilma Teixeira de Oliveira Santos.

Mineiro, nascido na cidade de Novo Oriente em 15 de outubro de 1946, José Ferreira de Jesus foi morador da roça até seus 27 anos de idade. Casou-se com a Sra. Clemência Barbosa de Jesus, com quem teve sete filhos: Gilcéia, José Cláudio, Gilsonia, Gilsandra, Jailson, Jussara e Mariana.

O homenageado veio para Caraguá em 1973, onde morou na Divisa. Logo, com sua habilidade no trabalho pesado, no uso do machado, foice e da enxada, chamou a atenção e conseguiu serviço na região Norte do município, na Tabatinga, fazendo a limpeza dos terrenos de loteamentos, onde permaneceu longos 15 anos. De lá, conseguiu serviço de pedreiro e na manutenção do imóvel na Casa de Saúde Stella Maris e também trabalhou em empresas ligadas à Petrobras.

Atualmente pertence à Comunidade Católica da Igreja Nossa Senhora da Glória, no Travessão, é membro do RCC – Renovação Carismática Católica e em comunidade está sempre participando dos eventos da Igreja para angariar fundos para atender a população mais carente.

Um dos trabalhos de José Ferreira de Jesus junto a comunidade é pertencer ao Grupo de Jovens, trabalho dignificante onde se consegue recuperar jovens drogados, minimizando seus problemas e dando alento para que consigam se recuperar e voltar a vida normal, junto a suas famílias e a sociedade.

Segundo Vilma, uma pessoa querida por todos. “O José tem o carinho e atenção dos genros, Edinho, Eric e Gabriel. Todos o têm como o melhor sogro do mundo. À noite, a família toda se reúne para saborear o delicioso jantar da mamãe Nenza, como é carinhosamente chamada”, disse.

“Escolhemos uma pessoa que se dedica aos filhos, à cidade e a seus moradores menos favorecidos, fazendo um trabalho sério que já alcança vários setores de nossa cidade, recuperando pessoas e almas e trazendo todos à realidade de nosso cotidiano. É um prazer muito grande poder oferecer essa justa honraria a esse homem”, finalizou Vilma.

Quanto $$$$$$$$$$$$$$$$$$ ?

As eleições para a presidência da Câmara Municipal estão chegando e já estão rolando os acordos nos bastidores. 
Quanto será que vai rolar desta vez? 
O MP e o juiz eleitoral bem que poderiam acompanhar de perto os bastidores desta eleição para o próximo biênio. 

Piada

Todas as crianças haviam saído na fotografia e a professora estava tentando persuadi-los a comprar uma cópia da foto do grupo. - 'Imaginem que bonito será quando vocês forem grandes e todos digam ali está Catarina, é advogada, ou também Este é o Miguel. Agora é médico'. Ouviu-se uma vozinha vinda do fundo da sala: -'E ali está a professora. Já morreu.'

Piada

Uma menina estava conversando com a sua professora. A professora disse que era fisicamente impossível que uma baleia engula um ser humano porque apesar de ser um mamífero muito grande, a sua garganta é muito pequena. A menina afirmou que Jonas foi engolido por uma baleia. Irritada, a professora repetiu que uma baleia não poderia engolir nenhum ser humano; era fisicamente impossível. A menina, então disse: - 'Quando eu morrer e for ao céu, vou perguntar a Jonas'. A prefossora lhe perguntou: - 'E o que vai acontecer se Jonas tiver ido ao inferno?' A menina repondeu: - 'Então é a senhora que vai lhe perguntar.'

Piada

Durante o jantar, a patricinha anuncia para toda a família: - Mamãe... papai... estou grávida! - Como?! - pergunta o pai, embasbacado. - Estou grávida! - E quem é o pai? - pergunta a mãe, atônita. - Eu sei lá! Vocês nunca me deixaram namorar firme!

Piada do corno

Desconfiado da fidelidade da sua mulher, o marido resolveu contratar um detetive particular. Deu a dica de um motel onde ela poderia estar e mandou o detetive ficar de olho para dar o flagrante: - Não deixe a cretina escapar, que eu estou de olho lá na esquina! O homem ficou na expectativa por mais de uma hora. De repente, vê o detetive dando a maior surra numa mulher. - Espera aí! Essa não é a minha mulher! - Mas é a minha - berrou o detetive.

David Guetta Miami Ultra Music Festival 2014

Piada de politico

Um senador está andando tranqüilamente quando é atropelado por um caminhão e morre. A alma dele chega ao Paraíso e dá de cara com São Pedro na entrada. - Bem-vindo ao Paraíso! - diz São Pedro - Antes que você entre, há um probleminha. Raramente vemos parlamentares por aqui, sabe, então não sabemos bem o que fazer com você. - Não vejo problema, é só me deixar entrar - diz o antigo senador. - Eu bem que gostaria, mas tenho ordens superiores. Vamos fazer o seguinte: você passa um dia no Inferno e um dia no Paraíso. Aí, pode escolher onde quer passar a eternidade. - Não precisa, já resolvi. Quero ficar no Paraíso - diz o senador. - Desculpe, mas temos as nossas regras. Assim, São Pedro o acompanha até o elevador e ele desce, desce, desce até o Inferno. A porta se abre e ele se vê no meio de u m lindo campo de golfe. No fundo ele vê o clube na frente do qual estão todos os amigos dele e outros políticos que haviam trabalhado com ele. Todos muito felizes em traje social. Ele é cumprimentado, abraçado e eles começam a falar sobre os bons tempos em ficaram ricos às custas do povo. Jogam uma partida descontraída depois comem lagosta e caviar. Quem também está presente é o Diabo, um cara muito amigável que passa o tempo todo dançando e contando piadas. Eles se divertem tanto que, antes que ele perceba, já é hora de ir embora. Todos se despedem dele com abraços e acenam enquanto o elevador sobe. Ele sobe,sobe, sobe e porta abre outra vez. São Pedro está esperando por ele. - Agora é a vez de visitar o Paraíso. Ele passa 24 horas junto a um grupo de almas contentes que andam de nuvem em nuvem, tocando harpas e cantando. Tudo vai muito bem e, antes que ele perceba, o dia se acaba e São Pedro retorna. - E aí? Você passou um dia no Inferno e um dia no Paraíso. Agora escolha a sua casa eterna. Ele pensa um minuto e responde: - Olha, eu nunca pensei, mas... O Paraíso é muito bom, mas eu acho que vou ficar melhor no Inferno. Então São Pedro o leva de volta ao elevador e ele desce, desce, desce até o Inferno. A porta abre e ele se vê no meio de um enorme terreno baldio cheio de lixo. Ele vê todos os amigos com as roupas rasgadas e sujas catando o entulho e colocando em sacos pretos. O Diabo vai até ele e passa o braço pelo ombro do senador. - Não estou entendo - gagueja o senador - ontem mesmo eu estive aqui e havia um campo de golfe, um clube, lagosta, caviar, e nós dançamos e nos divertimos o tempo todo. Agora só vejo esse fim de mundo cheio de lixo e meus amigos arrasados. O Diabo olha pra ele, sorri e diz: - Ontem estávamos em campanha. Agora já conseguimos seu voto!'

Delegacia Virtual do Estado de São Paulo

Delegacia Virtual do Estado do Rio de Janeiro