A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

domingo, 19 de abril de 2015

Convite

A escritora Sylvia Jane Crivella, foi convidada pela Pra Pastora Lurdinha Ferreira Neves 
para proferir  uma
 palestra sobre Família, no dia 25 de abril, no 
Q
uinto
 
E
ncontro de 
M
ulheres 
R
enovadas, na Igreja Assembléia de Deus Internacional Renovada
,
 em Copacabana, na 
A
v.Nossa Senhora Copacabana
,
 1213
,
 sala 201. Em seguida,
 
S
ylvia Jane Crivella autografará
 seu livro "O Desafio de Criar Filhos". 
 
Horário: 16h


Atenciosamente

Eliana Ovalle

Isso sim é “CHOQUE DE GESTÃO DO PSDB”.

Aqui nesta casa tem coisas que até Deus duvida. Aqui encontramos a verdadeira prova do desperdício do dinheiro público jogado fora. “O NOSSO DINHEIRO”.
Este núcleo de saúde mental encontra-se abandonado e localizado na Rua Vereador Anísio dos Santos 196, Indaiá/Caraguatatuba. Isso sim é “CHOQUE DE GESTÃO DO PSDB”.

O vice-prefeito ACS Junior em seu discurso na noite de ontem na entrega do titulo do Senhor Qualhada disse que os munícipes vão ter muitas novidades e ele esta certíssimo, aqui esta o inicio das surpresas e realmente vamos ter muitas surpresas mesmo.











Tomei conhecimento, ficando estarrecido com o fato que esta acontecendo na secretaria municipal de saúde de Caraguatatuba. Pude comprovar a veracidade “IN LOCO” e com provas fotográficas.
Este equipamento é importante para diagnósticos médicos, utilizados para cirurgias ortopédicas adquirido na administração passada, por solicitação do então secretario municipal de saúde na época, encontra-se abandonado no núcleo de saúde mental, Rua Vereador Anísio dos Santos 196, Indaiá, servindo com uma simples mesa de deposito.
Este fato comprova os problemas de gestão que estão ocorrendo no âmbito da secretaria municipal de saúde.
Estou encaminhando denuncia Ministério Público Federal de Caraguatatuba para as devidas providências. (Em anexo segue as fotos).









JOVEM CONTA AO IRMÃO DE 8 ANOS QUE É GAY E A RESPOSTA É SIMPLESMENTE IMPRESSIONANTE

jovem-1

Muitas pessoas pensam que a homossexualidade é muito difícil de explicar às crianças e que estas não vão perceber porque é que pessoas do mesmo sexo gostam uma da outra, mas, às vezes, as próprias crianças conseguem perceber melhor que muitos adultos o que é a homossexualidade.
Lucas Vasconcellos é um jovem brasileiro de 23 anos, que decidiu contar ao seu irmão de 8 anos sobre a sua orientação sexual, tentando explicar-lhe que era homossexual e o que isso significava.
O que ele não esperava era a resposta do seu irmão, que lhe mostrou uma verdade tão simples, mas que tantas pessoas falham em compreender. O jovem resolveu então publicar a sua história, que já se tornou um sucesso na rede social.
Leia abaixo a publicação original da conversa entre os dois irmãos, vale a pena ler até ao fim:
“Hoje eu contei para o meu irmãozinho que eu era gay.
Após muitos anos desde que descobri a respeito da minha sexualidade, sobre o gênero que desperta uma paixão realmente autêntica em mim, finalmente cheguei a decisão de confiar a minha realidade a essa pessoinha com quem mais me importo na vida.
Dividi isso de maneira bem pedagógica, tentando criar uma analogia sobre as pessoas e suas cores favoritas. Dizendo que têm pessoas que gostam mais de preto, ou branco, ou azul, ou amarelo, ou vermelho; explicando sobre o quão legal isso fazia do mundo. Que todos podemos gostar de cores diferentes, e ainda assim sermos felizes e respeitados ao colorir nosso mundo com elas.
Ele parecia saber que eu ia confessar algo. Mergulhou num estado quieto e pensativo durante a explicação inteira, e então, por fim, resolvi assumir minha sexualidade. Ele continuou me olhando, bem calmo e sorrindo, tão natural, e eu o questionei:
“Tu sabe o nome que se dá a quem gosta de pessoas iguais, John? Homens que gostam de outros homens, e mulheres que gostam de outras mulheres?”
Eu estava preparado para soltar a palavra “gay”, já na ponta da língua quando ele simplesmente me escancara a verdadeira resposta:
“Amor?”
E então eu chorei.
“Não chora”, ele disse, me abraçando.
Ele me olhou com aqueles olhos, cheios de inocência e de mesmo tons que os meus, e eu senti que pela primeira vez ele me enxergava como eu realmente era. Um irmão que ele amava, um amigo que ele jamais perderia e, mesmo uma pessoa qualquer com uma preferência diferente por quem se apaixonar, ainda assim uma pessoa igual a qualquer outra.
Eu soube disso pela resposta dele. Pela bondade em cada palavra. Uma criança de oito anos de idade soube encarar algo tão natural com mais maturidade que muito adulto. Mais que meus próprios pais, inclusive, que sempre me negaram o direito de confidenciar isso ao meu irmão.
Aproveitem pra aprender da pureza deles, que a maioria esquece ao crescer, pois eu acho que as maiores verdades dessa vida estão no coração dos pequenos.
E a vida continua como se nada tivesse mudado.

E do fundo do coração, eu agradeço por isso.”
jovem-2

Filie-se no PRB 10 - Caraguatatuba

O trabalho não pode parar esta na hora de acreditar e partir pra cima.

Vamos que vamos PRB 10/Caraguatatuba

Filie-se no PRB 10 - Caraguatatuba... (12) 997989179



10 FORMAS DE SE TORNAR UMA MULHER MAIS BONITA POR DENTRO

mulher-bonita-por-dentro
Muito mais importante do que ser linda por fora é ser uma mulher linda por dentro! O encanto que uma mulher pode despertar sendo uma pessoa boa, confiante, carinhosa, feliz, com valores e que sabe amar de verdade é muito maior do que um rosto perfeito ou um corpo sarado.

1. NÃO JULGAR AS PESSOAS

Ninguém tem o direito de julgar, nós nunca sabemos o que se passa pela cabeça dos outros. Óbvio que isso não se aplica para pessoas que cometem atrocidades, mas se aquela velha amiga teve uma atitude que você não gostou, em vez de julga-la, sente e converse com ela.

2. ESCUTAR OS OUTROS

É muito importante escutar os outros, dar atenção é uma prova de respeito e interesse! Ouvir, muitas vezes é melhor do que falar, as pessoas apreciam aquelas que sabem escutar. Uma boa ouvinte na maioria das vezes é uma boa amiga, uma daquelas que você pode se abrir e que provavelmente vai receber palavras de consolo numa situação difícil.

3. ABRAÇAR MAIS

O abraço é um carinho muito caloroso, estando aberta para abraçar mais as pessoas, o seu coração ficará mais leve! Deixe o amor pelos outros transbordar, demonstre mais afeição abraçando quem merece.

4. FAZER CARIDADE

Você tem tanta roupa que não usa no armário, não é? O que acha de tirar uma horinha do seu dia para juntar tudo que não quer mais e levar para uma instituição de caridade? Tem tanta gente precisando daquele seu casaco velho que para você está um horror, mas que pode aquecer uma velhinha. E a sandália que você não usa há meses que está no fundo do armário esquecida e que vai fazer a felicidade de uma adolescente? Reúna tudo e doe!!! Existem milhares de lugares esperando a sua doação.

5. EVITAR BRIGAS

Antes de entrar numa briga, veja se você pode evitar. Na vida é necessário escolher as batalhas que você deve lutar! Guerra por tudo não leva a nada. Apenas gera tristeza e te deixa mais fraca.

6. RESPEITAR QUALQUER TIPO DE SER VIVO

Respeitar as pessoas é fundamental, mas os animais e as plantas também é! Pessoas com boa índole não fazem mal aos animais, nem cortam uma árvore ou arrancam flores por nada! Que mundo você quer deixar para os seus netos? Pense nisso!!!

7. NÃO MENOSPREZAR OS OUTROS

Não compare as pessoas e muito menos se ache no direito de dizer ou pensar que uma pessoa é melhor do que outra porque ela tem mais bens materiais. Não existe isso, uma pessoa só pode ser melhor em alguma coisa do que a outra, se for melhor de coração!

8. TIRAR A INVEJA DO CORAÇÃO

Todos os seres humanos tem fraquezas e defeitos, Ok! E é normal que você se sinta por baixo se as coisa tiverem dando errado para você e “certo para os outros”. Mas tire esses pensamentos da cabeça, inveja é um dos piores sentimentos do mundo, e faz mal de verdade só para você! Todos passam por momentos bons e ruim na vida, e em vez de ficar acompanhando o sucesso do outro, vá em busca do seu!

9. DESEJAR O BEM AOS OUTROS

Torça pela felicidade de sua família, seus amigos, seu ex namorado, seu porteiro, sua vizinha… Seja uma pessoa leve, uma pessoa do bem!!! Quem tem na alma bons sentimentos e deseja o bem dos outros, certamente receberá muitas coisas maravilhosas na vida! Energia boa atrai energia melhor ainda! O mundo conspira a favor de pessoas assim, felizes e boas independente das circunstancias da vida! Lembre que todos tem suas dificuldades.

10. FAZER A DIFERENÇA

Faça mais do que ser uma pessoa boa, estimule outras pessoas a ser assim também! Faça a diferença mostrando como é bom ser uma pessoa do bem!! Ajude quem tem dificuldade, demonstrando como é importante nutrir bons sentimentos.

Projeção de pesquisadores diz que Cantareira terá 15% no início da seca Cálculo é de especialistas em física e ecologia da Unesp e da USP. Eles criaram site que prevê nível do sistema em período de até 30 dias.

Gráfico com projeções para os próximos 30 dias (Foto: Reprodução)

Pesquisadores da Unesp e da USP lançaram uma página na internet para divulgar projeções de até 30 dias para o Sistema Cantareira. De acordo com os cálculos, os reservatórios devem entrar no mês de maio, quando o período seco começa de vez, com cerca de 15% da capacidade, não conseguindo recuperar a primeira cota do volume morto.

Essa marca é um pouco abaixo da registrada nos últimos oito dias, de 15,4%, segundo cálculo da Sabesp que começou a ser divulgado em março e que considera na capacidade total as duas cotas do volume morto.

Segundo as previsões dos pesquisadores da Unesp e da USP, o nível do Cantareira ainda vai subir nos próximos dias, podendo chegar a 15,9%. A queda porém, é inevitável com o fim da estação das chuvas, mas será lenta. As represas deverão ter ainda 15,1% de água dentro de um mês. 
Segundo Paulo Prado, professor do Instituto de Biociências da USP e um dos autores do projeto, o site permite concluir que a situação é muito grave e que não se deve baixar a guarda.
“Nós estamos entrando no período seco com 15% e não vai sair muito disso. E pra manter esses 15% é preciso manter essa retirada de água que a gente está praticando”, disse.
O site tem projeções para o período de um mês que levam em conta a chuva na região do Sistema Cantareira em um período histórico de 30 anos. E também leva em conta a retirada de água praticada pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) no último mês.
Com esses dados, os pesquisadores concluíram que o valor mais provável para o nível de água do Cantareira no dia 17 de maio, daqui a um mês, é de 15,1%. Considerando a margem de erro, a quantidade de água armazenada poderá estar entre 13,2% a 17,6%.
Outra projeção, porém, que considera a previsão meteorológica para os próximos dias, indica que o Cantareira vai subir pelo menos até 15,9% na próxima terça-feira (21). A previsão do tempo utilizada é a do Consórcio PCJ, que acompanha a situação dos rios que fazem parte do Sistema Cantareira.
O site é também uma criação dos pesquisadores Renato Mendes Coutinho, doutor em física pelo Instituto de Física Teórica da Unesp, e Roberto André Kraenkel, pesquisador do instituto.
Junto com Paulo Prado, os pesquisadores concluíram que os modelos matemáticos que eles já usavam para outros temas ligados à ecologia poderiam ser utilizados para acompanhar a crise hídrica.
Segundo Prado, o modelo complementa outro já disponível, o do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), órgão do Ministério da Ciência e Tecnologia e tido como referência nacional para previsão de níveis de represas.
“O nosso modelo complementa. É um modelo simples, que qualquer cidadão com o conhecimento técnico pode rodar em seu computador em casa”, afirmou. O site dos pesquisadores permite ver com clareza qual o nível que o sistema deve alcançar em até um mês. Já as previsões do Cemaden permitem também análises de longo prazo, até o final do ano, por exemplo.
Nível
O nível de 15,4% do Cantareira, usado pelos pesquisadores, é resultado de um dos três métodos de calculo que vêm sendo utilizados pela Sabesp para divulgar quanta água ainda resta nas represas. Ela considera no nível total do sistema os 287 bilhões de litros adicionados no ano passado com o uso do volume morto.

Outro método, que considera apenas a capacidade inicial do sistema de 982 bilhões de litros (sem o volume morto, portanto), aponta que o nível é de 19,9%. Uma terceira medição passou a ser divulgada na quinta-feira pela Sabesp em atendimento a uma decisão judicial que determinou que a companhia só considere que o sistema tem nível positivo quando recuperar totalmente o volume morto. Nesta fórumula, o nível está em -9,3.

Diretor da OAB em São Paulo morre ao capotar carro em rodovia de Tatuí Carlos Fornes Mateucci perdeu controle do veículo na noite de sábado (18). Ordem dos Advogados do Brasil emitiu nota e decretou luto oficial de 3 dias.

Diretor-tesoureiro da OAB-SP morre em acidente de trânsito em Tatuí (Foto: Sylvia Gosztonyi - MDA)

O diretor-tesoureiro da Seccional Paulista da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em São Paulo (SP), Carlos Fornes Mateucci, morreu no início da noite deste sábado (18) após perder o controle do veículo e capotar o carro no quilômetro 116 da Rodovia Antônio Romano Schincariol (SP-127) em Tatuí (SP). O corpo é velado na capital e será enterrado às 16h deste domingo (19) no Cemitério da Consolação.
De acordo com o Corpo de Bombeiros da cidade, ele foi levado ao pronto-socorro de pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não resistiu e morreu no local. O presidente da seccional, Marcos Costa, também estava no veículo, fraturou a perna e sofreu escoriações pelo corpo. Ele foi encaminhado à Santa Casa de Tatuí e em seguida transferido para o hospital Oswaldo Cruz na capital, onde passou por cirurgia. Ele não corre risco de morte.
Segundo nota da OAB, postada no site da instituição, Mateucci era tesoureiro da OAB-SP. Ele foi presidente do Centro de Estudos das Sociedades de Advogados (Cesa) e tinha inaugurado, na semana passada, um novo escritório de advocacia com atuação nas áreas consultivas e contenciosas em direitos civil, público, empresarial, trabalhista e previdenciário. Ele deixa mulher e um casal de filhos.
O presidente nacional da OAB, Marcus Vinicius Furtado Coêlho, decretou luto oficial por três dias e destacou que “além de um grande profissional, a advocacia brasileira perde um dirigente destacado, que deixa um grande legado de trabalho em defesa das sociedades de advogados”. Mateucci também foi presidente do Centro de Estudos das Sociedades de Advogados.

Agora é LEI o morador flagrado lavando calçada com água tratada pagará R$ 250,00, mas a Prefeitura e Sabesp ainda precisam acertar regulamentação e cobrança.

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, sancionou a lei 529, que estabelece multa de R$ 250 para o desperdício de água na capital. A nova regra foi publicada no "Diário Oficial" deste sábado (18).
O texto estabelece três etapas de punição para quem for flagrado desperdiçando água tratada: advertência, multa de R$ 250 e, em caso de reincidência, multa de R$ 500.
A lei ainda proíbe a lavagem de calçadas com água tratada ou potável. Os vereadores entenderam que não é preciso multar a lavagem de carro porque já existe a lei 13.748/2002 que multa em R$ 250 quem comete essa infração.
A fiscalização, a cobrança de multa e o destino do dinheiro deverão ser definidos em comum acordo entre a Prefeitura de São Paulo e a Sabesp por meio de regulamentação específica.
O contribuinte poderá recorrer da aplicação da multa, através da exposição de motivos ao órgão competente, em que se justifique a necessidade de lavagem da calçada. A Prefeitura deverá regulamentar a lei no prazo de 60 dias a partir da publicação.
Histórico
Em dezembro de 2014, representantes do governo estadual se reuniram com prefeitos da região metropolitana e sugeriram um projeto de lei estabelecendo multa contra o desperdício.

O projeto de lei 529/2014  foi aprovado em primeira votação no último dia 4 com apoio da base aliada de Haddad, mas lideranças da base do prefeito manifestaram mudança de posição sobre a proposta, após reação negativa da população à multa. O prefeito também defendeu mudanças na proposta.

Haddad defendeu que o projeto em tramitação na Câmara fosse modificado e declarou que compromisso com o governo estadual está mantido. O prefeito disse que os vereadores teriam de corrigir o erro que cometeram e modular, fazer com que seja uma coisa compreensível para as pessoas.

Plenário da Câmara de SP  (Foto: Reprodução/ TV Globo)

FEBRE CHIKUNGUNYA – SINTOMAS, TRANSMISSÃO E TRATAMENTO

A febre chikungunya, chamada em português de febre chicungunha*,  é uma doença provocada por um vírus, que apresenta sintomas semelhantes aos da dengue, tais como febre alta, dores pelo corpo, dor de cabeça, cansaço e manchas avermelhadas pelo corpo. Felizmente, a febre chicungunha não provoca complicações hemorrágicas, sendo, portanto, uma infecção menos fatal que a dengue.
* em Angola, a febre chikungunya é popularmente chamada de catolotolo.
A febre chicungunha pode ser transmitida pelos mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictus, os mesmos que transmitem o vírus da dengue e da febre amarela, motivo pelo qual essa virose conseguiu recentemente chegar ao Brasil.
Neste artigo vamos fazer uma revisão sobre a febre chikungunya, incluindo sintomas, formas de transmissão, diagnóstico e tratamento. Vamos explicar também como o vírus Chikungunya chegou ao Brasil.

TRANSMISSÃO DA FEBRE CHIKUNGUNYA

A febre chicungunha é uma infecção transmitida pelo vírus Chikungunya (CHIKV), que é um arbovírus, ou seja, um vírus transmitido por artrópodes. No caso específico da febre chicungunha, o artrópode que transmite o vírus são os mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictus.
Portanto, a febre chicungunha, assim como tantas outras, é uma doença transmitida pela picada de determinados mosquitos. Exceto situações específicas que serão explicadas mais abaixo, não há transmissão do CHIKV diretamente de uma pessoa para outra. Você pode conviver, abraçar, apertar as mãos e até beijar uma pessoa contaminada que não há risco de contágio.
Assim como o ocorre na dengue, o Aedes aegypti e o Aedes albopictus não conseguem transmitir o vírus Chikungunya imediatamente após a sua contaminação. Quando o mosquito pica alguém infectado pela febre chicungunha, o sangue contaminado entra pelo seu sistema digestivo e é absorvido. A partir daí, o vírus passa a se replicar dentro do organismo do inseto, só indo aparecer nas glândulas salivares após alguns dias. Esse intervalo de tempo necessário para o mosquito contaminado tornar-se um mosquito contaminante é chamado de período de incubação extrínseco.
O período de incubação extrínseco do vírus Chikungunya é de cerca de 10 dias. Todavia, este período pode variar. Em geral, quanto mais quente for a temperatura do ambiente, mais curto é o período de incubação extrínseco. Em locais onde a temperatura ambiente é baixa, o mosquito pode morrer antes que o período de incubação extrínseco esteja completo, o que justifica a maior incidência da doença em áreas tropicais.
A transmissão através da picada de mosquito é responsável por praticamente todos os casos de febre chicungunha. Porém, há outras formas possíveis de se contaminar com o CHIKV. Uma delas é a chamada transmissão vertical, que ocorre da mãe para o bebê durante o parto. Até onde sabemos, o vírus Chikungunya não causa má-formações no feto, pois, aparentemente, a transmissão não ocorre dentro útero, mas sim no momento do parto, seja ele natural ou por cesariana.
Os recém-nascidos contaminados costumam desenvolver a doença entre 3 a 7 dias, e o quadro clínico costuma ser bem mais grave que nos adultos. Não há evidências de que o CHIKV possa ser transmitido pelo aleitamento materno.
Outra forma possível de contaminação é através do contato com sangue de pacientes infectados. Acidentes com agulhas contaminadas ou transfusão de sangue são vias potenciais. O transplante de órgãos também é forma possível de transmissão do vírus.

FEBRE CHIKUNGUNYA NO BRASIL

O vírus Chikungunya foi reconhecido pela primeira vez na década de 1950 após um surto da doença na Tanzânia, na África oriental. Desde então, a doença foi reconhecida em vários países da África e do sudeste asiático, ficando restrita a estas regiões por décadas.
Porém, em 2006 estudos identificaram uma mutação no CHIKV, que tornou mais fácil a sua transmissão através do Aedes albopictus. Desta forma, vários países do mundo, incluindo os EUA e o sul da Europa, passaram a ter 2 espécies de Aedes com grande capacidade de transmissão do vírus Chikungunya. Como tanto o Aedes aegypti quanto o Aedes albopictusencontram-se presente por praticamente todo o continente americano, sabia-se que era uma questão de tempo para que a doença chegasse e se espalhasse por essas bandas.

Febre de chikungunya

Casos importados da doença já haviam sido registrados em vários países do continente americano nos últimos 10 anos, mas em 2013 surgiram, no Caribe, os primeiros casos de transmissão local do vírus Chikungunya dentro das Américas. Desde então, a doença tem se espalhado rapidamente, atingindo pelo menos 41 países no continente em apenas 1 ano.
No Brasil, os primeiros casos de transmissão do vírus Chikungunya foram identificados em Setembro de 2014. Até então, todos os casos conhecidos eram importados, adquiridos por brasileiros que haviam viajado para áreas endêmicas. Como era esperado, a combinação entre a elevada prevalência dos mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictus no território brasileiro e a ausência de anticorpos contra o novo vírus entre a população fez com que rapidamente surgissem surtos da febre chicungunha em diferentes regiões do país. Em pouco mais de 1 mês, mais de 1000 casos foram notificados em todo o Brasil.

SINTOMAS DA FEBRE CHIKUNGUNYA

O termo chikungunya vem de um dialeto da Tanzânia e significa algo como “aquele que se dobra”. O termo surgiu pelo fato dos pacientes acometidos pela doença terem intensas dores articulares, que fazem com que o mesmo fique com o tronco sempre arqueado.
O período de incubação da febre chicungunha no ser humano pode ser de até 2 semanas, mas, na maioria dos casos, a doença surge entre 3 a 7 dias após o indivíduo ter sido picado pelo mosquito. Cerca de 80% dos pacientes contaminados irão desenvolver sintomas.
A chamada fase aguda da febre chicungunha começa com uma febre alta de início súbito, geralmente ao redor do 40ºC, associada à mal-estar e intensa poliartralgia (dor em várias articulações). As dores articulares costumam surgir nas primeiras 48 horas e acometem cerca de 90% dos pacientes com febre chicungunha. As dores surgem no corpo inteiro, mas os locais mais afetados costumam ser as mãos, punhos, pés e tornozelos. Intensa dor lombar também é comum. O paciente pode ter dor em mais de 10 grupos articulares ao mesmo tempo, o que o deixa bastante incapacitado.
Nos primeiros 2 ou 3 dias de doença, até 75% dos pacientes apresentam um rash maculopapular na pele, que são pequenos pontos avermelhados e agrupados, que podem ou não ter algum relevo. O rash surge com predomínio no tronco, mãos e pés. Cerca de 1/4 dos pacientes queixam-se de prurido nas lesões.
Dor de cabeça, dor muscular, cansaço, diarreia, vômitos, conjuntivite, dor de garganta e dor abdominal também são sintomas comuns na fase inicial da doença.
A fase aguda dura de 3 a 7 dias, período no qual os sintomas começam a desaparecer. Em cerca de 80% dos casos, porém, o paciente entra em uma fase chamada subaguda, que se caracteriza pela continuidade ou mesmo exacerbação das dores articulares. Apesar de não ter mais febre, o paciente pode permanecer semanas com poliartralgia. Se as dores articulares durarem mais de 3 meses, dizemos que o paciente entrou na fase crônica da doença, que pode durar por até 3 anos.
Complicações da febre chikungunya
Como não possui uma fase hemorrágica, a febre chicungunha costuma ser uma virose mais benigna que a dengue. O seu problema não costuma ser o risco de morte, mas sim o risco de incapacitação pelas intensas e prolongadas dores articulares.
Porém, quando adquirida por bebês, pacientes com mais de 65 anos ou por pessoas já previamente com múltiplas doenças, principalmente de origem cardíaca, pulmonar ou neurológica, a febre chicungunha costuma ter uma evolução mais agressiva, podendo, inclusive, levar esses pacientes ao óbito. A taxa de mortalidade da febre chicungunha é 50 vezes maior nos idosos quando comparados a adultos com menos de 45 anos.
Entre as complicações possíveis do CHIKV nesta população mais debilitada podemos citar: meningoencefalite, síndrome de Guillain-Barré, hepatite aguda, insuficiência renal aguda, surdez, lesão ocular, miocardite, pericardite e insuficiência respiratória.

DIFERENÇAS ENTRE A DENGUE E A FEBRE CHIKUNGUNYA

A dengue e a febre chicungunha partilham de várias semelhanças. Em alguns casos, pode ser bastante difícil fazer o diagnostico diferencial somente através dos sinais e sintomas. Todavia, uma avaliação clínica mais cuidadosa pode nos ajudar.
A principal diferença é o acometimento das articulações. A dengue até pode causar dor articular, mas ela não costuma ser tão importante quanto a dor muscular ou a dor nos olhos. Na febre chicungunha, a poliartralgia é um dos sintomas mais exuberantes e é tipicamente dor das articulações das extremidades (mãos e pés). Outra diferença é o rash cutâneo. Na febre chicungunha as manchas vermelhas surgem nas primeiras 48 horas, enquanto que na dengue o rash só surge a partir do 3º ou 4º dia.
Na dengue, a queda das plaquetas costuma ser mais grave e eventos hemorrágicos, como machas roxas na pele, sangramento nasal ou de gengiva são bem mais comuns. A evolução para um forma hemorrágica é quase exclusiva da dengue.
Após o fim da fase aguda, o paciente com dengue costuma sentir-se cansado por vários dias, enquanto que o paciente com febre chicungunha queixa-se de dor articular.

DIAGNÓSTICO DA FEBRE CHIKUNGUNYA

Assim como na dengue, a febre chicungunha pode ser diagnosticada pela sorologia, que é um exame de sangue que consiste na pesquisa de anticorpos contra o CHIKV. Os anticorpos do tipo IgM já podem ser identificados no sangue do paciente a partir do 5º ao 7º dia de sintomas.

Uma forma mais rápida de diagnosticar a doença é através de uma exame chamado RT-PCR, que pesquisa a presença do material genético do vírus Chikungunya no sangue. Esse exame é mais caro, mas costuma ser capaz de diagnosticar a febre chicungunha já nos primeiros dias de doença.
Nas análises de sangue comum, é habitual encontrarmos linfopenia (valores baixos de linfócitos), trombocitopenia (valores baixos de plaquetas) e alterações nas enzimas hepáticas (TGO e TGP).

TRATAMENTO DA FEBRE CHIKUNGUNYA

Tal como na dengue, não existe tratamento específico contra a febre chicungunha. Não há um medicamento que aja diretamente contra o vírus de modo a eliminá-lo do organismo mais rapidamente. A imensa maioria dos pacientes irá se curar de forma espontânea após cerca de 7 a 10 dias. O tratamento que se propõe, portanto, é apenas sintomático e de suporte.
Para evitar a desidratação, que é muito comum, indica-se o consumo de 1,5 a 2,0 litros de água por dia. Para o controle da febre e das dores articulares, as drogas mais indicadas são o paracetamol e a dipirona. O uso de anti-inflamatórios ou aspirina deve ser evitados na fase aguda, pois se o paciente, na verdade, tiver dengue em vez de febre chicungunha, esses medicamentos aumentam o risco de eventos hemorrágicos.

Fonte: http://www.mdsaude.com/2014/11/febre-chikungunya.html