A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

quinta-feira, 31 de julho de 2014

TRE julga recurso contra cassação do prefeito de Taubaté Ortiz Jr Sessão na capital acontece nesta quinta-feira (31) desde às 15h18. Prefeito é acusado de abuso de poder político e econômico; ele nega.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) julga na tarde desta quinta-feira (31) a ação que pede a cassação do prefeito de Taubaté, Ortiz Junior (PSDB). Ele e o vice-prefeito, Edson Aparecido, so abusados de abuso de poder econômico e político na campanha eleitoral de 2012. Os dois tiveram o mandato cassado em agosto de 2013 pela Justiça Eleitoral de Taubaté e recorreram no TRE. Eles negam as acusações.
A sessão, que é aberta, começou às 15h18 em São Paulo. O tucano não foi ao local para acompanhar o julgamento e, segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura de Taubaté, cumpre agenda normalmente nesta quinta.
O julgamento acontece após ter sido adiado duas vezes - no último dia 24 e na terça-feira (29), quando o relator Roberto Maia, apresentou problemas de saúde e não pode comparecer.
Neste recurso, que está sendo julgado pelo TRE, mesmo que o prefeito seja condenado, deve permanecer no cargo. Isso porque a defesa ainda pode recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
Acusação
Ortiz Jr. é acusado pela promotoria de ter usado a influência de seu pai, Bernardo Ortiz, à época presidente da Fundação para Desenvolvimento da Educação (FDE), para formal cartel e interferir na licitação para a compra de mochilas escolares. O dinheiro da concorrência fraudulenta teria sido usado durante a campanha do prefeito para o Bom Conselho.
Uma das provas apresentadas no processo é um cheque no valor de R$ 34 mil que teria sido pago pelo representante uma das empresas envolvidas no caso. O valor foi depositado na conta do marqueteiro da campanha de Ortiz Jr.
De acordo com o Ministério Público, teriam sido arrecadados ilicitamente cerca de R$ 8 milhões para a campanha eleitoral de Junior, eleito em segundo turno com 62% dos votos válidos. A ação do MP resultou, também em outubro, no afastamento de Bernardo Ortiz da fundação.

Cassado
Na época em que teve o mandato cassado pela Justiça Eleitoral de Taubaté, no ano passado, Ortiz Jr e Edson Aparecido foram condenados a ficarem 8 anos sem poder concorrer em nobas eleições.
O MP também denunciou ambos à Justiça Criminal, mas o caso foi arquivado pelo Tribunal de Justiça por considerar que não haviam provas suficientes contra o prefeito.

Pr Silas Denuncia Perseguição Religiosa e Política do Governo PT



Pr Silas Denuncia Perseguição Religiosa e Política do Governo PT





Moradores reclamam de ruas sem asfalto em Caraguatatuba, SP População sofre com poeira nos dias secos e com lama nos dias chuvosos. Prefeitura diz que obras no local serão concluídas em quatro meses.

Moradores do Morro do Algodão reclamam de uma obra parada ede  ruas sem pavimentação em Caraguatatuba (SP). A prefeitura afirmou que as obras ficarão prontas em quatro meses.
Sem asfalto, os moradores do bairro sofrem com o pó nos dias secos e com a lama nos dias mais chuvosos. O vento também leva a poeira para dentro das casas.
"É muito ruim, a poeira cola na garganta, dá tosse. Fora a sujeira", disse o aposentado Celso Fernandes.
"A gente não vence a limpeza, não vence a lama. As pessoas vão levar as crianças para a escola e não tem como andar", afirmou a moradora Maria Trevensoli. A moradora guarda fotos de como era o local antes e reclama do descaso. Os moradores dizem que entraram em contato com a prefeitura, mas nada foi feito. 
Segundo eles, algumas ruas do bairro chegaram a ser preparadas para receber pavimentação. As máquinas chegaram, prepararam o solo, as guias foram demarcadas mas o asfalto não foi colocado.
"Estou com rinite, garganta inflamada e sinusite. Isso é uma coisa que não só as crianças passam, mas também os adultos. As crianças ficam com inalação diária, não dá pra respirar", afirmou a artesã, Adriana Duil.
Outro lado
Por meio de nota, a Prefeitura de Caraguatatuba informou que as obras devem começar em 15 dias e a previsão é que sejam concluídas em quatro meses. As obras serão em 12 km, pavimentando 60 ruas do bairro.

TAUBATÉ PODE FICAR SEM PREFEITO



O senhor Ortiz Junior está passando por um momento delicado, já que sua eleição poderá ser julgada nula se o TRE julgar no dia 31/07 - quinta feira a ação que a justiça de primeira instância já julgou procedente para cassar o seu mandato. Perdeu na primeira instância o que não quer dizer que vá perder lá no Tribunal Regional Eleitoral, mas a situação é delicada e poderá até afastá-lo do cargo imediatamente se não lhe for concedido efeito suspensivo a possível novo recurso. Na justiça eleitoral os recursos não têm efeito suspensivo, embora alguns juízes o concedam em nome de estabilidade administrativa. O prefeito, certamente, não vai dormir bem nas próximas noites.

Quando eu falo que Caraguá falta ter vereador de verdade ai esta a prova

A taxa de iluminação esta sendo cobrada e no bairro do Sumaré ainda tem postes que nem suporte para colocar as lampadas tem.... 

Pra que tem esta taxa se nada é feito, pra onde esta indo esta taxa?

Esta foto foi tirada hoje as 06:00hs pelo meu amigo Fred na praia do Centro.


E ainda tem pessoas que dizem que nos não moramos bem.... 
Eu amo morar em Caraguatatuba e por isso eu vou defender os nossos interesses.

Somente promessas mas soluções nada.

Eu venho pedindo a secretaria municipal de serviços publicos de Caraguatatuba para colocar suporte e lampadas nos postes dos bairros do Sumaré que não tem iluminação, mas até agora nada foi feito. Diante desta situação estamos encaminhando um denuncia ao MP - em especial ao promotor da cidadania pedido soluções referente a taxa de iluminação que esta sendo cobrada e porque a prefeitura não coloca suporte e lampadas nos postes que não tem iluminação nos bairros do Sumaré. Depois vão fazer cara feia...

quarta-feira, 30 de julho de 2014

Mega-Sena pode pagar R$ 28 milhões nesta quarta

A Mega-Sena pode pagar na noite desta quarta-feira (30) o prêmio acumulado em R$ 28 milhões. Os números do concurso 1.621 serão sorteados às 20h25 (horário de Brasília), em São Paulo.

De acordo com a Caixa Econômica Federal, se o apostador levar a bolada sozinho poderá comprar até 70 imóveis no valor de R$ 400 mil cada ou até 215 carros de luxo. Caso a ideia seja aplicar o prêmio na poupança, o montante renderia mais de R$ 153 mil por mês.
Além disso, com R$ 28 milhões é possível realizar diversos outros sonhos; confira o que o Sorte Online listou para o novo milionário aproveitar:

1- Um jatinho com capacidade para 8 pessoas custa em torno de R$ 20 milhões;

2- Um carro "Lamborghini" custa aproximadamente R$ 3 milhões;

3- Viajar para o Nordeste do país custa em torno de R$ 2 mil reais a semana, o sortudo poderia fazer o trajeto 14 mil vezes;

4- Que tal uma lancha? Você gastaria em torno de R$ 15 milhões para ter uma;

5- Para viver em uma das áreas mais caras de São Paulo, o apartamento custaria em torno de R$ 1 milhão.

Para apostar na Mega-Sena basta escolher de 6 a 15 números, entre os 60 disponíveis. Ganha quem marcar 4, 5 ou 6 acertos, mas o prêmio máximo vai para quem fizer mais pontos. Boa Sorte.

Foto: Scott Smith (© SRisonS)


Desproporcional é retaliar usando a caneta

A presidente Dilma Rousseff e o PT erram quando ameaçam retaliar o Santander sugerindo o uso de mecanismos de Estado para isso. Na semana passada, o banco soltou um informe aos seus clientes com rendaacima de R$ 10 mil dizendo haver risco de deterioração do cenário econômico em caso de vitória da presidente Dilma Rousseff.
Até então, a reação histérica sobre o tema parecia estar no ringue das opiniões. O ex-presidente Lula, o presidente do PT, Rui Falcão, e a oposição, cada um falou o que achava do caso. E é assim que as coisasfuncionam na normalidade democrática. O banco emitiu sua opinião - você pode ou não concordar com ela. O PT reagiu a essa opinião e emitiu a sua - e você pode ou não concordar com ela.
O problema não é o bate-boca, mas o uso da máquina pública para retaliar ou ameaçar adversários ou instituições. As ameaças veladas ao Santander feitas por Dilma e por outros petistas levam a crer que algo pode estar acontecendo nos bastidores, longe dos microfones e da verborragia eleitoreira.  "Eu vou ter uma atitude bastante clara em relação ao banco", afirmou ontem a presidente, de maneira misteriosa.
O prefeito de Osasco, Jorge Lapas (PT), segundo a Folha de S. Paulo, chegou a declarar que vai romper convênio com o banco para recolhimento de taxas e tributos municipais. Se havia um convênio com o Santander, deveria existir interesse da população nele. Agora que o banco virou inimigo do PT, a prestação de serviço do Santander para a população de Osasco não serve mais?
O Santander pode até ter errado na maneira como expôs o que vários analistas já falam em alto e bom som. A opinião institucional de um banco tem um peso diferente do que a declaração avulsa de um analista. Tanto que os demais bancos têm opiniões similares, mas a expressam de modo mais cauteloso porque sabem que cenário eleitoral e expectativa econômica são duas variáveis que demandam responsabilidade e ponderação.
Mas o governo ameaçar usar a máquina porque não gostou da opinião não só é ilegal como é perigoso. Ao contrário do que disse o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores de Israel, desproporcional não é perder de 7 a 1. É usar a mão pesada do Estado por não aceitar o contraditório.

Partido Novo, de viés liberal, pode ser a 33ª legenda do País

Com a proposta de renovação do sistema político e pregando eficiência nos moldes da gestão privada - além de críticas aos que se intitulam a "nova política" -, está prestes a ser criado o Partido Novo, que poderá ser a 33ª legenda do País.
À frente da sigla, de viés liberal e com defesa de intervenção mínima do Estado, está João Dionísio Amoêdo, ex-vice-presidente do Unibanco e atual conselheiro do Itaú BBA. O pedido de registro formal foi protocolado há uma semana, no Tribunal Superior Eleitoral, com um total de 493,3 mil assinaturas de eleitores. O apoio mínimo exigido por lei é de 492 mil. O partido terá em sua direção nomes como o de Marcelo Lessa Brandão, executivo que já atuou em companhias como McDonald's, KFC, Ponto Frio, Bob's e Pizza Hut, e Fábio Luís Ribeiro, gestor de fundo investimentos.
O grupo começa bancado por parte dos seus 181 fundadores. Se aprovado pelo TSE, ele passará a ter direito a recursos do Fundo Partidário, embora se diga contrário a esse tipo de financiamento. "Defendemos o fim do fundo Partidário, pois entendemos que os cidadãos devem ter a liberdade de escolher se e para quais partidos políticos gostariam de fazer doações. Os partidos devem ser financiados pelos seus membros, filiados e apoiadores", afirma Amoêdo.

O Judiciário não é neutro e precisa estar do lado da democracia por André Augusto Salvador Bezerra, presidente do Conselho Executivo da Associação Juízes para a Democracia (AJD)

A inserção do Judiciário como poder autônomo e independente é produto da evolução do Estado Moderno ocidental, que, sob a crença da gestão científica da sociedade, teoricamente apartou em setores estanques a Política do Direito. A primeira consistiria em tarefa dos poderes Executivo e Legislativo ao passo que o Direito consistiria em atribuição da atividade jurisdicional na solução dos conflitos de interesse.
Por isso, a consideração do Judiciário como poder neutro, cujos membros, nas célebres palavras de Montesquieu, limitar-se-iam ao papel de boca da lei.
O Estado Moderno, porém, nunca foi neutro. A própria instituição do Estado de Direito a partir da Revolução Francesa de 1789 visou à concretização de um projeto de poder por parte de uma classe social que, na época, emergia como hegemônica.
Em tais termos, ao longo dos séculos, o regular funcionamento do sistema estatal objetivou o alcance de certos fins e fundamentos. Ao Judiciário, por consequência, como função do Estado, atribuiu-se historicamente o papel político e jurídico de atuar em direção a esses objetivos- ainda que por intermédio de juízes dotados do dever funcional de imparcialidade.
Vale dizer que o Judiciário tem um lado: o lado dos fins e fundamentos do Estado, seja ditatorial seja democrático.
Esse raciocínio, como não poderia deixar de ser, aplica-se à realidade do Brasil. Em 1964, quando um golpe substituiu a democracia por uma ditadura civil-militar, o Judiciário brasileiro passou a atuar em sintonia aos escopos do Estado autoritário a partir de então construído, legitimando o regime. O decreto de prisões e o silêncio institucional perante as torturas contra quem ousava contestar o sistema configuram exemplos de ações do Judiciário (em que pese a heróica resistência individual de muitos magistrados) em favor de uma realidade estatal voltada à manutenção da ordem, o que era essencial à estabilidade e à segurança dos projetos empresariais realizados pelos grupos civis que apoiavam o regime.
A promulgação da Constituição Federal (CF) de 1988 parecia ser a superação do quadro ditatorial. Ao positivar uma série de direitos essenciais à democracia, o legislador constituinte impôs ao Judiciário o dever de atuar em favor dos fundamentos e dos fins dessa nova realidade estatal, dentre os quais o pluralismo político (art. 1o, V da CF) e a construção de uma sociedade livre, justa e solidária (art. 3o, I da CF).
A realização do megaevento empresarial da Copa do Mundo de 2014 explicitou, contudo, as dificuldades de o Judiciário brasileiro adaptar-se a tais princípios democráticos. Bastou uma parcela da população ir às ruas exercer seu direito de protestar, colocando em risco o sucesso econômico da competição, para tornar claro as violações de princípios inerentes a um Estado Democrático de Direito: a presunção de inocência, o caráter excepcional da prisão, a ampla defesa e a integridade física dos cidadãos, em muitos casos, cedem lugar à violência policial na dispersão de manifestações e à execração pública somada à privação de liberdade de ativistas tratados como terroristas.
O mais grave é que esse quadro não é peculiaridade da Copa do Mundo. Na realidade, a ampla visibilidade internacional do evento serviu para tornar manchete o que faz parte do cotidiano de moradores das regiões mais carentes do Brasil. Não é de hoje que esses cidadãos sentem na pele os efeitos da ação de um Estado que reprime e criminaliza quem se mostra como obstáculo aos interesses de empreendimentos patrocinados por determinados grupos econômicos, tal como ocorria na ditadura pós-1964.
Daí essa mesma parcela da população reprimida, comumente, identificar o Judiciário como poder do Estado situado do lado da repressão. À primeira vista a causar estranheza, ante a democracia consagrada constitucionalmente; mas, em uma análise detida, compreensível sobre um braço estatal ainda governado por presidentes de tribunais eleitos por uma minoria e dotados de amplos poderes (inclusive o de designar, sem critérios objetivos e impessoais, os magistrados para determinadas varas) e cuja principal corte, o Supremo Tribunal Federal, é composta por membros nomeados sem qualquer participação da sociedade civil.
No atual contexto de repressão levada ao grande público pela realização de megaeventos empresariais (lembrando que, dentro de dois anos, o Rio de Janeiro sediará as Olimpíadas), torna-se mais patente a necessidade de o Judiciário democratizar-se internamente. Eis um requisito essencial para, externamente, perante toda a sociedade brasileira, o Judiciário mostrar que está do lado de quem a Constituição determina: o lado da democracia.
Daí que a Associação Juízes para a Democracia apresentou proposta de instituição de critérios objetivos para a designação de juízes em São Paulo.
Conferir em: http://ajd.org.br/documentos_ver.php?idConteudo=158
A Associação Juízes para a Democracia apresentou à Presidenta da República proposta para democratizar a nomeação de ministros do STF.

Skaf ironiza polêmica sobre palanque com Dilma: 'Sabe de nada, inocente' Candidatou montou peça publicitária veiculada em seu perfil no Facebook

O candidato ao governo de São Paulo pelo PMDB, Paulo Skaf, ironizou nesta segunda-feira, 28, a polêmica gerada sobre a presença da presidente Dilma Rousseff em seu palanque. Resistindo à associação de sua imagem com a da petista, o candidato publicou em sua página do Facebook um vídeo com a legenda "A posição da minha coligação é vencer o PT e o PSDB".
Na peça, de 16 segundos, Skaf aparece em um trem do metrô, sentado, segurando um aparelho de telefone celular nas mãos. Um som de mensagem de texto toca e explode na tela a frase: "Skaf, e esse papo de apoiar o PT?".
O peemedebista sorri e simula responder à pergunta: "Sabe de nada, inocente ...". Seguem três figuras (emoticons) de macacos, um tampando a boca, outros os ouvidos e outro os olhos.
Skaf, segundo colocado nas pesquisas, com 16% das intenções de voto, decidiu calar-se sobre como abrirá espaço em seu palanque para Dilma, desde que começaram as investidas do PT. O partido tem como candidato o ex-ministro Alexandre Padilha (4% das intenções de voto), mas investe no palanque do PMDB, para expor Dilma e evitar que o governador Geraldo Alckmin (PSDB) vença a corrida estadual no 1.º turno.
O peemedebista e seu marqueteiro Duda Mendonça - responsável pela campanha presidencial vitoriosa de Luiz Inácio Lula da Silva em 2002 - vão resistir até quando puderem na associação com Dilma, por temerem o efeito negativo, segundo membros da equipe do candidato.
O PT e o governo federal têm alta rejeição no Estado. A presença dos petistas a seu lado também pode desagradar ao empresariado embarcado em sua campanha - Skaf é presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) há dez anos e está licenciado.
No sábado, em visita à cidade de Franca, no interior paulista, Skaf afirmou que "se apoiasse o PT, seria maluco."
A peça publicitária publicada na rede social nesta segunda foi um tentativa de Duda de dar fim à polêmica. Ela toma emprestado o bordão publicitário "Sabe de nada, inocente...", do cantor Compadre Washington, do grupo É o Tchan, em resposta a petistas que declararam nos últimos dias que Skaf seria ingênuo ou mal assessorado ao não se aproximar de Dilma. O prefeito de São Bernardo do Campo, Luiz Marinho (PT), classificou a atitude como um erro de análise de Skaf.
Temer. Maior responsável por viabilizar a candidatura de Skaf e de conseguir uma aliança que lhe desse o maior tempo de TV, o vice-presidente Michel Temer já confirmou que Dilma terá espaço na campanha, mas tem ouvido de prefeitos e lideranças do PMDB a insatisfação com o comportamento de Skaf.
Uma dessas lideranças, ouvidas em reservado pelo Estado, afirmou que Temer cobrou de Skaf um posicionamento e lembrou que esconder Dilma seria esconder sua própria candidatura de vice na chapa.

Deputado estadual é 'candidatíssimo' à reeleição neste ano Luiz Moura afirma que as denúncias sobre a suposta ligação com PCC são 'armações' para tirá-lo da disputa eleitoral

Deputado estadual é 'candidatíssimo' à reeleição neste ano

O deputado estadual Luiz Moura (PT) afirmou que, independente do que aconteça em seu futuro no partido, é “candidatíssimo” à reeleição. “Registrei minha candidatura, vou provar para quem me elegeu que não é nada disso que estão dizendo de mim.”
O deputado acredita que as denúncias contra ele são “armações” para tirá-lo das eleições deste ano. “Eu vou ficar no PT mesmo que seja por liminar na Justiça. Depois o partido vê o que quer fazer”, disse. Ele ainda afirmou que em “hipótese alguma” vai pedir para sair do partido. “Se quiser fazer qualquer processo de expulsão contra mim, sigam o estatuto. Agora, as coisas na calada da noite não vou aceitar nunca.”

Megatemplo da Igreja Universal foi construído com 'alvará de reforma' Obra recebeu autorização da Prefeitura que livrou Igreja Universal de pagar R$ 35 milhões em contrapartidas para a cidade

Megatemplo da Igreja Universal foi construído com 'alvará de reforma' (© Estadão Conteúdo)

O Templo de Salomão, no Brás, região central de São Paulo, foi construído com autorização de um alvará de reforma expedido em outubro de 2008, o que livrou a Igreja Universal do Reino de Deus de pagar 5% do valor da obra, de R$ 680 milhões, em contrapartidas e melhorias para o viário do entorno - ou seja, cerca de R$ 35 milhões. Para uma obra com mais de 5 mil metros quadrados e 499 vagas de estacionamento, o alvará solicitado deveria ser o de nova obra, conforme determina a lei dos polos geradores de tráfego, de 2010.

Mas a Igreja Universal conseguiu autorização para fazer uma "reforma" com área adicional de 64.519 metros quadrados, em um terreno que tinha área construída de 2.687,32 m². A autorização foi emitida pelo setor Aprov 5, da Secretaria Municipal de Habitação, à época comandado pelo ex-diretor Hussein Aref Saab, demitido em 2012 sob suspeita de enriquecimento ilícito.
O setor de Aref também renovou o alvará de reforma da igreja no dia 11 de dezembro de 2010, quando a nova lei dos polos geradores de tráfego já estava em vigor. À luz da nova legislação, as contrapartidas do templo deveriam somar 5% do valor da obra. Mas, segundo a Prefeitura informou na semana passada, as melhorias exigidas do templo se limitam ao rebaixamento de cinco guias de cruzamentos, instalação de um conjunto de sete semáforos e o plantio de 25 mudas de árvores.
O Ministério Público Estadual abriu inquérito para apurar a construção irregular do megatemplo. Duas testemunhas ouvidas pelo promotor Maurício Ribeiro Lopes já relataram que órgãos da Prefeitura ignoraram alertas de servidores de que a obra era um polo gerador de tráfego. Ao todo, o templo terá capacidade para 10 mil pessoas sentadas e 1,2 mil vagas de estacionamento. A Promotoria de Habitação também quer saber se houve mesmo uma reforma ou se trata de obra nova.
Na inauguração, amanhã, são esperadas as presenças da presidente Dilma Rousseff (PT) e do governador Geraldo Alckmin (PSDB). Os 55 vereadores paulistanos também foram convidados para o evento. O templo passa a ser o maior espaço religioso do País - é quatro vezes maior que a Basílica de Aparecida.

SEM LICENÇA
Questionada pelo MP sobre a situação das licenças para o funcionamento do templo, a Secretaria de Licenciamento informou que um projeto modificativo de alvará de reforma foi apresentado pela igreja em 2011 e acabou indeferido no dia 3 de setembro.
O atual pedido de reconsideração do indeferimento está em análise na mesma pasta, segundo informou ao MP, no dia 7 deste mês, a coordenadora de Edificação de Serviços e Uso Institucional da Prefeitura, Rosane Cristina Gomes. Portanto, apesar de ter obtido a certidão de diretrizes da CET necessária para a inauguração, o templo ainda não tem o alvará definitivo para abrir as portas amanhã.
Já o relatório de impacto da vizinhança, outro documento necessário à abertura do templo, foi feito por uma empresa de engenharia contratada pela própria Igreja Universal em 2011. O documento também se encontra em análise na Secretaria Municipal de Licenciamento, sem aprovação. A informação foi prestada ao MP no dia 14 deste mês pela servidora Lúcia Elena Pizzotti.
A Igreja Universal informou ter as licenças necessárias e desconhece qualquer investigação do MP. Já o ex-prefeito Gilberto Kassab (PSD) informou que "a Prefeitura foi rigorosa no cumprimento de requisitos para aprovação de projetos".
A gestão atual, que na semana passada havia informado que a obra estava regular, ontem admitiu que existe um "projeto modificativo de alvará de reforma" em análise no governo. No dia 19 deste mês, porém, a gestão do prefeito Fernando Haddad (PT) emitiu uma "autorização para evento" para a Igreja Universal. De qualquer forma, o alvará necessário para a igreja funcionar (alvará de conclusão de obra) ainda não foi emitido pela Prefeitura.

MANOBRA NA CÂMARA MUNICIPAL BENEFICIOU TEMPLO
O novo Plano Diretor de São Paulo, que ainda aguarda sanção do prefeito Fernando Haddad - o que só deve ocorrer no próximo mês -, também vai beneficiar templos. O texto regulariza de pequenas a grandes igrejas evangélicas, incluindo o Templo de Salomão, erguido pela Igreja Universal do Reino de Deus no Brás, como mostrou o Estado no dia 27 de junho.
O projeto altera a classificação do lote onde foi construído o templo. Hoje, a área é uma Zona Especial de Interesse Social (Zeis) do tipo 3, que indica terrenos subutilizados ou abandonados, mas em locais com boa infraestrutura urbana, ou seja, apropriados para receber moradias populares. Com 74 mil metros quadrados de área construída e 10 mil lugares, o templo e o terreno vizinho comprado pela Universal para servir de estacionamento estão irregulares, pelas normas do Plano Diretor em vigor.
Segundo o relator do novo projeto, vereador Nabil Bonduki (PT), a mudança foi feita porque a Prefeitura já havia permitido a construção no local. A Comissão de Habitação da Prefeitura desclassificou a Zeis e aprovou A reforma, que acabou resultando no Templo de Salomão.

André Marques adota visual loiríssimo em homenagem a Ana Maria Braga

Thaís Melchior: "Muita gente não consegue enxergar além da cadeira de rodas" - 1 (© Agnews)

Depois de perder 57kg, em decorrência de uma cirurgia bariátrica - realizada em dezembro -, André Marques apareceu com o cabelo completamente loiro.
O artista postou uma foto com o novo look no Instagram e explicou o motivo da mudança.
“Visual em homenagem a minha amiga Ana Maria Braga, com quem terei o prazer de trabalhar nos próximos meses”, escreveu ele, se referindo ao período em que irá substituir a apresentadora no comando do “Mais Você”, da TV Globo, em seus dias de folga.
Quanto à repercussão do novo look de André, enquanto muitas seguidoras o elogiaram, outras discordaram. 
'Também não curti! Respeito, mas vale dizer a verdade né? Você moreno lhe serve mais', comentou seguidora. 

Namorada de Zezé Di Camargo posta foto com fuzil da polícia e é criticada na web

Graciele Lacerda voltou a ser criticada nas redes sociais, nesta terça-feira (29).
Dessa vez, entretanto, o motivo não foi o namoro com Zezé Di Camargo. A jornalista postou no Instagram uma foto na qual aparece segurando um fuzil da polícia. 
“Mexe comigo agora”, brincou ela na legenda da imagem.
Não demorou muito para que seus seguidores disparassem comentários contra a atitude de Graciele. 

'Cuidado com esta foto. Esta arma não é para estar na mão', postou um internauta. 'Apaga essa foto! Você pode se prejudicar', aconselhou outro seguidor. 'Foto ridícula', detonou uma terceira seguidora.
Ao ler os comentários, Graciele tratou imediatamente de deletar a foto polêmica. 


terça-feira, 29 de julho de 2014

Conheça Anselmo Bastos - Anselmo Bastos...

Amigos (a) e seguidores (a) eu quero apresentar um amigo que é candidato há Deputado Federal por São Paulo que é 100% "FICHA LIMPA".... 

domingo, 27 de julho de 2014

ZONA AZUL?

A empresa que explora as vagas dos estacionamentos de ruas “Zona Azul” de Caraguatatuba continua dando o que falar. As lojas não conseguem vender os tickets, por alguma razão que não se explica. Na rua Paul Harris, e adjacências, várias em presas que vendiam tickets deixaram de fazê-lo. A Adega da Av. Anchieta, o Restaurante Mamma Mia, o Sebo Atlântico, a Elo Informática, deixaram de atender a "zona".

As pessoas que desejam pagar essa conta perambulam pelas calçadas pedindo informação. A insatisfação é geral. e a abrangência é exagerada, fazendo com que algumas ruas fiquem o dia todo vazias sem que haja volume de carros para ocupá-las. O que fez o prefeito Antônio Carlos foi proibir o uso das vias públicas de forma que ao invés de disciplinar o trânsito, criou um bom negócio para a empresa que opera o sistema. Nada justifica zona azul na avenida da praia que não possui comércio e que poderia estar livre para quem necessite de estacionar seu veículo e não queira ou não possa pagar. Assim como fez a devolução do hospital depois de ver que errou, bem que poderia o senhor prefeito rever a abrangência da zona azul de Caraguá. Se prosseguir nessa paranóia de arrecadar de todos os cantos, não vai eleger seu filho a deputado. O povo anda muito bravo com esse choque de gestão

Pezão e Garotinho recorrem de condenações, e Lindbergh responde a dez inquéritos; CRIVELLA É A EXCEÇÃO.‏

RIO — Dos quatro principais candidatos ao governo do Rio, dois — o deputado federal Anthony Garotinho (PR) e o governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) — respondem, no total, a 12 processos na Justiça, oito deles por improbidade administrativa. O senador Lindbergh Farias (PT) e Garotinho têm seus nomes atrelados a 19 inquéritos no Supremo Tribunal Federal (STF), sendo dez do petista e nove do deputado do PR. O senador Marcelo Crivella (PRB), ex-ministro da Pesca, é o único sem processos ou inquéritos em tramitação: as cinco acusações propostas pelo Ministério Público Federal (MPF) foram arquivadas.
Com exceção de Crivella, que foi ministro da Pesca, os três postulantes ao Palácio Guanabara com pendências na Justiça já chefiaram o Executivo: Pezão foi prefeito de Piraí por dois mandatos, de 1997 a 2005; Garotinho governou o Rio de 1998 a 2002; e Lindbergh esteve à frente da prefeitura de Nova Iguaçu entre 2004 e 2010.

FOLDER DA MARCHA PARA DIVULGAÇÃO‏



Ailton Graça faz aula de dança com salto alto para interpretar travesti

Após "Império", Chay Suede vai gravar dueto com Alexandre Nero - 1 (© Instagram)

Para Ailton Graça não foi nada fácil subir no salto alto para interpretar o travesti Xana Summer, de 'Império', novela das 21h da Globo.
Tanto que, para aprender, o ator chegou a comprar pares de sapatos de salto alto para treinar em casa. Outra característica complicada da personagem é a maquiagem, que leva duas horas e meia para ficar pronta.
'Eu propus fazer uma coisa um pouquinho mais complicada: dançar em cima do salto. Tenho feito aula de 'stiletto' porque, para mim, esse personagem é a Beyoncé, é a Shakira, quero brincar com isso', disse em entrevista ao jornal 'Folha de S. Paulo'.
'Stiletto' é um tipo de dança feita com sapatos de salto alto, inspirado em espetáculos da Broadway e coreografias de cantoras como Beyoncé e Anitta.
Ailton usou como ponto de apoio as roupas e as gírias e bordões gays de seus amigos homossexuais, que ainda vão demorar um pouco para serem usadas por Xana Summer.
'Não quero usar ainda nenhum desses bordões. Por que, como esse personagem tem um lado trágico e cômico ao mesmo tempo, quero deixar para outra fase, para começar a abordar isso. A relação dele com os outros personagens é muito humana, muito nobre. Ele tem lá seus conflitos, esse é o grande legado, não vai ficar só na esfera do humor. Vai ficar para um segundo momento', explicou.
Graça se declarou ainda fã da colega de elenco e rainha de bateria Viviane Araújo, que interpreta a manicure Naná.
'Eu dei a parabéns a ela pela escolha desse personagem que vai dentro da linha do humor e que foge completamente da vida dela e onde ela já tem essa habilidade. Ela já trabalhou com o humor e tem essa facilidade de compor alguma coisa nesse sentido. Chamo ela o tempo todo de 'rainha das rainhas'', brincou.

Kiko, do KLB, está namorando Miss São Paulo 2012

Após "Império", Chay Suede vai gravar dueto com Alexandre Nero - 1 (© Instagram)

Kiko, do KLB, assumiu o namoro com a Miss São Paulo 2012, Francine Pantaleão. Os dois começaram o romance há dois anos, mas nunca tinham confirmado até então.
A novidade foi contada aos fãs pelo cantor, por meio de seu Instagram, num post publicado na última quinta-feira (24).
“Julho é um mês especial, disso não tenho dúvidas.. Muitas coisas boas aconteceram pra mim em julho.... Em julho comemoro muitas vitórias, muitas conquistas, e em julho também comemoro o nascimento e renascimento a cada ano de pessoas especiais... Anteontem meu irmão, hoje você, entre outros... E declarar o quanto vocês são especiais é necessário e faz bem.... Já se vão quase dois anos de convivência, de alguém que chegou e se instalou definitivamente em minha vida.... Pessoa do bem, de base em Cristo, firmada no princípio da família e que hoje completa mais um ano de vida.... Ahhh a vida.... Cheia de surpresas, idas e vindas encontros e desencontros.... Mas o que é de verdade permanece pra sempre e não requer status ou condição, é, e pronto.... E hoje vim apenas desejar a você todas as bênçãos, a paz, o amor, felicidade, vitórias, conquistas, e tudo mais que Deus puder oferecer nesse dia especial, nesse dia da comemoração de sua chegada à vida.... 25 anos se passaram... Pude estar presente em apenas 2.... Mas se acreditamos em Deus e na vida eterna, só me resta a eternidade pra te desejar os parabéns a cada ano”, postou.
Francine também publicou diversas fotos com Kiko nas redes sociais, falando do romance.
“De todos os loucos do mundo eu quis você, porque eu estava cansada de ser louca assim sozinha ... Se eu faço um som, que você acha bom, a gente faz um dueto fora do tom”, escreveu ela.
Em entrevista ao jornal 'Extra', Franco Scornavacca, pai dos meninos e produtor da banda, confirmou a informação: “Eles estão juntos, sim. Não se desgrudam mais. Por enquanto, acho que não tenho mais nenhum filho solteiro'.

'Império': Cristina revela a José Alfredo que é sua filha

Nos próximos capítulos de 'Império', novela das 21h da Globo, após muita insistência de Cora (Drica Moraes), Cristina (Leandra Leal) irá atrás de José Alfredo (Alexandre Nero) para revelar que é sua filha.
Cristina, com dificuldades financeiras, não terá coragem de se abrir, inventando uma desculpa e indo embora. Acontece que a situação em sua casa ficará cada vez mais complicada, ainda mais depois de seu irmão Elivaldo (Rafael Losso) ser preso por incendiar o camelódromo.
Cora então pressionará a sobrinha, segundo informações do jornal 'O Globo'.
'Escuta aqui, eu já passei muita fome na vida e não gostei nem um pouco. Você quer que seu sobrinho também passe pela mesma situação? Acorda, garota! Não é só do dinheiro para o iogurte que a gente precisa, não. É para pagar um bom advogado para o encrenqueiro do seu irmão, para fazer a reforma do box lá no camelódromo e para indenizar as famílias dos mortos na tragédia, porque pode ter certeza: essa gente vai processar o Elivaldo.'
Cristina se convencerá então de que o melhor a se fazer é ir atrás do pai e, no dia seguinte, aparecerá na porta da empresa de José Alfredo. Ele verá a moça e irá tirar satisfações. A jovem se enrolará e explicará que foi ao local saber o resultado de uma entrevista de emprego. O Comendador não acreditará e a colocará contra a parede. Ela se irritará e irá embora.
Porém, decidirá tentar pela terceira vez uma aproximação e acabará tirando o empresário do sério. Quando ele estiver saindo da empresa com toda a família, Cristina se esconderá, mas acabará sendo vista.
'Desta vez você passou dos limites. Estava me espionando, sim. E vai dizer agora: o que quer de mim?', perguntará José Alfredo.
'A rua é pública, ando por onde quiser! Se nos encontramos aqui de novo, foi pura coincidência.'
'Não me faz de trouxa que eu viro bicho e aí ninguém me segura! É a terceira vez que te vejo por aqui e em todas elas você inventou uma desculpa esfarrapada. Agora não vou aceitar mais embromação. Eu exijo que me diga: o que você quer?'
Maria Marta (Lilia Cabral) verá a cena e se aproximará. Ao ameaçar chamar a polícia, sem alternativas, Cristina se entregará.
'Eu queria lhe dizer que sou filha de Eliane! O senhor ainda lembra dela?', revelará deixando-o em choque.
'E por que a filha dela veio te procurar?', questionará Maria.
'Para dizer que ela morreu. Há quatro dias.'
'E Evaldo?', perguntará o milionário.
'Morreu há muitos anos, eu era pequena. Minha mãe estava grávida, ele nem conheceu meu irmão, Elivaldo. Só vim entregar isso para o senhor. A cópia de uma carta que minha mãe escreveu antes de morrer. Leia, por favor. Aí vai entender por que vim até aqui.'
'Não precisa! Eu sei o que está escrito nela. Pelo modo como a moça me olha cada vez quem aparece pela frente. Aí diz que você é minha filha. Não é isso?', perguntará José.
Acontece que Maria Marta insistirá que se trata de um golpe e Cristina não engolirá os desaforos. A jovem irá embora e o empresário ordenará a seu segurança que traga a moça de volta.
Vale lembrar que a carta reveladora foi escrita pela vilã Cora imitando a letra de Eliane (Malu Galli).

Após "Império", Chay Suede vai gravar dueto com Alexandre Nero - 1 (© Instagram)

Susan Sarandon revela que já viveu romance com David Bowie

Após "Império", Chay Suede vai gravar dueto com Alexandre Nero - 1 (© Instagram)

A atriz Susan Sarandon fez uma revelação polêmica sobre o seu passado, contando que já viveu um romance com o cantor David Bowie na época em que rodaram juntos o filme 'The Hunger', em 1983.
“Ele era idolatrado. Ele é extraordinário. Foi um período muito interessante”, contou ao 'The Daily Beast'.
Mesmo após anos desde que tudo aconteceu, Susan ainda tem um sentimento especial por Bowie.
“Ele é uma pessoa realmente interessante, e tão brilhante. Ele é um talento. É ótimo”, definiu.
Susan ainda afirmou que o rápido romance aconteceu após o divórcio de seu primeiro marido, Chris Sarandon, e antes de namorar o ator Tim Robbins, com quem ficou casada por 23 anos.

Momentos da infância da rainha Elizabeth II são mostrados em vídeo caseiro

Após "Império", Chay Suede vai gravar dueto com Alexandre Nero - 1 (© Instagram)

A Rainha Elizabeth II autorizou que imagens caseiras de sua família fossem divulgadas na exposição Royal Childhood - Infância da Realeza, no Palácio de Buckingham, em Londres.
No vídeo é possível ver a rainha ainda criança brincando no palácio ao lado da irmã mais nova, Margaret.
Entre os momentos apresentados estão a jovem Elizabeth II, ainda chamada de princesa Isabel, seu nome de batismo, brincando na gangorra com Margaret. Depois ela dança com a irmã e a mãe no hall do palácio e ainda é imitada por Margaret em alguns gestos, segundo informações da revista 'Caras'.
O vídeo também mostra Elizabeth II com o seus filhos Charles e Anne, que também correm e brincam pelo jardim da realeza.
A exposição traz brinquedos, roupas e lembranças da infância de diversos membros da família real, incluindo peças até do príncipe George. O local ficará aberto para visitação de 26 de julho até 28 de setembro.

'As relações estão muito banais', declara Paula Barbosa

Após "Império", Chay Suede vai gravar dueto com Alexandre Nero - 1 (© Instagram)

Paula Barbosa interpreta Gina em 'Meu Pedacinho de Chão', novela das 18h da Globo, personagem de cara amarrada, mas muito amorosa, que acaba vivendo um romance com Ferdinando (Johnny Massaro).
Para a atriz, o amor entre personagens trouxe de volta o romantismo inocente para as telinhas.
'As relações estão muito banais. Não é uma crítica às novelas. De repente, você vem com uma história de amor de verdade, onde a menina está se descobrindo mulher, e essa trama encanta. Estou percebendo isso, o povo tem gostado. É gente mais velha também, que falta a faculdade para assistir. Talvez esteja faltando isso em todos os horários e na vida real também', contou ao jornal 'O Globo'.
Nada em Gina é simples. Para viver a personagem bicho do mato, Paula usa megahair no cabelo, uma transformação que pode demorar três horas. Além dos figurinos inspirados nos séculos XVIII e XIX, com a mistura de diversos materiais, como rendas, tecidos tecnológicos, vinil e borracha.
'Não tem nada simples. A bota, por exemplo, tem que ficar dando mil voltas no cadarço. O corselete tem detalhes com espinhos, mangas cheias de nós e elementos de metais que remetem a uma algema. É uma simbologia para a libertação dela, que, talvez, por sua criação tenha demorado a se apaixonar e beijar alguém', explicou.
Neta do autor de “Meu pedacinho de chão”, Benedito Ruy Barbosa, Paula conta ter sofrido preconceito no início da carreira.
'Quando comecei na TV, o pessoal pegou um pouco pesado por eu ser neta dele, sabe? E meu avô teve inúmeras conversas comigo. Dizia: 'É isso que você quer para a vida? Saiba que terá os prós e contras'. Ele sempre me cobrou e aconselhou a fazer cursos e workshops. Depois de 'Paraíso', ele me ligou para me parabenizar. E deu a notícia chorando: 'Você vai ser a Gina de ‘Meu pedacinho de chão’'. Ele já me visualizava como a personagem ali', lembrou.
Paula namora há três anos o músico Diego Dália, com quem planeja se casar, e o temperamento explosivo de Gina rendia brincadeiras entre o casal.
'Quando fico irritada, ele fala: 'Gina, sai desse corpo!'. Também tirava sarro com o fato de eu não depilar a perna e a axila por causa da personagem: 'Está peluda, hein?', dizia. Mas agora não tem do que reclamar porque voltei a me cuidar com a nova fase da Gina.'

'É como brincar de boneca ou assaltar o guarda-roupa da mãe', diz Leandra Leal

Após "Império", Chay Suede vai gravar dueto com Alexandre Nero - 1 (© Instagram)

Leandra Leal alongou os cabelos e adotou as unhas postiças para a interpretar Cristina, suposta filha de José Alfredo (Alexandre Nero), em 'Império'.
'É como brincar de boneca ou assaltar o guarda-roupa da mãe. Achei que minha personagem na novela tinha que ter unha comprida. Tipo as da Rogéria, que diz que mulher tem que ter garras', contou ao jornal 'Folha de S. Paulo'.
Ao citar Rogéria, Leandra se refere à estrela do documentário 'Divinas Divas', do qual é diretora e produtora. O longa conta a trajetória dos primeiros artistas homens que se travestiram nos palcos cariocas nos anos 1960.
Veterana nas telinhas, ela diz não temer a pressão por audiência. 
'Novela das oito é uma instituição. Tem uma visibilidade grande, expectativa, cobrança. Mas isso não faz parte do meu trabalho. Cabe a mim entrar em cena e jogar com meus colegas de elenco', explicou.
O primeiro trabalho de Leandra foi aos 20 dias de vida, quando subiu ao palco para participar de uma peça protagonizada pela mãe, Ângela Leal. Cresceu dentro de um teatro, o Rival, fundado por seu avô, no centro do Rio, e aos 13 anos, ganhava prêmios pela atuação em 'A Ostra e o Vento' de 1997.
'Costumo falar que sou criança de circo: nasceu naquele lugar e assim vai. Não houve um momento de dizer: 'Isso é a minha profissão'. Não me deslumbro, sei o quanto a profissão pode ser ingrata. É difícil envelhecer nela. Minha mãe e amigos dela são exemplos de que é possível fazer uma carreira duradoura, mas não é fácil. Ser ator é escolha diária', explicou.
Como diretora e produtora de cinema encara outros desafios: 'Quando comecei a produzir, passei a achar que ir para o Projac [estúdios da Globo] é férias. É uma batalha por grana, para exibir, mas ao mesmo tempo é incrível participar de todo o processo'.
Leandra ainda está em cartaz com o longa 'O Lobo Atrás da Porta', em que faz Rosa, amante de Bernardo [Milhem Cortaz]. As cenas de sexo deram o que falar, mas a atriz vê tudo com naturalidade.
'É normal ter repercussão. Só quando é exagerada demonstra caretice. Acho linda a imagem de um corpo nu. Qualquer um, não só o corpo perfeito. No filme, está no contexto. É um amor doentio, em que o sexo é componente importante. Não dá para contar essa história sem se despir.'

'Trabalhei muito, nada aconteceu de repente', afirma Andreia Horta

Após "Império", Chay Suede vai gravar dueto com Alexandre Nero - 1 (© Instagram)

Responsável por um dos principais papéis femininos em 'Império', novela das 21h da Globo, Andreia Horta lembra que para chegar ao sucesso, nada caiu do céu e que o primeiro emprego foi na adolescência.
“Comecei a trabalhar com 14 anos em uma agência de mensagens por telefone. Sabe aquelas mensagens de aniversário, de declaração de amor, de amizade? Eu ajudava o cliente a escolher e depois ligava para a pessoa que receberia a mensagem. Também trabalhei na secretaria do colégio em que estudava para ter desconto na mensalidade. Trabalhei muito, nada aconteceu de repente, tudo foi acontecendo de um modo natural e progressivo. Por isso, não há espaço para deslumbre”, contou ao jornal 'O Dia'.
Andreia e sua atual personagem, a designer de joias Maria Clara, têm afinidades, uma delas, o pé no chão.
'A Maria Clara é rica, mas não é mimada, é uma profissional competente, premiada, que não vive do dinheiro do pai [José Alfredo/Alexandre Nero]”,explicou.
O amor pelas pedras preciosas é outro gosto em comum. 
“Sempre gostei de passar em frente a uma joalheria e ficar olhando, mas agora tenho um olhar mais apurado. Joia é uma obra de arte. Cada lapidação é única, nenhuma pedra é igual a outra. Essa singularidade é muito apreciada por mim”, revelou. 
Mesmo depois de conquistar seus objetivos e sonhos, Andreia ainda guarda muito da menina do interior que deixou a sua cidade natal na juventude para ir em busca do seu sonho. 
“No meu íntimo, sou a mesma pessoa. E não quero perder a minha essência. Sempre dei valor às coisas mais simples, de estar confortável desde o tênis até o pensamento. Nunca gostei de falar de mim e continuo protegendo a minha intimidade ao máximo porque o que é público é o meu trabalho.”
Há três anos, Andreia namora o diretor de núcleo da novela 'Império', Rogério Gomes.
“Eu adoro trabalhar com o Rogério. Esse é o terceiro trabalho consecutivo juntos [antes, fizeram ‘Amor Eterno Amor’ e ‘A Teia’]. Existe uma comunicação profissional que é boa, mas, como a novela tem vários diretores, tem dias em que a gente nem se vê no Projac. Só vejo o lado bom de trabalhar com o Rogério”, declarou. 
Talvez um dos segredos do sucesso da parceria esteja em tentar evitar levar assuntos profissionais para a vida íntima: “Procuramos não falar de trabalho em casa. A gente troca, comenta uma cena ou outra, conversa sobre a novela, só que a gente não trabalha em casa”. 

Jennifer Lopez aparece montada em um leão em seu bolo de aniversário

Jennifer Lopez comemorou seu aniversário em uma sofisticada festa em Hamptons, nos Estados Unidos, cheia de celebridades, incluindo o suposto novo namorado da cantora, Maksim Chmerkovskiy. A celebração contou ainda com um bolo que trazia a cantora montada em um leão.
Na enorme escultura, em cima de um bolo com cerca de 1,2 metro, a cantora aparece com o histórico vestido verde da Versace, que ela usou no Grammy de 2000.
Uma fonte do 'New York Post' revelou que o restaurante onde ocorreu a festa estava todo decorado em azul e que ela chegou ao local por volta das 22h com 'Jenny From the Block' tocando ao fundo. A festa durou até 4h da manhã.

Após "Império", Chay Suede vai gravar dueto com Alexandre Nero - 1 (© Instagram)

Sheila Mello e Scheila Carvalho voltam à estrada para se despedir dos holofotes

Após "Império", Chay Suede vai gravar dueto com Alexandre Nero - 1 (© Instagram)

Onze anos após se separarem, Sheila Mello e Scheila Carvalho decidiram voltar à estrada e se despedir dos holofotes. Após o fim desse novo projeto, cada uma seguirá o seu caminho.
'O palco me fez muito feliz, mas tem a questão financeira para ser pensada e pesada”, disse Sheila Mello, a eterna “nova loira do Tchan”, que está estudando bioenergética para atuar como preparadora corporal.
Já Scheila Carvalho irá se dedicar integralmente à religião: “Hoje, estou mais para o lado cristão, e algumas coisas não têm a ver com o que eu venho lendo na Bíblia, não fazem mais sentido. Ainda não me converti, estou em fase de entendimento, buscando a palavra. Entrego sempre nas mãos de Deus”.
Casadas, as duas vivem o dilema de conciliar a agenda de shows por todo o País, com a responsabilidade de criar as filhas pequenas.
“Levei essa questão para terapeuta, e ela me disse que é melhor lidar com isso do que minha filha [Brenda, de 1 ano] ter uma mãe frustrada. Quando eu saí do Tchan, tentei montar um grupo de dança, mas não funcionou. Isso foi a minha maior frustração”, disse.
Já Carvalho tem se sacrificado um pouco mais: ela tem deixado o marido, Tony Salles, e a filha, Giulia, de 4 anos, em Salvador, para os ensaios em São Paulo.
Sobre o projeto 'As Sheilas Sob as Luzes', Mello explica que surpreendeu a morena em março com o convite.
“Eu já estava no teatro, exercendo o meu lado artístico. Ela tinha muita vontade de voltar aos palcos e vivia me namorando.'
Shortinhos e barriga de fora? Não mais. O figurino agora é outro, são roupas inspiradas em divas do pop internacional. Já as músicas vão além dos clássicos do Tchan.
'É uma nova concepção, que mistura as músicas do Tchan com outros estilos de dança como stiletto [Beyoncé e Anitta], samba e jazz”, disse Sheila Mello.

'Feliz por ter um casamento restaurado a cada dia', diz Carol Celico

Após "Império", Chay Suede vai gravar dueto com Alexandre Nero - 1 (© Instagram)

Carol Celico usou sua conta no Instagram, no sábado (26), para agradecer o carinho que recebeu em seu aniversário, comemorado na última sexta-feira (25).
A mulher do jogador Kaká publicou uma foto dando um beijo no marido.
'26 de julho é sempre cheio de alegrias! Dia das avós e dia que eu nasci! Dia de receber carinho imensurável de tudo que eu amo. Ontem à noite fui capaz de celebrar as muitas alegrias, junto com a família e amigos, no meu amado país e cidade natal (...). Eu nunca estive tão feliz! Feliz por fazer 27, ao lado do meu marido, que por causa do trabalho nunca pode estar comigo nessa data! Feliz por ter um casamento restaurado a cada dia. Feliz por estar vivendo no Brasil.(...) Fico feliz por ter tido a melhor festa da minha vida. (...) O passado me ensinou valores extremamente importantes! Eu nunca estive tão feliz em tantas áreas da minha vida: espiritual, familiar, profissional, filantrópica, emocional. Me sinto cheia de vida, luz, paz e amor para dar', escreveu.
Mais cedo, no mesmo dia, Kaká usou a mesma rede social para prestar uma homenagem para a mulher. O jogador publicou uma foto da mulher e lhe mandou uma mensagem: 'Parabéns @cacelico [Carol Celico], feliz aniversário! Tudo de bom para você. Meu desejo e oração é pra que você seja feliz todos os dias da tua vida, e mesmo quando isso não for possível, que você tenha sempre bom ânimo, pois o Senhor é contigo. Te amo!'