Linguiça - Moreira Artesanal

Linguiça - Moreira Artesanal

Cabeça's Barbearia

Cabeça's Barbearia
Av. Pres. Castelo Branco, Sumaré /anexo ao posto Shell, Caraguatatuba, (12) 99616-7705

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Crivella discute as demandas do Rio com lideranças na Zona Norte‏

Em Madureira, o senador Marcelo Crivella foi recebido, na manhã deste sábado, por diversas lideranças políticas, comunitárias, religiosas, e representantes de classe para debater as demandas do Rio de Janeiro. 

A vereadora do Rio, Tania Bastos defendeu o caráter e a idoneidade do senador. "O povo do nosso município vem sofrendo muito com essa política que segrega. Acreditamos no Crivella, porque ele nunca vai colocar os seus interesses pessoais acima dos interesses do povo", declarou. 

O diretor-executivo, Instituto Nacional de Desenvolvimento Humano, Diego Gomes salientou as dificuldades enfrentadas pela população do Rio. "As mudanças que vêm sendo realizadas na capital só beneficiam os mais ricos e discriminam os menos favorecidos. Temos certeza de que só com Crivella na gestão municipal isso pode mudar", afirmou. 

O senador alertou para a falta de investimento igualitário no município. "As modificações que fizemos de anos atrás até hoje não beneficiaram o nosso povo como um todo. A política discriminatória levou a população a viver em comunidades carentes que até hoje sofrem com a ausência de serviços públicos. O Rio de Janeiro é uma das cidades mais violentas do país porque nós fomos divididos. Precisamos construir um Rio para todos. Hoje ele não é", enfatizou Crivella.

Participaram da reunião a deputada estadual Tia Ju; o presidente da Associação de Moradores da Comunidade da Formiga, Sr. José Ricardo Araújo; e do Engenho da Rainha, Jean Pierre; o presidente da Federação de Esportes Radicais, Eduardo Gringo; o presidente da Convenção de Ministros de Igrejas do Brasil, Bp. Alessandro Machado; a liderança do Complexo do Fubá, Janete Mara; a presidente estadual da Unegro, Claudia Vitalino; a diretora-executiva da Federação das Associações de Favelas do Estado do Rio de Janeiro, Lenilda Campos; além de representantes do Judiciário e empresários. 

Imagem inline 1

Não vamos descaçar

Na tarde do dia 09/10/2015 por voltadas 16h23min eu procurei o Ministério Público de Caraguatatuba e com tristeza recebi resposta do Ministério Público de Caraguatatuba que a minha REPRESENTAÇÃO FOI INDEFERIDA E CONFORME UM BREVE RELATO O SENHOR PROMOTOR (segue na integra a resposta com fotos abaixo). Com esta resposta eu assumo o compromisso de aumentar a fiscalização em todos os órgãos públicos e firme em defesa dos interesses do Cidadão Caiçara que reside e tem seus negócios na cidade de Caraguatatuba. Aproveito para informar que esta batalha só começou e não vamos desistir enquanto a lei não for cumprida.

Informo aos meus seguidores que já tem um procedimento no MP em andamento sob o nº 43.0233.0000500/2015-5. Ai eu pergunto as autoridades. “PORQUE O TAC NÃO FOI CUMPRIDO?”

No dia 23 de setembro de 2015 eu apresentei ao Ministério Público de Caraguatatuba uma representação (protocolo geral nº 1405 datado de 24 de setembro de 2015).


Ficou acertado que na próxima semana após o feriado o Dr. Leonardo Alberecht Neto, promotor de justiça substituto vai marcar uma reunião e analisar TAC, DENUNCIAS e as REPRESENTAÇÕES.

Reforma da PRAÇA DE EVENTO DO CENTRO de Caraguatatuba, pode esta sendo reformada de forma errada e aqui vai mais uma colaboração do Blog do Guilherme Araújo para os senhores gestores municipais.

Atenção senhor secretário municipal de obras públicas senhor João Benavides Alarcon, secretário municipal serviços público senhor Sergio Arnaldo Braz e outros secretários... Na tarde de hoje, eu recebi à denuncia de que a cobertura de concreto que esta sendo colocada encima do piso na PRAÇA DE EVENTO DO CENTRO, esta sendo colocada supostamente de forma incorreta... Após receber à denuncia, fui ao local e constatei que algo esta errado e para não passar a informação errada, procurei profissional da area de construção (mestre de obras) e este me informou que: para se refazer o piso aqui citado, é necessário colocar uma tela de ferro entre o piso antigo e o concreto para que não venha solta com facilidade.
Peço aos senhores secretários e os engenheiros da prefeitura de Caraguatatuba envolvidos nesta obra assim como o prefeito de Caraguatatuba senhor Antonio Carlos da Silva que vá ao local e de uma olhada no que esta sendo feito para que o dinheiro dos contribuintes não seja jogado no ralo... Já temos fotos para uma possível ação através do Ministério Público.













Delegacia Virtual do Estado de São Paulo

Delegacia Virtual do Estado do Rio de Janeiro