A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Carros da Ford produzidos no Brasil terão sistema para controlar apps por voz Até o final do ano, o sistema AppLink começará a ser oferecido nos veículos da marca que já possuem a tecnologia SYNC

Carros da Ford produzidos no Brasil terão sistema para controlar apps por voz

Durante a Campus Party, maior evento de tecnologia do Brasil, a Ford anunciou que vai introduzir em seus veículos produzidos no Brasil em 2014 o SYNC AppLink, sistema que permite ao usuário utilizar aplicativos nos veículos a partir de comandos por voz.
Segundo o vice-presidente de Assuntos Corporativos da Ford América do Sul, Rogelio Goldfarb, até o final do ano, o sistema começará a ser oferecido nos veículos da marca que já possuem o SYNC, tecnologia pela qual o motorista pode controlar diversos itens no carro por comando de voz, como ar condicionado, fazer ligações no smartphone, mudar música, entre outros. Hoje, o equipamento hoje está presente em mais de 10 milhões de veículos no mundo, incluindo os modelos New Fiesta, Focus, Fusion, EcoSport e Edge no Brasil.
Depois do lançamento nos Estados Unidos, o AppLink está sendo introduzido no Brasil e em outros mercados da América do Sul e da Europa. O sistema foi implantado com foco em segurança, já que podem ser controlados por voz, e é compatível com o iPhone 3GS ao iPhone 5. Além destes, também conecta-se ao Android OS 2.1 ou mais atual e o BlackBerry OS 5.0 ou mais atual.
"Os automóveis são hoje plataformas de tecnologia móvel. As pessoas passam cada vez mais tempo em seus carros, que estão cada vez mais tecnológicos, e esperam deles muito mais que desempenho e eficiência", disse Doug VanDagens, diretor global de Serviços de Conectividade da Ford, também presente no anúncio e um dos palestrantes da Campus Party 2014. "Continuamos trabalhando para entregar a conectividade que o consumidor quer, mas de forma que ele possa fazer isso com segurança."     

Ford apresenta versão sedã de novo Ka Com design mais esportivo, Ka Concept 4-Portas chegará ao mercado para conquistar segmento de compactos no País

Ford apresenta versão sedã de novo Ka

A Ford apresentou na última segunda-feira, em São Paulo, a versão sedã do Ka Concept, apresentado em dezembro no País. A nova aposta no segmento de compactos da Ford foi revelado em um evento simultâneo com a Índia e deve chegar às concessionárias ainda neste ano.
Assim como o EcoSport e a versão Hatch, o Ka Concept 4-Portas é um projeto global desenvolvido sob liderança do Brasil. "O Ka Concept 4-Portas é mais um exemplo da capacidade do design e da engenharia brasileira e resultado dos grandes investimentos que temos feito no País para montar uma estrutura robusta de desenvolvimento do produto e manufatura", disse o presidente da Ford América do Sul, Steven Armstrong.
Segundo o presidente, o lançamento, juntamente com a versão Hatch, faz parte da estratégia da montadora para atender à demanda do segmento de compactos no País, que representa 60% da indústria e também é o que reúne o maior número de competidores.
Os conceitos apresentados no Brasil e na Índia têm algumas diferenças. O modelo indiano é um pouco mais curto, dentro da estratégia da marca de atender as preferências dos consumidores de cada mercado com o projeto global.
O Ka Concept sedã apresentou um design mais esportivo, com formas aperfeiçoadas por testes de túnel de vendo para aprimorar a aerodinâmica, reduzir o ruído do vendo e oferecer uma rodagem mais silenciosa. Ele apresenta um capô de aparência robusta - uma das marcas da Ford - e faróis alongados com formas parabólicas internas. Na traseira, o para-bisa é inclinado para compor um perfil mais “ágil” e elegante.
Na cabine, o Ka Concept 4-Portas tem portas-objeto e avanços tecnológicos, como o MyFord Dock, para usar, guardar e recarregar aparelhos como celular, tocadores de MP3 e navegadores GPS, integrados com o sistema de conectividade do veículo.
"Os consumidores querem cada vez mais dos seus carros, mesmo quando se trata da primeira compra", explica Steven Armstrong. "Eles exigem economia de combustível, baixo custo de propriedade, interior espaçoso. O Ka Concept 4-Portas oferece isso e muito mais, com design moderno, segurança e recursos inteligentes que ajudam a transformar a experiência de dirigir."

Pedidos de falência recuaram 21% em janeiro As falências decretadas também diminuíram 14,1% no primeiro mês do ano

Pedidos de falência recuaram 21% em janeiro

Os pedidos de falência recuaram 21% em janeiro, na comparação com dezembro do ano passado. Na comparação com janeiro de 2013, os pedidos de falência recuram 17,5%. Os dados fazem parte de um levantamento da Boa Vista Serviços, administradora do SCPC, divulgado nesta terça-feira (4).
 As falências decretadas diminuíram 14,1% em janeiro, na comparação mensal, enquanto no confronto anual houve aumento de 27,1%.
Em relação aos pedidos de recuperação judicial, os dados indicam que houve expansão de 2,1% em relação a janeiro de 2013. Já as recuperações judiciais deferidas recuaram 50,6%.
A Boa Vista explica que algumas expectativas favoráveis da economia, como o mercado de trabalho aquecido e a queda da inadimplência de empresas e de consumidores podem contribuir para que os pedidos de falência continuem em queda no início de 2014. "Assim como as recuperações judiciais requeridas e deferidas também podem manter a tendência de desaceleração. As falências decretadas também tendem a iniciar trajetória de queda, em decorrência do recuo dos pedidos de falências em 2013.”

Apagão afeta municípios de SP, RJ, RS e PR Em nota, o ONS informou que a causa do apagão nas regiões se deve a uma "perturbação" no Sistema Interligado Nacional

Apagão afeta municípios de SP, RJ, RS e PR

Uma falha no sistema elétrico interrompeu parte da transmissão de energia entre o Norte e o Sudeste do País na tarde desta terça-feira (4), causando falhas no abastecimento em cidades dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Paraná, entre outros. Segundo o ONS (Operador Nacional do Sistema), o problema já foi corrigido.
Em nota divulgada à imprensa, o ONS informou que a causa do apagão nas regiões se deve a uma “perturbação” no Sistema Interligado Nacional, que causou a abertura da interligação em 500 kV entre as regiões, interrompendo o fluxo de 5 mil MW.
“Para evitar a propagação do evento, houve atuação do primeiro estágio do Esquema Regional de Alívio de Carga (ERAC), causando o desligamento automático de cargas pré-selecionadas pelos agentes distribuidores locais, visando restabelecer a frequência do sistema”, disse, acrescentando que já foi iniciado o processo de recomposição das cargas desligadas.
São Paulo
Segundo a AES Eletropaulo, a falha afetou o fornecimento de energia às 14h03 nos municípios de Cotia, Vargem Grande Paulista, Embu e Diadema da área de concessão da distribuidora. Os bairros da capital paulista também foram impactados, como o Capão Redondo, Pedreira, Cidade Ademar, Mooca, São Mateus, Vila Prudente, Itaquera, Vila Mariana, Guaianases e Vila Matilde.
A interligação foi normalizada às 14h58, de acordo com a AES Eletropaulo.

Março é o mês mais barato para comprar passagens aéreas; veja dicas para economizar Garantir passagens com cinco meses de antecedência permite uma economia média de 5%

Março é o mês mais barato para comprar passagens aéreas; veja dicas para economizar

Se você planeja suas férias, mas precisa economizar, o ideal é escolher o mês de março para viajar, comprando, de preferência, passagens com até 22 semanas de antecedência.
Um estudo do buscador de viagens Skyscanner mostrou que março é o mês mais barato do ano para comprar passagens aéreas, com quase 15% de desconto, em relação ao preço médio nos demais meses. Além disso, garantir passagens com cinco meses de antecedência permite uma economia média de 5% na comparação com os valores médios dos bilhetes.
Mas esses valores podem se tornar ainda mais atrativos dependendo do destino. "Nossa análise indicou que para garantir as passagens mais baratas para os Estados Unidos o melhor é marcar os voos até 6 semanas antes da partida, o que pode garantir uma economia de 28%”, diz Diretor de B2B do Skyscanner, Filip Filipov.
Já para quem planeja viajar ao Reino Unido, Filipov diz que o ideal é comprar as passagens com até 17 semanas de antecedência, o que pode gerar uma economia de 26%. Já para Espanha o mais adequado é marcar os voos com até 16 semanas de antecipação, enquanto para Itália o melhor é comprar até 10 semanas antes e para Portugal, 19 semanas.
Dicas
Se você quer pagar pouco em sua próxima viagem, o Skyscanner relacionou mais dicas para garantir os melhores preços das passagens aéreas:
1. Atenção ao marcar os voos
Para assegurar as tarifas mais baratas não basta apenas estar atento em quando comprar, mas também evitando, por exemplo, as altas temporadas e finais de semana, além de optar por voos com escalas ou para aeroportos próximos e escolher companhias aéreas diferentes para os voos de ida e volta.
2. Compare
Usar um site de comparação de preços ou em sites de descontos permite avaliar uma grande quantidade de companhias aéreas e agências de viagem, trazendo opções para garantir a melhor compra.
3. Acompanhe os preços
O estudo do Skyscanner confirma que uma das melhores formas de encontrar uma passagem aérea em promoção é acompanhar as variações das tarifas. O mais indicado é fazer este acompanhamento nos meses anteriores da partida e comprar quando achar que o bilhete está no preço desejado.