A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

ESSA É FRESQUINHA...

Angelina Jolie é eleita a mulher mais elegante do mundo

Madri, 23 nov (EFE).- A atriz Angelina Jolie é a mulher mais elegante do mundo de 2011 elegeu um júri da revista espanhola 'Hola', que na segunda posição colocou Catherine Middleton, a duquesa de Cambridge, e em terceiro Carlota Casiraghi, a filha de Caroline de Mônaco.
'Sensualidade, sensibilidade e solidariedade'. Assim a revista espanhola definiu a esposa de Brad Pitt, que abandonou sua fase gótica, na qual predominava o preto, o couro e a agressividade, e aposta agora por 'vestidos longos com sugestivas aberturas que deixam ver suas pernas torneadas'.
'Ela não tem concorrente no tapete vermelho', afirmou o júri da revista, formado por personalidades do mundo da moda como Oscar de la Renta, Elie Saab, Manolo Blahnik e Roberto Cavalli.
Já a segunda colocada, Kate Middleton, esposa do príncipe William da Inglaterra, 'soube como ninguém coroar de fantasia a elegância', na opinião do mesmo júri.
O terceiro lugar coube a Carlota Casiraghi, que empatou com a socialite espanhola Nati Abascal e a esposa do xeque do Catar.
Na sequência das mais elegantes aparecem as atrizes Diane Kruger e Sarah Jessica Parker, a princesa Caroline de Mônaco, a atriz e cantora Carla Bruni - esposa do presidente Nicolas Sarkozy -, Isabel Preysler e Nieves Álvarez. Completa a lista a princesa de Astúrias, Letizia Ortiz.
O mesmo júri escolheu as mulheres com mais estilo de 2011. A lista é liderada por Carlota Casiraghi, 'ícone do século 21', seguida da atriz britânica Keira Knightley e da americana Gwyneth Paltrow.
Outras mulheres elevadas ao Olimpo do estilo são Sarah Jessica Parker, a estrela de televisão nova-iorquina Olivia Palermo, a modelo australiana Elle MacPherson e a russa Natalia Vodianova.
Entre tantas celebridades internacionais se nota neste ano a ausência de latinas, representadas apenas pela modelo brasileira Alessandra Ambrosio, a nona mulher com mais estilo do mundo. EFE

PH questiona corte de R$ 5 milhões da Saúde, mas requerimento é rejeitado


O vereador PH apresentou um requerimento na sessão desta terça-feira (22/11) pedindo explicações ao prefeito sobre o corte de R$ 5 milhões da Secretaria de Saúde. O valor foi transferido para outras pastas. No requerimento, PH apenas indagava se o Conselho Municipal de Saúde havia aprovado esta operação.


Mas os vereadores da base governista se posicionaram contrários ao questionamento que acabou sendo rejeitado por 7 votos a 2. Além de PH, somente o vereador Amilton Pacheco foi favorável à aprovação.

Convocação negada

Em outro requerimento, PH pretendia convocar o secretário de Habitação para falar sobre assuntos ligados a sua pasta. Mais uma vez o placar da votação se repetiu e os vereadores aliados ao prefeito livraram o secretário de prestar contas na Câmara.
O presidente Artur Balut entende que a rejeição do requerimento deixa a imagem do Legislativo desgastada perante a população. Por ocupar a presidência, Artur só vota em caso de empate, mas fez questão de ressaltar que era favorável à convocação.
PH lamentou o resultado das votações e citou os questionamentos que gostaria de fazer ao secretário de Habitação. “Recebi algumas mensagens de associações de bairros que consideram o Plano Diretor muito vago quando trata de habitação de interesse social”, comenta.
Ele lembra também que no próximo sábado (26/11) completa um ano desde que foi sancionada a primeira Zeis do município no atual governo. “Precisamos saber que ações foram tomadas nestas áreas e como está o processo de regularização fundiária”, justifica PH. “Temos um déficit habitacional de quase 5 mil moradias. Havia a promessa de, ao menos, reduzir esse déficit com a construção de casas populares. Mas passados três anos, nenhuma foi entregue”, completa o vereador.

Afrah Modas tem novidades para você mulher e homem

Funções do prefeito

Antes de saber quais são as funções do prefeito, é importante conhecer primeiro o significado do termo. Prefeito corresponde a uma pessoa que ocupa um cargo no poder Executivo em um determinado município e a prefeitura é o local onde são desenvolvidas as atividades. O prefeito é o chefe do Poder Executivo na esfera municipal.

As principais funções do prefeito:

• Governar a cidade de forma conjunta com os vereadores.


• Funções atribuídas às áreas políticas, executivas e administrativas.


• Representante do povo na busca por melhoria do município, oferecendo boa qualidade de vida aos habitantes.


• Reivindicar convênios, benefícios, auxílios para o município que representa.


• Apresentação de projetos de Leis à Câmara Municipal, sancionar, promulgar, além de publicá-las e vetá-las. Cabe ao prefeito também convocar a Câmara em casos excepcionais.


• Intermediar politicamente com outras esferas do poder, sempre com intuito de beneficiar o município.


• Representante máximo do município de forma legal.


• Atender à comunidade, ouvindo suas reivindicações e anseios.


• Quanto às funções executivas, cabe ao prefeito planejar, comandar, coordenar, controlar entre outras atividades relacionadas com o cargo.


• Zelar pela limpeza da cidade, manter postos de saúde, escolas e creches, transporte público entre outras atribuições.


• Administrar os impostos (IPVA, IPTU, ITU) e aplicá-los da melhor forma.

Algumas determinações da Legislação eleitoral

Votar representa o exercício da cidadania, a cada quatro anos há eleições para a escolha de prefeitos e vereadores. As eleições para escolha de presidente, senadores, governadores e deputados também ocorrem no mesmo intervalo de tempo, de quatro em quatro anos. Porém, em anos distintos. A votação ocorre simultaneamente, ou seja, as eleições para governo/presidência e prefeito ocorrem em anos diferentes, mas em cada caso são escolhidos também deputados, senadores e vereadores.

Um candidato para ser eleito precisa ter a maioria dos votos, nesse caso, votos nulos e brancos não valem.


Para a realização das campanhas políticas são necessários recursos financeiros, os partidos políticos arcam com tais gastos e financiam seus respectivos candidatos. Cada partido deve abrir uma conta bancária para registrar todas as transações financeiras.


As empresas que atuam em pesquisa de opinião pública devem, obrigatoriamente, apresentar os dados coletados à Justiça Eleitoral cinco dias antes da divulgação ao público; além de fornecer informações acerca de quem contratou os serviços, a origem dos recursos e muitas outras necessárias.


A apresentação de propagandas eleitorais nos meios de comunicação, como rádio e TV, são liberadas a partir do dia 5 de julho do ano da eleição.


Quanto ao sistema de votação, o Brasil se destaca no cenário mundial, a votação e a contagem são feitas eletronicamente.


Atualmente os candidatos não podem pregar adesivos ou qualquer material relacionado com a campanha eleitoral em postes, muros, pontos de ônibus entre outros lugares públicos, além de serem proibidos comícios com a apresentação de artistas.


Nos dias das eleições, as pessoas que, por ventura, divulgarem o nome de algum candidato podem ser detidas e poderão permanecer em cárcere por um período que varia de seis a um ano ou condenado à prestação de serviços comunitários e multa.

A Importância do voto


O eleitor, na hora de votar, deve escolher bons candidatos.
O voto é um direito de todos os seres humanos que vivem em regime democrático, que consiste em escolher individualmente o candidato que assumirá a representação de toda a sociedade.

Para determinar o candidato a ser votado, as pessoas precisam avaliar seus planos e projetos para melhorias na região. A conscientização da população para o voto justo e incorruptível é uma boa maneira de diminuir a quantidade de pessoas subornadas e compradas ilegalmente, e o policiamento nos locais de votação.


Apesar de o voto no Brasil ser obrigatório para todas as pessoas alfabetizadas com idade entre 18 e 70 anos, ele contribui para eleger uma pessoa de forma legal, já que a lei prevê que uma pessoa somente poderá assumir cargos governamentais se elegidos com maior número de votação. É importante que o voto seja realizado a partir da satisfação do eleitor no candidato e nas possibilidades de melhoria, pois o voto não deve ser visto como uma troca de favores, quando o eleitor vota e ganha com isso dinheiro, cesta básica, brinquedos, asfalto e outras coisas.


A compra de votos é ilegal, bem como a boca de urna, onde um representante de determinado candidato tenta convencer as pessoas a elegê-lo. Vale lembrar que uma pessoa capaz de utilizar de suborno e compra de votos não será um bom representante da nação ou região, pois a corrupção se mostra antes mesmo da posse do cargo público, já que busca se promover através de métodos ilegais.


No período de votação é necessário assistir o planejamento feito por cada candidato e ainda atentar para os debates feitos em emissoras de TV, pois tais debates revelam muito sobre cada candidato.
Por: Guilherme Araújo
Consultor de negocios e politicas

Participe da Audiência Pública sobre a Região Metropolitana

Nesta segunda-feira (28/11/2011) você é nosso convidado para a audiência pública que discutirá a criação da Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte. O encontro será às 19h, no Teatro Mario Covas, e integra a agenda de reuniões promovidas pela Assembleia Legislativa do Estado sobre o Projeto de Lei Complementar que cria a RM Vale e Litoral.

Estarão presentes na audiência em Caraguá o prefeito Antonio Carlos da Silva, o secretário de Estado de Desenvolvimento Metropolitano, Edson Aparecido, deputados estaduais, prefeitos e vereadores da região, ONG’s, empresários e as comunidades organizadas.

Sua participação é muito importante! Serão abordados temas referentes ao planejamento e gestão de questões importantes que afetam as 39 cidades do Vale do Paraíba e Litoral Norte.

 Serviço:

Audiência Pública sobre a Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte
28 de novembro de 2011, às 19h
Teatro Mario Covas – Avenida Goiás, 187, Indaiá

As principais funções do vereador:

O vereador é um membro da Câmara Municipal que exerce seu cargo em favor de um município, o mandato dura 4 anos e o cargo enquadra-se no poder legislativo. Sua função é fiscalizar o trabalho do prefeito e os gastos ligados ao orçamento anual, sendo assim, é o representante do povo.

As principais funções do vereador:


• Analisar e aprovar leis ligadas à prefeitura e ao poder executivo.


• Fiscalizar vários órgãos da prefeitura, além de requerer prestação de conta por parte do prefeito.


• Votar projetos de lei.


• Receber os eleitores e ouvir sugestões, críticas, reivindicações.


• Promover a ligação entre eleitores da região que representa e o governo.


• Elaborar e redigir projetos.


• Criar leis com intuito de formar uma sociedade mais justa.

Por Guilherme Araújo
Consultor de negocios e politicas

As funções do Vereador


Poder Legislativo Municipal
A Câmara de Vereadores exerce a função do Poder Legislativo na esfera municipal. Os vereadores são eleitos através do voto direto, cujo mandato tem duração de quatro anos, sendo a reeleição ilimitada. A quantidade de membros desse cargo político é estabelecida através do contingente populacional de cada município (quanto mais habitantes, maior será o número de vereadores de uma cidade). Contudo, foi estabelecido um número mínimo de 9 e um máximo de 55 vereadores por município. Para se candidatar é necessário atender aos seguintes requisitos:
- Ter nacionalidade brasileira;
- Estar filiado em algum partido político;
- Ter idade mínima de 18 anos;
- Possuir domicílio eleitoral no município pelo qual concorre ao cargo;
- Ter pleno exercício dos direitos políticos.
Os vereadores são eleitos juntamente com o prefeito de um município, no qual os primeiros têm a função de discutir as questões locais e fiscalizar o ato do Executivo Municipal (Prefeito) com relação à administração e gastos do orçamento. Eles devem trabalhar em função da melhoria da qualidade de vida da população, elaborando leis, recebendo o povo, atendendo às reivindicações, desempenhando a função de mediador entre os habitantes e o prefeito.
Outra importante atribuição a um vereador é a elaboração da Lei Orgânica do Município. Esse documento consiste numa espécie de Constituição Municipal, na qual há um conjunto de medidas para proporcionar melhorias para a população local. O prefeito, sob fiscalização da Câmara de Vereadores, deve cumprir a Lei Orgânica.
De acordo com a Constituição Federal, cada município, obedecendo aos valores máximos de remuneração, deve estabelecer o valor do subsídio (salário) dos vereadores. Esses valores são definidos conforme o contingente populacional de um determinado município. Exemplo: de 50 mil a 100 mil habitantes, o salário será de até (máximo) 40% do subsídio destinado aos deputados estaduais; municípios com mais de 500 mil habitantes, 75% do salário dos deputados estaduais.
Atualmente (2010), o Brasil possui 57.748 vereadores. Entretanto, nas eleições de 2012, esse número será de 59.500, visto que a população brasileira está em constante aumento quantitativo.
Por Guilherme Araújo
Consultor de negocios e politicas

Brasil será maior produtor de petróleo entre não integrantes da Opep, diz Gabrielli

Pedro Peduzzi, Daniel Lima e Yara Aquino


O Brasil será, em dez anos, o maior produtor de petróleo do mundo entre as nações que não integram a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), disse nesta terça-feira (22) o presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli, durante o balanço da segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2).
“O pré-sal já atinge 2% da média anual da produção de petróleo brasileira. É a produção que mais vai crescer entre 2011 e 2015”, destacou.
ora a Opep, teremos a maior produção de petróleo do mundo. O Brasil será o país que dará a maior contribuição de petróleo nos próximos dez anos”, disse Gabrielli, ao destacar as previsões de contratação de materiais, equipamentos e serviços, pela estatal petrolífera brasileira.

Segundo ele, isso beneficiará, direta e indiretamente, mais de 250 mil empresas no país.
“Dentro do PAC, estamos com papel importante. Porém, a atividade vai além, e beneficia a indústria brasileira em diversas frentes.” Gabrielli destacou também a geração de empregos em decorrência dessa expansão prevista para ocorrer no país até 2020.
“Serão mais de 1 milhão de empregos gerados, o que vai requerer treinamento de mão de obra. O país é um canteiro de obras com mercado de trabalho cada vez mais aquecido. Quase 290 mil pessoas [serão preparadas] até 2014. Já treinamos mais de 70 mil para 180 diferentes ocupações”, ressaltou o presidente da estatal.
Ele acrescentou que há a previsão de investimentos em pesquisas sobre diferentes temas, por meio de convênios com diversas universidades, visando ao avanço tecnológico do setor.
A Petrobras pretende contratar 28 navios-sonda e plataformas semissubmersíveis, construídos no Brasil, com pelo menos 55% de conteúdo nacional. Além disso, está prevista a renovação da frota, com 146 embarcações de médio e grande portes, a serem recebidas entre 2012 e 2018. Destas, 40 já foram contratadas.
O presidente da estatal apresentou ainda uma lista com a demanda de materiais e equipamentos que devem ser adquiridos entre 2011 e 2020. Entre os 22 itens apresentados há grande quantidade de compressores, guinchos, guindastes, motores a combustão, turbinas, bombas, geradores, filtros, reatores, revestimentos e tubos, entre outros.

Governo estuda distribuir lucro do FGTS entre os trabalhadores

O governo estuda distribuir anualmente parte dos lucros do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) entre os trabalhadores para aumentar a remuneração do fundo, que, como no ano passado, ficará abaixo da inflação em 2011, informa reportagem de Lorenna Rodrigues publicada na quarta-feira.
Com o aval do Conselho Curador do FGTS, a Caixa Econômica Federal concluiu um estudo que prevê a distribuição anual de até metade do resultado do fundo entre todas as contas com saldo em 31 de dezembro.
Estima-se que isso poderia até dobrar a atual remuneração, que é de 3% (juros) mais a variação da TR no ano. A mudança, porém, precisa ser aprovada pelo Congresso Nacional.
Se a regra já estivesse em vigor neste ano, até metade dos R$ 5,4 bilhões do lucro do FGTS do ano passado seria dividida entre os mais de 200 milhões de contas abertas no momento –das quais 90 milhões receberam depósitos nos últimos 12 meses.
Segundo a Caixa, o Ministério do Trabalho está analisando o estudo e avalia enviar um projeto de lei para o Legislativo com a proposta. De acordo com o ministério, porém, não há decisão sobre o assunto na pasta ainda.

Assembleia de SP aprova mais uma lei imbecil que proíbe garupa em motos

A Assembleia Legislativa de São Paulo aprovou nesta terça-feira (22) o projeto de lei que proíbe garupas em motocicletas nos dias úteis da semana. Se sancionada pelo governador Geraldo Alckmin, a lei irá valer apenas nas cidades paulistas com mais de 1 milhão de habitantes, como São Paulo e Guarulhos.
O projeto de número 485 também torna obrigatória a fixação do número da placa da moto no capacete e em coletes. Os caracteres devem estar legíveis e em cor fluorescente para que possam ser vistos inclusive durante a noite. Quem descumprir as determinações receberá multa de R$ 130.
Segundo o deputado Jooji Hato (PMDB), autor da lei, os objetivos são diminuir os acidentes e combater o crime. “A maior parte dos assaltos no trânsito é feita por garupas. O garupa com o visor escurecido ou espelhado não é identificado e, com a moto, foge em alta velocidade”, disse. A lei não valerá para cidades pequenas, onde o número de acidentes e de assaltos envolvendo motociclistas é menor.
Caso seja aprovada pelo Executivo, a lei, de acordo com o deputado, irá beneficiar a polícia. “O policial vendo dois na moto já aborda. Quero ver se os marginais vão assaltar a pé, de bicicleta ou de carro.”
Questionado sobre os motociclistas sem intenções criminosas, que costumam levar parentes e amigos para passear, o deputado afirmou: “Quem usa para o lazer não será prejudicado. Terá os fins de semana e os feriados para andar de moto na garupa”.

Facebook lançará celular próprio fabricado pela HTC

Nome do projeto é Buffy, por causa da caça-vampiros da TV

RIO – O Facebook escolheu a taiwanesa HTC para fabricar um celular com a marca da rede social, aparelho sobre o qual rondam rumores há anos. O smartphone da empresa de Mark Zuckerberg vem sendo chamado internamente de Buffy, em homenagem à caça-vampiros da TV, rodará uma versão modificada do Android e deve chegar às lojas em 2013. Segundo o site AllThings Digital, que revelou os planos do Facebook, o celular será totalmente focado na integração com a rede social (daí a alteração no sistema operacional) e terá o HTML5 como sua plataforma de aplicativos plena.
colha da HTC aconteceu há pouco tempo. Antes disso, Zuckerberg chegou a considerar pelo menos um outro possível fabricante, a sul-coreana Samsung, que tornou-se recentemente a maior fabricante de smartphones do mundo. A previsão é que o aparelho seja lançado em algo entre 12 e 18 meses. 
Quanto ao nome curioso, o site disse que trata-se de um codinome para o projeto. Ainda não se sabe qual será o nome oficial do aparelho quando ele chegar às mãos dos usuários. Quem lidera o projeto dentro do Facebook é Bret Taylor, chefe de tecnologia da rede social. Facebook e HTC não comentaram a notícia do AllThings Digital.
A iniciativa do Facebook mostra que a mobilidade é tão importante para a rede social quanto a rede social é vital para a mobilidade. O Facebook está presente em praticamente todos os smartphones do mundo, seja por meio de aplicativo ou pela própria web, e já possui 350 milhões de usuários móveis, quase metade dos seus 800 milhões de usuários totais. Muita gente não compraria um celular sem acesso ao Facebook.
Sua popularidade levou alguns fabricantes a incrementarem a integração dos seus aparelhos com a plataforma de Zuckerberg. São celulares que têm, por exemplo, um botão específico para acessar a rede. É o caso do Cha Cha, da própria HTC, lançado no início do ano.
Mas a ideia, com o Buffy, é proporcionar uma integração ainda maior, afirmou a reportagem, embora não tenha ficado claro como será isso.

“Quem decide no PT são os filiados. Quem decide pelo PT são os filiados”, disse Veneri.


“Quem decide no PT são os filiados. Quem decide pelo PT são os filiados”, disse Veneri, que destacou a ampla participação da base do partido no movimento. “Nós queremos que o PT municipal inicie o processo de construção do calendário para discutir a eleição municipal. Para nós, discutir a pré-candidatura do PT é um processo natural depois de trinta anos de predomínio de um mesmo grupo político-econômico na prefeitura de Curitiba”, disse Veneri. Para o deputado, o PT precisa apresentar um projeto com a sua identidade para a população de Curitiba. “ Um projeto de transformação, que represente uma inversão de prioridades em que a política deixe de ser aplicada em benefício de uma minoria para atender à maioria da população”, afirmou.

Setor bancário é o mais lucrativo nos nove primeiros meses do ano, diz Economatica

O setor bancário é o que tem maior volume de lucros no ano, até o terceiro trimestre, segundo levantamento de Einar Rivero, da Economatica. Com 23 instituições, o setor acumulou R$ 37,2 bilhões em 2011 contra 31,8 bilhões do ano de 2010, o que representa um crescimento de 17%.
O segundo setor com o maior lucro nos três primeiros trimestres do ano foi o de mineração, com cinco empresas. A Vale, porém, representa praticamente todo o setor.
O lucro das empresas de mineração neste ano é de R$ 29,5 bilhões contra R$ 20,0 bilhões em 2010, o que representa uma alta de 46,8%.
O terceiro setor mais lucrativo em 2011 é o de Petróleo e Gás com R$ 28,3 bilhões. No mesmo período de 2010 o setor, queé representado praticamente só pela Petrobras, tinha alcançado R$ 24,9 bilhões, o que representa uma alta de 13,7% neste ano em relação ao passado.
Dos 25 setores listados pela Economatica dois apresentam prejuízo nos nove primeiros meses de 2011. Papel e Celulose foi o setor que mais perdeu, com prejuízo de R$ 640. No mesmo período do ano passado, as empresas do setor obtiveram lucro de R$ 1,3 Bilhões de lucro.
O setor de Eletroeletrônicos é o segundo setor da lista com prejuízos.

PDT defende Lupi

Lupi não ganha nota mas tem respaldo do PDT para ficar no cargo Ministro do Trabalho ganha apoio da maioria dos integrantes da sigla. Líder promete documento formal

O ministro do Trabalho, Carlos Lupi, conseguiu fazer com que o PDT reforçasse a tese de permanência dele no governo. A prometida nota de apoio do partido ainda não foi divulgada. Porém, o líder na Câmara, Geovanni Queiróz, garante que o documento será produzido.
“De uma maneira muito uniforme o PDT ratifica o apoio ao ministro Lupi. E colocamos com clareza que a presidenta Dilma tem o nosso apoio independentemente de cargos que ocupemos”, disse o presidente em exercício do PDT, André Figueiredo (CE).
Lupi, que é presidente licenciado do PDT, esteve presente durante todo o encontro que durou cerca de duas horas. Apenas o deputado José Reguffe (PDT-DF) e o senador Pedro Taques (PDT-MT) se posicionaram contra a permanência do ministro no cargo. "Mantenho o que disse desde o início. Deveríamos ser independentes", disse Reguffe mostrando irregularidades em convênios entre o Ministério do Trabalho e Organizações Não-Governamentais ligadas ao PDT. Há duas semanas, a revista Veja publicou que Lupi viajou em avião cedido por uma ONG.
Defensor de Lupi desde a primeira hora, o líder Giovanni Queiróz afirmou que as denúncias contra o ministro são frágeis e que há problemas com ONGs em outras pastas, como o Ministério da Saúde. Disse ainda que outros ministros também já usaram aviões particulares.
Lupi ganha fôlego
Nos últimos dias, o noticiário negativo contra o ministro diminuiu. Ao mesmo tempo, ele ganhou o apoio de Dilma para ficar no cargo. A reunião de hoje, portanto, serviu apenas para ele garantir o respaldo do PDT para seguir no governo.
Até mesmo lideranças que haviam aconselhado Lupi a sair do cargo voltaram atrás. Entre eles os deputados Paulo Pereira da Silva (PDT-SP) e Brizola Neto (PDT-RJ). “Acho que, nesse momento, o ministro não deve sair do cargo motivado por denúncias”, afirmou Brizola.

Lupi tenta mostrar força no PDT para ficar no Trabalho Ministro participa de reunião da cúpula do seu partido no começo da noite desta terça-feira. Desafetos não foram convidados


O ministro Carlos Lupi, durante audiência no Senado, na quinta-feira
O ministro do Trabalho, Carlos Lupi, reúne-se hoje à noite com a Executiva do PDT para demonstrar que tem apoio do partido e consolidar sua permanência no governo. Isso, pelo menos, até janeiro do ano que vem, para quando está prevista uma reforma ministerial em que ele deve ser substituído na pasta.
Lupi avisou a aliados que deixaria a pasta do Trabalho em janeiro de 2012. No entanto, nas últimas semanas, uma série de reportagens sobre irregularidades na pasta quase causou sua demissão imediata. Lupi teve de ir duas vezes ao Congresso dar explicações.
Lupi mergulhou numa crise administrativa após revelações sobre irregularidades em convênios com Organizações Não-Governamentais, a maioria comandada por pedetistas. A crise também foi política. Uma ala do PDT ligada ao deputado Brizola Neto (PDT-RJ) reivindica o comando nacional do partido, que é presidido por Lupi desde 2004.
As denúncias no Ministério do Trabalho, portanto, só acirraram os ânimos na legenda. Na semana passada, Lupi foi aconselhado a deixar o ministério por lideranças do PDT interessadas em preservar a pasta sob o comando do partido. Ao receber o apoio da presidenta Dilma Rousseff, ele, porém, decidiu resistir. Seus aliados mais próximos insistem que ele poderia ficar na pasta até mesmo depois da reforma.

Para a reunião de hoje, além dos integrantes da reunião da Executiva do PDT, foram convidados os presidentes dos diretórios regionais do partido. Nos dois colegiados, Lupi conta com o apoio da maioria dos seus integrantes. Nos Estados, a maior parte dos diretórios é comandada por comissões nomeadas em caráter provisório pelo ministro
“Duvido que alguém vai pedir a saída dele do cargo”, afirma o deputado Mário Heringuer (PDT-MG). Ele avalia que a diminuição de denúncias também ajudou Lupi. “O quadro é outro. Além disso, parece que Dilma quer que ele fique”, completa.
Os maiores adversários de Lupi no PDT fazem parte das bancadas da Câmara e do Senado. “Eu não fui convidado para a reunião”, conta o deputado José Reguffe (PDT-DF). “Eu fiquei sabendo do encontro pela imprensa”, diz Miro Teixeira (PDT-RJ).
Líder da bancada da Câmara, Geovanni Queiróz (PDT-PA) defende a permanência do PDT no Ministério do Trabalho só se for com a presença de Lupi. “Não tem razão para sair. Se ele sair, não devemos indicar ninguém”, afirma Queiróz.

Cuidados com a saúde

ALIMENTAÇÃO – Não se entusiasme demais com as comidas oferecidas nos restaurantes das paradas. Evite os excessos, as comidas gordurosas e a ingestão de alimentos com os quais não está habituado. Um desarranjo intestinal durante a viagem certamente não seria nada agradável. Contenha-se também em relação às bebidas. É bom manter-se hidratado, mas não é necessário tomar um refrigerante inteiro a cada parada. Use o bom senso e não faça uso de bebidas alcoólicas antes e durante a viagem, especialmente a cerveja. Além de poder causar transtornos e impedir o embarque em caso de sintomas de embriaguês, poderá causar incômodos durante a viagem. Evite aceitar alimentos e bebidas de estranhos a bordo do ônibus ou em pontos de parada. Podem conter soníferos e facilitar furtos de objetos pessoais durante a viagem.

- ALONGAMENTOS - Em viagens prolongadas procure fazer alongamentos dos músculos sempre que possível, principalmente durante as paradas. Além de melhorar a circulação, causará bem estar e preparará o corpo para mais uma etapa da viagem. Uma dica geral, válida para todas as pessoas que viajam de ônibus ou de carro, é utilizar as paradas regulares para prevenir problemas de viagem. É importante que se aproveite esses momentos para fazer pequenas caminhadas, 200, 300 metros, rapidinho, estimulando assim a circulação de retorno das pernas para o tronco. Quando ficamos mais de 2 (duas) horas sentados numa mesma posição, a circulação sangüínea de retorno fica restringida, o que pode causar inchaço ou sensação de pernas pesadas, dormência, câimbras, sintomas que ficam mais acentuados se a pessoa tiver varizes. Daí a importância de caminhar a cada parada.

- DURANTE A NOITE – quando geralmente se viaja mais horas sem parar – é muito comum que as pessoas, ao acordar ou levantar da poltrona, sintam arrepios, tremores, calafrios ou sensações semelhantes. É uma reação absolutamente normal, que não deve causar preocupação. Isso ocorre porque o sangue represado nas pernas acaba ficando com a temperatura sempre baixa durante a noite. Quando esse sangue das pernas retorna e passa pelo cérebro, seu centro termo regulador detecta a diferença e produz esses sintomas para igualar a temperatura corporal novamente.

- GESTANTES – até o oitavo mês de gestação não há nenhum impedimento para que viajem. Recomenda-se que, durante a viagem de ônibus, não passem mais de 1 (uma) hora sem caminhar, mesmo que seja dentro do veículo. Cuidado redobrado deve ser tomado por gestantes que, em qualquer momento da gravidez, apresentaram sangramento, mesmo que tratado. Nesses casos viagens longas só devem ser feitas com autorização médica.

- CARDÍACOS – Não há limitação para as viagens de ônibus, apenas deve-se lembrar de manter o mesmo ritmo de uso das medicações que toma habitualmente, seguindo rigorosamente os horários indicados para isso.

- LABIRINTITE E ENJÔOS – As pessoas que apresentam labirintite crônica devem tomar a medicação orientada por seus médicos para o problema antes de iniciar a viagem, associada a um medicamento para prevenir náuseas e enjôos.

- PESSOAS COM MAIS DE 65 ANOS – É comum que sintam dor na coluna, nas pernas, independentemente de estarem no ônibus. O importante é que se lembrem de tomar a medicação que geralmente utilizam para essas dores antes e durante a viagem, seguindo as orientações médicas. Vale ressaltar que, sempre que possível, deve-se levantar e utilizar (sem ter vergonha disso) tudo que facilite sua posição antiálgica (que não causa dor), como travesseiros e outros apetrechos.

- DIABÉTICOS – Podem apresentar problemas com alimentação nos restaurantes de estradas, por isso devem dar preferência às saladas e aos alimentos dietéticos. Se a pessoa souber que não é comum encontrar tais alimentos no caminho por onde vai passar, é recomendável que leve seus próprios lanches, segundo orientação do médico que trata de seu diabetes. Não esquecer também de levar insulina e toda a medicação que está acostumado a utilizar, tomando tudo na hora certa.

- HIPERTENSOS E PORTADORES DE GLAUCOMA – As viagens não estão contra-indicadas, o importante é manter o uso da medicação rigorosamente no horário. Nada muda na vida de quem viaja de ônibus, por isso não suspenda jamais os medicamentos que utiliza no dia-a-dia.

- SONO – Evite doses excessivas de medicação para dormir no ônibus, pois isso diminui os reflexos e a habilidade cognitiva, o que pode levar a acidentes. Se está habituado a tomar sedativos, nunca aumente a dose de uso em viagem.

- VESTIMENTAS – Quem vai para uma viagem não deve se vestir como para uma festa. É importante usar roupas leves, folgadas e confortáveis, de tecido que não impeça a transpiração natural, e sapatos ou tênis já amaciados, que não apertem os pés. Evite tecidos sintéticos, como lycra, mesmo as roupas íntimas, de preferência ao algodão.

- CRIANÇA – As de colo precisam do mesmo cuidado que têm em casa. Evite o super aquecimento das mesmas, para que não se desidratem. Excesso de roupa ou cobertas de lã pode causar também assaduras, fique atento para não exagerar. A amamentação no peito deve ser mantida, sem nenhum constrangimento. Nas paradas, verificar sempre se é preciso trocar fraldas (os banheiros dos pontos de paradas geralmente tem locais apropriados para isso) e aquecer mamadeiras, se preciso. Crianças um pouco maiores precisam ser entretidas de alguma forma, para que não fiquem muitas agitadas durante o trajeto. Levar algo para distraí-las, e não oferecer tudo de uma vez, mas criar um fato novo a cada período da viagem. Cuidado para que elas não utilizem o corredor do ônibus como área para brincadeiras, pois isso pode causar acidentes.

Dicas de viagem - .Comprando o seu bilhete

Ao adquirir seu bilhete, confira imediatamente o troco, dia e hora do seu embarque, a poltrona solicitada e o destino da sua passagem.

- Procure adquirir seus bilhetes com a máxima antecedência possível.

- Em caso de desistência da viagem, a devolução de bilhetes já emitidos poderá ser feita diretamente na bilheteria onde foi adquirido até 3 horas antes da partida prevista (para as linhas interestaduais) e até 12 horas antes da partida (para as linhas intermunicipais no Estado de Minas Gerais).

- Bilhetes emitidos com data de viagem em aberto deverão ser antes apresentados à bilheteria, para marcação do lugar na data desejada.

MEC pune 60 faculdades com nota abaixo de 1,45 Instituições mal avaliadas nos últimos três anos não poderão aumentar vagas. Outras 10 universidades perderam a autonomia

O Ministério da Educação (MEC) puniu com medida cautelar 60 faculdades que tiveram o Índice Geral de Cursos (IGC) abaixo de 1,45 em 2010 e conceitos insatisfatórios (1 e 2) nos dois anos anteriores. A lista  foi publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira.

O IGC é uma nota de 0 a 5 atribuída à instituição durante o processo avaliativo do ministério. Ele engloba conceitos como o desempenho dos alunos no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), infraestrutura e corpo docente.
As instituições punidas ficam proibidas de aumentar a oferta de vagas em seus cursos de graduação e pós-graduações lato sensu, têm suspensos os recredenciamentos e autorizações de cursos (processos que validam os diplomas dos alunos) e irão ficar sob supervisão do ministério até que sanem as deficiências.
As medidas cautelares vigoram até deliberação da Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior do Ministério da Educação (SERES/MEC) sobre o relatório final do processo de supervisão ou a divulgação de IGC satisfatório, ou seja, com conceito igual ou maior que 3 na avaliação de 2011, que será divulgada somente no ano que vem. As faculdades têm 30 dias para informar as providências que serão adotadas.
Universidades
Nesta terça-feira, o MEC também aplicou uma medida cautelar a dez instituições que tiveram conceito 2, considerado insatisfatório, nos últimos dois anos. Foram punidos a Universidade Bandeirante (Uniban), o Centro Regional Universitário de Espírito Santo do Pinhal (Unipinhal), o Centro Universitário Estácio Radial (Radial) e o Centro Universitário Capital (Unicapital), de São Paulo; o Centro Universitário Carioca (Unicarioca) e o Centro Universitário Geraldo di Biase (Ugb), do Rio de Janeiro; o Centro Universitário Estácio da Bahia (FIB); o Centro Universitário do Norte (Uninorte), do Amazonas, a Universidade Salgado de Oliveira (Universo) e a Universidade do Vale do Rio Verde.
Estas perdem a autonomia dada às universidades e centro universitários de criar novos cursos. Elas também têm 30 dias para informar quais providências tomarão.
A Unicarioca diz que a nota se deve a um erro de cadastramento em 2009 e que, por não ter curso avaliado em 2010, o conceito errado foi mantido. Segundo a universidade o erro foi "prontamente comunicado ao MEC. Assim sendo, a UniCarioca considera indevida a sanção sofrida, e vai recorrer da decisão, já que as avaliações recentes do próprio MEC, realizadas em 2011 (Conceito 5 em Pedagogia, Conceito 4 em Jornalismo e Conceito 4 em Ciências Contábeis) atestam a qualidade atual do ensino da instituição."
Na semana passada, o MEC já havia anunciado que cortará 50 mil vagas em cursos com baixa avaliação. Neste caso, a diferença, é que a instituição inteira é punida e não só na carreira em que teve baixa nota.
Veja a lista de instituições de ensino superior que tiraram IGC inferior a 1,45 em 2010 e conceito 1 ou 2 em 2009 e 2008:
Instituição / Sigla / Estado / IGC 2010
1 FACULDADE DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE PENEDO (FFPP-AL) 1,02
2 ESCOLA DE ENGENHARIA KENNEDY (EEK-MG) 1,33
3 ESCOLA DE SOCIOLOGIA E POLÍTICA DE SÃO PAULO (ESP-SP) 1,21
4 ESCOLA DE ENGENHARIA DE AGRIMENSURA (EEA-BA) 1,02
5 FACULDADE DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DE ITAPETININGA (FCCI-SP) 1,22
6 FACULDADES INTEGRADAS SILVA E SOUZA (FAU-RJ) 0,97
7 FACULDADE DE REABILITAÇÃO DA ASCE FRASCE RJ) 1,04
8 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS DE CURVELO (FAC IC-MG) 1,42
9 ESCOLA SUPERIOR DE ENSINO HELENA ANTIPOFF (ESEHA-RJ) 1,13
10 FACULDADE ALVORADA DE EDUCAÇÃO FÍSICA E DESPORTO (FAEFD-DF) 1,33
11 FACULDADES INTEGRADAS DE DIAMANTINO (FID-MT) 1,08
12 FACULDADES INTEGRADAS DE CASSILÂNDIA (FIC-MS) 1,32
13 FACULDADE DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS DE FORTALEZA (FCTFOR-CE) 1,29
14 FACULDADE PIAUIENSE DE PROCESSAMENTO DE DADOS (FPPD-PI) 1,06
15 FACULDADE DE INFORMÁTICA DE CUIABÁ (FIC-MT) 1,22
16 INSTITUTO DE ENSINO E PESQUISA OBJETIVO (IEPO-TO) 1,33
17 FACULDADE AFIRMATIVO (FAF I-MT) 1,30
18 FACULDADE METROPOLITANA DE CAMAÇARI (FAMEC-BA) 1,41
19 FACULDADE MORUMBI (SUL FMS-SP) 1,41
20 FACULDADES INTEGRADAS DE RONDONÓPOLIS (UNIR-MT) 1,33
21 INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS (ICSH-GO) 1,41
22 FACULDADE DE PIRACANJUBA (FAP-GO) 0,89
23 FACULDADES INTEGRADAS INTERAMERICANAS (FAITER-SP) 1,12
24 FACULDADE DE CIÊNCIAS, LETRAS E EDUCAÇÃO DO NOROESTE DO PARANÁ (FACLENOR-PR) 1,06
25 FACULDADES INTEGRADAS DE TANGARÁ DA SERRA (FITS-MT) 1,42
26 FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE MANAUS (FOM-AM) 0,75
27 FACULDADE VALE DO APORÉ (FAVA-MS) 1,42
28 FACULDADE DOS CERRADOS PIAUIENSES (FCP-PI) 1,31
29 INSTITUTO SALESIANO DE FILOSOFIA (INSAF-PE) 1,44
30 FACULDADE MACHADO DE ASSIS (FAMA-RJ) 1,36
31 FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DE TERESINA (FACET-PI) 1,18
32 FACULDADE DE TECNOLOGIA DE SÃO VICENTE (FATEF-SP) 1,43
33 FACULDADE INTESP (INTESP-SP) 1,10
34 FACULDADE DE EDUCAÇÃO DE VITÓRIA (AUFES-ES) 1,11
35 FACULDADE DO INSTITUTO BRASIL (FIBRA-GO) 1,22
36 FACULDADE DA ESCADA (FAESC-PE) 1,38
37 FACULDADE DO VALE DO ITAPECURÚ (FAI-MA) 1,31
38 FACULDADE ATLÂNTICO (FA-SE) 1,41
39 FACULDADE DO ESPÍRITO SANTO (UNES-ES) 1,35
40 INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE SALGUEIRO (ISES-PE) 1,06
41 FACULDADE DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DE CRUZEIRO DO SUL (IEVAL–AC) 1,38
42 FACULDADE DE CIÊNCIAS, EDUCAÇÃO E TEOLOGIA DO NORTE DO BRASIL (FACETEN-RR) 1,45
43 FACULDADE PAN AMERICANA (FPA-PA) 0,83
44 FACULDADE PADRÃO (GO) 1,35
45 FACULDADE DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DE PARAÍSO DO TOCANTINS (FSIP-TO) 1,30
46 FACULDADE RORAIMENSE DE ENSINO SUPERIOR (FARES-RR) 1,09
47 FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI LUZERNA (SENAI LUZERNA-SC) 1,33
48 INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO PROGRAMUS (ISEPRO-PI) 0,82
49 INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR SANTA CECÍLIA (IESC-AL) 1,25
50 FACULDADE DE TECNOLOGIA SÃO FRANCISCO (FATESF-ES) 1,29
51 INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR MÚLTIPLO (IESM-MA) 1,35
52 FACULDADE DE CIÊNCIAS EXATAS E HUMANAS DA CAMPANHA (FCCP-MG) 1,44
53 FACULDADE UNILAGOS (UNILAGOS-PR) 1,06
54 FUNDAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CLEVELÂNDIA (FESC-PR) 1,22
55 FACULDADE DE TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS (FATEMG-MG) 1,24
56 FACULDADE DE TECNOLOGIA IAPEC (IAPEC-PR) 1,30
57 FACULDADE DE TECNOLOGIA PENTÁGONO (FATEP-SP) 1,44
58 FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC PASSO FUNDO (SENAC PASSO FUNDO-RS) 1,31
59 FACULDADE DE TECNOLOGIA DE CURITIBA (FATEC-PR) 1,36
60 FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI SÃO JOSÉ (SENAI-SC) 1,35

Passagem de Idoso - Você sabia?

O idoso tem direito a gratuidade ou desconto de 50% na passagem interestadual desde que tenha idade mínima de 60 anos e que tenha renda igual ou inferior a 2 salários mínimos.

O "bilhete de viagem do idoso" só poderá ser solicitado nas cidades que sejam locais de embarque da linha em que o idoso deseja viajar (ponto de seção).

O bilhete de “viagem do idoso” deve ser solicitado nos pontos de venda próprios da transportadora com antecedência de, pelo menos, 3h em relação ao horário de partida do ponto inicial da linha. Na ocasião, o idoso poderá solicitar, também, a emissão do bilhete de viagem de retorno.

Os guichês terceirizados estão obrigados a fornecer o bilhete, nas localidades onde existam pontos de seção, ou seja, cidades onde estejam localizados os pontos de embarque da linha em que deseja viajar, desde que não haja guichê próprio da transportadora.

Para viagens com distância de até 500km, o idoso deve adquirir seu bilhete com 50% de desconto, no máximo 6h de antecedência, em relação ao horário de partida do ponto inicial da linha. Para viagens com distância acima de 500km, no máximo 12h de antecedência, em relação ao horário de partida do ponto inicial da linha.

No dia marcado para a viagem, o idoso deverá comparecer ao terminal de embarque até 30 min antes da hora marcada para o início da viagem, sob pena de perda do benefício.

Ronaldo aproveita domingo e joga golfe no Rio Ex-jogador mostrou que boa forma dos tempos de atleta, antigo motivo de preocupação, ficou para trás e exibiu barriga saliente

O ex-atacante Ronaldo mostra a cada dia que a boa forma dos tempos de atleta de futebol definitivamente ficou para trás. No último domingo, o “Fenômeno” foi fotografado jogando golfe em um clube na Barra da Tijuca, zona Oeste do Rio de Janeiro, e deixou evidente a barriguinha saliente.
Tormento na fase final de sua carreira, o peso virou motivo de brincadeiras para Ronaldo assim que ele deixou os gramados. Em agosto, o craque chegou a caçoar da participação do amigo e cliente Anderson Silva, lutador de MMA, no comercial de uma rede de lanchonete dizendo que, "se fosse com ele, todo mundo já zoaria".

Ronaldo jogou golfe no Rio de Janeiro no último domingo e barriguinha saliente ficou evidente

Ronaldo adota bigode e é comparado a Tim Maia Foto com novo visual foi colocada no perfil no Twitter do ex-jogador, que teve de aguentar respostas engraçadinhas


Ronaldo exibe novo visual e é alvo de piada
O ex-jogador Ronaldo está cada vez mais diferente do jogador magro e de cabeça raspada que o mundo se acostumou a ver em campo. Na tarde desta terça-feira, o "Fenômeno" colocou em seu perfil no Twitter uma foto do seu novo visual, agora com um nada discreto bigode.


"Galera, estava fazendo a barba e deixei o bigode! O que vocês acham? Deem uma olhada na foto", postou o sócio da 9ine em seu Twitter.
Automaticamente, as respostas fazendo graça do novo bigode começaram a aparecer. Uma delas partiu do ex-goleiro e Ronaldo Soares Giovanelli, que também é um dos grandes ídolos da torcida do Corinthians.
"Xará! Esta foto aí é do Tim Maia?", perguntou em tom de brincadeira o ex-goleiro, que defendeu a equipe de Parque São Jorge entre 1988 e 1998. Atualmente com 44 anos, Ronaldo Giovanelli é comentarista de televisão e trabalha na Rede Bandeirantes.

Exclusivo: logo da Copa das Confederações 2013 é um pássaro iG mostra pela primeira vez a imagem que representará a competição teste para a Copa do Mundo de 2014


Texto:


Logomarca da Copa 2013 remete a um pássaro da fauna brasileira
A Copa das Confederações de 2013, que será realizada no Brasil, já tem a logomarca: um pássaro, bem diferente da logo da Copa do Mundo 2014, que remete à taça. O iG teve acesso à imagem, ainda na versão branco e preto, e mostra com exclusividade.

A reportagem apurou que as cores do pássaro são vermelho, amarelo, laranja, com cauda verde. O Brasil é em verde e o 2013 em azul. Ao contrário da logo da Copa de 2014, também revelada pelo iG, a agência que criou esta foi estrangeira - a do Mundial foi feita pela África, de Nizan Guanaes.
A marca já está registrada pela Fifa na Europa e ainda não tem data para ser anunciada oficialmente - é provável que seja apresentada em outubro, em Zurique (na Suíça), quando serão anunciadas as sedes da Copa das Confederações e onde será a abertura da Copa do Mundo de 2014. 

No final de maio, a Fifa solicitou o registro do logo no Brasil - é feito em preto e branco para proteger qualquer variação de cores usado na logo. Além da imagem, a entidade solicitou o registro de outras 30 marcas relativas à Copa das Confederações, incluindo o nome das sedes e a tipografia oficial da competição.
A Copa das Confederações será disputada de 15 a 30 de junho de 2013 em cinco sedes. As candidatas são Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, Brasília, Porto Alegre e Fortaleza, com as cinco primeira favoritas a receberem os 16 jogos da competição. Já estão classificados Brasil (país sede), Uruguai (campeão da Copa América), Espanha (campeão mundial) e Japão (pela Ásia), restando ainda quatro vagas.

Blog expõe o que seria a nova camisa do Brasil para 2012 As imagens do novo uniforme da seleção brasileira teriam vazado de uma loja chinesa


Site estrangeiro revela o que seria a camisa do Brasil para 2012
Os torcedores brasileiros já podem conhecer o que seria a nova camisa da seleção brasileira para a temporada de 2012. Um blog estrangeiro que trata exclusivamente sobre uniformes de times e seleções de futebol, chamado "Todo sobre camisetas", teve acesso à suposta camisa da seleção brasileira em 2012.

As imagens do novo uniforme do Brasil teriam vazado de uma loja chinesa que produz a vestimenta. O que se vê na imagem é uma mudança brusca em relação ao modelo atual do uniforme, pois a lista verde no peito deixa de existir, dando lugar a uma faixa da mesma cor na região das mangas.

Além da camisa da seleção brasileira, as imagens dos uniformes de outras seleções patrocinadas pela Nike também foram divulgadas, são elas: França, Portugal e Holanda.

Parceiro da CBF pode fechar negócio de R$ 112 mi com Palmeiras Kentaro, empresa que organiza amistosos da seleção, quer investir no futebol brasileiro

A Kentaro, empresa que gerencia os amistosos da seleção brasileira no exterior, quer investir 40 milhões de libras (R$ 112 milhões) em jogadores de futebol no Brasil e pode escolher o Palmeiras como destino. Assim como revelou o iG na última segunda-feira, os ingleses querem contratar atletas de menos de 23 anos para lucrar com a futura venda e procuram um parceiro para isso.

Sem dinheiro para atender às necessidades de Luiz Felipe Scolari na contratação de reforços, o presidente Arnaldo Tirone busca parceiros que possam ajudar financeiramente. A Kentaro tem acordo com a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) desde 2006 e tem por contrato a obrigação de realizar ao menos uma partida do Brasil por ano no Emirates Stadium, em Londres. É parte do “Brazil Wolrd Tour”, evento que dá nome as jogos da seleção organizados pela empresa.
Além disso, a Kentaro também organiza torneios de futebol, administra campos de treinamento e foi responsável pela ida da seleção brasileira a Weggis, na Suíça, para a pré-temporada da Copa do Mundo de 2006, quando torcedores invadiram o local todos os dias e a festa tomou conta da concentração da equipe de Carlos Alberto Parreira.

Um dos nomes fortes da Kentaro na negociação de direitos de jogadores é do carrasco brasileiro da Copa de 1998, Emmanuel Petit, com quem o iG fez uma entrevista exclusiva em fevereiro falando sobre seu novo cargo.
Conselheiros que já conversaram com Arnaldo Tirone sobre o tema ouviram do presidente que basta a empresa formalizar a proposta para que a parceria seja assinada e colocada em prática. Ele pretende usar os ganhos da viagem para a Europa como resposta às críticas que recebeu por deixar o país em meio à crise na Academia de Futebol.


Tirone tenta fechar acordo com parceiro da CBF
Tirone conheceu os empresários na primeira vez que viajou a Londres, quando foi chefe da delegação da seleção brasileira durante um amistoso. Na ocasião, o dirigente também chegou a conversar com agentes ligados a Kia Jorabchiaan, iraniano que foi responsável pela chegada da MSI ao Corinthians.
Além de investir os R$ 112 milhões em jogadores, a empresa também tem a ideia de comercializar direitos de marketing do Palmeiras pelo mundo. O projeto é espalhar a marca do clube e dividir os lucros que as ações consigam reverter, mas essa ação ainda precisará de mais tempo para ser concluída.

O Palmeiras procura vários parceiros para conseguir atender o desejo de Luiz Felipe Scolari de ter jogadores prontos para chegar e assumir a titularidade. O treinador afirmou que, para 2012, espera contar com "camarão e carne", fazendo referência a jogadores mais gabaritados dos que os que foram contratados em 2011.
Até por isso, na última semana, representantes da DIS, que chegaram a ter problemas com Felipão por causa da negociação de Vinícius e Tinga, conversaram com dirigentes na intenção de traçarem um acordo. Gabriel Silva, lateral esquerdo que também tem relação com o grupo de investidores, já foi negociado e deixa o clube rumo à Udinese no fim desta temporada.

‘O filho vai nascer’, diz Cesar Maia sobre coligação com Garotinho no Rio Ex-prefeito carioca diz que aliança entre DEM e PR é certa e foi selada ‘em função da derrota do PMDB’

“O casal já passou a lua de mel, está vivendo junto, casado, e o filho vai nascer”, responde Cesar Maia sobre a possível aliança entre o DEM e o PR, do ex-governador Anthony Garotinho, pela disputa da Prefeitura do Rio em 2012. “A nossa convergência é em função da derrota do PMDB”, esclarece. “Eduardo Paes corre o risco de nem ir para o segundo turno”, diz confiante.


Cesar sobre possível coligação com PR: 'A nossa convergência é em função da derrota do PMDB'
Ex-prefeito que comandou a capital fluminense por 16 anos (incluindo o governo de Luís Paulo Conde, a quem fez seu sucessor e depois rompeu), Cesar amargou o quarto lugar na disputa do Senado no ano passado.
Perdeu para Marcelo Crivella (PRB) e Lindberg Farias (PT), e ficou atrás do ex-presidente da Assembleia Legislativa do Rio, Jorge Picciani (PMDB). “Minha candidatura não tinha segundo voto, o Marcelo Cerqueira (do PPS, com quem estava coligado) não tinha voto nenhum. O Picciani cresceu com o Lindberg e perdeu por causa do Garotinho, que falou que sua prioridade era derrubá-lo. Mas pode ser que o eleitor tenha cansado de mim”, avalia.

A última candidata à prefeitura que tentou emplacar, a ex-deputada federal Solange Amaral, ficou em sexto lugar, com 3,92% dos votos (128,5) no pleito de 2008. Dois anos antes, na disputa pelo governo do Rio, em 2006, apoiou a ex-deputada federal Denise Frossard (PPS) e também saiu derrotado. Para o governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB).
Agora, Cesar acredita que vai ser diferente. O pré-candidato a prefeito do partido que lidera é seu filho, o deputado federal Rodrigo Maia. A provável vice, Clarissa Garotinho, filha do casal de ex-governadores Rosinha e Garotinho.


Cesar Maia e seu filho, o deputado federal Rodrigo Maia
Os termos que favorecem o acordo, segundo Cesar, são simples: “Há interesse mútuo”, resume. “A Prefeitura de Campos é estratégica para o PMDB e para o PR (a ex-governadora Rosinha, mulher de Garotinho, é prefeita da cidade). É muito poderosa, recebe mais de R$ 1 bilhão de royalties. E tem (a eleição de)2014, o Garotinho é o grande adversário do PMDB no interior do estado. Por isso, Campos é tão importante. E lá o DEM não tem candidato, mas tem tempo de TV, o que é bom para Garotinho e para o PR ”, esclarece.

Cesar afirma que em troca o DEM pensa em contar com o tempo de TV do PR no Rio. “O Garotinho é uma liderança forte, com 170 mil votos na capital no ano passado (quando se elegeu deputado federal com mais de 694.862 votos em todo estado), e traz o aval do eleitor evangélico e de um eleitor mais popular que vota muito conjunturalmente”, diz.
A seguir, Cesar Maia fala dos preparativos para voltar à vida legislativa da cidade do Rio de Janeiro, onde é pré-candidato a vereador. “Seu eu for eleito teremos um jogo político de alto nível. Hoje o que se tem (na Câmara Municipal) é uma eterna adesão”, esnoba.

Há resistências no DEM e no PR a uma chapa do deputado federal Rodrigo Maia e a deputada estadual Clarissa Garotinho à Prefeitura do Rio. O acordo está fechado?
Cesar Maia:
O casal já passou a lua de mel, já está vivendo junto, casado, e o filho vai nascer. Agora, política no Brasil, você jurar por Deus... Mas não há nada que nos leve a ter qualquer desconfiança de que esse acordo não esteja consolidado. E por quê? Porque há interesse mútuo.

Não há conflitos entre as legendas?
Cesar Maia:
O Rodrigo e o Garotinho foram mapeando o Estado e vendo que em municípios grandes, onde os dois partidos têm tempo de televisão, não há nenhum conflito que não permita ceder o tempo e o comando da chapa para o outro. Campos fica com o PR; Rio de Janeiro, com o DEM; São Gonçalo, PR; Nova Iguaçu, DEM; Volta Redonda, PR; Maricá, DEM. Em municípios pequenos, cada caso é um caso. Se for possível estar junto, excelente, mas não há obrigatoriedade. Está tudo mais ou menos arrumado. Falta um ponto aqui e ali.


O deputado federal Anthony Garotinho e sua filha, Clarissa, deputada estadual pelo PR e possível candidata a vice em chapa com Rodrigo Maia

Os eleitores do DEM e do PR não podem estranhar esse acordo?
Cesar Maia:
Você faz coligações por duas razões: uma é a convergência no tempo, que é o caso que a gente tem com o PSDB nacionalmente. Em campanha presidencial estivemos juntos sempre. A outra é quando forças políticas se opõem a uma terceira que está no governo e entendem como prioritária a derrota dessa força. Foi o que aproximou o PR do DEM. A nossa convergência é em função da derrota do PMDB.

Não temem possíveis perdas de votos?
Cesar Maia:
Alguma perda na zona sul, mas essa perda não vai para o Eduardo (Paes, prefeito do Rio que tentará a reeleição pelo PMDB), vai para o Freixo (deputado Marcelo Freixo, PSOL, apontado como pré-candidato da legenda à sucessão municipal), que é forte na região. Então, onde a gente perde, não perde para quem está no governo, não perde para o PMDB. O Eduardo tem cometido erros que são fatais no Rio de Janeiro, como, por exemplo, perseguir servidor público. O segundo erro é confundir lei e ordem com repressão aos pobres, que gera uma rejeição muito grande na área popular. O terceiro é privatizar educação e saúde.

O prefeito Eduardo Paes entrou na vida pública como afilhado político do senhor. Ele tornou-se um rival ou as suas artilharias são apenas contra o PMDB?
Cesar Maia:
O Eduardo quando era do DEM (PFL à época) achava que o Rodrigo (Maia) roubava o espaço dele na legenda. Foi para o PSDB, mas viu no PMDB opção para crescer, virou prefeito. Em relação à carreira política não acho que tenha agido errado. Mas como prefeito erra muito. Como disse, persegue servidores, privatiza educação e saúde. Mesmo com a boa vontade da mídia ele está com uma taxa de rejeição de 25% (segundo pesquisa de opinião encomendada pelo DEM há cerca de um mês). Por enquanto, ele está bem porque está surfando sozinho. Quando os outros candidatos aparecerem, ele cai.

O governador Sérgio Cabral (PMDB) foi reeleito no primeiro turno com mais de 60% dos votos. Ele não será um forte cabo eleitoral do prefeito Eduardo Paes?
Cesar Maia:
A eleição do ano que vem será competitiva, muito diferente de 2010, quando o Lula estava santificado e isso ajudou o Cabral. Numa eleição municipal, a influência federal é menor. O Cabral sofreu um forte prejuízo moral com a queda do helicóptero na Bahia e a crise dos bombeiros, as pesquisas mostram. Foi seu governo que piorou muito? Não, o governo do Sério Cabral é ruim desde sempre, as pessoas avaliavam bem em função de publicidade, UPA, essas coisas que não funcionam, mas geram um destaque. O que mudou? O impacto do boca a boca em relação a esses casos que citei. E as pessoas que fazem da sua parceria um elemento de propaganda, como Paes e Cabral com essa história de “estamos juntos (aperta as mãos, em referência ao slogan da campanha para a reeleição do governador Sérgio Cabral em 2010), estamos juntos (simula um abraço)", se comprometem. Na hora que (uma crise) pega uma parte a outra também é atingida.

O deputado federal Anthony Garotinho já manifestou vontade de disputar o governo do Rio em 2014. O DEM irá apoiá-lo?
Cesar Maia:
Não se discute 2014 na nossa aliança com o PR. Está completamente fora de discussão.

Por quê? O senhor pode vir candidato ao governo do Estado em 2014?
Cesar Maia:
Posso.

Essa possibilidade não ameaça a aliança de 2012? Se Rodrigo e Clarissa forem eleitos, é natural que cada um apoie o candidato de suas respectivas legendas em 2014...
Cesar Maia:
Às vezes é bom que os dois partidos tenham candidatos. O (senador) Lindberg é um candidato forte do PT, que faz muito bem a campanha eleitoral. A especialidade dele é fazer campanha. O (vice-governador Luiz Fernando) Pezão vem com a máquina do PMDB. Então, muitas vezes interessa para o Garotinho, que é favoritíssimo no interior e na região metropolitana, ter uma eleição espalhada para haver imprevisibilidade de a respeito de quem vai para o segundo turno. Pode interessar para ele, pode interessar a nós.


De aliados a rivais: Cesar diz que PSD, partido fundado pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, após deixar o DEM, 'é o baixo clero do governo'

O senhor sairá candidato a vereador. É para dar sobrevida ao DEM na capital fluminense, o senhor será o puxador de votos? Muitos integrantes da legenda migraram para o PSD...
Cesar Maia:
A grande perda é sempre o potencial eleitoral de campanha majoritária, e isso nós não tivemos. Por exemplo, a (vereadora) Rosa Fernandes me procurou e disse que o tipo de representação comunitária que ela faz há mais de 30 anos depende de estar junto ao governo. A Rosa tem muito voto, é muito forte e muito boa. É interesse do prefeito tê-la na base de apoio puxando voto? Claro. Agora, não é perda política. Tivemos, sim, perda de votos na Câmara. O deputado federal Arolde de Oliveira foi para o PSD. Apesar de considerá-lo uma grande figura, não foi perda. A liderança evangélica que ele representava o Garotinho, que faz composição com a gente, tem.

E tempo de TV e fundo partidário?
Cesar Maia:
Só vamos saber em 2014. Se o PSD eleger bancada maior do que a nossa eles terão um tempo de TV maior do que a gente. Mas, do ponto de vista dos deputados federais, o PSD é o baixo clero do governo. Tenho dúvidas sobre o sucesso deles em 2014, porque não têm nomes expressivos. No Senado ainda tem a Kátia Abreu...Então, o que eles vão fazer em 2014? Vamos esperar. Até lá, o tempo de televisão é nosso, o fundo partidário é nosso, a estrutura do Congresso é nossa.

Sasha ganha quadra de vôlei de areia de Xuxa A avó paterna, Beth Szafir, revela que Sasha adora vôlei e que, mesmo alta, nunca pensou em ser modelo


Beth Szafir assistiu ao desfile da Adriana Degreas durante o São Paulo Fashion Week
Na primeira fila do desfile de Adriana Degreas, durante o São Paulo Fashion Week, nessa terça-feira (17), Beth Szafir era só elogios para a neta Sasha, filha do seu filho Luciano Szafir com a apresentadora Xuxa Meneghel. "Ela está maravilhosa. Um deslumbramento", disse a vovó coruja.
Sasha, que está com 12 anos, está superalta como os pais, mas segundo a avó, nunca pensou em seguir carreira de modelo, por enquanto. "Ela gosta muito de esportes. Sempre fez ginástica olímpica, agora parou. No momento, ela está jogando vôlei. A Xuxa até fez uma quadra de vôlei de areia na casa delas para a Sasha praticar. Ela adora", contou Beth. "Mas não sei. Ela é muito criança ainda para decidir".

Felipa Tavares: "É muito difícil alguém perceber que sou transexual. Na balada, muito homem vem para cima de mim"
Dia comum na praia do Leme, zona sul do Rio de Janeiro: muito sol e mar tranquilo, daqueles que só tem umas marolinhas. Mas a monotonia dura pouco. Em uma academia a céu aberto, na praia, um grupo de homens musculosos cultua suas medidas até que a modelo Felipa Tavares, 1,81m, chama a atenção da galera ao posar para fotos com um maiô cavado preto. Os marmanjos ficam alvoroçados. Tanto que nem reparam em um detalhe: a mineira, de 25 anos, nova aposta da Agência 40° de Sérgio Mattos, verdadeiro mulherão, é na verdade um menino.

A modelo transexual Felipa Tavares sonha em seguir os passos de Lea T.

Felipa é transexual. E não operada. Mas o jeito delicado e os traços femininos – de nascença, já que Felipa não fez ainda nenhum tipo de cirurgia-, permite que ela viva a vida como uma mulher qualquer. Provocando, inclusive, cantadas e cortejos por onde passa. “É muito difícil alguém perceber que sou transexual. Na balada, muito homem vêm para cima de mim. As minhas amigas, que são mulheres de verdade, até ficam meio chocadas e tristes porque chamo a atenção”, diverte-se ela.

Felipa é filha de um mecânico e de uma funcionária de cartório aposentada. Desde a adolescência, gostava de usar maquiagens, cabelo rosa, calças justas e camisetas baby look. Quando a mãe morreu, em 2004, decidiu morar com a avó e a tia evangélica em Vila da Penha, subúrbio do Rio. Trabalhou como caixa de uma boate LGBTS em Copacabana e garçonete de um restaurante especializado em carnes australianas. Até que resolveu seguir o sonho e participou do workshop de modelos do Sérgio Mattos. “Sou multiuso. Encaixo no perfil de menina, de trans e de andrógina. Acho que estou na hora certa no mercado de trabalho porque o Serginho pode brincar comigo”, afirma. “Acredito muito no potencial da Felipa”, diz Mattos. “O mundo da moda está pedindo androginia”, completa.

A modelo transexual brasileira Lea T., que conquistou as passarelas internacionais depois de desfilar para a grife francesa Givenchy, foi sua principal inspiração, claro. “Quando vi o estouro dela percebi que a hora de investir nessa carreira era agora. Se ela fez sucesso, outras também podem fazer. Não quero tomar o lugar da Lea, tem espaço para todas”, diz. Mesmo assim, Felipa alfineta a top. “Em toda reportagem ela reclama de alguma coisa. Quem dera se eu tivesse metade dos problemas dela. Ela está muito bem. Claro, a vida é difícil para todo mundo. A de transexual é mais ainda. Mas as pessoas não conseguem viver e levar para a frente?”, provoca ela, durante entrevista exclusiva ao iG.


Felipa Tavares faz parte do casting da agência 40° Graus, de Sergio Mattos

Quando você se percebeu diferente?
Felipa Tavares:
Mesmo quando era criança, sabia que estava no corpo errado. Olhava no espelho e não me via. Na escola, ficava no grupo das meninas. Quando todos queriam jogar futebol, queria brincar de Barbie. Minha mãe não entendia. Quando ela saía de casa, pegava as roupas e sapatos dela escondido. Aos 11 anos, tive certeza de que era diferente. Fiquei com aquele sentimento de revolta, sabe? Queria chocar! Usava jeans apertado, camisas baby looks, piercings. Acho que a pessoa quando não está bem com o corpo se rebela contra ele. A adolescência, com certeza, é a pior parte para uma trans.

Por quê?
Felipa Tavares:
Já é um momento confuso para qualquer um, para mim foi ainda mais. Eu cheguei a ficar com uma menina, mas não dava. Foi um pouco para agradar a minha mãe e um pouco para tentar. Porque a gente não pode falar que não gosta de algo sem experimentar. Também tinha aquela fase de se descobrir. Ela queria ficar comigo e eu topei. Mas não teve jeito.

Como começou a sua transformação?
Felipa Tavares:
Depois que a minha mãe morreu, em 2004, vim morar no Rio com a minha avó e meus tios, que são evangélicos. Cursei até o terceiro período de turismo e comecei a trabalhar em um restaurante. Lá, todos brincavam comigo e me chamavam carinhosamente de Lupita. A partir daí, resolvi que ia começar a me transformar e tomar as medidas necessárias para isso.

Quais medidas?
Felipa Tavares:
Tinha de tomar comprimidos diários, que o médico me orientou, e uma vez por mês injeção de hormônio. Além disso, tive um acompanhamento de uma psicóloga, pois é um processo que não é fácil. A mudança do corpo balançou muito a cabeça e tive até depressão.

Como foi a reação dos seus familiares?
Felipa Tavares:
Com o meu pai foi engraçado porque ele mora em Juiz de Fora e não sabia que eu tinha feito a transformação. Quando fui visitá-lo, ele não sabia o que falar. Mas depois me disse uma frase muito bonita e que nunca vou esquecer: “Sendo meu filho ou filha, vou sempre te amar”. Minha avó, com mais de 80 anos, também foi incrível falando que me aceitava.

E seus tios evangélicos?
Felipa Tavares:
Quando fui morar com eles, já foi complicado porque eles me viam como gay. Mas me respeitaram. Como moro com eles e eles são religiosos, tenho a vida de uma menina de 15 anos. Não posso usar roupa curta e, em casa, tenho de perguntar se posso ou não fazer algo. Mas não vou a nenhum lugar público com eles. É uma coisa minha.

Já fez alguma operação?
Felipa Tavares:
Nada. Nunca ganhei dinheiro suficiente para fazer a operação de mudança de sexo, que é bem cara, custa uns R$ 30 mil na Tailândia. Esse é o meu sonho. Não quero fazer nada antes disso. Não vou mexer no rosto porque quando faz o nariz, acho que entrega. É impossível ficar com nariz de boneca. Penso em colocar um pouco de silicone, mas um tamanho bem natural. Quero ser uma mulher o mais natural possível.


Felipa Tavares: "Não quero tomar o lugar de Lea T. Acho que o mercado tem espaço pra todo mundo"
 E como é o assédio masculino?
Felipa Tavares: 
É muito difícil alguém perceber que sou transexual. Na balada, muito homem vem para cima de mim. As minhas amigas, que são mulheres de verdade, até ficam meio chocadas e tristes porque chamo a atenção. Levo cantadas na rua de ficar sem graça.

Você conta para os homens que é uma transexual?
Felipa Tavares:
Depende. Quando estou numa balada e só vou dar uns beijinhos, não tem por que falar. É uma brincadeira. Mas se virar algo mais sério e começar a perceber que podemos namorar, eu falo. Se o cara gostar de mim, tem de aceitar o que sou – mesmo antes da operação. Com todos os meus namorados, todos me viram como mulher. Tenho certeza. A parte feminina toda eu faço e como também tenho traços femininos, parece que eles estão com uma mulher...

Já sofreu algum preconceito?
Felipa Tavares:
Já, mas acho que as coisas estão melhorando. Teve um dia em que estava ficando com um cara e contei para ele. Ele me disse que a única coisa que ia fazer seria parar de ficar comigo. Eu me senti mal, claro. Ele estava me abraçando e me beijando como uma menina normal. Mas eu pensei, um cara como esse também não quero. Porque para ficar comigo tem que ter a cabeça aberta, sem preconceitos.

É difícil arrumar namorados?
Felipa Tavares:
Para ser sincera, isso nunca foi um problema para mim. Estou solteira porque há sete meses terminei um relacionamento complicado. Agora, quero focar apenas na minha carreira. Não quero ficar dando satisfação a ninguém.

Sonha em casar?
Felipa Tavares:
Claro! Quero casar, com tudo que se tem direito, e ainda ter uma menina. Não sei se adotarei ou vou recorrer a uma barriga de aluguel. Mas sou romântica. Gosto de fazer cartinhas, ligar todos os dias para dizer bom dia e não ir dormir sem dizer boa noite.


Felipa Tavares: "Na adolescência, usava jeans apertado, camisas baby looks, piercings. Acho que a pessoa quando não está bem com o corpo se rebela contra ele"

Como é o seu homem ideal?
Felipa Tavares:
Tem de ter uma cabeça boa, ser romântico e carinhoso. Cozinhar, lavar e passar também é bom. Além disso, não gosto de homens que gostam de transexual. Quero que ele me veja como mulher. Alguns homens têm fantasias, mas eu não consigo fazer. Eu sou menina!

Como surgiu a carreira de modelo?
Felipa Tavares:
Eu estava trabalhando muito, ganhando até bem em uma boate, e resolvi investir o dinheiro em algo bacana. Vi na internet o workshop do Sergio Mattos e resolvi ir. Como saía do trabalho às 6 da manhã, cheguei atrasada no primeiro dia e o Serginho me deu logo uma bronca. Fiquei morrendo de vergonha. Mas acho que acabei chamando a atenção de todos porque era uma das meninas mais altas. No final da aula, ele fez a chamada e veio me perguntar por que o meu nome não estava na lista. Eu expliquei para ele que estava sim e que eu era o Felipe. Todos ficaram chocados e eu expliquei que era uma transexual, que a Lea T tinha me inspirado a seguir o meu sonho. Todos ficaram curiosos. Dei sorte porque ele estava procurando uma modelo com as minhas características.

Não tem medo de comparações com a Lea T?
Felipa Tavares:
Não quero tomar o lugar dela. Acho que o mercado tem espaço pra todo mundo. Assistia aos desfiles da Victoria’s Secret e queria estar ali. Sempre quis ser modelo, mas antes da Lea era algo impossível.

Qual é a primeira coisa que pretende fazer após fazer a operação de troca de sexo?
Felipa Tavares:
Preciso dizer? (risos)

O que acha de algumas transexuais falarem que não é possível sentir prazer após a operação?
Felipa Tavares:
A questão do prazer é muito relativa. Para mim sexo é o conjunto. Tem as preliminares, beijo, o clima.... Não é só encaixar. Tanto que quando operar quero uma pessoa especial. Como se fosse a primeira vez...um príncipe.

Mas a Lea T, sua principal inspiração, disse que mesmo depois da operação nunca vai se sentir completamente mulher...
Felipa Tavares:
Toda reportagem ela reclama de alguma coisa. Quem dera se eu tivesse metade dos problemas dela. Ela esta muito bem. Claro, a vida é difícil para todo mundo. A de transexual é mais ainda. Mas todo mundo não consegue viver e levar para a frente?E não entendo também o pensamento de operar e não se sentir mulher. Eu já me sinto mulher! Com a operação, vou estar 100%. Hoje estou 98% (risos). Eu não sou feliz ainda. Tô correndo em busca da minha felicidade. Mas ela vai vir.

Quais são os seus sonhos?
Felipa Tavares:
Quero trabalhar muito e, quem sabe, desfilar lá fora. Vou também começar a fazer aulas de interpretação. Mas tenho muita vontade de participar de um reality show porque adoro.
A modelo Felipa Tavares fez ensaio exclusivo para o iG na praia do Leme, no Rio de Janeiro