A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Interdição Supermercado Shibata Caraguatatuba

Convite


E ai como fica?


É o fim do mundo! PM é roubado e espancado por bandidos após capotar com carro em Irajá
Postado por Segadas Vianna em 24 de fevereiro de 2014
Publicado em: Uncategorized. Marcado: Avenida Brasil, Bandidos, Conjunto Amarelinho, Estadual Getúlio Vargas, Marcos Paulo, Marcos Paulo Medeiros Tavares Monteiro. Deixe um comentário
Soldado estava preso às ferragens na Avenida Brasil, mas foi identificado e agredido por criminosos do Conjunto Amarelinho

O DIA
1O soldado PM Marcos Paulo Medeiros Tavares Monteiro, de 29 anos, foi roubado e agredido por bandidos do Conjunto Amarelinho, em Irajá, na Zona Norte do Rio, após capotar com seu veículo na Avenida Brasil, na madrugada desta segunda-feira. Lotado no 41º BPM (Irajá), ele teve a arma levada e está internado no Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha.

Conforme registro na 39ª DP (Pavuna), após o acidente na pista central, sentido Zona Oeste, cerca de dez bandidos atravessaram as pistas da via para saquear o carro. Marcos Paulo estava preso às ferragens aguardando socorro. Ao descobrir que a vítima era policial, os criminosos o atacaram com socos no rosto. O PM teve todos os pertences e a pistola calibre 40 levados.

Com a chegada da ambulância dos bombeiros, os bandidos fugiram para o Conjunto Amarelinho. O estado de saúde do soldado é considerado grave.


Nota

Amigos e seguidores, a minha prioridade, é derrotar esta pratica de política viciada que circula em Caraguatatuba, cuja prática e projeto já comprometem o presente e ameaçam o futuro do Brasil. O PRB, partido que sou filiado e militante, é para mim a trincheira adequada para lutar por esse propósito. A partir dela me empenharei para agregar outras forças que pretendem dar um novo rumo ao país.

O Brasil não pode continuar vítima de uma falsa contradição entre justiça social e desenvolvimento. É preciso pôr fim a esse impasse, que, na verdade, acaba punindo os mais pobres, incentivando a incompetência e justificando erros grosseiros na aplicação de políticas públicas.

Temos de ser a voz e o instrumento de mais de 100 mil habitantes de Caiçaras que lutam todos os dias por um país melhor, mais justo, mais eficiente e mais decente.

Guilherme Araújo

Consultor de negócios e políticas & Blogueiro