A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

domingo, 26 de maio de 2013

Conheça a Farma Delivery!

Consagrada uma das maiores do ramo farmacêutico, a FarmaDelivery atua no mercado desde 1990. Com a loja física situada em Santo André, na grande São Paulo, atende clientes individuais, empresariais, clínicas médias, hospitais e prefeituras. Em 2007, a FarmaDelivery decidiu alcançar todo o Brasil: lançou uma loja virtual que realiza vendas para todo o país. No seu e-commerce é possível encontrar os produtos separados por departamentos, o que facilita a busca de quem procura algo específico. Mais uma facilidade da FarmaDelivery, que está sempre pensando no seu cliente.
FarmaDelivery oferece inúmero produtos, entre eles, estão os medicamentos, suplementos, dermocosméticos, produtos de beleza, equipamentos de monitorização, produtos voltados à higiene pessoal, dos fabricantes mais conceituados, como: Novartis, Medley, LaRochePosay, Pfizer, Vichy, Neutrogena, Farmoquímica, Eurofarma, Bayer-Schering e Ache. A FarmaDelivery  é sempre a primeira a receber as principais novidades da indústria dos laboratórios e possui mais de 200 fornecedores.
farma-delivery
FarmaDelivery ainda possui inúmeras exclusividades, como a categoria Ofertas da Semana, onde a cada semana, diversos produtos entram com grandes remarcações de preço.   Outro diferencial  da FarmaDelivery, é a Revista da empresa, na qual são publicadas  descontos, novidades e notícias que aconteceram durante os últimos dois meses. E, além disso, a FarmaDelivery conta com duas sub-lojas importantíssimas, que completam ainda mais as suas atividades, são elas: Natura e a Accu-Check.
Foi com muita dedicação e acima de tudo, confiabilidade, que a FarmaDelivery chegou aonde está. Não é a toa que o slogan da empresa é Confiança não se compra, se conquista! . A partir de hoje faça suas comprar na FarmaDelivery

EG realiza pesquisa voltada ao setor de utilidades domésticas

Baseado na pesquisa realizada pelo E-commerce Group, que avaliou os produtos do setor de utilidades domésticas mais vendidos no ano de 2012, nas lojas virtuais dos clientes De Vita e Untelar. Foi constatado que os produtos das categorias eletrodomésticos, utilidades e ferramentas, foram os mais vendidos na De Vita. Porém, na Utenlar, as categorias com mais destaque foram utilidades domésticas, casa e eletroportáteis.
Com a análise, também foi possível  perceber os itens específicos que se sobressaíram nas vendas durante o ano passado, entre eles estão os utensílios de cozinha, ventiladores, ferramentas manuais e decoração. Confira estes e mais outros produtos nas lojas online da De Vita e da Untelar.

Landing Page é sinônimo de conversão no ambiente online

Mais do que um simples cartão de visitas no mundo online, o que os empresários esperam – e podem alcançar – com a internet é o que chamamos de conversão. Ou seja, atrair novos clientes, parceiros ou consumidores para o seu negócio. Estes leads podem fazer isso preenchendo um formulário, solicitando contato ou comprando um produto, por exemplo. Esta é a chave de uma landing page.
landingpage (1)
Como o próprio nome já diz, a landing page é a página de destino para a qual um lead é encaminhado, seja a partir de uma campanha de Google Adwords, de um banner ou de uma busca orgânica. Ao contrário da Home Page de um site, por exemplo, que apresenta e convida o usuário a navegar em diversas áreas, podemos afirmar que este tipo de página é uma página de conversão pois a sua característica principal é mostrar ao visitante exatamente qual o próximo passo. Ou seja, o que um lead precisa fazer para se tornar um cliente, um parceiro ou um consumidor.  A tomada de atitude por parte deste usuário é a chamada conversão.  Agora, veja dicas de como construir uma landing page eficiente e atingir conversões:
Seja Claro: Em uma landing page eficiente, uma olhada de cinco segundos é suficiente para identificar qual a sua proposta geral. Para isto recursos visuais e o layout bem aplicados são indispensáveis. Por exemplo, utilize cores que remetam ao seu nicho de atuação.
Seja Objetivo: O objetivo de uma página de conversão é a tomada de atitude por parte do público alvo, então informações demais podem prejudicar esta meta. É necessário expor de forma clara e objetiva os diferenciais e em poucas palavras dizer ao seu possível cliente porque ele precisa do seu produto.
Call to Action: É o call to action que vai finalizar o objetivo de uma landing page, ou seja, é a frase, normalmente destacada em um botão em destaque, que diz claramente ao usuário o que fazer, como “preencha o formulário”, “baixe o arquivo” ou “compre agora”.
Foco no layout: O layout de uma landing page tem de estar de acordo com todos os preceitos listados, ou seja, precisa ser claro. Utilizar elementos visuais direcionados para áreas estratégicas e não poluir o visual da página com informações e elementos é fundamental para não desviar o foco de seu usuário. Elementos como imagens de personagens ou pessoas, por exemplo, serão mais eficientes se estiverem olhando ou apontando para a área de botão ou formulário, sempre destacando o ponto de conversão da página.
Gostou das dicas? Acompanhe nosso blog e fique por dentro das melhores oportunidades de negócio!

Queremos um solução senhor prefeito de Caraguatatuba, ao senhor presidente da Câmara Municipal de Caraguatatuba e os responsáveis por esta obra (DERSA /DER/GOVERNO ESTADUAL E MUNICIPAL).


Começou dia 31 de maio de 2013 as movimentações para os inícios das obras do contornos norte e sul da Nova Tamoios. Nesta obra serão mais de 1000 mil (imóveis) desapropriados e com isso as suas quase 06 (seis) pessoas. Com esta obra estimasse que já chegassem à casa de 06 (seis) mil pessoas sem ter para onde ir e literalmente no olho da rua!
Eu quero fazer algumas perguntas ao senhor prefeito de Caraguatatuba, ao senhor presidente da Câmara Municipal de Caraguatatuba e os responsáveis por esta obra (DERSA /DER/GOVERNO ESTADUAL E MUNICIPAL).

a.     Estas famílias serão indenizadas de que forma, e quais serão os índices para pagar estas pessoas?
b.     Qual o prazo mínimo o pagamento destas indenizações?
c.      Qual o prazo mínimo para a saída e para recolocação destes moradores em outras residências caso não encontre uma casa para comprar?
d.     Estas casas terão os seus valores de mercado?

Gostaria de fazer outros questionamentos ao senhor prefeito de Caraguatatuba, ao senhor presidente da Câmara Municipal de Caraguatatuba e os responsáveis por esta obra (DERSA /DER/GOVERNO ESTADUAL E MUNICIPAL).

a.     Sobre o auxilio aluguel de R$ 480,00 que será passado aos desapropriados da obra da nova tamoios.
b.     Com este valor de R$ 480,00, onde vai achar casas por este valor de locação nas cidades de São Sebastião e Caraguatatuba?

O Contorno Norte terá 07 (sete) quilômetros e vai ligar a Rodovia Tamoia à Praia Martim de Sá em Caraguatatuba, passando por bairros como Rio do Ouro e Casa Branca.
O Contorno Sul terá 30 quilômetros e vai da Rodovia Tamoia até o porto de São Sebastião. Em Caraguatatuba o contorno vai passar por bairros como Tingá e Gaivotas.

Desapropriações
de acordo com Senhor Marcelo Arreguy Barbosa, gerente de meio ambiente do DERSA, as áreas que serão desapropriadas estão sendo selecionadas para a abertura dos processos. "nós estamos selecionando algumas áreas cujo processo de desapropriação deve ser mais simples, por serem áreas sem muitas ocupações, sem muita vegetação significativa, são obras cujo processo de licenciamento é simples", explicou.
Ao todo serão 1000 (mil) desapropriações. As famílias serão indenizadas ou realocadas por meio de programas habitacionais. O levantamento dos imóveis e os cadastros dos moradores ainda não começaram. "será feito um cadastro de cada um dos imóveis, aqueles regulares entram no processo do programa de desapropriação, que estabelece que seja feito o pagamento por preço de mercado. Aquelas ocupações irregulares será proposto à inclusão em nosso programa de reassentamento que prevê a entrega de apartamento para cada uma delas, sem custo nenhum para essas famílias", afirmou.

Crivella rebate acusações da revista Isto É

>>Ministro da Pesca e Aquicultura não fechou nenhum contrato com a Bahia Pesca durante sua gestão>>

Ao contrário do que foi publicado, o ministro da Pesca e da Aquicultura, Marcelo Crivella, não assinou, ao longo de sua gestão, nenhum contrato com a empresa pública Bahia Pesca. A acusação de triangulação de recursos, feita pela publicação da Editora Três, em benefício da instituição filantrópica Fazenda Nova Canaã, não tem nenhum fundamento e é desmentida também pelo atual presidente da Bahia Pesca, Cássio Peixoto e pelo secretário de estado da Agricultura da Bahia, Eduardo Salles.

“Os contratos com a Bahia Pesca foram dois terminais pesqueiros, que o ministério iniciou antes da minha gestão. Com o tamanho do litoral baiano, queria ter investido muito mais”, afirmou Crivella, que na sexta-feira manteve contatos com advogados da Advocacia Geral da União para tratar do processo que move contra a revista. “Foram publicadas mentiras, que serão tratadas com o rigor da lei”, acrescentou.

Quanto ao procedimento preliminar de avaliação, aberto essa semana pela Comissão de Ética da Presidência da República, o ministro manifestou tranquilidade, tendo em vista não haver nenhum fundo de verdade na denúncia feita pela revista. “Tenho todas as condições de demonstrar que a revista mentiu e levarei isso à Justiça e à Comissão de Ética”. Completou.

O secretário de Estado da Agricultura, Eduardo Salles, emitiu nota afirmando igualmente que, “não houve, em momento algum, a utilização de equipamentos públicos estaduais ou verbas oriundas de convênio com Ministério da Pesca”, em projeto na Fazenda Nova Canaã.

O atual presidente da Bahia Pesca, Cassio Peixoto, atestou que desde que assumiu a empresa, em 2013, apenas realizou adequações em convênios de anos anteriores. “Assumi a Bahia Pesca em Janeiro de 2013 e nesse período de gestão não houve qualquer repasse de recursos daquela Pasta para esta Empresa, ao contrário, fizemos as equalizações dos Convênios dos anos de 2007 e 2008, ressarcindo os recursos não aplicados nas gestões anteriores”, explicou.

O que é o projeto da Fazenda Nova Canaã

A Entidade Beneficente Fazenda Nova Canaã, em Irecê, no Estado da Bahia,citada na reportagem da revista Isto é, foi fundada por Crivella. Ela atende gratuitamente 606 crianças e existe há mais de 13 anos. Durante a manhã as crianças atendidas têm aulas do ensino fundamental gratuitamente. À tarde frequentam turmas de judô, natação e dança e têm acesso a laboratório de ciências, informática, um cinema (único na cidade), recreação no parquinho, brinquedoteca (para as crianças de 03 a 05 anos), teatro e futebol.Uma escola de ensino médio já foi construída na fazenda e inicia as aulas no próximo ano.

Atenciosamente,
REDE CRIVELLA

MARCELO CRIVELLA TENDÊNCIAS/DEBATES Reforma aquária já!

Se meio por cento das águas da União ficarem isentas de licenciamento ambiental, produziremos 20 milhões de toneladas de pescado por ano
Não nos anima nenhum sentimento de xenofobia, mas é inaceitável que, com a imensidão de águas do nosso território, sejamos um crescente importador de pescado. Só no ano passado, foi mais de US$ 1 bilhão, ainda que o consumo per capita nacional seja metade da média mundial.
É que a produção no Brasil não deixa de estar em crise. Não a crise da estagnação que tem levado muitos povos ao desalento, mas a crise fecunda e redentora que, de um lado, nos desafia com o imenso potencial da nação e, do outro, nos intimida com o cipoal de normas e a deficiência na infraestrutura.
Um paradoxo da nossa conjuntura, a exigir de nós planejar com lucidez, decidir com inteligência e realizar com bravura. E sem, obviamente, demoras desnecessárias.
A consciência crítica e o inconformismo com o atraso e a miséria, marcas do governo da presidenta Dilma, garantem ao povo brasileiro o direito de ser otimista. O que queremos ser e seremos é um país cuja indústria pesqueira alcance o mesmo desenvolvimento que a avícola ou a bovina.
O processo começou: o Plano Safra da Pesca e Aquicultura e a desoneração tributária, ao se incluir o pescado na cesta básica, foram os primeiros passos. Agora, a presidenta determinou que o Ministério da Pesca e Aquicultura e o Ministério do Meio Ambiente apresentem proposta para simplificação de licenciamento ambiental para a aquicultura nas águas da União.
A ideia é o desenvolvimento da aquicultura de zero impacto ambiental. Consiste, basicamente, na dispensa do licenciamento ambiental nos parques e áreas aquícolas em águas da União, em até meio por cento do reservatório, barragem, açude etc., a ser instalada de maneira gradual e com monitoramento ambiental. Ao primeiro sinal de comprometimento dos parâmetros do uso múltiplo da água, interrompe-se a instalação.
Meio por cento é um índice extremamente conservador, mas, diante do volume de águas que possuímos em domínio da União, no mar e territorial, seria suficiente para produzir algo em torno de 20 milhões de toneladas de pescado anualmente e de maneira sustentável. Repito, meio por cento.
Estamos determinados e confiantes de que, com trabalho e pesquisa, iremos nos redimir das amarras que ancoram o nosso progresso e promover o desenvolvimento sustentável da indústria pesqueira.
Com o plano, a Embrapa Pesca e Aquicultura ganha nova força para desenvolver pacotes tecnológicos. O seu presidente lembra que, em um hectare de terra, o melhor pecuarista brasileiro consegue produzir uma tonelada de carne bovina por ano, enquanto, no mesmo tempo, em um hectare de água, pode-se produzir 200 toneladas de peixe.
Assim, o governo oferece alternativa produtiva melhor para os vultosos investimentos economicamente estéreis na especulação financeira. Nossos empresários são chamados a investir na produção de pescado para fazer do Brasil um dos maiores produtores do mundo. São chamados para suas empresas crescerem com um trabalho rentável e fascinante, mas também sublime, por ajudar no combate à fome.
Mas o mais importante é que centenas de milhares de famílias de pescadores e ribeirinhos poderão obter um lote aquícola e acrescentar ao patrimônio da nossa geração uma riqueza em proteína animal cujo potencial o BNDES comparou a um novo pré-sal.
MARCELO CRIVELLA, 55, é engenheiro civil, senador licenciado pelo Rio de Janeiro e ministro de Estado da Pesca e Aquicultura

Oi terá que informar aos consumidores os limites de planos que ofereçam ligações à vontade

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro condenou a operadora de telefonia Oi a informar as restrições, exceções e os limites em todas as ofertas do plano Oi à vontade, ou qualquer outro que prometa ao consumidor despreocupação com faturas e tempo de ligação. Se não cumprir a determinação poderá pagar multa diária de R$ 30 mil. A empresa poderá recorrer da decisão.
De acordo com o Ministério Público, que encaminhou a ação civil pública, a Oi utiliza em sua publicidade termos que induzem o consumidor a não se preocupar com o pagamento da conta telefônica. 'O uso de termos sugestivos como 'à vontade' em peças publicitárias deve estar acompanhado da divulgação das limitações e restrições, com a mesma visibilidade e peso do supostamente fantástico benefício oferecido', afirma a promotori
O MP acrescenta que a empresa não esclarecia que o bônus de 10 mil minutos previstos no plano 'Oi à vontade' se iniciava após a utilização dos minutos da franquia contratada e que as chamadas para telefones móveis de outra operadora não estavam incluídas: 'O consumidor era surpreendido com a cobrança de faturas altas, quais sejam, aquelas feitas para celular de outra operadora após a utilização da franquia'.
A operadora alegou que 'qualquer consumidor, de mediana inteligência, sabe que não existe serviço de telefonia com número infinito de minutos mensais'. De acordo com a operadora, a existência de limites é notória e independe de prova, e a mídia televisiva não é a via própria para discriminar os detalhes de um serviço complexo.
A empresa foi condenada também ao pagamento de danos morais e materiais aos consumidores que contrataram o plano, além da publicação de editais para conhecimento da sentença em dois jornais de grande circulação. A Oi ainda não informou se irá recorrer da decisão.

Navio se desprende e deixa quatro trabalhadores feridos em estaleiro no Rio

Um navio que está sendo construído no Estaleiro Rio Nave, na área portuária do Caju, se desprendeu da carreira onde era mantido e se lançou ao mar, deixando quatro trabalhadores feridos. O acidente ocorreu na manhã de hoje (25), segundo nota divulgada pela Capitania dos Portos do Rio de Janeiro (CPRJ).
Os trabalhadores sofreram ferimentos leves e foram levados para um hospital. De acordo com a capitania, não houve poluição no mar. As primeiras informações apontam para o rompimento do cabo de aço que sustentava a embarcação, que estava pronta para se lançada ao mar em fase de testes.
O navio é um rebocador de alto-mar usado em exploração de petróleo. Uma equipa da Capitania dos Portos foi enviada para o local e vai investigar as causas do acidente.

Serviços de inteligência conheciam suspeitos de terem matado soldado britânico

Os dois suspeitos de terem matado o soldado Lee Rigby esfaqueado em uma rua de Londres - Michael Adebolajo, de 28 anos, e Michael Adebowale, de 22 - eram conhecidos dos serviços de inteligência britânicos. Rigby era um soldado de 25 anos que combateu no Afeganistão.
Na noite de sexta-feira (24), um amigo de Adebolajo foi preso após conceder uma entrevista ao programa Newsnight, da BBC. A Polícia Metropolitana de Londres disse que a prisão não está diretamente ligada ao assassinato do soldado.
Abu Nusaybah disse ao programa que Adebolajo teria rejeitado, há seis meses, uma proposta para trabalhar para o MI5, o serviço de inteligência britânico. A oferta teria sido feita depois que Adebolajo voltou de uma viagem ao Quênia, na África, de onde ele chegou com comportamento 'diferente', segundo Nusaybah.
Ele disse que Adebolajo teria dado indicações de que sofrera agressões físicas e abusos sexuais durante o interrogatório feito pela polícia no Quênia.
Na semana que vem, o diretor-geral do MI5, Andrew Parker, deve prestar depoimento em um comitê parlamentar que investiga os indícios de que os serviços de segurança conheciam os suspeitos.

Brasil perdoa dívida de US$ 900 milhões de 12 países africanos

O porta-voz da Presidência da República, Thomas Traumann, anunciou hoje (25) a anulação de US$ 900 milhões de dívidas de 12 países africanos. 'Ter relações especiais com África é estratégico para a política externa brasileira', disse ele à imprensa. O anúncio foi feito durante reunião da União Africana em Adis Abeba, capital da Etiópia.
Os países mais beneficiados com esta anulação de dívida serão a República do Congo, cuja dívida é US$ 352 milhões, e a Tanzânia, com US$ 237 milhões de dólares, acrescentou o porta-voz.
Guiné-Bissau e São Tomé e Príncipe também estão entre os países beneficiados, assim como a Costa do Marfim, o Gabão, a Guiné-Conacri e a República Democrática do Congo.
O porta-voz explicou que a medida visa dinamizar as relações econômicas entre o Brasil e África. Segundo o Governo brasileiro, as trocas comerciais entre o Brasil e África foram em 2012 de cerca de 25 bilhões de dólares.

Barcelona já reserva datas para fazer a apresentação de Neymar Craque deve ir para o novo clube vestir a camisa dia 3 ou 4 de junho, entre os amistosos da Seleção

Neymar é do Barcelona. E o clube catalão estava tão confiante no desfecho positivo da novela que até já reservou datas para a apresentação do atacante: dias 3 ou 4 de junho.
O craque não conseguiu controlar a ansiedade para aceitar a proposta do Barça e fez o anúncio na noite de sábado.
Neste domingo, ele se despede da torcida em jogo contra o Flamengo, pela estreia do Campeonato Brasileiro, marcado para as 16 horas em Brasília.
Neymar Messi 2011 (Foto: Site Oficial)
Além do clube catalão, o santista tinha em mãos outra proposta, do Real Madrid. Financeiramente, a oferta do Real era melhor tanto para ele quanto para o Santos. O Peixe aceitou as duas e deixou a decisão nas mãos do jogador. Toda a negociação, que se arrastou por meses, teve a noite de sexta e a madrugada de sábado como ponto alto. Dirigentes do Barça ficaram das 17h até quase 1h da manhã na Vila Belmiro fechando os detalhes. Enquanto isso, o Real também fazia suas investidas. Neymar e seu pai saíram do estádio santista e foram para casa, na vizinha cidade de Guarujá, pensar e decidir em família.
Neste sábado pela manhã, o jogador foi ao CT e filmou, com uma câmera presa na cabeça, aquele que provavelmente será o seu último treino como jogador do Santos. À tarde ele viajou de helicóptero para Caraguatatuba, no litoral norte de São Paulo, e de lá segue – num jatinho fretado – para Brasília, onde o Peixe enfrenta o Flamengo no domingo.
Os representantes do Barcelona retornam para a Espanha confiantes e decididos a apresentá-lo logo. Na próxima terça-feira Neymar se integra à seleção brasileira para a disputa da Copa das Confederações. O plano do Barça é pedir à CBF a liberação do jogador por dois dias para que ele vá a Europa. No dia 2 de junho o Brasil enfrenta a Inglaterra, em partida amistosa, no Maracanã. O atacante sairia do Rio de Janeiro direto para Barcelona.
Lá, seria apresentado à nova torcida num Camp Nou provavelmente lotado de fãs, vestiria a camisa azul-grená, faria embaixadinhas e daria as primeiras palavras como companheiro de Messi. Apresentação feita, a ideia é retornar imediatamente para Porto Alegre, onde o Brasil faz novo amistoso contra a França, dia 9.
A ida definitiva para a Espanha seria logo após a Copa das Confederações. Se chegar à final, a Seleção joga até o dia 30 de junho. A intenção do clube catalão é que a estreia de Neymar seja numa partida justamente contra o Santos, no Camp Nou. O jogo, inclusive, faz parte do pagamento. Na oferta que fez ao Peixe, além da quantia em dinheiro, o Barça sugeriu dois amistosos um na Espanha e outro no Brasil com a presença das suas estrelas. Renda e eventuais cotas pelos direitos de transmissão ficariam com o clube santista.
Consultada sobre um eventual pedido para liberar Neymar por alguns dias durante a preparação para a Copa das Confederações, a CBF diz que não fala sobre hipóteses e que a decisão é da comissão técnica. A assessoria de imprensa da entidade confirmou que os atletas serão liberados após a partida contra a Inglaterra, no dia 2. A reapresentação está prevista para a segunda-feira, dia 3, às 11h30.
Nesta semana, o técnico Luiz Felipe Scolari e o coordenador Carlos Alberto Parreira estiveram reunidos com o presidente do Barcelona, Sandro Rosell, durante visita que fazem a clubes na Europa.

Agora é pra valer....

Fresquinha, acabei de saber da assessoria do jogador Neymar que o jogador é do Barcelona...