A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

MP recebe inquérito sobre morte de cinegrafista

O delegado Maurício Luciano , da 17ª DP (São Cristóvão), chegou às 16 horas desta quinta-feira à sede do Ministério Público do Rio para entregar à promotora Vera Regina de Almeida o inquérito que apurou a morte do cinegrafista da TV Bandeirantes Santiago Andrade, de 49 anos.
O delegado indiciou o tatuador Fábio Raposo e o auxiliar de serviços gerais Caio Silva de Souza, ambos de 22 anos, pelos crimes de explosão e homicídio doloso (com intenção de matar), qualificado por uso de artefato explosivo.
Se condenados, cada um pode pegar até 35 anos de prisão. O delegado também requereu a conversão da prisão temporária por 30 dias de ambos para prisão preventiva, a fim de que os dois permaneçam presos até o julgamento.
Como os indiciados estão presos, a promotora tem prazo de cinco dias para analisar o inquérito e decidir se oferece denúncia à Justiça ou se devolve o inquérito à Polícia Civil requerendo novas diligências.

Médica cubana pede indenização de R$ 149 mil do governo

A médica cubana Ramona Matos Rodriguez ingressou nesta sexta-feira, 14, com uma ação na Justiça reivindicando que o governo federal pague R$ 149 mil de indenização pelo período em que trabalhou no Mais Médicos. Ramona, que abandonou o programa na semana passada e pediu abrigo na liderança do DEM, pede que o valor seja bloqueado das contas da União liminarmente, até que o mérito da causa seja analisado.
A ação foi proposta na Justiça do Pará, Estado onde Ramona prestou serviços por quatro meses. A médica reivindica R$ 69 mil em salários e direitos trabalhistas não pagos e R$ 80 mil como indenização por danos morais. Ramona trabalhava na cidade paraense de Pacajá. Ela afirma ter deixado o Programa Mais Médicos por causa da baixa remuneração, sobretudo quando comparada ao valor que o Ministério da Saúde repassa para médicos que ingressaram no programa por meio de inscrições individuais.
O valor repassado pela pasta é R$ 10 mil. Ela, que foi recrutada por meio do acordo de cooperação com Cuba, recebe o equivalente a US$ 400. O restante dos recursos ficava com governo cubano. A médica foi a primeira cubana a abandonar o Mais Médicos que não retornou para Cuba. Depois que seu caso veio à tona, semana passada, mais quatro casos de deserção foram registrados entre profissionais recrutados em Cuba.

Ex de empresário preso se ajoelha e pede perdão à família do cabo Sidnei do Bope.


A ex-mulher do empresário da construção civil Aníbal João Valente Junior, de 43 anos, preso acusado pelo assassinato do cabo do Batalhão de Operações Especiais Sidnei Dias Simão, se ajoelhou e tentou pedir perdão à família do policial. 

Ela compareceu nesta sexta-feira, 14, na Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense e disse ao irmão da vítima que “só pensou no policial quando soube do crime”. Na ocasião, Sidnei, que fazia a segurança do coordenador do grupo AfroReggae, José Júnior, estava de folga .

"Assim que soube do fato, pensei no seu irmão, nem no meu ex-marido eu pensei. Ele não é marginal, ele é trabalhador, pai de família e ele não fugiu"disse a mulher, que não quis se identificar.

O irmão do PM aceitou o pedido de desculpas e disse que só o fazia “porque a família é evangélica”. Mas afirmou à mulher que Aníbal tem que pagar pelo que fez. "Você tem o meu perdão. Mas isso não pode ficar impune. Meu irmão tinha orgulho de ser policial e de ser do Bope. O sofrimento é enorme. Não como nem durmo há cinco dias."

Mais de uma semana após troca, Pato assina e finalmente é do São Paulo Alexandre Pato é do São Paulo...

Mais de uma semana após troca, Pato assina e finalmente é do São Paulo

Alexandre Pato é do São Paulo. Pouco mais de uma semana depois de surgir a notícia de que o atacante iria para o time tricolor, enquanto Jadson reforçaria o Corinthians, o clube do Morumbi anunciou, nesta sexta-feira, o acordo com o jogador por empréstimo até dezembro de 2015. A apresentação do novo reforço ainda não tem data definida.
Pato já havia realizado exames e treina com os novos companheiros desde a última terça-feira. Entretanto, detalhes separavam o acerto com o São Paulo. Na última quinta - quando marcou um belo gol de letra no treino -, o departamento jurídico do clube do Morumbi revisou todos os termos do contrato. Após a verificação, os papeis foram repassados para departamento de futebol, que chamou o atacante para finalmente assinar.
O acordo entre os clubes diz que Pato não poderá jogar contra a equipe alvinegra durante toda sua passagem, ao menos que o time tricolor pague uma multa, enquanto Jadson só não poderá enfrentar o São Paulo em 2014. Na próxima temporada, ele está livre para atuar contra a ex-equipe.
A estreia de Pato, entretanto ainda deve demorar. O atacante já fez cinco partidas pelo Corinthians no Paulista (o limite é de três jogos) e não pode mais atuar na competição. Desta forma, o jogador deve vestir pela primeira vez a camisa do São Paulo na Copa do Brasil. O time tricolor joga a 1ª fase contra o CSA, fora de casa, no dia 12 de março.