A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Fotos de Carolina Dieckmann nua começam a ser retiradas do ar, informa advogado.




No inicio da tarde desta quarta-feira (9), o Dr. Antônio Carlos de Almeida Castro, advogado contratado para defender a atriz Carolina Dieckmann, 33 anos, que no último final de semana teve dezenas de fotos íntimas suas postadas na internet, sem seu consentimento, disse que em breve se reunirá com os advogados do Google para tentar chegar a um acordo e conseguir o bloqueio de pesquisas que conduzam os internautas as “fotos de Carolina Dieckmann nua” que vazaram na rede, e foram reproduzidas em diversos sites no Brasil e no exterior.

Pela manhã quem pesquisou no “Google” ainda encontrou facilmente as fotos que originalmente estavam armazenadas no computador da atriz.

Mas segundo informou o advogado de Carolina Dieckmann – “As imagens haviam sido retiradas do ar. Agora, se remanesce alguma página com as fotos, vou conversar com eles e ratificar isso para que elas sejam inibidas".

Ainda segundo Kakay não será necessário mover uma ação inibitória na Justiça contra o Google. "Eles tiveram a boa vontade de colaborar, por isso não vou mais entrar com a ação", disse.

Através de nota, o Google afirmou que não interfere em seus resultados de busca. "O mecanismo de busca do Google é um indexador, ou seja, uma ferramenta que procura conteúdos disponíveis na Internet. Para que um conteúdo não apareça na busca do Google, é necessário entrar em contato com o site que hospeda esse conteúdo e solicitar sua remoção", disse.

De acordo com informações da Folha o notebook de Carolina Dieckmann foi encaminhado para perícia, e o laudo deve ficar pronto em duas semanas.

Rapper Emicida recusa assinar B.O e afirma que o comentário foi mudado pela policia.

(Divulgação)
O rapper paulistano Emicida, que foi detido na noite de ontem por suposto desacato à autoridade após um show em Belo Horizonte (MG), divulgou sua versão do caso em nota oficial publicada em seu blog na madrugada desta segunda-feira.

No comunicado, o MC afirma que não assinou o boletim de ocorrência porque o comentário feito por ele no palco --o motivo de sua prisão-- foi alterado pela polícia no documento.

Antes de cantar "Dedo na Ferida", a primeira música de sua apresentação no festival Palco Hip Hop, na região do Barreiro, periferia da capital mineira, Emicida disse: "Antes de mais nada, somos todos Eliana Silva, certo? Levanta o seu dedo do meio pra polícia que desocupa as famílias mais humildes. Levanta seu dedo do meio pros políticos que não respeitam a população e vêm com nóis nessa aqui, ó. Mandando todos eles se foder, certo BH? A rua é nóis". O momento está registrado em vídeo.

Segundo o rapper, a versão do boletim de ocorrência, reproduzida em foto e texto em seu blog, diz: "Eu apoio a invasão do terreno Eliana Silva, região do Barreiro, tem que invadir mesmo, levantem o dedo do meio para cima, direcione aos policiais, pois todos esses tem que se f(xx)der".

Para a PM, ao incitar o público a fazer gestos obscenos para a PM e para políticos durante a execução da música, o rapper cometeu desacato à autoridade. Emicida foi, então, levado para a 36ª Delegacia Seccional após o término do show, pouco depois das 19h30. A liberação ocorreu por volta das 22h35.

Fotos de Carolina Dieckmann pelada são publicadas no site da Cetesb, em SP.

Fiquei sabendo -  Que as fotos da atriz Carolina Dieckmann nua que vazaram no início do mês na internet, voltaram a aparecer, desta vez no site da Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb) de São Paulo. 
(Foto: Reprodução Internet - Carolina Diekmann teve suas fotos íntimas publicadas na rede)

Dizem que foi uma ação de crackers, que invadiram o site, ontem(15) à noite. 

(Foto: Reprodução Internet - Carolina Diekmann teve suas fotos íntimas publicadas na rede)

A empresa divulgou nota para imprensa. 

Nota da Cetesb - Às 17h50 de hoje, dia 15, o Departamento de Informática da Cetesb detectou a invasão em seu site. Imediatamente a página foi retirada do ar. O problema durou cerca de 10 minutos e, de acordo com a área responsável, não há indícios de prejuízos aos bancos de dados. Os técnicos estão averiguando como ocorreu a invasão e a direção da Companhia tomará as devidas providências junto as autoridades policiais. O site da Cetesb estará no ar o mais breve possível, tão logo seja restabelecida sua segurança.".