A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Estamos bem representados






Licitação duplicada em Duque de Caxias vai parar na Justiça

MJRE ganhou licitação para pavimentar ruas de Caxias

Está nas mãos dos juízes a licitação para o asfaltamento de ruas em quatro distritos do municípo de Duque de Caxias.
A vencedora da concorrência foi a Sanerio Engenharia. E a segunda colocada a MJRE.
Em vez de homologar o resultado, a prefeitura, uma semana depois, promoveu outra licitação para o mesmo serviço. Dessa vez, com publicação de edital em jornal de pouca circulação.
Adivinhem que foi a vencedora do segundo certame?
A MJRE!

Gritaria
A Sanerio pôs a boca no trombone. Diante da grita, a prefeitura cancelou a primeira licitação alegando falta de recursos.

Caixa cheia
Foi então que a empreiteira conseguiu, na Justiça, o acesso à papelada da segunda licitação, para provar que se tratava exatamente do mesmo objeto.
E o mais curioso é que, neste segundo caso, a prefeitura prontamente arrumou os recursos para a obra e os empenhou.

Disputa pela Prefeitura do Rio já tem todos os candidatos confirmados


O tabuleiro eleitoral da disputa pela Prefeitura do Rio está montado. Neste último fim de semana, os três grandes nomes que faltavam foram confirmados candidatos. Os deputados federais Alessandro Molon (Rede) e Indio da Costa (PSD) e o senador Marcelo Crivella (PRB) foram lançados oficialmente nas convenções dos seus partidos.
Mas a maioria dos aspiras ainda estão indecisos sobre seus vices. Molon, Indio, Crivella e Flávio Bolsonaro (PSC) ainda não escolheram seus parceiros nas chapas.
E os três últimos que se lançaram no fim de semana aguardam ansiosos que o PSB bata logo o martelo e escolha quem vai apoiar na disputa.

Chapas montadas
Pedro Paulo Carvalho (PMDB) conseguiu ter a deputada estadual Cidinha Campos (PDT) como vice. Já Marcelo Freixo (PSOL) caminhará com a professora Luciana Boiteux. Carlos Osório, por sua vez, fechou com Rodrigo Amorim (PRP). Já Jandira Feghali (PCdoB) terá Édson Santos (PT) na chapa.

Molon confirma candidatura

Vencedora do pregão para cuidar do Zoo do Rio foi empresa que criou o projeto

Zoológico do Rio

Como previam os mais ressabiados, a empresa Cataratas do Iguaçu S.A., contratada pela Prefeitura do Rio para preparar os estudos e o projeto do novo Jardim Zoológico, foi a vencedora do pregão para administrar o espaço.
A homologação da licitação, no valor de R$ 4 milhões, foi publicada no Diário Oficial desta segunda-feira (01). Só para elaborar o projeto, a Cataratas já tinha recebido R$ 2 milhões.
O edital apenas determinava que a empresa concorrente devia "contratar um profissional de formação superior na área de Ciências Biológicas ou Medicina Veterinária".
Também não especificava a necessidade de experiência em manejo de animais. Bastava ter administrado parques ou pontos turísticos cuja visitação fosse superior a 300 mil pessoas por ano.
A única concorrente da Cataratas foi a Esfeco, que deu o lance de R$ 3,340 milhões. O contrato deve ser assinado em 30 dias.
A Cataratas é responsável pela administração do Parque Nacional das Cataratas do Iguaçu, no Paraná; pelo gerenciamento do Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha, em Pernambuco, e também vai cuidar do AquaRio, previsto para ser inaugurado no próximo ano, na Zona Portuária.


Transição
A diretoria da Fundação Rio Zoo realizou, na tarde desta segunda-feira (01), uma reunião para tentar tranquilizar os funcionários sobre a mudança. Mas não foi dada nenhuma definição, apenas que a transição ocorrerá nos próximos 30 dias.

Os milhões extras da Olimpíada do Rio



A conta dos Jogos Olímpicos para o cidadão carioca ainda não parou de aumentar.
Para o desembarque dos passageiros que vão usar os BRTs, a prefeitura contratou uma empresa para locação, montagem e desmontagem de oito plataformas provisórias na Zona Sul.
A vencedora da licitação foi a paulista Bauhaus do Brasil, que vai abocanhar a fortuna de mais de R$ 1 milhão pelo serviço.
Por dois meses
Cada plataforma, incluindo os serviços, custará R$ 125.875,00, para existir durante os exíguos 60 dias de vigência do contrato.
Elas serão usadas de madrugada, e servirão de plano B para o caso de haver algum problema com a Linha 4 do metrô.
E no mural...
E deu no Diário Oficial de quarta-feira: a prefeitura vai gastar mais R$ 1,6 milhão com a instalação do Mural dos Campeões no Parque Olímpico.
Aí, a bélica vereadora Teresa Bergher (PSDB) quase infartou. A moça achou que tem milhão demais nessas contas e vai cobrar esclarecimentos da administração municipal.

Cai o número de prefeituras que prestaram contas ao Tesouro Nacional

Rio de Janeiro é a capital brasileira com melhor situação fiscal, mas ainda assim não com a nota máxima

Em ano eleitoral — e de crise econômica — o total de prefeituras que prestaram contas ao Tesouro Nacional a tempo de entrar no Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF), divulgado na semana passada, minguou.
No ano passado, 83 dos 92 municípios do Estado do Rio forneceram seus dados de 2014.
Só 54, pouco mais da metade, atualizaram agora os números.
Bem
As três primeiras colocadas no ranking do estado são as cidades do Rio, de Niterói e de Macaé.
Na quinta colocação estadual, e na 135ª nacional, Queimados foi o único município da Baixada Fluminense a apresentar boa situação fiscal em 2015.
Mal
Com mais restos a pagar do que recursos em caixa para cobri-los, Engenheiro Paulo de Frontin, Carapebus e Italva ficaram nas três últimas colocações.
Itaguaí, na Costa Verde, que foi primeiro lugar do estado em 2011 e 2012 e caiu para 12º em 2013 e 16º em 2014, este ano nem aparece na listagem por falta de informação.

Ex-prefeito de Itaguaí Luciano Mota arma barraco em convenção

Luciano Mota reivindicou candidatura

O ex-prefeito de Itaguaí Luciano Mota armou um barraco na convenção do PSDB que oficializaria a candidatura de Osvaldo Fonseca Filho, o Vadico, para a prefeitura da cidade.
Na noite desta segunda-feira (01), Mota invadiu o plenário da Câmara Municipal durante o evento. Transtornado, alegou que ele ainda pertencia ao partido e seria o candidato. A polícia chegou a ser chamada para conter os ânimos.
Investigado por desvio de verbas federais, lavagem de dinheiro e fraude em licitações, o ex-prefeito foi afastado do cargo em março do ano passado, e expulso do PSDB um mês depois.
No Facebook, Vadico lamentou a tentativa de Mota de tumultuar a convenção:
"O ex-prefeito apareceu com um papel sem validade nenhuma questionando a vaga no partido, sendo que ele conseguiu uma coisa inédita: foi expulso por unanimidade pelo (diretório) nacional, estadual e municipal".
A assessoria de imprensa do PSDB reafirmou que Mota não tem mais nenhuma ligação com o partido.

Felipe Peixoto (PSB) confirma o delegado Antonio Rayol (PSDB) como vice



O ex-secretário estadual de Saúde, Felipe Peixoto (PSB), lançará oficialmente candidatura à Prefeitura de Niterói nesta terça-feira (02), na Câmara Municipal, e confirmará o nome do delegado da Polícia Federal Antônio Rayol (PSDB) como vice.
Rayol ficou conhecido por ter prendido o marqueteiro do ex-presidente Lula, o publicitário Duda Mendonça, numa rinha de galos, em 2004.
O delegado aposentado chegou a ser lançado pré-candidato pelo PSDB, mas desistiu para compor chapa com Peixoto.

PT define alianças em cinco municípios do Estado do Rio

Presidente estadual do PT, Quaquá, e vereador Ferreirinha: apoio a Rogério Lisboa em Nova Iguaçu

Depois de decidir que só vai disputar a prefeitura de seis cidades fluminenses, o PT definiu alianças em cinco municípios do Estado do Rio.
Em Nova Iguaçu, confirmou que o vereador Ferreirinha será o vice na chapa do deputado estadual Rogério Lisboa (PR).
Em Itaboraí, vai apoiar o ex-prefeito Cosme Salles (PROS) e, em São Gonçalo, Brizola Neto (PDT). Em São João de Meriti, caminhará com Marcelo Simão (PMDB) e, em Queimados, com o indicado do prefeito Max Lemos (PMDB).
Só falta bater o martelo em Campos, no Norte Fluminense.

Câmara aprova, em 1ª discussão, saída da Barra e Jacarepaguá da Zona Oeste

Barra da Tijuca: pode sair da Zona Oeste

Ao contrário do que se imaginava, os vereadores do Rio voltaram ao Palácio Pedro Ernesto nesta terça-feira (02). E os nobres deram quórum à sessão, votando até o incompleto projeto que tira a Barra da Tijuca e Jacarepaguá da Zona Oeste.
Depois de o prefeito Eduardo Paes (PMDB) criar polêmica e deixar o Flamengo fora da Zona Sul por alguns dias, os vereadores aprovaram, em primeira discussão, o projeto de lei que consolida a delimitação da Zona Oeste sem os dois bairros.
Mas a proposta de Marcelino D'Almeida (PMDB) não diz exatamente para qual região a Barra e Jacarepaguá iriam...
O texto será votado em segunda discussão nesta quarta-feira (03).
Novo horário
Os parlamentares definiram que, durante os dias de Olimpíada, as sessões vão ser realizadas mais cedo. Haverá extraordinárias de 12h às 14h.

Prisões à vista em Magé: STJ cassa o habeas corpus de Jane Cozzolino

Ex-deputada Jane Cozzolino: habeas corpus suspenso

A sexta turma do Supremo Tribunal de Justiça (STJ) revogou a liminar que suspendia o pedido de prisão preventiva da ex-deputada Jane Cozzolino, mãe do deputado estadual e candidato à Prefeitura de Magé, Renato Cozzolino (PR).
Também tiveram os habeas corpus cassados o ex-prefeito de Magé Rozan Gomes da Silva, o ex-secretário de Obras Jefferson de Oliveira e o empresário Fábio Figueiredo de Morais.
Operação
O quarteto foi alvo da Operação Terra Prometida, deflagrada em janeiro pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público Estadual.
Eles respondem a inquérito por peculato, corrupção ativa, coação, lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e fraude em licitação para locação de máquinas e caminhões, em 2009.
Valendo!
A decisão do ministro Rogerio Schietti Cruz foi publicada nesta qjuarta-feira (03), mas, segundo o STJ, a Vara Criminal de Magé e o Tribunal de Justiça do Rio já foram comunicados para fazer valer a prisão.

Zito, Marquinho Mendes e Lindbergh Farias entram na lista negra do TCE


O Tribunal de Contas do Estado (TCE) encaminha nesta quarta-feira (03), à Justiça Eleitoral, a lista dos gestores públicos que tiveram suas contas julgadas irregulares nos últimos oito anos.
Com base nesta listagem, e em outros dados, o Tribunal Regional Eleitoral decide se os citados devem ser, ou não, declarados inelegíveis.
A última relação, em 2012, tinha mais de mil nomes.
Esta edição inclui a estrela de Caxias, o hoje deputado estadual e pré-candidato a prefeito José Camilo Zito (PP), Marquinho Mendes, deputado federal do PMDB e candidato a prefeito de Cabo Frio, e o hoje senador, ex-manda-chuva de Nova Iguaçu Lindbergh Farias (PT).
Olímpica
E por falar na lista mais temida pelos políticos, a candidatura de Carlos Moraes Costa (PP) à Prefeitura de Japeri subiu no telhado.
O moço perdeu dois dos quatro pedidos de revisão de condenações do Tribunal de Contas (TCE), da época em que foi o gestor do município.

'Perdi tudo': ataques deixam rastro de destruição no Rio Grande do Norte

Ônibus queimado em Natal: Ataques no Rio Grande do Norte teriam sido ordenados por traficantesEntre os 47 incêndios apontados como criminosos no Rio Grande do Norte, desde a sexta-feira da semana passada (29), um ainda deixa de olhos marejados o pequeno empresário Paulo de Tarso Carvalho da Silva.
"O que eu vou dizer aos meus credores? E à minha família? O que vou dizer para mim, aos 50 anos de idade? Vou começar do zero? Eu estou falido. Estou quebrado", frisa ele, que já foi camelô, representante comercial e vendedor de carros.
Um microônibus Volare W8, que há sete anos era o seu "meio de sustentação" transportando passageiros, foi o primeiro alvo de bandidos em uma onda de ataques que se alastrou por 30 cidades do Estado.
"Ainda está caindo a ficha. Passei o fim de semana em decadência psicológica. O que aconteceu foi como receber a notícia de que fui demitido. O carro era o que eu tinha. E é o que sei fazer hoje".
Os ataques teriam sido ordenados por criminosos, inclusive de dentro de prisões, em retaliação à instalação de aparelhos bloqueadores de sinais de celular em uma das 32 unidades prisionais do Estado.
No dia em que começaram, Paulo "estava de folga". Pela manhã, abasteceu o veículo e o entregou a um dos dois motoristas contratados. Por volta das 13h15, estava na praia quando o celular tocou.
"Venha rápido que a coisa está feia. Queimaram o carro". Era o motorista, avisando sobre o atentado.
Paulo de Tarso: O empresário Paulo de Tarso teve um pgrande prejuízo com os ataquesNa versão do empresário, dois homens armados forçaram a parada do microônibus, obrigaram os cerca de 30 passageiros que estavam a bordo a descer e atearam fogo no veículo, com a ajuda de combustível. O caso foi registrado na BR-304, no sentido Macaíba-Natal, trecho em que operava havia sete anos.
"Quando cheguei no local, fiquei em choque. Tinha só a caveira do carro. É como construir um império e ver o Satanás destruir tudo", diz Silva, também bacharel em teologia.
O prejuízo material foi estimado em R$ 135 mil. O microônibus havia sido reformado há cerca de um mês, após se envolver em uma batida. Também havia recebido, recentemente, um sistema de câmeras de segurança.
"Mas foi tudo perdido com esse vandalismo". Para o empresário, restaram não só a incerteza do negócio, mas também 10 prestações do veículo que ainda terá de pagar e uma dívida de R$ 25 mil, que, segundo ele, contraiu junto a amigos para bancar os reparos, após a batida.
Silva estuda recorrer à Justiça para obter ressarcimento do Estado. "Vi que prenderam um dos chefes do crime e apreenderam com ele R$ 300 mil. Por que não me pagar com o dinheiro que estava com o destruidor? Preciso do meu veículo".

Prisões

O "destruidor" a que se refere é o traficante João Maria dos Santos Oliveira, preso sob suspeita de ser um dos responsáveis pelos ataques. A Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesed) informou que, até a noite de terça-feira, 82 pessoas haviam sido presas por envolvimento nos atos.
Nos últimos cinco dias, foram ao menos 81 ocorrências, entre incêndios, tentativas de incêndio, disparos contra prédios públicos e proximidades, além de depredações. Entre os veículos queimados, 28 eram ônibus ou microônibus. Também foram atacados veículos particulares e outros usados por órgãos públicos.
O Ministério da Defesa informou à BBC Brasil que o Exército recebeu sinal verde para atuar no Estado desde esta terça-feira (2).
Tropas de Recife (PE) estavam em deslocamento para Natal e uma reunião, prevista para esta quarta-feira (3), deve "afinar a parceria". A previsão, de acordo com o governo do Estado, é que os militares cheguem à capital a partir das 8h desta quarta (3).
O uso das Forças Armadas em reforço à segurança no Rio Grande do Norte foi pedido pelo governador, Robinson Faria (PSD), e autorizado no último fim de semana pelo presidente interino Michel Temer.
Cerca de 1.200 homens do Exército e da Marinha atuarão na região metropolitana de Natal. A operação, segundo o Ministério, vai até o dia 16 de agosto.

Carro queimado em Natal: Carros particulares e outros usados por órgãos públicos também foram atacadosClima

Desde o início dos ataques, áudios se espalham pelas redes sociais com ameaças e apontando possíveis novos alvos de ataques.
Um adolescente chegou a ser apreendido por espalhar trotes nas redes, relacionados aos casos. A Secretaria Estadual de Justiça e Cidadania confirma, no entanto, que parte das mensagens foi enviada de dentro de presídios.
Em meio a esse clima, algumas instituições de ensino públicas e particulares suspenderam parcialmente suas aulas ou adiaram o início do semestre letivo. Ônibus e micro-ônibus deixaram de funcionar no fim de semana e voltaram com frota reduzida a partir da segunda-feira.
Nas ruas, o clima ainda é de apreensão. Na terça-feira, um veículo em chamas chamava a atenção de curiosos e estava cercado por duas viaturas da polícia militar enquanto recebia jatos d'água do Corpo de Bombeiros, na capital.
"Mas não foi ataque não. Foi o motor esquentado", disse, sem se identificar, um dos policiais que atenderam a ocorrência.
Um dos moradores do bairro completou: "O problema é que todo mundo está com medo e alarmado com tudo isso que está acontecendo".

Procurador diz que Lula foi o 'chefe de organização criminosa' para obstruir Justiça

Denúncia contra o ex-presidente, acolhida pela Justiça Federal em Brasília, assinala que 'não se pode desconsiderar que, em uma organização criminosa, o chefe sempre restará na penumbra, protegido'.Ao denunciar o ex-presidente Lula, por obstrução da Justiça, o procurador da República Ivan Cláudio Marx atribuiu ao petista papel de 'chefe de organização criminosa'.
A denúncia foi recebida pela Justiça Federal em Brasília na sexta-feira, 29. O ex-presidente tem 20 dias para apresentar sua defesa. Ele nega envolvimento no caso.
O procurador destaca que o ex-senador Delcídio Amaral (ex-PT/Sem partido/MS) atribuiu a Lula o papel de ‘chefe da empreitada’ para comprar o silêncio do ex-diretor da Petrobrás Nestor Cerveró (Internacional), que fechou acordo de delação premiada.
Delcídio também fez delação premiada. Seu relato teve peso decisivo na denúncia contra Lula.
A trama, segundo a acusação, envolve o pecuarista José Carlos Bumlai, amigo de Lula e preso na Lava Jato desde 24 de novembro de 2015. O temor do grupo era que Cerveró pudesse incriminar Bumlai no esquema de corrupção instalado na Petrobrás.
“A narrativa de Delcídio se demonstrou clara, plausível e, ainda, corroborada pela existência das reuniões prévias que realizou com Lula antes de Bumlai passar a custear os valores destinados a comprar o silêncio de Cerveró. Ressalte-se que a existência das reuniões3 foi confirmada por Lula em seu Termo de Declarações prestado à Procuradoria-Geral da República”, diz a denúncia subscrita pelo procurador Ivan Marx.
“A compra desse silêncio buscava também preservar Bumlai por crimes cometidos no interesse do Partido dos Trabalhadores, ocorridos enquanto Lula exercia, pelo PT, o mandato de Presidente da República”, afirma o procurador.
Segundo a denúncia, com o avanço das investigações sobre ‘o esquema criminoso’, a primeira tentativa de barrar as investigações passou pela tentativa de compra do silêncio de possíveis delatores.
“Após o insucesso desse intento, ao menos ao que se sabe, restou apenas a alternativa de se tentar buscar a anulação de investigações”, prossegue a denúncia, que faz alusão a uma suposta ofensiva do ex-presidente para tentar interferir na apuração. “E, nesse aspecto, os diálogos constantes de folhas 2480-2483, apontam que, no início do ano de 2016, momento em que Cerveró já havia acordado sua colaboração premiada, Lula atuou diretamente com o objetivo de interferir no trabalho do Poder Judiciário, do Ministério Público e do Ministério da Justiça, seja no âmbito da Justiça de São Paulo, seja do Supremo Tribunal Federal ou mesmo da Procuradoria-Geral da República.”
“Toda essa situação vem reforçar a confiabilidade da narrativa de Delcídio do Amaral”, diz a denúncia. “E não se pode desconsiderar que, em uma organização criminosa, o chefe sempre restará na penumbra, protegido, de modo que não há de se esperar, contra este, uma prova tal como uma ordem objetiva gravada ou mesmo uma filmagem de entrega pessoal de valores.”
Segundo o procurador, ‘o chefe da organização criminosa está sendo buscado em investigações conduzidas pela Procuradoria-Geral da República’.
“No entanto, nesse caso específico de atos de obstrução da Justiça, o chefe foi apontado pelo colaborador Delcídio, em afirmação reforçada por elementos fáticos e, acima de tudo, pela lógica dos acontecimentos.”

UNICAMP: Inscrições começam no dia 8 de agosto

VestibularEntrar na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) é o sonho de muitos estudantes. A instituição é uma das principais universidades públicas do País, conta com reconhecimento internacional e oferece mais de 3,3 mil vagas em 66 cursos de graduação.
As datas do vestibular para ingresso em 2017 já foram divulgadas. As inscrições acontecem no início do segundo semestre de 2016. Os candidatos devem preencher um formulário eletrônico, optando por até dois cursos, e pagar uma taxa de inscrição.
Este processo seletivo, organizado pela Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest), está entre os mais concorridos do Brasil. Veja como ele funciona e o que é preciso fazer para participar!
O calendário da Unicamp 2017
vestibular da Unicampacontece uma vez por ano e é dividido em duas fases. A primeira acontece sempre no final do segundo semestre. A segunda é realizada no início do ano seguinte, quando ocorrerá o ingresso dos estudantes.
As inscrições devem ser feitas com bastante antecedência.
Fique ligado! Se você for disputar uma vaga para o curso de Música, deve fazer as provas de Habilidades Específicas antes ainda da primeira fase.
Confira o calendário da Unicamp 2017:
-Inscrições e Pagamento da Taxa de Inscrição: 8 de agosto a 1o de setembro de 2016
-Provas de Habilidades Específicas de Música: Etapa I - 2 a 9 de setembro de 2016 e Etapa II - 9 e 10 de outubro de 2016
-Prova da primeira fase: 20 de novembro de 2016
-Provas da segunda fase: 15, 16 e 17 de janeiro de 2017
-Provas de Habilidades Específicas de Arquitetura e Urbanismo, Artes Cênicas, Artes Visuais e Dança: 23 a 26 de janeiro de 2017
-Divulgação da 1 chamada: 13 de fevereiro de 2017
-Matrícula não presencial: 14 e 15 de fevereiro de 2017
Como fazer a inscrição na Unicamp 2017
A inscrição no vestibular da Unicamp deve ser feita por meio do formulário eletrônico disponibilizado no site da Comvest. Os candidatos devem pagar ainda uma taxa de inscrição. O valor será divulgado pela Comissão. Na edição anterior do vestibular, para ingresso em 2016, o valor foi de R$ 150,00.
O período para o pedido de isenção foi de 20 de abril a 23 de maio de 2016. O benefício foi concedido a candidatos que comprovaram baixa renda, candidatos aos cursos noturnos de Licenciatura e funcionários da Unicamp/Funcamp.
Atenção! Quem obteve a isenção da taxa não está automaticamente inscrito no vestibular. Os estudantes beneficiados devem também preencher o formulário de inscrição, utilizando o código específico de candidato isento.
Como funciona o vestibular da Unicamp
O vestibular da Unicamp é dividido em duas fases. A primeira conta com uma prova objetiva sobre conhecimentos gerais. A segunda tem provas dissertativas, realizadas em três dias seguidos.
Serão eliminados do concurso os candidatos que obtiverem nota zero na prova da primeira fase. Outra informação importante: é possível complementar a pontuação na primeira fase usando a nota do Enem. Confira as regras no Manual do Candidato Unicamp, disponibilizado no site da Comvest quando abrirem as inscrições.
As provas acontecem em 26 cidades do estado de São Paulo. Na segunda fase o número de cidades diminui um pouco e alguns candidatos podem ser realocados a outros municípios para realizar a prova.
Como são as provas do vestibular da Unicamp
Primeira fase da Unicamp
A prova traz 90 questões de assinalar sobre conhecimentos gerais, com quatro alternativas cada e uma única resposta correta. Veja as disciplinas que compõem a prova e a quantidade de questões em cada uma delas:
-Língua Portuguesa e Literatura: 14 questões
-Matemática: 14 questões
-História: 10 questões
-Geografia (incluindo Filosofia e Sociologia): 10 questões
-Física: 10 questões
-Química: 10 questões
-Biologia: 10 questões
-Inglês: 8 questões
-Interdisciplinares (mais de uma disciplina): 4 questões
Cada questão respondida de forma correta vale um ponto.
Segunda fase da Unicamp
Todas as provas exigem respostas por escrito. Veja o conteúdo de cada dia da segunda fase:
-Primeiro dia: Prova de Redação (com dois textos a serem desenvolvidos) e de Língua Portuguesa e Literatura Brasileira (com 6 questões dissertativas).
-Segundo dia: Provas de História, Matemática e Geografia, cada uma com 6 questões dissertativas.
-Terceiro dia: Provas de Química, Física e Biologia, cada uma com 6 questões dissertativas.
Cada texto da prova de Redação vale até 24 pontos e cada questão discursiva vale até quatro pontos. A nota zero em qualquer uma das provas elimina o candidato do vestibular.
As leituras obrigatórias da Unicamp 2017
A partir de 2016, desvinculou sua lista de obras obrigatórias da Fuvest, passando a adotar uma listagem própria de livros a serem lidos para seu vestibular. A cada ano são selecionadas 12 obras de diferentes gêneros e extensões, de autores da literatura brasileira, africana e portuguesa. Algumas obras permanecem na lista mais de um ano. Outras são exclusivas de cada edição do vestibular. Veja a lista de livros da Unicamp 2017:
Poesia:
-Sonetos - Luís de Camões
-Poemas Negros - Jorge de Lima
Contos:
-Amor, do livro Laços de Família - Clarice Lispector
-A Hora e a Vez de Augusto Matraga, do livro Sagarana - Guimarães Rosa
-Negrinha, do livro Negrinha - Monteiro Lobato 
Teatro:
-Lisbela e o Prisioneiro - Osman Lins
Romance: 
-O Cortiço - Aluísio Azevedo
-Coração, Cabeça e Estômago - Camilo Castelo Branco
-Caminhos Cruzados - Érico Veríssimo
-Til - José de Alencar
-Memórias Póstumas de Brás Cubas - Machado de Assis
-Terra Sonâmbula - Mia Couto
Veja também:
Vai se inscrever no vestibular da Unicamp? Em qual curso? Conte para a gente nos comentários!

Fuvest divulga manual do candidato para o vestibular 2017

Este ano, a Fuvest vai oferecer 11.072 vagas: alx_imagens-do-dia-20160202-09_editada.jpegA Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest) divulgou na última segunda-feira o manual do candidato para a edição 2017 do vestibular de entrada para a Universidade de São Paulo (USP). Segundo o documento, as inscrições podem ser feitas pelo site da Fuvestentre 19 de agosto e 8 de setembro. Este ano, a Fundação vai oferecer 11.072 vagas. Omanual está disponível pelo site da Fundação.

A taxa de inscrição para 2017 será de 160 reais e deverá ser paga antes do encerramento do expediente bancário de 9 de setembro. A solicitação para isenção ou redução da taxa de inscrição pode ser feita até 11 de agosto pelo site da Fundação. No manual do candidato é possível consultar informações sobre os cursos disponíveis na Universidade e as orientações gerais para o dia das provas. Em 21 de novembro ocorre a divulgação dos locais da primeira fase, e as provas de conhecimentos gerais serão aplicadas em 27 de novembro. Em 19 de dezembro, a Fuvest vai disponibilizar a lista dos aprovados para a segunda fase do vestibular, que ocorre nos dias 8, 9 e 10 de janeiro. Os portões se abrem 12h30 e fecham às 13 horas.
Obras obrigatórias – Em março deste ano, os organizadores também divulgaram a lista de livros que os estudantes devem ler para realizar a prova. Estão relacionadas para a seleção deste ano nove obras, e a novidade é o romance Mayombe, do autor angolano Pepetela. É a primeira vez que um escritor africano aparece na relação da Fuvest.
Fuvest 2016 –A lista da primeira chamada continha 10.582 nomes e incluía 9.562 convocados para 180 cursos da USP, 120 para o curso de medicina da Santa Casa e 900 treineiros. Já a segunda chamada convocou 1.686 alunos. No total, 142.724 estudantes se inscreveram no vestibular da Fuvest 2016, para disputar 9.568 vagas na Universidade de São Paulo (USP).

Filha de traficante é presa por suspeita de matar a prima no RJ

A filha do traficante Éderson José Gonçalves Leite, o Sam, foi presa por participação na morte da prima Priscila Gonçalves Leite, de 34 anos.
De acordo com o Jornal Extra, os agentes da Delegacia de Homicídios da Capital e os policiais da UPP da região prenderam Amanda Alves Santiago Gonçalves, de 29 anos, no sábado na Cidade de Deus, na Zona Oeste do Rio.

O crime aconteceu no dia 2 de junho, na Taquara. Priscila foi encontrada morta com um tiro no rosto. Aleksandro Farias de Oliveira, de 32 anos, companheiro de Amanda, também foi preso por envolvimento na morte de Priscila.
Ao longo da investigação do homicídio de Priscila, ficou comprovada a participação de Aleksandro e Amanda, além de mais três pessoas identificadas pela Polícia civil

Rio: delegado é baleado durante megaoperação no Complexo do Alemão

O delegado Felipe Curi foi baleado durante uma megaoperação no Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio de Janeiro, na manhã desta quarta-feira (3). Ele foi socorrido e levado para o Hospital Getúlio Vargas, no bairro da Penha.
A operação, batizada de Germânia, tem como objetivo cumprir 47 mandados de prisão. Participam da ação agentes das polícias Civil e Militar. Informações iniciais apontam que até o momento 10 pessoas foram presas. Testemunham relataram muitos tiros no conjunto de favelas.
Além dos mandados de prisão, a polícia também cumpre mandados de busca e apreensão. A operação ainda conta com apoio de um helicóptero blindado da Polícia Civil.

Assessor do Planalto que vazava dados privilegiados pede demissão


O assessor especial da Presidência da República, José Ricardo Antoni, pediu demissão do cargo. Reportagem de VEJA desta semana revelou que o servidor repassava informação privilegiada a uma agência de publicidade que ganhou vários contratos milionários durante o governo da presidente Dilma Rousseff.  Antoni era pago pelas “consultorias” .
Informado da reportagem, o presidente Michel Temer pediu explicações ao servidor, que admitiu que prestava serviços à agência e pediu demissão.
A edição de VEJA que chega às bancas neste fim de semana mostra que Antoni recebeu 25 000 reais para ajudar a agência Borghi Lowe a vencer a licitação para cuidar da conta publicitária da Caixa Econômica Federal.  E-mails trocados entre os diretores da agência revelam que o Palácio do Planalto achacava empresários durante a campanha presidencial de 2014. Em poder da força-tarefa da Lava-­Jato em Curitiba, a mensagem obtida por VEJA é a evidência mais contundente até o momento de que o Palácio do Planalto atuou como uma central de arrecadação de recursos ilegais para o caixa dois do PT e, para tanto, constrangia graduados servidores públicos a trabalhar como achacadores.

Garoto chamado de "Félix" por professora da rede estadual será indenizado

felix-mateusO Tribunal de Justiça de São Paulo condenou nesta segunda (1º), o governo estadual a pagar uma indenização por danos morais à família de um aluno da rede estadual de Piracicaba, a 155 quilômetros da capital. Em 2013, o menino foi comparado por uma professora a "Félix", personagem gay da novela Amor à Vida.
Além da multa de 20 000 reais, a decisão prevê ainda que tratamentos psicólógicos do garoto – que tinha onze anos na época – sejam custeados pelo Estado. Para fugir do assédio dos colegas, ele chegou a mudar de escola e fazer sessões de terapia. 
Segundo o advogado Homero de Carvalho, a família está evitando comentar a decisão de segunda instância (no ano passado, o caso foi julgado improcedente por uma juíza da cidade). "Para não expor ainda mais o menino, que agora é um adolescente", disse. Os três desembargadores decidiram por unanimidade fixar a indenização por dano moral, embora em valor menor que os 135 000 reais pedidos incialmente pela família.
A Procuradoria Geral do Estado informou que ainda não foi intimada pela Justiça e vai analisar a possibilidade de recorrer da condenação. 
O caso
Em agosto de 2013, o garoto retornou das férias escolares usando óculos e uma professora de geografia teria dito que ele se parecia com alguém, mas que ela não diria o nome. Foi quando um colega de classe mencionou o personagem e a professora confirmou. “Ela disse que era verdade, que ele se parecia com o Félix”, relatou a mãe do aluno em boletim de ocorrência registrado na Polícia Civil.
Segundo ela, o filho chegou chorando em casa e, ao questionar a direção da Escola Estadual Professora Juracy Neves de Mello Ferraciú, foi desestimulada de levar o caso adiante, pois tudo não passara de brincadeira e que a professora já havia pedido desculpas ao aluno. A mulher recorreu à Justiça, pedindo indenização de R$ 135 mil, mas o pedido foi julgado improcedente em primeira instância.

MP quer impedir Temer de se candidatar em 2018


O promotor José Carlos Bonilha, autor da ação que condenou o peemedebista por doações acima do limite legal na campanha de 2014, enquandrando-o na lei de Ficha Limpa, afirma que o presidente interino é "potencialmente inelegível" nas eleições de 2018, de acordo com a colunista Mônica Bergamo.
Ainda segundo o membro do Ministério Público (MP), com a condenação em segunda instância, o órgão pretende impugnar a candidatura do presidente interino. Temer foi condenado a pagar uma multa no valor de R$ 80 mil, o que não exime o político "de ficar inelegível por oito anos".
Fontes revelaram ao jornal que o governo pretende até alterar a lei para que o presidente possa se tornar candidato nas próximas eleições. Sobre isso, o promotor afirma ver com estranheza a ideia de mudar uma legislação "criada a partir de iniciativa popular com 2 milhões de assinaturas". Temer, por sua vez, não quer nenhuma manifestação pública sobre o assunto.

Letícia Sabatella é expulsa de protesto contra Dilma em Curitiba

Atriz é expulsa de protesto em Curitiba
Atriz é expulsa de protesto em Curitiba
A atriz Letícia Sabatella foi expulsa de protesto contra Dilma em Curitiba, no Paraná, neste domingo (31); ela gravou a reação dos manifestante e mostrou o vídeo em sua página no Instagram. “Não fui provocar ninguém , passava pela praça antes de começar a manifestação e parei pra conversar com uma senhora. Meu erro. Preocupa está falta de democracia no nosso Brasil. (sic) Eles não sabem o que fazem”, escreveu.
Diante da reação exaltada de pessoas vestidas de verde e amarelo, policiais se aproximaram e um senhor chegou a tentar tirar o celular da mão da atriz enquanto repetia: “vai embora”.

'Uma sensação inesquecível estar pregado na cruz' diz Rodrigo Santoro chorando sobre 'Ben-Hur'


Rodrigo Santoro e Jack Huston, protagonistas do longa 'Ben-Hur', receberam a imprensa nessa terça-feira, 2, para lançar o filme no Brasil. A superprodução de Hollywood - dirigida por Timur Bekmambetov - é uma nova visão do romance de Lew Wallace, "Ben-Hur: Uma História dos Tempos de Cristo", que foi lançado nos cinemas em 1959 por William Wyler. Agora, o filme ganhou um novo remake, mais moderno e cheio de emoção.

Rodrigo Santoro - DivulgaçãoRodrigo Santoro, que interpreta Jesus Cristo no filme, logo fez questão de enfatizar que este trabalho foi único e um dos mais especiais da sua vida. "Foi um trabalho muito diferente de qualquer outro que eu tenha feito. Inevitavelmente foi uma jornada íntima e espiritual também, não tinha como não ser", garantiu o astro brasileiro.
Jack Huston, ator britânico de 33 anos, contou que era uma experiência pela qual eles estavam bem ansiosos para vivenciar e não poupou elogios ao colega de elenco, Rodrigo Santoro.
"Eu conheço o trabalho do Rodrigo há muito tempo, eu o acho ele um dos melhores atores. É preciso um ator de verdade para interpretar um personagem como este. Rodrigo e eu logo tivemos conexão, afinidade, foi fácil um para o outro. Jesus para Judah não é como o Jesus que conhecemos, ele era um homem. Um homem que mostrou gentileza. Rodrigo tem uma presença daquela pessoa que aparece na sua vida quando é mais preciso. E o que eu mais gostei no trabalho do Rodrigo foi essa humanidade que ele trouxe. Ele faz as pessoas pensarem sobre essa humanidade, em ser bom para o próximo", garantiu Huston.
Uma das partes mais marcantes do longo é quando Jesus (Santoro) é crucificado.
"Eu pedi para fazer um take só, porque estava muito frio e não queria me esquentar e depois ir de novo naquele frio gelado. Isso tudo depois de ficar na cadeira sendo maquiado por 6 horas. Nós estávamos no topo de uma montanha, com a cidade lá embaixo", pausou o ator, que não conseguiu conter as lágrimas. "Foi um momento absolutamente inesquecível, fortíssimo. Eu nunca vou esquecer principalmente da cara do Jack... Uma sensação inesquecível estar pregado em uma cruz", comentou.
"Só não vai colocar que o ator se emocionou, fez uma pausa que durou 30 segundos", advertiu, brincando, aos jornalistas.
Jack Huston também chamou atenção para a mensagem que eles se concentraram em passar.
"O que eu acho maravilhoso sobre esse filme é que foi feito para a audiência moderna, inclusive a atuação foi feita de forma mais atual. Nós também nos concentramos bastante nos elementos de ação porque queríamos que fosse incrível. Nós fizemos tudo de verdade [sem dublê]. Uma mensagem de redenção, de perdão, de gentileza entre o homem, algo que precisamos atualmente. Às vezes, independente da religião, basta essa mensagem para as pessoas reconsiderarem", apontou.
A estreia mundial de 'Ben-Hur', que conta ainda com Morgan Freeman, Sofia Black, Ayelet Zurer, Moises Arias e Pilou Asbæk, será no dia 18 de agosto.