A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Ex-vocalista do Sampa Crew morre na Bahia Dani Voguel tinha 37 anos e estava internada na UTI com suspeita de leucemia

Dani Voguel, ex-vocalista do grupo Sampa Crew, morreu na madrugada desta quarta-feira (18) em Salvador (BA). A cantora de 37 anos estava internada com suspeita de leucemia.
A morte de Dani foi divulgada na página oficial do Sampa Crew no Facebook.
— Que Deus possa confortar o coração dos familiares, fãs, amigos e de nós integrantes do Sampa Crew.
A mãe da cantora, a atriz Ieda Maria, também usou as redes sociais para falar sobre a perda da filha.
— Minha filha Dani Voguel acaba de falecer, minha dor é muito grande, não sei se vou suportar. Meu Deus me dê forças para aguentar essa tragédia em minha vida.
Mais cedo, Ieda já havia comentado sobre o estado de saúde da cantora, que estava na UTI, e pediu que os fãs rezassem por ela.
Dani Voguel ficou à frente do Sampa Crew entre 2004 e 2012, quando deixou o grupo para se dedicar à carreira gospel.
A cantora ficou à frente do Sampa Crew por oito anos e deixou os vocais do grupo em 2012, para se dedicar à carreira gospel.

Manobra do STF tenta antecipar prisões de condenados pelo mensalão Ministros querem execução das penas de crimes que não terão novo julgamento

A matemática regimental adotada pelo Supremo Tribunal Federal, além da tradição de morosidade na publicação dos acórdãos, adiará para o início de 2014 o novo julgamento de parte das acusações contra 12 dos 25 condenados no processo do mensalão e a execução das penas. Mas uma proposta que deve dividir o plenário e ser a nova polêmica do caso pode servir de atalho para antecipar a prisão dos condenados no caso.
Os ministros Gilmar Mendes e Marco Aurélio Mello defendem a possibilidade de os réus começarem a cumprir as penas pelos crimes que não podem ser contestados nos novos recursos. O regimento do STF define que os réus só podem se valer dos embargos infringentes para contestar condenações impostas por maioria apertada.
Se o tribunal aceitar essa proposta, um condenado como o ex-ministro José Dirceu poderia ser preso já em dezembro para a cumprir a pena de 7 anos e 11 meses por corrupção em regime semiaberto. Enquanto isso, o tribunal decidiria se manteria ou não a pena pelo crime de formação de quadrilha. Confirmada essa condenação, a pena total de Dirceu voltaria a 10 anos e 10 meses e, com isso, ele passaria ao regime fechado.
O desmembramento do trânsito em julgado do processo, cuja possibilidade já foi criticada pelos advogados, atingiria as figuras centrais do esquema: além de Dirceu, o ex-presidente do PT José Genoino, o ex-tesoureiro Delúbio Soares e o empresário Marcos Valério.
Outra proposta já aventada por parte do tribunal seria executar as penas para os réus que não têm direito aos embargos infringentes. Neste caso, 13 dos condenados, quase todos com participação menos importante no esquema, seriam presos mais rapidamente. Esses condenados, porém, podem apresentar novos embargos de declaração, após a publicação do acórdão.
Morosidade. Se as alternativas para acelerar o processo não forem aceitas pelo plenário, o novo julgamento e a prisão dos réus seguramente ficariam para 2014. Todo esse calendário complexo e cheio de alternativas depende da publicação do acórdão dos embargos de declaração. O regimento fixa prazo de 60 dias, mas os atrasos são a regra na Corte. O acórdão do julgamento encerrado no ano passado, por exemplo, levou quatro meses para ser publicado.
Esse prazo será determinante para definir o desenrolar desse calendário. O desafio do novo relator, ministro Luiz Fux, será combinar com os demais ministros a liberação dos votos e a publicação da decisão antes desse prazo. Pelo histórico da Corte e pela divisão do tribunal ao longo do julgamento, dificilmente os apelos serão ouvidos.
Depois de publicado o acórdão, os defensores de 12 dos condenados terão 30 dias para apresentar os embargos infringentes. Os recursos chegarão ao tribunal às vésperas do recesso de fim de ano. Depois disso, o relator encaminhará os recursos para a análise do procurador-geral da República, Rodrigo Janot.
Para acelerar o processo, Janot pode analisar o caso durante o recesso e encaminhar o parecer em janeiro. Nesse cenário, Fux poderia liberar os processos para serem julgados assim que o tribunal retornasse do recesso, em 3 de fevereiro.

'Amor à Vida': Aline faz a cabeça de César para cortar o dinheiro de Paloma

Saiba o que acontece na trama das 21h da Rede Globo - 1 (© Divulgação TV Globo)

Aline (Vanessa Giácomo) não poupa ninguém no plano de destruir os Khoury e seu novo alvo é Paloma (Paolla Oliveira).
Assim que César (Antonio Fagundes) chega para morar com a amante, ele fala da discussão desagradável que teve com a filha. A secretária aproveita para destilar seu veneno.
“Paloma sempre teve tudo que quis, mas agora viu que um pedaço da herança está em risco, ficou contra mim. Em vez de ficar alegre porque vai ter um irmão, ela se preocupou com o dinheiro”, dispara.
Como sempre, César cai no papo de Aline e concorda que a filha deve estar sendo manipulada por Bruno (Malvino Salvador). Tinhosa, a golpista faz uma “inocente” sugestão e diz para o médico cortar qualquer tipo de ajuda financeira a Paloma.
“Ela não vai casar? Não é médica? Ela que se vire para aprender a dar valor para o pai que tem”, opina.
A cena vai ao ar na quinta-feira (19).

'Amor à Vida': César bate boca com Paloma e avisa que não a levará ao altar

César (Antonio Fagundes) está cego por Aline (Vanessa Giácomo) e não quer saber mais da família que só lhe traz problemas. Por isso, resolve sair de casa de mala e cuia e não gosta nem um pouquinho quando Paloma (Paolla Oliveira) tenta intervir em sua decisão.
“Pai, eu respeitaria se você tivesse resolvido se separar e comunicasse à mamãe de uma forma civilizada. Mas que história é essa de ser pego em flagrante, pedir perdão e, depois, pedir a separação? Só um adolescente se comporta assim!', repreende a pediatra.
O médico joga na cara da filha que não quer viver mais com Félix (Mateus Solano), que só o envergonha, e que ela também é outra, já que foi presa por porte de drogas.
A discussão só piora e Paloma resolve jogar na cara do pai que se casará com Bruno (Malvino Salvador) o mais breve possível! E César não poupa pedradas.
“Sou contra esse casamento e não conte comigo para te levar até o altar!”, esbraveja.
Triste com a decisão do pai, Paloma ainda tenta abrir seus olhos contra Aline, mas ele se recusa a ouvir e vai embora.
A cena vai ao ar na quinta-feira (19).

Saiba o que acontece na trama das 21h da Rede Globo - 1 (© Divulgação TV Globo)

Águia, golfinho, lobo ou tubarão: faça o teste e descubra seu perfil! Segundo consultor, avaliação permite ao profissional descobrir pontos fortes

Organizado, bom comunicador, idealizador ou bom em executar tarefas? Certamente, você já ouviu alguém em seu trabalho falando que você tem alguma das características listadas acima, não? Elas fazem parte de um teste criado por consultorias e que já está sendo aplicado em algumas empresas para identificar o perfil de cada profissional. A ideia é simples: você tem sete segundos para escolher qual das quatro palavras que aparecem na tela mais te atrai. Ao todo, são 25 telas. Ao final, veja qual foi a letra que marcou mais vezes e descubra seu perfil! (VEJA O TESTE NO VÍDEO AO LADO) 


Resultado:
LOBO: É o organizador. Sempre atento ao planejamento, pontualidade e controle. Detalhista, conservador, metódico, previsível, leal, com dificuldade de adaptação a mudanças e responsável com a realização do combinado ainda são algumas de suas características. Áreas ou profissões mais adequadas: Engenharia, Finanças, Contador, Administrador.

ÁGUIA: É o idealizador. Uma pessoa que gosta de fazer as coisas de forma diferente. Algumas das principais características dessa pessoa é a curiosidade, a criatividade, a intuição, a flexibilidade, a busca pela liberdade, a visão de futuro e a inovação. Áreas ou profissões mais adequadas: Marketing, Design, Arquiteto, Artista.

GOLFINHO: É o comunicador. Também sensível, que gosta de trabalhar em equipe e se relacionar com outras pessoas. Esse perfil tem como característica a necessidade de ser aceito socialmente, colocar a felicidade acima dos resultados, ser reconhecido por sua equipe e gostar de trabalhar em um ambiente harmônico. Áreas ou profissões mais adequadas: RH/Eventos, Treinamento, Enfermeira, Assistente Social.

TUBARÃO: É o executor. Aquele caracterizado por pessoas que atuam em busca do resultado, senso de urgência, impulsividade, praticidade, com foco no futuro e comprometido com objetivos. Áreas ou profissões mais adequadas: Atleta Individual, Médicos, Militares, Vendedores.

Consultor explica resultados

O consultor de carreira Sergio Ricardo Rocha explicou qual é a importância do teste para o profissional e, de quebra, para a empresa: “Ele permite que as pessoas possam conhecer bem mais os seus pontos fortes e maximizá-los e entender os seus pontos fracos a serem desenvolvidos ou eliminados. Esse teste permite que as pessoas se conheçam muito mais e possam conquistar maior produtividade em qualquer área profissional, pessoal, relacionamentos”.
Mas, se você não gostou de saber que é águia ou tubarão, por exemplo, calma! O consultor diz que tudo pode mudar. “Se você não está muito satisfeito com algumas competências e habilidades que tem hoje e quer desenvolver outro perfil, pode aprofundar, estudar, desenvolver”, explicou.

Jair Pires cobra Plano de Carreira, Cargos e Salários para os servidores públicos‏

Câmara Municipal de São Sebastião - Departamento de Comunicação - Tel. (12) 38910008
 Jair Pires cobra Plano de Carreira, Cargos e Salários para os servidores públicos


O vereador de São Sebastião , Jair Pires, apresentou na sessão da última terça-feira, dia 17, requerimento onde questiona o Poder Executivo sobre a elaboração de Plano de Carreira, Cargos e Salários para os servidores públicos.
“É uma reivindicação antiga dos servidores públicos, inclusive, durante administrações passadas foram criadas comissões especiais com o objetivo de elaborar esse plano”, lembra.
Segundo o parlamentar, o plano de carreira ideal é o desenvolvido com a participação da categoria de servidores sobre a qual ele repercutirá, em conjunto com os respectivos gestores, a partir da análise de todos os elementos que interferem no desenvolvimento das competências pessoais e institucionais e no aprimoramento de programas.
“Eu sei que é um estudo que demanda tempo, mas quero saber se existe um estudo para melhorar as condições dos servidores públicos. O gestor passa, mas o servidor permanece”, lembra.
O parlamentar questiona se a administração já tem um estudo de estruturação de um Plano de Carreira, Cargos e Salários do servidor público e, caso positivo, quando será encaminhado para a Câmara.
Jair Pires também pede informações sobre a realização da Olimpíada do Servidor Público

Neto Bota recebe visita de ex-Presidente da Câmara

O atual chefe do Poder Legislativo de Caraguatatuba, José Mendes de Souza Neto (Neto Bota), teve em seu gabinete na tarde da última quarta-feira o ex-Presidente da Câmara, Dúlio Peixoto, acompanhado da sua esposa e ex-vereadora Vera Peixoto.

 Neto Bota disse que sentiu muita alegria ao receber a visita dos ex-parlamentares. “É muito bacana ter a presença em meu gabinete de duas pessoas que contribuíram muito para o desenvolvimento da cidade. O Dúlio e a Vera fazem parte da história da Câmara e assim como eu, são identificados e amam Caraguá”, falou.
 Presidente da Casa de 1989 a 1990, Dúlio Peixoto foi vereador em quatro oportunidades, de 1977 a 1982, 1983 a 1988, 1989 a 1992 e 1997 a 2000. Vera Peixoto legislou de 2001 a 2004.
 Durante o encontro, Neto Bota falou um pouco do seu trabalho como Presidente, sobre a economia que vem fazendo e a responsabilidade que tem a frente do Poder Legislativo.