A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

sábado, 2 de abril de 2011

Lilia Cabral, sobre os paparicos da equipe durante as gravações de ‘Divã’ para a TV: ‘Acho até que fiquei mal acostumada!’


Os paparicos que vieram a reboque da personagem Mercedes, durante as gravações de "Divã", são a grande novidade na vida profissional de Lilia Cabral:
— Escutava toda hora: "E a roupa da Lilia?", "E o sapato da Lilia?", "E o microfone da Lilia?", "Onde está a Lilia?", "A Lilia quer almoçar?", "Já pegou o papel para a Lilia?". Era tanta Lilia, Lilia, Lilia... Gente, eu nunca fui tão falada na vida! Acho até que fiquei mal acostumada!
A atriz garante, no entanto, que nada disso deixa seu ego superinflado:
— Não muda absolutamente nada no meu jeito de ser. Digo mais: trabalhei feito uma camela! São oito episódios, e não há uma cena sequer em que eu não esteja.
É esse espírito guerreiro que Lilia quer emprestar a Griselda, seu próximo desafio na TV. Não à toa, a derradeira cena do último episódio de "Divã" faz um link com o que está por vir:
— Mercedes se despede de Lopes assim: "Vou abrir um outro capítulo, vou conhecer novas personagens, novos cenários, novos ares. Quem sabe nossa temporada no divã não termine aqui? Quem sabe eu volte para contar o final da minha novela? Tô chique à beça! Tô fina estampa!".
O desafio, agora, lhe parece maior:
— Virou moda as pessoas torcerem pela vilã da história. Quero reverter isso, fazer com que o telespectador volte a ter amor pelas heroínas, pela minha heroína Griselda.

Com ‘Divã’, Lilia Cabral ganha sua primeira protagonista na TV: ‘Quando você tem seu valor, tudo tem seu tempo’

Estrela de ‘Divã’, que estreia na TV na terça, Lilia Cabral conta que a terapia a ajudou a lidar com seus medos e anseios

 


Lilia Cabral: além de teatro e cinema, "Divã" agora chega à TV

Maria leva fãs a nocaute em ensaio provocante no ringue

 

Maria posa provocante no ringue

Beleza com toque masculino Cresce o número de homens que investem em salões de beleza e clínicas de estética


Garagem Estética Masculina oferece serviços como limpeza de pele, depilação e pedicure
Ainda bastante concentrado no público feminino, o mercado de estética desperta cada vez mais a atenção dos homens, que começam não só a procurar os serviços como também a investir no setor como empreendedores. De salões de beleza a clínicas de estética e emagrecimento, passando por redes de franquias especializadas em depilação, cresce a presença de homens no comando de negócios antes dominados quase que exclusivamente por mulheres.
Enrico Damasceno Montes é um exemplo de empresário que apostou no potencial do setor de estética, investiu em atendimento personalizado e hoje vê seu negócio consolidado. Quando se formou em publicidade há dez anos, percebeu na clínica de sua mãe uma oportunidade de mercado. Foi assim que surgiu em São Paulo a Garagem Estética Masculina, que atende exclusivamente homens.
Com um discreto ambiente retrô, a clínica oferece serviços como massagem, limpeza de pele, depilação e pedicure. Os métodos dos tratamentos de beleza oferecidos por Montes não diferem dos de outros centros de estética. O grande diferencial, conta ele, é a exclusividade do público, o que deixa os freqüentadores mais confortáveis.
“Temos clientes que vêm aqui para tingir o cabelo porque não se sentem à vontade em outros cabeleireiros. Depois de um certo tempo, eles se acostumam e quando percebem já estão fazendo serviços como depilação”, diz Montes.

A Garagem Estética Masculina - que hoje fatura cerca de R$ 1,5 milhão por ano e entrará no segmento de franquias - já foi alvo de desconfiança no início. “Muita gente não levava a sério o negócio, até que superamos o preconceito e o país ficou mais aberto aos homens que se cuidam”. Hoje, boa parte dos novos clientes chega à clínica graças à propaganda boca-a-boca. Mas, apesar disso, Montes ainda observa uma certa reserva dos clientes em dias de grande movimento. “Quando a clínica está cheia é muito estranho porque fica todo mundo quieto. Muitos homens que fazem o dia do noivo são trazidos para cá pelas próprias noivas”, afirma.
Redes de franquias chefiadas por homens
O cirurgião plástico Edson Ramuth é outro empreendedor que apostou no segmento. Quando abriu sua primeira clínica em 1987, ele não fazia ideia da procura por tratamentos estéticos. A demanda foi tão grande que deu origem ao Emagrecentro, hoje segunda maior rede de clínicas de estética do País. A empresa conta com 180 franquias espalhadas pelo Brasil e fatura aproximadamente R$ 45 milhões por ano. “Temos crescido cerca de 50% ao ano e esperamos inaugurar outras 90 unidades este ano”, afirma Ramuth, que parou de fazer cirurgias há 10 anos para se dedicar à administração do negócio.
Foto: Dilvulgação Ampliar
Danny Kabiljo comanda a D’Pil, rede de franquias especializada em depilação
Especializada nos tratamentos com fotodepilação (sistema que elimina os pelos por meio do calor da luz), a rede de franquias D’Pil é outra gigante do mercado de estética chefiada por um homem. Criada no final de 2009 por Danny Kabiljo e um sócio, a D’pil tem atualmente 315 unidades em quase todos os estados brasileiros e pretende alcançar a marca de 700 franqueados até o final do ano. “Trabalhei no varejo, na construção civil e com franquias. Quando pensei em entrar no ramo de estética, fiquei um tanto inseguro em relação a preconceitos. Mas, diante de um mercado tão promissor, resolvi arriscar. Hoje metade dos franqueados da rede são homens”, diz Kabiljo.
Com um método indolor e mais duradouro do que os convencionais, a fotodepilação agrada principalmente ao público masculino. “Homens são mais suscetíveis à dor, o que torna nosso método bastante atrativo”, afirma o empresário.
Mão-de-obra masculina é escassa
Apesar do aumento da presença dos homens nesse segmento, ainda é raro encontrá-los como funcionários nas clínicas. Giovani Balvedi, proprietário de oito franquias da Emagrecentro, revela que a baixa aceitação do público e a falta de mão-de-obra masculina especializada são os principais entraves para a contratação de homens. “O segmento de estética ainda está muito voltado para mulheres e a cultura do País não é aberta a homens esteticistas. Por isso, é difícil a contratação. Em minhas unidades, só há mulheres como funcionárias”, afirma.
Balvedi reconhece, entretanto, que a procura do público masculino pelos tratamentos vem aumentando cerca de 10% por ano. “Penso em desenvolver tratamentos específicos para o sexo masculino, já que o mercado está se expandindo. Também estamos procurando atender a classe média que é outro público em potencial”.
Mercado promissor
O ramo de beleza está entre os segmentos que mais cresceram no Brasil em 2010 – cerca de 16%, segundo a consultoria especializada Rizzo Franchise. Com um faturamento no ano passado de R$ 9,1 milhões (8,3% maior do que em 2009), o mercado de estética deve crescer 14,5% em 2011. “Hoje a sociedade tem cada vez menos preconceito contra homens que se cuidam, o que torna esse público altamente promissor”, afirma Alain Guetta, presidente da Associação Brasileira de Franchising no Rio de Janeiro (ABF-RJ).
Os bons resultados vão além do sucesso das clínicas de estética, atingindo também o mercado de produtos de beleza. Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal (Abihpec), o setor no Brasil vem apresentando expansão da ordem de 10% ao ano, tendo faturado em 2009 aproximadamente R$ 21,7 bilhões na comercialização de produtos de higiene pessoal, cosméticos e perfumaria.

D'pil


A Empresa

A D’pil® lança no mercado de estética brasileiro um conceito de depilação que já é referência em diversos paises.

Com sua rede especializada em tratamentos de fotodepilação, a D´pil® oferece aos seus clientes uma técnica diferenciada (Luz Pulsada Intensa – IPL) a um preço único de R$55 por área e sessão.

Este tratamento garante uma depilação mais eficaz do que os métodos convencionais, com resultados a partir da 1ª sessão e, o mais importante, sem dor.

Com ambientação clean e sofisticada, as unidades D´pil® contam com tecnologia de ultima geração, buscando sempre oferecer o que há de melhor aos seus clientes, em suas diversas unidades por todo o Brasil.

Afrah Modas tem nova coleção


Afrah Modas tem nova coleção







Afrah Modas tem nova coleção



Afrah Modas tem nova coleção



Afrah Modas tem nova coleção


Afrah Modas tem nova coleção







Afrah Modas tem nova coleção



Afrah Modas faz sortei de cesta Sexy

A felizarda é a empresária Andreia que tem um Ateleir Andreia Melo no Caraguá Praia Shoping

Maria leva fãs à nocaute em ensaio provocante no ringue

 

Maria posa provocante no ringue

Conheça Yara Fernandes