Linguiça - Moreira Artesanal

Linguiça - Moreira Artesanal

Cabeça's Barbearia

Cabeça's Barbearia
Av. Pres. Castelo Branco, Sumaré /anexo ao posto Shell, Caraguatatuba, (12) 99616-7705

quinta-feira, 22 de março de 2012

Boa noite amigos (a) o meu dia foi abençoado

Chuva para refrescar....

Presidente Estadual oficializa a coordenação Regional de Nunes Coelho‏

Presidente Estadual oficializa a coordenação Regional de Nunes Coelho

É com muita responsabilidade que assume a Coordenação Regional Administrativa do PRB da Região Metropolitana do Vale do Paraíba. Trabalhará com muito garra e determinação para que o Partido continue a crescer e desenvolver. Prova disto foi a nomeação do Senador Marcelo Crivella ao Ministério da Pesca. 



Vinicius Carvalho Presidente Estadual do PRB em São Paulo

Pesquisa da Firjan com todas as cidades brasileiras coloca Caraguatatuba e Paraibuna no ranking das 10 mais eficazes‏

Ranking brasileiro da gestão fiscal destaca 2 cidades do Vale

Pesquisa da Firjan com todas as cidades brasileiras coloca Caraguatatuba e Paraibuna no ranking das 10 mais eficazes
Duas cidades da região, Caraguatatuba e Paraibuna, estão entre as 10 melhores do Brasil na pesquisa feita pela Firjan (Federação das Indústrias do Rio de Janeiro) sobre gestão fiscal dos municípios.
O estudo, referente a 2010, aponta que Caraguatatuba ocupa o sexto lugar no ranking nacional e Paraibuna, o décimo posto.
O IFGF (Índice Firjan de Gestão Fiscal) varia de 0 a 1 ponto e leva em consideração quatro itens: receita própria, gastos com pessoal, investimentos e liquidez e custo da dívida municipal.
Caraguatatuba obteve a média 0,91 e Paraibuna, 0,88.
Em todos os quesitos analisados, Caraguá obteve notas superiores a 0,8 ponto. Já as notas de Paraibuna variaram de 0,6 a 0,8 ponto em apenas um quesito, o referente à liquidez. Nos demais, obteve nota maiores.
1
Ponto
A maior nota possível no estudo da Firjan foi obtida por Jacareí no quesito investimentos
Maiores. Entre as maiores cidades da região, Jacareí alcançou a melhor colocação, com a média 0,85.
Em dois quesitos, receita própria e custo da dívida, a cidade foi avaliada como boa. Nos demais, pontuou como excelente. Jacareí ocupa 57ª posição no Estado e a 250ª noranking nacional.
São José dos Campos obteve a média 0,77, tendo pontuado como excelente nos itens gastos com pessoal, liquidez e custo da dívida. A cidade obteve conceito bom no quesito receita própria e regular no ítem investimentos.
No ranking nacional, o município ocupa a 163ª posição. No estadual, o 41º lugar.
Taubaté obteve a média 0,65. Pontuou com excelente nos itens liquidez e custo da dívida, com bom em receita própria e regular em investimentos e gastos com pessoal. A cidade ocupa a 1.251ª posição no ranking nacional e a 221ª noranking estadual.
Pindamonhangaba, por sua vez, alcançou média 0,53. Ocupa a 2761ª no país e a 462ª no ranking estadual.
 
Análise. O especialista da Firjan em desenvolvimento Gabriel Pinto afirmou que, de modo geral, o Vale do Paraíba apresenta cidades com índices bons se comparados com outras regiões do país.
“O Vale do Paraíba Paulista aparece bem na pesquisa”.
Para os prefeitos de Caraguá, Antonio Carlos da Silva (PSDB), e de Paraibuna, Antonio Marcos de Barros (DEM), o bom desempenho de suas cidades é resultado do “trato sério com a coisa pública”.
O secretário da Fazenda de São José dos Campos, José Liberato Júnior, disse que o estudo é“louvável”, mas não reflete toda a realidade do município.
“Acho interessante esse estudo, mas acho que é preciso aprimorar a metodologia”, disse Liberato.
 
SAIBA MAIS SOBRE OS MUNICÍPIOS DO VALE NO RANKING NACIONAL DE GESTÃO FISCAL

CARAGUATATUBA: 
Nota: 0,91
 
PARAIBUNA: Nota: 0,88
 
JACAREÍ: Nota: 0,85
 
ARAPEÍ: Nota: 0,78
 
SÃO JOSÉ DOS CAMPOS: Nota: 0,77
 
SÃO LUÍS DO PARAITINGA: Obteve nota 0,76 no estudo realizado pela Firjan
 
JAMBEIRO: Nota: 0,75
 
ILHABELA: Nota: 0,74
 
UBATUBA: Nota: 0,739
 
SÃO SEBASTIÃO: Nota: 0,7311
 
SÃO BENTO DO SAPUCAÍ: Nota: 0,69
 
ROSEIRA: Obteve nota 0,68 no estudo realizado pela Firjan
 
TAUBATÉ: Nota: 0,65
 
PINDA: Nota: 0,53
 
ESTUDO
O estudo realizado pela Firjan leva em conta receita própria, gastos com pessoal, investimentos
e liquidez e custo da dívida municipal
 
DESEMPENHO
Caraguá e Paraibuna ficaram entre as 10 melhores

Justiça Militar mantém condenação de casal gay; cabe recurso

O STM (Superior Tribunal Militar) condenou na terça-feira (20) Laci Araújo e Fernando Alcântara --casal de militares que se assumiu gay em rede nacional em 2008-- por calúnia e desacato.
Os crimes teriam ocorrido naquele ano, quando Laci foi preso por deserção pouco depois de conceder uma entrevista a uma rede de televisão em SP. O sargento denunciou ter sido torturado por militares a caminho do batalhão onde ficou detido. Para o Exército, houve intenção de denegrir a imagem da corporação. Ainda cabe recurso da decisão.
Os ministros do STM mantiveram assim a decisão de primeira instância da Justiça Militar. Araújo recebeu a pena de 1 ano, 3 meses e 15 dias de reclusão e Alcântara, de 8 meses de detenção.
Sete ministros votaram a favor da manutenção da pena; 4 foram favoráveis à redução e um magistrado votou pela absolvição do casal. Como o resultado não foi unânime, a defesa pode recorrer mais uma vez.
Alcântara afirmou que a decisão já era esperada, e disse que a defesa pretende recorrer ao STF (Supremo Tribunal Federal). "A gente entende que existe uma predisposição para a condenação. A justiça militar se comporta na defesa dos interesses dos membros do exército", afirmou.