ABI - Associação Brasileira de Imprensa

ABI - Associação Brasileira de Imprensa
Liberdade de Expressão e Ética

sexta-feira, 21 de março de 2014

Romário dispara contra Copa e chama Blatter de 'f.d.p. e ladrão'

O deputado federal Romário (PSB-RJ) fez duras críticas e ataques à Copa do Mundo de 2014, a políticos e a dirigentes da Fifa e do futebol brasileiro. O ex-craque da seleção brasileira participou nesta quarta-feira de um debate realizado na Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado Federal, em que disse estar assustado com os custos e a qualidade das obras para o Mundial, e deu declarações polêmicas - especialmente em relação ao presidente da Fifa, Joseph Blatter, a quem chamou de ladrão e filho da puta.

Em entrevista à ESPN Brasil, Romário não poupou as principais figuras envolvidas na organização da Copa-2014. "Hoje, o prórprio Jerome Valcke, que é o secretário geral da fifa, acabou de dizer que essa pode ser uma das piores Copas da história. Esse cara vem aqui no país, manda e desmanda, fala e desfala, e todo mundo bate palma. Esse cara é um dos maiores chantagistas do esporte mundial. Teve problema lá trás, foi mandado embora, depois fez uma chantagem com o presidente da fifa , que é um ladrão, corrupto, filho da puta. Desculpe a expressão", disse Romário.

LEIA MAIS:

"É com isso que a gente convive aí. A CBF tem dois ratos, que são o [José Maria] Marin [presidente da entidade] e o [Marco Polo] Del Nero [presidente da Federação Paulista], que será o prioximo presidente da CBF. A Fifa tem dois ladrões. Digo, dois que são conhecidos no país, que são o [Joseph] Blatter [presidente] e o Jerome Valcke [secretário-geral]. Esse caras vão ficar bilionários com a Copa do Mundo e está tudo certo, tudo bem. Isso é o nosso governo atual, nossa presidenta, nossos secretários, nossos governadores, que também estão enriquecendo", continuou.

Obras

"Os convidados trataram de assuntos polêmicos e revelaram informações gravíssimas", descreveu o Baixinho, em um comunicado oficial. "Participaram representantes do Tribunal de Contas da União, do Sindicato Nacional da Arquitetura e Engenharia e do Portal 2014, referência na fiscalização das obras dos megaeventos esportivos", emendou.

Segundo Romário, o custo por assento no Brasil (R$ 11.803) será quase o dobro do verificado nas últimas duas Copas, na África do Sul-2010 e Alemanha-2006. Além disso, 11 das 42 obras de mobilidade urbana previstas (remanescentes das três versões da Matriz de Responsabilidade) não ficarão prontas.
"A discussão foi produtiva e ao mesmo tempo assustadora", definiu Romário, sem esconder a preocupação.
O deputado federal ainda questionou a qualidade das obras dos estádios. Ele cita que o Mané Garrincha, em Brasília, apesar do custo de R$ 1,5 bilhão, apresenta goteiras e sistema precário de internet.
"Fiquei sabendo por fonte segura que o sistema de climatização das áreas vips da arena ainda não foi concluído porque os aparelhos de ar condicionado não foram adquiridos até agora", concluiu.

Romário derrota Del Nero no STF após acusação de injúria

Por unanimidade, o Plenário do STF (Supremo Tribunal Federal) julgou improcedente a acusação feita por Marco Polo Del Nero contra o deputado federal Romário, pela suposta prática do crime de injúria.
Del Nero, que é presidente da Federação Paulista de Futebol e vice-presidente da Confederação Brasileira de Futebol, alegava, em queixa-crime apresentada na Corte, que uma afirmação de Romário ofenderia sua honra e configuraria crime de injúria.

Romário derrota Del Nero no STF após acusação de injúria

O relator do Inquérito 3780, ministro Teori Zavascki, observou que o fato de a afirmação ter sido feita em reunião em ambiente privado afasta a imunidade parlamentar alegada pela defesa do deputado. O ministro ressaltou que o STF, em diversas ocasiões, assentou que o crime de injúria se caracteriza por pronunciamentos genéricos contra a dignidade ou decoro da vítima.
O ministro considerou que, no caso, ao atribuir em suas declarações condutas impróprias a dirigentes esportivos de futebol, entre os quais Del Nero, não foi evidenciado o dolo específico imprescindível à configuração do delito, "mas sim ânimo de criticar, gravosamente ou não, o que não ingressa na órbita criminal, pois afastado o elemento subjetivo do tipo", observou o relator.
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apresentou parecer pela rejeição da queixa-crime, também sem acolher a argumentação de imunidade parlamentar.
"O especial fim de agir do querelado não era ofender o querelante - o padrão da linguagem por ele empregado permite concluir que, fosse essa a intenção, a fala teria sido mais direta, de foco mais fechado e, sobretudo, ainda mais rude; o que ele pretendia era formular crítica ampla, horizontal, às vicissitudes da gestão do futebol brasileiro e sul-americana, que ele genuinamente reputa genericamente desonesta", apontou o procurador.

Legislativo terá solenidade em comemoração ao Dia da Mulher

A Câmara Municipal de Caraguatatuba realizará nesta sexta-feira, a partir das 19h, uma sessão solene em homenagem ao Dia Internacional da Mulher.
O evento acontece por meio da Resolução nº 158, de 4 de maio de 2011, e tem como objetivo homenagear as mulheres pelos relevantes serviços prestados ao município.
A iniciativa partiu da vereadora Vilma Teixeira de Oliveira Santos, em 2010, quando elaborou o projeto de resolução, instituindo a homenagem as mulheres, concedida pelo Legislativo, anualmente. 
As homenageadas em 2014 são: Madalena Maria Fachini, Maria Tereza Miranda da Silva, Valéria de Oliveira Monteiro, Aparecida de Lourdes Borge, Marta Regina de Oliveira Braz, Antonia Aparecida Decanini, Erozina Lopes da Silva, Solani Oliveira Santos, Dora Maria Marcondes e Mariangela Oliveira Espírito Santo.

Deputado petista visita famílias da região para falar de projetos do Governo do Estado



O deputado estadual Marco Aurélio (PT) se encontrou com famílias, de bairros de Caraguatatuba e São Sebastião, para falar sobre o projeto do governo estadual da construção do Contorno Sul – opção viária, para escoamento do trânsito das cidades, que se interligará com a duplicação da Nova Tamoios. 
Na última sexta-feira, Marco Aurélio já marcava presença em Caraguá, às 8h, e em encontro com moradores conta ter registrado certa insatisfação, dúvidas e preocupação dos moradores que terão seus imóveis desapropriados, alguns reassentados, frente aos valores ofertados pelo Dersa por cada propriedade. A maioria das famílias, se não todas, que serão atingidas com o projeto estão considerando o valor abaixo do mercado. 

Na sua passagem por Caraguá, o deputado estadual orientou que os moradores reunissem documentos, por meio de carnês do IPTU, que comprove legalmente os valores dos imóveis. “Basta o Dersa ser justo”, avalia Marco Aurélio. Segundo ele, a reunião com famílias dos bairros atingidas foi orientadora.  À tarde, a agenda do deputado contava com outra reunião popular. Desta vez, com moradores da Topolândia, região central sebastianense. Contudo, o foco foi à mudança de traçado – considerado pelo deputado como vitória dos moradores, mas com seu apoio, ajuda do deputado federal Carlos Zaratiine e do petista local Fernando Puga. Todavia, o deputado registrou que o Movimento Topolandia Sem Rodovia foi o diferencial para a concretização da alteração no traçado e que evitou dezenas de desapropriações. “Eu reconheço o protagonismo do movimento”, comenta.
Para ele, a organização de um movimento popular traz confiança e credibilidade à outras bandeiras. “Vale a pena se organizar”.


O MINITSRO BARBOSA PROCESSA NOBLAT POR CRIME RACIAL

Delegacia Virtual do Estado de São Paulo

Delegacia Virtual do Estado do Rio de Janeiro