A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

PM abre inscrições para contratação de professores Sexta Região de Polícia Militar abre inscrição para o processo de credenciamento de professores para o Curso de Sargentos


A Sexta Região da Polícia Militar, que tem sede em Lavras, está recebendo inscrições para o processo de credenciamento para a contratação temporária de professores que poderão lecionar no Curso Especial de Formação de Sargentos (CEFS).
A pessoa interessada e que preenche os requisitos, deverá se inscrever no processo, pessoalmente, por representante constituído ou via Correios (SEDEX registrado), na 106ª Companhia de Ensino e Treinamento (106ª Cia ET), que funciona no 8º Batalhão de Polícia Militar, situada à rua Comandante Nélio, 111, Jardim Floresta, Lavras – Minas Gerais.
O candidato deve ficar atento ao prazo de inscrição: de 23 a 27 de fevereiro, de segunda a sexta-feira, no horário de 8h30 às 12h e de 14h às 18h; e quarta-feira, no horário de 8h30 às 13h. O procedimento para o credenciamento será composto por duas fases classificatórias e eliminatórias, sendo a primeira baseada na análise do Currículo do candidato e a segunda, constituindo-se na avaliação do candidato classificado na primeira fase por uma banca específica.
O Curso Especial de Formação de Sargentos tem a duração de 432 horas/aulas,  dividido em disciplinas teóricas e práticas. O docente contratado/designado ministrará aulas de acordo com a carga horária da disciplina e de acordo com as necessidades da Escola, no período de março a julho de 2015, para o CEFS-I/2015.
As aulas serão ministradas nos períodos da manhã, tarde e noite no horário compreendido entre às 6h50 e 22h. A titulação mínima exigida para os professores será a graduação em instituição de ensino superior, regularmente reconhecida. No caso de professores militares da corporação, será exigido também graduação mínima de 3º Sargento da Polícia Militar de Minas Gerais.

Caraguá recolhe mais de 200 caminhões de resíduos nas operações Bota-Fora

Nesta sexta-feira e sábado (27 e 28/2/2015) será a vez dos bairros Rio do Ouro, Jaraguazinho e Jetuba receberem a Operação Bota Fora. 

Desde que os moradores começaram a se desfazer dos objetos que acumulam água e servem de criadouro para a Dengue, em 6 de fevereiro, já foram recolhidos mais de 200 caminhões de resíduos.

A operação também reforça os serviços de capina e varrição, bloqueios mecânicos, com a retirada de criadouros de dentro das casas, e químicos com nebulização.


Desde o dia 6 de fevereiro, o Governo Municipal de Caraguá promove o Bota-Fora para recolher materiais inservíveis em diversos pontos da cidade. Nos dias 6 e 7, a ação passou pelos bairros Perequê-Mirim, Jaraguazinho e Olaria/Casa Branca. Nos dias 13 e 14 pelo Massaguaçu, Martim de Sá e Travessão. No último final de semana (20 e 21), a operação passou no Morro do Algodão e Pegorelli.

Ao todo, a operação já coletou 207 caminhões e 16 caçambas com objetos e resíduos deixados pelos moradores nas calçadas. Todo o material recolhido foi levado ao Aterro de Triagem e Transbordo (ATT), no Pegorelli.
A secretaria de Saúde informa que, até a última quarta-feira (18), o município registrou 1.418 notificações de Dengue, sendo 649 positivas, 548 negativas e 221 em investigação.

Controle da dengue - As atividades de vistoria, controle e prevenção executadas pelas equipes do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) também foram intensificadas neste verão.
Além das vistorias de rotina em residências e comércios locais, nesta época a fiscalização é reforçada em casas de veraneio. Proprietários recebem informações sobre os cuidados que devem ser tomados no local durante a estadia e na saída para evitar a proliferação do mosquito da dengue.

Região já registra 1.283 casos confirmados de dengue no ano; Caraguatatuba lidera ranking com 715 casos positivos.

O estado epidemiológico de dengue já preocupa diversas cidades da região. No litoral norte, Caraguatatuba é a cidade com maior número de casos confirmados. Líder do ranking, Caraguá têm 715 caos, quase quatro vezes mais que a segunda colocada São José dos Campos, que contabiliza 193 casos positivos.

A comparação fica ainda mais preocupante se levar em conta o número de habitantes das duas cidades. Caraguá possui pouco mais de 100.000 habitantes, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). São José possui uma população 6 vezes maior, 629.921 habitantes.
São Sebastião vêm um pouco mais abaixo no ranking negativo, com 43 casos confirmados, Ilhabela vem logo abaixo com 34 casos, e Ubatuba fica mais atrás com apenas 3 casos de dengue.
Caraguatatuba registrou no total 1.733 notificações de dengue, 685 negativas e outros 333 casos seguem em investigação. Em janeiro, uma mulher de 39 anos morreu na cidade com dengue hemorrágica.
Outra mulher, de 37 anos, morreu com suspeita de dengue em São Sebastião na última terça-feira. O caso está sob investigação do Instituto Adolph Lutz, em São Paulo.
Um terceiro caso no litoral está sendo investigado. Uma mulher veio a óbito em Caraguatatuba com suspeita de dengue hemorrágica. A cidade segue em alerta.
No vale, um idoso de 64 anos morreu com suspeita de dengue. Ele estava internado no Hospital Universitário (HU) de Taubaté. Um laudo deve confirmar a causa da morte do idoso nos próximos dias.

Vereador do PSDB, da cidade de Bom Sucesso, foi preso com drogas em BH



O vereador de Bom Sucesso Gledson Junio Paixão Gonçalves, 33 anos, e o motorista da prefeitura de Itaúna Milton Henrique de Magalhães Carrico, 43 anos, foram presos por volta de 14h adquirindo cocaína no Morro das Pedras, favela de Belo Horizonte. Os dois foram flagrados pelos policiais militares do 22º Batalhão de Polícia Militar durante uma patrulha.
Os militares encontraram o veículo Vectra de propriedade da Prefeitura de Itaúna estacionado de forma irregular, eles ficaram próximos e perceberam quando os dois homens desciam. Ao perceber a presença da polícia, o vereador Gledson jogou no chão um pino de cocaína. Os dois receberam voz de prisão e, no bolso do motorista do carro oficial, os policiais encontraram mais dois pinos da droga.
Eles acabaram confessando que haviam adquirido a droga na favela por R$ 30. O veículo foi apreendido por estar estacionado em local proibido. Gledson Junio Paixão Gonçalves é vereador em Bom Sucesso, ele foi eleito com 567 pela sigla do PSDB.

Bruna Marquezine assusta Tatá Werneck e atriz cai da cadeira; assista ao vídeo Atrizes contracenarão juntas em nova novela

Na tarde desta quinta-feira (26), Bruna Marquezine pregou uma peça na colega de telinha Tatá Werneck.
Em sua página do Instagram, a atriz publicou um vídeo em que assustou a ex-humorista, enquanto dava bom dia para a colega. 
Muito assustada, ela se joga no chão e esconde o rosto. Quando Bruna começa a rir, Tatá entende a brincadeira e dá boas risadas junto com a amiga. 
No fim do vídeo, a atriz elogia a ideia da amiga. 
— Bruna, isso foi demais!
As duas são parte do elenco da novela I Love Paraisópolis, que estreia em 11 de maio deste ano.

Recepção cibernética

É impressionante como as empresas de tecnologia não medem esforços para alavancar as novidades do mercado e desenvolver produtos eficientes. Um hotel em Nagasaki, no Japão, contratou robôs para integrarem sua equipe de funcionários. O projeto de criar seres cibernéticos para ocupar o lugar de seres humanos foi desenvolvido pela Universidade de Osaka.
A fim de recepcionar e atender os clientes sem causar transtornos ou filas de espera, as máquinas com características humanas preenchem os cargos de atendentes, recepcionistas, faxineiros e garçons. Ainda falam quatro línguas: japonês, chinês, coreano e inglês. A ideia central é ajudar empresas a manter seus custos operacionais abaixo do valor convencional.
Dispositivos tecnológicos capazes de ter reconhecimento de voz, de face e sensibilidade ao toque, no entanto, não substituem um funcionário dentro de uma empresa. Pelo contrário, contribuem para a expansão do trabalho humano. Não se enganem. Na verdade, o estudo da robótica ainda está longe de se realizar como em um cenário de ficção científica que podemos ver em muitos filmes.
Atualmente, vivemos uma nova realidade. Máquinas programadas e controladas através de softwares surgiram para ajudar no desenvolvimento da ciência e, em geral, da sociedade. A inteligência artificial começou a ser usada nas mais diversas atividades, desde desarmar bombas e explorar o universo e os planetas até pesquisar novas substâncias químicas e ajudar na análise de métodos de cura de doenças, por exemplo.
Não se pode negar que os robôs são máquinas high-tech que podem inovar os mecanismos de algumas fábricas e indústrias, principalmente colaborar com as relacionadas à saúde. A extrema rapidez e precisão dos comandos dessas máquinas ainda dependem do homem. Nada pode substituir as características humanas, mas sim, aprimorá-las.

Hertz de potência

No dia 13 de fevereiro, comemorou o Dia Mundial do Rádio. Um dos meios de comunicação mais importantes e populares no Brasil e no mundo. São mais de 10 mil emissoras por todo o país. Mais da metade são comunitárias, apesar da baixa potência de alcance. São rádios sem fins lucrativos que trabalham em prol da divulgação de projetos, manifestações culturais e tradições das comunidades que as cercam.
O serviço de radiodifusão surgiu como forma de entretenimento, informação e prestação de serviços. Enganaram-se aqueles que acreditaram em um fim trágico para o rádio assim como o jornal impresso depois do surgimento da internet. É possível perceber que ainda é um recurso prático e amplo para a comunicação e a publicidade.
Seja na frequência AM ou FM, seja pela internet. O rádio é um meio de comunicação que possui grande credibilidade, pois é capaz de fortalecer sistemas públicos e comunitários através da inclusão social e da participação no acesso à informação. Quem nunca se entregou ao fascínio de escutar as locuções dos jogos de futebol? Ou se entreter com um debate ao vivo sobre as notícias do dia enquanto estava preso no trânsito?
De fato, ainda há muito o que se melhorar. Ainda há poucos temas ligados às manifestações políticas, culturais e artísticas mencionados nos programas. Mas isso também depende da participação do público ao expressar suas opiniões aos locutores e ouvintes. O rádio agrega conteúdos e movimenta o dia a dia de cada um de nós. Hoje, parabenizo todos os profissionais que trabalham para difundir informação aos ouvintes do Brasil.

WhatsApp contra o crime

A era digital tem sido um avanço em todos os sentidos, principalmente na comunicação. Muitas pessoas têm aparelhos eletrônicos de última geração, mesmo sem saber todas as suas reais funções, na intenção de pertencer ao mundo digital. Há uma infinidade de aplicativos. Alguns bastante úteis, outros totalmente dispensáveis.
Li dias atrás sobre um grupo de WhatsApp da Polícia Militar de Guararema, em São Paulo. O aplicativo de mensagens instantâneas tornou-se um grande aliado da segurança pública no combate ao crime na cidade e ajudou a prender dez bandidos em três meses. Fotos e vídeos de suspeitos também são compartilhados por cerca de 50 policiais, inclusive como um complemento do Disque-Denúncia.
Acredito que este seja um exemplo positivo visando o bem comum. Neste caso, não se registram fatos pensando somente em divulgá-los, mas também em orientar e proteger a comunidade. Assim devemos agir como cidadãos, participando ativamente como agentes transformadores do ambiente público. É preciso que as pessoas se unam em prol de um mesmo objetivo: resgatar os valores da convivência pacífica.
O resultado do bem-estar de cada pessoa depende de uma soma que requer esforço, tempo e envolvimento de toda a população. O caso de Guararema é um exemplo e deve ser, acima de tudo, um estímulo para trabalharmos pelo progresso e por melhores condições de vida. É simples: faça ao outro aquilo que deseja que façam por você.

Água sem sal

Ultimamente, fala-se tanto sobre a crise hídrica e poucas alternativas são expostas. Na contramão do senso comum, ouvi dizer que empresários de Bertioga, no litoral de São Paulo, investiram em um projeto para retirar o sal da água do mar e torná-la uma fonte potável. O processo de dessalinização é milenar, mas acredito que seja eficaz no curto prazo que temos frente às mudanças climáticas e a falta de chuvas.
A tecnologia usada pela empresa não insere nenhum produto, apenas retira o sal e impurezas. Ainda permite que 63 tipos de minerais, importantes para a saúde do corpo humano, permaneçam no resultado final. Um aval elaborado por bioquímicos brasileiros reconheceu que a água tratada não possui efeito tóxico e pode ser consumida normalmente. A produção e distribuição já foram liberadas.
Para que a população possa comprar e experimentar o líquido, uma avaliação do procedimento usado ainda deve elaborado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para determinar se o produto final pode ou não ser comercializado em todo o país. Países como Alemanha e França estão na fila dos futuros compradores.
A água é um elemento fundamental para manter o equilíbrio e vida de todas as espécies do planeta. Sinto-me esperançoso por saber que existam empreendedores sem medo de arriscar em planejamentos tão grandiosos. Mesmo assim temos de preservar. Devemos manter as atitudes que reduzam o desperdício de água, estabelecer metas de racionamentos, além de planejar soluções eficientes para reverter o quadro crítico de escassez. Sem água, não restará mais nada.

Mudanças necessárias

O Ministério do Trabalho informou que vai estabelecer alguns critérios para combater empregos informais no Brasil. Hoje, mais de 50 milhões de pessoas estão contratadas com carteira assinada, entretanto ainda existem 14 milhões em situação irregular que são impedidos de obter direitos e proteções trabalhistas essenciais.
As novas metas devem intensificar a fiscalização. O valor das multas será maior aos empregadores que fugirem das regras gerais e combater a sonegação. Hoje, cerca de 88 bilhões de reais por ano são perdidos. O Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) é um dos exemplos de sonegação. É um direito básico do trabalhador que muitas vezes não é cumprido.
A crise acontece não apenas no Brasil, e sim, no mundo. A contratação informal estimula a precariedade, a desestruturação do mercado de trabalho e enfraquece o desempenho econômico do país. Muitos especialistas da área acreditam que a redução da carga tributária e dos altos gastos públicos podem ser eficazes e o início de uma solução.
Repensar as leis trabalhistas e previdenciárias e planejar métodos de contenção da burocracia em nosso país também podem ser consideradas alternativas possíveis para os tempos atuais. Acredito que o primeiro passo já foi dado pelo governo. Assim, o momento agora é de acompanhar o desempenho das mudanças já firmadas.

Os limites do álcool

Quando se fala sobre o consumo de bebidas alcoólicas muitas vezes não se percebe a diferença entre os limites de beber moderadamente e o alcoolismo. Um estudo feito pela Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) mostra que 41,3% dos jovens começam a beber antes mesmo de chegar aos bares com os amigos.
O perfil traçado na pesquisa define que homens, solteiros, com 18 a 25 anos são os que mais assumem um comportamento de risco, como dirigir embriagados. Um hábito já conhecido pela maioria deles, o que chamam de "esquenta", ao contrário do que se pensa, não é sinônimo de economia. Os jovens se reúnem para beber antes de chegar ao local da festa e, depois, bebem ainda mais.
Muitos disseram que bebem por conta da timidez, para reduzir a ansiedade ou para economizar, mas não existem argumentos para tamanha irresponsabilidade. O excesso de álcool não é só prejudicial à saúde, como também aumenta a vulnerabilidade do ser humano. Os adeptos perdem o foco de concentração e a percepção de perigo criando situações embaraçosas que poderiam ser evitadas.
Não respeitar os limites do próprio corpo, além de não suportar as tentações que nos cercam, são motivos que levam ao fracasso absoluto. Atitudes impulsivas devem ser evitadas ao máximo para evitar arrependimentos. O cenário atual requer maturidade suficiente para uma mudança de mentalidade tanto dos jovens como das famílias, que devem orientá-los a seguir o melhor caminho: o autocontrole.

Planeta Vermelho

Imaginem só poder viajar e conhecer outro planeta? Como seria uma estadia em Marte? Um projeto holandês chamado Mars One (Marte Um) está selecionando pessoas de todo o mundo para habitar o planeta vermelho. O mais surpreende é que a passagem é apenas de ida!
Uma professora de Rondônia é a única brasileira selecionada entre os 100 finalistas que, em sua maioria, são cientistas e acadêmicos. No final do processo, serão escolhidos 12 casais que separados em equipes iniciam a viagem sem volta em 2018. Enquanto isso, serão preparados e treinados isoladamente por simuladores.
É claro que será um imenso salto conseguir sobreviver em outro planeta. Mas, até hoje, todos os experimentos científicos em Marte tiveram resultados negativos. Não estamos preparados para aguentar uma pressão atmosférica totalmente diferente da nossa, sem contar os gases desconhecidos que serão inalados. Especialistas dizem que as pessoas começarão a morrer a partir do 68° dia.
A cada dois anos, os outros voluntários serão enviados na jornada pelo Sistema Solar, viagem que deve demorar em torno de sete meses até o destino final. Ao todo, 200 mil pessoas se inscreveram para formar uma colônia humana e construir assentamentos no planeta vizinho. Então pergunto: com milhões de pessoas passando fome em todo o mundo, gastar bilhões de dólares com esse projeto é o melhor que temos a fazer? Pra pensar.

A ilusão do Photoshop

Há 25 anos foi lançada uma ferramenta indispensável nos tempos de hoje: o Photoshop. Sonho para uns e pesadelo para outros. O programa, que deveria ser usado para retocar imperfeições em fotos e estabilizar cores, já foi motivo de muitas lágrimas e gozações entre celebridades. Ao mesmo tempo, é a razão de sorrisos e satisfação de muitos usuários, principalmente de profissionais de vídeo e fotografia.
Ainda hoje, muitas propagandas e capas de revista fazem uso abusivo do programa e extrapolam com a realidade em nome de padrões de beleza. Acredito que esta data não só deve ser lembrada, mas também deve ser utilizada como um alerta para que o uso do editor de imagens destaque a beleza do ser humano ou dos cenários sem estimular a construção ou até uma manipulação do que se é visto.
Seja no computador ou no celular, toda pessoa que gosta de fotografia tem um aplicativo similar sendo usado. Acredito que muitos cenários e fotografias possam ficar ainda mais belos em nossa memória, desde que sejam aprimorados com responsabilidade. De todo modo, o Photoshop revolucionou os softwares de tratamento de imagens e, acima de tudo, se transformou em uma obra visionária da criatividade humana.

O repensar da educação

O sistema educacional em nosso país vive um completo caos a cada dia. No Pará, professores estão em greve por conta de salários atrasados e demissões. Na região amazônica, alunos desistem de estudar por causa da precariedade das escolas. Em Brasília, cerca de 24 mil crianças esperam por vagas em creches. A crise não para só no ensino básico, as universidades federais começaram o ano com um corte de 30% no orçamento e redução de benefícios aos bolsistas.
A falta de recursos e má gestão afetam a educação de várias formas. Um serviço essencial e prioritário não deveria ser tratado com descaso, e é o que está acontecendo. Alunos e pais, professores e instituições de ensino sofrem com pouca infraestrutura, corte de verbas e a falta de assistência em geral. No entanto, já sabemos que a qualidade de ensino não está ligada apenas em munir-se de livros e uniformes como acontece.
A visão que temos está completamente distorcida. Espera-se que as dificuldades da educação do Brasil se resolvam sozinhas assim como tantos outros problemas sociais, mas esquecemos da importância do engajamento de toda a sociedade.
A evolução só se faz com um bom nível educacional. Não se trata apenas das questões disciplinares como português, matemática, geografia ou história, mas sim do desenvolvimento do pensamento crítico. O problema é que muito se discute e pouco se faz. Mais ação e mais atitude no repensar do ensino público são uma necessidade.

Visão digital

Marcos Pereira Perfil R7 Visão digital
Um grupo de cientistas da Universidade Stanford, na Califórnia, conseguiu um resultado inesperado e promete devolver a visão a pessoas com deficiência por degeneração muscular através de um microchip. O estudo mostra que a função do microchip é de substituir o papel dessas células perdidas e impulsionar estímulos elétricos para que a retina volte a receber informação visual, isto é, para que o paciente volte a enxergar.
Quando soube deste fato, achei interessante saber como a ciência está progredindo a favor da humanidade e principalmente da qualidade de vida. A inovação já teve total sucesso em testes com animais e deve ser testada em seres humanos no ano que vem. O que me preocupa é o exagero de instituições e alguns projetos em desvendar as condições do corpo humano a qualquer custo. Qual seria o limite aceitável para o desenvolvimento da ciência?
Essa resposta talvez nunca saberemos. Penso que, enquanto trazer resultados como novas opções de tratamento de saúde e até a cura de doenças, estaremos caminhando no rumo certo. Imaginem se a tecnologia desses chips funcionarem em humanos como aconteceu com animais? Seria o fim da deficiência visual e o começo de uma trajetória mais refinada de pesquisa, mesmo assim é preciso muito zelo para que os experimentos não ultrapassem os limites da ética e nem o respeito à vida. Um consenso se faz necessário a cada nova descoberta.

Presidente mudou de ideia sobre Constituinte, diz OAB Já o ministro da Justiça disse que o governo considera fundamental a participação popular



O presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Marcus Vinicius Furtado Coelho, disse nesta terça-feira (25) que a presidente Dilma Rousseff ficou sensibilizada com as orientações da entidade e convencida de que convocar uma Constituinte exclusiva para fazer a reforma política no País não é o mais adequado.
Sobre a Constituinte, levamos à presidente da República o risco institucional, o perigo para as nossas instituições de uma Constituinte ser convocada. Buscamos demonstrar que é possível, necessário, urgente, mais rápido e efetivo fazer uma reforma política alterando a Lei das Eleições e a Lei dos Partidos Políticos, sem alterar a Constituição Federal.
Marcus Vinicius fez a afirmação ao sair da reunião que teve com a presidente Dilma Rousseff na manhã desta terça.
Segundo Coelho, a presidente foi convencida de que não é adequado convocar uma Constituinte porque isso atrasaria o processo da reforma política.
Temos de fazer um plebiscito para aprovar a própria reforma política. A população tem de dizer diretamente qual a reforma política que quer, e não um plebiscito para chamar a Constituinte [...] Plebiscito para que o povo venha às urnas e diga a todos que quer a reforma política, que quer financiamento democrático, voto transparente, além de ampla liberdade de expressão.
Cardozo
Já o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, afirmou após o encontro que o governo considera fundamental a participação popular no processo de reforma de política.
O povo tem que ser ouvido para que tenhamos um sistema político legítimo, que seja expressão maior da posição dos brasileiros […] Achamos fundamental que a reforma política passe por um processo de ampla discussão com a sociedade. E o plebiscito tem o papel muito importante para que essa reforma ocorra.
O ministro disse ainda que o processo da constituinte ainda não foi definido e esclareceu que a presidente não falou de um plebiscito com questões que orientassem as decisões do Congresso.
Ela falou que era necessário um processo constituinte específico. Como seria esse processo? Não foi discutido. Se vocês pegarem o discurso da presidenta, foi isso que foi dito. Óbvio que temos diferentes teses. Uma das teses é a da assembleia constituinte, que muitos defendem. Nenhumas das teses deve ser ignorada. Aliás, a decisão é do Congresso.

Líder do DEM compara Dilma a Eike para criticar plebiscito Para Caiado, decisão do governo de deixar a consulta para 2014 é um "factoide"



O líder do DEM na Câmara, Ronaldo Caiado (GO), comparou a presidente Dilma Rousseff ao empresário Eike Batista e criticou a insistência do Planalto em realizar um plebiscito sobre a reforma política. A oposição defende a tese de que o Congresso deve votar um projeto e submetê-lo a referendo da população.
— O governo Dilma é exatamente igual ao Eike Batista, promete e não entrega. No caso do governo, quem paga a conta é o povo [...] Plebiscito não gera nada, é só dinheiro no lixo, não é conclusivo para nada.
Caiado disse que a decisão do governo de deixar a consulta para 2014 é um "factoide"e que a base deveria enfrentar Dilma e comunicar a inviabilidade do plebiscito.
O líder do DEM afirmou também que o Congresso precisa buscar uma forma de avançar por conta própria aprovando propostas de mudança no sistema político e levá-las a consulta no próximo ano por meio de referendo. Ele ressaltou que, para facilitar a aprovação, uma hipótese seria deixar a aplicabilidade das medidas para oito anos depois da aprovação.

Corregedora afasta juiz flagrado dirigindo Porsche de Eike Batista Juiz ainda pode recorrer da decisão no Supremo Tribunal Federal



A corregedora nacional de Justiça, ministra Nancy Andrighi, afastou, nesta quinta-feira (26), o juiz responsável pelo caso de Eike Batista. Flávio Roberto de Souza, da 3ª Vara Federal do Rio de Janeiro, foi flagrado dirigindo um carro de luxo que foi apreendido do empresário.
juiz mandou apreender bens do empresário para leiloar e garantir o pagamento das dívidas de Eike com o governoNo entanto, a mulher de Eike Batista, Flavia Sampaio, flagrou o Porsche que era do marido estacionado no prédio onde mora o juiz, eno Rio de Janeiro.
Na última terça-feira (24), ela publicou no Instagram, uma foto com a seguinte frase: “O que um veículo de Eike Batista apreendido pela Polícia Federal, e que deveria estar sob sua guarda em depósito público, fazia, nesta noite, estacionado em um condomínio residencial na Barra da Tijuca?”.
A defesa de Eike Batista denunciou o juiz, que posterioemente foi alegando dirigindo o carro do empresário, próximo à sede do Tribunal Regional Federal. O advogado do empresário, Sergio Bermudes, também alega que um piano que foi apreendido de seu cliente estaria no apartamento do juiz.
Pela decisão da ministra Nancy, Flávio Souza está fora de todos os casos referentes a Eike Batista. As ações criminais serão redistribuídas aleatoriamente. No entanto, o juiz ainda pode recorrer da decisão, entrando com um mandado de segurança no STF (Supremo Tribunal Federal).
Justiça reteve de Eike Batista seis carros, um iate, 16 relógios, uma escultura, mais de R$ 127 mil em espécie (sendo R$ 37 mil em moedas estrangeiras), como garantia para pagar credores, em uma eventual condenação do empresário, processado por crimes contra o mercado financeiro.

Especialistas alertam: versão do WhatsApp para computador está sendo usado por criminosos Hackers estão usando o famoso aplicativo para roubar dados bancários

A versão do WhatsApp para PC era um pedido antigo dos usuários que foi atendido pela empresa. Porém, a tentativa de se comunicar pelo computador pode fazer com que você caia em um golpe bancário e fique na pior. Saiba como se proteger!

Desembargador derruba pedido de juiz que queria tirar WhatsApp do ar Mandado do juiz foi considerado extremista e não razoável



O desembargador Raimundo Nonato Alencar derrubou o pedido do juiz Luiz de Moura Correia que aprovou a liminar que pede o bloqueio dos serviços do WhatsApp no Brasil por não colaborar com as leis do País.
A ordem saiu do Tribunal de Justiça do Piauí, e segundo o desembargador a ordem do juiz da Central de Inquéritos da Comarca de Teresina não era razoável, já que afetaria a vida de milhões de brasileiros.
Apesar de o processo estar tramitando na Justiça em segredo, a liminar que foi enviada a Vivo acabou vazando na web e subiu à tona a ordem do juiz para que os provedores do País suspendessem o acesso aos serviços do WhatsApp. De acordo com a sentença, a ordem teria sido dada após a empresa não ter cumprido determinações judiciais de 2013.
A liminar determinava que o serviço saísse do ar nas próximas 24 horas, mas o serviço de mensagens continuou funcionando normalmente porque as empresas entraram na Justiça contra a medida. Além disso, a greve do judiciário piauiense também teria prejudicou o cumprimento do mandado.
Mesmo que a decisão do juiz tenha sido derrubada, as autoridades do Piauí afirmaram que pretendem continuar as investigações sobre os crimes que ocorrem frequentemente no aplicativo, além de reforçar a necessidade do WhatsApp se adaptar às leis brasileiras.

Decisão de juiz pode prejudicar 45 milhões de brasileiros que usam WhatsApp Processo que pode tirar o serviço do País tramita em segrego na Justiça


Um juiz do Piauí pode prejudicar os brasileiros que possuem uma conta ativa no WhatsApp. De acordo com as informações que vazaram na rede, foi decidido que a empresa Vivo deve suspender o acesso ao aplicativo em um prazo de até 24 horas. A medida pode afetar 45 milhões de brasileiros que usam o sistema, segundo dados de agosto de 2014.
Na decisão expedida pelo juiz da Central de Inquéritos da Comarca de Teresina (PI) Luís Moura Correia ordena que a Vivo suspenda temporariamente o acesso ao serviço por meio dos endereços whatsapp.net, whatsapp.com e também todos os subdomínios. Uma decisão liminar mantém o serviço em funcionamento enquanto o recurso é julgado pela Justiça.
Para a especialista de direito digital Gisele Arantas, a decisão do juiz foi muito rigorosa levando em consideração a importância do serviço para os brasileiros.
— São milhões de pessoas no Brasil que utilizam o WhatsApp, tanto para fins recreativos, quanto para trabalho. Independentemente do motivo para que esse processo esteja na Justiça, retirar o aplicativo do ar será muito prejudicial.
O processo estava tramitando em segredo na Justiça do Piauí até que uma foto da liminar acabou vazando na rede. Uma nota do Núcleo de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública do Piauí confirmou que a lauda é verdadeira e que os processos judiciais que originaram as referidas decisões tiveram início desde o ano de 2013.
Na liminar que foi divulgada consta apenas a Vivo, mas não está descartada a hipótese de que os outros servidores tenham sido acionados para bloquear o serviço.
Gisele Arantes explica que, caso as empresas precisem acatar a ordem e retirem o WhatsApp do ar, não será possível dar uma data para a volta do serviço.
— Todas as empresas envolvidas no processo terão que esperar a autorização da Justiça para que o WhatsApp volte ao ar, e isso pode demorar muito tempo, já que depende de outros julgamentos e tramites judiciais.
A especialista, entretanto, aponta que é improvável que o WhatsApp realmente seja “derrubado”. Já houve precedentes de casos como esses, e, por causa da importância da empresa o serviço, acabou não sendo retirado do ar. Gisele cita o exemplo do Facebook que já recebeu diversas liminares, mas por ser utilizado por milhões de pessoas nunca precisou ter que bloquear o acesso aos usuários.
Marco civil
Apesar do Facebook já gerenciar o serviço do WhatsApp, a aquisição do serviço de mensagens pela rede social do Zuckerberg ainda não está totalmente regularizada, e isso significa que o WhatsApp não possui representação no País.
Por causa disso, todos os processos judiciais que passam pela empresa acabam sendo prejudicados. O Marco Civil da Internet, que foi regulamentado em abril de 2014, prevê que todos os serviços presentes no território nacional são obrigados por lei a fornecer dados confidenciais dos usuários para a prevenção ou solução de crimes. Como o WhatsApp não possui representação oficial no Brasil no momento, o processo judicial brasileiro terá que fazer um longo caminho até chegar a uma sentença final.
De acordo com Gisele, o marco civil falhou ao não prever uma forma como as empresas estrangeiras devem se aplicar às leis no País, mesmo que não estejam locadas aqui.
— Como o WhatsApp não possui representação oficial no território nacional, todo e qualquer pedido da Justiça brasileira precisa passar por um tradutor juramentado, depois ser enviada pelo STJ até a Corte americana. Isso pode demorar anos, e em casos de crimes sérios isso é um atraso.
Por enquanto, o WhatsApp não se pronunciou sobre o caso e ainda não se sabe os motivos para que o juiz tenha pedido a retirada do serviço do ar. Caso a liminar seja acatada pelas operadoras, fique preparado já que o “zap-zap” para navegadores poderá ficar indisponível a qualquer momento.

Esta na hora de fazer alteração nesta lei e abrir oportunidade aos ambulantes.



E agora

Com certeza, em Caraguatatuba a situação não é nada satisfatória, hoje, Caraguá registra mais de 640 casos e alem dos óbitos e o poder público municipal cria lixeiras a céu aberto. Basta passar pela Rua Siqueira Campos no bairro Sumaré e comprovar.



E para completar a falta de responsabilidade eu recebi a denuncia que o veiculo placa EVN 4148 - colbat - LT, na cor cinza acaba de jogar lixo nesta lixeira. 

"Rouba, mas faz": os eleitores perdoam os corruptos competentes?

Quem faz muito pela população acaba contando com sua benevolência (misericórdia), que vê sua corrupção como menos grave. Há uma negociação (coletiva, psicológica) frente à competência e a corrupção.

Vários estudos afirmam que o político que rouba, mas é competente e faz coisas importantes para a população, tem longevidade garantida (tanto no Brasil como em vários outros países do mundo todo). Um exemplo paradigmático disso é Paulo Maluf (que possibilitou a ampliação do nosso léxico, dando ensejo a um novo verbo: malufar). Tais estudos indicam que os cidadãos que assimilam essa ideia (competência ligada à corrupção) reduzem, do ponto de vista psicológico, a tensão associada ao ato de votar em político corrupto. É mais frequente do que se possa imaginar o trade-off (jargão usado na economia para dizer que a escolha de uma opção se dá em detrimento de outra) entre a competência e a corrupção. Para quem tem plena consciência do voto, é deveras indigesto votar num conhecido pilhador do dinheiro público. Mas os eleitores fazem isso pensando nos benefícios que já conquistaram ou no que poderão alcançar, em razão da competência do corrupto.
Julivan Vieira (O Globo 22/9/14) cita o estudo comparativo entre Suécia e Espanha (de 2007) feito por Peter Esaiasson e Jordi Muñoz (da Universidade Pública de Gotemburgo), que tomaram como base o prefeito do município valenciano de Vall d'Alba, que protagonizou um escândalo de corrupção ao desviar a finalidade de 13 propriedades imobiliárias. Propriedades agrícolas foram vendidas indevidamente e usadas para fins residenciais e industriais. O prefeito tirou proveito pessoal nessas transações, mas atraiu investimentos e captou dinheiro para o município; construiu escola, centro médico, capela, uma área industrial, piscina pública, centro de atenção ao idoso, uma nova delegacia de polícia e arena de touradas, reelegendo-se com 71% dos votos. Ou seja: os autores concluíram que os espanhois (assim como os suecos), em determinadas condições, preferem o corrupto competente ao honesto incompetente.
O estudo citado foi inspirado em outro similar feito no Brasil por Winters e Weitz-Shapiro, que chegou a conclusões opostas e inesperadas: os brasileiros pesquisados não priorizaram a competência sobre a corrupção (disseram, inclusive pessoas mais humildes ouvidas, que não votariam num candidato corrupto). Quais as razões da diferença encontrada? Primeira: no estudo de Esaiasson e Muñoz foram fornecidas aos participantes informações mais genéricas, mais vagas, mais neutras (não emocionais), sobre o comportamento corrupto do prefeito. No Brasil essas informações foram mais detalhadas, mencionando-se as vantagens obtidas pelo corrupto assim como os altos custos da corrupção. Segunda: não podemos esquecer que o brasileiro padece de um paradoxo descomunal, tal como evidenciado por Eduardo Giannetti (Vícios privados, benefícios públicos?): temos uma imagem bastante favorável de nós mesmos (autoimagem), ou seja, nos sentimos honestos, honrados e probos nos nossos discursos, mas isso nem sempre se converte em ação concreta. O resultado concreto do todo (do País), que conta com vários políticos corruptos reeleitos, não bate com as partes (as opiniões e os discursos dos eleitores).
De acordo com a hipótese trade-off original (de Rundquist et al. 1977, citados por Esaiasson e Muñoz), os eleitores se envolvem em um cálculo racional (?) de custos e ganhos. Trata-se de um mecanismo psicológico que traz um certo conforto para o eleitor que vota num corrupto. É a famosa relação utilitarista do custo-benefício. Custa muito votar num corrupto que faz muitas coisas, mas os benefícios compensam. Tudo isso seria, na verdade, uma irracionalidade, mas com resultados práticos benéficos. Como isso acontece? De várias formas. Uma delas passa pela chamada "redução da dissonância", evidenciada por Festinger 1957; Aronson 1969 e Pedra 2000, todos citados pelos mesmos autores, que sugerem que os cidadãos reduzem a tensão psicológica associada a votar em um político corrupto, mas eficiente, minimizando a severidade do delito. Quem faz muito pela população acaba contando com sua benevolência (misericórdia), que vê sua corrupção como menos grave. Há uma negociação (coletiva, psicológica) frente à competência e a corrupção. Quando ela é mostrada de forma neutra (menos onerosa), prepondera o lado da competência. Quanto é revelada de forma dura, nefasta (emocionalmente carregada), predomina a rejeição ao corrupto (tal como demonstrou outro estudo na Suécia, de Klasjna & Tucker 2013). Ou seja: conforme a maneira como se evidencia a corrupção, o "rouba, mas faz" tem aprovação da população. Tudo isso seria fruto de um cálculo racional (?) (conforme demonstração de Rundquist et al. 1977). A existência ou não de bons candidatos alternativos também tem relevância (Kurer de 2001; Caselli & Morelli 2004; Bågenholm de 2011).

Resultado da 04ª Sessão Ordinária de 2015‏

PAUTA DA 04ª SESSÃO ORDINÁRIA DIA 24 DE FEVEREIRO DE 2015 - TERÇA-FEIRA – 19h30

ORDEM DO DIA DISCUSSÃO E VOTAÇÃO ÚNICA:

VETO PARCIAL AO PROJETO DE LEI Nº 84/14 – ÓRGÃO EXECUTIVO – Dispõe sobre a concessão de bolsas de estudos aos servidores públicos e filho de servidores públicos no âmbito do Município de Caraguatatuba e dá outras providências. (MANTIDO)
 PROJETO DE LEI Nº 01/15 – ÓRGÃO EXECUTIVO – Institui e dispõe sobre o Programa Dinheiro Direto na Escola Municipal – PDDEM no âmbito do município de Caraguatatuba. (APROVADO)
 PROJETO DE LEI Nº 02/15 – ÓRGÃO EXECUTIVO – Dispõe sobre o Arquivo Público Municipal, altera a denominação e estrutura a Divisão de Arquivo Documental, reestrutura o Arquivo “Arino Sant´Ana de Barros”, institui o Sistema Municipal de Arquivos e dá outras providências. (APROVADO)
 PROJETO DE RESOLUÇÃO Nº 10/14 – Ver Aurimar Mansano – Acrescenta incisos VIII Estatuto dos Servidores Públicos e IX Estatuto do Magistério, no artigo 134 do Regimento Interno. (APROVADO)

Secretária de Saúde recebe vereadores da comissão‏

No último dia 11, os vereadores da Comissão de Assuntos Relevantes da Saúde: Aurimar Mansano, Agostinho Lobo de Oliveira e Petronilio Castilho dos Santos, se reuniram com a secretária municipal de saúde, Marina de Fátima de Oliveira e com a secretária adjunta, Luciana Fadel Locatelli.
Diversas questões foram abordadas no encontro. Os parlamentares puderam esclarecer algumas dúvidas e cobrar melhorias no sistema de saúde. As principais necessidades foram identificadas pelo trabalho da comissão, que desde junho do ano passado vem realizando visitas nas UBS do município.
Aurimar Mansano, presidente da CAR da Saúde, questionou e pediu números de atendimentos realizados por especialidades. Segundo ele, muitos usuários das Unidades Básicas de Saúde reclamavam da demora em marcar consultas.
“A maioria das especialidades estão com o tempo de espera normal, mas realmente temos algumas com tempo muito elevado. Vamos documentar isso para cobrar soluções”, disse Aurimar.
Os números de casos de dengue em Caraguatatuba foram informados pela secretária de saúde, que pediu ajuda aos vereadores para ajudar a informar a população sobre a importância da conscientização de não deixar água parada e eliminar criadouros.
Lobinho e Loro Castinho, relator e membro da CAR, pediram informações em relação ao número de veículos que transportam pacientes para tratamento fora da cidade. No total são mais de 60 veículos que se locomovem dentro e fora do município, entre carros, vans e ambulâncias. Diariamente, cerca de 114 pacientes são levados para tratar em outros centros.
A secretária e secretária adjunta esclareceram a reclamação feita por munícipes aos vereadores que estavam passando por consultas coletivas. De acordo com elas, não são consultas, mas sim grupos educativos para pacientes crônicos, como hipertensos e diabéticos, uma oportunidade para se interagirem e trocarem informações. Há também para gestantes.
“Ficou esclarecido e bem claro que as consultas são feitas individualmente. Fico feliz em ter tirado essa dúvida que tanto nos preocupou”, falou Aurimar, que marcará uma nova reunião com as funcionárias da secretaria de saúde.
“Infelizmente, em oito meses de trabalho dessa comissão temos visto muitos problemas e recebido denúncias e reclamações. Alguns pontos foram levantados e esclarecidos, mas ainda temos muitas questões para serem levantadas e cobradas por nós. Logo teremos um novo encontro para que junto com a Marina e toda a secretaria de saúde, possamos trazer melhorias consideráveis para a saúde em Caraguá”, comentou Aurimar Mansano.

Vereadores mantêm veto e aprovam programa para Educação

A 04ª sessão ordinária de 2015 foi realizada na noite da última terça-feira, na Câmara Municipal de Caraguatatuba. O veto parcial ao projeto de lei nº 84/14, do Órgão Executivo, que dispõe sobre a concessão de bolsas de estudos aos servidores públicos e filho de servidores foi mantido.
O veto foi para a emenda 01/2014, da vereadora Vilma Teixeira de Oliveira Santos, que acrescentava um artigo dizendo que os benefícios desta lei aplicava-se também aos conjugues de servidores.
De autoria do Executivo, o projeto de lei 001/2015, que institui e dispõe sobre o Programa Dinheiro Direto na Escola Municipal – PDDEM, no âmbito do município de Caraguatatuba, foi aprovado. A propositura tem a finalidade de prestar assistência financeira às unidades de educação básica da rede de ensino em Caraguá.
Desta forma, utiliza-se de uma assistência financeira, por meio dos recursos do PDDEM, destinada às escolas públicas da educação básica, auxiliando nas melhorias das estruturas físicas e pedagógicas, como na autogestão escolar e no IDEB.
Também foi aprovado o projeto de lei de nº 02/15, do Executivo, que dispõe sobre o Arquivo Público Municipal, que altera a denominação e estrutura a Divisão de Arquivo Documental, reestrutura o Arquivo “Arino Sant´Ana de Barros”, institui o Sistema Municipal de Arquivos e dá outras providências.
Por fim, de autoria do vereador Aurimar Mansano, o projeto de resolução 10/14, teve a aprovação dos demais parlamentares. A proposta acrescenta incisos VIII Estatuto dos Servidores Públicos e IX Estatuto do Magistério, no artigo 134 do Regimento Interno.
De acordo com a propositura, as alterações nos estatutos que regem a vida funcional dos servidores, devem antes de ir para votação, passar por audiências públicas.
A próxima sessão ordinária acontece na terça-feira, 03 de março.

Gordinho Gostoso - Banda Luxúria

Sou um gordinho gostoso, gordinho gostoso
Sou um gordinho gostoso
Sou um gordinho gostoso, gordinho gostoso
Sou um gordinho gostoso
Eu não sou Friboi, mas tô na moda
A mulherada gosta, a mulherada gosta do papai
Eu não sou Friboi, mas tô na moda
A mulherada gosta, a mulherada gosta
Sou um gordinho, sou gostoso, sou o rei do paredão
Boto o boné da John John, copo de whisky na mão
Invejoso passa mal, porque minha vida é assim
Não frequento academia, mas as novinhas ficam em mim
Sou um gordinho gostoso, gordinho gostoso
Sou um gordinho gostoso
Sou um gordinho gostoso, gordinho gostoso
Sou um gordinho gostoso
Eu não sou Friboi, mas tô na moda
A mulherada gosta, a mulherada gosta do papai
Eu não sou Friboi, mas tô na moda
A mulherada gosta, a mulherada gosta
Eu não sou Friboi, mas tô na moda
A mulherada gosta, a mulherada gosta do gordinho
Eu não sou Friboi, mas tô na moda
A mulherada gosta, a mulherada gosta
http://letras.mus.br/banda-luxuria/gordinho-gostoso

A Chevrolet anunciou que reduziu preços no Brasil

Chevrolet reduz preços no Brasil

A Chevrolet anunciou que, a partir desta semana, serão praticados novos valores para a linha de veículos da marca. A redução de preços chega a até R$ 6 mil reais nos veículos da linha S10. Com exceção dos modelos Spin, Trailblazer, Tracker, Montana e Camaro, todos os carros da marca passaram por diminuição nos preços.
Para os modelos Celta, Classic e Cobalt a redução foi de R$ 2.000 em relação aos preços praticados anteriormente. Já as linhas Onix e Prisma tiveram uma diminuição de R$ 900 no preço de todas as versões - exceto na configuração Effect, que ficou R$ 1.900 mais barata. Para o Cruze os preços ficaram até R$ 5.030 mais em conta para o sedã e R$ 3.500 para o hatch.
Confira todos os novos preços da linha Chevrolet:
Classic 1.0 LS - R$ 31.080
Classic 1.0 Advantage - R$ 34.400
Onix 1.0 LS - R$ 38.290
Onix 1.0 LT - R$ 41.840
Onix 1.4 LT - R$ 44.920
Onix 1.4 LTZ - R$ 50.330
Onix 1.4 Effect - R$ 50.330
Prisma 1.0 LT - R$ 44.250
Prisma 1.0 Advantage - R$ 47.780
Prisma 1.4 LT - R$ 48.160
Prisma 1.4 LTZ - R$ 53.570
Cobalt 1.4 LS - R$ 45.770
Cobalt 1.4 LT - R$ 48.320
Cobalt 1.4 LTZ - R$ 52.610
Cobalt 1.8 LT - R$ 50.770
Cobalt 1.8 LTZ - R$ 55.260
Spin 1.8 LT - R$ 53.490
Spin 1.8 LTZ - R$ 63.240
Spin 1.8 Activ - R$ 63.340
Spin 1.8 Advantage - R$ 58.700
Cruze LT - R$ 69.990
Cruze LTZ - R$ 84.100
Cruze Sport6 LT - R$ 68.360
Cruze Sport6 LTZ - R$ 84.680
Tracker 1.8 LTZ - R$ 85.890
Montana 1.4 - R$ 40.150
Montana 1.4 Sport - R$ 49.120
S10 Cabine Simples 2.4 Flex LT 4x2 - R$ 68.270
S10 Cabine Simples 2.8 Turbodiesel LT 4x4 - R$ 99.340
S10 Cabine Dupla 2.4 Flex LS 4x2 - R$ 77.130
S10 Cabine Dupla 2.5 Flex LT 4x2 - R$ 85.780
S10 Cabine Dupla 2.5 Flex LTZ 4x2 - R$ 97.700
S10 Cabine Dupla 2.5 Flex LT 4x4 - R$ 92.110
S10 Cabine Dupla 2.5 Flex LTZ 4x4 - R$ 104.030
S10 Cabine Dupla 2.8 Turbodiesel LT 4x2 - R$ 113.260
S10 Cabine Dupla 2.8 Turbodiesel LTZ 4x2 - R$ 133.830
S10 Cabine Dupla 2.8 Turbodiesel LS 4x4 - R$ 109.890
S10 Cabine Dupla 2.8 Turbodiesel LT 4x4 - R$ 124.130
S10 Cabine Dupla 2.8 Turbodiesel LTZ 4x4 - R$ 145.860
Trailblazer 3.6 V6 gasolina 4x4 LTZ - R$ 147.790
Trailblazer 2.8 Turbodiesel 4x4 LTZ - R$ 173.490
Captiva Sport 2.4 16V gasolina - R$ 101.696
Camaro 6.2 V8 - R$ 227.746