ABI - Associação Brasileira de Imprensa

ABI - Associação Brasileira de Imprensa
Liberdade de Expressão e Ética

terça-feira, 6 de agosto de 2013

Mas um denuncia e a prefeitura de Caraguatatuba não faz nada

Até quando está empresa ficará atrasando o pagamento dos funcionários. O pior é os funcionários ficarem com medo de denunciar, ficando no prejuízo. Será que os demais encargos como fundo de garantia, insalubridades estão sendo depositados e pagos????

Trabalhando e atuando.

Os vereadores do PRB têm se destacado pelo trabalho e comprometimento com a coisa pública. Exemplo disso é o vereador Ronaldo Castro, apontado como o mais atuante de Santo André.

Fazendo e acontecendo



“Lamento que uma trabalhadora brasileira espere 90 anos para ter uma casa digna. Mas graças a Deus que aquele passado triste se apaga e surge uma nova esperança no horizonte, para um futuro muito mais bonito” – Marcelo Crivella, na entrega de mais uma residência do Programa Cimento Social, idealizado por ele.

Tatá Werneck sensualizou ao lado de Julia Faria e chegou a confundir: Valdirene ou Fernandona? 'Porque assistir a Valdirene de Tatá Werneck é a melhor terapia. Inteligência pura. Sou fã', elogiou

Os Flagras no Famosidades! - 1 (© Reprodução Instagram)

A cantora Rihanna, que está curtindo uma festa de Carnaval em Barbados, mostrou seu figurino completo para os seguidores no Instagram. Pela imagem, deu para perceber que a artista desfilou no melhor estilo Sapucaí, né?

Os Flagras no Famosidades! - 1 (© Reprodução Instagram)

Amanda Françozo foi vista nas ruas da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro

Os Flagras no Famosidades! - 1 (© Reprodução Instagram)

Os Flagras no Famosidades! - 1 (© Reprodução Instagram)

Os Flagras no Famosidades! - 1 (© Reprodução Instagram)


Paulinho Vilhena aproveitou o dia para surfar na Prainha, no Rio de Janeiro

Os Flagras no Famosidades! - 1 (© Reprodução Instagram)

Os Flagras no Famosidades! - 1 (© Reprodução Instagram)

Os Flagras no Famosidades! - 1 (© Reprodução Instagram)


A atriz australiana Miranda Otto participou da coletiva do filme “Flores Raras”, em Copacabana, no Rio de Janeiro

Os Flagras no Famosidades! - 1 (© Reprodução Instagram)

Os Flagras no Famosidades! - 1 (© Reprodução Instagram)

Os Flagras no Famosidades! - 1 (© Reprodução Instagram)

Os Flagras no Famosidades! - 1 (© Reprodução Instagram)


Namorados na vida real, Débora Nascimento e José Loreto gravaram juntos cenas de “Flor do Caribe” nesta terça-feira (6)

Os Flagras no Famosidades! - 1 (© Reprodução Instagram)

Os Flagras no Famosidades! - 1 (© Reprodução Instagram)

Os Flagras no Famosidades! - 1 (© Reprodução Instagram)

Os Flagras no Famosidades! - 1 (© Reprodução Instagram)

Os Flagras no Famosidades! - 1 (© Reprodução Instagram)

Marcos estava bem concentrado durante os exercícios

Os Flagras no Famosidades! - 1 (© Reprodução Instagram)

Posso perguntar?

Aprovada Lei Anticorrupção! No dia 1º de agosto a Presidenta Dilma sanciona a Lei nº 12.846, de 1º de agosto de 2013, conhecida como Lei Anticorrupção. A partir de agora as empresas corruptoras também serão punidas por praticar corrupção.


Eu gostaria de fazer uma pergunta ao senhor prefeito Antonio Carlos da Silva, mas não consegui ser atendi pelos atendentes da radio Caraguá FM que promoveu a entrevista e disse ter aberto o microfone para que qualquer cidadão pudesse fazer a sua pergunta. A minha humilde pergunta é a seguinte: “Porque o prefeito ACS nomeou a ex-prefeita de São Luis do Paraitinga a senhora Ana Lúcia Bilard Sicherle secretaria municipal de educação sabendo que esta senhora responde inúmeros processos? Será que Caraguatatuba merece ter pessoas na gestão municipal nesta situação?




Suspeito de matar pais PMs usa foto de game de assassino no Facebook Para PM, adolescente de 13 anos matou pais, avó e tia e depois se matou. Garoto passou a usar foto de 'Assassin's Creed' há um mês.

O adolescente Marcelo Pesseghini, de 13 anos, suspeito de matar os pais policiais, a avó e a tia na Zona Norte de São Paulo e se matar nesta segunda-feira (5), usava a imagem de um assassino de videogame no seu perfil do Facebook há um mês. O suspeito havia trocado sua foto de perfil no dia 5 de julho, passando a utilizar a imagem de um matador do game "Assassin’s Creed". Esta foi a última atualização de Marcelo na rede social.
"Assassin’s Creed" é um jogo que mostra a visão de Desmond Miles, um barman que volta no tempo na pele de seus ancestrais. Com isso, encarna o matador Altair e se envolve na guerra entre assassinos e templários ao longo de diversos eventos históricos como as Cruzadas, o Renascimento, a Revolução Americana e, no último jogo, a disputa entre piratas durante a conquista da América. Como membro da ordem de assassinos, Miles tem a missão de dizimar a Ordem dos Templários, que iniciou uma das Cruzadas a Jerusalém.

Perfil alterado
Por volta das 15h30 desta terça-feira (6), o perfil atribuído a Marcelo Pesseghini no Facebook passou a ser atualizado. Conforme apurou o G1, a página mostra que um novo perfil foi criado com nome e endereço (URL) iguais ao do garoto.

Procurado pelo G1, o Facebook não informa o motivo da atualização do perfil e diz que comenta casos específicos.

G1 apurou que o mais provável é que, após a morte de Marcelo, a página tenha sido excluída e seu endereço tenha sido usado por outra pessoa.

Página no Facebook atualizada às 15h30 desta terça-feira (6) com nome e endereço iguais ao de Marcelo Pesseghini (Foto: Reprodução/Facebook)Página no Facebook atualizada às 15h30 desta terça-feira (6) com nome e endereço iguais ao de Marcelo Pesseghini 
O Facebook não informa o que fará com essa página nova. A rede social recomenda que os usuários denunciem páginas falsas e qualquer conteúdo que infrinja termos de uso da plataforma na área ‘Denunciar/Bloquear' ou 'Report/Block’ logo abaixo do botão 'Mensagem' ('Message').
A Polícia Militar acredita que o garoto foi à escola pela manhã após já ter assassinado os parentes. O comandante da Polícia Militar, coronel Benedito Roberto Meira, afirmou em entrevista ao SPTV que câmeras de segurança mostram uma pessoa, que seria Marcelo, estacionando o veículo da mãe à 1h15 da madrugada de segunda, próximo ao Colégio Stella Rodrigues, na Rua João Machado. A pessoa sai após as 6h30, com uma mochila nas costas e entra na escola. O vídeo, no entanto, não permite confirmar com exatidão que a pessoa é o garoto.
“A imagem que nós temos é de uma pessoa estacionando esse veículo à 1h15 da manhã e às 6h30 da manhã uma pessoa desce desse veículo, coloca uma mochila nas costas e vai em direção à escola. O que leva a deduzir que essa pode ser o garoto Marcelo”, disse Meira.
Para a Polícia Militar, as mortes dos parentes de Marcelo, em duas casas que ficam num mesmo terreno na Rua Dom Sebastião, na Vila Brasilândia, aconteceram entre a noite de domingo (4) e a madrugada de segunda. Um dos indícios é o fato de o pai de um colega de  escola ter dado carona a Marcelo ao final da aula de segunda. A testemunha prestou depoimento no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e contou que Marcelo pediu para que ele não buzinasse diante da casa porque seu pai estaria dormindo.
O coronel Benedito Meira afirmou que está descartada a possibilidade de vingança. “Nós descartamos possibilidade de retaliação por parte de facção. A casa não estava revirada, não há sinais de arrombamento", afirmou.
Disparo
Andréia Regina Bovo Pesseghini, de 36 anos, o sargento da Rota Luís Marcelo Pesseghini, a mãe da policial militar, Benedita de Oliveira Bovo, de 67 anos, a tia da policial, Bernadete Oliveira da Silva, de 55 anos, e o filho do casal, de 13 anos, foram encontrados mortos em duas casas da família que ficam no mesmo terreno, na Brasilândia. Os corpos serão velados no Cemitério Gethsemani, na Via Anhanguera, na Zona Norte de São Paulo.

Os corpos devem ser liberados na tarde desta terça e serão velados no cemitério Gethsemani, no km 23 da via anhanguera, em São Paulo. Só Bernadete Oliveira da Silva será enterrada neste cemitério. Os demais corpos serão levados para Rio Claro, no interior do estado, em comboio pela Polícia Militar.
Segundo o coronel Benedito Meira, o menino era canhoto e o disparo foi feito do lado esquerdo da cabeça dele e a arma estava debaixo do corpo do adolescente", falou Meira. No entanto, ele ressaltou que a polícia não descarta que outras linhas de investigação possam aparecer nos próximos dias. No boletim de ocorrência registrado pela Polícia Civil consta que o adolescente encontrado morto "empunhava a arma na mão esquerda, debaixo do corpo".
Nesta terça-feira, Fábio Luiz Pesheghini, irmão de Luís Marcelo, afirmou que o sobrinho não era canhoto. "Pelo que eu sei ele era destro. Eu tenho quase certeza que ele era destro”, disse. Segundo Fabio, o sobrinho era “tranquilo, uma criança normal, que não dava trabalho para os pais, mal saía de casa”. Ele disse desconhecer se o irmão e a cunhada recebiam ameaças.
O adolescente tinha fibrose cística, doença genética que afeta o funcionamento de secreções do corpo, levando a problemas nos pulmões e no sistema digestivo. Segundo o capitão Laerte Araquém Fidelis Dias, do 18º Batalhão da 1ª Companhia da Polícia Militar, na Freguesia do Ó, a cabo Andréia, que era subordinada a ele, recebeu a previsão de que o filho só viveria até os quatro anos. Dias a definiu como uma funcionária exemplar.
"Excelente funcionária, alegre, trabalhadora e esforçada. Mesmo a gente sabendo deste problema do filho - o primeiro parecer médico é que ele viveria quatro anos - ela tinha o astral lá em cima", disse o capitão. Ele afirma ter encontrado com o menino duas ou três vezes, que não aparentava fisicamente ter qualquer problema e o definiu como tímido.
O capitão Dias trabalhava com Andréia há dois anos. Segundo ele, ela estava afastada das ruas por um problema de coluna - a cabo possuía pinos metálicos na coluna e fazia fisioterapia no Hospital das Clínicas. Ele disse nunca ter ouvido relatos de problemas conjugais.
Investigações
O comandante da PM negou que os policiais militares mortos tivessem problemas psicológicos ou mesmo que já tenham sido investigados pela Corregedoria da corporação.

Ainda segundo o comandante da PM, ao menos duas armas foram apreendidas na residência, um revólver calibre 32, encontrado em uma mochila junto com outros pertences do menino logo na porta de entrada, e uma pistola calibre .40, de propriedade da Polícia Militar mas que estava de posse da cabo. "O revólver era da policial, que ficou com a arma do pai, após o falecimento dele", explicou Meira.

O oficial afirmou que foram efetuados ao menos cinco tiros dentro da casa, todos compatíveis com um pistola .40. Apesar disso, apenas exames de balística deverão comprovar se os disparos foram feitos pela pistola encontrada sob o corpo do garoto morto. "O que os peritos apuraram aqui é que não tem nenhum estojo diferente do de .40 na residência."
Além disso, a perícia localizou cinco cartuchos de pistola .40 deflagrados, além de um carregador com outros projéteis não deflagrados e mais um na câmara de disparo da arma, perfazendo um total de 14, justamente a capacidadetotal de um carregador.
Além do exame de balística da arma, um conjunto de provas e perícias deverá ser realizada ainda na madrugada desta terça-feira, segundo Meira. "Por exemplo, o exame toxicológico dos corpos. Será que essas pessoas tomaram algum tipo de medicamento, alguma substância que as deixaram adormecidas?", questionou.
  •  
Cinco são achados mortos em casa de PMs na Zona Norte de SP. Casal de policiais e filho de 12 anos estão entre as vítimas.  (Foto: Edison Temoteo/Futura Press/Estadão Conteúdo)Movimentação policial em frente ao imóvel 

Delegado diz que menino manifestou desejo de matar os pais para amigo

O delegado Itagiba Franco, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), disse, em entrevista coletiva na tarde desta terça-feira (6), que um amigo de escola, cujo nome não foi revelado, contou em depoimento à polícia que o garoto Marcelo Pesseghini, de 13 anos, já tinha manifestado o desejo de matar os pais e que queria ser "matador de aluguel". O menino é o principal suspeito de matar os pais policiais militares, a avó e a tia-avó na madrugada de segunda-feira (5). Ele teria ainda ido à escola e se matado após retornar para casa, na Vila Brasilândia, Zona Norte da capital paulista.


A policial militar Andréia Regina Bovo Pesseghini, de 36 anos, o sargento da Rota Luís Marcelo Pesseghini, a mãe da policial militar, Benedita de Oliveira Bovo, de 67 anos, a tia da policial, Bernadete Oliveira da Silva, de 55 anos, e o filho do casal foram encontrados mortos em duas casas da família que ficam no mesmo terreno.
Diante das evidências obtidas pela polícia nesta terça-feira, o delegado afirmou que tudo "leva a crer que o Marcelo matou os pais" e os parentes. "Ele já tinha esse desejo que, na minha opinião, veio a concretizar. Foi uma tragédia familiar. De uma forma silenciosa, ele vinha se preparando para alguma coisa", completou.
De acordo com o delegado do DHPP, havia uma dúvida ainda em relação a quem havia estacionado o carro da cabo Andréia Regina Bovo Pesseghini em frente à escola onde Marcelo estudava, na manhã de segunda-feira. "Quem teria tirado o carro de lá? Qual a razão desse carro estar na proximidade da escola do garoto? A chave (do carro) ainda não havia sido encontrada. De início, nós acreditávamos que um garoto de 13 anos não teria condições de tirá-lo de lá. Mas um perito me informou que a chave estava no bolso da jaqueta do menino que estava na sala. Tudo vai se encaixando", disse.
Arte morte de família em SP- versão 17h (Foto: Arte/G1)
Segundo Itagiba Franco, a imagem de uma câmera que fica próxima ao ponto onde o carro da família foi estacionado mostra que um jovem desce do banco do motorista e atravessa a rua. O amigo de escola teria reconhecido Marcelo como a pessoa que aparece nas imagens. Ainda de acordo com as investigações, o estudante comentou com uma professora do colégio que já tinha dirigido um buggy uma vez.
As testemunhas começaram a ser ouvidas pela polícia já na madrugada desta terça-feira, de acordo com o delegado. Uma das professoras de Marcelo relatou à polícia que teve uma conversa com o menino, onde foi indagada por ele se ela já havia dirigido um carro e se ela já havia atingido, de alguma forma, os pais. "Ela achou estranho aquela conversa, mas respondeu de uma forma, assim, profissional, e manteve aquela linha de raciocínio."
O pai do melhor amigo de Marcelo informou que deu carona ao menino na volta da escola. O suspeito, então, teria pedido para o homem parar o carro para ele ir até o Corsa prata da mãe, que já estava estacionado próximo à escola.
"Ele saiu do banco do carona, se dirigiu até lá, abriu o carro, pegou alguma coisa, voltou, entrou e foi até a casa dele. Na casa, o pai do amigo teria perguntado a ele queria que buzinasse, alguma coisa assim. O menino disse que não, porque os pais, a avó e a tia-avó estariam dormindo. Então, ele procurou descartar qualquer tipo de aproximação de estranhos da casa", relatou o delegado.
Suspeito
A Polícia Militar acredita que o garoto Marcelo Pesseghini foi à escola pela manhã após já ter assassinado os parentes. O comandante da Polícia Militar, coronel Benedito Roberto Meira, afirmou em entrevista ao SPTV que câmeras de segurança mostram uma pessoa, que seria Marcelo, estacionando o veículo da policial à 1h15 de segunda próximo ao Colégio Stella Rodrigues, na Rua João Machado.

A pessoa sai após as 6h30, com uma mochila nas costas e entra na escola. Esse primeiro vídeo, no entanto, não permitia confirmar com exatidão que a pessoa é o garoto, o que teria ocorrido com a localização de um segundo vídeo.
Para a Polícia Militar, as mortes dos parentes de Marcelo, em duas casas que ficam num mesmo terreno na Rua Dom Sebastião, na Vila Brasilândia, aconteceram entre a noite de domingo (4) e a madrugada de segunda-feira.
O coronel Benedito Meira afirmou que está descartada a possibilidade de vingança. “Nós descartamos possibilidade de retaliação por parte de facção. A casa não estava revirada, não há sinais de arrombamento", afirmou.
Menino canhoto
Segundo o coronel Benedito Meira, "o menino era canhoto, o disparo foi feito do lado esquerdo da cabeça dele e a arma estava debaixo do corpo do adolescente". No entanto, ele ressaltou que a polícia não descarta que outras linhas de investigação possam aparecer nos próximos dias. No boletim de ocorrência registrado pela Polícia Civil consta que o adolescente encontrado morto "empunhava a arma na mão esquerda, debaixo do corpo".

Nesta terça-feira, Fábio Luiz Pesheghini, irmão de Luís Marcelo, afirmou que o sobrinho não era canhoto. "Pelo que eu sei ele era destro. Eu tenho quase certeza que ele era destro”, disse. Segundo Fabio, o sobrinho era “tranquilo, uma criança normal, que não dava trabalho para os pais, mal saía de casa”. Ele disse desconhecer se o irmão e a cunhada recebiam ameaças.

Duplicação não acaba com filas nos feriados na Tamoios, diz secretário Saulo de Castro Abreu reconhece que 'serra funciona como um filtro'. Trecho de planalto deverá ser concluído em 20 meses.

Geraldo Alckmin mostra em mapa onde serão executadas as obras de duplicação na Rodovia dos Tamoios (Foto: Marcelo Mora/G1)

O governador Geraldo Alckmin falou, em cerimônia no Palácio dos Bandeirantes, na Zona Sul de São Paulo, das obras de duplicação do trecho de planalto da Rodovia dos Tamoios, que liga São José dos Campos, no Vale do Paraíba, a Caraguatatuba, no litoral norte do estado.
Apesar disso, mesmo após a conclusão das obras, que têm início previsto para maio, os motoristas que utilizam esta estrada para acessar o litoral não deverão se livrar dos longos congestionamentos nos feriados prolongados, como admitiu o secretário de Logística e Transportes, Saulo de Castro Abreu Filho.
O motivo é que ainda não há previsão para a duplicação do trecho de serra da rodovia. "Em termos de impacto no trânsito, é lógico que a serra funciona como um filtro. A não ser que os carros saltem o trecho de serra. Nos períodos de feriado, de pico, vai ter (congestionamentos)", declarou o secretário.
O trecho de planalto a ser duplicado corresponde a quase 50 km, divididos em dois lotes: o primeiro vai do km 11,5 ao km 35,8 e o segundo, do km 35,8 ao km 60,5, abrangendo os municípios de São José dos Campos, Jacareí, Jambeiro e Paraibuna. O custo da obra totaliza R$ 557,4 milhões, o que representa um deságio de 32% na conclusão da licitação, de acordo com Alckmin. O valor previsto inicialmente no processo licitatório pelo Estado era de R$ 821 milhões.
Por enquanto, não há previsão para o início da duplicação do trecho de serra da Tamoios, de acordo com Alckmin. "O trecho de serra é uma nova estrada. Estamos otimistas que até novembro os relatórios de impacto ambiental estejam concluídos e que possamos licitar a obra", afirmou. Para o governador, a duplicação antecipada do trecho de planalto se justifica por atender uma demanda do tráfego regional. "Nós queremos ganhar tempo. É uma obra estratégica sobre o ponto de vista do desenvolvimento regional", disse.
Segundo o governador, a obra é a maior intervenção na Tamoios em 40 anos. Alckmin lembrou quando Jânio Quadros inaugurou em 1957 a estrada, a qual era chamada na época de "virado à paulista". "Era tudo de terra. Na chuva, ninguém passava porque atolava. E muita poeira", contou.
Em 1967, segundo o governador, houve um grande desmoronamento na serra, que precisou ser reconstruída. E na década de 1970 houve uma melhora na estrada de São José dos Campos até Paraibuna, segundo Alckmin. "Então, 40 anos depois nós vamos ter uma grande intervenção. Depois do Rodoanel, é a maior obra viária do estado", completou.
O governador anunciou também que já começaram os trabalhos para o licenciamento ambiental dos contornos sul (Caraguatatuba a São Sebastião) e norte (até Ubatuba) da rodovia.

Placa informa que obras na Tamoios só terminam em 3013 Flagrante foi feito por motorista que passava na rodovia, em Caraguatatuba. DER retirou a placa, que será trocada pela correta

Erro em placa prevê término de obras na Tamoios para 3013 (Foto: Janaina Renata Dias da Silva/ VC no G1)

A representante comercial Janaína Renata Dias da Silva, de 36 anos, enviou fotos ao Blog do Guilherme Araújo que mostram uma placa na Rodovia dos Tamoios (SP-99) com a informação de que as obras de recapeamento e sinalização na via terminariam em fevereiro de 3013.
Segundo ela, a placa está fixada próximo no trecho de descida da serra sentido Caraguatatuba, no litoral norte de São Paulo. "Estava indo para o litoral e o trânsito estava todo parado. Quando vi a placa achei estranho e resolvi registrar porque é impossível uma previsão dessas para a obra", afirmou.

Nota da redação: Blog do Guilherme Araújo procurou o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), responsável pela obra, e foi informado que a placa foi retirada do local nesta sexta-feira após a publicação da reportagem. A nova sinalização será trocada de acordo com o DER. 

As obras de recapeamento e sinalização no trecho de serra da Rodovia dos Tamoios devem ser concluídas em fevereiro deste ano. Os trabalhos fazem parte do pacote de obras anunciados pelo governo paulista para a chamada 'Operação Verão 2013'.

Além das obras de recapeamento no trecho de serra, a Tamoios também passa por duplicação na pista de planalto. Para essas obras, a previsão é de conclusão em dezembro de 2013, antes do início da temporada de veraneio 2013/2014. Os trabalhos de duplicação da rodovia foram iniciados em maio de 2012.

Placa com erro de concordância e ortográfico irrita turista em Caraguá Sinalização instalada pela prefeitura deseja 'Sejam Bem vindo'. Erro foi denunciado por leitora; prefeitura promete que irá corrigir.

Placa na entrada de Caraguatatuba tem erro de concordância (Foto: Adriana Medeiros Aragoni / VC no G1)
A dona de casa Adriana Medeiros Aragoni, de 43 anos, enviou fotos ao Blog do Guilherme Araújo que mostram uma placa na Rodovia dos Tamoios (SP-99) com erro de concordância e ortográfico ao desejar "Sejam bem vindo" aos motoristas que chegam a Caraguatatuba, no litoral norte do estado.
A sinalização foi instalada há cerca de dois anos na altura do km 79, ao lado do posto da Polícia Rodoviária Estadual. A PRE confirmou o erro e informou que a placa errada substituiu uma correta que foi levada por uma carreta após um acidente.
"Eu já tinha visto há um tempo atrás e pensei que tivesse visto errado. Dessa vez, quando voltei para o litoral, decidi passar mais devagar para ver se estava errado mesmo", disse Adriana que mora em São Paulo. "O mínimo que uma placa tem que ter é a ortografia correta porque muita gente lê", disse.
Nota da redação: Procurada, a Prefeitura de Caraguatatuba informou que  que não tinha percebido o erro, mas que tomará providências para corrigir a placa de sinalização na entrada da cidade.
A prefeitura informou ainda que pedirá autorização do Departamento de Estradas e Rodagem (DER) para efetuar a correção, tendo em vista que a placa encontra-se em área do Estado. Segundo a prefeitura, o trânsito na rodovia terá que ser interrompido para a troca da placa.
Procurado, o DER informou que a instalação da placa e sua substituição é de responsabilidade da prefeitura.

VAMOS DIVULGAR ESSA VERGONHA!!!

As advogadas LETÍCIA MELLO, 37 anos, filha do ministro do STF Marco Aurélio Mello, e MARIANNA FUX, 32 anos, filha do ministro Luiz Fux, ambas sem pós graduação, foram indicadas para desembargadoras, equivalentes a juízas de segunda instância. A indicação será confirmada por colegas dos pais. Marianna é indicada para o TJ do Rio, com salário de R$ 25,3 mil, carro oficial e equipe de assessores, e Letícia para o TRF (Tribunal Regional Federal), também do Rio. Segundo a reportagem do jornal "Folha de S.Paulo", os pais, os outros ministros e o governador do Rio disseram que as duas são excelentes advogadas. Então, tá!.

Google cria aplicativo que vai ajudar a recuperar celular perdido ou roubado

(Foto Reprodução de Internet)
O número de ocorrência de furtos e roubos de celulares tem aumentado no Brasil. De acordo com informações da Polícia Militar, em algumas cidades, cerca de cinquenta aparelhos são perdidos ou furtados, todos os meses. Mas a tecnologia deve ajudar a minimizar essas ocorrências. Pelo menos é o que promete o aplicativo "Android Device Manager".

O novo aplicativo permitirá localizar celulares e tablets Android perdidos ou roubados. O aplicativo tem função semelhante ao Buscar Meu iPhone, para dispositivos da Apple e já foi anunciado pelo Google. De acordo com informações do site Softonic, será possível usar o aplicativo para procurar aparelhos desaparecidos tanto pela web como por meio de outro dispositivo Android. O app utiliza o sistema GPS para mostrar no mapa a provável localização do Androidperdido em tempo real.

Android Device Manager também vai permitir que o usuário faça o telefone tocar remotamente, no volume máximo, mesmo que esteja em modo silencioso, para os casos de perda do aparelho. Ainda segundo o Softonic, no caso de roubo, está disponível uma função que apaga todos os dados do dispositivo também de forma remota. Se não é possível recuperar o aparelho, pelo menos as informações guardadas (fotos, vídeos, agenda...) não caem em mãos erradas.

Segundo a publicação, o Google não informou a data exata de lançamento doAndroid Device Manager, mas disse que será ainda neste mês. O aplicativo será compatível com todos os dispositivos com Android 2.2 ou superior, e tudo o que você precisará fazer será acessar o serviço com sua conta Google.

CNJ lança cartilhas que vão ajudar famílias em processos de divórcio

Cartilhas vão ajudar famílias em processos de divórcio. Nesta segunda-feira, 05, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) lançou duas cartilhas para auxiliar pais e filhos adolescentes nos processos de divórcios. Segundo a juíza de Família e responsável pela organização do material, Vanessa Alfiero da Rocha, as cartilhas esclarecem sobre guarda compartilhada dos filhos, visitas e as formas de solucionar conflitos familiares. “Os pais e filhos recebem instruções de como agir para que todos os integrantes da família se adaptem melhor a essa nova fase de reorganização familiar”.

As cartilhas foram feitas em parceria com o Ministério da Justiça e com apoio doTribunal de Justiça do Estado de São Paulo. Os exemplares foram lançados durante a divulgação dos resultados do 3º Encontro Nacional de Núcleos de Conciliação.

De 2006 a 2012, 916.916 acordos firmados nas semanas nacionais de conciliação foram homologados, com montante de R$ 5,3 bilhões. A conciliação busca por meio do diálogo solucionar problemas entre as partes, e com isso evitar um processo judicial. A edição deste ano da semana vai ocorrer entre os dias 2 e 6 de dezembro.


No ano passado, foram firmados 175.173 acordos, envolvendo R$ 749,7 milhões. Participam da ação os tribunais federais, estaduais e trabalhistas.

Para o conselheiro do CNJ e coordenador do Comitê Gestor do Movimento pela Conciliação do conselho, José Roberto Neves Amorim, as soluções apresentadas durante a Semana Nacional de Conciliação são “efetivas, rápidas e com pouco custo". "Assim, a pessoa não fica anos na fila de espera, anos em uma batalha judicial para resolver seus processos”, explicou.

Segundo Neves Amorim, um processo custa em média R$ 1,5 mil para o Judiciário. “Nós resolvemos milhares de causas que não chegam a este valor. O Judiciário movimenta mais do que efetivamente as pessoas discutem nas ações”.

De acordo com o conselheiro do CNJ, Emmanoel Campelo, que será o próximo coordenador do Comitê Gestor do Movimento Pela Conciliação, existem 90 milhões de processos em tramitação no país. “Com a campanha, em uma semana, conseguimos solucionar cerca de 1 milhão de processos, um resultado expressivo”. Para ele, é necessário incorporar a cultura de conciliação em todo o Poder Judiciário.

A Escola Nacional de Mediação e Conciliação (Enam) dará também início ao primeiro curso a distância para capacitação de 2 mil mediadores. O coordenador da Enam, Igor Lima de Oliveira, disse que o curso irá “fomentar e fortalecer ainda mais a política nacional de conciliação". "A escola tem sido um passo importante para disseminar esta política,” disse.

O PREFEITO ANTÔNIO CARLOS DA SILVA VAI PRESTAR CONTAS NA CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES - Sessão terá prestação de contas do prefeito ACS.


A Câmara Municipal de Caraguatatuba receberá na próxima terça-feira, 06 de agosto, a partir das 19h30, o prefeito municipal da cidade Antonio Carlos da Silva para a prestação de contas, em atendimento ao disposto no inciso 7º, artigo 49 da Lei Orgânica Municipal.
De acordo com a LOM, a prestação de contas do prefeito deve realizar-se na abertura de cada semestre legislativo. Essa será a 22ª sessão ordinária do ano. No dia 13 acontecerá a 23ª sessão com projetos em pauta.

Família de PMs assassinada em SP não foi vítima de ataque de criminosos.

De acordo com uma análise preliminar dos investigadores, o filho da família de policiais militares assassinada pode ter se matado. “O menino era canhoto e o disparo foi feito realmente do lado esquerdo da cabeça dele. Os peritos que aqui estiveram têm indícios de um suicídio”, disse o comandante-geral da PM-SP (Polícia Militar de São Paulo), Benedito Roberto Meira. Segundo o comandante, apenas “cartuchos de [pistola calibre] 40 foram encontrados, correspondente a um disparo para cada pessoa”. 

Segundo a reportagem, a polícia encontrou uma arma sob o corpo do filho do casal de policiais militares vítima de uma chacina na Brasilândia, na zona norte de São Paulo. A pistola calibre 40 é de uso da polícia. Dentro da mochila do adolescente também foi encontrado, segundo a polícia, um revólver calibre 32. Além do casal e do menino, também foram assassinados outras duas familiares da policial: sua mãe, de 67 anos, e sua tia, de 55, que se encontravam em uma outra casa, no mesmo terreno.

Ao entrarem na primeira casa, os investigadores encontraram pai, mãe e filho baleados na cabeça dentro do mesmo cômodo. Na outra residência, a mãe e a tia da policial estavam sobre uma cama, tendo sido mortas, provavelmente, quando ainda dormiam. Não foram encontrados sinais de arrombamento em nenhuma das casas.

De acordo com o Comando da PM (Polícia Militar), o sargento da Rota deveria ter entrado no trabalho às 5h e a mulher dele, às 9h. A polícia foi encaminhada até à casa da Brasilândia depois que colegas do 18º Batalhão da Freguesia do Ó estranharam a falta da policial. Para o comandante da PM, se trata de uma ação premeditada. Comandante descarta que a família tenha sido vítima de ataque por alguma organização criminosa. O crime está sendo investigado pelo DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa).

Video Proibido dos safados

O PREFEITO ANTÕNIO CARLOS DA SILVA VAI PRESTAR CONTAS NA CÂMARA

Sessão terá prestação de contas do prefeito municipal

A Câmara Municipal de Caraguatatuba receberá na próxima terça-feira, 06 de agosto, a partir das 19h30, o prefeito municipal da cidade Antonio Carlos da Silva para a prestação de contas, em atendimento ao disposto no inciso 7º, artigo 49 da Lei Orgânica Municipal.

De acordo com a LOM, a prestação de contas do prefeito deve realizar-se na abertura de cada semestre legislativo. Essa será a 22ª sessão ordinária do ano. No dia 13 acontecerá a 23ª sessão com projetos em pauta.

Como tem babaca que vivem de ameaças, mas cuidado que a sua hora pode chegar a qualquer momento

Acabei de receber uma ligação de uma babaca, dizendo que a minha batata esta assando, mal sabe ele que enquanto ele fica tomando conta da minha batata que esta assando, a mulher deste corno esta dando por ai...

Será que Caraguatatuba merece ter pessoas na gestão municipal nesta situação?

Eu gostaria de fazer uma pergunta ao senhor prefeito Antonio Carlos da Silva, mas não consegui ser atendi pelos atendentes da radio Caraguá FM que promoveu a entrevista e disse ter aberto o microfone para que qualquer cidadão pudesse fazer a sua pergunta. A minha humilde pergunta é a seguinte: “Porque o prefeito ACS nomeou a ex-prefeita de São Luis do Paraitinga a senhora Ana Lúcia Bilard Sicherle secretaria municipal de educação sabendo que esta senhora responde inúmeros processos? 

Delegacia Virtual do Estado de São Paulo

Delegacia Virtual do Estado do Rio de Janeiro