quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Dicas para cuidar da pele no verão

mulher passando protetor solar

Jorge Ben já dizia “Moro, num país tropical…”, e justamente por isso é preciso redobrar a atenção dedicada à nossa pele durante o verão, para evitar manchas indesejáveis e o envelhecimento precoce. A primeira recomendação para quem quer se expor ao sol é usar protetor solar. E não é passar pela manhã e esquecer. Tem que passar 30 minutos antes da exposição e repassar a cada duas horas. O produto tem que ter no mínimo fator de proteção 30 e proteger contra os raios UVA (que causam o envelhecimento) e UVB (causadores do câncer de pele).
 
Entre as novidades estão protetores solares que oferecem, além de proteção, ação antienvelhecimento e até coloração (que funciona como uma base). Todos são válidos, desde que você não se esqueça de repassar ao longo do dia.
 
Para evitar manchas no rosto e colo, alguns dermatologistas indicam uma pílula à base de betacaroteno, que prepara a pele para a exposição solar, a Innóvev. “Ela não acelera o bronzeamento, como algumas pessoas supõem, mas ajuda a proteger a pele, principalmente para quem tem tendência à mancha”, explica a dermatologista Mônica Adoni.

Outra medida importante é suspender o uso de ácidos pelo menos dez dias antes da exposição ao sol, para não manchar a pele. Se tiver feito um peeling superficial, o ideal é esperar no mínimo 15 dias.
 
Durante a exposição ao sol, é importante respeitar os horários permitidos, antes das 10h e após as 16h, para não ficar diante de raios muito fortes. Outra opção é usar bonés com tecidos de proteção contra raios ultravioletas ou chapéus de aba larga.
 
Já no pós-sol, é preciso sempre lavar o rosto com um sabonete apropriado para o seu tipo de pele e hidratá-la. “Mesmo tomando todos os cuidados necessários, se aparecer algum tipo de mancha, suspenda a exposição ao sol e procure um dermatologista”, alerta Mônica.

Nenhum comentário:

Delegacia Virtual do Estado de São Paulo

Delegacia Virtual do Estado do Rio de Janeiro