A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

domingo, 14 de agosto de 2011

Secretário de Kassab diz que MEC não atende pedidos da prefeitura

O secretário de Educação da Prefeitura de São Paulo, Alexandre Schneider, rebateu as críticas do ministro Fernando Haddad (Educação) à gestão do prefeito Gilberto Kassab.
Segundo Schneider, uma lista com cem terrenos para a construção de creches na cidade está parada há mais de um mês nos "escaninhos" do MEC (Ministério da Educação e Cultura).


"Talvez a sensação de pisar pela primeira vez em Cidade Tiradentes tenha feito o ministro perder a razão", ironizou o secretário.
Neste sábado, em caravana do PT na Cidade Tiradentes (zona leste de São Paulo), Haddad concentrou seu discurso em comparar as políticas educacionais do governo federal e da administração municipal.
Haddad, que é pré-candidato do PT à Prefeitura, acusou Kassab de, por razões político-partidárias, não aderir a programas federais que representariam transferência direta de recursos da União para a cidade.
Ele disse que o MEC já fechou pelo menos 4.000 convênios do programa Pró-Infância, de ampliação da educação infantil, em todo o país. "E nenhum na cidade de São Paulo", afirmou.
"Porque não há iniciativa. Não podemos repassar os recursos se a prefeitura não apresentar um projeto", completou.
Schneider negou a acusação. "Quem sabe em sua próxima visita à cidade o ministro possa anunciar o repasse de recursos", respondeu Schneider.

Nenhum comentário: