A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

sexta-feira, 15 de julho de 2011

SUS é tema das conferências de Saúde em São Sebastião e Ubatuba

Teve início nesta quarta-feira, no Teatro Municipal, a 5ª Conferência Municipal de Saúde, evento realizado pela Administração Municipal de São Sebastião junto ao Conselho de Saúde da cidade, o Comuss. A Conferência, aberta à população, contou com a participação de autoridades, profissionais da saúde, representantes da sociedade civil organizada e munícipes interessados nos assuntos pertinentes à área.
Compuseram a mesa solene o prefeito Ernane Bilotte Primazzi (PSC); a presidente do Comuss, Ana Cristina Soares; o secretário de Saúde, Aldo Conelian Júnior; e o vereador Paulo Henrique Ribeiro Santana, representante da Câmara Municipal.
Em seu discurso de abertura, a presidente do Comuss leu um trecho da Cartilha de Orientação para Conselheiros de Saúde, lançada no final de janeiro deste ano com o objetivo de enfatizar a importância da missão de fiscalizar os recursos públicos aplicados na área da saúde.
Na sequência, o secretário de saúde salientou a importância da participação efetiva de todos os setores da sociedade nesta Conferência. “O envolvimento neste processo é indispensável para a elaboração de um documento que leve às demais esferas do poder propostas concretas e fundamentais para a melhoria das políticas de saúde pública, tanto no país, quanto no Estado e no município”, completou o Aldo Conelian.
O vereador PH aproveitou a oportunidade para pedir aos presentes que se envolvam também em outras questões que pelas quais a Administração trabalha e que refletem na saúde, como o saneamento básico e Educação.

Saúde no município


O prefeito Ernane Primazzi encerrou as falas com agradecimentos ao interesse e a colaboração da comunidade na elaboração do documento citado pelo secretário de saúde. Sua importância é fazer chegar aos governos estadual e federal as necessidades de cada município.

Ernane ressaltou as dificuldades que as cidades têm em receber recursos federais para solucionar as necessidades locais. “Os municípios acabam movendo verbas importantes de outros setores para suprir a área da saúde. E poderia existir um quadro muito diferente se o governo repassasse o que de fato cada cidade precisa para oferecer um serviço de saúde pública cada vez mais próximo do ideal”, avalia o chefe do Executivo.
Ele ainda lembrou os diversos atendimentos de qualidade oferecidos em São Sebastião, desenvolvidos com eficiência mesmo diante de uma verba limitada, e que, por consequência, acabam recebendo pacientes de municípios vizinhos.
“Dentro das possibilidades, o município vem realizando projetos importantes e investindo na humanização do atendimento. Através deste documento, podemos mostrar a importância do que já foi conquistado e o quanto o investimento do governo poderá colaborar para o crescimento e melhoramento da saúde pública da região”, completou Ernane.
Na sequência foi lido o regimento interno da Conferência, seguido da palestra do médico sanitarista do estado, Augusto Cesar Buarque Haberbeck Brandão, discorreu sobre o tema “Acesso e acolhimento com qualidade”. Na explanação, ele mostrou as diferentes realidades entre o SUS que está no papel, na lei, e o que de fato encontra-se na hora da execução deste sistema de saúde pública no país.
Antes do início dos trabalhos, uma apresentação teatral descontraiu o público na interpretação do texto ‘O Menestrel’, de Veronica Shoffstall (baseado em obra de William Shakespeare), cujo tema reflete sobre a valorização da vida.
A ‘5ª Conferência Municipal de Saúde’, em cumprimento à Lei Federal 8142, de dezembro de 1990, é organizada com o objetivo de avaliar e discutir a situação dessa área de atuação na região, além de propor ações que possam contribuir para a realização de modificações e melhorias em benefício da população.
O tema central da edição de 2011 é “Todos usam o SUS! SUS na seguridade social, política pública e patrimônio do povo brasileiro – Acesso e acolhimento com qualidade: Um desafio para o SUS”, que está sendo desenvolvido em três eixos temáticos: “Políticas de Saúde na Seguridade Social, segundo os princípios da integralidade, universalidade e equidade; “Participação da comunidade e controle social” e “Gestão do SUS em São Sebastião”.

Ubatuba


A Prefeitura Municipal de Ubatuba, por meio da Secretaria Municipal de Saúde e do Conselho Municipal de Saúde, realiza hoje, a VII Conferência Municipal de Saúde. Toda a população está convidada a participar do evento, que será realizado na sala Washington de Oliveira da Câmara Municipal de Ubatuba, das 13h às 18h.

O tema da Conferência Municipal de Ubatuba é o mesmo de São Sebastião e contará com a palestrante Dra Rosa Maria Barros dos Santos, médica sanitarista, mestre em saúde pública pela USP.
Antecedendo a Conferência Municipal de Saúde, já aconteceram nos bairros as pré-conferências municipais, nos dias 11, 12 e 13 de julho. O objetivo foi discutir primeiramente com a população de cada região do município suas principais necessidades, para que então, no dia da Conferência, possa ser apresentado o panorama da saúde por região.
Nessas pré-conferências, além dos temas que serão debatidos, foram indicados os delegados que representarão os interesses da comunidade na Conferência Municipal do dia 15.

Nenhum comentário: