A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Novo secretário de Meio Ambiente conhece estação de Transbordo na Água Branca

A Prefeitura de Ilhabela trabalha na modernização do Centro de Triagem e na Estação de Transbordo, na Água Branca. O novo secretário de Meio Ambiente de Ilhabela, Rogério Ribeiro de Sá (Professor Catolé), esteve no local para conhecer as instalações e as equipes.
Recém-empossado, o secretário foi apresentado aos funcionários dos setores pelo ex-secretário da pasta, Harry Finger, que também acabou de assumir a pasta de Turismo e Fomento.
Os membros da Associação Centro de Triagem de Material Reciclável de Ilhabela falaram de suas perspectivas e das últimas melhorias no Centro de Triagem, como a implantação da cobertura, a reforma dos banheiros, a construção do almoxarifado, o fechamento das baias e a rampa para o descarregamento dos caminhões que chegam com o material reciclável. Outra grande melhoria conquistada também durante esta gestão e que vem proporcionando mais limpeza e segurança aos 24 trabalhadores da entidade é a esteira para a triagem que começará a funcionar em breve. “São mudanças muito aguardadas por toda a equipe que vão contribuir com a agilidade na separação dos materiais”, explica Maria Lúcia Prado - a Malu - coordenadora do Centro de Triagem.
O prefeito de Ilhabela, Toninho Colucci, ressalta a importância da reciclagem e os investimentos no setor. “Inicialmente investimos na modernização da rampa de transbordo e agora no Centro de Triagem. Cada vez mais temos de incentivar a reciclagem, tão importante para o meio ambiente”, salienta Colucci.

Estação de Transbordo de Lixo

O responsável pela parte operacional da Estação de Transbordo de Lixo, Antonio Ganasevici Teixeira, o “Português”, mostrou a rampa que recebe os caminhões de coleta não reciclável que foi construída conforme as especificações da Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental), e o sistema de drenagem para a captação de chorume.
Catolé também verificou o espaço reservado para depositar diariamente o conteúdo de 50 carretos carregados com podas que, segundo ele, será outro grande desafio e que deverá haver um controle maior em relação à procedência do material. A prefeitura coleta mensalmente cerca de 80 toneladas de material reciclável e 630 toneladas de lixo comum que quase quadriplicam durante a alta temporada. “O lixo é uma questão bastante problemática principalmente em uma ilha. Pretendemos ampliar a coleta seletiva, envolvendo cada vez mais a população; fazer parcerias com escolas particulares e da rede estadual e desenvolver mais ações para a educação ambiental”, concluiu o novo secretário de Meio Ambiente.

Nenhum comentário: