A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Jovem da Apae denuncia mãe por vender sua virgindade a ex-prefeito

Diagnosticada com deficiência mental de leve a moderada, uma jovem de 18 anos denunciou a mãe à polícia de Franca (400 km de São Paulo) por vender a sua virgindade a um ex-prefeito de Nuporanga (373 km da capital).
De acordo com Maria Camila Ferreira Alves, 66, avó da jovem, o caso teria acontecido no início do mês passado.
No entanto a jovem só fez denúncia na semana passada. Segundo a avó, o comportamento da jovem estava estranho e funcionárias da Apae (Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais) perceberam a mudança. A garota, então, contou a elas o que tinha acontecido.
Segundo o depoimento da jovem à psicóloga da Delegacia de Defesa da Mulher de Franca, onde o caso está sendo investigado, José Mauro Ambrozeto (PPS) a levou para um canavial com o consentimento da mãe.
A avó confirmou a versão apresentada na delegacia. "Ele fez compras com elas e a mãe a empurrou para dentro do carro, mandando ele levar a menina", disse a avó, que não vê a filha há quatro anos por conflitos familiares.
Após o suposto abuso, a jovem foi cobrada pela mãe para que pedisse a Ambrozeto R$ 300, segundo a avó.
Ao voltar para a aula, a jovem contou para as assistentes sociais da Apae o que aconteceu, mostrando um vestido manchado de sangue.
A jovem prestou queixa na semana passada. A delegada Graciela de Lourdes David Ambrósio disse que o depoimento dela é coerente e que já pediu exames de corpo de delito. Ela aguarda os resultados para prosseguir com as investigações.
Procurado desde domingo, Ambrozeto somente atendeu a Folha hoje. Ele afirmou que foi orientado por seu advogado a manter-se em silêncio. Questionado sobre a veracidade do caso, ele disse que não iria comentar.
Seu filho, em uma das tentativas da reportagem em encontrar o ex-prefeito, disse que a denúncia é "uma leviandade".

Nenhum comentário: