A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

sexta-feira, 3 de maio de 2013

'Salve Jorge': Helô (Giovanna Antonelli) descobre ligação entre Pescoço e Lívia

'Salve Jorge': Helô Giovanna Antonelli descobre ligação entre Pescoço e Lívia - 1 (© Divulgação, TV Globo)


Mesmo após finalmente solucionar o enigma da adoção ilegal de Aisha (Dani Moreno) em "Salve Jorge", Helô (Giovanna Antonelli) ainda terá mais um surpresa no caso. Nos próximos capítulos, Barros (Marcelo Airoldi) informa à colega que foram descobertas ligações telefônicas entre Pescoço (Nando Cunha) e Lívia (Claudia Raia). Por essa a ex-delegada não esperava.
De acordo com a colunista do jornal "O Globo", Patrícia Kogut, Barros telefona para Helô, que está na Turquia, para contar a novidade. "Chegou a listagem da quebra do sigilo telefônico da Lívia Marini! Adivinhe quem liga para ela no auge daquela confusão da adoção da Aisha?", diz o policial, na cena. Mais que depressa, a agente federal dá as intruções do que deve ser feito: "Vai lá agora! Agora, Barros! As peças estão se encaixando!".
Quando Barros chega à casa de Delzuite (Solange Badim), Pescoço já se adianta na defensiva: "Eu não fiz nada, Deuzinha". E é defendido pela mulher. "Pescoço nem saiu de casa hoje, só para o senhor saber!", declara a costureira. O detetive tenta contornar a situação. "É só para prestar um esclarecimento. Não precisa se apavorar! Qual é o seu envolvimento com a Lívia Marini?" ele pergunta.
Mais que depressa, Pescoço diz que não conhece ninguém com esse nome nega que saiba do que se tratam as ligações de celular. Sabendo do histórico do companheiro, Delzuite acha logo que está sendo traída e começa a brigar com ele, mas Barros coloca panos quentes: "Não vamos exaltar os ânimos! Vai se lembrando aí da Lívia Marini. Amanhã eu venho te pegar para a gente conversar na delegacia! Boa noite".
Quando ficam sozinhos, a costureira garante que não perdoará outra traição. "Eu não vou aturar mais nada de ti, Pescoço! Se ficar comprovado que tu anda se bandeando para essa Lívia, tu pode acreditar que a mordomia acabou!", promete.

Nenhum comentário: