A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

domingo, 29 de março de 2015

Aconteceu

Vereador China tem reunião com secretária de saúde
Após encontro com jornalistas em um bate papo na Câmara Municipal, onde ouviu questionamentos e cobranças em relação aos casos de dengue no município, o Presidente e Vereador, Oswaldo Pimenta de Mello Neto (China), esteve na manhã da última sexta-feira na secretaria de saúde com a secretária Marina de Fátima de Oliveira.
Dúvidas foram levantadas sobre as informações dos números da dengue em Caraguatatuba. China ouviu que semanalmente os dados são atualizados no site da Prefeitura e que a secretaria conta com uma profissional que pode ser o elo para esclarecimentos aos meios de comunicação.
De acordo com Marina, que também se colocou a disposição para atender a imprensa, os números informados são reais. Alguns questionam que há mais mortes do que é divulgado. A secretária explicou que a confirmação de morte por dengue é feito pelo Estado, pois a Secretaria envia o exame de sorologia ao Instituto Adolpho Lutz (IAL) que analisa e remete ao Estado, que com as cópias dos prontuários, concluem a causa óbito. Sendo assim, até o final da última semana, apenas uma morte foi confirmada. Dois exames deram negativos e há quatro em investigação.
O Vereador China perguntou sobre o trabalho de prevenção. A secretária de saúde diz que aproximadamente 160 mil casas foram visitadas em 2014 e que desde o início de fevereiro a Prefeitura realiza uma Força Tarefa, com secretarias e com parceria de igrejas católicas e evangélicas; estudantes universitários; associações de bairros; conselhos; entre outras. Essa mobilização já passou em 21 bairros da cidade.
Marina explicou também que não se usa mais máquinas de fumacê, e que as nebulizações (aplicação de produto químico) seguem sendo feitas constantemente para eliminar os mosquitos. As larvas são eliminadas quando são removidos os criadouros, usando para os casos de criadouros não removíveis, a aplicação do larvicida.
A superlotação no UPA (Unidade de Pronto Atendimento) é inevitável devido aos altos números de pessoas com dengue no município. Foi dada a sugestão de se montar uma tenda na área externa da unidade. "No momento não faremos, pois temos outras ações que podemos ajudar no atendimento dos pacientes. As tendas, se necessário, serão colocadas, mas existem fatores que dificultam o trabalho, a exemplo do calor, da chuva, etc..", disse a secretária de saúde.
"Sempre ouvimos a população e assim levamos as reivindicações para cobrarmos sempre visando melhorias em nossa cidade. Realmente é preocupante os casos de dengue que temos em Caraguá, mas vimos que o trabalho está sendo feito. Venho dizendo nas sessões que precisamos ter conscientização e peço a todos que denunciem quando verem locais que possam ser criadouros do mosquito. É importante e fundamental a contribuição de todos. É preciso unirmos forças para essa luta", falou China.

Nenhum comentário: