A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Filho de Eike Batista e Luma de Oliveira, Thor é o Riquinho da vida real

Thor, o herdeiro milionário 
O filho mais velho do empresário bilionário Eike Batista com a musa Luma de Oliveira é o Riquinho da vida real. Assim como o personagem de uma série de desenhos animados, Thor de Oliveira Funhrken Batista vive numa mansão e tem bilhões de dólares. Segundo reportagem publicada no último sábado na "Veja Rio", o filho primogênito do oitavo homem mais rico do mundo dá os primeiros passos como empresário, seguindo o caminho do pai.
No sábado, no Vivo Rio, o herdeiro de uma fortuna de 30 bilhões de dólares promoveu uma festa repleta de celebridades na inauguração da BBX (Batista e Bulhões Entretenimento), empresa de turismo e eventos noturnos. E o negócio, em parceria com o empresário Mário Bulhões Pedreira, ex-namorado da atriz Ísis Valverde, não será nada modesto.
Segundo a "Veja Rio", os empresários vão desembolsar R$ 11, 5 milhões. Metade do valor será patrocinado por Eike Batista. Em outubro, a dupla deve inaugurar uma filial da boate Pacha, de Ibiza, no Jockey Club, na Gávea.
Príncipe tupiniquim
O herdeiro de uma fortuna bilionária é uma espécie de Príncipe William tupiniquim. Aos 19 anos, aparições da mídia por ser o filho de um bilionário com uma mulher que foi um dos maiores símbolos sexuais do país. Agora, quer brilhar por conta própria.
Na festa, sorriu para as fotos ao lado da namorada, a estudante Tamara Lobo, que ganhou uma aliança de mais de R$ 30 mil do namorado. Mas, ao contrário do sócio, que circulava pela festa e conversava com os convidados, #dançava, no meio da pista.
— A impressão que tive é que ele estava só curtindo — disse o administrador Willer Junior, de 29 anos, que estava na festa.
E, assim como o príncipe da família Real britânica, Thor, que mora com a mãe numa mansão no Jardim Botânico, também pertence a uma espécie de Olimpo, bem distante da realidade dos meros mortais.
Thor e a mãe no carnaval carioca

Nenhum comentário: